Página 1 dos resultados de 1661 itens digitais encontrados em 0.042 segundos

Modelo de Repositório Institucional para Escolas do 3.º Ciclo do Ensino Básico e do Secundário

Silva, Fernanda Pedrosa da
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
56.15%
Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências da Informação e da Documentação; Este trabalho tem como objetivo geral promover a reflexão participada do professor bibliotecário, do diretor, de professores do Ensino Básico e do Secundário e dos alunos, em busca de um novo sentido para a biblioteca escolar. Analisou-se o investimento de uma escola de 3.º ciclo do Ensino Básico e Secundário na sua biblioteca, tendo em conta as características, as competências informacionais e as necessidades da sua população discente, dominada, cada vez mais, pela diversidade cognitiva, socioeconómica, linguística e pelo multiculturalismo. Na sequência do referido, propõe-se um modelo de repositório institucional (RI) para uma escola do 3º ciclo do Ensino Básico e do Secundário – a Secundária Carolina Michaëlis (Cedofeita, Porto) – mas que terá a potencialidade de ser adaptado a outras escolas com características análogas. Metodologicamente, a investigação é um estudo que pretende identificar se as condições relativas à implementação de um repositório institucional se encontram reunidas. Os dados foram recolhidos através de entrevistas semiestruturadas aos docentes e de ques-tionários aos alunos. A nossa amostra foi composta por 120 alunos (4 turmas do Ensino Básico e 2 turmas do Ensino Secundário) e por 10 professores. Os dados foram analisados de forma quantitativa...

A educação sexual nas escolas na perspetiva dos professores do ensino básico/secundário

Correia, Teresa; Amaro, Maria Gracinda O.C.G.
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
56.19%
A escola é responsável pela aprendizagem em todas as áreas do conhecimento e também o espaço coletivo apropriado para a socialização e exercício da autonomia. O professor é considerado o profissional que tem maior proximidade e acesso aos alunos e reconhecido como principal aliado e conselheiro no espaço escolar. Conhecer as conceções dos professores sobre a educação sexual em meio escolar é essencial para poder planear e implementar medidas ajustadas de educação sexual atendendo às necessidades e interesses dos estudantes. Identificar perceções acerca da educação sexual, em meio escolar, dos professores do ensino básico e secundário. Estudo transversal descritivo com uma amostra de 292 professores do 3º. ciclo/ensino secundário de um Concelho do Norte de Portugal no ano letivo 2010/2011. Para a colheita de informação foi utilizado um questionário, aplicado no primeiro período do ano letivo, após autorização dos diretores das escolas participantes. Realizou-se uma reunião de docentes, em cada escola envolvida, para planeamento e preparação da entrega e recolha dos questionários. Para a análise e tratamento dos dados utilizou-se o programa Statistical Package for Social Sciences. Foi respeitado o anonimato e a confidencialidade dos dados. Resultados: A maioria dos professores tinha entre 41 e 60 anos (67%)...

A educação sexual nas escolas na perspetiva dos professores do ensino básico/secundário

Correia, Teresa; Amaro, Maria Gracinda O.C.G.
Fonte: Escola Superior de Enfermagem Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem Coimbra
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
56.19%
A escola é responsável pela aprendizagem em todas as áreas do conhecimento e também o espaço coletivo apropriado para a socialização e exercício da autonomia. O professor é considerado o profissional que tem maior proximidade e acesso aos alunos e reconhecido como principal aliado e conselheiro no espaço escolar. Conhecer as conceções dos professores sobre a educação sexual em meio escolar é essencial para poder planear e implementar medidas ajustadas de educação sexual atendendo às necessidades e interesses dos estudantes. Identificar perceções acerca da educação sexual, em meio escolar, dos professores do ensino básico e secundário. Estudo transversal descritivo com uma amostra de 292 professores do 3º. ciclo/ensino secundário de um Concelho do Norte de Portugal no ano letivo 2010/2011. Para a colheita de informação foi utilizado um questionário, aplicado no primeiro período do ano letivo, após autorização dos diretores das escolas participantes. Realizou-se uma reunião de docentes, em cada escola envolvida, para planeamento e preparação da entrega e recolha dos questionários. Para a análise e tratamento dos dados utilizou-se o programa Statistical Package for Social Sciences. Foi respeitado o anonimato e a confidencialidade dos dados. A maioria dos professores tinha entre 41 e 60 anos (67%)...

As representações sociais e expectativas dos professores do 3º Ciclo e Ensino Secundário face à utilização da Plataforma Moodle

Farias, Patrícia Marina Cunha
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
56.17%
Dissertação de Mestrado em Pedagogia do E-Learning apresentada à Universidade Aberta; Conhecer o universo das significações com que os professores encaram a plataforma Moodle foi a principal linha que norteou o presente trabalho. Em boa verdade, quando se pensa numa determinada realidade, concebem-se variegadas significações em torno da mesma e, à medida que o tempo vai passando, tais significações vão-se definindo, vão-se consolidando. Ora, foi esta a ideia que impulsionou a realização do estudo que nos propusemos fazer. Assim, a nossa motivação baseou-se no desejo de conhecer as representações que os professores, do 3.º ciclo e ensino secundário, constroem do trabalho com a plataforma virtual de aprendizagem Moodle. Para levar a cabo este trabalho aplicou-se um questionário a uma amostra de conveniência, constituída por docentes de escolas do 3.º ciclo e ensino secundário, pertencentes aos distritos da Guarda e de Castelo Branco, utilizadoras activas da plataforma Moodle. A escolha destes ciclos de ensino teve por base a convicção de que eles representam o final de ciclos que se revelam cruciais para o aluno, uma vez que são momentos de transição. Estes momentos de transição exigem do sujeito aprendente um papel mais activo...

Necessidades Educativas na sala de aula: Opiniões e perspectivas de um grupo de professores do 3º ciclo e do Secundário de uma escola de Lisboa

Santos, Dionísia Maria Perpétua
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.13%
O acesso à educação no ensino regular por parte de alunos com necessidades educativas especiais tem vindo a tornar-se uma realidade nas nossas escolas. Assim, este trabalho pretendeu desenvolver a temática: Necessidades Educativas Especiais na sala de aula: Opiniões e perspectivas de um grupo de professores do 3ºCiclo e do Secundário de uma escola de Lisboa Para tratar esta temática seguimos uma metodologia quantitativa e qualitativa, os dados foram recolhidos através da realização de entrevistas semi-estruradas e de um questionário a docentes do 3º ciclo e do Secundário de uma Escola de Lisboa que leccionavam turmas com alunos com NEE’s. O questionário aplicado foi baseado num questionário utilizado por Maria de Fátima Santos na investigação conducente à sua tese de mestrado no Instituto Superior de Psicologia Aplicada (ISPA), e por Jorge Vaz na investigação da sua tese de Doutoramento pela Universidade do Minho. A revisão da literatura centrou-se nas características de uma escola inclusiva, no significado de necessidades educativas especiais e na problemática do currículo. Os nossos objetivos consistiram em procurar compreender a perspectiva de professores desta escola sobre a inclusão de alunos com NEE’s nas atividades letivas...

Um olhar sobre a inclusão dos alunos com necessidades educativas especiais no ensino secundário: conceções dos professores

Costa, Gilda Helena Pires
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.15%
Atualmente, em Portugal, os alunos com necessidades educativas especiais (NEE) beneficiam de igual direito à educação e oportunidade de acesso e sucesso no ensino secundário (ES) que os restantes alunos, de acordo com o Decreto-Lei n.º 176/2012, de 2 de agosto, e a Portaria n.º 275-A/2012, de 11 de setembro. Com a inclusão dos alunos com NEE nas escolas secundárias, novos desafios surgem para os professores, os principais agentes educativos e intervenientes no processo de inclusão. A presente dissertação tem como propósito compreender as conceções dos professores do ES face à inclusão dos alunos com NEE, neste nível de ensino, e quais as variáveis demográficas correlacionadas com as conceções. Para o estudo, de natureza quantitativa e qualitativa, foi aplicado um questionário a 130 professores e entrevistas semiestruturadas a 2 professores do ES de concelhos do distrito de Lisboa. Os professores apresentam um discurso inclusivo, 63% dos inquiridos concordam com a frequência dos alunos com NEE no ES e 90% concorda com a existência de oferta formativa adequada a todos os discentes neste nível de ensino. Os participantes estão cientes dos pressupostos defendidos pela educação inclusiva, nomeadamente em termos de maior disponibilidade temporal...

Conhecer e utilizar a Web 2.0 : um estudo com professores do 2º e 3º ciclos das escolas do concelho de Viana do Castelo

Domingues, Luísa
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
65.96%
Dissertação de mestrado em Ciências da Educação (área de especialização em Tecnologia Educativa); A segunda geração da World Wide Web transformou a Web num verdadeiro espaço para a colaboração, meio de interacção, comunicação global e compartilhamento de informações, construindo aquilo que designamos por inteligência colectiva, indo, por isso, de encontro à visão original idealizada por Tim Berners-Lee. Conceito plural e polissémico, a Web 2.0 oferece ao utilizador uma multiplicidade de aplicativos gratuitos e versáteis potenciadores do desenvolvimento de múltiplas aprendizagens e de experiências colaborativas entre professores e alunos, já que cada um pode publicar, compartilhar e editar as suas experiências e conhecimentos. Por outro lado, o desenvolvimento do Plano Tecnológico da Educação possibilitou o reforço dos recursos tecnológicos existentes nas escolas portuguesas, bem como as condições de acesso a Internet de alta velocidade a todos os estabelecimentos do 2º e 3º ciclos do ensino básico e do ensino secundário. Tendo como pano de fundo esta realidade, teve o presente estudo como principal objectivo averiguar se os professores do 2º e 3º ciclos do ensino básico das escolas do concelho de Viana do Castelo...

A implementação de decisões vocacionais no Ensino Secundário : contributos para a construção de um modelo de intervenção

Carvalho, Marisa
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 10/01/2013 POR
Relevância na Pesquisa
56.2%
Tese doutoramento Psicologia (área de especialização em Psicologia Vocacional); As escolhas de carreira estão entre as decisões mais importantes que as pessoas tomam ao longo da sua vida, na medida em que têm implicações significativas nas diferentes áreas do desenvolvimento (Gati & Tal, 2008). A investigação no campo da psicologia vocacional oferece um vasto conjunto de conceções e modelos sobre a tomada de decisão (Hartung, 2010; Patton & McIIveen, 2009; Tien, 2007). Contudo, trabalhos recentes reconhecem a necessidade de aprofundamento de aspetos específicos deste processo (Gati & Tal, 2008; Hartung, 2010). Esta dissertação inscreve-se na linha de investigação relativa aos processos de tomada de decisão, procurando contribuir para o conhecimento dos fatores pessoais e contextuais implicados na implementação de decisões vocacionais no ensino secundário bem como para a organização de modelos integrados de intervenção vocacional nesta fase do percurso de vida dos jovens. Este estudo enquadra-se numa investigação de maior amplitude relativa aos modelos de intervenção vocacional no ensino secundário, dando seguimento a estudos prévios acerca do papel dos diferentes intervenientes educativos neste processo (Carvalho...

Condições do questionamento ético na carreira : estudo dos valores básicos de vida de estudantes e professores do ensino básico e secundário

Bezerra, Maria de Jesus Ferreira Mira
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 04/04/2013 POR
Relevância na Pesquisa
56.12%
Tese de doutoramento em Psicologia (especialidade em Psicologia da Educação); Nas últimas três décadas, as dinâmicas sociais que sustentam a evolução do conceito de carreira e o enfraquecimento de instituições e dispositivos que ofereciam modelos de comportamento muito definidos aos individuos, explicam, em parte, a necessidade de uma abordagem mais complexa do comportamento vocacional. Nela se inclui o questionamento ético no âmbito da carreira, onde cada individuo aprende a equacionar, desde cedo, as consequências das suas decisões para os outros e para a sociedade em geral. A abordagem ética dos projetos de vida implica a intenção de considerar o eu não só no sentido da realização pessoal mas preocupando-se igualmente com o outro mais próximo e distante. Quando o indivíduo pensa naquilo que quer fazer da sua vida, deve questionar-se sobre o lugar que os outros ocupam nessa vida, porventura, integrando esta preocupação no seu conjunto prioritário de valores humanos. Para tratar teoricamente esta questão, consideramos o construto de orientação sob a perspetiva de Jean Guichard (2010), a noção de questionamento ético segundo Paul Ricoeur (1990), e a teoria funcionalista dos valores básicos de Valdiney Gouveia (1990...

Cultura docente ao nível do departamento curricular das ciências : um estudo de caso

Abelha, Marta Cristina Lopes
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
65.97%
Neste Estudo de Caso sobre a Cultura Docente ao nível do Departamento Curricular das Ciências, partilha-se da opinião de Nóvoa (1999) quando este declara que o empobrecimento das práticas colaborativas tem consequências muito negativas para a profissão docente. E que, por essa mesma razão, é urgente descobrir novos sentidos para a ideia de colectivo profissional. Para além disso, e, ainda, na linha de pensamento teórico desse mesmo autor, pretende-se mostrar ser necessário incluir rotinas de funcionamento, de modos de decisão e práticas pedagógicas que apelem à co-responsabilização e à partilha entre colegas. O presente estudo propõe-se analisar: “Que tipo de Cultura Docente é promovida ao nível do Departamento Curricular das Ciências?” e “Que sugestões podem ser referidas para a promoção de uma Cultura que se reveja à luz de referentes teóricos actuais?”. Ambiciona-se, assim, na procura da resposta a tais questões, o seguinte: identificar as concepções dos professores pertencentes a um departamento curricular relativamente ao conceito de Colaboração; compreender as potencialidades e os constrangimentos que a estrutura curricular, Departamento, imprime a um trabalho colaborativo entre docentes; caracterizar o modo como os professores gerem o currículo das Ciências ao nível do departamento curricular e...

A química orgânica no ensino secundário : percepções e propostas

Leal, Sérgio Carreira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.22%
Foi intenção deste estudo analisar as percepções de alunos e professores sobre a química orgânica no ensino secundário, a partir das quais se apresentam algumas propostas que se consideram importantes para melhorar o processo ensino-aprendizagem desta área da química. A escolha da química orgânica deveu-se ao facto de se considerar esta área da química menosprezada nos programas propostos pelo Ministério de Educação, tendo em consideração a sua importância no quotidiano. A nova reforma curricular do ensino secundário que se iniciou no ano lectivo 2004/2005 continua na mesma linha dado que se verifica uma redução de conteúdos de química orgânica relativamente à reforma curricular anterior. Mais do que uma simples análise da situação actual da química orgânica no ensino secundário, este estudo é um projecto de desenvolvimento curricular, considerando-se como destinatários os responsáveis pela elaboração e revisão dos programas curriculares do Ministério de Educação, autores de manuais escolares que utilizam os programas como referencial para o desenvolvimento de materiais escolares que servem de apoio ao processo ensino-aprendizagem e professores do ensino secundário, que devem proporcionar aos alunos a motivação necessária e promover a literacia científica para a aprendizagem da química orgânica. Este estudo envolveu não só a análise documental dos programas propostos pelo Ministério de Educação...

Sistema para avaliação de professores do secundário em Cabo Verde

Graça, Marcos Ramos da
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.03%
Na actual conjuntura educativa, social e económica torna-se imprescindível que a avaliação do desempenho docente seja um meio de compreensão de fenómenos educativos, de regulação dos processos, mudanças das práticas e melhoramento da qualidade do ensino. É neste contexto que este trabalho teve como objectivo contribuir para a melhoria da qualidade da educação mais especificamente fazer uma análise da avaliação de desempenho docente em Cabo Verde, e propor um sistema de informação para auxiliar os avaliadores neste processo para que a avaliação de desempenho docente atinja os objectivos a que se propôs. Analisamos, por meio de referencial teórico a necessidade de avaliar o desempenho docente e da aprendizagem por meio de ferramentas que comprovam o desempenho dos professores. A discussão contempla a quem terão a missão de avaliar os professores, os meios e procedimentos que através dos resultados alcançados pela pesquisa, fundamenta o trabalho. A maioria dos professores inquiridos, no âmbito deste estudo, está de acordo com as premissas acima referenciadas e entendem que há necessidade de fazer alguns reajustes no sistema de avaliação de professores em Cabo Verde.; At the current educational, social and economic situation...

A formação de professores do ensino secundário em Portugal: reflexões em torno da experiência das Escolas Normais Superiores (1911-1930)

Pintassilgo, Joaquim
Fonte: Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Sociedade Brasileira de História da Educação Publicador: Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Sociedade Brasileira de História da Educação
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
66.1%
O presente texto propõe-se analisar alguns aspectos do projecto pedagógico subjacente a uma experiência histórica desenvolvida ao nível da formação de professores do ensino secundário em Portugal, a representada pelas Escolas Normais Superiores, integradas nas Universidades de Lisboa e de Coimbra, formalmente criadas em 1911 mas cujo início de funcionamento só ocorreu no ano lectivo de 1915-1916. O olhar histórico sobre a formação de professores consubstanciada nas Escolas Normais Superiores permite-nos um aprofundamento da reflexão sobre algumas das grandes questões que atravessam, na longa duração, a formação de professores e com que esta se continua a confrontar: Como articular as diversas componentes da formação e qual o papel de cada uma? Como pôr em interacção a teoria e a prática na formação? Qual a relação entre as disciplinas científicas e os conteúdos de ensino? Como organizar o estágio pedagógico? Qual o enquadramento institucional desejável para a formação de professores? Pretende-se, em geral, caracterizar o modelo de formação que inspirou a actividade destas instituições, usando como exemplo, em particular, o caso da Escola Normal Superior de Lisboa. As principais fontes desta pesquisa foram os diplomas legais relacionados com estas instituições...

Traços da retórica produzida sobre o “efeito de escola”: análise exploratória da opinião difundida na imprensa escrita e das representações dos professores do ensino secundário

Melo, Benedita Portugal e
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.08%
Tendo como objectivo explorar a contradição patente entre os argumentos dos defensores dos rankings escolares e os que subsistem na comunidade científica a propósito do “efeito de escola” analisa-se, neste artigo, o modo como o jornal Público, ao longo dos anos 2001, 2002 e 2003, construiu e impôs uma determinada visão do sistema de ensino público português ao tematizar as questões referentes à avaliação escolar. Confrontam-se ainda estas perspectivas com as opiniões dos professores do ensino secundário que leccionam o 12º ano de escolaridade. Através dos dados obtidos a um inquérito por questionário aplicado a docentes que leccionam em seis estabelecimentos que se situam em distintas regiões do País, representativas das desigualdades demográficas, sociais, económicas, geográficas e escolares nacionais, identificam-se os factores que os professores consideram ser mais importantes para explicar os resultados escolares dos estudantes. Para além disso, procura-se verificar se os contextos locais e organizacionais em que os docentes exercem a sua profissão tendem a interferir nas suas opiniões, isto é, se se observa um “efeito de estabelecimento de ensino” nas representações que constroem a respeito dos factores que interferem no (in)sucesso escolar dos alunos.

A integração da calculadora gráfica no ensino da matemática: estudo sobre as práticas curriculares de professores do ensino secundário

Rocha, Helena Cristina Oitavem Fonseca da
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.04%
Este estudo pretende contribuir para documentar como o professor utiliza a calculadora gráfica no ensino da Matemática do secundário, bem como compreender o seu conhecimento para ensinar Matemática com a tecnologia (CEMT) e a influência deste sobre a integração que é feita da calculadora. O quadro teórico incide sobre o conhecimento profissional e sobre a calculadora gráfica, merecendo particular destaque o modelo do CEMT, desenvolvido no decurso deste trabalho. Este modelo adopta quatro domínios base de conhecimento (Matemática, ensino-aprendizagem, currículo e tecnologia), dois conjuntos de conhecimentos inter-domínios (Matemática, tecnologia e currículo – MTC, e ensino-aprendizagem, tecnologia e currículo - EATC) e um conhecimento integrado (CI), que engloba e articula o conhecimento de todos os domínios e que se desenvolve de forma interactiva e dinâmica em relação com a prática. O estudo segue uma abordagem metodológica de natureza qualitativa e interpretativa, com a realização de estudos de caso de duas professoras do ensino secundário, com recolha de dados através de entrevistas semi-estruturadas, observação de aulas e recolha documental. A análise de dados foi orientada pelo quadro teórico e...

Perceção dos professores do ensino secundário face à inclusão de alunos com deficiência mental no ensino regular

Faria, Mafalda Pinto Coelho Rodrigues
Fonte: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida Publicador: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.16%
Dissertação de mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário; Com o intuito de analisar a perceção dos professores do ensino secundário face à inclusão dos alunos com deficiência mental no ensino regular, foi realizado um estudo do tipo quantitativo e de carácter comparativo e correlacional. No presente estudo, participaram 160 professores de diversas escolas públicas de zonas como Lisboa, Almada, Setúbal e Santarém. Foi utilizado como instrumento de investigação um questionário que permitiu concluir a perceção do docente, assim como quais as principais de necessidades de formação sentidas por estes para lidar com a inclusão destes alunos em salas de aula do ensino regular. Após a análise dos resultados foi possível concluir que a perceção dos professores do ensino secundário face à inclusão dos alunos com deficiência mental varia em função do número de anos de docência, sendo os professores com menos de 25 anos que apresentam uma perceção mais positiva. Por outro lado, a perceção dos docentes não apresentou diferenças relativamente à experiência e formação em alunos com NEE, à disciplina que o docente leciona e ao conhecimento face à Portaria 275ª.; ABSTRACT------In order to analyze the perception of high school teachers towards the inclusion of students with mental disabilities in regular education...

Importância da formação contínua dos professores do ensino básico e secundário na utilização pedagógica das tecnologias de informação e comunicação

Mandlate, Olídio Noa
Fonte: Universidade do Algarve Publicador: Universidade do Algarve
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.08%
O presente relatório enquadra-se no âmbito da obtenção do grau de Mestre em Ensino de Informática, na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade do Algarve. É o produto final referente à minha atividade profissional durante o período compreendido entre 2007 e 2012. A atividade profissional decorreu em diferentes escolas do ensino básico e secundário de Portugal. Na primeira parte faço uma descrição detalhada de todas as atividades referentes ao meu percurso profissional como professor de Informática. Na segunda parte apresento uma breve fundamentação teórica acerca da temática em análise, relativa à Importância da Formação Contínua dos Professores do Ensino Básico e Secundário na Utilização Pedagógica das Tecnologias de Informação e Comunicação. Inclui ainda uma componente sobre os modelos de ensino e aprendizagem. Termino com uma reflexão sobre o meu percurso profissional e sobre a minha opinião baseada na experiência acumulada sobre a formação contínua de professores no âmbito das TIC e competências pedagógicas com as TIC.

Avaliação de necessidades de formação em professores do ensino secundário em Cabo Verde

Reis, Felizmina do Carmo Santos dos
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 22/12/2009 POR
Relevância na Pesquisa
66.23%
Dissertção de mestrado em Educação (área de especialização em Avaliação); Cabo Verde é um país que tem acompanhado as grandes mudanças políticas, sociais, económicas e educativas, atribuindo um papel preponderante aos professores na educação/formação dos indivíduos. Neste sentido a formação inicial não pode constituir um acto “acabado” que não tem em linha de conta as mudanças que decorrem no seu seio. A formação contínua aparece com um processo de construção da mudança, apoiado no desenvolvimento profissional dos professores. A avaliação de necessidade de formação em professores do ensino secundário em Cabo Verde é o tema do trabalho de investigação, realizado nas escolas secundárias da ilha de Santo Antão, em Cabo Verde, no sentido de identificar questões problemáticas na formação inicial e contínua de professores e as suas implicações na qualidade educativa. Neste sentido, ao longo de 5 capítulos apresentamos os pontos desta investigação, estruturados de forma a se poder acompanhar a sua evolução. dissertação, pela exposição do quadro conceptual do ensino secundário em Cabo Verde através da contextualização e identificação do problema, da formulação dos objectivos e questões de investigação. No 2º capítulo faz-se o percurso histórico/educativo de Cabo Verde...

Os discursos e as práticas no ensino e aprendizagem da História : representações de professores e alunos do ensino secundário

Pacheco, Paulo Bernardo de Magalhães
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 11/03/2014 POR
Relevância na Pesquisa
56.23%
Tese de doutoramento em Ciências da Educação (ramo do conhecimento em Educação em História e Ciências Sociais); A problemática tratada nesta tese foi a das representações dos professores e dos alunos sobre os discursos e as práticas do ensino e da aprendizagem da disciplina de História A, no ensino secundário. Procurou saber como aqueles atores se situavam relativamente às finalidades da História, às características de um bom professor de História, às atividades pedagógicas que se realizam no quotidiano da sala de aula e as que eram da sua preferência. Realizou-se também uma análise comparativa entre as ideias dos alunos e dos seus professores, (10º, 11º e 12º ano de escolaridade) relativamente às conceções e práticas do ensino e aprendizagem da História A, as suas funções e impactos que têm no ensino e aprendizagem da disciplina. Procurou-se, assim, encontrar as diferenças e as comunalidades entre estas duas vozes. Para tal, desenharam-se duas questões de investigação: 1) Quais são as conceções e práticas do ensino e aprendizagem da História A dos professores e alunos do Ensino Secundário? Quais são as conceções sobre as Finalidades da História? Quais são conceções sobre o que é ser um ‘Bom Professor de História’? Quais são as atribuições de importância e a frequência de uso das atividades pedagógicas realizadas na aula de História? 2) Qual é o impacto dessas conceções e práticas no ensino e aprendizagem da História A do Ensino Secundário? Esta investigação adotou características de um estudo de caso de natureza descritiva e qualitativa...

Web 2.0, PC e EFA: impactes de uma oficina de formação de professores

Lopes, Sandra Maria Oliveira Ferrão
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.15%
As competências em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e o Pensamento Crítico (PC) são duas das linhas orientadoras da Aprendizagem ao Longo da Vida (ALV) que reconhecendo que todos os contextos (informais, não-formais e formais) podem ser de aprendizagem, assumiram no quadro da Educação e Formação de Adultos (EFA), em Portugal, uma expressividade plasmada no Referencial de Competências-Chave de Educação e Formação de Adultos, nível secundário (EFA-NS). Contudo a orientação PC/TIC não tem sido explicitamente conciliada nas práticas de educação e formação de adultos. Neste contexto desenvolveu-se uma Oficina de Formação para professores/formadores de cursos EFA-NS, na qual se trabalhou a integração de ferramentas da Web 2.0 com a infusão de PC em materiais/atividades para cursos EFA-NS. No desenvolvimento da Oficina foram consideradas três vertentes. Primeira, conceções dos professores sobre EFA/TIC e EFA/PC. Segunda, a formação sobre PC/TIC. Terceira, produção e implementação de materiais/atividades com orientação PC/TIC. A componente de trabalho autónomo da Oficina passou essencialmente pela dinâmica de uma comunidade online de nome EF@. O grupo de formação era constituído por 17 professores do ensino secundário...