Página 1 dos resultados de 260 itens digitais encontrados em 0.091 segundos

"O contexto espacial e o currículo de geografia no ensino médio: um estudo em Ilhabela SP" ; Le contexte spatial et le programme de Géographie au lycée: un étude en Ilhabela - SP.

Campos, Eduardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/06/2005 PT
Relevância na Pesquisa
85.81%
Trata-se de um estudo de caso sobre a consideração consciente que os professores de Geografia (do Ensino Médio da rede estadual pública) fazem do contexto espacial de suas escolas em Ilhabela – SP. São apontados e analisados alguns dos fatores de homogeneização e dos fatores de especificidade do currículo. É realizada uma caracterização das escolas, dos alunos e professores do Ensino Médio da rede estadual pública de São Paulo para demonstrar sua grande expansão nos últimos anos e a magnitude dos seus números. A partir das reflexões de Gimeno Sacristán e Jean-Claude Forquin, entre outros autores, sobre concepção de currículo e finalidade da educação, discutem-se as propostas para o Ensino Médio apresentadas pela LDB nº 9.394/96, e em seguida é feita uma análise dos PCNEM e PCN+, mais especificamente no que se refere ao ensino de Geografia. A dissertação traça um breve panorama da institucionalização escolar dessa disciplina, com o intuito de diagnosticar a seleção e organização dos seus conteúdos ao longo de sua história para confrontá-los com os conceitos estruturadores propostos pelos PCNEM. O trabalho demonstra que a definição dos conteúdos de ensino da Geografia escolar não compreende apenas o objeto de estudo da Geografia acadêmica...

A consciência e a mediação: um estudo sobre as didáticas contemporâneas de professores de geografia da rede pública de São Paulo e do Rio de Janeiro; The consciousness and mediation: a study about the contemporary teaching of geography teachers from public schools in São Paulo and Rio de Janeiro

Sacramento, Ana Claudia Ramos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
95.86%
Nesta investigação, tivemos como problema central a análise sobre a consciência e a mediação no ato didático dos professores de Geografia de sete escolas nos municípios de São Gonçalo-RJ, Itaboraí-RJ e São Paulo-SP. Partimos do pressuposto que a consciência é o ato primitivo do ser humano em agir sobre sua necessidade. Desta maneira, a necessidade do professor seria mediar os conhecimentos no caso da pesquisa os geográficos. Assim, a mediação seria o processo de conhecimento significativo que se caracteriza em transmitir para o outro, o próprio conhecimento e as experiências para uma aprendizagem significativa. Entender como os professores organizam as suas ações em sala de aula, é uma forma de refletir sobre as concepções didático-pedagógicas e geográficas contemporâneas. A partir da percepção sobre a consciência e a mediação, pudemos pensar sobre quem são eles, como são as escolas, os alunos e as possíveis ações intencionais nas práticas educativas cotidianas, na elaboração do processo de ensino e de aprendizagem em Geografia. Para tanto, como fundamentos metodológicos utilizamos a etnografia escolar, que tem como objetivo a interpretação de como compreender o mundo do outro ou de aprender como as pessoas agem sobre algo...

A hidrografia local e as práticas escolares de professores de geografia de Ibitinga - SP; Local hidrography and school practices of Geography teachers from Ibitinga-SP

Meneghesso, Valquíria Aguiar
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
95.81%
A presente pesquisa dissertativa foi desenvolvida para investigar como professores de Geografia de escolas da rede pública estadual de Ibitinga-SP têm trabalhado o tema hidrografia em suas práticas pedagógicas. Procuramos descrever criticamente como se dão as práticas escolares de professores de Geografia em relação à hidrografia local, refletir sobre a importância de se desenvolver práticas que tratem da localidade na qual os alunos estão inseridos e analisar as práticas dos professores, tendo em vista o desenvolvimento de uma consciência socioambiental e cidadã dos alunos. A abordagem metodológica escolhida foi a qualitativa, o que possibilitou uma avaliação dos processos e das características intrínsecas do ensino. Os procedimentos para a coleta de dados envolveram entrevistas semi-estruturadas com três professores participantes, observações das aulas em que foram desenvolvidos os temas hidrografia e localidade, e análise dos documentos produzidos e utilizados pelos professores e alunos no desenvolvimento do tema em questão. Realizamos a caracterização das escolas e dos professores participantes da pesquisa. Os dados coletados e as análises realizadas evidenciaram que as práticas escolares estão atreladas ao currículo oficial implementado pelo programa São Paulo Faz Escola...

Resistência e proliferação : conversas com imagens de África(s) e professores de Geografia; Resistance and proliferation : conversations with image African(s) and teachers of Geography

Ínia Franco de Novaes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
115.77%
Pensar encontros para mobilizar pensamentos e fazer brotar outra(s) África(s) é a proposta desta pesquisa em educação que se dispõe a provocar nos leitores reflexões sobre imagens do continente africano. Reflexões que tiveram início em conversas que aconteceram em oficinas realizadas com professores de Geografia, convidados a pensar o continente africano com imagens cartográficas, fotográficas e videográficas produzidas por artistas africanos contemporâneos. Nas oficinas e nesta pesquisa o que importa não é o acúmulo ¿ de informações e conhecimentos ¿ e sim as potências ¿ das criações e pensamentos, os acontecimentos que ali e aqui tem lugar e que possibilitam a proliferação de pensamentos e de experimentações curriculares que derivaram dos encontros e conversas, permitindo que se pensasse o currículo com imagens como possibilidade de resistência, currículo-resistência, no território da educação que é predominantemente da escrita. A materialização das linhas de fuga, reterritorialização dos pensamentos em imagens pelos professores, e a proliferação de criações realizadas pelos alunos destes professores, mostram a mobilização provocada ao longo dos encontros, permitindo que os professores-participantes manifestassem muitos dos clichês de África presentes na cultura escolar brasileira...

Ensino de geografia e a cegueira

Chaves, Ana Paula Nunes
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 158 p.| il., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
85.87%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Geografia, Florianópolis, 2010; Esta pesquisa foi desenvolvida na perspectiva de compreender como se dá o processo educativo de estudantes com cegueira na região da Grande Florianópolis e, mais especificamente no que tange ao ensino de Geografia. Para tanto, a investigação delineou três objetivos específicos: identificar as dificuldades dos educadores quanto ao ensino de geografia e a inclusão de estudantes com cegueira em sala de aula, analisar as atuais metodologias de ensino realizadas por professores considerando as tessituras do conhecimento geográfico e, avaliar as condições materiais do trabalho desses professores no que concerne ao ensino de geografia. No referencial teórico adotado dialoga-se com autores que investigam a inclusão escolar de estudantes com necessidades educacionais especiais (NEE) e o ensino de geografia para estudantes com cegueira. Para realizar a pesquisa foram identificadas as instituições de ensino que possuem estudantes com cegueira matriculados no ensino regular na região da Grande Florianópolis, e nestas foram entrevistados os professores de geografia da sala regular que têm estudantes cegos...

Análise do ensino de geografia, na 10ª classe, em Moçambique, no âmbito do currículo e educação geográfica : uma abordagem centrada nas práticas de professores de geografia em quatro escolas secundárias da cidade de Nampula

Omar, Alice Abdala
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
95.85%
Dissertação de mestrado em Ciências da Educação (área de especialização em Desenvolvimento Curricular); Os estudos sobre a educação geográfica enfatizam o papel formativo e valorativo dos alunos quanto a necessidade de pensarem e participarem de forma consciente no espaço do qual fazem parte. A inclusão da disciplina na organização curricular contribui na aprendizagem significativa. Deste modo, pretendemos, com este estudo problematizar questões de aprendizagem e leccionação da disciplina de Geografia, na 10ª classe, em Moçambique, especificamente, no Município de Nampula. Além disso, pretende-se, por um lado, verificar até que ponto a articulação do programa, dos manuais e as práticas lectivas dos professores proporcionam uma aprendizagem significativa no âmbito da educação geográfica e, por outro, reflectir sobre a abordagem do ensino da geografia em função da sua importância curricular. Considerando o facto de tratar-se de um estudo de âmbito educacional, que privilegia as representações dos indivíduos implicados para o desenvolvimento deste estudo, optámos por realizar uma investigação de natureza qualitativa e exploratória, já que se trata de uma primeira aproximação à temática. O estudo abrangeu professores que leccionam a disciplina de Geografia da 10ª classe em quatro escolas secundárias do Município de Nampula (N=15). Deste grupo...

A prática pedagógica do professor de Geografia no ensino dos conteúdos cartográficos

Magali Alves De Souza, Sônia; Batista Neto, José (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.63%
O tema da presente pesquisa é a prática pedagógica do professor de Geografia no ensino de cartografia na 5ª série do ensino fundamental. A cartografia é um meio de transmissão de informações objetivando a análise das relações que ocorrem no espaço geográfico. A análise dessa prática pedagógica baseou-se em seus elementos constituintes como: objetivos de ensino dos conteúdos cartográficos, conteúdos cartográficos ensinados, desenvolvimento metodológico (tratamento dos conhecimentos prévios dos alunos, relação entre os conteúdos ensinados e as experiências sociais dos alunos no cotidiano, atividades de ensino dos conteúdos cartográficos), tempo pedagógico consumido, avaliação da aprendizagem e reensino. Esses elementos foram selecionados a partir de uma abordagem metodológica qualitativa utilizando como instrumentos a entrevista semiestruturada com professores de Geografia, a observação das aulas referentes aos conteúdos cartográficos e o jornal de campo. Os dados coletados nas observações e nas entrevistas da prática pedagógica nos levaram a propor modelos de ensino/aprendizagem. Esses modelos são identificados na prática de ensino às quais demos o nome de: ensino/aprendizagem reprodutivo ...

O desenvolvimento da dimensao ambiental pelos professores de geografia de 5S. a 8S. séries do ensino fundamental em escolas municipais de Araucária

Rodrigues, Maria Helena
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
85.73%
Resumo: Este trabalho tem por objetivo avaliar o processo educativo quanto à relação Educação Ambiental educação geográfica no ensino fundamental. Na Introdução, são focalizadas as questões ambiental e educacional no contexto do ambientalismo. Destacam-se as principais conferências e encontros sobre Educação Ambiental em nível mundial. São também enfocados dispositivos e diretrizes de Educação Ambiental sob os aspectos legal e curricular no Brasil. O Capítulo I estabelece, inicialmente, contextualização do problema em estudo no sentido de mostrar iniciativas em Educação Ambiental no Paraná, bem como reforçar a necessidade de ensino dessa dimensão no processo educativo no município de Araucária. No Capítulo II é tratado o referencial teórico do estudo, primeiramente na perspectiva de uma reflexão sobre as questões teóricometodológicas da Educação Ambiental. Numa segunda parte, destaca-se a Educação Ambiental em conexão com a educação geográfica, partindo das próprias relações entre Geografia, enquanto ciência, com a questão ambiental. O Capítulo III apresenta a metodologia da pesquisa de campo, que se caracteriza como diagnóstico-qualitativa quanto ao desenvolvimento da dimensão ambiental pelos professores de Geografia de 5a. a 8a. séries do ensino fundamental em escolas municipais de Araucária. No tratamento dos dados foi utilizada a técnica da análise de conteúdo. O Capítulo IV traz a análise interpretativa dos dados de campo com base no referencial teórico do estudo. E...

Vivências ludopoiéticas no jogo de areia: a tatilidade na autoformação humanescente

Oliveira, Narla Sathler Musse de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
85.56%
This study presents the ludopoietic experiences in Sandplay and the expression of tactility in humanescente self-training of future teachers of geography. The overall objective was to analyze and interpret as the tactility in the ludopoietic experiences with Sandplay facilitates the sentipensar and boosts the humanescent self-training. The qualitative research approach follows the principles of existential research-action into the etnofenomenologic perspective, that considers studies of the ethnography and the phenomenology with ethnomethodology. In this study we used the sedimentary rock called sandstone and your mineral grains as cognitive operator to stimulate the discussions of the ludopoietic experiences in Sandplay. The members of research were students of the Geography degree of IFRN. To achieve the research objectives were organized experiential meetings and virtual meetings. The ludopoietic experiences in Sandplay revealed the impact of tactility to humanescente self-training, indicating the importance of touch for apprehend and experience the world with beauty, joy and tenderness. These experiences showed the ludopoietic system properties, the threads of embodiment and the meaning of the sentipensar of tactility as a phenomenon that drives the humanescent self-training...

Identidades goianas no ensino fundamental de geografia; Identities goianas in elementary school geography

BORGES, Joyce de Almeida
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
95.81%
This dissertation has the goal of discussing how the goiana identities materialize themselves in the Geography education in Goiânia, and to analyze how the students conceive what is to be goiano and what makes part of their identities. One of the procedures consisted in observation of how these students assimilate the identity speeches built by the State, media and education. We identified how this trinity reflects in the identity speeches construction having as reference the students and teachers perception. Firstly it was identified how the books do not point the referred themes neither the goiana cultural reality in their geographic interpretations. Teachers and students gave testimonials about this reality in the Geography education. The methodological procedures used to the dissertation accomplishment were reading, direct techniques to the field, interviews, questionnaires, mental maps, reports and photos. The results achieved by the interviews and observations demonstrated that the goiana identities are partially approached themes in the geography education in Goiânia and that the teachers face difficulties in materializing the thematic in the classroom. Furthermore, we verified that the students still have goiana culture representation associated to the stereotypes preached by the media and by the State; Nesta dissertação as identidades goianas são analisadas no ensino de Geografia em Goiânia. Também discute-se como os alunos concebem o que é ser goiano...

Os problemas no ensino-aprendizagem dos conteúdos de cartografia com bases matemáticas: uma avaliação no âmbito da disciplina de geografia do 6º ano na rede pública de ensino de Anápolis, Goiás

Pereira, Priscilla Régia de Castro
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA); Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA); Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
95.83%
The difficulty on teaching-learning of Cartography is already a proven fact, by the multiples scientific works developed in the area. However we noticed that face of these difficulties, there was a featured point: The math’s influence on learning of some primordial contents of Cartography (World-Time, Geographic Coordinates and Scale). Understanding how actually this influence occurred was the guiding principle of the search. Lots of inquiries surround this problem. Why the students - as much of Basic Education as Superior - show so much difficulty on learning these contents of own Cartography which are present on Geography? In which time of the process of learning this problem occurs? What occurs on math teaching that make the students to acquire a certain aversion for this area of knowledge? Why the teachers of Basic Education face difficulties to teach that contents? Is the way those contents have been given a significant factor in the genesis of the problem? Are there methods that can minimize this difficulty faced by Teachers and Students? To answer these questions we proposed as general objective the investigation of the causes of the difficulties of teaching-learning of the contents of Cartography, linked to Math (Scale, World-Time and Geographic Coordinates) in the 6º year of Basic Education. And we define the following specific objectives: Identify the main difficulties faced by the teachers of Geography from Public Schools of the 6º year of Basic Education in Anápolis (GO) on teaching the contents of Cartography with Math basis; verify the causes of the limited learning of these contents by the students of 6º year of Basic Education from Public Schools of Anápolis (GO); to diagnose e evaluate the present contents of Cartography in the didactic books of Geography adopted by the scholar unities that were part of the search and show action proposes to alleviate the problems that generate the limitation on learning the contents of Cartography with Math basis. To meet all the proposed objectives...

Ensino de geografia e avaliação formativa da aprendizagem: experiências e princípios na rede pública de Goiânia-GO; Geography teaching and evaluated formative of learning: experiences and principles in the public network of Goiânia-GO

Rabelo, Kamila Santos de Paula
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA); Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA); Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
85.8%
This research has the objective to analyze the evaluate practices in the process of teaching-learning, as the moment of construction of knowledge, with reference the place of the student, by the teachers of the Municipality and State School of Goiânia - GO. The evaluated of learning is seen as an integral part of the teaching process, thus it must be examined within this framework. The act of the evaluate should not be seen as a painful moment for teachers and students, but as an open space that the subjects are the process could be knowing as has been learning and if indeed the geographical content were learned. Efforts should be focused so that there is learning, considering that the geography taught in the classroom is very important to the daily lives of students. In this sense, the theorists who study the teaching of geography have been defend the idea that education should be used as a reference the local of the experience of students, such information is assumed in this work and for this occur, it is believed that the way to evaluate more efficient is the formative evaluate. Based on these assumptions, we used a qualitative methodological action research, with some steps: a literature review in order to find bibliographic materials that treat the question...

Ensino de geografia: vivenciando experiências em Educação Ambiental em escolas municipais de Uberaba-MG; Teaching of geography: experiencing experiences in Environmental Education in public schools in Uberaba (MG)

Silva, Narcisa Andrade Chumbinho Costa e
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (RC); Regional de Catalão (RC) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (RC); Regional de Catalão (RC)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
95.68%
The constant changes made by humans in the environment have led to the degradation of biomes, the scarcity of natural resources in Brazil and around the world, generating negative consequences on a global scale. Thus, a major challenge of education for the twenty-first century is an urgent need to educate citizens to become committed to environmental issues and prepared to understand and adapt to changes which are indispensable for the constitution of a society that is sensitive to environmental preservation. The aim of this study is to investigate how environmental education has been approached in the Geography subject in Elementary Education in two county schools of Uberaba – MG. This study also aims to research what Geography teachers understand by environment and Environment Education as well as how these professionals have been incorporating this topic to everyday classes. This study also seeks to understand how students of the initial and final grades of Secondary School perceive environmental problems in the neighborhood where they live, how these problems affect their quality of life and what they understand by environment. We hope this study enables a reflection about the practice of Environmental Education in Elementary Education in order to suggest improvements in the teaching of Geography when it comes to environmental issues.; Outras; As constantes alterações...

Linguagem cartográfica e prática docente na rede municipal de ensino de Uberlândia – MG - 2003

Moreira, Suely Aparecida Gomes
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
75.85%
Esta pesquisa objetiva contribuir, por meio de discussões e reflexões acerca do fazer pedagógico dos professores de Geografia, para uma efetiva melhoria da qualidade do ensino desta disciplina, apresentando, com base na linguagem cartográfica, possíveis caminhos para uma prática pedagógica significativa, indispensável na compreensão, por parte dos alunos, das diferentes territorialidades construídas socialmente. A partir de uma análise de obras referentes ao ensino de Geografia e à linguagem cartográfica, efetuamos, em 2003, uma pesquisa junto aos professores da 5ª série do ensino fundamental da Rede Municipal de Uberlândia-MG, para investigar os seus procedimentos metodológicos no ensino da Geografia, e inquirir se a Cartografia é utilizada como ferramenta auxiliar na leitura, interpretação e análise do espaço geográfico. A análise dos dados coletados confirmou que, via de regra, as abordagens didáticas correntes ainda seguem padrões tradicionais de ensino e o trabalho cartográfico desenvolvido pelos docentes é pautado no uso de mapas prontos. Além disso, a Cartografia continua sendo tratada, pelos professores, como conteúdo dissociado dos conceitos geográficos. Procuramos, ainda, por meio de algumas atividades...

Enem e ensino de geografia: o entendimento dos professores e gestores da rede pública estadual, em relação ao Exame Nacional do Ensino Médio e a melhoria da educação básica

Marçal, Maria da Penha Vieira
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
85.87%
Esta Tese apresenta os resultados de um estudo que tem como objeto de pesquisa o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e suas repercussões no ensino de Geografia e nas escolas da rede pública estadual mineira. O objetivo principal desta investigação é verificar o entendimento dos professores de Geografia e dos gestores das escolas de ensino médio de Patos de Minas sobre o Enem, para averiguar se esse exame, como política pública de avaliação, está repercutindo na (re)organização das escolas e nas práticas pedagógicas dos professores. A metodologia utilizada para a obtenção dos dados é do tipo descritiva, com abordagem quanti-qualitativa. As técnicas de coleta de dados foram uma entrevista semiestruturada aplicada aos gestores e um questionário aplicado, de forma censitária, aos professores de Geografia. Na abordagem quantitativa, os dados apurados no questionário são apresentados em tabelas de frequências e porcentagens. Para correlacionar as frequências das variáveis, foi utilizado o coeficiente de correlação de Spearman. Na abordagem qualitativa, valemo-nos da análise de conteúdo, como meio de reinterpretar as mensagens dos gestores a fim de atingir uma compreensão de seus significados em um nível que vai além de uma interpretação comum. Os resultados obtidos revelam que...

O ensino de geografia para alunos com deficiência visual: novas metodologias para abordar o conceito de paisagem

Arruda, Luciana Maria Santos de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
95.7%
A presente dissertação foi desenvolvida a partir da necessidade de repensar o ensino de Geografia para alunos com deficiência visual no que tange ao conceito de paisagem. Para isso, o objetivo principal foi a criação de materiais didáticos sensoriais utilizando as experiências vividas pelos alunos do Instituto Benjamin Constant (IBC), na paisagem que estas compõem. Também foi necessária uma reflexão sobre a educação especial e inclusiva no mundo e no Brasil – e hoje, particularmente no Brasil, com uma perspectiva inclusiva, pois a legislação teve um grande avanço. Apresentar o IBC e como este se organiza como centro de referência também foi de suma importância, uma vez que se faz necessário um resgate histórico do ensino de Geografia nessa instituição centenária e pioneira, visto que os primeiros materiais didáticos táteis utilizados no ensino desses alunos estavam ali. A metodologia utilizada pelos professores é um diferencial a partir do momento em que as diferentes linguagens são utilizadas para desenvolver o ensino de Geografia no IBC, e por meio de seus relatos possibilitou que esse conhecimento fosse apresentado e resgatado. A Geografia é construída a partir de situações de aprendizagem que vão além da sala de aula. Dessa forma...

Desvelando o territ?rio da educa??o inclusiva e suas compet?ncias para a forma??o inicial de professores de geografia: os projetos pedag?gicos da UFPA e IFPA em an?lise

PUREZA, Marcelo Gaud?ncio Brito
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
95.84%
O objeto desta disserta??o se definiu como os princ?pios norteadores para uma Educa??o Inclusiva e a concep??o de compet?ncia presente nos Projetos Pedag?gicos dos cursos de forma??o inicial de professores de Geografia ofertados pelas IES p?blicas em Bel?m-PA. Tendo por objetivo analisar se os Projetos Pedag?gicos das IES p?blicas de Bel?m-PA constru?ram para os cursos de licenciatura em Geografia, considerando se a proposta curricular contribui para forma??o do professor inclusivo a partir das compet?ncias previstas na atual legisla??o brasileira. Atrav?s da pesquisa bibliogr?fica e documental buscaremos: 1?) estabelecer um comparativo entre referenciais te?ricos sobre Educa??o Inclusiva e compet?ncias para forma??o de professores e o projetos pedag?gicos dos cursos de licenciatura em Geografia da UFPA e do IFPA ofertados em Bel?m-PA constru?dos a partir das prescri??es das DCN para a Forma??o de Professores da Educa??o B?sica; 2?) identificar o grau de alinhamento desses cursos ?s prescri??es e orienta??es oficiais no que se refere ao desenvolvimento de compet?ncias para o trato ? diversidade e ? diferen?a; 3? identificar a concep??o de compet?ncia adotada nos projetos pedag?gicos. Constatei que o projeto pedag?gico do curso de licenciatura em Geografia da UFPA adota a concep??o de Educa??o Inclusiva como sin?nimo de Educa??o Especial...

"Cosmografia geográfica: a astronomia no ensino de geografia" ; "Geographic Cosmography: the astronomy in geography teaching"

Sobreira, Paulo Henrique Azevedo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/01/2006 PT
Relevância na Pesquisa
85.71%
Esta pesquisa relaciona o Ensino da Astronomia ao Ensino da Geografia e aborda um grande cabedal de temas que expressam relações importantes entre os conhecimentos terrestres e os celestes. Estudou-se um campo que faz parte da Cosmografia e que se constitui em uma releitura na área de Geografia, para o qual se propõe a designação de “Cosmografia Geográfica”, ao invés do nome “Cosmografia”, simplesmente, ou “Geografia Astronômica”. O termo “Cosmografia” está em desuso, e suas atribuições foram incorporadas pela Astronomia, Cartografia, Náutica e pela Geografia, no entanto, sua função pedagógica no Ensino de Astronomia permaneceu ativa nos ensinos de Matemática e de Geografia no Brasil, ao longo dos séculos XIX e XX. A Cosmografia Geográfica é um campo de estudos da Geografia, cujo conjunto de conhecimentos e habilidades é predominantemente escolar. Estuda a interface entre os conhecimentos terrestres e os celestes e lhes atribui significância geográfica. Analisa as relações humanas e naturais com o Espaço Sideral e suas conseqüências para a sociedade e a natureza e, portanto, para a organização do espaço. Analisou-se a presença da “Cosmografia Geográfica” na Geografia brasileira, para se estabelecer um conjunto mínimo inovador de temas cosmográficos para se ensinar em Geografia...

Análise dos saberes, práticas docentes e livros didáticos de geografia do 2º ano do ensino médio, sobre os conteúdos : ecossistemas, biomas e biodiversidade

Marques, Karina Fernandes Gomes
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
85.77%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia, 2012.; Este trabalho é uma contribuição aos estudos dos saberes, práticas docentes e livros didáticos de Geografia sobre os conteúdos: ecossistemas, biomas e biodiversidade, por meio da análise dos saberes e das práticas dos professores de Geografia da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal e como estes temas são trabalhados nos livros didáticos de Geografia do 2º ano do Ensino Médio. A pesquisa foi desenvolvida em dezoito escolas de Ensino Médio das Coordenações Regionais de Ensino do Gama, Santa Maria e Plano Piloto da Secretaria de Estado e Educação do Distrito Federal. Os critérios utilizados para escolha destas Coordenações Regionais foram aspectos socioeconômicos das cidades, o número de escolas e as localizações territoriais. Com a realização da pesquisa foi possível compreender que existe superficialidade no conhecimento docente relacionado aos conteúdos ecossistemas, biomas e biodiversidade, inúmeras dificuldades para ministrar aulas, realizar trabalhos de campo, desenvolver interdisciplinaridade, entre outros. Os resultados encontrados permitem afirmar que o livro didático é bastante utilizado nas escolas e tem participação concreta nas atividades didáticas dos docentes...

REPRESENTAÇÃO DA FRONTEIRA BRASIL-PARAGUAI: ANÁLISE ENTRE OS PROFESSORES DE GEOGRAFIA DA ESCOLA ESTADUAL VESPASIANO MARTINS NO MUNICÍPIO DE AMAMBAÍ/MS

Michenco, Sivaldo de Macedo
Fonte: Revista HISTEDBR On-line Publicador: Revista HISTEDBR On-line
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 15/08/2012 POR
Relevância na Pesquisa
95.8%
O presente trabalho está vinculado à dissertação, em andamento, do mestrado do Programa de Pós Graduação em Geografia da Universidade Federal da Grande Dourados e visa conceituar a relação entre a realidade de fronteira e a atuação do professor de geografia nessa realidade. O desenvolvimento do trabalho parte de uma pesquisa com professores de geografia da Escola Estadual Vespasiano Martins localizada no município de Amambai- MS. Nascem assim as seguintes perguntas: Quais as representações de fronteira de tais professores? Como os mesmos delineiam em suas praticas pedagógicas tais concepções? No município em questão está presente um conjunto de intermediações e diversidades de línguas (português [gaúchos, mato-grossenses], espanhol e guarani) e de práticas culturais mescladas que ratificam a análise proposta. O trabalho busca, assim, sua relevância na problemática mencionada, bem como no fato de que, nesta pesquisa sobre educação, o ponto de partida se constitui num duplo desafio: pensar a fronteira e o sujeito de fronteira a partir das concepções dos professores, mas também pensar a geografia como proposta de conhecimento do sujeito de fronteira.