Página 1 dos resultados de 3305 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Gênero e crenças religiosas: sentidos da docência entre professoras do ensino fundamental I; Gender and religious beliefs: meanings of teaching profession among elementary school teachers

Capitanio, Ana Maria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.09%
Esta pesquisa teve como objetivo compreender os significados das crenças religiosas e do gênero incorporados às práticas pedagógicas de professoras do ensino fundamental I e como esses significados interferiram na escolha e permanência na docência. As crenças religiosas e o gênero foram tomados como algumas das estruturas que produziam significados, interferindo nos modos de agir e pensar das professoras. O estudo foi desenvolvido em uma Escola Municipal de Ensino Básico (EMEB) da Região do Grande ABC paulista. Foi realizado por meio da metodologia qualitativa tendo como abordagem o estudo de caso. Buscou-se realizá-la à luz da perspectiva etnográfica, utilizando-se de observações e de entrevistas semiestruturadas. O grupo estudado foi composto por cinco professoras do ensino fundamental I. Duas delas pertenciam à religião católica, duas eram evangélicas e uma se considerava espiritualista. Três temas foram destacados após o campo: a busca do controle sobre comportamentos considerados inadequados (indisciplina e violência) de meninos e meninas e o autocontrole das professoras; idealizações e cobranças às famílias: família ideal e família real e, a escolha e permanência na docência: da submissão à missão. Gênero e crenças religiosas produziram significados que perpassaram as atitudes e comportamentos nos processos de interações sociais e nas práticas pedagógicas das professoras. Essas práticas apontaram para a busca de sentidos da docência diante de condições adversas com que se deparavam no dia-a-dia escolar. Além disso...

Crenças de professoras sobre a leitura e sua aprendizagem no processo de alfabetização; Teachers beliefs about reading and its learning process in literacy

D'Albertas, Christina Jeanne Marie
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/11/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.09%
Esta dissertação de mestrado teve como objetivo conhecer as crenças de professoras alfabetizadoras de uma escola da rede do ensino público no interior de São Paulo sobre a leitura, em seu uso, aprendizagem e ensino. Para alcançar este objetivo foi realizada uma entrevista com estas professoras, utilizando a metodologia do grupo focal. As análises dos resultados e as discussões fundamentaram-se em duas principais concepções teóricas que permeiam as questões relativas à aprendizagem da leitura e da escrita: a abordagem da psicologia cognitiva e a apoiada na psicogênese da língua escrita. Com isso, buscou-se verificar expressões e aproximações das crenças dessas professoras a estes referenciais teóricos, de maneira consciente ou não. Os dados obtidos mostraram que as professoras têm como maior fonte de aprendizagem, formação profissional e sustento de suas ações docentes, a própria prática da sala de aula. Além disso, como principais resultados pode-se dizer que as professoras mostraram-se muito comprometidas com o que chamaram de uma aprendizagem significativa e contextualizada da leitura e consideram o ensino das letras, de seus sons e das sílabas muito importantes neste processo; This work sought to know the beliefs of literacy teachers of a school in the São Paulos education public system. To achieve this goal an interview with these teachers was conducted using the methodology of the focus group. The discussions and the analyzes of the results were based on two main theoretical concepts that permeate the issues related to the learning process of reading and writing: the cognitive psychologys approach and the approach supported by the psychogenesis of written language. Thus...

Habilidades sociais e problemas de comportamento de pré-escolares: comparando avaliações de mães e de professoras

Bolsoni-Silva, Alessandra Turini; Marturano, Edna Maria; Pereira, Verônica Aparecida; Manfrinato, Jair Wagner de Souza
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Pós-Graduação em Psicologia Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Pós-Graduação em Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 460-469
POR
Relevância na Pesquisa
37.09%
Este estudo comparou avaliações de mães e professoras, sobre habilidades sociais e problemas de comportamento de crianças, identificadas pelas professoras, como tendo problemas de comportamento. Participaram mães e professoras de 24 crianças com problemas de comportamento e 24 crianças indicadas como sendo socialmente habilidosas. Foram utilizados o Questionário de Comportamentos Socialmente Adequados e a Escala Comportamental Infantil, versões para pais e professores. Os principais resultados foram: (a) mães e professoras de crianças sem problemas não diferiram na avaliação das habilidades sociais, mas diferiram quanto aos problemas, percebidos em nível mais alto pelas mães; (b) mães e professoras de crianças com problemas diferiram na avaliação dos problemas de comportamento e das habilidades sociais; as mães perceberam mais habilidades e menos problemas; (c) diferenças de gênero foram encontradas apenas para problemas de comportamento das crianças com problemas. Os resultados indicam a necessidade de ter diferentes informantes, em diferentes contextos, na avaliação do comportamento de crianças.; This work compared assessments carried out by mothers and teachers about the social skills and behavior problems of children identified by their teachers as having behavior problems. Participants were mothers and teachers of 24 preschool children presenting behavior problems...

A organização pedagógica de professoras de séries iniciais do ensino fundamental

Souto-Maior, Lara Duarte
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.09%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação; A pesquisa "A Organização Pedagógica de Professoras de Séries Iniciais do Ensino Fundamental" foi desenvolvida com o intuito de discutir os processos relevantes na organização pedagógica de professoras de séries iniciais em uma escola da rede municipal de Florianópolis, tendo como referência uma perspectiva de compreensão da organização pedagógica como prática que se tece nas relações pedagógicas. Assim, a escola e a rede municipal de ensino compõem o contexto em que se desenvolvem as práticas pedagógicas, especialmente a organização pedagógica. A construção dos dados foi realizada por meio da aplicação de questionários e entrevistas com as professoras e membros da equipe pedagógica. Dessa forma, foi possível apreender que os processos relevantes na organização pedagógica de professoras de séries iniciais estão relacionados, centralmente, como questões relativas aos conteúdos para o ensino, ao planejamento em relação à organização do trabalho pedagógico na escola e à expectativa de apoio ao ensino por parte da família. Os conteúdos são destacados como o núcleo de seu trabalho pedagógico. A organização do trabalho pedagógico...

Condições das atividades pedagógicas das professoras

Schena, Valéria Aparecida
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.21%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação; A presente dissertação investigou as condições das atividades pedagógicas de professoras da Rede Municipal de Ensino de Porto União-SC. Apresenta como objetivos: identificar o universo do trabalho de professoras dos anos iniciais do Ensino Fundamental com relação as suas atividades pedagógicas, diante da demanda de tarefas a que é exposto o seu trabalho; pesquisar sua relação com a dimensão relacional entre os sujeitos envolvidos neste processo e identificar os elementos considerados relevantes pelas professoras na organização das condições das atividades pedagógicas. Esta pesquisa foi desenvolvida com o intuito de discutir as condições das atividades pedagógicas nos anos iniciais em três escolas municipais de Porto União. Neste sentido, as escolas e a Rede Municipal constituem o universo que compõe o cenário das tarefas que caracterizam as condições pedagógicas que emergem no cotidiano escolar destas realidades. Esta pesquisa traz elementos da atuação de professoras que trabalharam no universo da Escola Multisseriada no início de sua carreira profissional e que...

Habilidades sociais e problemas de comportamento de pré-escolares: comparando avaliações de mães e de professoras

Bolsoni-Silva,Alessandra Turini; Marturano,Edna Maria; Pereira,Verônica Aparecida; Manfrinato,Jair Wagner de Souza
Fonte: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.09%
Este estudo comparou avaliações de mães e professoras, sobre habilidades sociais e problemas de comportamento de crianças, identificadas pelas professoras, como tendo problemas de comportamento. Participaram mães e professoras de 24 crianças com problemas de comportamento e 24 crianças indicadas como sendo socialmente habilidosas. Foram utilizados o Questionário de Comportamentos Socialmente Adequados e a Escala Comportamental Infantil, versões para pais e professores. Os principais resultados foram: (a) mães e professoras de crianças sem problemas não diferiram na avaliação das habilidades sociais, mas diferiram quanto aos problemas, percebidos em nível mais alto pelas mães; (b) mães e professoras de crianças com problemas diferiram na avaliação dos problemas de comportamento e das habilidades sociais; as mães perceberam mais habilidades e menos problemas; (c) diferenças de gênero foram encontradas apenas para problemas de comportamento das crianças com problemas. Os resultados indicam a necessidade de ter diferentes informantes, em diferentes contextos, na avaliação do comportamento de crianças.

Violência urbana: a avaliação de professoras sobre a atuação da escola

Ristum,Marilena
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2002 PT
Relevância na Pesquisa
37.09%
Objetivou-se investigar como professoras de escolas públicas e particulares descrevem e avaliam a atuação da escola frente à violência e, ainda, identificar as ações, que, segundo essas professoras, a escola deveria adotar frente à violência. Os dados foram obtidos por meio de entrevista semiestruturada, abordando vários aspectos da violência. Nas respostas das professoras, foram identificadas quatro categorias de ações da escola: preventivas, remediativas, estimuladoras e nulas. As professoras de escola particular mostraram uma visão da escola como basicamente preventiva, enquanto as de escola pública conceberam-na como remediativa ou nula. As ações mais sugeridas pelas professoras de escola pública incluíam a participação da família e da comunidade. A influência dos contextos de trabalho, diferentes para ambos os grupos, norteou a discussão dos resultados.

Professoras transexuais e travestis no contexto escolar: entre estabelecidos e outsiders

Torres,Marco Antônio; Prado,Marco Aurélio
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.04%
Neste artigo debatemos questões envolvidas na emergência de professoras transexuais femininas ou travestis na escola. Utilizamos a noção de outsiders e de heteronormatividade para analisar como essas professoras permanecem na função docente. Consideramos que a emergência dessas professoras está relacionada a novos posicionamentos referentes às noções de gênero nas políticas de direitos humanos, especificamente pelas lutas do movimento social. Por fim, afirmamos que a emergência dessas professoras não pode ser compreendida como suspensão da heteronormatividade, mas como o aparecimento de novas questões para se analisar no ambiente escolar.

Avaliação processual: um estudo das representações sociais de professoras da rede municipal de ensino do Recife

Kelly de Souza Guerra, Gleice; Bezerra Machado, Laêda (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.16%
Esta pesquisa teve como objetivo analisar as representações sociais de avaliação processual construídas por professoras dos anos iniciais do Ensino Fundamental da Rede Municipal da cidade do Recife/PE. Constituiram-se como referenciais para estudos de avaliação os autores: Perrenoud (1999; 2004), Esteban (1999; 2005), Silva (2003; 2004), Hoffmann (2003; 2005a) e Luckesi (2005). Para a Teoria das Representações Sociais nos apoiamos em Moscovici (1978; 2003) e Jodelet (2001; 2005). A pesquisa, de natureza qualitativa, foi realizada junto a vinte professoras da RPA 5, graduadas em Pedagogia e com formação acadêmica iniciada na década de 1990. Para definição do grupo realizamos um estudo exploratório. Os procedimentos de coleta utilizados foram a observação e a entrevista semi-estruturada. A pesquisa foi dividida em duas fases. Na primeira, observamos as práticas avaliativas de duas professoras no intuito de nos aproximar de suas representações sociais de avaliação processual. Na segunda, fizemos uso da entrevista com as vinte professoras incluindo, nesse grupo, as duas docentes que tiveram suas práticas observadas. Nosso intuito com o seu uso foi aprofundar e esclarecer os aspectos constituintes das representações sociais de avaliação processual. A técnica utilizada para analisar os registros das observações e depoimentos das entrevistas foi a Análise de Conteúdo de Bardin (2004). Os resultados...

O bom aluno nas representações sociais de professoras da rede municipal de ensino do Recife.

Maria de Lima, Andreza; Bezerra Machado, Laêda (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.09%
O objetivo desta pesquisa foi analisar as representações sociais do bom aluno construídas por professoras dos anos iniciais do Ensino Fundamental da Rede Municipal da cidade do Recife/PE. Partimos do pressuposto de que novas práticas sociais educacionais estariam interferindo nessas representações. Auxiliaram-nos na leitura do nosso objeto de pesquisa autores como Freire (1988; 2006), Libâneo (2006), Saviani (2005; 2005a) e Patto (1993). O referencial teórico-metodológico da investigação foi a Teoria das Representações Sociais originada por Serge Moscovici e a Teoria do Núcleo Central iniciada por Jean-Claude Abric. A metodologia adotada circunscreve-se na abordagem de natureza qualitativa. Segundo Abric, o conteúdo das representações sociais se estrutura internamente em um sistema central, de caráter estável, rígido e consensual e um periférico, de caráter mutável, flexível e individual. Por isso, a análise das representações sociais exige que sejam conhecidos seus três componentes: conteúdo, estrutura interna e núcleo central. Para conhecê-los realizamos dois estudos, sendo que o segundo foi desenvolvido em duas fases. Participaram do primeiro estudo duzentas professoras. Deste grupo foram selecionadas vinte para participar do segundo. No primeiro estudo utilizamos como procedimento de coleta a Associação Livre de Palavras e...

Professoras negras : construindo identidades e práticas de enfrentamento do racismo no espaço escolar

Maria da Silva, Claudilene; Eliete Santiago, Maria (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.13%
Objetivamos neste trabalho analisar o processo de construção da identidade étnico-racial de professoras negras e sua influência na emergência de práticas curriculares de enfrentamento do racismo no espaço escolar. Apoiamo-nos em Dubar (2005) para compreender a categoria identidade resultando de dois processos complexos, heterogêneos, mas articulados entre si: o relacional e o biográfico. Discutimos a categoria em articulação com as noções de identidade docente e identidade negra. Dialogamos com os conceitos de saberes na perspectiva de Freire (1997) e de Tardif (2005) e de práticas curriculares, fundamentadas em Inês Oliveira (2003). Utilizamos o método biográfico ou histórias de vida por ser uma metodologia que nos permitiu reconhecer as professoras negras como profissionais e como pessoas. O trabalho de campo foi efetivado em duas etapas e realizado com 23 professoras negras da Rede Municipal de Ensino do Recife, egressas da primeira versão do Curso História e Cultura Afro-Brasileira, que aconteceu de outubro a dezembro de 2005. Como instrumentos de coleta de informações utilizamos um questionário de identificação e realizamos uma entrevista semi-estruturada. A classificação étnico-racial foi realizada de acordo com a auto-declaração das professoras e consideramos como negras aquelas que se auto-declararam preta e parda. A análise dos relatos de vida das professoras narradoras fundamentou-se em Laurence Bardin (1977)...

Quando as professoras se encontram para estudar matemática: saberes em movimento

Alves, Francisca Terezinha Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.13%
This text results of a research in an Education Doctorate about teachers, professional background, formation, teaching knowledge and abilities. In this text, it s described the history of a study group in mathematics education composed by teachers who teach mathematics in the 2nd cycle of Ensino Fundamental (5th year of schooling), all belonging to the same school of the municipal public schools network. It presents the trajectory of the collaborative group, in all particularities, singularities, and the constant search to become collaborative. This trajectory was marked by the stories of it s participants in the ceaseless path to constitute teachers, by the sharing of knowledge, by the process of collaboration, by the thinking about the teaching practice, and by the personal and professional improvement of the teachers that form the group. The interpretative and qualitative research had as its investigation field the study group. The data supplied by the collect instruments indicate us that the collaboration between the teachers, the access to specific knowledge of mathematics area, the reflections about the teaching practice in a given context, are paths that lead to and make possible the re-elaboration of the teaching skills by teachers that teach mathematics to the first years; Este é um texto resultante de uma pesquisa de Doutorado em Educação que fala de professoras...

Representações sociais de família para um grupo de professoras do ensino fundamental da cidade de Araguari-MG

Silva, Ana Lucia Costa e
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.16%
Acreditando-se que o professor tem um papel fundamental na formação do indivíduo, tornouse relevante conhecer quais as representações acerca de família, que permeiam seu pensamento para que se possa ter uma melhor compreensão de sua ação docente. Esse estudo teve como objetivo identificar as representações sociais de um grupo de professoras do ensino fundamental acerca da temática família, a partir de quatro situações denominadas situações rotineiras . As situações foram apresentadas a 16 professoras das quatro séries iniciais, do ensino fundamental, que atuam como regentes nas escolas municipais da cidade de Araguari- MG, e puderam ser identificadas como: situação cotidiana escolar, situação notícia, letra da música Família do grupo Titãs e Álbum das Famílias, elaborado a partir de recortes de revistas e jornais. As situações foram aplicadas na escola onde as professoras atuavam, durante o horário de módulo das mesmas, para que pudessem ler os instrumentos e procederem à sua resposta. O resultado obtido com a utilização dos quatro instrumentos citados possibilitou, justamente em virtude de oferecerem linguagens diferenciadas, que as representações sociais de família para esse grupo de professoras fosse conhecido e que concluíssemos que são poucas as professoras que conseguiram perceber as organizações familiares diferentes que se fazem presentes em nosso contexto...

Mem??ria e Narrativas surdas: o que sinalizam as professoras sobre sua forma????o?; Memory and Deaf Narratives: what do the teachers sign about their formation?

SILVA, Bianca Gon??alves da
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Educa????o; Programa de P??s-Gradua????o em Educa????o; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Educa????o; Programa de P??s-Gradua????o em Educa????o; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.09%
This Master s degree dissertation intends to contribute to the debate around deaf people education, based on the process of deaf teachers formation, taking into account their formation history. The research aims to understand the constitution of the deaf teachers identity, more specifically, to analyze, through the narratives, the constituent processes experienced throughout their lives which have enabled the construction of a teaching identity. The data collected in this research was searched through the contribution of three deaf teachers, using autobiographical narratives of their life and teaching formation history. Thus, this research was created and analyzed dialoging with authors who deepen in the deaf related studies, involving the Deaf Studies and their dialogues with the Cultural Studies, also, authors who work with the (auto) biographical method and formation, tying to life narratives. In the data collection, it was developed a strategic methodology aiming to achieve the main goals of the research. Three semi-structured group meetings were organized, recorded and in Brazilian Sign Language. With the teachers reports about their life histories some themes could be highlited: oralism, the visual experience as a deaf cultural marker...

A seara das pr??ticas pedag??gicas inclusivas com tecnologias: com a palavra as professoras das salas de recursos multifuncionais; The harvest of inclusive pedagogical practices with technologies: the voice of multifunctional resource classroom teachers

MARTINS, Claudete da Silva Lima
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Educa????o; Programa de P??s-Gradua????o em Educa????o; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Educa????o; Programa de P??s-Gradua????o em Educa????o; UFPel; BR
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.13%
In a world of constant and profound transformations, technologies emerge in the school context, creating new possible horizons for the developing of pedagogical practices able to promote the inclusion of students with special educational needs. Searching for knowing and understanding such practices, this study aims to investigate the technologies present in multifunctional resource classrooms in municipal schools in Bag??, RS, as well as the way such technologies are used in inclusive pedagogical practices performed by teachers. The investigation consists of a qualitative research, approaching the characterizing parameters of the multiple case study. The subjects were seven female teachers who work with Special Education, recognized by their pairs for developing good inclusive pedagogic practices. In order to do so, it was used questionnaires, empiric field observation, field diary, interviews, focal group and discursive textual analysis. The theoretical assumptions that beacon this study are based on Freire (2011), L??vy (2006), Moran (2000, 2007), Porto (2009, 2012), Mantoan (2001),Sassaki (2002), Galv??o Filho (2009) and Sartoretto and Bersch (2011), without any harm from other collaborations. The study results have showed that the multifunctional resource classrooms from the investigated schools have Assistive Technology resources as well as information and communication technologies which enable teachers to alter...

Doc??ncia Leiga: Hist??ria de Vida de Professoras Prim??rias (Pelotas, 1960-1980); Doc??ncia Leiga: Hist??ria de Vida de Professoras Prim??rias (Pelotas, 1960-1980)

MANKE, Lisiane Sias
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Educa????o; Programa de P??s-Gradua????o em Educa????o; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Educa????o; Programa de P??s-Gradua????o em Educa????o; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.21%
This dissertation has as it main focus the history lives of primary lay teachers, that is, teachers that started their professional lives without specific teaching formation. The aim of this study, however, is to investigate the social and professional trajectory of these teachers, searching for a discussion about how did they become teachers and their pedagogical practice. This research was done based on the history of thirteen primary lay teachers. The data gathering happened in two different ways: oral and written. The oral ones, were collected through free interviews, in which they had the freedom to speak about their personal and professional trajectories. The written ones, were given by the teachers or found in a school file, such as diary books, granted orientation for rural teachers, tests, certificates, and others. Nevertheless, the memory of primary lay teachers happened to be the main source. The thirteen teachers analyzed, started their professional activities in the rural area of Pelotas, between the decades of 1960 and 1980, having studied between the 5th grade to end of primary school.; Esta disserta????o tem como foco principal a hist??ria de vida de professoras prim??rias leigas, isto ??, professoras prim??rias que iniciaram a profiss??o sem forma????o espec??fica para o magist??rio. O objetivo deste estudo...

Investigando a sexualidade de professoras: suas histórias, saberes e práticas

Fernandes, Daniela Mota
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.09%
Esta pesquisa investiga a influência da sexualidade na formação de professoras considerando que a mesma se dá ao longo da vida e percorre todo o seu processo educativo, tanto formal como informal. Nesse processo a sexualidade se faz presente constantemente, e influencia na personalidade de professoras e professores. Os estudos em torno da formação docente desencadeados a partir dos anos 90 do século passado, constatam ser a experiência vivenciada pela professora ao longo de sua vida, base para a construção de sua formação. Ao destacarem as experiências, implícita está a sexualidade, fato não indicado pelos estudiosos da década em referência. Fizemos a opção metodológica pela abordagem qualitativa e usamos questionários e entrevistas como instrumentos de investigação. Wilhelm Reich é o principal referencial teórico desta pesquisa, por considerar o corpo como locus de registro da história de vida dos indivíduos. Reich foi um teórico significativo para o contexto do século XX, por ter tido a coragem de avançar em relação aos estudos de Freud sobre a sexualidade, sendo esta o ponto de partida de suas investigações por um longo período, o que resultou na elaboração de uma teoria da sexualidade científico-natural...

Professoras das séries iniciais do ensino fundamental e as orientações curriculares oficiais para o ensino de matemática: um estudo dessa relação; Teachers of the initial grades of elementary school and the official curriculum guidelines for the teaching of Mathematics: a study of this relationship

Poggetti, Liane Geyer
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.09%
O presente estudo, de natureza qualitativa, foi desenvolvido entre 2012 e 2013, com professoras das séries iniciais do Ensino Fundamental, de uma escola da rede estadual de ensino de São Paulo. Adotando como referência o ponto de vista das professoras, buscou-se discutir o papel, em sua prática de ensino da Matemática, das concepções e do modo de ensinar sugeridos pelos programas curriculares oficiais, e dos saberes e concepções decorrentes de sua própria história, englobando sua formação inicial e sua experiência docente; discutiu-se, também, o papel da formação continuada, que recebem na instituição em que lecionam, cujo propósito principal é prepará-las para lidar com as orientações oficiais para o ensino de Matemática. O desenvolvimento da pesquisa teve como referência estudos como os de Fiorentini (1995, 2003), Abreu (1995, 2000), Curi (2005), Garcia Blanco (2003), Ponte (1992, 1999, 2012), Nacarato, Mengali e Passos (2009), Canavarro (2003), Tardif (2010, 2012), Nóvoa (2012), Chacon (2003) e Sacristán (1998), dentre outros, e a utilização de questionários, entrevistas e aplicação de um caso de ensino. Esses instrumentos de coleta de dados tiveram como objetivo captar as concepções e ideias dos sujeitos sobre a Matemática e seu ensino...

Caminhos de professoras: o desenvolvimento profissional docente nos anos iniciais do ensino fundamental.; Ways of teachers: the teaching professional development in the initial years of basic education.

Rogério, Rosa Maria de Freitas
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.13%
Este é um estudo sobre como professoras dos anos iniciais do Ensino Fundamental se desenvolvem profissionalmente e produzem sua profissão. Buscamos compreender de que forma o desenvolvimento profissional de professoras é influenciado pela experiência e pelas vivências de cada uma delas na trajetória da carreira. Para compreendermos esse desenvolvimento, adotamos como referência a Rede Municipal de Ensino de São Paulo porque essa apresenta elementos importantes para nosso estudo como, por exemplo, a existência de um estatuto que legitima a profissão docente e que proporciona para os professores oportunidades de desenvolvimento profissional dentro da sua jornada de trabalho. Para responder aos objetivos propostos pela pesquisa, convidamos três professoras da Rede Municipal de Ensino com diferentes anos de experiência docente e que estavam atuando nos anos iniciais do Ensino Fundamental em 2006. Na tentativa de captar o relato das experiências vividas pelas professoras buscou-se o apoio da História Oral porque esta permite apreender a experiência vivida por determinados indivíduos (três professoras) num contexto macro social (profissão docente). Buscamos também os estudos sobre a carreira do professor, de modo a refletir sobre o seu percurso profissional e compreender como ocorre o processo de desenvolvimento profissional. Os estudos sobre a profissão docente tiveram como base as contribuições do português António Nóvoa (1986...

As relações sociais entre professoras, bebês e crianças pequenas

Schmitt, Rosinete Valdeci
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 282 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
37.13%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Florianópolis, 2014.; A presente pesquisa, em nível de doutorado, teve como objetivo conhecer e analisar as relações sociais constituídas por professoras, bebês e crianças pequenas, em uma creche pública do município de Florianópolis, com atenção aos contornos que especificam a ação docente nesta faixa etária. Partiu da perspectiva que a docência se constitui na relação com outros, e que na Educação Infantil toda e qualquer relação social vivida no âmbito da instituição (e mesmo fora desta) incide sobre a constituição das crianças e sua aprendizagem. Assim, considerou-se que as relações das crianças entre si e com o espaço, apresentam-se também como objeto de interesse da ação docente, e como possibilidade de sua própria ressignificação, a partir do assentamento de uma perspectiva dialógica, que buscou dar visibilidade à ação social das crianças neste contexto. A pesquisa situa-se no campo da Pedagogia, especificamente da Pedagogia da Infância, e recorre a uma interlocução disciplinar, envolvendo as contribuições das Ciências Sociais, da Filosofia da Linguagem do russo Mikhail Bakhtin e da Psicologia...