Página 1 dos resultados de 10667 itens digitais encontrados em 0.060 segundos

Ciência em hipermídia: tramas digitais na produção do conhecimento; Science in Hypermedia: digital frames in the production of knowledge

Nering, Érica Masiero
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
95.95%
A pesquisa visa a fazer uma reflexão sobre a produção de hipermídias para a construção do conhecimento científico acadêmico. Para tanto, temos como base a filosofia de Gadamer (2008), que questiona a incontestabilidade da metodologia científica. Segundo ele, para chegarmos a uma inteligência compreensiva não necessitamos de uma imersão no método científico, uma vez que ela já é adquirida pela experiência mundana: na realidade histórica, na experiência, no tempo, na tradição, visão da qual compartilhamos e a qual acreditamos ser possibilitada por processos digitais de produção do conhecimento. Partimos do conceito de ruptura epistemológica (Bachelard, 1996) para desenvolver a noção da ciência no contexto da hipermídia e suas possibilidades de apropriação na difusão, divulgação e produção do conhecimento, dando origem a três categorias explicitadas no capítulo II. Ao nos concentramos na produção do conhecimento em hipermídia analisamos três trabalhos acadêmicos em linguagem hipermidiática: From (Gomes, 2008), LOttocento (Eco, 1999) e Ilha Cabu (Petry, 2010), análises realizadas sob a óptica de três metodologias distintas que visam avaliar níveis de navegabilidade (Landow, 2006), interatividade (Schulmeister...

A Socine e a produção do conhecimento em cinema brasileiro: de 1996 a 2012; Socine and knowledge production in Brasilians cinema: from 1996 to 2012

Silva, Suely dos Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
95.92%
A presente tese tem por objetivo analisar a produção do conhecimento sobre os estudos de cinema realizados pelos pesquisadores vinculados à Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual (Socine). Procuramos compreender o contexto da criação da entidade, em 1996, destinada a realizar pesquisas sobre cinema e audiovisual e como foi possível o crescimento e a consolidação, até 2012, quando completou dezesseis anos de atuação. Visamos a mapear a produção do conhecimento sobre cinema nesse período, de maneira a elencar pesquisadores e temas pesquisados. Nesse escopo, relacionamos o início das atividades da Socine com o crescimento da produção, da divulgação e da exibição de filmes no país. Percebemos que os efeitos quantitativos e qualitativos do reinício da produção fílmica decorreram, entre outros fatores, da aprovação de leis de incentivo à cultura que passaram a vigorar no início dos anos de 1990 e, sobretudo, do espírito de redemocratização da política e da cultura no país, favorável à produção de bens simbólicos. Uma vez que a Socine propunha-se, desde sua criação, a romper com formas arcaicas de fazer pesquisa em cinema, possibilitou a formação de mais pesquisadores na área, contribuindo para a produção e divulgação das pesquisas sobre cinema. Inovaram...

Produção do conhecimento sobre teorias de enfermagem : análise de periódicos da área, 1998-2007; Knowledge production on nursing theories : analysis of the area periodicals, 1998-2007; Produccion de conocimiento sobre teorias de enfermeria : analisis de periodicos del area, 1998-2007

Schaurich, Diego; Crossetti, Maria da Graça Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
105.87%
Este estudo objetivou analisar a produção do conhecimento sobre teorias de enfermagem publicada em periódicos da área, entre 1998 e 2007. Trata-se de uma investigação descritiva, de natureza bibliográfica, com abordagem quantitativa. Foram encontrados e analisados 171 (4,6%) estudos sobre teorias de enfermagem extraídos do total de 3.757 resumos publicados em sete periódicos científicos. A maioria destes artigos é oriunda de pesquisas, em que foram utilizadas a Teoria de Enfermagem Humanística, a Teoria do Cuidado Cultural e a Teoria do Autocuidado como principais referenciais em trabalhos publicados em dupla autoria e originados, predominantemente, nas regiões Sul e Nordeste do País. Acredita-se que esta investigação permitiu dar visibilidade a tal temática, bem como identificar algumas das características e tendências do conhecimento acumulado referente às teorias de enfermagem, na realidade brasileira.; A study of bibliographical nature approach which aimed to analyze the production of knowledge on nursing theories published in the area periodicals from 1997 to 2006. It was found and examined 171 (4.6%) studies on theories of nursing from the total of 3,757 abstracts published in seven scientific journals. Most of the articles analyzed are from researches in which the Theory of Culture Care...

A produção do conhecimento científico: relação sujeito-objeto e desenvolvimento do pensamento

Abrantes, Angelo Antonio; Martins, Lígia Márcia
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 313-325
POR
Relevância na Pesquisa
95.88%
O presente estudo coloca em questão a produção do conhecimento científico como uma das expressões da relação sujeito-objeto, analisando-a à luz da teoria materialista histórico-dialética do conhecimento. Com o objetivo de demonstrar que a interação prática do sujeito com o objeto apenas fundamenta a produção do conhecimento científico pela mediação teórica, reiteramos a importância do ensino escolar e da apropriação dos saberes historicamente sistematizados, indicando a unilateralidade presente em concepções que enfatizam demasiadamente a prática em detrimento da teoria.; El presente estudio discute la producción del conocimiento científico como expresión de la relación sujeto objeto analisando la referida relación sobre la base de la teoría materialista histórico dialéctica del conocimiento. Plantea demostrar que la interacción práctica del sujeto con el objeto fundamenta la producción del conocimiento científico gracias a la mediatización teórica. El proceso de análisis afirma la importancia de la enseñanza escolar y de la apropiación de los saberes históricamente constituídos, señalando la unilateralidad presente en concepciones que destacan en demasía la práctica en detrimento de la teoría.; This paper discusses the process of scientific knowledge production as an expression of the subject-object relationship...

A produção do conhecimento em Serviço Social: o mundo do trabalho em debate

Lara, Ricardo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 278 f.
POR
Relevância na Pesquisa
95.93%
Pós-graduação em Serviço Social - FCHS; Na bibliografia recente das ciências sociais e humanas, o mundo do trabalho é intensamente investigado por pesquisadores das mais diversas áreas do conhecimento. Nas pesquisas, ganham destaques os estudos sobre a terceirização e a subcontratação, a precarização do trabalho, as inovações tecnológicas, o desemprego estrutural e as demais refrações da crise de acumulação do capital que acentuam, sobremaneira, as expressões da “questão social”. O Serviço Social com seus programas de pós-graduação, núcleos de pesquisas e, respectivamente, seus meios de publicitação de conhecimentos apresentam significativas investigações referente à temática, que absorve expressiva relevância na produção teórica da área a partir de 1990. O mundo do trabalho é uma temática ampla e complexa que pressupõe opções teóricas e políticas acerca de aspectos a serem abordados num estudo científico, principalmente em razão de os estudos sobre o tema terem as mais variadas abordagens. Nesta tese, o objetivo é analisar a produção teórica do Serviço Social sobre o mundo do trabalho no período de 1996 a 2006, com ênfase nas principais temáticas e tendências das investigações dos assistentes sociais. O material de pesquisa são os artigos das revistas Serviço Social e Sociedade...

Crítica à produção do conhecimento sobre a educação do campo no Brasil : teses e antíteses sobre a educação dos trabalhadores no início do século XXI; Critical for the production of knowledge on the field of education in Brazil : thesis and antithesis on the education of workers in the XXI century

Joelma de Oliveira Albuquerque
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/11/2011 PT
Relevância na Pesquisa
95.95%
A presente tese se refere à problemática mais geral da formação humana, em particular a formação dos trabalhadores do campo no início do século XXI - um período pré-revolucionário. O objeto da crítica foram 433 teses e dissertações produzidas entre 1987 e 2009 que abordam a problemática da educação no meio rural no Brasil. Questionamos sobre os fundamentos gnosiológicos e ontológicos relacionados à teoria do conhecimento, educacional e pedagógica das teses e dissertações acerca da educação no meio rural no Brasil, e quais limites e possibilidades apresentam para a formação da classe trabalhadora neste período histórico de transição a outro modo de produção. O objetivo foi desenvolver uma análise crítica de teses e dissertações sobre a educação no meio rural no Brasil, no que diz respeito às teorias do conhecimento, educacional e pedagógica sobre a qual estão assentadas, apontando antíteses sobre tendências para a educação dos trabalhadores no processo de transição a outro modo de produção, especialmente no que diz respeito à base técnica e científica do trabalho. A crítica se pautou nas hipóteses: a) a produção científica em Educação do Campo no Brasil apresenta como base técnica e científica dimensões idealizadas do real...

Produção do conhecimento: uma análise da pós-graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina

Toledo Junior, Gilberto Jesus de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 69 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.89%
TCC (Graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Socioeconômico, Curso de serviço social.; O presente trabalho tem como objetivo analisar a produção do conhecimento dos discentes da Pós-Graduação em Serviço Social em nível de mestrado da Universidade Federal de Santa Catarina – PPGSS/UFSC. Traçamos um breve olhar sobre a pós-graduação brasileira e a pós-graduação no Serviço Social, apontando dois condicionantes que influenciam profundamente a produção do conhecimento brasileiro: O Plano Nacional de Pós-Graduação e a Avaliação da Pós-Graduação; ambos realizados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES, e que demonstram a qual projeto societário serve a Educação Superior Brasileira.O texto ainda apresenta uma leitura dos dados sobre a produção do conhecimento na PPGSS/UFSC. Estes dados são fruto da pesquisa realizada no Grupo de Estudos e Pesquisas em Serviço Social – GEPSS2, tomando como objeto de análise as dissertações de mestrado e os currículos Lattes dos discentes formados entre os anos de 2003 e 2010. Tomaremos como referência para analisar os dados os critérios de avaliação da CAPES3, não para enaltecê-los, mas para criarmos subsídio para a crítica.

A produção do conhecimento engendrado pela base científica laboratorial

Campana, Samya
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 250 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
95.93%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Florianópolis, 2013.; Esta tese apresenta os resultados de uma pesquisa cujo tema refere-se ao estudo das relações sociais que se estabelecem na produção do conhecimento pela base cientifica laboratorial, inserido no assunto amplo da produção do conhecimento nanocientífico. Trata-se de um estudo teórico-empírico, interdisciplinar, com abordagem qualitativa, encaminhado de acordo com a perspectiva dialética, apoiado no método do materialismo histórico. A pesquisa de campo de natureza exploratório-analíticafoi realizada no Laboratório Central de Microscopia Eletrônica (LCME)da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Os procedimentos metodológicos incluíram além da pesquisa bibliográfica, a observação livre e participante, a análise documental, a filmagem, o registro fotográfico e relatos dos sujeitos envolvidos com pesquisas no LCME. As conclusões reforçam a produção do conhecimento como expressão do general intellect, seja como trabalho morto, objetivado nas coisas, seja como trabalho vivo, materializado nos homens pensantes. Conduzem ao entendimento da produção do conhecimento nanocientífico como interdisciplinar...

A pós-graduação em educação e o tratamento do tema política educacional : uma análise da produção do conhecimento no Nordeste do Brasil

Lúcia Felix dos Santos, Ana; Maria Lins de Azevedo, Janete (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.93%
Inserindo-se entre os estudos sobre a produção do conhecimento na pós-graduação em educação, especialmente no tema política educacional, a Tese apresenta-se como processo e produto de uma investigação que buscou compreender como a pesquisa e, por conseguinte, o discurso produzido sobre política educacional, desenvolvidos nos programas de pós-graduação em educação (PPGEs), são ressignificados. O objetivo geral buscou compreender como a pesquisa sobre política educacional, como componente de um campo acadêmico, representado por atores e práticas, que engendram a produção do conhecimento no âmbito da educação, é ressignificada dentro dos PPGEs e a relação entre esse conhecimento produzido e as proposições lançadas pela política educacional em ação. A abordagem sociológica de Pierre Bourdieu constituiu a referência teóricometodológica principal, de forma que a noção e o conceito de campo, especificamente o de campo científico, são utilizados nesse trabalho. A análise é complementada pela proposta de Norman Fairclough, o qual propõe a tridimensionalidade do discurso: como texto, como prática discursiva e como prática social. Essa articulação possibilitou a exploração da interdiscursividade...

O menino é o pai do homem: raízes crianceiras do conhecimento

Cencig, Paula Vanina
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
105.88%
This dissertation is a work on playing and its relation with the knowledge production process. It is the result of a set of personal experiences with the cultural universe of children which have instigated a look into the way they explore the world and questions about the very nature of the games they play. Could we consider those games hide, or rather reveal important strategies used in the knowledge production process and in making science. In light of several studies concerning the complexity of science, this questioning has also led to the development of a toy (a box), which consists of a range of pieces (photos, video, audio, stones, seeds, rags, envelopes, etc.). My intention is to show in a practical manner a strategy of thinking similar to the sensitive logic bricolage present in the playing, in order to instigate the reflection on the possibility of its inclusion in the production of the knowledge and science making processes; Esta dissertação é um trabalho sobre o brincar e sua relação com a produção de conhecimento. Ela é resultado de um conjunto de experiências pessoais ligadas ao universo da cultura da criança que instigaram um olhar direcionado à forma como elas exploram o mundo e que me fizeram questionar se por trás das brincadeiras não estariam estratégias importantes de produção de conhecimento que poderiam ser incluídas no fazer ciência. Como fruto dessa reflexão e orientado pelos estudos da ciência da complexidade...

Psicologia e pobreza no Brasil: limites e perspectivas da produção de conhecimento e atuação do psicólogo

Dantas, Cândida Maria Bezerra
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
95.94%
Poverty is a main theme in Brazil: according to official data, poverty reachs 70 million Brazilian people, and, between them, 20 million are unable to provide their basic needs. Psychology, as a welfare profession, and given its historical concerns with social actions, could not be away from this theme. Based on this, we ask: Which answers Psychology can provide, toward both the production of knowledge and the practice about social reality? The purpose of this paper is to investigate the psychological scientific production on poverty and the propositions, limits and impacts of psychological actions. We carried out a three stages documental based study analyzing Brazilian psychological literature: (1) online databases survey (312 papers identified); (2) 109 scientific abstracts accessed and coded; (3) selected 47 scientific papers read and analyzed. Results are presented in three sections: general description of the selected scientific production; characterization of the role of poverty in psychological literature; and themes presented at the papers. The academic production about the main theme (poverty) is dispersed, heterogeneous, and related to other fields of knowledge. Poverty is presented at these studies in many ways, such as: a criterium for sample design and the assessment of its psychological impacts; reports on professional experience with poor population; descriptions of this population group; relationship between poverty and others social themes; developmental and learning problems of poor children. In general...

Produção do conhecimento sobre meio ambiente : a percepção dos pesquisadores da Universidade Federal do Tocantins, da Universidade de Brasília e da Universidade de Lisboa

Santos, Eliene Gomes dos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
95.95%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, Programa de Pós-Graduação DINTER em Sociologia-UNB/UNITINS, 2013.; A literatura especializada tem assumido que os sistemas de ciência estão em transformação. Nesse processo, os cientistas têm adotado práticas de pesquisas cada vez mais heterogêneas, definindo objetivos estratégicos e produzindo conhecimento relevante no contexto social. Envolvem-se com novos setores da sociedade e ampliam as possibilidades de aplicação dos resultados de suas pesquisas. Esse novo modelo vai ao encontro da teoria do Desenvolvimento Sustentável cujos argumentos indicam a necessidade de novos conhecimentos que apontem ou respondam às novas necessidades, às novas formas de relacionamento do homem com a natureza, aos novos padrões de produção e consumo, a novos paradigmas científicos. Partindo deste pressuposto, este trabalho procurou conhecer as práticas dos pesquisadores da área ambiental da Universidade Federal do Tocantins (UFT), da Universidade de Brasília (UnB) e da Universidade de Lisboa (UL) e discuti-las à luz das novas tendências de produção do conhecimento. A primeira universidade, em especial, foi escolhida por estar localizada num Estado que apresenta um potencial para o desenvolvimento sustentável e que vem demandando esforços tanto do governo quanto das universidades por uma produção do conhecimento que direcione o desenvolvimento científico e tecnológico para a região numa perspectiva sustentável. As demais...

Autonomia reflexiva e produção do conhecimento científico : o campo da sociologia no Brasil (1999-2008)

Maranhão, Tatiana de Pino Albuquerque
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
95.92%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Programa de Pós-Graduação em Sociologia, 2010.; O objetivo principal da presente tese foi descrever e analisar as características e condições da autonomia do campo científico por meio da produção do conhecimento sociológico no Brasil (relações entre atores sociais, financiamento público e temas pesquisados), entre 1999 e 2008. A partir do constructo teórico de autonomia reflexiva, as informações foram sistematizadas em cinco bases de dados desenvolvidas pela autora, contendo variáveis relacionadas aos temas da política científica e tecnológica (Planos Plurianuais, legislação e projetos fomentados pelo CNPq) e aos temas da produção de conhecimento científico na Sociologia (livros produzidos no âmbito dos Programas de Pós-Graduação e artigos publicados em periódicos dominantes). Após a descrição dos dados, certas variáveis foram recodificadas em duas outras bases, intituladas AGENDAPOL e AGENDASOL. Estas possibilitaram análises de conteúdo, de frequência temática e de similaridade entre categorias temáticas encontradas. Os resultados obtidos reforçam sobremaneira a explicação da autonomia reflexiva como característica do campo científico...

Produção de conhecimento científico : pós-graduação interdisciplinar (stricto sensu) na relação sociedade

Rubin Oliveira, Marlize
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
95.94%
A produção de conhecimento científico na relação entre ciências humanas e ciências da natureza é o tema deste trabalho, inserido no campo de investigação da Educação Superior. Produção de conhecimento científico é tomado como uma produção humana nas suas relações históricas e sociais, e a interdisciplinaridade como uma possibilidade dentro do movimento de crítica à fragmentação e à dualidade no fazer científico. O objetivo geral aqui é analisar e compreender o processo de produção do conhecimento científico construído na relação entre ciências humanas e da natureza. O locus de estudo foram Programas de Pós-Graduação Interdisciplinares reconhecidos e recomendados pela CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). A pesquisa considerou oito desses Programas. O critério de escolha foi a existência de cursos de doutorado que contemplassem a relação entre ciências humanas e ciências da natureza. Utilizando-se da análise de conteúdo foram analisadas as Propostas dos Programas, as entrevistas semiestruturadas com coordenadores e/ou ex-coordenadores dos Programas, o Documento de Área da Comissão de Área Interdisciplinar (CAInter/CAPES, 2009), 177 Currículos Lattes dos professores/ pesquisadores membros permanentes dos Programas e 11 teses apontadas pelos interlocutores como teses que refletem a perspectiva almejada pelos Programas. Tomando por base principalmente os conceitos de Vieira Pinto...

Relação escola e família : potencializando a produção do conhecimento dos educandos nos anos Iniciais

Kolling, Zilá Regina
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
105.81%
As Relações entre Escola e Família constituem o tema abordado nesse trabalho, como resultado de vivências durante a prática de estágio realizada em uma escola da rede municipal de Taquara. Estabelecido o objetivo geral de analisar algumas visões que permeiam essas relações, de parte a parte e quais idéias encontram-se subjacentes, sustentando-as, utilizou-se como referenciais teóricos principais Fernando Beker, explicitando a teoria construtivista, embasada em Jean Piaget, tentando responder o objetivo de como se dá a produção do conhecimento pelas crianças dos anos iniciais. Philipe Áries e Friedrich Engels desenvolveram, na perspectiva histórica e sociológica, as transformações das visões de família desde o século XVI até o momento, atendendo o objetivo de compreender as novas configurações familiares. Júlia Varela e Fernando Alvarez discorreram sobre o desenvolvimento da escola através da história, com suas implicações econômicas e sociais, respondendo ao objetivo de entender como a escola se relaciona com as crianças e suas famílias, e, Vitor Henrique Paro, examina os fatores que estão implicados na construção de um espaço escolar democrático abordando o objetivo de apontar dificuldades que impedem aproximações e possíveis soluções para esses impasses. Marilena Chauí e Carlos Rodrigues Brandão contribuíram para enfatizar pontos de vista de outros autores. Os referidos autores apresentaram conceitos que permitiram o embasamento das constatações de como se produzem dificuldades de aproximação entre escola e família e suas consequências no aprendizado por parte dos educandos de anos iniciais. Para isso...

Produção do conhecimento em periódicos brasileiros acerca da iniciação ao treinamento desportivo na modalidade futebol

Anhaia, Clei Baltazar
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
PT_BR
Relevância na Pesquisa
105.81%
Trabalho de Conclusão de Curso apresentado para obtenção do Grau de Bacharel, no Curso de Educação Física da Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC.; Este artigo tem como objetivo geral recuperar a memória da produção do conhecimento a iniciação esportiva, veiculada pelos periódicos brasileiros, abordando as fases do desenvolvimento, ambientes que vivem, fenômenos da especialização e motivação e os aspectos que levam as crianças a iniciarem na modalidade futebol. Foi utilizando o método bibliográfico que é aquela que se desenvolve tentando explicar um problema a partir das teorias publicadas em diversos tipos de fontes. Concluí-se que para formação inicial do atleta, todo processo de ensino-aprendizagem deve ser respeitado, não ultrapassando os limites e, obedecendo aos estágios e as fases cronológica na criança.

Qualidade social e produção do conhecimento

Martins Oliveira Magalhães, Solange; Universidade Federal de Goiás; Catarina Cerqueiro Ribeiro de Souza, Ruth; Universidade Federal de Goiás
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 11/10/2015 POR
Relevância na Pesquisa
115.87%
Este trabalho resulta de pesquisa desenvolvida sobre a produção acadêmica de sete instituições organizadas em Rede. Neste artigo apresentamos um recorte referente aos dados das pesquisas sobre professores que se filiaram à abordagem dialética, do Programa de Pós-Graduação em Educação, da Faculdade de Educação, Universidade Federal de Goiás, período de 2008-2009. Trata-se de uma “pesquisa sobre pesquisas” realizada na perspectiva dialética. Desenvolveu-se uma meta-análise da produção, colocando em foco a questão da qualidade, a partir de sua perspectiva epistemológica e histórica. O grupo busca compreender se e como a produção manifesta a concepção de qualidade; se promove a qualidade mercadológica para a educação, sustentando o pensamento hegemônico e o consenso ativo, ou se promove qualidade social frente às políticas educacionais neoliberais, estruturando o pensamento contra-hegemônico. Articulam-se duas categorias na análise: método e ideário pedagógico. Concluímos que uma parcela dos trabalhos filiados ao materialismo histórico-dialético desenvolve adequadamente o método e o ideário pedagógico, postura que traduz a perspectiva da emancipação. São estudos propositivos, assumem a pesquisa acadêmica como práxis...

Produção do conhecimento científico em transição: novas perspectivas para a avaliação das ações induzidas na área de saúde pelo CNPq.

Santana, Maria Goretti Henrique; CNPq
Fonte: Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação Publicador: Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 18/04/2011 POR
Relevância na Pesquisa
95.93%
O presente estudo, na Ciência da Informação, insere-se na linha de pesquisa Comunicação Científica e tem como objeto os procedimentos de avaliação de fomento à pesquisa, frente aos novos paradigmas de produção do conhecimento, voltados para aplicação e inovação. Estrutura-se a partir do questionamento sobre a adequação dos procedimentos de avaliação adotados pelo CNPq, para as ações de indução em saúde às novas práticas de produção do conhecimento científico (Modo II de fazer ciência). Para responder a questão privilegiou-se a percepção dos principais atores envolvidos no processo de avaliações das ações de indução em saúde do CNPq. Especifica-se como objetivo geral: Identificar, na percepção dos principais atores diretamente envolvidos no processo, se os procedimentos de avaliação, adotados pelo CNPq, estão adequados às ações de indução em saúde. A fundamentação teórica está baseada nas abordagens de avaliação da ciência e o Modo II de produção do conhecimento. Quanto aos procedimentos metodológicos esta pesquisa é de natureza descritiva e tem o design de estudo de caso do Edital 38/2004 – Saúde Bucal do CNPq. Para a análise dos dados optou-se método qualitativo e quantitativo. O método quantitativo foi usado para a análise dos dados secundários dos instrumentos de avaliação aplicados pelo CNPq para a avaliação das ações de indução em saúde. A análise qualitativa se fundamenta no método de análise de conteúdo e foi utilizado na análise das entrevistas aplicadas aos atores envolvidos no processo de avaliação. Inferiu-se que os instrumentos possibilitam gerar informações relevantes para a condução e tomada de decisões de futuras ações em saúde...

AS TEORIAS DA CRIAÇÃO DO CONHECIMENTO ORGANIZACIONAL E O PROCESSO DE PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO NA TERAPIA COMUNITÁRIA

Holzmann, Eneida Regina Fabian; Silva, Helena Fátima Nunes; Pinto, José Simão de Paula
Fonte: Universidade Federal da Paraíba Publicador: Universidade Federal da Paraíba
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares"; Revisão de LIteratura Formato: application/pdf
Publicado em 15/06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
95.92%
Estudo exploratório e bibliográfico sobre conceitos referentes ao processo de construção do conhecimento. Analisa as teorias da criação do conhecimento organizacional de Nonaka e Takeuchi (1997) e Choo (2006) com a metodologia da terapia comunitária, criada por Barreto (2005), prática popular de terapia em grupo que abraça a diversidade cultural e fundamenta-se na valorização do saber popular, do conhecimento tácito para a busca de soluções em saúde mental. Parte do princípio de que a própria sociedade está sendo chamada de “sociedade do conhecimento”, na qual a conversão da informação em conhecimento constitui a principal riqueza. Com base em estudo bibliográfico, analisa os processos para conversão do conhecimento por meio do compartilhamento e socialização da experiência, procurando aproximações entre os processos observados nas organizações e nas comunidades formadas a partir dos grupos de terapia comunitária. Utiliza, entre outras bases teóricas, o pensamento de Edgar Morin (2011), Fritjof Capra (2006), Humberto Maturana e Francisco Varela (2001), autores de visão sistêmica, para investigar a relação entre o processo de criação do conhecimento organizacional, individual e coletivo, e a terapia comunitária...

PARA ALÉM DA ANÁLISE EPISTEMOLÓGICA: CRÍTICA DA PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO À LUZ DAS DETERMINANTES DO MODO DE PRODUÇÃO

Peixoto, Elza Margarida de Mendonça
Fonte: Revista HISTEDBR On-line Publicador: Revista HISTEDBR On-line
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 14/02/2015 POR
Relevância na Pesquisa
96.01%
Vemos avançar os estudos que buscam analisar epistemologicamente a produção do conhecimento em Educação Física, Esportes e Lazer, objetivando: (a) identificar as áreas do conhecimento que têm influenciado a educação física; (b) identificar a viabilidade de sua configuração como um campo científico; (c) identificar as principais temáticas que vêm sendo abordadas na área; (d) identificar e analisar a consistência teórico-metodológica das pesquisas em busca da percepção de seu grau de cientificidade e de sua conexão com as teorias do conhecimento. Destacando a relevância destas pesquisas para a identificação da direção política da produção do conhecimento, defendemos que as análises da produção do conhecimento devem ultrapassar as fronteiras das análises epistemológicas em busca de explicação sobre os nexos entre a produção do conhecimento e o estágio de desenvolvimento das forças produtivas e das relações de produção próprias do modo de produção capitalista. Trata-se de precisar que a produção do conhecimento decorre da correlação de forças entre as classes em disputa (relações de produção) pelo controle e direção do desenvolvimento das forças produtivas. Toda e qualquer produção do conhecimento se faz na luta de classes entre capital e trabalho...