Página 1 dos resultados de 152 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Mulheres ciganas, criminalidade e adaptação ao meio prisional

Segurado, Nuno
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.38%
Dissertação de Mestrado em Relações Interculturais apresentada à Universidade Aberta; Este trabalho tem por base o estudo das reclusas ciganas no Estabelecimento Prisional de Tires, a cumprir pena efetiva com trânsito em julgado, com o objetivo de perceber o tipo de criminalidade associado à mulher cigana e o processo de adaptação ao meio prisional. Nesse sentido, foi realizada uma abordagem sobre o desenvolvimento do sistema penal e do sistema prisional português enquanto instituição total, focando-se o seu caráter fechado ou limitado nos contactos com o exterior. A questão da mortificação do “eu” emerge nestas circunstâncias devido à contraposição entre a vida do exterior (de liberdade) com vida no interior da prisão (de reclusão). Estudar a adaptação das mulheres ciganas à prisão é ainda pouco frequente e entendemos que permite um maior conhecimento da diversidade cultural no sentido de ajustar um tratamento penitenciário mais efetivo mas também pode revelar pistas para uma reinserção social mais estruturante. Em termos metodológicos recorremos a uma metodologia combinada entre a análise quantitativa de dados disponíveis sobre os reclusos e reclusas em Portugal e no Estabelecimento Prisional de Tires sobre as mulheres ciganas no que se refere ao uso e frequência de atividades ou serviços e a análise qualitativa...

Território ativo e esquizofrênico: prisão e pena privada de liberdade no estado de São Paulo; Active and schizophrenic territory: prison and deprivation of freedom of state of São Paulo

Zomighani Junior, James Humberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.45%
Os usos do território são reveladores das práticas socioespaciais, ou seja, de como a sociedade utiliza-se dos lugares, neles organizando as condições de vida da população. No caso desta dissertação, nosso objetivo foi o de conhecer alguns dos usos do território do Estado de São Paulo pelo Sistema Penitenciário Paulista. Antes de tudo, foi feita uma reconstituição da formação histórica e geográfica da prisão, como paradigma punitivo, produto das grandes transformações sociais ocorridas entre os séculos XVIII e XIX. A pena privativa de liberdade, no Estado de São Paulo, participa de um Território Ativo e Esquizofrênico, já que há uma total incoerência entre os circuitos espaciais da criminalidade e a organização espacial do Sistema Penitenciário Paulista. A expansão territorial do Sistema Penitenciário também foi estudada. Nesse caso, buscou-se compreender quais são os componentes que ajudam a conhecer as forças relacionadas à construção das novas unidades prisionais, atraídas, nos parece, pelos municípios instalados na Região Oeste do Estado de São Paulo. Por fim, discutiram-se algumas das contradições relacionadas ao próprio funcionamento da prisão, como um objeto-técnico, uma forma conteúdo que participa dos processos de produção e aprofundamento das desigualdades socioespaciais em São Paulo. A desmaterialização da prisão...

O espaço de vida do agente de segurança penitenciária no cárcere: entre gaiolas, ratoeiras e aquários; Correctional officers life space inside the correctional facility: among cages, mousetraps and aquariums

Lourenço, Arlindo da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.51%
O objetivo da pesquisa foi estudar a psicologia dos Agentes de Segurança Penitenciária (ASPs), como integrantes de um grupo profissional no exercício de sua função no interior do cárcere. O referencial teórico foi a Teoria de Campo de Kurt LEWIN, com destaque para os conceitos de espaço de vida, pessoa e ambiente, regiões, barreiras, locomoção e tempo. O objeto de estudo foi 27 ASPs de duas Penitenciárias masculinas do Estado de São Paulo. Esses agentes foram observados em três situações de trabalho, especialmente nas portarias e nas gaiolas das penitenciárias, durante 120 horas, ou dez plantões. As observações, de matiz etnográfico, que incluíram ações, gestos, palavras e ambiente físico, foram registradas em cadernos de campo. A análise das observações foi realizada mediante a leitura dos conceitos lewinianos, subsidiada por outros estudos das prisões e das relações grupais no interior do cárcere. A sistematização das análises permitiu inferir que: i) o ambiente das prisões não é apenas perigoso e insalubre, como também lugar de trabalho precarizado e pauperizado; ii) as pessoas dos ASPs ressentem-se da condição inadequada de trabalho, mas poucos conseguem, no sentido da transformação do ambiente; iii) as más condições de trabalho levam à precarização da própria existência pessoal dos ASPs; iv) o ambiente da prisão leva à vitimização das pessoas...

A educação nas prisões: um estudo sobre a participação da sociedade civil; Prison education: a study about the participation of civil society

Graciano, Mariangela
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.38%
Esta pesquisa propõe a investigação das práticas educativas desenvolvidas por organizações da sociedade civil e pessoas voluntárias no interior do sistema penitenciário do estado de São Paulo. Tais iniciativas, que se constituem em partilha da responsabilidade entre Estado e sociedade civil, são previstas e estimuladas em normas que versam sobre a educação no ambiente prisional. Diante da falta de informações sistemáticas acerca dessas parcerias, esta pesquisa teve entre seus objetivos: a caracterização dos tipos de parcerias estabelecidas; a identificação das motivações, intencionalidades e objetivos que regem tais iniciativas; a verificação de diferenças entre as atividades propostas nos presídios masculinos e femininos, entre outros. A pesquisa permitiu identificar sinais de mudança no campo da educação em prisões. Estes sinais, muitas vezes, parecem coerentes com as alterações percebidas por diversos autores, no Brasil e no mundo, no que diz respeito à ampliação do encarceramento, constituição de um sistema de privilégios no qual se baseia a manutenção da ordem interna às prisões, e abandono do ideal de reabilitação. No entanto, ações de governos, organizações da sociedade civil e também no campo da pesquisa indicam que a educação nas prisões vem se constituindo como um campo específico...

Uma cidade entre presídios: ser agente penitenciário em Itirapina-SP; A city between prisons: to be a prison officer in Itirapina-SP

Sabaini, Raphael Tadeu
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.46%
Situado no contexto de incremento das políticas penitenciárias de interiorização de unidades prisionais por todo o estado de São Paulo, este trabalho tem a intenção de analisar o cotidiano e as práticas sociais e profissionais de agentes penitenciários do município de Itirapina, cidade localizada no interior paulista, onde se encontram instaladas duas penitenciárias. Análise parte da ótica de agentes, moradores, comerciantes e demais moradores,para resgatar o modo pelo qual tais políticas de interiorização dos presídios têm afetado a vida no município em questão. Assim como os detentos, os agentes penitenciários têm seu cotidiano ligado à rotina da prisão, criam seu vocabulário e seu modo de agir transitando entre o interior da cadeia e o convívio com demais pessoas na cidade. A dinâmica social recebe grande influência dos valores e das práticas oriundos das penitenciárias construídas na cidade. Portanto, dentro deste contexto, a construção de discursos e valores colocam a profissão de agente penitenciário numa posição de destaque, cercada de privilégios, relativizando o conceito de prestígio, mesmo estando diretamente relacionado com um universo tão estigmatizado como o prisional. Através da observação da rotina desses profissionais e demais pessoas que se relacionam entre si...

Estudo dos fatores de risco associados às infecções pelo HIV, hepatite B e C e sífilis e suas prevalências em população carcerária de São Paulo; Study of prevalence and risk factors associated with hiv infection, hepatitis B and C and syphilis in a prison population of Sao Paulo State

Maerrawi, Ilham El
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.52%
INTRODUÇÃO: Infecções pelo HIV, HBV, HCV e Treponema pallidum encontram no sistema prisional um ambiente favorável para suas propagações e representam grave problema de saúde pública. Neste estudo buscamos conhecer o perfil epidemiológico dos reeducandos de uma unidade prisional e a dinâmica do seu comportamento associado às infecções estudadas. Foram medidas as prevalências dessas infecções e suas coinfecções, investigados os potenciais fatores de risco, assim como medido o padrão de uso de drogas no presídio com ênfase no crack. MÉTODOS: Estudo epidemiológico transversal realizado de fevereiro a dezembro de 2007, na Penitenciária I de São Vicente. Realizada uma análise descritiva utilizando medidas de frequência, médias e desvio padrão. Foram considerados apenas os diagnósticos sorológicos para definição das infecções. Utilizado o OR (odds ratio) como medida de associação com nível de significância de 5% (?). Utilizada a regressão logística para estimar OR ajustado por algumas variáveis. RESULTADOS: Participaram das entrevistas 546 (84,1%) reeducandos e 514 (94,1%) realizaram as sorologias. Apresentaram um perfil jovem com idade média de 29,8 anos. 52,0% (283) referiram relacionamento conjugal com média de dois filhos. Declararam ser de cor parda 51...

Memórias do cárcere: estudo sobre as motivações e significados para a prática de atividades físicas coletivas de um grupo de mulheres; Memories of prison: study on the motivations and meanings for practice of collective physical activities by group of prisoners women.

Fernandes, Charles Augusto Moreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/11/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.32%
A finalidade desta pesquisa foi estudar os aspectos socioculturais de um ambiente penitenciário, que podem influenciar o ensino e a prática de atividades físicas coletivas (AFC) por mulheres presas identificadas como os outros, conforme interpretações de referências teóricas dos Estudos Culturais. Dentre os objetivos específicos pretendíamos identificar as motivações para a prática de AFC; avaliar e monitorar os possíveis efeitos da prática de AFC e investigar evidências sobre a ocorrência de aprendizagem significativa, por meio da análise de mapas conceituais e textos dissertativos criados pelas próprias mulheres presas. As análises dos resultados obtidos indicaram que o estudo das motivações para a prática de AFC foi importante para desenvolver atividades físicas que correspondessem às expectativas das mulheres presas, como os Jogos Cooperativos, que incentivaram a participação e evitaram desistências. O uso do questionário DALDA permitiu a identificação e monitoramento semanal de fontes e sintomas de estresse, além de motivar a reflexão crítica das mulheres presas sobre os seus hábitos cotidianos no ambiente cultural penitenciário. A avaliação da percepção subjetiva de esforço (PSE) possibilitou o monitoramento de intensidade das sessões de AFC. Assim...

Rehabilitation within prison : a comparative study under the scope of prison reform and proposals of prison reform in Belgium and in Portugal

Resende, Cláudia
Fonte: ISEG - SOCIUS Publicador: ISEG - SOCIUS
Tipo: Outros
Publicado em //2006 ENG
Relevância na Pesquisa
46.43%
Throughout this working paper, under the scope of Prison Reform and Proposals of Prison Reform in Belgium and in Portuguese Prison System, between the periods of 2004 up to 2006, one is driven by the inseparability of Rehabilitative philosophy with Harm Reduction strategies.Whether Belgium, whether Portugal strongly tend to believe that the rehabilitative rationale is a must once speaking of a custodial sentence. Alike, in both countries, it is up to the State to ensure Rehabilitation as an inexorable part of execution of sentences. Overall, both States dismiss of a paternalist approach towards the inmates, namely through the Individual Detention Plan. Nevertheless, in Belgium, Rehabilitation within doors of the offender seems to go hand in hand with the need of doing Reparation towards the victim. Albeit the different political organization as far as execution of sentences is concerned, both Prison System of Belgium and Portugal seems to be constrained with similar defaults such as the lack of proper methodologies and of "follow up " measures. Yet, the recent developments in both countries do not seem to give concrete added value towards those points. Furthermore, the author of this working paper tries to answer to some of the following questions: Rehabilitation - Is it or is it not a consensual concept? Which other concepts may be intrinsically related to rehabilitative intervention when one is speaking about rehabilitation within prison environment? Which factors may play a role...

Vivência de mulheres em situação de cárcere penitenciário durante o período gestacional; The experience of women in prison during pregnancy

Galvão, Mayana Camila Barbosa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Assistência à Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Assistência à Saúde
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.55%
The gradual increase of violence in Brazilian society has being resulting in a growing of the prison population over last years, as well as the proportion of women than men. The participation of women in crime and responsibilities within her family makes this phenomenon a growing social problem. Women prisoners are mostly young, in reproductive age, making pregnancy a recurrent situation while they are serving a sentence. The studies about female criminality are poor and not helpful about its real dimension, especially when targeted to women who experienced pregnancy in this environment. Given these considerations, this research had as its object of study the experience of women in prison during pregnancy: analyze the experience of women in prison during the gestational period. This is a descriptive and qualitative study. The data were sourced through a semi-structured interview with nine incarcerated women, between August and September 2011, who met the inclusion criteria previously established, and organized according to the precepts of content analysis according to Bardin. Through this coding and classification process became a central thematic: the experience of women in prison during pregnancy, resulting in three categories: category 1 interpersonal relationships; category 2 - feelings that permeate the pregnant woman in prison; and category 3 absence of health care to incarcerated pregnant. The data were analyzed according to the available literature and the study revealed that interpersonal relationships...

À sombra do encarceramento: o entorno das prisões

Gonzaga, Vanessa Portes Galvão
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
46.46%
À sombra do encarceramento é um título sugestivo para esta tese. Sombras perseguem, escondem, ameaçam, dominam, e, por vezes, “assombram”. As sombras são também veículos que transportam magníficas imagens psicológicas: não gozam de boa reputação, são sempre associadas ao que é enganoso, perigoso, ameaçador. Em geral, carregam significações negativas, estranhas, invasivas. Andam sempre envoltas na suspeita e no medo. As sombras são misteriosas e sedutoras, escuras e inquietantes. Não inspiram confiança e não são boas companhias. Pensar na riqueza das metáforas e das histórias inventadas sobre as sombras trouxe-me inspiração para a escrita da tese. Que outra imagem poderia ser tão apropriada para representar (ou irrepresentar) os sentimentos que uma pessoa passa a experienciar a partir do encarceramento de um parente próximo? Ter um familiar na prisão é como estar na companhia ininterrupta de uma sombra: uma sombra maldita e amaldiçoada que persegue e não se afasta. É nesse sentido que esta pesquisa se dedica ao estudo do entorno prisional, desenhado pelas famílias que passam a residir nas proximidades dos presídios para continuarem mantendo o vínculo com o parente preso e, dessa forma, partilharem a prisão. Além disso...

Manquements disciplinaires et pratiques correctionnelles.

Ruest, Genevieve
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
46.44%
Les agents des services correctionnels sont appelés à travailler et à intervenir quotidiennement auprès des individus incarcérés et se trouvent au cœur du fonctionnement des établissements de détention provinciaux du Québec. Leurs pratiques disciplinaires envers les individus incarcérés étaient auparavant considérées comme arbitraires et prenaient place dans un milieu défini comme autonome, autosuffisant, fermé sur l’extérieur et ne nécessitant pas le support de la société (Goffman, 1961). Les dernières décennies ont apporté de nombreux changements, tels la reconnaissance des droits des individus incarcérés, l’ouverture du milieu carcéral sur la société ou encore la normalisation des conditions de détention. A ceux-ci se sont ajoutés la Loi sur le système correctionnel du Québec et son Règlement d’application qui vient régir le processus disciplinaire. L’objet de cette recherche vise la compréhension des pratiques des agents correctionnels en matière de poursuites disciplinaires suite à ces changements. Cette étude vise également à comprendre les éléments venant influencer la décision, par un agent correctionnel, de dresser un rapport disciplinaire. Nos résultats se divisent en deux volets. Le premier suggère que le droit disciplinaire est une question d’équilibre carcéral. Les agents correctionnels...

Prisons provinciales : regards sur les pratiques professionnelles médicales à l’égard de la santé des détenus

Meunier, Éloïse
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
36.48%
Ce mémoire a pour objectif de comprendre la prise en charge médicale des détenus à partir des pratiques professionnelles du personnel médical. Une méthodologie qualitative comprenant 14 entretiens semi-dirigés menés auprès d’infirmières et de médecins œuvrant dans six établissements québécois de détention provinciale a été utilisée pour réaliser cette étude. Notre recherche apporte une compréhension du regard que posent les professionnels de la santé sur leurs rôles et leurs fonctions mais également sur leurs patients détenus. Sur le plan professionnel, elle met en lumière l’autonomie d’action du personnel infirmier, ses avantages dans l’exercice de leur profession, mais elle fait également ressortir les contraintes qu’impose la prison comme milieu de travail. L’éclatement du mandat professionnel entre le soin, la relation d’aide et la surveillance ainsi que la dichotomie dans les représentations du patient détenu, entre risque et protection, font également partie de nos analyses. De plus, nos résultats ont permis de dresser des parallèles avec la gestion du risque et la nouvelle santé publique sous l’angle de la responsabilisation des détenus. Enfin, nous proposons que la responsabilisation du patient détenu est intégrée au sein des pratiques médicales malgré le fait que certains éléments de l’environnement carcéral et de la relation thérapeutique font obstacle à sa pleine réalisation. Le caractère toujours coercitif de la prison nous questionne à savoir si la période d’incarcération peut vraiment constituer un « moment privilégié » de responsabilisation du détenu face à sa santé.; This thesis examines the professional practices of prisons’ medical staff in order to provide an understanding of inmates’ medical care. Our qualitative approach includes 14 interviews with nurses and general practitioners working in six different provincial jails in Quebec. Our research illuminates how health professionals view their roles and tasks...

Towards safer and more congruent prison environments for male Aboriginal prisoners: a South Australian study.

Grant, Elizabeth Maree
Fonte: Universidade de Adelaide Publicador: Universidade de Adelaide
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2008
Relevância na Pesquisa
46.68%
This thesis presents the first empirical study into the accommodation needs of Australian Aboriginal prisoners in prison custody. The over-representation of Aboriginal people in the Australian prison system is increasing and the continuing deaths of Aboriginal peoples in prison custody by suicide are an important national issue. Previous prison studies have not addressed all of the issues surrounding this problem. Although the varying and differing accommodation needs of Aboriginal prisoners have been recognised since the 1800s, there is a limited understanding of the relationship between the prison environment and the rates of suicide among Aboriginal prisoners. The aim of the thesis is to investigate the issues and present findings which may contribute to the creation of prison environments which reduce stress levels, and may in turn decrease rates of suicide among Aboriginal prisoners. The research investigates the prison environment for the Aboriginal prisoner from a people-environments approach, locates the act of suicide among a series of behaviours which may occur in response to an environment incongruent with the needs of users. These responses are influenced by a complex of personal, environmental and institutional factors. Data for the research was gathered by studying five South Australian prisons and conducting a series of interviews with 55 male Aboriginal prisoners incarcerated within them. The prisons were documented using observations...

West Kimberley Regional Prison

Grant, E.; Hobbs, P.
Fonte: Architecture Media Publicador: Architecture Media
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 EN
Relevância na Pesquisa
36.38%
The design of the West Kimberley Regional Prison presented a unique opportunity to address the often neglected needs of Indigenous prisoners. It is paradoxical that custodial terms are often the best opportunity many Aboriginal people have to improve their life outcomes. The correctional agency and the designers seized the chance to move beyond ‘warehousing’ Aboriginal inmates to create a custodial environment which allows the inmate to receive education and training, stay connected to country, to maintain relationships with family and kin and to live within a specified social group in an environment that provides privacy and meets health and safety needs.; Elizabeth Grant, Peter Hobbs

STABLISHING A DERADICALIZATION/DISENGAGEMENT MODEL FOR AMERICA'S CORRECTIONAL FACILITIES: RECOMMENDATIONS FOR COUNTERING PRISON RADICALIZATION

Parker, Tony C.
Fonte: Monterey California. Naval Postgraduate School Publicador: Monterey California. Naval Postgraduate School
Relevância na Pesquisa
46.55%
CHDS State/Local; Prison radicalization has been identified as a potentially significant threat to Americas homeland security. When considering the inmate population currently housed within the Federal Bureau of Prisons with a terrorism nexus and the fact that 95 percent of our inmate population will return to our communities, the need for a proactive posture to prison radicalization becomes evident. Currently, the United States has no prison deradicalization program. This thesis provides a comparative analysis of two deradicalization/disengagement programs currently utilized in Singapore and Saudi Arabia. The analysis identifies externally valid data that provides the basis for recommendations for United States correctional policymakers in building a framework for a United States prison deradicalization model. This thesis also examines the current literature, relevant to prison radicalization and the prison environment that may promote prison radicalization. Through an analysis of these environmental elements, specific recommendations are made that attempt to counter the contributing factors, within the prison environment, that make the prison setting a fertile ground for radicalization.; Assistant Commissioner of Prisons, Tennessee Department of Correction

Approaches to the design and provision of prison accommodation and facilities for Australian Indigenous prisoners after the royal commission into Aboriginal deaths in custody

Grant, E.
Fonte: Indigenous Law Centre, Faculty of Law, University of New South Wales Publicador: Indigenous Law Centre, Faculty of Law, University of New South Wales
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 EN
Relevância na Pesquisa
36.38%
The Royal Commission into Aboriginal Deaths in Custody (RCIADIC) investigated the deaths of 99 Aboriginal people in police and prison custody. Each of the individual reports poignantly outlines someone's life and the circumstances of their death in prison or police custody. Many of the custodial environments where the people were detained were unpleasant, inappropriate, unsafe or even inhumane.; Elizabeth Grant

Des jeux de hasard et d'argent en détention? L'état de la situation dans les pénitenciers fédéraux du Québec

Beauregard, Valérie
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
36.43%
À la base, les jeux de hasard et d’argent (JHA) se révèlent pour la grande majorité des gens une activité ludique agréable. On les associe effectivement aux loisirs, puisqu’ils répondent pratiquement aux mêmes besoins, dont la curiosité, le divertissement, la détente, la socialisation et la reconnaissance (Chevalier, 2003; Chevalier & Papineau, 2007; Paradis & Courteau, 2003). En contrepartie, ils constituent tout de même un risque d’excès. Bien que personne ne soit vraiment à l’abri de la dépendance, les écrits scientifiques montrent que certains groupes se révèlent particulièrement à risque. Avec les personnes qui souffrent de troubles mentaux et toxicomaniaques (Walters, 1997), la population correctionnelle se trouve parmi les individus les plus susceptibles de présenter des problèmes liés au jeu pathologique (Abbott, McKenna, & Giles, 2005; Ashcroft, Daniels, & Hart, 2004; Lahn, 2005). Or, si plusieurs études informent sur les habitudes de jeu précarcérales des hommes condamnés à l’emprisonnement, peu renseignent sur ce qu’il advient de cette pratique à l’intérieur des établissements de détention. Malgré une interdiction formelle des services correctionnels, on reconnaît pourtant la présence des JHA en prison (Abbott et al....

Le travail d'enseignant en milieu carcéral

Lamoureux, Daniel
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
36.51%
Jusqu’à maintenant, la prison a surtout été analysée à partir du point de vue des détenus et celui des surveillants comme si le vécu de l’enfermement et la relation détenus-surveillants étaient les seuls points de vue permettant d’en apprendre sur ce qu’elle est et d’en saisir le fonctionnement. Nous pensons, pour notre part, que d’autres points de vue sont possibles, voire même souhaitables. C’est le cas, notamment, de celui des enseignants qui exercent leur métier en prison. Bien que théoriquement en mesure d’offrir un complément intéressant aux fonctions de dissuasion et de réinsertion sociale que la prison remplit difficilement à elle seule, le projet éducatif carcéral constitue une activité plus ou moins marginalisée qui est ramenée au niveau des autres activités pénitentiaires. Au premier chef, c’est à la prison que nous sommes tentés d’en imputer la responsabilité et, de fait, elle y est pour quelque chose. D’abord conçue pour neutraliser des criminels, il lui est difficile de les éduquer en même temps. Mais cette marginalisation, nous le verrons, n’est pas le seul fait de la prison. Elle tient aussi beaucoup au mandat qu’ils se donnent et à la façon dont les enseignants se représentent leur travail. S’étant eux-mêmes défini un mandat ambitieux de modelage et de remodelage de la personnalité de leurs élèves délinquants détenus...

Presidiários: percepções e sentimentos acerca de sua condição paterna; Convicts: Perceptions and Feelings about their paternal condition

Silva, Mônica Ferreira da; Guzzo, Raquel S L
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2007 POR
Relevância na Pesquisa
36.38%
O presente estudo teve como objetivo geral compreender a relação entre pais presidiários e seus filhos, no ambiente prisional. A pesquisa foi desenvolvida em uma Penitenciária no interior do estado de São Paulo e teve a participação de 7 presidiários, escolhidos aleatoriamente, levando em conta apenas sua condição de pai. A entrevista, com roteiro semi-estruturado, foi um dos instrumentos para a coleta de dados, assim como o diário de campo da pesquisadora. No processo de análise dos dados colhidos, as informações são organizadas em duas partes: a primeira discutiu os resultados obtidos por meio das entrevistas com os pais presidiários e a segunda, trabalhou com os dados coletados durante as observações participantes e dos diários de campo. Os resultados indicaram, de um modo geral, que a prisão gera impactos na relação pai e filho, e que a instituição não está preparada para lidar com essa questão, conhecendo muito pouco dessa realidade.; The present study aimed to understand the relationship between convicted fathers and their children inside the prison environment. The theoretical framework of the research is based on three discussion points: the first one deals with the current social and political combination of events and the contradictions that are generated by the current economic conditions...

"Grade de ferro? Corrente de ouro!": circulação e relações no meio prisional; "Iron bars? Gold chains!": circulation and relations in the prison environment

Barbosa, Antonio Rafael
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.31%
Adopting an ethnographic perspective, in this article I explore the complex interconnections between the circulation and creation of personal relations in the prison environment, focusing in particular on Rio de Janeiro. The argument unfolds on three levels of analysis: an examination of the institutional mechanisms responsible for the circulation of men and women in the penitentiary system; the discussion on the value of freedom and methods of escaping; the appreciation of modes of subjectivization contained in the production of 'delinquency.' In this way I look to contribute fresh material to the debate on recent changes in the Brazilian penitentiary system, including the growth of prison parks, the hardening of the penal system and the creation of new forms of organization among prisoners.; Neste artigo busco explorar, a partir de uma perspectiva etnográfica, a complexa articulação entre circulação e criação de relações pessoais no meio prisional, particularmente considerando o caso do Rio de Janeiro. A argumentação se distribui em três planos de análise: um exame dos mecanismos institucionais que respondem pela circulação de homens e mulheres no sistema penitenciário; a discussão sobre o valor da liberdade e os expedientes de fuga; a apreciação dos modos de subjetivação abarcados na produção da "delinquência". Busca-se...