Página 1 dos resultados de 540 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

Comunidade infestante e sua interferência no feijoeiro implantado sob plantio direto, na safra de primavera

Barroso, A. A. M.; Alves, P. L. C. A.; Yamauti, M. S.; Nepomuceno, M. P.
Fonte: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas Publicador: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 279-286
POR
Relevância na Pesquisa
36.11%
O objetivo deste estudo foi determinar os períodos críticos de interferência das plantas daninhas no feijoeiro no sistema de plantio direto, na safra de primavera. A cultura antecessora ao feijoeiro foi a de milheto, que gerou 2 t ha-1 de massa seca. Os tratamentos foram constituídos por períodos crescentes (0, 10, 17, 24, 31, 45 e 66 dias após a emergência) de convivência ou de controle das plantas daninhas. O delineamento experimental adotado foi o de blocos ao acaso, com os tratamentos dispostos no esquema fatorial 2 x 6, com quatro repetições, mais duas testemunhas: uma limpa durante todo o ciclo da cultura e outra suja, ausente de controle. A comunidade infestante foi composta por 16 espécies, sendo dez eudicotiledôneas. A espécie de maior importância foi a losna-branca (Parthenium hysterophorus). O período anterior à interferência (PAI) ocorreu até o estádio fenológico V2, e o período total de prevenção à interferência (PTPI), até o estádio V4; assim, o período crítico de prevenção à interferência (PCPI) ficou entre os estádios V2 e V4 do feijoeiro. A safra de primavera mostrou-se alternativa viável de produção. O acúmulo médio de massa e o número médio de indivíduos das plantas daninhas foram pequenos...

Levantamento da infestação de plantas aquáticas em Porto Primavera antes do enchimento final do reservatório

Martins, D; Pitelli, R.A; Tomazella, M.S; Tanaka, R.H; Rodrigues, A.C.P
Fonte: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas Publicador: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 879-886
POR
Relevância na Pesquisa
36.11%
O objetivo deste trabalho foi identificar as plantas aquáticas e os níveis de infestação de cada espécie em Porto Primavera antes do enchimento final do reservatório. Foram avaliados todos os focos de vegetação aquática no reservatório (72 pontos), sendo os pontos demarcados com um aparelho de GPS. As espécies foram identificadas e estimouse visualmente (tamanho da área) a distribuição proporcional das plantas no foco de infestação. Após a identificação, foram encontradas 18 espécies de plantas aquáticas vegetando no reservatório, das quais foram determinadas a frequência de espécie de planta aquática e a distribuição dentro do sistema de geração de energia. As espécies encontradas no reservatório foram: Eichhornia crassipes, Eichhornia azurea, Pistia stratiotes, Paspalum repens, Cyperus brevifolius, Paspalum conspersum, Echinochloa polystachya, Egeria densa, Egeria najas, Polygonum hidropiperoides, Polygonum lapathifolium, Alternanthera philoxeroides, Eleocharis sellowiana, Nymphaea ampla, Pontederia cordata, Salvinia auriculata, Salvinia rotundifolia e Typha angustifolia. As maiores frequências relativas foram observadas em: E. azurea (36,11%), E. crassipes (16,67%), P. stratiotes (13,89%), S. auriculata (13...

Aquatic plant community in porto primavera reservoir

Pitelli, R.l.c.m.; Pitelli, R.a.; Rodrigues, C.j.; Dias, J.h.p.
Fonte: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas Publicador: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 467-473
ENG
Relevância na Pesquisa
36.11%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Aiming to identify the populations of aquatic plants present in the Porto Primavera reservoir and evaluate the behavior of Hydrilla verticillata colonization of this water body a survey was carried out in 2007. The data was based on presence or absence, only were assessed the presence or absence of the species and the data were subjected to cluster analysis to establish differences in distribution and occurrence of populations. The community of aquatic plants showed 24 species distributed in 16 botanical families. Cyperaceae and Pontederiaceae were the most representative in terms of species richness. The submerged macrophyte Hydrilla verticillata showed the highest frequency of occurrence in the water body, showing a different behavior from the other populations of the water body. Species like Eichhornia crassipes, Eichhornia azurea, Typha dominguensis and Oxycaryum cubense also showed different behavior in relation to other populations within the community, forming large populations in lagoons and backwater areas.; Com os objetivos de identificar as populações de plantas aquáticas presentes no reservatório de Porto Primavera e avaliar o comportamento de Hydrilla verticillata como colonizadora deste corpo hídrico...

Biomassa microbiana e atividade enzimática em solos sob vegetação nativa e sistemas agrícolas anuais e perenes na região de Primavera do Leste (MT)

Matsuoka,M.; Mendes,I. C.; Loureiro,M. F.
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2003 PT
Relevância na Pesquisa
36.11%
Primavera do Leste é um dos pólos de produção de grãos e fibras do Mato Grosso, com lavouras altamente tecnificadas. Este estudo foi realizado num Latossolo Vermelho-Amarelo da região de Primavera, com objetivo de avaliar a biomassa e a atividade microbiana de solos sob vegetação nativa e sistemas agrícolas anuais e perenes. As amostras de solo foram coletadas em duas profundidades (0-5 e 5-20 cm), no início da estação chuvosa, em áreas sob cultivo de videira (Vitis vinifera), entrelinha e linha, cultivos anuais (soja) e em uma área de vegetação nativa de Cerradão. Foram avaliados o carbono da biomassa microbiana (CBM), carbono prontamente mineralizável e as atividades das enzimas beta-glucosidase, fosfatase ácida e arilsulfatase. Nas duas profundidades avaliadas, os sistemas de uso do solo com culturas perenes e anuais apresentaram reduções médias de 70 % no CBM, em relação à área sob vegetação nativa. O manejo diferenciado na entrelinha do parreiral e a utilização do capim-pé-de-galinha (Eleusine indica), como cobertura viva, proporcionaram aumentos no C mineralizável e na atividade das enzimas beta-glucosidase e arilsulfatase nas duas profundidades. Os níveis médios de P no solo sob Cerradão resultaram em valores de atividade da fosfatase ácida inferiores aos dos observados em outros locais do Cerrado. Mesmo assim...

Comportamento do feijão-fradinho na primavera-verão na Zona da Mata de Minas Gerais

VIEIRA,ROGÉRIO FARIA; VIEIRA,CLIBAS; CALDAS,MARÍLIA TIBERI
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2000 PT
Relevância na Pesquisa
36%
Três experimentos de competição entre genótipos de feijão-fradinho (Vigna unguiculata (L.) Walp.) foram instalados em Coimbra (17 de novembro de 1993), Ponte Nova (19 de novembro de 1993) e Viçosa (1º de dezembro de 1994), municípios da Zona da Mata de Minas Gerais, com o objetivo de avaliar-lhes o comportamento na primavera-verão, nessa região. Foram testados 18 genótipos em 1993 e 10 em 1994. Foi utilizado o delineamento de blocos ao acaso, com três (1993) e quatro (1994) repetições. Os rendimentos variaram de 106 a 2.562 kg/ha. Em 1993, quando houve veranico nas três primeiras semanas de fevereiro, os rendimentos máximos foram de 1.587 (Coimbra) e 1.438 kg/ha (Ponte Nova), obtidos com a linhagem precoce e de porte intermediário IT 85F-2687. Em 1994, quando choveu regularmente até o mês de março, o rendimento máximo (2.562 kg/ha) foi alcançado com a linhagem de ciclo tardio e porte semi-ereto IT 85F-899. A mancha-café (Colletotrichum falcatum f. truncata) foi a única doença observada e as linhagens IT 85F-2687, IT 85D-34284, IT 83S-818, IT 83S-899 e IT 86D-716 foram consideradas resistentes. A primeira colheita foi realizada entre 69 e 79 dias após a emergência, e o período de colheita variou de 16 a 62 dias...

Intensidade de desfolha e produção de forragem do capim-tanzânia irrigado na primavera e no verão

Martha Júnior,Geraldo Bueno; Corsi,Moacyr; Barioni,Luis Gustavo; Vilela,Lourival
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2004 PT
Relevância na Pesquisa
36.11%
O objetivo deste trabalho foi determinar o efeito da intensidade de desfolha em Panicum maximum cv. Tanzânia irrigado sobre os componentes da produção forrageira. O delineamento experimental foi em blocos completos casualizados, no esquema de medidas repetidas no tempo, com quatro repetições. Nas parcelas, avaliou-se o efeito do resíduo pós-pastejo (1.210, 3.036 e 5.471 kg/ha de matéria seca do tecido verde da pastagem, folhas e hastes; nas subparcelas, o efeito do período de rebrota (9, 18 e 27 dias depois da adubação nitrogenada) sobre os componentes da produção de forragem durante a primavera e o verão. A massa de matéria seca total de forragem, a massa da matéria seca de tecido verde de forragem (folhas+hastes) e a massa de matéria seca de folhas aumentaram linearmente (P<0,05) com os acréscimos na massa de forragem residual e nos dias de rebrota. Nas duas épocas, observou-se interação significativa (P<0,05) entre o período de rebrota e o resíduo pós-pastejo em relação à massa de matéria seca de hastes. No verão, a relação folha/haste diminuiu com o aumento da massa de forragem residual, mas na primavera houve interação significativa entre o período de rebrota e o resíduo pós-pastejo. A quantidade de material morto aumentou com o período de rebrota. O resíduo pós-pastejo...

Desenvolvimento e rendimento de clones de batata na primavera e no outono

Bisognin,Dilson Antônio; Müller,Douglas Renato; Streck,Nereu Augusto; Andriolo,Jerônimo Luiz; Sausen,Darlene
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.22%
O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da radiação solar, da temperatura do ar e do fotoperíodo, no desenvolvimento e rendimento de clones de batata, cultivados em condições climáticas de primavera e outono. Foram avaliados os clones SMIJ461-1, SMINIA793101-3, SMINIA97145-2 e a cultivar Macaca, nos cultivos de primavera e outono, em Santa Maria, RS. Foram determinados: número de folhas no início da tuberização e no final, filocrono, soma térmica acumulada da emergência ao início da tuberização e do início da tuberização ao início da senescência, e rendimento. As condições de temperatura e fotoperíodo modificaram os valores de soma térmica acumulada nas fases emergência-início da tuberização e início da tuberização-início da senescência, o rendimento e o número de folhas no início da tuberização, porém, não afetaram o filocrono e o número de folhas final. A soma térmica acumulada necessária ao aparecimento de folhas variou entre os clones. A determinação do número de folhas no início da tuberização, na primavera e no outono, pode ser utilizada para a identificação de clones com potencial de cultivo, em ambas as estações. O desenvolvimento das plantas de batata é pouco afetado pelas condições de cultivo. A disponibilidade de radiação solar determina as diferenças de rendimento dos cultivos de primavera e outono...

Fruitone CPA para retardar la maduración en piña Ananas comosus (L.) Merr., cv. Cayena Lisa, cosechada en primavera

REBOLLEDO-MARTÍNEZ,ANDRÉS; URIZA-ÁVILA,DANIEL; REBOLLEDO-MARTÍNEZ,LAUREANO; BECERRIL-ROMÁN,A. ENRIQUE; RUIZ-POSADAS,LUCERO DEL M.
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2002 ES
Relevância na Pesquisa
36%
El objetivo fue determinar el efecto de dosis y número de aplicaciones de Fruitone CPA (ácido 2-3 clorofenoxi-propiónico) en el retraso de la maduración, rendimiento y calidad del fruto de piña en el periodo de primavera. El experimento se llevó al cabo en el Campo Experimental Papaloapan, del INIFAP, en Veracruz, México. Se estableció con el cv. Cayena Lisa de México, en un diseño de bloques al azar con cuatro repeticiones; los tratamientos fueron nueve, incluido el testigo sin aplicación, 300, 600, 900 y 1200 mL por hectárea en una aplicación y 600, 900, 1500 y 2100 mL por hectárea divididas en dos aplicaciones iguales, espaciadas ocho días, de Fruitone CPA; los tratamientos se establecieron a los 135 días después de la inducción floral, a 65 días antes de la cosecha del testigo. Los resultados muestran un alto y significativo efecto del Fruitone en el peso de la fruta, aunque no hubo diferencias entre el número de aplicaciones; el contenido de ácido cítrico y los sólidos solubles totales se incrementaron con la aplicación del Fruitone. No se presentaron frutos agrietados ni con Mancha Café interna en ningún tratamiento. El retraso de la cosecha con respecto al testigo varió desde los seis hasta los 21 días...

Contaminação do ambiente aquático por pesticidas. Estudo de caso: águas usadas para consumo humano em Primavera do Leste, Mato Grosso - análise preliminar

Dores,Eliana Freire Gaspar de Carvalho; De-Lamonica-Freire,Ermelinda Maria
Fonte: Sociedade Brasileira de Química Publicador: Sociedade Brasileira de Química
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2001 PT
Relevância na Pesquisa
36%
A preliminary analyses of the possible contamination of superficial and underground water by the active ingredients of the pesticide products used in the surroundings of the urban area of Primavera do Leste, Mato Grosso, Brazil, was carried out. A description of the study region and of its environmental characteristics, which can favor the contamination of the local aquatic environment, was presented. The EPA screening criteria, the groundwater ubiquity score (GUS) and the criteria proposed by Goss were used to evaluate which pesticides might contaminate the local waters. Among the active ingredients studied, several present risks to the local aquatic environment.

Levantamento da infestação de plantas aquáticas em Porto Primavera antes do enchimento final do reservatório

Martins,D; Pitelli,R.A; Tomazella,M.S; Tanaka,R.H; Rodrigues,A.C.P
Fonte: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas Publicador: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36%
O objetivo deste trabalho foi identificar as plantas aquáticas e os níveis de infestação de cada espécie em Porto Primavera antes do enchimento final do reservatório. Foram avaliados todos os focos de vegetação aquática no reservatório (72 pontos), sendo os pontos demarcados com um aparelho de GPS. As espécies foram identificadas e estimouse visualmente (tamanho da área) a distribuição proporcional das plantas no foco de infestação. Após a identificação, foram encontradas 18 espécies de plantas aquáticas vegetando no reservatório, das quais foram determinadas a frequência de espécie de planta aquática e a distribuição dentro do sistema de geração de energia. As espécies encontradas no reservatório foram: Eichhornia crassipes, Eichhornia azurea, Pistia stratiotes, Paspalum repens, Cyperus brevifolius, Paspalum conspersum, Echinochloa polystachya, Egeria densa, Egeria najas, Polygonum hidropiperoides, Polygonum lapathifolium, Alternanthera philoxeroides, Eleocharis sellowiana, Nymphaea ampla, Pontederia cordata, Salvinia auriculata, Salvinia rotundifolia e Typha angustifolia. As maiores frequências relativas foram observadas em: E. azurea (36,11%), E. crassipes (16,67%), P. stratiotes (13,89%), S. auriculata (13...

Comunidade infestante e sua interferência no feijoeiro implantado sob plantio direto, na safra de primavera

Barroso,A.A.M.; Alves,P.L.C.A.; Yamauti,M.S.; Nepomuceno,M.P
Fonte: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas Publicador: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.11%
O objetivo deste estudo foi determinar os períodos críticos de interferência das plantas daninhas no feijoeiro no sistema de plantio direto, na safra de primavera. A cultura antecessora ao feijoeiro foi a de milheto, que gerou 2 t ha-1 de massa seca. Os tratamentos foram constituídos por períodos crescentes (0, 10, 17, 24, 31, 45 e 66 dias após a emergência) de convivência ou de controle das plantas daninhas. O delineamento experimental adotado foi o de blocos ao acaso, com os tratamentos dispostos no esquema fatorial 2 x 6, com quatro repetições, mais duas testemunhas: uma limpa durante todo o ciclo da cultura e outra suja, ausente de controle. A comunidade infestante foi composta por 16 espécies, sendo dez eudicotiledôneas. A espécie de maior importância foi a losna-branca (Parthenium hysterophorus). O período anterior à interferência (PAI) ocorreu até o estádio fenológico V2, e o período total de prevenção à interferência (PTPI), até o estádio V4; assim, o período crítico de prevenção à interferência (PCPI) ficou entre os estádios V2 e V4 do feijoeiro. A safra de primavera mostrou-se alternativa viável de produção. O acúmulo médio de massa e o número médio de indivíduos das plantas daninhas foram pequenos...

Aquatic plant community in porto primavera reservoir

Pitelli,R.L.C.M.; Pitelli,R.A.; Rodrigues,C.J.; Dias,J.H.P.
Fonte: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas Publicador: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2014 EN
Relevância na Pesquisa
36%
Aiming to identify the populations of aquatic plants present in the Porto Primavera reservoir and evaluate the behavior of Hydrilla verticillata colonization of this water body a survey was carried out in 2007. The data was based on presence or absence, only were assessed the presence or absence of the species and the data were subjected to cluster analysis to establish differences in distribution and occurrence of populations. The community of aquatic plants showed 24 species distributed in 16 botanical families. Cyperaceae and Pontederiaceae were the most representative in terms of species richness. The submerged macrophyte Hydrilla verticillata showed the highest frequency of occurrence in the water body, showing a different behavior from the other populations of the water body. Species like Eichhornia crassipes, Eichhornia azurea, Typha dominguensis and Oxycaryum cubense also showed different behavior in relation to other populations within the community, forming large populations in lagoons and backwater areas.

Multiresidue determination of herbicides in environmental waters from Primavera do Leste Region (Middle West of Brazil) by SPE-GC-NPD

Dores,Eliana F. G. C.; Navickiene,Sandro; Cunha,Marcelo L. F.; Carbo,Leandro; Ribeiro,Maria Lúcia; De-Lamonica-Freire,Ermelinda M.
Fonte: Sociedade Brasileira de Química Publicador: Sociedade Brasileira de Química
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2006 EN
Relevância na Pesquisa
36.11%
A study on the presence of herbicides, namely simazine, metribuzin, metolachlor, trifluralin, atrazine and two metabolites, deisopropylatrazine (DIA) and deethylatrazine (DEA), was performed in ground and surface waters from Primavera do Leste region, Mato Grosso state (Middle West of Brazil). The analytical procedure was based on solid-phase extraction (SPE) with Sep-Pak C18 disposable cartridges and ethyl acetate for elution solvent. Residue levels were determined by gas chromatography with nitrogen-phosphorus detection. For most of the pesticides average recoveries at different fortification levels were >70% with relative standard deviation <19%. The recoveries of DIA and trifluralin in water were 25% and 56%, respectively, which were attributed to the incomplete retention of DIA and strong retention on the sorbing material and high volatility of trifluralin. Detection limits ranged from 0.023 to 0.088 µg L-1. This method was applied for the analysis of 5 superficial water samples and 28 groundwater samples, in places used for human consumption without previous treatment, collected in Primavera do Leste, Mato Grosso, Brazil. Results indicated that the highest level of contamination in a water sample was 1.732 µg L-1 for metolachlor...

Constituintes voláteis de Mentha pulegium L. e Plectranthus amboinicus (Lour.) Spreng

Oliveira,R.A; Sá,I.C.G; Duarte,L.P; Oliveira,F.F
Fonte: Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais Publicador: Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.17%
Nesse trabalho foi investigado a composição química de óleos essenciais de duas plantas medicinais cultivadas em Ilhéus, Brasil, Plectranthus amboinicus (Lour.) Spreng. (hortelã-grosso) e Mentha pulegium L. (poejo). Os óleos essenciais foram extraídos das folhas frescas por hidrodestilação e foram analisados por CG/FID e CG-EM, na primavera e no inverno. P. amboinicus forneceu, tanto na primavera como no inverno, 0,10% de óleo sendo timol o componente majoritário. M. pulegium forneceu na primavera 0,20% de óleo e no inverno 0,09%. Os componentes majoritários dos óleos foram pulegona e trans-cariofileno; borneol, mentol e piperitona foram identificados em menores quantidades. No inverno foram observados maiores quantidades de mentol e isomentol. Acetatos de neoisomentila, de mentila e de isometila foram observados somente no inverno. Esse trabalho contribui para o conhecimento das espécies vegetais cultivadas na região do sul da Bahia

Efeito da aplicação de maravilha (Mirabilis jalapa L.), primavera (Bougainvillea spectabilis L.) e isolados de Trichoderma na produção de alface

Azevedo Filho,JA; Lucon,CMM; Duarte,LML; Chaves,ALR; Donadelli,A; Alexandre,MAV; Kano,C.
Fonte: Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais Publicador: Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.11%
Objetivou-se com esse trabalho avaliar o efeito de extratos foliares de primavera (Bougainvillea spetabilis L.) e maravilha (Mirabilis jalapa L.) e de Trichoderma spp., isoladamente ou em combinação, no manejo de viroses e na produção de alface. Os ensaios foram conduzidos em área de produção de hortaliças folhosas no município de Pinhalzinho/SP. O delineamento experimental foi de blocos casualizados, com dez tratamentos comparados com controle químico convencional. Foram observadas reduções de 18% e 32% na população de bactérias da rizosfera nas plantas de alface tratadas com o isolado IB18/22 e extrato de primavera + isolados de Trichoderma spp., respectivamente. Verificou-se que o extrato de maravilha estimulou o aumento do número de UFC/g da população de fungos. Entretanto, não houve diferença significativa na massa fresca da parte aérea e, apesar da pressão de inóculo e da alta densidade populacional de insetos vetores de vírus no local, não foi constatada a ocorrência de viroses, com exceção do espessamento de nervuras, que ocorreu em menor número em plantas tratadas, comparadas as do controle. Economicamente, houve 27,8% de lucratividade e margem bruta de 38,5%, indicando a viabilidade do uso de ferramentas de base ecológica no cultivo de alface. Além disso...

Blockage of migration routes by dam construction: can migratory fish find alternative routes?

Antonio,Rosimeire Ribeiro; Agostinho,Angelo Antonio; Pelicice,Fernando Mayer; Bailly,Dayani; Okada,Edson Kioshi; Dias,João Henrique Pinheiro
Fonte: Sociedade Brasileira de Ictiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ictiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2007 EN
Relevância na Pesquisa
36%
The present study explored the interaction between the upriver migration of fish and the blockage of their migration routes by dam construction. Specifically, we studied (i) the capacity of migratory fish to locate alternative routes in the presence of an obstacle, and (ii) the behavior of the fish after they were artificially transferred to the reservoir. With the use of the mark-recapture technique (tagging), the study was carried out near Porto Primavera Dam (UHE Engenheiro Sérgio Motta) between 1994 and 1999, a period prior to the closure of the floodgates and the installation and operation of the fish pass facilities. The fish were caught in the dam forebay downstream, marked with LEA type tags, and released upstream (5113 individuals; 14 species) and downstream (1491; 12) from the dam. The recaptures were carried out by local professional and amateur fishermen. A total of 188 individuals (2.8%) were recaptured, mostly the curimba Prochilodus lineatus. Nearly half of the recaptures downstream occurred in tributaries, especially in the Paranapanema River, indicating that in the presence of an obstacle the fish are able to locate alternative migration routes. The remainder stayed in the main channel of the Paraná River, at a mean distance of less than 50 km from the release point. Of the fish released upriver from the dam...

Intensidade de desfolha e produção de forragem do capim-tanzânia irrigado na primavera e no verão.

MARTHA JÚNIOR, G.B.; CORSI, M.; BARIONI, L.G.; VILELA, L.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.39, n.9, p.927-936, set. 2004. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.39, n.9, p.927-936, set. 2004.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.11%
O objetivo deste trabalho foi determinar o efeito da intensidade de desfolha em Panicum maximum cv. Tanzânia irrigado sobre os componentes da produção forrageira. O delineamento experimental foi em blocos completos casualizados, no esquema de medidas repetidas no tempo, com quatro repetições. Nas parcelas, avaliou-se o efeito do resíduo pós-pastejo (1.210, 3.036 e 5.471 kg/ha de matéria seca do tecido verde da pastagem, folhas e hastes; nas subparcelas, o efeito do período de rebrota (9, 18 e 27 dias depois da adubação nitrogenada) sobre os componentes da produção de forragem durante a primavera e o verão. A massa de matéria seca total de forragem, a massa da matéria seca de tecido verde de forragem (folhas+hastes) e a massa de matéria seca de folhas aumentaram linearmente (P<0,05) com os acréscimos na massa de forragem residual e nos dias de rebrota. Nas duas épocas, observou-se interação significativa (P<0,05) entre o período de rebrota e o resíduo pós-pastejo em relação à massa de matéria seca de hastes. No verão, a relação folha/haste diminuiu com o aumento da massa de forragem residual, mas na primavera houve interação significativa entre o período de rebrota e o resíduo pós-pastejo. A quantidade de material morto aumentou com o período de rebrota. O resíduo pós-pastejo...

Desenvolvimento e rendimento de clones de batata na primavera e no outono.

BISOGNIN, D.A.; MÜLLER, D.R.; STRECK, N.A.; ANDRIOLO, J.L.; SAUSEN, D.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasilia, DF, v. 43, n.6, p.699-705, jun. 2008. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasilia, DF, v. 43, n.6, p.699-705, jun. 2008.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.22%
O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da radiação solar, da temperatura do ar e do fotoperíodo, no desenvolvimento e rendimento de clones de batata, cultivados em condições climáticas de primavera e outono. Foram avaliados os clones SMIJ461-1, SMINIA793101-3, SMINIA97145-2 e a cultivar Macaca, nos cultivos de primavera e outono, em Santa Maria, RS. Foram determinados: número de folhas no início da tuberização e no final, filocrono, soma térmica acumulada da emergência ao início da tuberização e do início da tuberização ao início da senescência, e rendimento. As condições de temperatura e fotoperíodo modificaram os valores de soma térmica acumulada nas fases emergência início da tuberização e início da tuberização início da senescência, o rendimento e o número de folhas no início da tuberização, porém, não afetaram o filocrono e o número de folhas final. A soma térmica acumulada necessária ao aparecimento de folhas variou entre os clones. A determinação do número de folhas no início da tuberização, na primavera e no outono, pode ser utilizada para a identificação de clones com potencial de cultivo, em ambas as estações. O desenvolvimento das plantas de batata é pouco afetado pelas condições de cultivo. A disponibilidade de radiação solar determina as diferenças de rendimento dos cultivos de primavera e outono...

“PRIMAVERA EM FIALTA”: (RE)LER, (RE)TRADUZIR, (RE)ESCREVER COM NABÓKOV

Schneider, Graziela; USP
Fonte: Belas Infiéis Publicador: Belas Infiéis
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 09/09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.22%
Ilustre desconhecido na América Latina como um todo e no Brasil em particular, os leitores não reconhecem o nome de Vladímir Nabókov[i] (1899-1977), a não ser quando se invoca Lolita (1955), e não sabem que muitos dos textos que leem foram escritos em russo. Apesar de ter escrito em torno de 70 contos, figurar nas mais diversas antologias do gênero e inúmeros serem incluído nas bibliografias de disciplinas em universidades do mundo todo, há relativamente poucos estudos dedicados exclusivamente ao conto nabokoviano e a maioria de acesso mais restrito aos brasileiros. “Primavera em Fialta” (1938) retrata descontinuidades, perdas e separações; os monólogos interiores e fluxos de consciência refletem a relatividade e a não linearidade espaço-temporal, a recorrência do tempo mitológico e cíclico, girando em torno de remissões, alusões e elisões. Segundo Barbara Heldt Monter (1970), o referido conto é a obra-prima do período russo de Nabókov; paradigmático, não apenas desse primeiro momento de sua vida literária, que é, de modo geral, desconhecida dos estudiosos e leitores brasileiros, mas também revela a poética da obra de Nabókov-Sírin como um todo. “Primavera em Fialta” é um recorte do conto nabokoviano por excelência e pode...

Os Protestos no Brasil. Um estudo sobre as pesquisas na web, e o caso da Primavera Brasileira

Perez Bernardes de Moraes,Thiago; Mottinha Santos,Romer
Fonte: Universidad Autónoma de Asunción Publicador: Universidad Autónoma de Asunción
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 ES
Relevância na Pesquisa
66.25%
Junho de 2013 ficou conhecido como a “Primavera Brasileira”, por conta de uma grande onda de protestos, sem precedente na historia. Ao que parece tal movimento tomou corpo, sobretudo por conta da dinâmica das redes sociais. Neste trabalho utilizamos duas ferramentas, o Google Trends e o Meltwalter IceRocket, para testar a frequência de determinados termos ligados aos protestos e as pautas do mesmo na busca do Google e a frequência de entrada dos mesmos termos nos Blogs no período de junho de 2013. Tanto a frequência de entrada em blogs, como de buscas no Google, foi maior para a palavra chave protestos do que para as variáveis ligadas as pautas políticas.