Página 1 dos resultados de 354 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Classificação de sistemas meteorológicos e comparação da precipitação estimada pelo radar e medida pela rede telemétrica na bacia hidrográfica do alto Tietê; Classification of meteorological systems and comparison of radar estimated precipitation to the measured by telemetric network in the high Tietê watershed

SILVA, Fabrício Daniel Dos Santos; PEREIRA FILHO, Augusto José; HALLAK, Ricardo
Fonte: Sociedade Brasileira de Meteorologia Publicador: Sociedade Brasileira de Meteorologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.61%
Foram analisadas características da precipitação estimada a partir de 145.194 campos de refletividade, de um total de 827 dias entre 1998 e 2003, obtidos do Radar Meteorológico de São Paulo (RSP). Os eventos foram classificados de acordo com intensidades de precipitação; em Convectivos (EC) e Estratiformes (EE). Quanto à morfologia, cinco tipos de sistemas foram identificados; Convecção Isolada (CI), Brisa Marítima (BM), Linhas de Instabilidade (LI), Bandas Dispersas (BD) e Frentes Frias (FF). Eventos convectivos dominam na primavera e verão e estratiformes no outono e inverno. A CI e a BM tiveram maiores picos de atuação entre outubro e março enquanto as FF de abril a setembro. BD atuam durante todo o ano e as LI só não foram observadas nos meses de junho e julho. Uma comparação pontual entre a precipitação medida pela telemetria e estimada com o radar foi realizada e, mostrou haver, na maioria dos casos, um viés positivo do RSP, para acumulações de 10, 30 e 60 minutos. Com o objetivo de integrar as estimativas de precipitação do radar com as medidas da rede telemétrica, por meio de uma análise objetiva estatística, foram obtidas dos campos de precipitação do radar as estruturas das correlações espaciais em função da distância para acumulações de chuva de 15...

Variabilidade da precipitação pluviométrica nas regiões Sudeste e Sul do Brasil

Silva, Eraldo Schunk
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xxii, 188 f. : il. color., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
46.64%
Pós-graduação em Agronomia (Energia na Agricultura) - FCA; O objetivo deste trabalho foi analisar as variabilidades espacial, sazonal e interanual da precipitação pluviométrica nas regiões Sudeste e Sul do Brasil. Foram utilizadas 164 séries mensais e anuais de chuvas para o período de 1972 a 2002 e dados de médias mensais de radiação de ondas longas emergentes (ROLE), para o período de junho de 1974 a dezembro de 2002, com pontos de grade com resolução espacial de 2,5º x 2,5º, entre as latitudes 20ºN e 35ºS e longitudes entre 0º; 90ºW. A partir das análises de agrupamento, de componentes principais e geoestatística foram identificadas 13 regiões homogêneas de regime de precipitação. A precipitação anual variou de 956 mm nos vales do São Francisco- Jequitinhonha a 1830 mm na Bacia do Iguaçu-Chapecó. As três primeiras componentes principais (CP) da matriz de médias mensais de precipitação explicam conjuntamente, 61,49% da variância. A primeira CP representa o campo médio de precipitação, a segunda CP representa o período de verão e a terceira CP apresenta dois pontos extremos: o mês de novembro e o mês de fevereiro. Através dos dados de ROLE analisou-se a influência da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) na precipitação. As três primeiras componentes principais da matriz de médias mensais de ROLE explicam conjuntamente 96...

Mapas mensais de precipitação maxima e erosividade para o estado de São Paulo de interesse a engenharia

Jose Carlos Ferreira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2000 PT
Relevância na Pesquisa
46.61%
O objetivo deste trabalho foi gerar mapas mensais de chuvas de intensidade máximas em 24 horas e de erosividade para o Estado de São Paulo, usando dados mensais de precipitação de intensidade máxima de um dia. Foram selecionados os dados de precipitação pluviométrica máxima de um dia, de 343 postos pluviométricos do Estado de São Paulo, operados pelo DAEE, com séries históricas completas de 31 anos, todas iniciando em 1962 e terminando em 1992. As estimativas de probabilidade de ocorrência de eventos máximos de intensidade de precipitação pluviométrica foram calculadas pela metodologia proposta por GUMBEL(1958), baseada numa distribuição de fteqüência conhecida com o Tipo I de Fischer- Tippett a dois parâmetros. A partir dos níveis máximos de intensidade de chuva de um dia, foram feitas as desagregações de chuvas de intensidade máxima em 24 horas e em 30 minutos, segundo a metodologia proposta por OCCHIPINTI E SANTOS(1966). Com base nos níveis de precipitação máxima em 30 minutos foram calculados os índices de erosividade EI30 mensais para cada uma das 343 localidades. Os dados foram interpolados para gerar 12 mapas mensais dos níveis de intensidade máxima de precipitação em 24 horas e 12 mapas mensais de erosividade. Também foram gerados mapas dos níveis máximos de erosividade da estação chuvosa...

Estimativa de precipitação em regiões tropicais utilizando imagens do satelite GOES 12; Rainfall estimation in tropical regions using GOES-12 satellite imagery

Ana Maria Heuminski Avila
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
47.01%
Das variáveis que compõem o balanço hídrico, a precipitação é, certamente, o fator natural determinante da produção agrícola no país. A deficiência hídrica afeta praticamente todos os aspectos relacionados ao desenvolvimento e produtividade das culturas agrícolas. Por outro lado, o excesso de precipitação também pode influenciar negativamente na quantidade e na qualidade dos grãos a serem colhidos. Uma das maiores dificuldades para os tomadores de decisões é o acompanhamento das condições de tempo ocorridas, pois a rede de estações de superfície é deficiente e mal distribuída e nem sempre os dados são disponibilizados. Deve-se considerar ainda que a grande variabilidade espacial e temporal da precipitação impede que o pluviômetro represente adequadamente as chuvas incidentes em uma determinada área. A estimativa de precipitação a partir de imagens obtidas por satélites ou radares, em função da excelente cobertura espacial e temporal, pode apresentar-se como a única forma de obtenção de dados pluviométricos representativos de uma determinada área. O presente trabalho teve como objetivo propor um método de estimativa de precipitação para fins agrícolas, por meio de imagens do satélite meteorológico GOES-12...

Variabilidade da precipitação na Bacia Hidrográfica do Rio Tubarão/SC de 1946 a 2006

Marques, Rafael
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 206 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
46.61%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-graduação em Geografia, Florianópolis, 2010.; Neste trabalho, caracterizamos a distribuição espaço-temporal da precipitação pluviométrica na bacia do Rio Tubarão e Complexo Lagunar no período de 1946 a 2006, e mostramos a suscetibilidade da região aos eventos extremos. Ilustramos aqui as condições atmosféricas da inundação catastrófica de março de 1974, que ceifou 199 vidas. Apresentamos a variabilidade climática da precipitação em relação aos fenômenos atmosféricos de grande escala e na escala regional, bem como a alteração do uso e ocupação da terra e a ocorrência de chuva ácida na cidade de Tubarão. A precipitação regional foi representada por seis estações pluviométricas com séries de dados de sessenta anos, analisadas sazonal e anualmente. Os resultados indicaram a tendência no incremento da chuva e do número de dias chuvosos, principalmente no verão e primavera. A precipitação total anual foi transformada em índice padronizado que permitiu compará-la ao índice da Oscilação Decadal do Pacífico (ODP), demonstrando uma correlação bem definida na fase fria (1946-1976) da ODP...

A importância relativa do atlântico tropical sul e pacífico leste na variabilidade de precipitação do Nordeste do Brasil

Andreoli,Rita Valéria; Kayano,Mary Toshie
Fonte: Sociedade Brasileira de Meteorologia Publicador: Sociedade Brasileira de Meteorologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.63%
Anomalias de precipitação no Nordeste do Brasil (NEB) são re-examinadas considerando-se os efeitos do El Niño-Oscilação Sul (ENOS) e do Atlântico Tropical (AT) na estação anterior à estação chuvosa do NEB. Na ausência de anomalias de Temperatura da Superfície do Mar (ATSMs) significativas no AT, durante a fase inicial e de desenvolvimento do ENOS, em DJF as anomalias na precipitação possivelmente são ocasionadas por padrões de teleconexões associados ao rearranjamento da célula de Walker, e em MAM, por padrões de teleconexões extratropicais. Simultâneos ENOS e ATSMs significativas no AT atuam para aumentar ou diminuir as anomalias de precipitação. ATSMs de mesmo sinal no ATS e Pacífico leste enfraquecem os padrões de precipitação no NEB. Quando as ATSMs do ATS são não significativas ou com magnitudes equivalentes às do ATN, porém com sinal oposto das ATSMs do Pacífico leste, as ATSMs do ATN e as anomalias da circulação atmosférica relacionada ao ENOS conduzem ao fortalecimento dos padrões anômalos de precipitação. Independente do ENOS, a influência do AT na variabilidade de precipitação é mais marcante para o ATS. Um aspecto relevante apresentado aqui é o papel do ATS na variabilidade de precipitação do NEB...

Relação do padrão sazonal da vegetação com a precipitação na região de cerrado da Amazônia Legal, usando índices espectrais de vegetação

Becerra,Jorge Alberto Bustamante; Shimabukuro,Yosio Edemar; Alvalá,Regina Célia dos Santos
Fonte: Sociedade Brasileira de Meteorologia Publicador: Sociedade Brasileira de Meteorologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.63%
A precipitação é um dos principais fatores que determina a dinâmica sazonal da vegetação na região de savanas tropicais, como é o caso do cerrado brasileiro. Neste trabalho foram analisadas as relações da precipitação sazonal, com o comportamento sazonal das classes de uso e cobertura da terra (UCT), principalmente as fisionomias de cerrado do Estado de Tocantins. Foi analisada a dinâmica sazonal do cerrado, incluindo áreas florestadas e não florestadas, a partir da análise de imagens do MODIS/TERRA IV (Índices de Vegetação) de janeiro a dezembro de 2004, bem como dados diários de precipitação de 2004 e uma série de precipitação diária do período de 1969 a 2005. Os resultados da análise de precipitação mostram que a área de estudo apresentou uma alta sazonalidade, com estação seca de maio a setembro. As análises dos IV mostram que a dinâmica sazonal das formações de cerrado é similar àquela das áreas convertidas para outros usos. O padrão sazonal das classes de UCT segue os padrões da precipitação, cujos menores valores foram registrados no mês de agosto de 2004, mês este que apresentou os menores valores dos IV. Diferentemente das demais classes de UCT, a formação florestal não se ajustou ao padrão de precipitação...

Classificação de sistemas meteorológicos e comparação da precipitação estimada pelo radar e medida pela rede telemétrica na bacia hidrográfica do alto Tietê

Silva,Fabrício Daniel Dos Santos; Pereira Filho,Augusto José; Hallak,Ricardo
Fonte: Sociedade Brasileira de Meteorologia Publicador: Sociedade Brasileira de Meteorologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.61%
Foram analisadas características da precipitação estimada a partir de 145.194 campos de refletividade, de um total de 827 dias entre 1998 e 2003, obtidos do Radar Meteorológico de São Paulo (RSP). Os eventos foram classificados de acordo com intensidades de precipitação; em Convectivos (EC) e Estratiformes (EE). Quanto à morfologia, cinco tipos de sistemas foram identificados; Convecção Isolada (CI), Brisa Marítima (BM), Linhas de Instabilidade (LI), Bandas Dispersas (BD) e Frentes Frias (FF). Eventos convectivos dominam na primavera e verão e estratiformes no outono e inverno. A CI e a BM tiveram maiores picos de atuação entre outubro e março enquanto as FF de abril a setembro. BD atuam durante todo o ano e as LI só não foram observadas nos meses de junho e julho. Uma comparação pontual entre a precipitação medida pela telemetria e estimada com o radar foi realizada e, mostrou haver, na maioria dos casos, um viés positivo do RSP, para acumulações de 10, 30 e 60 minutos. Com o objetivo de integrar as estimativas de precipitação do radar com as medidas da rede telemétrica, por meio de uma análise objetiva estatística, foram obtidas dos campos de precipitação do radar as estruturas das correlações espaciais em função da distância para acumulações de chuva de 15...

Importância das condições termodinâmicas nos eventos extremos de precipitação na cidade de Belém e região metropolitana

Gille,Felipe do Souto de Sá; Mota,Maria Aurora Santos da
Fonte: Sociedade Brasileira de Meteorologia Publicador: Sociedade Brasileira de Meteorologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
46.64%
O objetivo desta pesquisa foi verificar a importância dos fatores termodinâmicos na ocorrência de eventos extremos de precipitação em Belém (PA) e região metropolitana, no período de agosto de 2008 a dezembro de 2009. O estudo da termodinâmica da atmosfera foi realizado a luz das teorias da Energia Potencial Disponível para a Convecção (CAPE) e, da Energia de Inibição da Convecção (CINE). Para classificar os eventos extremos de precipitação foi utilizado o método dos decis, a fim de associá-los aos valores da CAPE e da CINE. Observou-se que a região estudada possui forte atividade convectiva durante todo o ano, e que nem sempre CAPE alta e CINE baixa produz precipitação. Esta situação determina convecção profunda, mas para haver precipitação existe a necessidade da forçante dinâmica, inclusive para a ocorrência de eventos extremos de precipitação no período chuvoso a forçante dinâmica é a ITCZ, e no período seco o que contribui é a Linha de Instabilidade (LI). Então quando o processo de precipitação dependeu, exclusivamente, da CAPE, foi necessário um valor alto para gerar convecção profunda e por consequência precipitação, enquanto, que no processo de precipitação com contribuição dinâmica não foi necessário um valor tão significativo da CAPE.

Regionalização da precipitação no estado da bahia por meio de técnicas de mineração de dados.

DOURADO, C. da S.; ÁVILA, A. M. H. de; OLIVEIRA, S. R. de M.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METEOROLOGIA, 17.; ENCONTRO DE METEOROLOGIA DOS PAÍSES DO MERCOSUL E ASSOCIADOS, 1.; ENCONTRO SUL AMERICANO DE APLICAÇÕES DO SISTEMA EUMETCast PARA O MONITORAMENTO METEOROLÓGICO E AMBIENTAL, 4.; ENCONTRO DE METEOROLOGIA OPERACIONAL, 2., 2012, Gramado. Anais: programa. Gramado: UFRGS, 2012. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METEOROLOGIA, 17.; ENCONTRO DE METEOROLOGIA DOS PAÍSES DO MERCOSUL E ASSOCIADOS, 1.; ENCONTRO SUL AMERICANO DE APLICAÇÕES DO SISTEMA EUMETCast PARA O MONITORAMENTO METEOROLÓGICO E AMBIENTAL, 4.; ENCONTRO DE METEOROLOGIA OPERACIONAL, 2., 2012, Gramado. Anais: programa. Gramado: UFRGS, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.75%
RESUMO: O objetivo deste trabalho foi identificar e analisar zonas pluviométricas homogêneas no Estado da Bahia, por meio de técnicas de mineração de dados. Foram utilizados dados mensais de precipitação de 97 estações meteorológicas em um período de 30 anos (1981 a 2010). Aplicando o algoritmo k-means, para segmentação dos dados em escala mensal, foram identificadas quatro zonas homogêneas no Estado. Posteriormente, os dados foram convertidos em totais anuais e classificados conforme o desvio padrão em: extremamente seco, muito seco, seco, normal, chuvoso, muito chuvoso e extremante chuvoso. Os resultados demonstraram uma predominância dos anos classificados como ?normais? nas quatro zonas. No entanto, um quadro de anomalias climáticas de déficit e excessos de chuvas ocorre em todos os grupos, com destaque para a superioridade dos anos ?secos? em relação aos anos ?chuvosos? e a correlação destes anos com a queda na produção agrícola baiana.; 2012

Avaliação dos parâmetros físicos, químicos e índice de qualidade da água no rio saúde, em razão da precipitação (maio a dezembro de 2004): estudo de caso.; Characterization of the physical and chemical parameters, and of the variation of the index of quality of the water in the River Saúde relating with the local precipitation, for the period from May to December of 2004: Study of case.

Araújo, Allysson Evangelista de Matos
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.68%
This work was developed with the objective of evaluating the variation of the index of quality of the water in the river Saúde North coast of Alagoas, relating parameters of quality of the water as well as the own index, with the rainy and dry periods defined through climatological studies. The period of collections was understood among the months from May to December of 2004, being the months from May to August, defined as being the rainy period, and from September to December the dry season. The chemical parameters of the water were collected: Dissolved oxygen, pH, Turbidez, Salinity, Material in Suspension, Chlorophyll, Electric Conductivity, Nitrate, Nitrite, Temperature and Transparency of the water. Also the precipitation was collected in the station Peixe Boi located in project Peixe Boi headquarters, in the North coast of Alagoas. The found results had shown low values of water quality, which is due the lack of biological parameters in the calculation of the index. The index used for the calculation was Bascaràn, the variation of that index was detected in relation to the dry and rainy periods tends a light increase in the rainy period and stability in the dry period. Key Words: Meteorology, Quality of the water, Hydrochemistry; Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a variação do índice de qualidade da água no rio Saúde Litoral norte de Alagoas...

Variabilidade interdecadal da precipitação na Amazonia Ocidental brasileira.; Interdecadal variability of precipitation in the Western Brazilian Amazon

Souza, Reginaldo Luiz Fernandes de
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.89%
The present work focused on the interdecadal variability of precipitation in the Western Brazilian Amazon in order to help improve this knowledge and, in addition, to analyze, study and evaluate the low-frequency variability of the hydrological cycle in this region. To this end, we used data collected from conventional rain gauge stations 5, available at the National Climatic Data Center (NCDC), reanalysis data of the following meteorological variables: long-wave radiation emerging (ROLE), temperature of the sea surface (SST) , vertical motion (Omega), zonal wind, as well as data series of the climate index of the Pacific Decadal Oscillation (ODP), and rainfall data of the project at the University of Delaware (UDEL), available at the Climate Diagnostic Center / National Oceanic and Atmospheric Administration (CDC / NOAA). Related to the local climate and the global level, particularly with the El Nino-Southern Oscillation (ENSO) and Pacific Decadal oscillation (ODP). It was noted that at the crucial stage of the ODP was a 8.1% increase in precipitation over the cold phase, mainly in the south-central axis of the western Amazon, while in the northwest basin of Rio Negro, it was noticed that at the hot rained 5.9% less when compared to the cold phase. Evidence indicates that since 1999...

Eventos extremos de precipitação no leste da Amazônia.; Extreme events of rainfall in Eastern Amazon.

Sousa, Antônio José da Silva
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.97%
The aim of this study was to characterize the extreme events of rainfall in Eastern Amazon, to analyze on ocean-atmosphere conditions in global scale associated with intense occurrence periods of these events, to contribute for temporal variation comprehension of rainfall extreme events, as well as of determinant phenomena to its occurrence and to make further projections. For this purpose, Pluviometric Precipitation stations data from Brazilian National Institute for Meteorology (INMET) located in Belém, Breves, Altamira, Tucuruí and Marabá; and monthly data of precipitation from Delaware University (UDEL). In addition, available meteorological series at ESRL/PSD, particularly, sea surface temperature; u and v components; outgoing long wave radiation; atmospheric vertical movements; divergence fields; satellite images and oceanic and atmospheric climatic indices as Multidecadal Atlantic Oscillation, Pacific Decadal Oscillation (PDO), North Atlantic Oscillation, South Oscillation and Multivariated ENOS index. The methodology has included statistical techniques for rainfall analysis and behavior, as well as major phenomena that influence its annual regime, and events diagnostic as well. It was made class distribution of daily rainfall in Belém-PA...

Características da precipitação pluviométrica do nordeste brasileiro e seus padrões de acoplamento com as TSM do Pacífico Equatorial e Atlântico Sul.; Rainfall characteristics in northeastern brazil and their patterns coupling with sst equatorial Pacific and South Atlantic.

Coelho, Sergio Carlos Buarque
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.84%
The need to establish the long-term precipitation led many authors to try to understand why regulators of interannual climate variability over the Northeast of Brazil. Fluctuations in the equatorial Pacific SST acts as a modulator of climate on various time scales and are associated with the phenomenon (El Niño / Southern Oscillation). We analyzed the patterns of monthly and quarterly precipitation in Northeast Brazil (with emphasis on the eastern part of Northeast Brazil), related to the anomalies of surface temperatures of the equatorial Pacific and south Atlantic, from the SST data obtained from the Comprehensive Ocean-Atmosphere Data System and precipitation data from the universe as we know from Delaware from 1950 to 1999. The monthly precipitation by the phases of the Pacific Decadal Oscillation and rainfall were arranged both quarterly and lag. Were defined conditions of El Niño: positive anomaly; positive derivative; positive derivative if and only if the anomalies were positive and the anomaly index Interoceanic (AI). The best parameter for prediction of quarterly rainfall within the rainy season in NE, was the condition of positive derivative of the SST of the Pacific, one month before the rain (lag1) with positive correlation of 0.3 to 95% of significance...

Influência do Oceano Atlântico Sul na precipitação do Brasil com ênfase sobre o Rio Grande do Sul.; Influence of South Atlantic Ocean on precipitation in Brazil.

Oliveira, Vinicius
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
47.05%
In order to analyze the South Atlantic Ocean influence over rainfall patterns in Brazil, in particular, the impacts on the state of Rio Grande do Sul, an oscillation index for the South Atlantic ocean, named IAS, was determined for the period from 1900 to 2008. For this purpose, precipitation rate (Pt), outgoing long wave radiation (OLR) and sea level pressure (SLP) data from the Reanalysis NCEP/NCAR were used. Furthermore, time series of UDEL precipitation and weather stations in Rio Grande do Sul, obtained from the 8th District of Meteorology (Porto Alegre), National Institute of Meteorology (INMET) and the State Foundation for Agricultural Research (FEPAGRO) were also used. A series of IAS was correlated with PDO, SOI, and MEI. The IAS correlation coefficients with PDO and MEI were high, showing that PDO and MEI explain 34% and 28% of the IAS variance, respectively. Rainfall observed in Rio Grande do Sul, and UDEL rainfall, were also correlated with Pt, OLR, SLP. For these variables, the correlation coefficients were more significant in Rio Grande do Sul, mainly for Pt with values around 0.6 for the period 1948-2008 and the cold PDO phase, showing greater degrees of association within this phase of the IAS. Furthermore, correlations were done with the index in 0-5 months advance with the variables Pt...

Análise da probabilidade de ocorrência de extremos de precipitação e estudo da tendência de classes de precipitação na região metropolitana de São Paulo; Analysis of the probability of occurrence of extreme precipitation and trend study of classes of rainfall in the metropolitan region of São Paulo

Raimundo, Clebson do Carmo
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.91%
Extreme rainfall events are responsible for social disorder and economic problems, especially in large urban centers. Densely populated areas suffer from flooding , landslide and building destruction that cause deaths and wide-spread diseases, such as malaria, dengue and leptospirosis. They are recurrent phenomena that wear down the life of the urban population, particularly the least privileged ones. The focal area of this work was the Metropolitan Region of São Paulo (MRSP), Brazil, one of the largest cities in the world. Rainfall daily totals of 21 rain gage network in the MRSP were analyzed to i) estimate the annual maximum daily rainfall (PMDA), by means of the Gumbel distribution; II) group different rainfall rates into classes (from drizzle to extreme rates) and verify the similarity between seasons (clustering), that is annual and seasonal rain rates, for the period 1947 to 1998, making use of the technique known as Cluster Analysis, and III) identify possible trends of three rain rate classes (drizzle, moderate and above 30.0 mm / day) for the annual and seasonal periods, for the whole dataset length of each gage, using the Mann-Kendall trend test. The results showed that the maximum daily rainfall observed data fit the Gumbel distribution in the annual period...

Variação da pressão em Tahiti e sua relação com a precipitação no Brasil com ênfase no leste do nordeste; Variation of pressure in Tahiti and its relation with rainfall in Brazil with emphasis on the east northeast

Santos, André Gonçalo dos
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.8%
The objective of this work was to analyze the relationship of the sea level pressure (SLP) of Tahiti and some meteorological variables over Brazil, with emphasis in the eastern coast of Northeastern Brazil (ENE). For this purpose, NCEP/NCAR reanalysis data sets of SLP, rainfall rate, outgoing longwave (OLR), zonal and meridional wind components at 850 mb level, for a period that includes two phases of Pacific Decadal Oscillation (PDO), a cold phase (1948-1976) and a warm phase (1977-1998), were used. Firstly, the variables anomaly fields were elaborated. Then, a Tahiti SLP standardized index time series (IPT) was constructed and used for correlating with the above mentioned variables anomalies over Brazil. The software GrADS was employed to constructing the variables anomaly fields and the IPT linear correlation coefficient maps. The IPT spatial correlation was performed for each variable anomalies of the cold and the warm PDO phases separately. IPT and rainfall rate correlation coefficients values, ranging from 0,3 to 0,5 , with statistically significance level up to 99%, were found over the northeastern Amazon (Trombetas river watershed) and ENE. In general, the correlation coefficients presented higher values in the PDO warm phase and the IPT performed better than other climatic indices...

Precipitação e evapotranspiração de referência estimadas com metodologia alternativa, voltadas à realização do balanço hídrico diário

Schäfer, Rossana Ferrari
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.88%
Resumo: O balanço hídrico constitui-se em uma ferramenta fundamental para a agricultura e mesmo os métodos mais simplificados necessitam da entrada de algumas variáveis climáticas que requerem cálculos complexos ou equipamentos de alto custo. O objetivo deste trabalho foi identificar e analisar métodos alternativos para estimativa de duas variáveis de entrada (precipitação e evapotranspiração) em um balanço hídrico diário, em comparação com a metodologia padrão, visando disponibilizar aos profissionais da área ferramentas metodológicas e instrumentais de baixo custo, fácil aquisição ou construção, uso e cálculo, que apresentem precisão aceitável quando comparados aos métodos e instrumentos considerados padrão pela comunidade científica. O trabalho foi realizado no Setor de Ciências Agrárias da UFPR, em Curitiba/PR, entre julho de 2008 e janeiro de 2009. Para medição da precipitação utilizou-se oito modelos de pluviômetros alternativos, nos quais os valores de precipitação foram comparados aos medidos em um pluviômetro tipo Ville de Paris, considerado como padrão. Para comparação dos resultados analisou-se os seguintes parâmetros: altura, área de captação, processo de leitura e proteção contra evaporação. A evapotranspiração de referência diária (ETo) padrão foi estimada com o método de Penman- Monteith (FAO) e cinco modelos alternativos...

Dinâmica de nutrientes na precipitaçao, em soluçao de solo e lençol freático em tres tipologias florestais sobre espodossolo, no litoral do Paraná

Souza, Ligia Carla de
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.67%
Resumo: A Floresta Estadual do Palmito é um remanescente do Bioma Mata Atlântica, com vegetação característica de Floresta Ombrófila Densa das Terras Baixas, e encontra-se atualmente em diferentes fases sucessionais. Esta formação florestal ocorre sobre Espodossolos arenosos e de baixa fertilidade, sendo que a ciclagem de nutrientes é fundamental para a sustentabilidade deste ecossistema, entretanto pouco se sabe dos principais processos e nutrientes envolvidos nesta ciclagem. O presente trabalho foi conduzido com o objetivo de gerar informações importantes para a compreensão da dinâmica biogeoquímica em ecossistemas da Floresta Atlântica no litoral do Paraná. As parcelas de estudo foram selecionadas para representar três tipologias florestais com diferenças em idade, diversidade florística e histórico de uso da terra. Para o monitoramento da precipitação total, foi instalado pluviômetro em clareira próxima às parcelas de estudo. Em cada tipologia florestal foram instalados coletores de precipitação interna, cápsulas porosas a 15 e 40 cm de profundidade no perfil do solo, para a coleta de soluções de solo e piezômetros para coleta de soluções do lençol freático. As amostragens das soluções foram realizadas a cada 21 dias...

Estação de cultivo baseada na precipitação pluvial diária e na ocorrência de períodos secos para a região de Rio Largo, Alagoas.; Cultivation station based on daily precipitation and in the dry spell occurrence in Rio Largo, Alagoas.

Carvalho, André Luiz de
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.84%
The objective of this study was to determine the characteristics of the growing season and dry spells based in daily rainfall data in Rio Largo, Alagoas. A serie time with 36 years of daily precipitation data (1973 - 2008) was measured in the conventional station (9 ° 28'S 35 ° 49'W, 127m) of the Agricultural Science Center (ASC) of the Federal University of Alagoas (FUA). In the definition of dry days were used six different values of precipitation (0, 1, 2, 3, 4 and 5 mm). The day was considered dry when it has a rainfall of less than one of these six values and it was defined as wet if the rainfall w as higher. The dry periods were defined as the sequence of dry days with precipitation less than or equal to the reference value of precipitation. The beginning (potencial and success), end e length of the rainy season and cultivation were measured by using direct methods. Statistical analysis of rain occurrence and dry spell was done with Markov chain in the software Instat Climatic. The dry periods were defined in three different intervals (≥ 5 days, ≥ 7 days and ≥ 10 days). At 80% probability the rainy season began on April 7th and finished on October 24th with length of 221 days. The beginning of the rainy season was anticipated in La Niña years (10 days) and delayed in years of El Niño (9 days)...