Página 1 dos resultados de 683 itens digitais encontrados em 0.002 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Editora Autores Associados

Filosofia da práxis e (neo)pragmatismo

Semeraro,Giovanni
Fonte: Editora Autores Associados Publicador: Editora Autores Associados
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.37%
Este artigo apresenta-se como um contraponto às interpretações que evidenciam as convergências entre filosofia da práxis e (neo)pragmatismo. Embora não desconsidere alguns pontos de contato entre as duas concepções, ao resgatar a filosofia da práxis delineada por Gramsci mostra as profundas divergências entre este e o pragmatismo americano. Em seguida, analisa a filosofia de Rorty, que procura construir vinculações entre o pragmatismo, particularmente de Dewey, e o pensamento pós-moderno. São destacadas diversas contradições presentes nos escritos de Rorty, sua funcionalidade ao discurso dominante e o contraposto projeto de sociedade em relação às propostas político-pedagógicas que derivam de uma filosofia da práxis que vem se renovando no Brasil e na América Latina.

Pragmatismo e desenvolvimentismo no pensamento educacional brasileiro dos anos de 1950/1960

Mendonça,Ana Waleska P. C.; Xavier,Libânia Nacif; Breglia,Vera Lucia Alves; Chaves,Miriam Waidenfeld; Oliveira,Maria Teresa Cavalcanti de; Lima,Cecília Neves; Santos,Pablo S. M. Bispo dos
Fonte: Editora Autores Associados Publicador: Editora Autores Associados
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.37%
O artigo analisa as formas de apropriação do ideário da Escola Nova no Brasil, particularmente do pragmatismo deweyano, nos anos de 1950/1960. Parte-se do pressuposto de que a ideologia desenvolvimentista que pontuou o debate em torno da reestruturação econômica, política e social do país nessas duas décadas constituiu-se em um solo fértil para a retomada e a expansão do ideário pragmatista entre os educadores brasileiros, articulando-se, de forma algumas vezes até contraditória, com essa ideologia. O foco do nosso trabalho é a produção bibliográfica do grupo de educadores que se articulava em torno de Anísio Teixeira, à época diretor do Instituto Nacional de Estudos Pedagógicos (INEP), órgão vinculado ao Ministério da Educação e Cultura (MEC). De uma forma geral, pode-se afirmar que a apropriação do pragmatismo deweyano, nesse contexto, deu-se numa tripla perspectiva: o pragmatismo como método científico, implicando uma determinada concepção de ciência, particularmente das ciências sociais, com ênfase na aplicação do conhecimento científico na solução dos problemas de ordem prática; como modo de vida democrático; e como sinônimo de experimentalismo, no âmbito da escola.