Página 1 dos resultados de 6119 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

Reflectir para compreender e melhorar as nossas práticas profissionais

Pires, Manuel Vara
Fonte: Ministério da Educação, Direcção Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular Publicador: Ministério da Educação, Direcção Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
56.14%
A nossa equipa de formação, tentando identificar indicadores que pudessem caracterizar a evolução do PFCM, escreveu no segundo relatório de progresso deste ano: “(…) o Programa tem permitido aos formadores e aos professores participantes o desenvolvimento da capacidade de analisar e reflectir (oralmente e por escrito) sobre as suas práticas. (…) a elaboração e a discussão de reflexões (e, mais globalmente, a construção dos portefólios) têm merecido o empenho de toda a equipa de formação desde o início do Programa, reservando-lhes tempo e espaço nas diversas sessões e recorrendo a estratégias formativas diversificadas (…)”. De facto, nas suas orientações gerais, o PFCM reserva um papel muito relevante à reflexão (individual ou partilhada, oral ou escrita), que é entendida como um instrumento essencial na promoção da melhoria do conhecimento profissional (e matemático) e das práticas de ensino dos professores participantes. Este foi também, desde o início da formação, o nosso entendimento. Por isso, sabendo que reflectir é um processo muito complexo e exigente em tempo e disponibilidade, fomos desenvolvendo estratégias que incentivassem e ajudassem os professores a melhor compreender as suas actuações e alargar o âmbito das reflexões elaboradas. Assim...

Contributos para a formação contínua centrada nas práticas profissionais

Santos, Sergio Machado dos; Costa, António Almeida; Formosinho, João; Martins, Ana Maria de Oliveira; Fernandes, António Sousa; Niza, Sérgio; Carvalho, Francisco Guerra; Ferreira, Henrique da Costa; Bellém, João Eduardo; Martins, Maria José; Tavare
Fonte: Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua Publicador: Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua
Tipo: Livro
POR
Relevância na Pesquisa
66.17%
Os autores, membros do Conselho, em número de 13, fundamentam e descrevem as diferentes modalidades de formação pevistas no Regime Jurídico da Formação Contínua, de 1996, e estabelecem as orientações para uma formação mais consentãnea com a inovação em educação e a indução de práticas profissionais mais direccionadas para a acção-concreta dos professores das escolas do ensino não-superior.

Necessidades de saúde, políticas públicas e gênero: a perspectiva das práticas profissionais; Healthcare needs, public policies and gender: the perspective of professional practices

Schraiber, Lilia Blima
Fonte: ABRASCO; RIO DE JANEIRO Publicador: ABRASCO; RIO DE JANEIRO
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.28%
Examina-se a relação entre políticas públicas e práticas dos profissionais, relativamente às necessidades de saúde. Em abordagem teórico-conceitual, as práticas são definidas como desempenhos permeados por determinantes técnico-cien­tíficos e sócio-históricos para a produção social de um trabalho, analisando-se suas possibilidades de mudanças culturais, éticas e políticas, para um agir crítico das desigualdades de gênero. Tomando-se a atenção integral à saúde dos homens, examina-se a relevância da distinção entre necessidades masculinas e femininas, enquanto realidades parciais não necessariamente convergentes na (re)produção daquelas desigualdades. Igualmente se examinam as práticas profissionais, como realidade parcial e distinta das políticas, estabelecendo relações não imediatas. Desenvolve-se que são obstáculos simbólicos e práticos para mudanças: a normalização biomédica redutora das necessidades, a cultura do trabalho autônomo e da abordagem individualizante das necessidades, a cultura tradicional de gênero conservando práticas desiguais para homens e mulheres e a ausência de inscrição dos direitos como parte do agir profissio­nal. Isto exige propostas específicas às práticas de saúde e às necessidades masculinas para maior convergência com as reformas das políticas.; This paper examines the relationship between public policies and professional practices with respect to healthcare needs. Taking a theoretical-conceptual approach...

Estilo de vida e práticas profissionais para a promoção da atividade física em Agentes Comunitários de Saúde; Lifestyle and physical activity promotion practices among Community Health Workers

Santos, Taynã Ishii dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
46.42%
Introdução: Os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) são profissionais importantes na promoção da atividade física (AF) no Sistema Único de Saúde. No entanto, poucos estudos têm investigado indicadores de saúde relacionados ao estilo de vida e práticas profissionais de ACS na promoção da AF. Objetivo: Descrever indicadores de estilo de vida de ACS e verificar a associação destes com práticas profissionais para a promoção da AF. Método: Foi realizado estudo transversal em 2011 com 30 ACS que atuavam em uma unidade básica de saúde (UBS) no distrito de Ermelino Matarazzo, zona leste da cidade São Paulo. Foram avaliadas a prática de AF (questionário e pedômetro), a qualidade da alimentação (questionário), medidas antropométricas (peso, estatura e perímetro da cintura), aptidão física (força, flexibilidade e aptidão cardiorrespiratória) e pressão arterial. As práticas profissionais para a promoção da AF foram investigadas por meio de duas questões: 1) Se os ACS recomendavam AF para os usuários da UBS há pelo menos seis meses: 2) Se os ACS lideravam ou participavam de grupos de AF oferecidos para usuários da UBS. Foram realizadas análises descritivas e análises de diferenças de médias por meio do teste t de Student para amostras independentes para verificar se existiam diferenças nas variáveis de estilo de vida segundo as práticas profissionais. Todas as análises foram realizadas no software SPSS (versão 1 por cento .0). Resultados: Todos os ACS eram do sexo feminino e a maioria tinha até 39 anos de idade...

A categoria social no âmbito das práticas profissionais no Programa Saúde da Família do município de Blumenau

Wiese, Michelly Laurita
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.46%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Serviço Social.; Este estudo analisa a articulação da categoria social no contexto das práticas dos profissionais do Programa Saúde da Família (PSF), no município de Blumenau, a partir da discussão dos conceitos do processo saúde/doença, dos modelos assistenciais em saúde, da política de saúde e do social. A direção teórica assumida entende a saúde como uma das expressões da questão social, que tem em seu interior dois modelos assistenciais antagônicos (flexneriano e produção social da saúde) que buscam efetivar seus princípios através de concepções de saúde/doença, da caracterização de uma política e de uma perspectiva do social. Neste contexto, encontram-se inseridos os profissionais de saúde efetivando através de suas práticas e concepções modelos de saúde, com uma perspectiva para o social. A pesquisa é qualitativa, utilizando-se da técnica da observação participante, da entrevista não estruturada e o uso do diário de campo. Foram pesquisadas três equipes de PSF em suas práticas profissionais cotidianas: triagem, visitas domiciliares, grupos temáticos, reuniões de equipe e conselho local de saúde. Com estas práticas objetivou-se identificar o conceito de social dos profissionais; as demandas da população trazidas até a unidade de saúde e quais destas são consideradas como sociais; dos encaminhamentos dados às demandas sociais e na identificação do(s) profissionais que se ocupam com estas demandas. Os principais resultados da pesquisa mostram que os profissionais mesmo inseridos na proposta que visa à reorganização da atenção básica como estratégia da construção do modelo de produção social da saúde...

Práticas centradas na família em intervenção precoce : um estudo nacional sobre práticas profissionais

Pereira, Ana Paula da Silva
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 21/09/2009 POR
Relevância na Pesquisa
46.54%
Tese de Doutoramento em Estudos da Criança, Área de Especialização em Educação Especial; Nos últimos anos, a Intervenção Precoce (IP) caracterizou-se por avanços consideráveis no seu domínio, em resultado de um conjunto de influências práticas, conceptuais e teóricas, que tiveram grandes repercussões e implicações na implementação e na organização da Abordagem Centrada na Família. A especificidade do significado desta abordagem reside no reconhecimento de que as famílias são o contexto principal para a promoção e para o desenvolvimento da criança; no respeito pelas escolhas da família e pelos seus processos de decisão; na ênfase nas competências da criança e da família, e nas parcerias família/profissional. A mudança para uma abordagem centrada na família tem, assim, implicações nos contextos das práticas e da sua aplicabilidade, exigindo não só o abandono de papéis tradicionais desempenhados pelos profissionais que, na maioria das vezes, continuam a considerar-se especialistas e detentores das escolhas, alienando a família de todo o processo de apoio, como também a adopção e a aprendizagem de novos valores e de novas competências, que se implementam em todas as etapas do processo de apoio. Consequentemente...

As práticas profissionais e os modelos de enfermagem

Mendes, João
Fonte: ACEPS Publicador: ACEPS
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.34%
Neste artigo analisam-se as práticas profissionais no exercício de enfermagem e estabelece-se a sua ligaçãocom o modelo biomédico e com os modelos de enfermagem. Recorremos a uma breve descrição da evolução do papel sócioprofissional da enfermeira no contexto prestação de cuidados, caracterizámos os modelos referidos estabelecendo a ligação com as práticas profissionais.Tendo em consideração a actual tendência das práticas profissionais, torna-se importante incentivar a análise crítica dessas mesmas práticas pelos seus actores.

Práticas profissionais dos professores de matemática: o projeto P3M

Ponte, João Pedro; Oliveira, Hélia; Canavarro, Ana Paula; Moreira, Darlinda; Martinho, Maria Helena; Menezes, Luís; Tomás Ferreira, Rosa
Fonte: Associação de Professores de Matemática Publicador: Associação de Professores de Matemática
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.21%
O projeto P3M tem como objetivo estudar as práticas profissionais na sala de aula de professores de Matemática. Pretende igualmente produzir recursos multimédia para formação inicial e contínua de professores do ensino básico e do ensino secundário. Neste poster apresentamos o projeto, indicando os seus objetivos, quadro conceptual, metodologia de trabalho e resultados preliminares, tanto no que se refere às práticas dos professores como aos materiais produzidos.

As calculadoras no ensino: Estudos sobre as concepções, as práticas e a formação do professor de Matemática

Romano, Evangelina; Mercê, Célia; Ponte, João Pedro da
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
56.17%
Esta comunicação descreve dois estudos de um programa de investigação sobre o professor de Mate-mática e a tecnologia. Visam saber qual de que modo a calculadora comum (no ensino básico) e a calculadora gráfica (no secundário) está a ser integrada nas práticas profissionais e procuram também saber qual pode ser o papel da formação inicial e contínua. Os resultados de estudos de caso qualitativos indicam que há professores que usam a calculadora na sala de aula sem que isso signifique uma mudança nos objectivos, tarefas e práticas de ensino. Indicam, igualmente, que a cultura de escola e a formação podem ter uma influência importante sobre as concepções e as práticas dos professores.; This communication describes two studies of a research program about the mathematics teacher and technology. They aim to know how the common calculator (in basic education) and graphic calculator (in secondary) are integrated in teachers’ professional practices. It is also sought to know what the role of pre- and in-service teacher education may be. The results of qualitative case studies show that there are teachers that that use the calculator in the classroom but that does not mean a change in the aims, tasks and teaching practices. They also indicate that school culture and teacher education may have an important influence on teachers’ conceptions and practices.

Investigar em educação: Contributos de um instrumento de avaliação de capacidades e competências para as práticas profissionais

Machado, Ricardo; César, Margarida; Matos, José Manuel
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
56.17%
Assumindo uma abordagem interpretativa e realizando um estudo de caso intrínseco, analisamos as potencialidades de um instrumento de avaliação de capacidades e competências, construído no projecto Interacção e Conhecimento. Iluminamos os seus contributos para as práticas profissionais. Esta análise revela as capacidades e competências que os alunos já mobilizam, no início do ano lectivo, e quais as que precisam de desenvolver. Assim, conseguimos adaptar as práticas, em aula, respeitando características, necessidades e interesses dos alunos. A adequação das práticas facilita o acesso ao sucesso académico a matemática, proporcionando espaços/tempos onde os alunos desenvolvem a literacia matemática, fundamental na actual sociedade.

Práticas profissionais dos professores de Matemática

Ponte, João Pedro da; Quaresma, Marisa; Branco, Neusa
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.31%
Este artigo discute a noção de prática tendo em vista analisar o trabalho do professor na sala de aula. Começa por analisar duas abordagens desta noção, a cognitivista e a sociocultural, com especial atenção para as práticas profissionais dos professores, e identifica dois elementos-chave destas práticas: as tarefas e o discurso na sala de aula. De seguida, debruça-se sobre duas práticas no processo de ensino-aprendizagem da Matemática, a apresentação das tarefas aos alunos e as discussões coletivas, que problematiza, ilustrando-as com episódios de aula do 5.º e do 7.º ano. O artigo encerra com a apresentação de elementos de um modelo para o estudo das práticas profissionais dos professores de Matemática.; This article discusses the notion of practice in order to analyze the work of the teacher in the classroom. It begins by examining two approaches for this notion, the cognitive and the socio-cultural, with special attention to the professional practices of the teachers, and identifies two key elements of such practice: the tasks and the classroom discourse. It then focuses on two practices in the teaching and learning of mathematics, the presentation of tasks to students and the collective discussions, reviewing the main features and issues and illustrating them with episodes of the grades 5 and 7 classrooms. The article ends with the presentation of elements for a model to study the professional practices of mathematics teachers.

A estruturação das identidades no quotidiano do trabalho: o caso dos profissionais de Enfermagem

Pimentel, Duarte; Completo, Marina Lourenço; Coelho, Victor Santos
Fonte: CIES-ISCTE / CELTA Publicador: CIES-ISCTE / CELTA
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /03/1991 POR
Relevância na Pesquisa
56.17%
Adoptando-se uma perspectiva analítica que permite conceber as práticas profissionais e respectivas identidades como uma realidade social de diferenças, elegeu-se como objecto empírico um grupo de profissionais de enfermagem integrados num serviço hospitalar. Opção que se liga ao facto de o universo de Enfermagem supor a existência de clivagens culturais, com expressão geracional, associadas à evolução do conteúdo técnico-científico e à aprendizagem da prática profissional. Este estudo demonstra a existência de processos sócio-culturais que contribuem para a estruturação dessas diferenças, por referencia às capacidades mobilizáveis dos actores e a trajectórias geradoras de disposições e expectativas não uniformes. Nesse sentido, defende-se a sua pertinência para a análise da dinâmica dos colectivos de trabalho bem como para a definição e implementação de metodologias de intervenção organizacional.; Adopting an analytical perspective in which professional practices and respective identities can be conceived as a social reality of differences, a group of nursing specialists, integrated in a hospital service, was chosen as an empirical object. This option is due to the fact that the world of nursing presupposes the existence of generationally expressed differences associated with the evolution of the technical-scientific content and with the learning of the professional practice. This study demonstrates the existence of sociocultural processes that contribute to the structuration of theses differences by reperring to the mobilizing capacities and the trajectories of the actors that generate no uniform dispositions and expectations. The study should thus be pertinent to the analysis of group work dynamics as well as to the definition and implementation of Methodologies for organizational change.; En adoptant une approche analytique qui permet de concevoir les pratiques professionnelles et les respectives identités...

Resiliência oculta: a construção social do conceito e suas implicações para práticas profissionais junto a adolescentes em situação de risco

Libório,Renata Maria Coimbra; Ungar,Michael
Fonte: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.17%
O presente artigo visa apresentar as principais idéias e conceitos sobre resiliência, tendo como parâmetro a produção de Michael Ungar. Inicialmente será apresentada a perspectiva pós-moderna, na qual discutir-se-á sobre a construção social do conceito de resiliência e em seguida será introduzido ao leitor o conceito de "hidden resilience", aqui traduzido como resiliência oculta e relacionado a estratégias de coping não-convencionais. As pesquisas com adolescentes no Canadá e em vários países possibilitou a consolidação da proposta elaborada pelo autor, para o qual resiliência refere-se a uma experiência relacionada à capacidade do indivíduo de navegar por recursos associados ao bem-estar e à capacidade de suas famílias e comunidade em prover tais recursos de formas culturalmente significativas. Implicações para práticas profissionais na área da adolescência e juventude serão discutidas.

Profissão docente na instituição escolar: a historicidade das práticas e culturas profissionais

Monfredini,Ivanise
Fonte: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Publicador: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
56.26%
Neste ensaio, apresentamos para debate um tema bastante tratado no campo da pesquisa em educação: a constituição da profissão docente. Muito já se produziu a respeito dessa temática considerando, por exemplo, a relação entre o trabalho e a condição de classe, de gênero e a identidade profissional constituída ao longo da trajetória de vida dos docentes. Nosso intuito é mostrar a relevância de pesquisas que procurem compreender a realização da profissão docente nas instituições escolares a partir da investigação das práticas sociais que nela se realizam e, ao mesmo tempo, reafirmar a importância da perspectiva teórico-metodológica marxista para esta análise, especialmente porque nos remetem à historicidade das práticas profissionais. A reorientação das políticas educacionais parece indicar a valorização do docente - ideologia do profissionalismo - e ao mesmo tempo contém os elementos que permitirão no cotidiano da escola, aprofundar os processos de realização de trabalho alienado. Paralelamente ao processo de reforma educacional, observa-se a produção de análises fundamentadas em conceitos "pós-modernos" a orientar a compreensão do trabalho, da formação e da própria constituição da profissão docente. Sem pretender esgotar a vasta bibliografia já produzida sobre o assunto...

Necessidades de saúde, políticas públicas e gênero: a perspectiva das práticas profissionais

Schraiber,Lilia Blima
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56.28%
Examina-se a relação entre políticas públicas e práticas dos profissionais, relativamente às necessidades de saúde. Em abordagem teórico-conceitual, as práticas são definidas como desempenhos permeados por determinantes técnico-cien­tíficos e sócio-históricos para a produção social de um trabalho, analisando-se suas possibilidades de mudanças culturais, éticas e políticas, para um agir crítico das desigualdades de gênero. Tomando-se a atenção integral à saúde dos homens, examina-se a relevância da distinção entre necessidades masculinas e femininas, enquanto realidades parciais não necessariamente convergentes na (re)produção daquelas desigualdades. Igualmente se examinam as práticas profissionais, como realidade parcial e distinta das políticas, estabelecendo relações não imediatas. Desenvolve-se que são obstáculos simbólicos e práticos para mudanças: a normalização biomédica redutora das necessidades, a cultura do trabalho autônomo e da abordagem individualizante das necessidades, a cultura tradicional de gênero conservando práticas desiguais para homens e mulheres e a ausência de inscrição dos direitos como parte do agir profissio­nal. Isto exige propostas específicas às práticas de saúde e às necessidades masculinas para maior convergência com as reformas das políticas.

Formadores de adultos: dilemas e práticas profissionais na área de matemática

Fantinato,Maria Cecilia; Moreira,Darlinda
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2015 PT
Relevância na Pesquisa
56.14%
Este artigo tem por objetivo problematizar os desafios colocados aos formadores da área Matemática para a Vida (MV), bem como analisar a adaptação e criação de práticas profissionais que emergem da concretização do processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC) existente na educação de adultos, em Portugal. Metodologicamente, o estudo desenvolveu-se por meio de uma abordagem qualitativa e multissituada, acompanhando a dinâmica dos Centros Novas Oportunidades e, particularmente, os formadores da área MV, os quais na sua maioria já tinham sido ou eram professores de matemática no ensino regular. Tendo por enquadramento os documentos oficiais de referência, emergiram, dos resultados da análise de conteúdo das entrevistas realizadas com os formadores, dilemas e desafios que são analisados face: às novas práticas pedagógicas que os formadores têm de desenvolver e implementar para atuar nesse modelo específico da educação de adultos; à diversidade existente entre os adultos que recorrem ao processo RVCC; à necessidade de descodificar e adaptar os documentos oficiais na área da MV. A pesquisa desenvolvida permitiu constatar que a metodologia do processo RVCC parece estimular nos formadores de MV uma postura dialógica e de legitimação de saberes matemáticos do cotidiano...

Representações sociais sobre saúde mental, políticas públicas e práticas profissionais: um estudo em Manfrinópolis – PR

Pereira, Álaba Cristina
Fonte: Pato Branco Publicador: Pato Branco
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.34%
The current work aims to analyse the existing relationships between managers and health care professionals’ social representations about mental health, their professional practices besides the public policies implemented in the public health services in the County of Manfrinopolis State of Parana. To accomplish it, it has been done a survey with 27 managers and professionals, as well a study about federal, state and municipal current policies in the area of mental health. It has been sought to check which public policies drives the professional practices in the local services, as well to know the therapeutic itinerary of the local public system users of the health system who need mental health assistance. Finally, it has been done an analysis of the social representations about mental health of professionals, aiming to identify the existing relation between such representations and the actions developed in the local health care system. It has been found that there are, among the professionals and managers two prevalent views related the mental health. One conception about psychic disturbance is connected to the biomedical model of health care, which comprehend the illness as an isolated event, flared by biological determinants. The other conception of health is more related to the bio psychosocial model...

Factores caracterizadores dos modelos de práticas de enfermagem: um estudo de caso

Mendes, João Manuel Galhanas
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.39%
O relatório apresentado refere-se a um estudo exploratório relacionado com as práticas profissionais dos enfermeiros no hospital e no centro de saúde cuja pergunta de partida foi a seguinte: "A que modelos estão ligadas as práticas profissionais dos enfermeiros do Hospital e do Centro de Saúde?". Para este estudo foram definidos os seguintes objectivos: Compreender a dinâmica das práticas profissionais de enfermagem. Analisar as ligações de práticas profissionais ligadas a modelos de enfermagem e ao modelo biomédico. Analisar factores intervenientes nas dinâmicas profissionais relacionadas com modelos de enfermagem ou com o modelo biomédico. - Propor estratégias para estudos que contribuam para estudos aprofundados relacionados com as práticas profissionais dos enfermeiros. A necessidade de analisar as práticas de cuidados de enfermagem é reconhecida pelo Conselho Internacional de Enfermeiras que tem como meta chegar a uma classificação das situações/condições dos clientes que justificam os cuidados, das intervenções e dos resultados dos cuidados de enfermagem. A população alvo deste estudo foi constituída por 387 enfermeiros que exercem a sua actividade profissional no Hospital do Espírito Santo de Évora e por 35 enfermeiros do Centro de Saúde de Evora e Vendas Novas. O questionário foi distribuído a todos os enfermeiros...

Representações dos estudantes finalistas sobre as práticas profissionais de enfermagem: Contributos para a educação e o aprender em enfermagem

Toletti, Glória Maria Marques Afonso Esteves
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2004 POR
Relevância na Pesquisa
46.36%
Dissertação de Mestrado em Psicologia Educacional; Na educação em enfermagem, enquanto disciplina aplicada, a prática desempenha um papel de enorme relevância, na medida em que constitui por excelência o lugar para onde convergem todas as aprendizagens. A preocupação central deste estudo foi "situarmo-nos" melhor face à situação educativa. Duas questões conduziram esta investigação: - O que sabem os estudantes finalistas sobre as práticas profissionais de enfermagem? - Como foram (re)construindo esses saberes, através das práticas pedagógicas socialmente organizadas pela educação em enfermagem? Pela sua natureza enquanto modalidade de conhecimento prático que une sujeito-objecto, a teoria das representações sociais constituiu-se como um mediador para aproximarmos a realidade dos participantes do nosso estudo apelando directamente às suas vivências e experiência, tentando compreender e explicar a situação actual do objecto de investigação. Por outro lado, a ambiguidade da noção de "prática" implicou uma profunda pesquisa documental, no sentido da sua desconstrução, propondo-se uma definição sustentada do campo da prática profissional de enfermagem. Estudar problemas educativos sem delimitar os complexos contextos em que ocorre a acção educativa...

Necessidades de saúde, políticas públicas e gênero: a perspectiva das práticas profissionais

Schraiber,Lilia Blima
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56.28%
Examina-se a relação entre políticas públicas e práticas dos profissionais, relativamente às necessidades de saúde. Em abordagem teórico-conceitual, as práticas são definidas como desempenhos permeados por determinantes técnico-cien­tíficos e sócio-históricos para a produção social de um trabalho, analisando-se suas possibilidades de mudanças culturais, éticas e políticas, para um agir crítico das desigualdades de gênero. Tomando-se a atenção integral à saúde dos homens, examina-se a relevância da distinção entre necessidades masculinas e femininas, enquanto realidades parciais não necessariamente convergentes na (re)produção daquelas desigualdades. Igualmente se examinam as práticas profissionais, como realidade parcial e distinta das políticas, estabelecendo relações não imediatas. Desenvolve-se que são obstáculos simbólicos e práticos para mudanças: a normalização biomédica redutora das necessidades, a cultura do trabalho autônomo e da abordagem individualizante das necessidades, a cultura tradicional de gênero conservando práticas desiguais para homens e mulheres e a ausência de inscrição dos direitos como parte do agir profissio­nal. Isto exige propostas específicas às práticas de saúde e às necessidades masculinas para maior convergência com as reformas das políticas.