Página 1 dos resultados de 1063 itens digitais encontrados em 0.067 segundos

Família e escola na educação infantil: um estudo sobre reuniões de pais; Family and school in kindergarten: a study about parents meetings

Garcia, Heloisa Helena Genovese de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/07/2005 PT
Relevância na Pesquisa
105.86%
Esta pesquisa enfoca as relações entre famílias e escolas através de dois recortes. O primeiro define um período em particular da vida escolar: a educação infantil (especificamente na faixa de 4 a 6 anos) e o segundo elege uma atividade regular nas escolas: as reuniões de pais. O estudo foi desenvolvido em duas Escolas Municipais de Educação Infantil paulistanas durante o primeiro semestre de 2004. Seu objetivo geral foi analisar como se constituem as relações de cada escola com os familiares dos alunos durante as reuniões de pais. E os objetivos específicos foram: a) observar, descrever e examinar como são as reuniões de pais nas duas escolas; b) analisar o percurso construído por algumas professoras com os respectivos grupos de pais nas reuniões ao longo do semestre; c) identificar e analisar as opiniões das escolas (professores, coordenadores pedagógicos e diretores) e dos familiares sobre as reuniões; d) inferir, através de indicadores, aspectos das reuniões que sejam favoráveis ou desfavoráveis a uma relação de colaboração (interdependência) entre as escolas e as famílias. O referencial teórico do construtivismo piagetiano fundamentou a estruturação metodológica e as análises dos dados relativas aos observáveis das interdependências e significações produzidas no contexto das reuniões e das entrevistas. Foram realizadas quatorze observações de reuniões e quarenta e três entrevistas individuais. Os resultados evidenciaram uma multiplicidade de fatores influenciando na realização e nos significados atribuídos às reuniões de pais. A partir deles destacamos uma tendência moralizadora da escola sobre a educação no contexto familiar e interferências do contexto institucional e político no cotidiano das reuniões. Nos dois casos ocorreu uma descaracterização das reuniões enquanto espaços vinculados ao trabalho pedagógico desenvolvido com os alunos. Em geral...

Corpo e movimento na educação infantil: concepções e saberes docentes que permeiam as práticas cotidianas; Body awareness and movement in Pre-school Education: how teacher´s perceptions and backgrounds relate to daily practices.

Oliveira, Nara Rejane Cruz de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
106.09%
As preocupações com o corpo e movimento não são recentes na Educação Infantil. Recomendações sobre a educação corporal são reconhecidas desde as primeiras sistematizações pedagógicas, especialmente a partir da Idade Moderna. No Brasil, tais preocupações aparecem especialmente a partir do século XIX. Nos últimos quinze anos, pesquisas sobre Educação Infantil no Brasil apresentaram avanços em relação à temática. Entretanto, no cotidiano das instituições é perceptível que professores possuem dificuldades consideráveis em pensar o movimento em sua totalidade. Nessa perspectiva, o objetivo dessa pesquisa foi investigar qual a concepção de corpo e movimento que norteia as práticas pedagógicas dos professores de Educação Infantil, bem como a relação estabelecida entre tais práticas e suas vivências/experiências corporais anteriores. A metodologia, de abordagem qualitativa, privilegiou o trabalho campo por meio de entrevistas semi-estruturadas, realizadas com professores de Educação Infantil nas cidades de São Paulo/SP e Jundiaí/SP. A análise dos dados, referenciado na perspectiva teórico-metodológica da Rede de Significações, foi realizada a partir das categorias: concepção de corpo e movimento dos professores...

Promoção da saúde e educação infantil: caminhos para o desenvolvimento

Barba,Patrícia Carla de Souza Della; Martinez,Cláudia Maria Simões; Carrasco,Bianca Gonçalves
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2003 PT
Relevância na Pesquisa
105.85%
Este estudo tem por objetivo uma reflexão acerca dos aspectos envolvidos na melhoria da qualidade de vida de crianças e suas famílias. São abordados questões e temas relativos ao cuidado e educação, do ponto de vista histórico-social, bem como situações de vulnerabilidade e pobreza. O aporte teórico utilizado está apoiado nos indicadores da UNESCO, Ministério da Saúde e publicado originalmente pela Organization for Economic Co-operation and Development. Discute-se o conceito e a efetivação das práticas de educação infantil no Brasil, destacando ações de desenvolvimento e promoção da saúde na infância, o empowerment e intersetorialidade, na perspectiva da construção de caminhos para minimizar ou atenuar os inúmeros estressores aos quais as famílias de parcelas menos favorecidas da população estão expostos; reafirma-se a necessidade do investimento na formação continuada dos educadores, considerando que resultados satisfatórios são obtidos quando a intervenção envolve a família, a comunidade e os serviços públicos.

Relações étnico-raciais e práticas pedagógicas em Educação Infantil

Silva,Paulo Vinicius Baptista da; Souza,Gizele de
Fonte: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Publicador: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
106.03%
O artigo discute as práticas pedagógicas observadas em uma Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) da Região Sul do Brasil, a partir de dados coletados para a pesquisa nacional "Práticas Pedagógicas de Trabalho com Relações Étnico-Raciais na Escola na Perspectiva de Lei 10.639/2003". As práticas pedagógicas observadas focaram-se principalmente na Literatura Infantil e nas imagens que circulam na escola. Os resultados foram cotejados com os de outros estudos sobre relações raciais e Educação Infantil que analisam práticas pedagógicas. A análise aponta para um trabalho de efetiva valorização da população negra, mas ao mesmo tempo mostra uma série de limitações e contradições internas na escola.

Conhecimentos e práticas de professores de educação infantil sobre crianças com alterações auditivas

Silva,Denísia Raquel de Carvalho; Santos,Lílian Marinho dos; Lemos,Stela Maris Aguiar; Carvalho,Sirley Alves da Silva; Perin,Renata Martinelli
Fonte: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
105.98%
OBJETIVO: Investigar os conhecimentos, as percepções e as práticas de professores de educação infantil sobre crianças com alterações auditivas. MÉTODOS: Estudo descritivo transversal, realizado por meio de entrevista estruturada com 45 professores de educação infantil da rede pública de ensino da cidade de Belo Horizonte. As entrevistas foram gravadas, transcritas e posteriormente submetidas à análise. RESULTADOS: A grande maioria dos sujeitos entrevistados apresentou pouco conhecimento, muitas vezes bastante vago e de senso comum, sobre a perda auditiva, embora a consciência da necessidade de aprendizagem para uma melhor atuação profissional tenha sido nítida. Apesar da falta de informação, os professores demonstraram conhecer algumas características das crianças com deficiência auditiva e explicitaram condutas a serem realizadas em sala de aula. A quase totalidade da amostra afirmou não conhecer a triagem auditiva escolar. CONCLUSÃO: Os conhecimentos, as práticas e as percepções demonstradas pelos entrevistados revelaram grande variação de conceitos, atitudes e estratégias. Contudo, grande parte se baseia em senso-comum ou intuição, devido à falta de experiência e de capacitação dos educadores para lidar com a criança com deficiência auditiva.

A passagem da educação infantil para o ensino fundamental: tensões contemporâneas

Neves,Vanessa Ferraz Almeida; Gouvêa,Maria Cristina Soares de; Castanheira,Maria Lúcia
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
106.04%
No contexto da ampliação do ensino fundamental para nove anos, o artigo relata como foi vivida, por um grupo de crianças, a transição de uma escola de educação infantil para uma de ensino fundamental em Belo Horizonte. O processo de construção e análise dos dados da pesquisa baseou-se na abordagem interpretativa da sociologia da infância e na etnografia interacional. Verificou-se que as práticas educativas que assumiram centralidade na educação infantil e no ensino fundamental se estruturavam em torno da brincadeira e do letramento, mas situadas diferencialmente nos dois segmentos. Na escola de educação infantil, a centralidade do brincar esteve presente na organização das rotinas institucionais. No entanto, tendo em vista sua condição de sujeitos inseridos em uma cultura grafocêntrica, as crianças voltaram-se para a apropriação da língua escrita, engajando-se individual e coletivamente em diversos eventos de letramento. Ao inserir-se no ensino fundamental, as crianças depararam-se com um hiato entre as experiências desenvolvidas na educação infantil e as práticas educativas da nova escola: o brincar foi situado em segundo plano. Argumentamos que a falta de diálogo presente na organização do sistema educacional brasileiro em relação aos dois primeiros níveis da educação básica se refletiu no processo de desencontros vivenciados pelas crianças pesquisadas. Nesse sentido...

O imperativo do afeto na educação infantil: a ordem do discurso de pedagogas em formação

Carvalho,Rodrigo Saballa de
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
105.86%
Este artigo apresenta resultados de uma pesquisa que teve como foco de análise a problematização dos discursos sobre afeto docente presentes em relatórios de um estágio realizado em turmas de Educação Infantil por 30 acadêmicas de Pedagogia em fase de conclusão do curso. O objetivo do artigo é problematizar como os discursos sobre afeto se constituem enquanto imperativos que inventam e regulam os modos de exercício docente. O campo de estudos no qual se fundamentou a pesquisa foi o dos estudos culturais e dos estudos desenvolvidos por Michel Foucault. A metodologia consistiu na análise do discurso foucaultiana, por meio da qual foram destacadas as regularidades e inflexões presentes nos relatórios. Estes foram escritos a partir de elementos recordatórios, como fotos, planejamentos e demais registros das acadêmicas. A análise evidenciou a assunção da afetividade como um imperativo profissional associado a um processo de generificação da docência. A partir da pesquisa, concluiu-se que os significados do afeto no exercício da docência só existem como resultados inacabados de processos que tratam de nomeá-lo e conformá-lo. Por essa razão, se for assumida a perspectiva de que os discursos que tomam o afeto como imperativo docente presentes nos relatórios analisados são produzidos pelas práticas sociais...

Concepções de infância e de educação infantil que permeiam a prática docente

Pinheiro, Maria Margarida
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
115.91%
This investigation proposes to analyze the teaching practice in the Child Education, considering the childhood and the Child Education conceptions declared by the teachers. It was opted as methodological approach the qualitative conception of research, marking a critical perspective of the subjects, and their relations in the educational processes. It was privileged as instruments of construction of the data, the observation of the practices of the teachers developed in the ordinary day, the semistructured interviews, and the documental analysis to complement information, through the developing report of the students, done by the teachers in the end of the teaching year. This way, from the understanding of the childhood in a social perspective, and historically constructed, considering the concrete children insertion in the social reality and the child as a whole subject and by rights, it was developed the interpretative analysis of the data. The investigated reality showed that the childhood conceptions linked to the comprehension of child and child development, declared by the teachers, subjects of the research, have been associated, in some aspects, to the present thought of thinking and acting in relation to the small child, evidencing...

DANÇA: linguagem do corpo na educação infantil

Lima, Ruth Regina Melo de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
106.01%
This production is a reflection about the practices/experiences involving the teaching of the dance developed by the teachers in the Núcleo de Educação Infantil (NEI/UFRN), with the children from 2 to 7 years old, having as objectives: describe and interpret the lived experiences with the dance focusing on the meaning of the dance and organization of the pedagogic job, identify blanks in the pedagogic practices of dance and appoint possible perspectives to the teaching of dance on the infant education. The way from the investigation has begun with the following question: Who do the teachers understand the dance and live it on the Núcleo de Educação Infantil? The research of phenomenological orientation toke as methodological reference the qualitative approach from the placed phenomenon type, this one has as beginning the interest on the phenomenon by the way as it happens on the lived experience from where comes the knowledge with we can present about the world, trying to interpret it, understand it on its essence/existence. The interviews showed that the researched subjects give to the dance different meanings and consequently present variations on the manner to organize the work around this knowledge. The most of the teachers recognizes the dance as a culture expression...

Formando-se professor(a) da educação infantil: a escola com contexto

Oliveira, Milena Paula Cabral de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
105.95%
This work is the result of a set of experiences and reflections on teaching in kindergarten and, in particular, the issues raised by first experiences as a teacher and how these issues were being gradually answered from the experience in a school . Guided by these experiences and studies of Oliveira-Formosinho (2002) on the training of kindergarten teachers in the school context, among others as: Barreto, Kuhlmann Jr. (1998), Vasconcelos et. al. (2000); Nóvoa (1992, 1995), Moita (1995), Freire (1996), Tardif (2002, 2009) Kramer (2005) and Hargreaves, Fullan (2000), built as study questions: what situations become in the context of professional training at an institution of early childhood education? Which subjects who took part? How involved? From this perspective the goal of our work is a: to investigate, from the perspective of teachers a public kindergarten, situations of professional interaction that become the context of teacher education. The research took the principles of qualitative approach and an intrinsic case study (STAKE, 1998), whose locus was a Municipal Center for Early Childhood Education, so defined by their peculiarities for training faculty in the context of practice. We built the data with a group of nine teachers CMEI this by conducting a questionnaire...

Concepções e práticas dos profissionais que atuam na educação infantil diante da violência doméstica contra crianças de zero a cinco anos

Silva, Luisa de Marilac de Castro
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Serviço Social; Serviço Social, Formação Profissional, Trabalho e Proteção Social; Serviço Social, Cultura e Relaçõe Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Serviço Social; Serviço Social, Formação Profissional, Trabalho e Proteção Social; Serviço Social, Cultura e Relaçõe
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
105.93%
El estudio presenta el problema de la violencia doméstica contra los niños de hasta cinco años en el contexto de los centros municipales de Educación Infantil (CMEI) en la ciudad de Natal-RN. Constituye un análisis bajo el enfoque teórico y metodológico de carácter cualitativo, en vista de la totalidad, con la asunción de la violencia doméstica contra los niños en su guía sociales, legales, históricos y culturales con el tema. Tiene como objetivo investigar si los profesionales que trabajan en Educación Infantil son capaces de identificar las posibles situaciones de violencia doméstica contra los niños que están bajo su responsabilidad, e incluso si, en los casos de los casos sospechosos o reales de la identidad de saber que las referencias deben ser adoptadas. La ruta entre el conocimiento y el método establecido implica el análisis conceptual de la infancia, la educación infantil y violencia doméstica contra los niños, además de la realización de grupos focales con los participantes de la encuesta con sus registros en un diario de campo. Perciben a sí mismos para el estudio de las contradicciones en la lucha contra la violencia doméstica contra los niños. Incluso con los conocimientos teóricos sobre el tema...

O (a) Professor da educação infantil e sua formação: contribuições das produções acadêmicas do centro-oeste; The teacher for early childhood education and their formation: contributions of academic productions of the midwest

Ferreira, Ione Mendes Silva
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Educação (FE); Faculdade de Educação - FE (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Educação (FE); Faculdade de Educação - FE (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
105.95%
This study is linked to the Formation, Teacher Professionalization and Educational Practice line of research in the Postgraduate Program in Education, at the Federal University of Goiás and also to the Network of Researchers on Teachers of the Brazilian Midwest (REDECENTRO). This paper analyzes the research on preschool teachers carried out in the Brazilian Midwest between 1999 and 2007. The underlying theoretical methodological framework is a materialistic historical dialectical one (MHD). It was assumed that analyzes based on this theoretical framework could point towards certain transformations for the field of childhood, early childhood education and the formation of teachers for this field. Using the materialistic historical dialectical method, a documentary research and a literature review were drawn up which set out to understand the concrete and contradictory movement of our object in its socio-historic totality. A critical analysis was undertaken of possible contributions for the field of childhood, early childhood education and the formation of teachers in the field offered by research on Midwestern preschool teachers. When the inherent potential of this theoretical framework for clarifying what is real and for proposing a new transforming synthesis was considered...

A criança como sujeito de direitos : as contradições das políticas de educação infantil e de proteção especial nos abrigos do município de Campo Grande, MS no período de 2000 a 2004

Zeola, Lilian Regina
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
105.91%
Neste trabalho foram investigadas as ações da Política de Educação Infantil no que concerne aos direitos das crianças abrigadas freqüentarem os Centros de Educação Infantil. Foram analisadas as Políticas de Proteção Especial, cujas crianças abrigadas em instituições de abrigo governamentais e não governamentais no município de Campo Grande – Mato Grosso do Sul, as quais tiveram seus direitos ameaçados ou violados na convivência familiar. Nessa perspectiva, foi objetivada a compreensão dessa situação, se há a possibilidade de convergência de atuação entre essas duas políticas sociais, a fim de garantir os direitos às crianças. Foram analisados de que forma os direitos confirmados nos documentos oficiais foram exercidos na prática diária com essas crianças, dentro do contexto social e político da sociedade capitalista. Desta forma, foi investigada a possível interface entre as políticas de Educação Infantil e as políticas de Proteção Especial, utilizando como metodologia de pesquisa a análise dos documentos oficiais referentes à infância, bem como a observação das práticas nos abrigos. Dentre os documentos que foram analisados, destacamos: a Declaração Universal dos Direitos da Criança (1959)...

Avaliação na educação infantil: no avesso da costura, pontos a contar, refletir e agir

Kramer, Sonia; PUC-RIO / Departamento de Educação
Fonte: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 04/01/2015 POR
Relevância na Pesquisa
136.08%
O campo do currículo e elaboração de propostas pedagógicas de Educação Infantil enfrentam, no Brasil, o desafio da garantia de qualidade do trabalho da Educação Infantil em creches, pré-escolas e escolas. Há muitos problemas relativas à avaliação de crianças nas práticas educativas nessas instituições, tanto no que se refere às concepções de infância, Educação Infanitl e avaliação, quanto aos instrumentos e procedimentos delineados para sua concretização. Este texto tem como objetivo discutir a avaliação na Educação Infantil em quatro momentos. O primeiro item, a partir de um olhar teórico, apresenta as concepções de infância, Educação Infantil e avaliação presentes nos documentos e políticas oficiais vigentes no Brasil. O segundo aponta, de um ponto de vista pedagógico, desafios observados nas práticas e dilemas que mobilizam instituições de Educação Infantil e seus profissionais na escolha de estratégias de avaliação. O terceiro item, com um olhar nas políticas, indaga por que muitas  conquistas não acontecem na prática. O quarto traz, de outro ponto de vista pedagógico, no avesso da costura, relatos de professoras e gestoras de Educação Infantil sobre sua experiência positiva de avaliação nas instituições de Educação Infantil em que atuam...

Game and Protagonism of the Child in Early Education; Jeux et Protagonisme des enfants dans la Petit Enfance; Jogo e protagonismo da criança na educação infantil

de Assis, Lívia Carvalho; Universidade Federal do Espírito Santo; Mello, André da Silva; Universidade Federal do Espírito Santo; Neto, Amarílio Ferreira; Universidade Federal do Espírito Santo; dos Santos, Wagner; Universidade Federal do Espírito S
Fonte: Instituto de Educação da Universidade do Minho Publicador: Instituto de Educação da Universidade do Minho
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
105.88%
In this article, it is analyzed how children appropriate and use playful activities(games) in a Children’s Education Center located in the city of Vitória/ES/Brazil, in order to understand the role they establish in the relations with such cultural forms of expression. To do so, the Studies with the Daily Lifewere used as a methodological assumption. Data was produced through narratives and participant observations, for a four-month period of school insertion. The analyzes reveal that the game is lived by children inspontaneous situations and, above all, in Physical Education classes. In the first case, the children organize their own practices, predominantly of symbolic games; whereas in the classes, they act tactically, altering the games proposed by teachers according to their interests and needs. In both cases,Vygotsky social-historical perspective and Certeau’s concept of productive consumption highlighted the cultural production of the children in the relationsthey establish with the game, denoting its main role. Keywords: Game; Physical Education; Children’s education; Protagonism; Dans cet article nous analysons les habitudes et les appropriations que les enfants prennent du jeu dans un Centre d’Éducation Infantile deVitória/ES/Brésil pour comprendre le "protagonisme" qu’ils établissent dansles rapports ayant cette manifestation culturelle. Pour ce faire...

Investigando os sentidos da atuação profissional de psicólogos na educação infantil

Ferreira, Camila de Amorim
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 152 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
106.05%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Florianópolis, 2015.; A Psicologia Escolar e Educacional tem ampliado e repensado suas intervenções em diversos campos incluindo o da educação infantil e, nesse contexto, a literatura da área tem apontado para diversas possibilidades de trabalho ? como a formação docente, o trabalho com as famílias e a promoção do desenvolvimento infantil, para citar algumas. Nessa linha, este trabalho analisa os sentidos que os psicólogos escolares atuantes em contexto de educação infantil atribuem à atividade que desenvolvem. Para alcançar esse objetivo, o grupo focal foi composto por sete psicólogas diretamente ligadas à Educação e com atuações na Educação Infantil ? cinco da rede pública de ensino e duas da rede privada ? localizadas na região da Grande Florianópolis e Vale do Itajaí. O referencial teórico utilizado na pesquisa foi a psicologia histórico-cultural de Vygotski e o instrumento de análise e organização das informações foi constituído pelos núcleos de significação que auxiliam a apreender os sentidos das informações qualitativas. Identificamos e caracterizamos os psicólogos...

A prática pedagógica nas instituições de educação infantil

Steininger, Isabela Jane
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 233 f.| grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
105.99%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Florianópolis, 2009; Esta investigação teve como objetivo analisar os relatos das professoras de educação infantil que atuavam em instituições atreladas ao poder público, considerando sua forma de planejar. Para tal, utilizou-se como referência estudos de orientação histórico-cultural, sendo que a investigação sustentou-se em material documental e pesquisa de campo. Foram efetivados três estudos exploratórios que abrangeram Relatórios/Artigos de Estágio da disciplina Estágio Supervisionado II da Habilitação Pedagogia Educação Infantil da UFSC, o documento Pesquisa DEI 003/2005 desenvolvida pela SME/DEI de Florianópolis e dissertações realizadas no âmbito do NUPEIN da UFSC; análise documental, envolvendo os documentos nacionais e municipais que orientavam/orientam a Educação Infantil Municipal; análise de conteúdo da Pesquisa DEI 003/2005 e pesquisa de campo envolvendo questionários aplicados a dezesseis professoras e entrevistas com dez membros da equipe pedagógica de dez instituições da Rede Pública Municipal de Educação Infantil de Florianópolis. A análise de conteúdo possibilitou a definição de categorias gerais a priore e de subcategorias definidas a partir da análise das respostas proferidas. Para a categoria geral Bases Educativas foram elencadas dezoito subcategorias e para a categoria geral Processos Pedagógicos...

A passagem da educação infantil para o ensino fundamental: tensões contemporâneas; The passage from early childhood education to fundamental education: contemporary tensions

Neves, Vanessa Ferraz Almeida; Gouvêa, Maria Cristina Soares de; Castanheira, Maria Lúcia
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2011 POR
Relevância na Pesquisa
106.04%
No contexto da ampliação do ensino fundamental para nove anos, o artigo relata como foi vivida, por um grupo de crianças, a transição de uma escola de educação infantil para uma de ensino fundamental em Belo Horizonte. O processo de construção e análise dos dados da pesquisa baseou-se na abordagem interpretativa da sociologia da infância e na etnografia interacional. Verificou-se que as práticas educativas que assumiram centralidade na educação infantil e no ensino fundamental se estruturavam em torno da brincadeira e do letramento, mas situadas diferencialmente nos dois segmentos. Na escola de educação infantil, a centralidade do brincar esteve presente na organização das rotinas institucionais. No entanto, tendo em vista sua condição de sujeitos inseridos em uma cultura grafocêntrica, as crianças voltaram-se para a apropriação da língua escrita, engajando-se individual e coletivamente em diversos eventos de letramento. Ao inserir-se no ensino fundamental, as crianças depararam-se com um hiato entre as experiências desenvolvidas na educação infantil e as práticas educativas da nova escola: o brincar foi situado em segundo plano. Argumentamos que a falta de diálogo presente na organização do sistema educacional brasileiro em relação aos dois primeiros níveis da educação básica se refletiu no processo de desencontros vivenciados pelas crianças pesquisadas. Nesse sentido...

Influência de procedimentos educativos sobre os conceitos de berçários

Moreira, Dayanne Sato; Vitta, Alberto; Penitente, Luciana Aparecida de Araújo; Vitta, Fabiana Cristina Frigieri
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
105.95%
A dualidade cuidado x educação é aspecto a ser considerado na rotina das instituições de educação infantil que possuem berçário e os conceitos dos profissionais que nele atuam interferem nas práticas desenvolvidas, sendo necessário maior preocupação com a formação continuada. O objetivo foi verifi car os efeitos de procedimentos educativos sobre conceitos relativos às funções e benefícios do berçário para a criança, junto a profissionais que atuam em instituição de educação infantil. Participaram professores e auxiliares de desenvolvimento de berçários municipais de Marília, entrevistados em quatro momentos – inicial, depois de cada um dos dois procedimentos educativos e seis meses após a intervenção. Essa consistiu em uma oficina de educação, uma vez por semana por um mês e práticas supervisionadas realizadas na rotina do berçário no total de 15 horas. Ambas focaram as atividades e seus benefícios para o desenvolvimento da criança. Verifi cou-se que os conhecimentos das educadoras decorriam do senso comum e que a oficina de educação proporcionou mudança nos seus níveis de informação, reforçada pela supervisão prática. A análise indica que a formação inicial e continuada das profi ssionais precisa contemplar aspectos específi cos do desenvolvimento infantil para que concepções mais adequadas sejam construídas.

"Cultures of Childhood: the symbolic productions of children and teachers of early childhood education - CIPROCEI"; “Culturas da infância: as produções simbólicas das crianças e das professoras de educação infantil - CIPROCEI“

Cerisara, Ana Beatriz; Universidade Federal de Santa Catarina
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Relato Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2004 POR
Relevância na Pesquisa
105.97%
The analysis of the modes of symbolic production made by children and for children is the object of this research (sub) project of the project MATO called "Cultures of Childhood: the symbolic productions of children and teachers of early childhood education - CIPROCEI" and focuses on the search for indicators for the pedagogical practice from the observation and recording of children and their ways of being and living in contexts childhood education as well as develop practical training of teachers of early childhood education.; A análise dos modos de produção simbólica realizados pelas crianças e para as crianças é o objeto de investigação deste (sub) projeto do projeto M.A.T.O. denominado “Culturas da infância: as produções simbólicas das crianças e das professoras de educação infantil - CIPROCEI“ e tem como foco a busca por indicadores para a prática pedagógica a partir da observação e registro das crianças e de seus modos de ser e viver nos contextos de educação infantil assim como desenvolver práticas de formação das professoras de educação infantil.