Página 1 dos resultados de 24 itens digitais encontrados em 0.020 segundos

(Re)construir a prática pedagógica e criar oportunidades para pensar

Marchão, Amélia de Jesus Gandum
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
106.02%
Apresenta-se nesta tese um estudo de natureza qualitativa que inclui seis estudos de caso, a partir dos quais se desocultam as práticas pedagógicas de três salas de jardim de infância e de três salas do 1.º Ciclo do Ensino Básico. O quadro narrativo, interpretativo e de reflexão que elegemos, permitiu-nos identificar e discutir os processos de construção e gestão curricular e os estilos dos educadores e dos professores na promoção de oportunidades para a construção do pensamento crítico das crianças que frequentam a Educação Pré-escolar e o 1.º Ciclo do Ensino Básico.; We present in this thesis a qualitative study that includes six case studies, from which we unhide the teaching practices of three kindergarten rooms and three primary school rooms. The narrative, interpretation and reflection frame that we chose allowed us to identify and discuss the processes of curriculum building and management and the styles of kindergarten and primary school teachers in promoting opportunities for building the critical thinking of children who attend kindergarten and primary school.; Doutoramento em Ciências da Educação

Trajetórias de formação do educador de infância: Brasil e Portugal

Roca, Maria Eugênia C. de la
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
76%
No presente trabalho, analisamos através das respectivas narrativas, a formação e ação de dois diferentes grupos de Educadores de Infância, um brasileiro e um português. A formação e o exercício profissional serão analisados no contexto de dois jardins de infância, no Rio de Janeiro (público) e em Aveiro (semi-privado/Instituição Privada de Solidariedade Social). Selecionamos Brasil e Portugal devido às semelhanças das circunstâncias em que as respectivas práticas profissionais/pedagógicas ocorrem: língua, tradições, modos similares do fazer em Educação de Infância. Analisamos as opiniões das educadoras, todas a exercer a profissão há mais de cinco anos, visando esclarecer as singularidades e aspectos em comum na formação e na prática profissional dessas docentes de ambos os países. Além disso, almejamos elucidar as dificuldades, tensões e questões que forjaram o respectivo percurso, em ordem a identificar a forma como gerem o conhecimento acadêmico e o conhecimento baseado na experiência, e a sua própria prática pedagógica, e (em ordem) a analisar as relações que promovem com as crianças, as suas famílias e outros agentes educativos envolvidos. Finalmente, pretendemos refletir sobre o modo como as educadoras lidam com as mudanças em curso neste mundo globalizado...

Melhorar a educação de infância na Guiné-Bissau

Aveleira, Ana Paula Henriques
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
96.06%
O presente estudo inscreve-se no Projecto “Melhorar a Educação de Infância na Guiné-Bissau” (com desenvolvimento previsto entre 2003 e 2007), que consubstancia o estipulado no Protocolo de Cooperação celebrado entre a Universidade de Aveiro e a Fundação Educação e Desenvolvimento da Guiné- Bissau em 2003, procurando, nesse contexto, contribuir para a melhoria das práticas e superação de lacunas identificadas no âmbito da educação de infância daquele país. Para além da insuficiente cobertura nacional do sistema educativo pré-escolar na Guiné-Bissau, também foi sinalizada a ausência de fundamentação teórica e filosófica subjacente à intervenção, bem como a de um guia orientador de suporte às práticas desenvolvidas neste sector. A esta caracterização adiciona-se a existência de uma situação precária ao nível dos equipamentos e recursos humanos e materiais, do que resultou a selecção de um conjunto de estruturas formais de educação para a faixa etária dos três aos seis anos e respectivos profissionais, como primeiros destinatários do Projecto que foi delineado, sendo estes, simultaneamente, parceiros envolvidos na sua prossecução. Nesta medida, e com integração no Projecto referido...

Educação em ciências no pré-escolar: contributos de um programa de formação de educadores de infância para implementação do trabalho experimental

Rodrigues, Maria José Afonso Magalhães
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
85.98%
A educação em ciências em conformidade com as orientações dimanadas do Ministério da Educação deve iniciar-se desde os primeiros anos e por consequência tem de ser uma das áreas a trabalhar no âmbito da educação pré-escolar. No entanto, vários investigadores referem que os educadores não atribuem a devida importância a esta área e explicam que esta postura se pode dever à insegurança científica e didáctica destes profissionais que, por sua vez, pode estar associada à escassez de formação no domínio das ciências durante todo o seu percurso académico. Tendo em conta este contexto, desenvolvemos este estudo de natureza empírica. As questões a que pretendemos dar resposta tinham a ver com: (i) que formação inicial e continuada os educadores tiveram no domínio das ciências?; (ii) quais as suas necessidades para trabalharem esta área no jardim-de-infância?; e (iii) qual o impacte de um programa de formação (PF) nas práticas didáctico-pedagógicas dos educadores? A investigação, de natureza qualitativa, assumiu o formato de estudo de caso e envolveu seis educadoras de infância do Distrito de Bragança. Para desenvolvimento do estudo tivemos em consideração quatro fases: numa primeira começamos por fazer a caracterização das necessidades de formação dos educadores para trabalharem as ciências no pré-escolar; a partir das ideias identificadas concebemos...

Cultura linguística e sensibilização à diversidade linguística: 1º CEB

Sousa, Inês Adão
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
76.06%
O presente Relatório de Estágio foi desenvolvido no âmbito das Unidades Curriculares Prática Pedagógica Supervisionada A e Seminário de Investigação Educacional A, do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino no 1.º Ciclo de Ensino Básico e teve como objetivo principal perceber a importância que um trabalho didático para a valorização da diversidade linguística, nomeadamente europeia, tem nos primeiros anos de escolaridade. De maneira a dar resposta aos objetivos e questões de investigação, desenvolvemos um projeto de intervenção didática, com a duração de seis sessões, implementado numa turma do 3º ano de escolaridade, de uma escola da região de Aveiro, onde desenvolvemos a nossa Prática Pedagógica Supervisionada do último semestre do curso. Através das atividades em torno da sensibilização à diversidade linguística, abordámos conteúdos ao nível da Cultura linguística, nomeadamente das línguas da Europa (origem, famílias, expansão …). O projeto que desenvolvemos tem características de investigação-ação sendo que os métodos e instrumentos de recolha de dados que utilizámos foram a observação participante, o registo de videogravação, as fichas de atividades dos alunos e o questionário inicial e o final. Os resultados que obtivemos permitem-nos concluir que é possível desenvolver atividades com e acerca das línguas europeias...

Abordar as línguas, desenvolver a competência linguística

Rijo, Carla Sofia Pinto Ramos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
65.95%
O presente Relatório Final de Estágio foi desenvolvido no âmbito das unidades curriculares Prática Pedagógica Supervisionada e Seminário de Investigação Educacional e teve como objetivo principal compreender de que forma atividades de sensibilização à diversidade linguística favorecem o desenvolvimento da consciência linguística e do conhecimento explícito da língua, em alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico. De maneira a dar resposta aos objetivos e questões de investigação, desenvolvemos um projeto de intervenção didática, com a duração de seis sessões, implementado numa turma do 3º ano de escolaridade, numa escola da região de Aveiro. Através das atividades desenvolvidas, onde incluímos a sensibilização à diversidade linguística, abordámos conteúdos ao nível do conhecimento explícito da língua, nomeadamente do plano sintático. O projeto que desenvolvemos tem características de investigação-ação, sendo que os métodos e instrumentos de recolha de dados que utilizámos foram a observação participante, o registo de videogravação, as fichas de atividades dos alunos e notas de campo. Os resultados que obtivemos permitem-nos concluir que atividades de sensibilização às línguas, orientadas para a observação e manipulação de unidades linguísticas em diferentes línguas...

Interação adulto-criança - uma - perspetiva de qualidade na aprendizagem

Jorge, Anabela Ferreira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
75.96%
A presente investigação teve como objetivo principal investigar a interação adulto – criança: tentando compreender as dimensões do estilo do educador. Neste sentido, tornou-se pertinente fazer uma abordagem da educação pré-escolar explicitando a educação de Infância no seu contexto histórico. A educação pré-escolar passou por várias momentos, resultantes do contexto social, político e económico do país, até ser reconhecida e valorizada como sendo uma etapa imprescindível no que respeita ao desenvolvimento das capacidades globais das crianças. Neste enquadramento histórico, a qualidade na educação de infância surgiu como uma preocupação dos investigadores que desenvolveram estudos nesta área. Podemos destacar o projeto – Sistema de Acompanhamento de Crianças (SAC), elaborado por Portugal e Laevers (2010) e o Manual de Desenvolvendo a Qualidade em Parcerias (DQP), elaborado por Pascal e Bertram, sob a coordenação de Formosinho (2009), que procuraram desenvolver instrumentos que ajudassem os educadores a avaliar a qualidade das práticas desenvolvidas em diferentes dimensões. Este estudo, de natureza qualitativa descritiva, privilegiou como técnica e instrumentos de recolha e análise de dados ,os registos escritos do investigador...

Desenvolvendo competências sociais no 1º CEB - um estudo exploratório

Gonçalves, Rita Daniela Rodrigues
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
75.99%
O presente relatório de estágio foi realizado no âmbito das Unidades Curriculares de Prática Pedagógica Supervisionada e Seminário de Investigação Educacional, pertencentes ao 2.º ano do Mestrado em Educação Pré-escolar e Ensino no 1.º Ciclo do Ensino Básico, ministrado na Universidade de Aveiro. Este relatório reflete a experiência de um estudo de caso desenvolvido no âmbito de um projeto, denominado “CRESCER... Comigo e com os Outros!”, e que visou a promoção de competências sociais das crianças envolvidas. Pretendeu-se motivar as crianças para o desenvolvimento de atitudes de empatia, de respeito pelo outro e de entreajuda. O estudo incidiu sobre vinte e uma crianças, pertententes a um contexto de 1.º Ciclo, com idades compreendidas entre os 7 e os 9 anos. Ao longo deste estudo, foram realizadas sessões com a turma, adotando maioritariamente a abordagem Filosofia para Crianças, por forma a estimular o pensamento crítico das crianças em torno das temáticas escolhidas e foram também desenvolvidas estratégias e dinâmicas de trabalho de grupo promotoras de cooperação e escuta do outro. Da análise do processo e efeitos da intervenção podemos concluir que, de uma maneira geral, as crianças evoluíram nos seus comportamentos sociais...

Atividade orientadora de ensino e aprendizagem da matemática

Neves, Nilza Carina Ferreira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
116.07%
O presente relatório de estágio foi elaborado a partir de um projeto de intervenção e investigação desenvolvido na Prática Pedagógica Supervisionada II. Tínhamos como objetivo compreender a aprendizagem da criança numa metodologia que privilegia a Atividade Orientadora de Ensino (AOE) como estratégia de ensino. O quadro teórico que suporta a nossa análise constitui-se pelos pressupostos da teoria histórico-cultural e da teoria da atividade sobre o desenvolvimento. A nossa opção pela área curricular da matemática (mais especificamente,controlo da quantidade), justifica-se pelo facto de considerarmos importante a criação de estratégias que permitam a aprendizagem dos conceitos, bem como, uma aprendizagem de qualidade, que permita alcançar níveis de bem-estar e implicação elevados. As situaçõesproblema realizadas, ao longo da investigação, foram desenvolvidas em dois grupos de crianças, com o intuito de estas se auxiliarem e partilharem ideias. Para a organização das situações-problema fundamentámo-nos nos pressupostos da Oficina Pedagógica de Matemática da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. A análise destas atividades permitiram-nos compreender e observar alguns indicadores do desenvolvimento do pensamento da criança...

A autoestima numa sala do 1º CEB: um estudo de caso

Gomes, Ana Filipa Tavares Silva
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
76.16%
Este projeto surge no âmbito do Mestrado em Educação Pré-escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico da Universidade de Aveiro e é o resultado do trabalho desenvolvido em duas unidades curriculares articuladas entre si, Prática Pedagógica Supervisionada (estágio) e Seminário de Investigação Educacional (SIE). A intervenção pedagógica realizada teve como principal preocupação a promoção da autoestima junto de uma turma do 2.º ano do 1.º CEB, com especial atenção a uma criança que suscitava alguma preocupação ao nível do seu bem-estar e da qualidade da sua implicação em diversas atividades. Com este objetivo, foram concebidas, implementadas e avaliadas diversas atividades e intervenções, de forma articulada com o desenvolvimento do currículo no 1.º CEB, envolvendo várias áreas curriculares. Considera-se que tendo as intervenções ocorrido num espaço de tempo curto, os resultados obtidos não nos permitem afirmar com toda a certeza a efetividade das intervenções. De qualquer modo, entende-se que a preocupação em desenvolver atividades e proporcionar momentos que promovessem a autoestima das crianças resultou, em termos imediatos, em maior bem-estar emocional e parece ter contribuído positivamente no processo de desenvolvimento do grupo e da criança alvo. No final do período de prática pedagógica...

O feedback na organização e gestão do processo de ensino e de aprendizagem

Gaspar, Cátia Mafalda Rito
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
85.92%
O presente Relatório de estágio foi elaborado a partir de um projeto de intervenção e de investigação, desenvolvido na componente de formação de Prática Pedagógica Supervisionada, e que teve como principais objetivos aprofundar o nosso conhecimento sobre o feedback enquanto estratégia de organização e Gestão do Processo de Ensino e de Aprendizagem e implementar e investigar essa estratégia junto de uma turma do 1.º ano, do 1.º Ciclo do Ensino Básico. Tratou-se de um projeto com caraterísticas de investigação-ação, tendo-se privilegiado como instrumentos de recolha de dados o portefólio reflexivo individual, as notas de campo, a observação e a vídeogravação (das sessões realizadas). Os resultados permitiram-nos evidenciar a importância do feedback no processo de ensino e de aprendizagem, e permitiu-nos ainda concluir que nós enquanto professoras investigadoras proporcionamos vários tipos de feedback, e que podem ser várias as situações que incitam esse mesmo feedback.; This final report was prepared from an intervencion and an investigation project carried out within the context of teaching practice, and which had as its main objetives to deepen our knowledge about the feedback as management strategy of teaching and learning process and implemente and investigate that strategy in a first grade from primary shcool. In this action-research project...

Desenvolvimento de competências sociais no jardim de infância

Resende, Ana Catarina Ferreira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
86.02%
O presente trabalho descreve um projeto desenvolvido no âmbito das unidades curriculares de Prática Pedagógica Supervisionada (PPS) e Seminário de Investigação Educacional (SIE) do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico, da Universidade de Aveiro. Tratou-se de um projeto de intervenção direcionado para a promoção do desenvolvimento social das crianças, em contexto de educação pré-escolar. Considerando a influência que a família tem no comportamento social e emocional da criança, já que é na família que a criança cresce e conhece as experiências mais influentes na sua vida, quer positivas quer negativas, e considerando, sobretudo, o papel que o educador pode ter no desenvolvimento social da criança, os objetivos do estudo foram: (1) identificar alguns comportamentos nas famílias destas crianças que ajudem a compreender o seu comportamento; (2) compreender de que forma o comportamento do adulto/educador pode favorecer o desenvolvimento social das crianças e o seu bem estar emocional; (3) perceber se as atividades propostas pelo adulto/educador às crianças pode facilitar o desenvolvimento da sua competência social e do seu bem estar emocional. No sentido de concretizar estes objetivos foi entregue às famílias das crianças do nosso estudo um questionário...

A entrada no 1º CEB : um estudo junto de uma turma do 1º ano de escolaridade

Pereira, Joana Filipa Silva
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
65.97%
Este relatório de estágio reporta-se ao estudo realizado no âmbito do Seminário de Investigação Educacional e da Prática Pedagógica Supervisionada, do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º CEB. Decorrendo o estágio junto de uma turma do 1.º ano de escolaridade, foi objetivo geral da nossa reflexão compreender o processo de transição entre a educação pré-escolar e o 1.º CEB. Assim, procurámos caracterizar o processo de entrada na escola do 1.º CEB das crianças da nossa turma e perceber o tipo de relação e estratégias facilitadoras do bem-estar das crianças neste período de transição. Foi passado um inquérito aos pais de todas as crianças da turma, visando compreender melhor os seus comportamentos e vivências familiares e, de forma mais próxima, acompanhámos quatro crianças com vista a melhor perceber e caracterizar o seu processo de integração na escola ao longo de todo o período do nosso estágio (1.º semestre de 2013-2014). No âmbito da nossa intervenção pedagógica, procurámos implementar estratégias facilitadoras da transição/adaptação à escola. Genericamente concluímos que diferentes crianças experienciam de formas diversas a entrada no 1.º CEB, em função de características pessoais e experiências prévias...

Um sistema de acompanhamento das crianças (SAC) em jardim-de-infância – Uma via para a diferenciação pedagógica e inclusão

Santos, Paula; Universidade de Aveiro; Portugal, Gabriela; Universidade de Aveiro; Libório, Ofélia; Agrupamento de Escolas da Carapinheira, Montemor-o-Velho; Figueiredo, Aida; Universidade de Aveiro; Abrantes, Natália; Universidade de Aveiro; Silva, Ca
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2012 POR
Relevância na Pesquisa
76.03%
O projecto de investigação-acção Avaliação em Educação Pré-Escolar – Sistema de Acompanhamento das Crianças1 focalizou-se no desenvolvimento de um instrumento para apoio à Prática Pedagógica em contextos de Educação de Infância, facilitando a relação entre as práticas de observação, avaliação e edificação curricular, protagonizadas pelos educadores, como via para a diferenciação pedagógica e inclusão. No enquadramento das Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar (OCEPE)(ME, 1997) e inspirado no Process-Oriented Child Monitoring System (Laevers, Vandenbusschh, Kog, & Depondt, 1997), o Sistema de Acompanhamento das Crianças (SAC) assenta numa atitude do adulto/educador caracterizada por atenção, respeito e confiança nas competências da criança e propõe um ciclo contínuo de observação – avaliação/reflexão – intervenção, em que as variáveis processuais Implicação e Bem-Estar Emocional são os parâmetros que permitem ao educador continuamente aferiras características contextuais/oportunidades de aprendizagem e desenvolvimento que oferece às crianças – individualizando e optimizando a intervenção. Neste artigo, partilharemos alguns aspectos ilustrativos de virtualidades do SAC na intervenção junto de crianças a experienciar dificuldades emocionais e/ou de desenvolvimento...

Transição para o 1º CEB e promoção da autoestima : um estudo de caso

Silva, Marisa Adelaide Moreira da
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
86.01%
O presente relatório de estágio remete para o trabalho desenvolvido no âmbito da Prática Pedagógica Supervisionada e Seminário de Investigação Educacional do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico, na Universidade de Aveiro. Articulando estas unidades curriculares, foi posto em prática um estudo visando perceber a experiência de entrada no 1.º CEB, de crianças de uma turma do primeiro ano, refletir e desenvolver iniciativas promotoras de bem-estar e de autoestima positiva das crianças. Procedeu-se a uma caracterização do grupo, focalizada nos níveis de implicação e de bem-estar emocional. Esta caracterização permitiu obter uma visão ampla do seu funcionamento, identificar as crianças que precisam de apoio individualizado e perceber quais os aspetos que requerem intervenções específicas. Pelo facto de nos suscitar algumas dúvidas e inquietações foi identificada uma criança a acompanhar com uma atenção redobrada por evidenciar sinais claros de desconforto e de baixa autoestima em diversas situações. Num extremo oposto, identificámos outra criança que, claramente, parecia sentir-se muito à vontade no contexto, segura e sem evidenciar constrangimentos ou dificuldades perante os desafios que as tarefas escolares levantam. Procurar perceber que fatores se associam ao mal-estar de uma e bem-estar de outra criança...

Apoiando uma criança em dificuldades, no jardim de infância

Dias, Ana Carolina dos Santos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
85.99%
O presente trabalho insere-se no âmbito da Prática Pedagógica Supervisionada e Seminário de Investigação Educacional, do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico, da Universidade de Aveiro, e apresenta um estudo de caso em que se procurou compreender e apoiar uma criança de 4 anos que suscitava preocupação. Os seus comportamentos, a sua baixa autoestima e dificuldades sociais, bem como os seus níveis de bem-estar e de implicação, interpelavam as nossas práticas e atitudes. Apesar de o foco da atenção ser uma criança em particular, ao longo de todo o processo, não deixámos de ter em consideração todo o grupo de crianças, quer ao nível da nossa reflexão, quer ao nível da nossa intervenção, assumindo que propostas de qualidade para todo o grupo beneficiavam igualmente a criança em estudo e vice-versa. Conhecer e compreender o contexto e o vivido desta criança para melhor atuar junto dela foi, assim, o principal objetivo deste estudo. Neste relatório de estágio pretende-se dar a conhecer a criança, o contexto e as nossas iniciativas com vista a melhor perceber e responder às necessidades da criança, bem como a reflexão produzida à volta deste caso. Resumidamente, as nossas iniciativas de apoio à criança caracterizaram-se pela adoção de uma atitude positiva que funcionasse como referência comportamental...

Autoestima em contexto escolar: um estudo de caso

Monteiro, Arminda da Conceição L. M. Vinhas
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
96.1%
No âmbito da Prática Pedagógica Supervisionada e Seminário de Investigação Educacional, do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico, o presente trabalho propõe-se refletir sobre a importância que a promoção da autoestima assume em contexto escolar, a partir de uma prática orientada para o acréscimo de bem-estar emocional e implicação. Tratando-se de uma dimensão básica e estruturante do desenvolvimento pessoal e social da criança, relacionada com o sentimento de segurança, sentido de valor pessoal e competência, assume-se a possibilidade desta variável desempenhar uma função facilitadora de aprendizagens bem sucedidas e promotora de uma relação mais positiva com a escola. Enquanto dimensão estruturante e fundamental no desenvolvimento de competências, entende-se que a promoção da autoestima em contexto escolar deve ser implementada com a mesma intencionalidade pedagógica que os demais conteúdos escolares. Neste sentido, no decurso da prática pedagógica, a sua promoção foi implementada através de um conjunto de atividades e atitudes de reforço positivo, no sentido de proporcionar de forma intencional, coerente e continuada, experiências positivas, promotoras da autoestima do grupo em geral e de uma criança em particular. Tratando-se de um estudo de caso...

Crescer comigo e com os outros - desenvolvendo competências sociais

Tavares, Joana dos Santos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
75.93%
O presente trabalho reflete a experiência de um estudo de caso desenvolvido no âmbito de um projeto, que denominámos “CRESCER…Comigo e com os Outros!”, e que visou a promoção de competência social das crianças envolvidas. Pretendeu-se motivar as crianças para o desenvolvimento de atitudes de empatia, de respeito pelo outro e de entreajuda. O projeto foi realizado num contexto de 1.º ciclo, com uma turma de 21 crianças, com idades compreendidas entre os 7 e os 9 anos, durante o período de estágio curricular do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico da Universidade de Aveiro (1.º semestre de 2011-12). A observação e análise centraram-se particularmente nas crianças que revelaram baixos níveis de implicação e de bem-estar nas atividades propostas, aquando da primeira caraterização do grupo. Ao longo deste estudo, foram realizadas sessões com a turma, adotando maioritariamente a abordagem Filosofia para Crianças, de forma a estimular o pensamento crítico das crianças em torno das relações sociais. Também se desenvolveram diversas abordagens promotoras de trabalho colaborativo e de escuta dos colegas ao longo das diversas atividades escolares. A análise do processo e efeitos da intervenção revelam a importância do trabalho em torno da competência social...

Brincar, aprendizagem e desenvolvimento em jardim-de-infância

Leitão, Marlene Lourenço
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
86.04%
O presente relatório de estágio descreve um estudo desenvolvido no contexto de Prática Pedagógica Supervisionada do Mestrado em Educação Pré-escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico, tendo como principal objetivo investigar e refletir acerca do lugar do brincar num contexto de jardim-de-infância e acerca da sua importância para o desenvolvimento e aprendizagem das crianças. Neste sentido, realizámos um estudo de caso, recorrendo à observação e registo fotográfico/vídeo, procurando captar informação sobre a forma como o contexto integra e valoriza, ou não, o brincar das crianças. Ainda, analisou-se um conjunto de situações de brincar, considerando algumas características (ex. níveis de implicação, interesses identificados e áreas de desenvolvimento e/ou conteúdos curriculares implícitos) e implicações para a prática pedagógica. Este trabalho permitiu-nos concluir que, no contexto em estudo, o brincar não é devidamente valorizado na intervenção pedagógica do educador, o que se reflete na forma como a organização do espaço, materiais e dinâmicas ou rotinas instaladas acontecem. Consequentemente, o brincar das crianças pareceu-nos pouco complexo e elaborado, parecendo ser muito repetitivo. Não obstante...

Descobrindo o lugar e potencialidades do brincar no jardim-de-infância

Pinto, Alexandra Machado Meda
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
86.03%
Este relatório de estágio descreve um estudo de caso realizado no âmbito da Prática Pedagógica Supervisionada do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico. Foi sua principal finalidade perceber como é que o direito a brincar é assegurado no jardim-de-infância. Em particular, este projeto visou conhecer o lugar do brincar no dia-a-dia das crianças do grupo com quem estagiámos, observar momentos de brincar e perceber as suas potencialidades ao nível da promoção do bem-estar e do desenvolvimento das crianças. O estudo foi realizado recorrendo, principalmente, à observação direta e análise de gravações vídeo das crianças em momentos de atividade lúdica. Na análise do brincar das crianças considerámos os níveis de implicação evidenciados, os interesses e áreas de desenvolvimento/curriculares que se destacavam e estabelecemos relação com a prática pedagógica. Verificámos que, no dia-a-dia do jardim-de-infância, o brincar não é devidamente valorizado, não sendo dados nem espaços, nem materiais, nem tempo adequados para que aconteça um brincar rico, progressivamente mais complexo e envolvendo várias áreas do conhecimento. Tornou-se claro que o tempo de observação das crianças durante o seu brincar traz inúmeras mais-valias para o educador pois este ganha uma visão da individualidade e das necessidades e interesses das crianças que de outra forma dificilmente obteria...