Página 1 dos resultados de 127 itens digitais encontrados em 0.076 segundos

A configuração do dativo de terceira pessoa no português do Brasil e no português europeu com enfoque na fala do fortalezense culto; The strategies of substitution of the 3rd. person dative clitics in the Brazilian Portuguese and the European Portuguese in the speech of natives with superior degree (cult talker) of the city of Fortaleza

Dantas, Maria Alves Maia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/10/2007 PT
Relevância na Pesquisa
76.13%
Baseada em amostras (corpus) de língua oral do português brasileiro e europeu, este trabalho investiga as estratégias de substituição dos clíticos dativos de terceira pessoa no português do Brasil e no português europeu, bem como o uso de preposições introdutórias do dativo representado por sintagmas nominais. O objetivo é verificar as evidências de possível mudança paramétrica na variedade brasileira e evidenciar diferenças entre as alternativas utilizadas pelos falantes dos dois sistemas lingüísticos. Enfoca o uso dos complementos dativos de terceira pessoa em várias formas de representação na fala de nativos com grau superior de escolaridade (falante culto) da cidade de Fortaleza, Ceará (inquéritos do corpus Porcufort) e na fala de portugueses europeus (inquéritos do corpus CRPC), com verbos ditransitivos de transferência material e transferência verbal. Trabalhos científicos recentes indicam modificações no uso dos clíticos dativos de terceira pessoa na variedade do Brasil, distanciando-se do uso no português europeu. Os resultados sinalizam consideráveis diferenças entre as duas variedades: enquanto o português europeu faz largo uso dos clíticos dativo de terceira pessoa, no português do Brasil verifica-se sua substituição por estratégias alternativas como o uso de pronomes tônicos anafóricos...

Sintaticização e semanticização da partícula de negação rem segundo a abordagem multissistêmica; Syntacticization and semantization of the Latin particle rem from the Multissistemic Approach

Oliveira, Raquel de Fátima Cruz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
65.83%
Essa dissertação tem como objetivo discutir a sintaticização e a semanticização da partícula de negação rem, a partir de uma Abordagem Multissistêmica, que vem sendo desenvolvida por Ataliba Teixeira de Castilho --mormente em CASTILHO (2010) --uma de suas últimas versões sobre o assunto. O tema proposto será pesquisado utilizando-se exemplos do Corpus do Português1, de Davies e Ferreira, que traz uma boa representatividade da língua portuguesa -45 milhões de palavras, com textos de tipologia variada do português europeu e também brasileiro, abrangendo o período do século XIII ao XX. Essa pesquisa pretende ser uma contribuição ao estudo da negação no Português, haja vista a falta de estudos mais detalhados sobre esse tema em específico. Mostraremos também a vitalidade dessa estrutura desde o latim até o português, dando conta de seu percurso sintático.; The aim of this dissertation is to discuss the syntacticization and semantization of the Latin particle rem from the Multissistemic Approach ("Abordagem Multissistêmica"), which has been developed by Ataliba Teixeira de Castilho. In CASTILHO (2010), we can find one of his latest updates about this theory. The proposed discussion will use examples from Davies and Ferreira's Corpus do Português[1]...

A realização do sujeito na fala do portugues europeu

Carvalho, Gislaine Aparecida de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 259 f. : il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.03%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa - FCLAR; Este trabalho investiga a realização do sujeito na fala do português europeu, tradicionalmente descrito como língua de sujeito nulo, sob o enfoque teórico-metodológico da Variação e Mudança Lingüísticas, de linha laboviana. A análise em tempo aparente foi feita com base em amostras de fala de 10 localidades do território português, disponíveis no Corpus Dialetal para o Estudo da Sintaxe (CORDIAL-SIN). O objetivo central é buscar evidências que atestem ou refutem o português europeu como língua [+] pro-drop e, assim, contribuir para explicar a polêmica constituição do português brasileiro não-padrão. Os resultados que obtivemos mostram que a realização do sujeito pronominal não é um fenômeno uniforme no português europeu. De um lado, há fortes evidências que o afastam das línguas de sujeito nulo, de outro lado, o apagamento do sujeito, muito recorrente em algumas localidades, ainda é a forma não-marcada para essa língua; Polemics on the non-standard constitution of Brazilian Portuguese has created a demand for linguistic evidences in the field of linguistic variation and change. This dissertation by investigating the subject realization in European Portuguese is intended to find evidences to clarify controversies. Accordingly...

O sistema pronominal sujeito e objeto na aquisição do portugues europeu e do portugues brasileiro; The subject and object pronominal system in European portuguese and Brazilian portuguese acquisition

Telma Moreira Vianna Magalhães
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
65.99%
Esta tese insere-se no quadro da Teoria Gerativa, mais especificamente nos modelos de Princípios e Parâmetros (Chomsky, 1981 e seguintes). O objetivo deste trabalho é verificar como se desenvolve o sistema pronominal sujeito e objeto na aquisição do Português Europeu (PE) e do Português Brasileiro (PB). Para tanto, utilizou-se um corpus composto por 4 crianças (2 brasileiras e 2 portuguesas) com idade compreendida entre 1;9.0 e 3;0.0 anos. Apresenta-se uma descrição de como se desenvolve o sistema pronominal sujeito e objeto no período de aquisição dessas duas variedades do português, na tentativa de verificar as diferenças apontadas por várias pesquisas (Tarallo, 1993; Galves, 1986; 1987; 1998; Duarte, 1995), no que concerne ao aspecto sintático do uso de pronomes. Busca-se, também, verificar qual a relação entre o desenvolvimento do sistema pronominal e as opções paramétricas de cada língua.Os resultados dos dados de aquisição deste trabalho trazem evidências suplementares para as análises que propõem que as diferenças observadas entre as duas variedades derivam do fato de o PB ser uma língua orientada para tópico; This dissertation assumes the generative framework, notably, the Principles & Parameters model (Chomsky...

O uso de se com infinito na historia do portugues : do portugues classico ao portugues europeu e brasileiro modernos

Silvia Regina de Oliveira Cavalcante
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/01/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.07%
A análise sincrônica da variação 0 j se com infinitivo em amostras de fala (NurcjRJ e Português Fundamental) e de escrita (jornais) do Português Brasileiro (PB) e do Português Europeu (PE) revela uma diferença no percentual do uso de se com infinitivo: PE apresenta uma média de 8% de presença de se nas amostras de fala e de escrita, ao passo que PB apresenta uma média de 25% e de .50% de se na fala e na escrita respectivamente. partir de tais resultados, esta tese procura entender a evolução diacrônica de se com infinitivo que dá lugar a esse uso diferenciado em PE e PB. Para isso, trata da variação 0 j se numa amostra de textos de autores portugueses nascidos entre os séculos 16 e 19, que compõem o Corpus Anotado do Português Histórico - Corpus Tycho Emhe. Nesta amostra, a média de se com infinitivo sofre uma mudança: até o século 18 (período do Português Clássico - PCI), há 20% de presença de se nas infinitivas; a partir do século 18 (Português Europeu), há 10% de presença de se nas sentenças infinitivas. A análise se fundamenta (a) no tipo de se que pode aparecer junto ao infinitivo: sepassivo, se-indefinido e se-impessoal (cj. Raposo e U riagereka 1996 e Martins 2003), e (b) na natureza de AGR não finito em PB e PE (cj. Moreira da Silva 1983...

Riqueza morfológica e aquisição da sintaxe em português europeu e brasileiro

Gonçalves, Fernanda Maria Ribeiro
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
106.05%
"Sem resumo feito pelo autor"; Em termos teóricos, esta dissertação enquadra-se no quadro de investigação generativista, e, mais especificamente, na Teoria de Princípios e Parâmetros (TPP) (veja-se Chomsky, 1981 e 1986), assumindo-se os princípios fundamentais do Programa Minimalista (PM) (veja-se Chomsky, 1995a1, 1998 e 1999) da forma de que se passará a dar conta na secção seguinte. Ficando naturalmente fora dos objectivos do presente trabalho uma caracterização detalhada dos modelos teóricos referidos, assumem-se as referências que se passa a enunciar, para se fazer posteriormente menção às inovações teóricas mais recentes, sublinhando-se os aspectos relevantes para o corpo principal desta dissertação.2 A teoria generativista começou a delinear-se em Chomsky (1957), tendo-se desde o início procurado caracterizara Gramática Universal (Universal Grammar (UG)), ou seja, o conjunto de princípios comuns a todas as línguas, tidos como inatos, bem como a variação interlinguística que faz com que a essa universalidade na génese correspondam, inúmeras línguas, entendidas como instâncias concretas da capacidade especificamente humana de produzir linguagem verbal. Nesta medida, está necessariamente implicado na investigação generativista um esforço de comparação sistemática entre línguas e variantes...

Construções gerundivas no português europeu e brasileiro

Arsénio, Maraísa Magalhães, 1974-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
86.02%
Esta tese de Doutoramento, intitulada Construções com o Gerúndio no Português Europeu e Brasileiro, tem por objectivo analisar as gerundivas adverbiais e as predicativas. Relativamente às gerundivas adverbiais, procurarei: (i) afinar a proposta de Lobo (2003) quanto à natureza categorial das gerundivas adverbiais, nomeadamente mostrando que há gerundivas adverbiais não periféricas CPs que se adjungem a posições baixas como vP; (ii) demonstrar que há dois valores inerentes às gerundivas adverbiais, tempo e modo, aos quais outros sentidos se podem sobrepor: causa, condição, concessão, finalidade, instrumento; (iii) dar conta da ordem dos sujeitos realizados nas gerundivas absolutas periféricas, relacionando-a com o parâmetro de sujeito nulo no português europeu (PE) e a sua perda progressiva em brasileiro (PB): Aux/V-S para as línguas pro-drop (PE) e S-V para as não pro-drop (PB); (iv) caracterizar os sujeitos nulos das gerundivas no PB, tendo em conta a sua natureza tendencialmente não pro-drop. Quanto às gerundivas predicativas, procurarei: (i) demonstrar que há três tipos de gerundivas predicativas: orações complemento, descritivas e resultativas; (ii) diferenciar as predicativas descritivas das adverbiais de modo sintáctica e semanticamente; (iii) apresentar diferenças e semelhanças entre predicativas descritivas e resultativas...

Variação das unidades fraseoterminológicas da culinária entre português brasileiro e português europeu

Lara, Meire de Souza
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em /04/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.14%
A criação de uniões, como a União Europeia e o Mercosul, o aumento do intercâmbio de mercadorias, de informações e conhecimentos, etc. estabelece novos trabalhos na área da Terminologia Científica e Técnica, tanto bilíngue como monolíngue, inclusive entre variantes de uma mesma língua, como o Português Brasileiro (PB) e o Português Europeu (PE), o que torna relevante o conhecimento das variantes fraseoterminológicas entre duas normas linguísticas para o especialista e para o tradutor. Sendo a Culinária uma área que proporciona vários tipos de intercâmbios, como linguístico, cultural, mercantil, etc. e, dessa forma, necessitando trocar conhecimentos, nosso estudo propõe, através de uma perspectiva interdisciplinar que engloba a Terminologia, numa ótica variacionista, a Fraseologia e a Linguística de Corpus, estabelecer critérios para identificar, emparelhar, contrastar e descrever as unidades fraseoterminológicas (UFT) da Culinária do PB e do PE, almejando, por conseguinte, estruturá-las numa ferramenta que seja útil aos especialistas, estudantes e tradutores dessa área. O desenvolvimento deste trabalho está organizado em sete capítulos. O primeiro, apresenta a Culinária, traçando um panorama histórico dessa área...

As diferenças rítmicas entre o português europeu e o português brasileiro: uma abordagem otimalista e minimalista

ABAURRE,Maria Bernadete; GALVES,Charlotte
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP Publicador: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1998 PT
Relevância na Pesquisa
75.98%
O objetivo deste trabalho é discutir algumas diferenças rítmicas entre o Português Europeu e o Português Brasileiro, bem como a relação entre tais diferenças e fenômenos de redução de vogais pretônicas em ambas as línguas. Após a apresentação dos fatos básicos de PE e PB, mostramos que a questão não pode ser discutida sem que se leve em conta a colocação do acento secundário. Apresentamos, então, a abordagem do acento secundário em português baseada na aplicação de um algoritmo, representativa das análises da Fonologia Métrica. Depois de mostrar que esta abordagem determinística não pode explicar adequadamente a posição variável do acento secundário em ambas as línguas com respeito às palavras com um número ímpar de sílabas pretônicas, argumentamos a favor da interpretação do acento secundário, e portanto da construção de unidades rítmicas, na interface PF, conforme sugerido no Programa Minimalista chomskyano. Propomos também, inspiradas nas hierarquias de restrições como propostas na Teoria da Otimalidade, que essa interpretação deve levar em conta dois diferentes rankings de restrições, em PE e PB. Esses rankings diferentes explicariam, em última análise, as diferenças rítmicas entre as duas línguas...

Autocitação fictiva em português europeu e brasileiro

Rocha,Luiz Fernando Matos
Fonte: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Publicador: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2014 PT
Relevância na Pesquisa
85.94%
A Autocitação Fictiva (ROCHA, 2004, 2006) é um tipo discursivo de fictividade por meio do qual seus conceptualizadores impõem uma perspectiva avaliativa ao discurso direto. Por meio de um cenário não verídico de reportação discursiva, o agente ilocutório remete-se a um cenário prévio e suposto de fala, com propósito de permitir acesso mental ao cenário verídico de pensamento. O objetivo deste artigo é a descrição e análise da autocitação fictiva e sua co-extensão factiva em corpora orais de Português Europeu e Brasileiro, a partir da construção (EU) DISSE/FALEI X-ORACIONAL. Utilizam-se como dados o corpus C-ORAL-ROM Português (BACELAR DO NASCIMENTO et al., 2005) e o corpus C-ORAL Brasil (RASO; MELLO, 2010, 2012), bem como os corpora CINTIL (2011), NURC (2011) e um reality show. Os resultados apontam para contrastes conceptuais e diafásicos entre usos de "disse" e "falei" nas variedades nacionais, uma vez que o verbo "falar" não costuma ser usado para introduzir discurso reportado em PE e que certos frames interacionais são propícios ao surgimento de autocitação fictiva, como o reality show. Contudo, a fictividade afeta a autocitação em ambas variedades, mapeada por pistas que incluem reportação monológica...

A Concordância de número e de gênero entre o DP pronominal a gente e o predicativo: uma comparação entre o português brasileiro e o português europeu.; Number and gender agreement with the pronominal DP a gente and the predicative : a comparison between brazilian portuguese and european portuguese.

Tenório, Thaise dos Santos
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Linguística; Literatura Brasileira; Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Linguística; Literatura Brasileira; Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.97%
This dissertation develops a comparative study between Brazilian Portuguese (BP) and European Portuguese (EP) with the goal of analyzing the number and gender agreement between the pronominal DP a gente and the predicative in copular sentences. Our hypothesis, in relation to the gender, is that the pronominal DP a gente contains an internal feature specified in the lexicon which is not morphologically overt (cf. CHOMSKY, 1995). Thus, this feature yields an agreement relation with the predicate through Agree operation, which explains the overt morphology in this position. In relation to the number feature, it is assumed, contrary to Costa and Figueiredo Silva (2006), that both a dissociated morpheme and a singleton morpheme can occur in BP and in EP. The framework adopted in the analysis is the Minimalist Program, as developed in Chomsky (1995, 2000, 2001). The presented corpus of PB is introspection data and in which concerns the data of EP, they were provided by Pereira (2003).; Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Esta dissertação realiza um estudo comparativo entre o Português Brasileiro (PB) e o Português Europeu (PE) com o objetivo de analisar a concordância de número e de gênero entre o DP pronominal a gente e o predicativo em sentenças copulares. A hipótese de trabalho assumida...

Operação Agree e construções partitivas no português brasileiro e no português europeu.; Operation Agree and partitive constructions in Brazilian Portuguese and European Portuguese

Cerqueira, Mirian Santos de
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Linguística; Literatura Brasileira; Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Linguística; Literatura Brasileira; Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística; UFAL
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.07%
This study is according to Scientific Program of Generative Grammar, more specifically on minimalist assumptions of the Principle and Parameters Theory (CHOMSKY, 1993, 1995, 1998, 2001) and try to describe and analyse the subject-verb agreement into partitive constructions in Brazilian Portuguese (BP) and European Portuguese (EP) grammars. The main aim is provid an explanation for the type of overt morphologically agreement verified in sentences like: (i). The most of students do-past. 3pl. the homework. The most of students did the homework . For that, this research proposes as central hypothesis the idea that operation Agree according to Béjar (2003, 2008) can satisfactorily explain the partial agreement in question, taking the pressupost idea on specification/underspecification of phi-features ÉJAR, 2003, 2008; CARVALHO, 2008), as well the approach in which agreement is understood as feature sharing, according to idea elaborated by Frampton & Gutmann (2000a). In this thesis, it were applied some tasks to BP and EP speakers, aiming to verify the acceptability of these speakers with relation to the partial agreement in partitive constructions. The tasks results point out that in some contexts, Brazilian speakers accept more easily partial agreement than Portuguese ones.; Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; O presente estudo insere-se no Programa de Investigação da Gramática Gerativa...

A natureza de AGR e suas implicações na ordem VS: um estudo comparativo entre o português brasileiro e o português europeu

Silva, Cláudia Roberta Tavares
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Linguística; Literatura Brasileira; Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Linguística; Literatura Brasileira; Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística; UFAL
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.97%
In this thesis I do a comparative study between the Brazilian Portuguese Grammar (henceforth BP) and European Portuguese Grammar (henceforth EP) concerning to the word order, more specifically, with respect to the subject order in relation to the verb in finite declarative phrases. One defends that Verb-Subject order (VS) has been lost in the first language in (in)transitive contexts due a parametric change in the marking of Null Subject Parameter caused by weakness of AGR, what implies to consider that BP is losing the characterization of a prototypical null subject language as the EP for become a non-prodrop subject language as English. In this order, in inaccusative contexts, the visible morphologically agreement between a verbal inflection and the post-verbal DP is generally not observed and this DP can also be definite or indefinite, unlike what is proposed by Belletti s approach. Futhermore, researches have assumed that the subject position with respect to the verb comes from the fact of the syntax be conditioned by discoursive constraints. Therefore, with respect to these aspects, the goals of this research are: a) to develop an analysis about VS order in both grammars, considering the implications of the AGR richness for the position of the subjects ; b) to characterize this richness from the rediscussion of some theoretical proposals; c) to show counter-evidences to the proposal of that the word order codifies the informational structure; d) to explain the possibility of the non-visible morphologically agreement between the post-verbal DP and the verbal inflection in inaccusative contexts and its implications for the type of mechanism concerned to the nominative Case assignment and e) to argue against the universality of the Definiteness Efect on the post-verbal DP. To develope this study...

Análise fonético-acústica das vogais orais e nasais do português: Brasil e Portugal; Oral and vowels according to the acoustic phonetics perpective: Brazil and Portugal

Santos, Gisélia Brito dos
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL); Faculdade de Letras - FL (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL); Faculdade de Letras - FL (RG)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.89%
This Thesis presents an acoustic-phonetic analysis of the oral and nasal vowels of Brazilian Portuguese, specifically those of the speech community of Fortaleza dos Nogueiras, Maranhão and European Portuguese, in some speech data from the region of Lisbon, Portugal. The theoretical foundation is sustained on the postulates of Camara Jr. (1970 ), Mateus (1982), de Morais Barbosa (1994) and Moraes and Wetzels (1992), concerning nasality in Portuguese, especially in Brazilian Portuguese. The theoretical framework of Acoustic Phonetics is composed mainly by the work of Ladefoged (2003, 2006 and 2007), Ladefoged, Johnson (2008), Mateus et al. (2005), Delgado-Martins (1988), Morais Barbosa (1994), Malmberg (1998), Medeiros (2007), Medeiros et al. (2008) and Sousa, E. (1994). The informants used as subjects in this research, both Brazilian and Portuguese, are people with low education, low turnover, 50 years of age or older. The Brazilian informants were born and lived most of their lives in rural Fortaleza dos Nogueiras; the Portuguese live in the outskirts of Lisbon. The speech data in Brazil are a result of our field research conducted in 2011. The data from Portugal were provided by the Instituto de Linguística da Universidade de Lisboa and form part of the speech collection of ALEPG (Linguistic and Ethnographic Atlas of Portugal and Galicia). The acoustic-phonetic analysis of the data is made through the program of Speech Station by Sensimetrics for visualization of expectograms and to extract measurements of F1 and F2. We present the values of formants 1 and 2 of the oral and nasal vowels and these are compared in order to show what happens with the nasal vowel in relation to the corresponding oral; we highlight the acoustical characteristics of oral and nasal vowels; we show the articulatory triangle of vowels of the informants of the research highlighting the contours the vowels assume in articulation and the frequency bands in which each vowel stands. Finally...

Medidas Fonológicas em Crianças com Perturbação dos Sons da Fala. Estudo comparativo entre o português europeu e o português brasileiro.

Santos, Ana Filipa Barros dos
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /11/2014 POR
Relevância na Pesquisa
86.18%
O objetivo deste estudo é comparar as características de dois grupos de crianças com diagnóstico de Perturbação dos Sons da Fala (PSF), falantes de português europeu (PE) e falantes de português brasileiro (PB), considerando um conjunto de medidas fonológicas que incluem Percentagem de Consoantes Corretas (PCC), Percentagem de Consoantes Corretas Revista (PCC-R), Process Density Index (PDI), Índices Absolutos (IA) e Índices Relativos (IR) de Substituição, Omissão e Distorção, tipos de Processos Fonológicos e Percentagem de Acerto por Fonema (PAF). Método: Neste estudo participaram dezoito crianças com diagnóstico de Perturbação dos Sons da Fala (PSF), com idades compreendidas entre os cinco anos e dois meses e os sete anos e 11 meses, sendo doze do sexo masculino e seis do sexo feminino, divididas em dois grupos - falantes de português europeu (GPE) e falantes de português brasileiro (GPB) - emparelhadas por idade, sexo e valor de PCC. A partir da análise das transcrições fonéticas constantes nas folhas de registo de cada subteste de nomeação de cada sujeito - Teste Fonético-Fonológico - Avaliação de Linguagem Pré-Escolar (TFF - ALPE) (Mendes et al., 2009) para o português europeu, e provas de fonologia do Teste de Linguagem Infantil ABFW (Andrade et al....

Sentenças bitransitivas e objeto indireto no português brasileiro; Ditransitive sentences and indirect object in Bazilian Portuguese

Morais, Maria Aparecida Torres
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.05%
Adotando uma perspectiva comparativa, propomos que o PB se diferencia do PE na codificação gramatical dos argumentos dativos (objetos indiretos). Com base na teoria dos núcleos aplicativos, proposta em Pylkkänen 2008, e numa abordagem mais refinada da bitransitividade, explorada em Cuervo 2003/2010, propomos que inovações nas estratégias de realização do objeto indireto pronominal, levando à perda dos clíticos lhe/lhes nos usos anafóricos de 3ª pessoa, relacionam-se à perda da preposição a como marcador de caso dativo. Tais mudanças atestam a perda da expressão morfossintática da bitransitividade no português brasileiro, em oposição ao português europeu. Nossa proposta é que a variação interlinguística resulta de uma mudança paramétrica, definida na perda do núcleo aplicativo baixo no português brasileiro. Por fim mostramos que a conexão entre Caso dativo e expressão de parâmetros sustenta a teoria dos Princípios e Parâmetros, segundo a qual a variação é determinada no léxico, em termos dos traços das categorias funcionais.; In this paper, the syntax of dative arguments (indirect objects) in Brazilian Portuguese is examined in a crosslinguistic perspective with European Portuguese. It is shown that the grammatical expression of BP indirect object has undergone significant changes...

Contraste da sintaxe dos clíticos no português europeu e português brasileiro

Morais, Maria Aparecida Torres; Ribeiro, Ilza
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 04/04/2005 POR
Relevância na Pesquisa
65.96%
O texto trata dos padrões de colocação dos clíticos argumentais no português europeu (PE) e português brasileiro (PB), com base em um corpus de língua escrita. Para descrever os contrastes entre as duas variedades d oportuguês foi escolhido um autor contemporâneo, Paulo Coelho, e seu livro O Alquimista, escrito em 1988.

Representações das categorias cognitivas e sua diacronia. Interface Linguística cognitiva - Linguística histórica; Título em Inglês

Castilho, Ataliba Teixeira de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 04/06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
65.85%
A partir dos anos 80 do século passado, a Linguística histórica voltou a ocupar aatenção dos linguistas brasileiros. O objetivo deste trabalho é identificar novos rumos napesquisa diacrônica. Para isso, dividi o texto em três secções: momentos da Linguística histórica,sistemas complexos e Linguística histórica, representação da categoria de MOVIMENTO nahistória da língua portuguesa. Nas conclusões, propõe-se que o Princípio de projeção reúnetodas as manifestações linguísticas de MOVIMENTO.; Since the nineteen-eighties onwards, Historical Linguistics has been given fresh attention by Brazilian linguists. This text aims to point out new trends in current diachronic research. To this end, the text is divided into three sections: key theoretical developments in Historical Linguistics, complex systems and Historical Linguistics, the representation of the cognitive category MOTION in the history of the Portuguese language. In the conclusion, a Principle of projection has been proposed in order to put together different manifestations of MOTION.

Título em Inglês; Sobras e sombras nobres e plebeias do século XVI

Santiago-Almeida, Manoel Mourivaldo; Jubilato, Manoella Neres; Schreiner, Cátia
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 04/06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
65.99%
Tendo como base o livro Ditos portugues dignos de memória (1997) – elaborado apartir da tradição oral do português quinhentista (registros de fala extraídos do cotidiano danobreza à plebe) – este texto destaca lexias e expressões consideradas fora de uso no atualportuguês europeu, e que, em contrapartida, são do uso corrente no português brasileiro dehoje.; Based on the book Ditos portugues dignos de memória (1997) – which deals with the oral tradition of the portuguese language of the 1500s ( with register of speech taken from daily language from nobility to the common man ) – this text highlights lexicon and expressions currently considered to be out of use in European Portuguese, but which are common in present-day Brazilian Portuguese.

Integrando a variação social e métodos quantitativos na investigação sobre linguagem e cognição: para uma sociolinguística cognitiva do português europeu e brasileiro

Silva, Augusto Soares da
Fonte: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2008 POR
Relevância na Pesquisa
106.02%
 Este artigo tem um objectivo duplo. Um é argumentar sobre a necessidade de integrar sistematicamente a variação linguística e a metodologia do corpus acompanhada de métodos quantitativos e de análise estatística no estudo cognitivo da linguagem, tal como tem sido desenvolvido pela Linguística Cognitiva. O outro, e mais importante, é apresentar um programa de sociolinguística cognitiva do português europeu e brasileiro centrado na questão da convergência e divergência entre as duas variedades nacionais nos últimos 50 anos.Primeiramente, assinalaremos duas tensões no desenvolvimento actual da Linguística Cognitiva (uma no objecto e outra no método) e mostraremos como é que a sua perspectiva baseada no uso implica integrar e complementar o objecto social e a metodologia empírica.A seguir, identificaremos os contributos específicos da emergente Sociolinguística Cognitiva e do método dos perfis onomasiológicos para o estudo da variação linguística. Finalmente, apresentaremos os resultados da nossa investigação sociolexicológica sobre convergência e divergência nos vocabulários do futebol e do vestuário – as duas variedades convergem no futebol e divergem no vestuário – e indicaremos as extensões desta primeira fase da investigação para os domínios das palavras funcionais e das variáveis não-lexicais.