Página 1 dos resultados de 5 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

O pensamento epistemológico de Karl Popper; The epistemologist thought of Karl Popper

Schmidt, Paulo; Santos, José Luiz dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.72%
Desde a antiguidade, o critério de demarcação entre o que é ciência e o que não é ciência tem sido discutido. A noção que então se tinha de ciência coincidia com a busca do saber absoluto. Tornava-se necessária, para os pensadores gregos, entre eles, Aristóteles, Pitágoras e Descartes, a consolidação de uma distinção precisa entre o saber contingente e o saber necessário, pois o único discurso que poderia satisfazer às exigências do rigor científico era aquele que apontasse, nos fenômenos, conexões causais cuja necessidade pudesse ser demonstrada. Antes de Popper, o pensamento filosófico ocidental atravessou séculos tentando explicar por que nossas teorias frequentemente estavam erradas. Em sua obra fundamental, A Lógica da Pesquisa Científica, Karl Popper coloca em novos termos a discussão epistemológica ao demonstrar que o erro, em vez de ser um mal que pode ser evitado através do recurso a algum procedimento metodológico específico, constitui componente inevitável de qualquer teoria científica, sendo o motor pelo qual a ciência se move Buscando captar a lógica do desenvolvimento da ciência, Popper inicia sua exposição destruindo aquele que talvez fosse, de todos os princípios filosóficos...

A filosofia de Karl Popper e suas implicações no ensino da ciência

Silveira, Fernando Lang da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.24%
Resumo não disponível

A filosofia da ciência de Karl Popper : o racionalismo crítico

Silveira, Fernando Lang da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
86.32%
A filosofia de Karl Popper - o racionalismo crítico - é apresentada. Para ele todo o conhecimento é falível e corregível, virtualmente provisório. O conhecimento científico é criado, construído e não descoberto em conjuntos de dados empíricos. A refutabilidade demarca a ciência da não-ciência e a atitude de colocar sob crítica toda e qualquer teoria permite o aprimoramento do conhecimento científico. A teoria do conhecimento, dos Três Mundos e o problema cérebro-mente são discutidos.

A metodologia dos programas de pesquisa : a epistemologia de Imre Lakatos

Silveira, Fernando Lang da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.19%
A epistemologia de Imre Lakatos - metodologia dos programas de pesquisa - é apresentada. Um programa de pesquisa constitui-se de um núcleo firme (conjunto de hipóteses ou teoria irrefutável por decisão dos cientistas), de uma heurística que instrui os cientistas a modificar o cinturão protetor (conjunto de hipóteses auxiliares e métodos observacionais) de modo a adequar o programa aos fatos. Um programa é progressivo quando prevê fatos novos e alguma destas previsões é corroborada; ele é regressivo quando não prevê fatos novos, ou, os prevendo, não são corroborados. A história da ciência é a história dos programas em concorrência; as chamadas revoluções científicas constituem-se em um processo racional de superação de um programa por outro. Implicações da epistemologia de Lakatos e Popper - ambos racionalistas críticos - para o ensino de ciências são discutidas.

Teoría de la educación según el racionalismo crítico de Karl Poppe; bases epistemológicas y teoría sociopolítica

Burgos, Campo Elías
Fonte: Universidad Sergio Arboleda; Filosofía y Humanidades Publicador: Universidad Sergio Arboleda; Filosofía y Humanidades
Formato: pdf
Relevância na Pesquisa
86.59%
Seguramente las ideas de Popper representan buena parte del desarrollo filosófico más importante del siglo XX. Desde su contexto académico y desde la reconstrucción de sus planteamientos epistemológicos y sociopolíticos puede inferirse su concepción educativa, según la cual, el desarrollo del espíritu investigativo puede contribuir al fortalecimiento de la democracia. Aquí explicitamos los fundamentos de tal concepción. En la elaboración de esta obra se tuvieron en cuenta aportes de quienes, de manera permanente o esporádica, formaron o forman parte del Grupo de Investigación Mundo 3 de la Escuela de Filosofía y Humanidades de la Universidad Sergio Arboleda.