Página 1 dos resultados de 1449 itens digitais encontrados em 0.067 segundos

Cultura e juventude: a formação dos jovens nos Pontos de Cultura; Culture and youth: young people's formation at Culture Points

Vilutis, Luana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
95.91%
Esta pesquisa tem como objetivo identificar a relação entre o acesso à cultura, o processo pedagógico de formação de jovens e sua inserção comunitária. Para tanto, baseamos este estudo na experiência de jovens que participaram da formação realizada em Pontos de Cultura, instituições contempladas no programa Nacional de Cultura, Educação e Cidadania - Cultura Viva e que implementaram a ação Agente Cultura Viva. Situamos esse programa na cena pública cultural brasileira do período de 2003 a 2008, marcada pelo debate sobre a formulação de políticas de valorização da diversidade de expressões culturais. Para fundamentar a análise desta pesquisa, partimos da compreensão de que a cidadania cultural e o direito à cultura são pressupostos da pluralidade da criação cultural. É nesse contexto de interculturalidade que os agentes mediadores de cultura assumem papel relevante para o desenvolvimento da ação cultural, pois são sujeitos que circulam por diferentes espaços, transitam em contextos variados e participam de iniciativas diversas. A prática educativa dos jovens estudados se constituiu em uma ação problematizadora e organizadora da experiência cultural que potencializa as escolhas dos jovens em termos de seu trabalho e da expressão de sua identidade. O trabalho de campo foi realizado nos anos de 2007 e 2008 e reuniu entrevistas com 17 jovens homens e mulheres que participaram da formação da ação Agente Cultura Viva em dois Pontos de Cultura da Zona Leste da cidade de São Paulo. É possível identificar recorrências nos relatos dos jovens entrevistados...

Desafios jurídicos e administrativos da política cultural comunitária: um estudo dos Pontos de Cultura no estado de São Paulo; Legal and administrative challenges of the community cultural policy - a study of the Pontos de Cultura in the state of São Paulo.

Lima, Luciana Piazzon Barbosa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
106.05%
O programa Cultura Viva, criado pelo Ministério da Cultura em 2004, constituiu-se como uma experiência inovadora na política cultural brasileira ao apoiar segmentos historicamente marginalizados nesse campo. Por meio do financiamento direto de associações culturais da sociedade civil a partir de suas demandas e sem objetos pré-definidos, o fomento aos Pontos de Cultura acabou por tornar-se um paradigma de política cultural comunitária. No entanto, sua implementação encontrou entraves jurídicos e administrativos que acabaram por se refletir na prestação de contas das instituições beneficiadas. Buscando contribuir com a expansão dos Pontos de Cultura e aprimoramento do programa, esta pesquisa realizou um diagnóstico aprofundado destes problemas de implementação. A partir do levantamento das principais dificuldades encontradas pelos Pontos de Cultura na gestão dos recursos públicos e prestação de contas, a hipótese que norteou o desenvolvimento deste trabalho era a de que o repasse no formato de convênios não se adéqua à perspectiva inclusiva do programa, fazendo com que apenas as instituições dotadas de maior estrutura administrativa e experiência prévia na gestão de recursos públicos não apresentassem problemas na prestação de contas. Além disso...

Mediações entre cultura, informação e política: reflexões sobre o Programa Nacional de Cultura, Educação e Cidadania - Cultura Viva; -

Nogueira, João Robson Fernandes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/11/2014 PT
Relevância na Pesquisa
85.85%
As políticas públicas da área da cultura no Brasil contemporâneo, fundadas a partir de noções antropológicas, sociodemocráticas e midiáticas, medeiam campos e circuitos diferenciados para a comunicação do conhecimento, o que coloca a Ciência da Informação frente a novas e importantes questões. O objetivo deste estudo exploratório e descritivo foi mapear, compreender e avaliar as mediações culturais, técnicas e da informação nas relações entre poder público e arranjos institucionais locais para a formulação/implantação de políticas de cultura, com foco na produção, circulação e apropriação de conhecimentos em redes e movimentos sociais. Como objeto de estudo buscamos analisar uma política pública de cultura denominada Programa Nacional de Cultura, Educação e Cidadania - Cultura Viva - a partir de uma perspectiva local, com foco em pesquisa de campo/estudo de caso - e outros métodos da teoria social como entrevistas semi(ou não)-estruturadas e análise de redes sociais (ARS) - do processo de constituição e desdobramento da Rede Municipal de Pontos de Cultura de Ribeirão Preto-SP (2011-2014), destacando o papel dos atores presentes nesses processos e as trocas que estabelecem entre si. Com base em uma abordagem teórico-metodológica em interface interdisciplinar com outros campos e questões dos estudos culturais...

Políticas públicas e organizações culturais : o caso do programa Cultura Viva

Medeiros, Anny Karine de
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.91%
A pesquisa traz um olhar exploratório sobre as organizações culturais que compõem o campo organizacional da cultura e são beneficiadas por políticas culturais baseadas em financiamento. Para tanto é analisado o programa Cultura Viva – Programa Nacional de Cultura, Educação e Cidadania, que busca alterar o foco das políticas culturais para os processos culturais existentes nas comunidades, criando pontos de cultura, enquanto grande parte das demais políticas culturais (em especial aquelas baseadas no modelo de mecenato) ainda tem peso maior em grandes ações, concentradas regionalmente. Neste sentido, o objetivo da presente pesquisa é analisar como os pontos de cultura passam a integrar o campo organizacional da cultura no estado de São Paulo. A fim de atender este objetivo, a pesquisa parte da revisão da literatura especializada e de documentos governamentais sobre o programa Cultura Viva. A fim de complementar tais informações, foram coletados dados sobre o programa em âmbito nacional, e realizou-se um estudo de caso no estado de São Paulo, por meio de entrevistas semiestruturadas, e de survey com organizações que passaram a compor o programa Cultura Viva. A presente pesquisa aponta como o programa Cultura Viva modifica o campo organizacional da cultura...

Pontos de cultura e saúde : um estudo sobre o capital social dos jovens participantes

Bezerra, Luiza de Almeida
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
105.97%
Este trabalho estuda comunidades da zona norte de Porto Alegre que entraram em contato com a política pública dos Pontos de Cultura e Saúde, programa do Ministério da Cultura em parceira com o Grupo Hospitalar Conceição (GHC). Pretendeu-se analisar os efeitos produzidos nas redes de relações sociais dos jovens que pertencem a grupos segregados socialmente e que participaram da política pública aqui estudada, buscando averiguar se houve mudança na trajetória de vida desses jovens devido à participação no Programa. Os resultados foram bastante significativos, demonstrando que houve diversificação e ampliação das redes de relações dos jovens Agentes, além de terem redefinido suas posições dentro da comunidade, bem como mudado suas perspectivas e aprendido novas habilidades. Coloca-se ao final da pesquisa a necessidade de aprofundar tal estudo, ampliando a amostra no intuito de verificarmos se os efeitos encontrados aqui se estendem para os demais Pontos de Cultura.; This research studies the communities of North Zone of Porto Alegre which got in touch with the public politic of Pontos de Cultura e Saúde, a program of Ministry of Culture in partnership with the Grupo Hospital Conceição (GHC), an important hospital of the city. It intended to analyses the effects produced in the social networks of the young people that participated of this public politic...

Rede cultural no espaço cidadão : interações e conexões para a democratização do acesso à arte e cultura no Distrito Federal

Muruga, Mariela Norma
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
85.92%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Programa de Pós-Graduação em Arte, 2014.; Nas últimas três décadas, começou-se a elaborar diretrizes para a criação de políticas públicas incentivando o desenvolvimento cultural dos países. A partir da compreensão das expressões artísticas e culturais como fatores modificadores do tecido social e econômico de uma cidade, pretende-se analisar as possibilidades de configuração de uma rede dentro do espaço urbano, que vise a colaborar, difundir e, sobretudo, gerar ações para que o cidadão tenha maior acesso e participação nas áreas da arte e da cultura do Distrito Federal. Para isso, apresentou-se o contexto socioeconômico e tecnológico da cidade que permite dar sustento e possibilidades de desenvolvimento para a Rede e, como universo de análise, foram escolhidos os Pontos de Cultura do Programa Cultura Viva. Desta forma, por meio da Análise de Redes, foi criado um cenário possível de interação que ganhou ainda mais força quando conseguimos comprovar que o Distrito Federal conta com os recursos socioeconômicos necessários para que este modelo de rede proposto se concretize, identificando também nos Pontos de Cultura potenciais indicadores culturais do Distrito Federal. Finalmente...

Pontos de Cultura: contribuições para a Educação Popular em Saúde na perspectiva de seus coordenadores

Nespolo,Gabriela Fabian; Duarte,Êrica Rosalba Mallmann; Rocha,Cristianne Maria Famer; Ferla,Alcindo Antônio; Ferreira,Gímerson Erick; Oliveira,Gustavo Costa de; Lima,Beatriz Santana de Souza
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
95.89%
O objetivo deste artigo consiste em analisar contribuições dos Pontos de Cultura para a Educação Popular em Saúde, a partir da visão dos seus coordenadores. Procedeu-se a uma pesquisa qualitativa de caráter descritivo-exploratório, entrevistando oito coordenadores desses pontos. Os dados sugerem que os Pontos de Cultura se constituem espaços de valorização do diálogo, onde é possível potencializar momentos de fala e escuta, bem como de respeito pelos saberes, experiências e emoções. Aludem que, a partir de tal iniciativa, é possível potencializar o envolvimento popular em ações voltadas à promoção da saúde fortalecendo, assim, a participação coletiva e os laços de solidariedade na comunidade. Revelam, ainda, que eles funcionam como espaço de criação cultural e protagonismo social, os quais possibilitam o estreitamento dos laços entre cultura e saúde e valorizam as características subjetivas dos sujeitos.

Classificação dos laços entre gestores e Stakeholders na rede dos pontos de cultura no grande Recife

Melo,Paulo Thiago Nunes Bezerra de; Régis,Helder Pontes
Fonte: Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia Publicador: Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
115.91%
Este artigo aborda a classificação das relações entre os gestores dos Pontos de Cultura e seus stakeholders no Grande Recife. Para isto, tem como base teórica a tipologia de stakeholders de Mitchell, Agle e Wood, que trata das relações de poder, legitimidade e urgência. A ARS - Análise de Redes Sociais foi empregada para dar suporte metodológico ao cabedal teórico da tipologia de stakeholders. Partiu-se das hipóteses de que as técnicas de ARS permitem observar as relações entre stakeholders e os seus papéis na percepção de diferentes gestores, e que os gestores percebem stakeholders, os quais constituem uma rede caracterizada por agrupamentos de laços fortes e atores centrais. Foram utilizadas técnicas de ARS e um questionário para avaliar as relações de poder, legitimidade e urgência na rede. De maneira geral, os stakeholders dos Pontos de Cultura analisados são atores vistos como legítimos nos níveis individual, organizacional e social, são ativos na busca de atenção dos gestores e têm alta influência simbólica. Após o mapeamento da rede dos Pontos de Cultura do Grande Recife, foi possível observar que ela é amplamente caracterizada pela presença de relações de legitimidade, fazendo com que muitos atores sejam classificados como stakeholders discricionários.

Pontos de cultura, particularidades na gestão? : um estudo na primeira capital brasileira da cultura

Cabral Nogueira, Alessandra; Amantino de Andrade, Jackeline (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
115.84%
O lançamento de um programa do Governo Federal com uma proposta abrangente de gestão compartilhada e transformadora para organizações culturais, e os desafios encontrados por estas entidades em se relacionar com o proponente, despertou a curiosidade em se verificar a existência de influência deste na gestão das organizações denominadas Pontos de Cultura, uma vez que as discussões nesse campo dos estudos organizacionais crescem ao decorrer dos anos, principalmente as pautadas na ruptura com o modelo burocrático. Assim a pesquisa às organizações analisadas foi fundamentada em duas categorias: graus de burocratização e bases de racionalidade em sua lógica de ação. A dimensão graus de burocratização foi encontrada em coeficientes de desenvolvimento diferentes, e no que concerne às bases de racionalidades, foram verificadas em intensidades muito diferentes nos dois casos. As conclusões demonstram que os perfis das organizações pesquisadas são diferenciados e que em uma percebe-se o risco de uma mudança na sua lógica de ação original, haja vista o cálculo utilitário permear as conseqüências de sua sobrevivência. E a outra a tendência a total adesão ao modelo burocrático de gestão. Conclui-se ainda que existe influência do Programa nas categorias analisadas...

Análise das Dimensões da Sustentabilidade dos Pontos de Cultura em Pernambuco

Maria Rodrigues Diniz, Luísa; Amélia Pereira de Carvalho, Cristina (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
115.92%
O Programa Cultura Viva é uma política pública federal elaborada e implantada na gestão de Gilberto Gil no Ministério da Cultura. O discurso deste programa apresenta uma forma diferenciada de se trabalhar a cultura no país, historicamente preterida da agenda governamental: há o reconhecimento da cultura como cidadania e o seu papel fundamental na consolidação do processo democrático. O foco do programa são os grupos culturais que até então não foram contempladas pelas políticas públicas governamentais. Entre os propósitos do Programa está a sustentabilidade destes grupos. Nesta pesquisa analisa-se os Pontos de Cultura, expressões culturais que envolvem a comunidade em atividades de arte, cultura, cidadania e economia solidária. A sustentabilidade tratada aqui abrange, além do aspecto econômico (geralmente destacada quando se trata do âmbito organizacional), as dimensões técnico-gerencial, social e política. A análise dos dados colhidos em entrevistas com os Pontos de Cultura mostrou que há níveis diferenciados do impacto do PCV nas dimensões da sustentabilidade, bem como não foram percebidas contribuições do programa em todas as organizações entrevistadas. Transcorridos quatro anos do programa é o momento de fazer um balanço das ações desenvolvidas e...

Pontos de cultura em Olinda-PE: territórios de saberes e tessituras para o turismo de base comunitária

Marinho, Alba Lúcia da Silva; Maciel, Caio Augusto Amorim (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
105.98%
Esta tese tem por foco os Pontos de Cultura destacadamente aqueles situados em Olinda, Pernambuco, enquanto espaços de práticas culturais de interesse turístico. Trata-se de uma tentativa de avaliar a partir do local, ou seja, da territorialidade dos atores sociais, as mudanças suscitadas por essa política de governo. Ainda que de forma indireta, se situa no campo de estudos sobre as políticas públicas culturais vigentes no Brasil entre os anos 2003-2012, mais especificamente o Programa Cultura Viva, e a repercussão da política implantada pelo Ministério da Cultura (MinC). E nessa perspectiva, como os Pontos de Cultura se articulam entre si e com as relações de poder locais e globais, ou seja, como lidam com as horizontalidades e verticalidades. Faz isso sob a perspectiva da Geografia Cultural, sem abrir mão da interdisciplinaridade. Como instrumento de coleta de dados, fez uso da investigação bibliográfica, pesquisa de campo com entrevistas semi-estruturadas, e observação participante, método este que se mostrou o mais relevante para os resultados obtidos. Parte da hipótese de que a concretização de uma rede formada pelos Pontos de Cultura é imprescindível para que eles tenham vida própria e permaneçam desenvolvendo as atividades em suas territorialidades. Sugere a inserção do turismo de base comunitária enquanto atividade econômica complementar à sustentabilidade dos Pontos. Neste cenário...

Pontos de cultura em Olinda-PE: territórios de saberes e tessituras para o turismo de base comunitária

Marinho, Alba Lúcia da Silva; Maciel, Caio Augusto Amorim (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
105.98%
Esta tese tem por foco os Pontos de Cultura destacadamente aqueles situados em Olinda, Pernambuco, enquanto espaços de práticas culturais de interesse turístico. Trata-se de uma tentativa de avaliar a partir do local, ou seja, da territorialidade dos atores sociais, as mudanças suscitadas por essa política de governo. Ainda que de forma indireta, se situa no campo de estudos sobre as políticas públicas culturais vigentes no Brasil entre os anos 2003-2012, mais especificamente o Programa Cultura Viva, e a repercussão da política implantada pelo Ministério da Cultura (MinC). E nessa perspectiva, como os Pontos de Cultura se articulam entre si e com as relações de poder locais e globais, ou seja, como lidam com as horizontalidades e verticalidades. Faz isso sob a perspectiva da Geografia Cultural, sem abrir mão da interdisciplinaridade. Como instrumento de coleta de dados, fez uso da investigação bibliográfica, pesquisa de campo com entrevistas semi-estruturadas, e observação participante, método este que se mostrou o mais relevante para os resultados obtidos. Parte da hipótese de que a concretização de uma rede formada pelos Pontos de Cultura é imprescindível para que eles tenham vida própria e permaneçam desenvolvendo as atividades em suas territorialidades. Sugere a inserção do turismo de base comunitária enquanto atividade econômica complementar à sustentabilidade dos Pontos. Neste cenário...

A imagem da pessoa comum: sobre os filmes dos pontos de cultura de natal/rn

Leal, Maira Moraes Cardoso
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
85.93%
The following research aims to address the image of the ordinary person in the films of the Pontos de Cultura (Culture Points) in Natal-RN. About ten years the Federal Government of Brazil created the Cultura Viva (Living Culture) program. It enabled the State to support financially civil society organizations that had developed cultural works in communities across the country. Along with the resources the program developed, in parallel, another action, Cultura Digital (Digital culture), intended to bring the tools of digital technology for people who have never had access to them. As a result of these initiatives were produced short films. These films were characterized by the presence of the image of the ordinary person. The creation of this type of cultural product was benefited by state initiative, however, it was inserted within a historical, political and cultural construction whose research was necessary for this image understood to be understood by its importance: it is the expression of emancipation the ordinary person and not just as a consumer of culture, it identifies them as the protagonists of the society and recognizes their vital role in its organization; Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Este trabalho visou tratar da imagem da pessoa comum nos filmes dos Pontos de Cultura de Natal/RN. A partir de 2003 o Governo Federal do Brasil criou o programa Cultura Viva. Por meio de edital...

A Biblioteca virtual de música da UFSC na rede de pontos de cultura; The virtual music library of UFSC in the points of culture network

Lima, Clóvis Ricardo Montenegro de; Santini, Rose Marie
Fonte: UFG Publicador: UFG
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
105.84%
A biblioteca Virtual de Música - BVM do Pontão de Cultura da UFSC é proposta inovadora de mediação entre produtores e usuários de música na sociedade da informação. A propriedade intelectual é desafio para formação de acervos musicais de acesso livre. Apesar disto, proliferam sites de compartilhamento na Internet. Há comunidade emergente de pesquisadores da organização e recuperação da música. A biblioteca virtual está sendo construída em software livre. Conclui-se que a BVM pode funcionar como articuladora da rede de Pontos de Cultura, contribuindo para preservação e promoção da diversidade cultural.; [en]The virtual library of music - the VLM of UFSC Big Point of Culture is an innovative way of mediation between music producers and users in the information society. Intellectual property is a challenge for formation of music collections for open access. Despite this, proliferate-sharing sites on the Internet. An international community of researchers in the organization and retrieval of music was born. The VLM is built on free software. We conclude that the VLM can articulate Points of Culture, contributing to preserving and promoting cultural diversity.

Diversidade cultural e produção colaborativa no pontão de cultura da Universidade Federal de Santa Catarina; Cultural diversity and collaborative production in the point of culture of Santa Catarian Federal University

Lima, Clóvis Ricardo Montenegro de; Galdo, Alessandra; Bittencourt, Marilia; Diniz, Tahiná Lameiras
Fonte: UFBA Publicador: UFBA
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
95.87%
Neste artigo descreve-se o processo de implantação do Pontão de Cultura na UFSC. São apresentados a estratégia e os conceitos orientadores dos Pontos e Pontões de Cultura, do programa Cultura Viva do Ministério da Cultura. O conceito de diversidade cultural é consagrado em declaração da UNESCO de 2002. A produção colaborativa é forma solidária de ação coletiva, que pode ser potencializada pelo uso das novas tecnologias de informação e comunicação. A implantação do Pontão pode ampliar o acesso e o uso ativo dos meios de produção cultural na Universidade e fomentar a implantação de Pontos de Cultura em Santa Catarina. Conclui-se que a UFSC deve interiorizar o conceito de diversidade cultural e incorporá-lo nas suas ações, inclusive na formação profissional, e que o Pontão deve interagir e colaborar com as redes de produção cultural e de economia solidária para preservar e promover a diversidade cultural.; [en]This article describes is the process of deploying the Point of Culture in UFSC. Are presented strategy and guiding concepts of Points of Culture, of Ministry of Culture. The concept of cultural diversity is enshrined in the UNESCO declaration of 2002. The collaborative production is supportive manner of collective action...

Código aberto e produção colaborativa nos pontos de cultura

Lima, Clóvis Ricardo Montenegro de; Santini, Rose Marie
Fonte: UFBA Publicador: UFBA
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
105.94%
Os Pontos de Cultura, que estão sendo criados em todo o país, fomentados pelo Ministério da Cultura, fazem parte das estratégias de ampliação do acesso às novas tecnologias de informação e comunicação. A formação de territórios conectados a plataformas tecnológicas, onde se produz, registra e compartilha texto, som e imagem, e outras formas de criação artística, ampliam os espaços de inclusão digital e potencializa processos de inclusão e bem-estar social. Os Pontos têm a finalidade de ampliar e qualificar o processo de inclusão digital, através da criação e implementação de uma rede horizontal de articulação e disseminação de ações e vontades criadoras. A efetivação da “dimensão digital” implica que os grupos selecionados receberão equipamentos multimídia. A iniciativa dos Pontos de Cultura destaca o potencial das novas tecnologias como dispositivos articuladores e organizadores da sociedade, entrelaçando experiências, saberes e informações. Em meados de 2007 são quase 600 Pontos de Cultura funcionando em todo o país.; [en]The Points of Culture, that are being created in all the country, fomented for the Ministry of Culture, are part of the strategies of magnifying of the access to the new technologies of information and communication. The formation of hardwired territories the technological platforms...

Cultura viva: as práticas de pontos e pontões; Living culture: the practical in the work of culture points

Bezerra, Analúcia Sulina; Medeiros, Anny Karine de; Vilutis, Luana; Lima, Luciana Piazzon Barbosa; Ziviani, Paula
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Livros
PT-BR
Relevância na Pesquisa
95.95%
Este livro reúne o material produzido no âmbito da segunda avaliação coordenada pelo Ipea do Programa Arte, Cultura e Cidadania – Cultura Viva, de responsabilidade do Ministério da Cultura (MinC). O principal objetivo deste trabalho foi o de produzir uma reflexão crítica e avaliativa a respeito do que foi realizado pelo programa ao longo de seus quase sete anos de existência. A abordagem adotada foi a de analisar as práticas culturais e institucionais das organizações e das associações que fazem ou fizeram parte do programa Cultura Viva – e não focar nos processos de gestão do MinC –, deixando vir à tona a visão de pontos e pontões de cultura. Ocorreu observação empírica da realidade de uma amostra dos pontos de cultura e do acompanhamento, durante um período de tempo, de suas atividades, por meio de processo de imersão no campo das atividades culturais e de entrevistas em profundidade. A organização do conteúdo permite a leitura em dois blocos de abordagens distintas, distribuídos em vários capítulos, mas que se complementam: um de viés mais analítico e reflexivo e outro mais descritivo com relatos da realidade vivida durante o trabalho de imersão. Assim, o livro registra parte da complexa discussão realizada durante a avaliação...

Evaluation of potential future development of experimental laboratory how cells co-management in points of culture municipio Santos - SP; Avaliação do potencial de desenvolvimento de futuros laboratórios experimentais como células de co-manejo nos pontos de cultura do município de Santos - SP

Begalli, Maira; Ramires, Milena; Clauzet, Mariana
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 20/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
105.94%
This paper identifies and evaluates the Points of Culture in the city of Santos, São Paulo State, aiming to detect possibilities for future developments of experimental laboratories as nuclei for co-management. The survey, which used as source the Network Catalog of Culture Points of São Paulo State to identify points (BRAZIL 2012), was carried out between June and July 2012. It was identified two Points of Culture: the “Project Parcel”, located in the continental area, and the “Station of Citizenship and Culture”, in the insular area of Santos. Both have potential to develop experimental activities related to the theme and could subsidize activities of co-management.; O presente trabalho identifica e a avalia os Pontos de Cultura existentes na cidade de Santos-SP, com o objetivo de detectar possibilidades para futuros desenvolvimentos de laboratórios experimentais como núcleos de co-manejo. A pesquisa, que usou como base o Catálogo da Rede dos Pontos de Cultura do Estado de São Paulo para  a identificação dos Pontos (BRASIL, 2012), foi realizada entre os meses de junho e julho de 2012. Foram identificados dois Pontos de Cultura: o Projeto Parcel, localizado na área continental de Santos, e a Estação da Cidadania e Cultura...

Diversidade Cultural e Produção Colaborativa no Pontão de Cultura da Universidade Federal de Santa Catarina

Lima, Clóvis Montenegro de; Galdo, Alessandra; Bittencourt, Marilia; Diniz, Tahiná Lameiras
Fonte: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia Publicador: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion;
Publicado em 10/06/2010
Relevância na Pesquisa
95.87%
Neste artigo descreve-se o processo de implantação do Pontão de Cultura na UFSC. São apresentados a estratégia e os conceitos orientadores dos Pontos e Pontões de Cultura, do programa Cultura Viva do Ministério da Cultura. O conceito de diversidade cultural é consagrado em declaração da UNESCO de 2002. A produção colaborativa é forma solidária de ação coletiva, que pode ser potencializada pelo uso das novas tecnologias de informação e comunicação. A implantação do Pontão pode ampliar o acesso e o uso ativo dos meios de produção cultural na Universidade e fomentar a implantação de Pontos de Cultura em Santa Catarina. Conclui-se que a UFSC deve interiorizar o conceito de diversidade cultural e incorporá-lo nas suas ações, inclusive na formação profissional, e que o Pontão deve interagir e colaborar com as redes de produção cultural e de economia solidária para preservar e promover a diversidade cultural. Acesso ao texto completo (PDF)

Pontos de Cultura: contribuições para a Educação Popular em Saúde na perspectiva de seus coordenadores

Nespolo,Gabriela Fabian; Duarte,Êrica Rosalba Mallmann; Rocha,Cristianne Maria Famer; Ferla,Alcindo Antônio; Ferreira,Gímerson Erick; Oliveira,Gustavo Costa de; Lima,Beatriz Santana de Souza
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2014 PT
Relevância na Pesquisa
95.89%
O objetivo deste artigo consiste em analisar contribuições dos Pontos de Cultura para a Educação Popular em Saúde, a partir da visão dos seus coordenadores. Procedeu-se a uma pesquisa qualitativa de caráter descritivo-exploratório, entrevistando oito coordenadores desses pontos. Os dados sugerem que os Pontos de Cultura se constituem espaços de valorização do diálogo, onde é possível potencializar momentos de fala e escuta, bem como de respeito pelos saberes, experiências e emoções. Aludem que, a partir de tal iniciativa, é possível potencializar o envolvimento popular em ações voltadas à promoção da saúde fortalecendo, assim, a participação coletiva e os laços de solidariedade na comunidade. Revelam, ainda, que eles funcionam como espaço de criação cultural e protagonismo social, os quais possibilitam o estreitamento dos laços entre cultura e saúde e valorizam as características subjetivas dos sujeitos.