Página 1 dos resultados de 240 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

A representatividade da voz do trabalhador no discurso jurídico trabalhista: aspectos da construção do sujeito social trabalhador; "The representation of the worker's voice in judicial proceedings discourse in the area of labor relations: aspects of the construction of the worker as social subject."

Piccardi, Tatiana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/05/2005 PT
Relevância na Pesquisa
27.04%
A voz do trabalhador ocupa, ainda, um lugar secundário na interlocução capital x trabalho. Sua manifestação lingüística em instâncias de caráter oficial/institucional ocorre apenas nos momentos de maior tensão entre os interlocutores, em especial durante os processos trabalhistas, visando à validação/obtenção de um direito. Tal representatividade não se dá de forma direta, mas através da voz do advogado trabalhista, aqui chamado de locutor-advogado, porta-voz legitimado socialmente, que busca dirigir a argumentação no contrafluxo da voz predominante no universo do trabalho - a voz do capital. Esta pesquisa tem por objetivo mostrar como a voz do trabalhador é representada no discurso jurídico trabalhista e quais os significados dessa representatividade no mundo do trabalho. O escopo teórico utilizado é fruto do diálogo interdisciplinar entre as teorias do texto e do discurso (em particular a semântica global e seu conceito de interdiscurso, e a semântica argumentativa, com seus conceitos de polifonia e direção argumentativa) e as disciplinas direito trabalhista e sociologia do trabalho. A análise lingüístico-discursiva dar-se-á a partir de corpus composto por textos (orais e escritos) próprios a esse discurso e extraídos de um processo trabalhista típico. Os textos orais (não oficiais) produzidos no processo se constituem a origem discursiva dos textos escritos (oficiais e legais). Na transposição do oral para o escrito...

Nas redes dos telejornais: o tecido discursivo e a formação de memória social; The discourse of television news programs: the analysis of the linguistic and the building of the social memory

Almeida, Valéria Paz de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
27.04%
O objetivo desta tese é mostrar como o discurso dos telejornais pode construir determinada memória social de um acontecimento, pelo entrelaçamento de vozes, imagens e designações. Para isso, partimos da análise de elementos lingüísticos, argumentativos e enunciativos desse tipo de discurso, que tem papel fundamental na mediação dos demais discursos sociais. Procuramos mostrar como os telejornais articulam as várias vozes tornadas públicas no espaço da mídia e organizam as estratégias de referenciação dos fatos num processo de construção de um mundo textual homogêneo, que se tornará material simbólico a ser captado pela memória social. Como se trata de um discurso verbo-visual, investigamos também a confluência de elementos lingüísticos e imagéticos na trama discursiva, que a nosso ver aumenta o poder de penetração na memória social pela via da memória eletrônica da televisão, que controla lembranças e esquecimentos por meio da seleção e da edição de acontecimentos, fixando-lhes determinados sentidos e construindo modos de recordação. Empreendemos o exame do discurso de telejornais mediante um estudo de caso, o episódio dos ataques aos Estados Unidos em 11 de setembro de 2001, tendo como base teorias da argumentação...

Miguel Rovisco: o teatro da história; Miguel Rovisco: The theatre of History

Jesus, Virginia Maria Antunes de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.04%
Miguel Rovisco é um poeta e dramaturgo português nascido em Lisboa em 1959, onde faleceu em 1987, atirando-se sob um vagão de trem. Apareceu no cenário artístico em 1984, recebeu vários prêmios de teatro como melhor autor de textos dramáticos em 1987 e, postumamente, em 1988. Dramaturgo com uma linguagem inovadora e vigorosa já foi comparado, na época das premiações, a Bernardo Santareno e é, indubitavelmente, um nome a ser analisado, encenado e inserido definitivamente no mundo das letras. Este estudo tem como objetivo, portanto, apresentar sua obra, cuja temática dialoga, essencialmente, com episódios e personagens marcantes da História de Portugal. Por meio da análise de O Bicho, peça que retrata o período e a figura do marquês de Pombal (1755 1777), buscamos examinar a gênese de seu procedimento criativo: a partir do conceito intertextualidade (procedimentos intertextuais, dialogismo e polifonia) examinamos como são articulados os mecanismos intertextuais que estabelecem relações e conexões entre História e Ficção para a criação do que denominamos Teatro da História; Miguel Rovisco is a Portuguese poet and playwright. He was born in Lisbon in 1959, and died in 1987, throwing himself under a train wagon. He made his artistic debut in 1984...

Olhares sobre o ano de 1968 nas lentes das revistas O Cruzeiro e Flama: uma abordagem da análise do discurso; Looks on the year 1968 on the lens of reviewed O cruzeiro and Flama: an of discourse analysis

Carvalho, Maria Teresa Nastri de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.34%
Este trabalho teve por objetivo geral verificar a relação do homem com a sociedade, por meio da linguagem. Assim, partiu-se para revistas de variedades, que circulavam no Brasil e em Portugal em 1968 O Cruzeiro e Flama. Especificamente, objetivou-se detectar a polifonia, bem como o dialogismo que perpassavam os textos das mencionadas revistas, a fim de que se conseguisse depreender o ethos das publicações, assim como o ethos dos colaboradores das revistas, além do ethos das próprias pessoas envolvidas nos fatos noticiados. A polifonia detectada não proporcionou, entretanto, a depreensão da ideologia de cada uma das publicações, o que pode demonstrar um posicionamento de obediência frente à censura imposta pelos dois países naquele ano ou mesmo retratar opções e interesses dos proprietários de O Cruzeiro e da Flama. A pesquisa realizou-se com base teórica na Análise do Discurso de linha francesa e, não de forma central, mas consubstanciada também por teorias lingüísticas que enfocam a interação e em autores que, de algum modo, apresentam-se afinados com alguns preceitos da AD, em especial Bakhtin, sendo bastante importantes também Charadeau e Maingueneau. A confluência dessas teorias propiciou (re) ver um ano tão marcante tanto em termos de mudanças comportamentais...

Auto-retrato coletivo: poéticas de abertura ao espectador na (des) construção de uma identidade coletiva; Auto-retrato coletivo: poéticas de abertura ao espectador na (des) construção de uma identidade coletiva

Silva, Arnaldo Valente Germano da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
27.34%
O objeto desta dissertação de Mestrado é composto pela série Auto-Retrato Coletivo de Nardo Germano. Organizada artisticamente como repositório crítico de uma identidade coletiva seu tema central , a série constitui-se de auto-retratos híbridos entre o Indivíduo e o Coletivo, questionando a construção identitária marcada por estigmas sociais. As obras que compõem a série são: 1)Auto-Objeto; 2)Sujeitos; 3)Auto-Retrato por Metro Quadrado; 4)Cabeça Defronte; 5)Auto-Retr_Ato_Coletivo; 6)Especulares #7; 7)Corpo Coletivo; 8)AlterEgo; 9)ANDROMAQUIA on-line; e 10)Doe Seu Rosto/Give Me Your Face. A atual pesquisa artística dá continuidade a Auto-Objeto(1987), uma obra composta por painéis de auto-retratos sem negativo obtidos em cabine Fotomática, e articula-se a partir da digitalização de um conjunto imanente da obra Sujeitos(1987), colagens realizadas com auto-retratos acéfalos, recortes de textos, imagens e manchetes de jornal. Com o objetivo de, nesta fase, estabelecer novos contrapontos ao discurso monológico identitário oficial bem como ao conceito de uma autoridade do artista como autor que controla os sentidos da obra, a criação partiu da hipótese de que o investimento nos graus de abertura à recepção podem promover o dialogismo e polifonia almejados...

O fiel e a pedra e as epopéias clássicas: diálogos e tessituras; The faithful and the rock and classical epics: dialogues and forms

Marquart, Rosa Walda Abreu
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
27.04%
Em O fiel e a pedra, Osman Lins compõe seu romance sob a égide do romance regionalista brasileiro produzido por volta de 1930: latifúndio, exploração de classes, jagunços e coronéis e outros males. Todavia, mesmo ficcionalizando esses fatos sociais, o autor pernambucano se distancia de uma possível rotulagem normativa inconteste ao aliar seu romance às epopéias clássicas, bem como à poética sacro-hebraica e também às cantigas populares nacionais, encetando um grande diálogo entre seu romance e Ilíada, Odisséia, Geórgicas, Eneida, Os lusíadas, Sermão do Mandato, salmo bíblico e canções populares. Cruzam-se, desse modo, diferentes vozes poéticas advindas de variados espaços e trazidas de eras díspares entre si por considerável gama de citações em epígrafe, as quais, por si só, já despertam instigantes inquirições e expõem, mesmo que subliminarmente, o ideário do autor pernambucano. O dialogismo e a polifonia pressupostos por Bakhtin acham-se contemplados nesse portentoso intercâmbio de textos que tem o mérito de, dentre outros aspectos, nos auxiliar a melhor entender o romance osmaniano de 1961. Através das citações, percebemos a incorporação de conceitos epopéicos greco-romanos de caráter e destino sendo tomados de empréstimo à trajetória do protagonista nordestino...

Dialética do labirinto: a polifonia amordaçada de Fiódor Dostoiévski; Dialectic of labyrinth: Feodor Dostoevskys gagged polyphony

Canto, Flavio Ricardo Vassoler do
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.73%
A dissertação em questão procura analisar O sonho de um homem ridículo (1877), de Fiódor Dostoiévski, fundamentalmente a partir de uma aproximação crítica em relação à teoria polifônica erigida por Mikhail Bakhtin, em Problemas da Poética de Dostoiévski. O teórico russo buscou desvelar a poética dostoievskiana não por meio de uma síntese parcial em função do discurso ideológico do escritor ou de uma de suas personagens expediente tradicional da crítica partidária, segundo Boris Schnaiderman e Paulo Bezerra , mas através do modo pelo qual o diálogo deixaria de ser contingente para assumir um papel estrutural essencial. A identidade das personagens não se estabeleceria em si e por si mesma, uma vez que o eu, desde a sua expressão primordial, já apareceria formado, enformado e deformado pela inflexão do outro. A alteridade e a altercação, vozes imiscíveis e eqüipolentes a alicerçarem a polifonia. Bakhtin, porém, não pôde demonstrar o modo pelo qual se daria a apreensão da obra de Dostoiévski como uma totalidade polifônica integral. Haveria um norte em função do qual as vozes relacionais e contraditórias seriam estruturadas? Seria possível apreender a poética dostoievskiana por meio do arcabouço tradicional...

Estudo da polifonia nas notícias da Folha de S. Paulo relativas à educação; Polyphony in news stories on education from Folha de S. Paulo.

Aragute, Tania Aiko
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.52%
Nesta dissertação, temos por objetivo estudar a polifonia em notícias relacionadas à Educação, publicadas no jornal Folha de S. Paulo, nas décadas de 1930, 1940, 1970 do século XX e na primeira década do século XXI, sob a perspectiva teórica da Análise Crítica do Discurso. Para tanto, foram selecionadas 30 notícias com o objetivo de investigar a construção argumentativa do texto, a partir da inserção de outras vozes presentes, bem como os atores sociais responsáveis por tais declarações. Considerando que a polifonia é uma categoria que vai além da simples introdução de uma voz ou de um efeito de autoridade no texto, analisaremos o uso dos discursos direto e indireto. No discurso direto, marcado pelas aspas, o enunciador se apropria da fala do outro e a transcreve para talvez se ter um maior distanciamento do que é dito. Já o discurso indireto é entremeado pela fala do ator social, sem o uso das aspas, no qual o enunciador disserta, com suas próprias palavras, sobre o que foi dito pelo outro. Nesse jogo de vozes e atores os discursos inseridos nas notícias formam um processo argumentativo, pois o simples fato de o enunciador escolher uma declaração e não outra implica uma estratégia argumentativa.; This research aims to study polyphony in news stories related to education...

Semiótica e polifonia na estética romanesca de Fiódor Dostoiévski; Semiotics and Polyphony in the Fyodor Dostoyevsky's novelistic aesthetics

Costa, Marcos Rogério Martins
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.92%
Na teoria musical, a polifonia remete a um estilo, criado na Idade Média em oposição ao canto monódico da Igreja, no qual as vozes se distinguem rítmica e melodicamente, permitindo que melodias diversas convivam no mesmo campo musical. Mikhail Bakhtin (1895-1975), resgatando o sentido musical do termo e baseando-se nele, cria uma metáfora conceitual da polifonia para definir um gênero discursivo que demonstra a coexistência de vozes plenivalentes na obra literária, inclusive entre a instância do autor-criador e a da personagem. O filósofo russo investiga esse fenômeno na estética de Fiódor Dostoiévski (1821-1881), reconhecendo esse autor como o criador do romance polifônico. Desde a difusão das ideias de Bakhtin (2010a), o conceito de polifonia foi mal compreendido e mal interpretado. Diante disso, o objetivo geral desta pesquisa é o de operacionalizar o conceito bakhtiniano de polifonia por meio de um viés discursivo específico: o da semiótica francesa (GREIMAS; COURTÉS, 2008). Por operacionalização, entendemos o processo científico de tornar coerente um conceito dentro de determinadas premissas teóricas e de acordo com as unidades de análise. Nossas fontes são três diálogos entre dois personagens diferentes contidos em três romances dostoievskianos: três encontros de Raskólnikov e Porfiri...

Early cistercian polyphony: a newly-discovered source

Ferreira, Manuel Pedro
Fonte: Centro de Estudos de História Religiosa - Universidade Católica Portuguesa Publicador: Centro de Estudos de História Religiosa - Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2002 ENG
Relevância na Pesquisa
37.34%
This paper presents a two-voice hymn to St. Bernard, found by the author in the Arouca Monastery. This hitherto unpublished hymn, which can be dated around 1225, is the most ancient polyphonic work found so far in Portugal, and one of the oldest examples of polyphony copied in Cistercian manuscripts. To explain its presence in Arouca, the author examines both the local and the international context; the problem of polyphonic practice in the Cistercian Order receives special attention, and several related compositions are transcribed. The musical style of the hymn is then discussed and its peculiar, conservative character put into relief against the background of European polyphonic practice. The interpretative transcription offered is then justified at length.; Este artigo debruça-se sobre um hino a S. Bernardo, a duas vozes, encontrado pelo autor num manuscrito do Mosteiro de Arouca. Trata-se não só de uma composição inédita, como da mais antiga música polifónica documentada em território português, datável de c. 1225, sendo também um dos primeiros exemplos de polifonia conservada em manuscritos cistercienses. Para explicar a sua presença em Arouca, o autor foca primeiramente o contexto local, e seguidamente o contexto internacional...

Ideologia e poder no agendamento do discurso polifônico da imprensa em relação à seca no nordeste

Rosado, Cid Augusto da Escóssia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.34%
This dissertation work is an effort to understand how the ideology and the power interferes in the signification of the speeches immersed in the context of the printed media concerning the drought in the Northeast of Brazil, weather occurrence that punishes 23 million of Brazilians, with all sort of problems. It also has specific concern about the everyday usage of the language and with the routines of the information production, without losing of sight the role of History in the formation of the identity of individuals and people. The research work is also developed in an interdisciplinary environment, applying to the formed corpus five articles from Folha de São Paulo , collected from January to July of 2005, the French Analysis method of the Speech and the theory of the polyphony of Bakhtin, in the Applied Linguistics area, accomplished with Communication beddings as the agenda-setting. The results ended to a good understanding about the ideology and power´s influence and chaining in the speeches formations as well as to comprehend peoples concept in an environment of almost-mediated interaction, bringing a media look about polyphony in the bakhtinian mold, besides showing how all these questions interferes with the half-barren the Northeast media´s vision on the subject; Esta dissertação é um esforço para se compreender como a ideologia e o poder interferem na ressignificação dos discursos imersos no contexto da mídia impressa quanto à seca no Nordeste...

Messe solennelle pour la famille Lebel ; suivi de L'évolution du procédé polyphonique chez Suzanne Jacob

Paré, Justine
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
27.34%
Mon essai et mon roman se font l’écho l’un de l’autre, ils se répondent et reflètent ainsi le sujet de ma recherche : la polyphonie. Dans L’évolution du procédé polyphonique chez Suzanne Jacob, je m’attarde à trois romans de Suzanne Jacob, L’obéissance, Rouge, mère et fils et Fugueuses, œuvres chorales et teintées par la musique dans lesquelles la prose se décline en plusieurs voix. Puisque j’étudie la polyphonie dans son aspect musical et, parallèlement, dans une perspective littéraire, il est possible d’admettre que je fais moi aussi, au cœur de mon essai, l’exercice du contrepoint. Cet essai est précédé par Messe solennelle pour la famille Lebel, roman polyphonique qui, à la manière de Fugueuses, où la musique est déjà implicite dans le titre, se donne à lire comme une partition musicale. J’y présente quatre membres d’une même famille, deux hommes et deux femmes, qui doivent faire face à la mort de l’un des leurs. Ils se partagent une narration en contrepoint dans un récit à plusieurs voix (inspirées par les quatre catégories vocales principales en musique) dont la structure rappelle celle du requiem ou messe des morts.; My essay and my novel echo and dialogue with one another...

Intertextualidade e polifonia nas televisões publica e priva : analise textual-discursiva dos telejornais Cultura Noite (TV Cultura) e Jornal Nacional (TV Globo); Interxtuality and polyphony in public and private TV broadscaters : a discoursive textual assessment of TV Cultura's Cultura Noite and TV Globo's Jornal Nacional TV news programs

Adriana Tigre Lacerda Nilo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.34%
Este trabalho é desenvolvido no campo da lingüística textual e tem a sua fundamentação baseada, ainda, em teorias das ciências sociais, nas áreas da história social e da sociologia da comunicação. Teve por objetivo analisar algumas formas de ocorrência da intertextualidade temática, por meio do estudo da centração tópica, e da polifonia, a partir do entendimento dos processos de produção e edição do discurso reportado, no sub-gênero telejornal, um dos principais integrantes da variada gama de gêneros da TV. O objeto da análise é constituído por telejornais veiculados no horário nobre da televisão brasileira: o jornal Cultura Noite, da TV Cultura e o Jornal Nacional, da TV Globo. Mais especificamente, o universo da pesquisa é formado por cinco edições de cada um dos telejornais, das respectivas emissoras, exibidos entre os dias 07/05/07 e 11/05/07. A questão norteadora indaga em que medida os procedimentos de definição do foco relevante da notícia, bem como a mobilização das vozes sociais enunciadas para a construção do gênero telejornal, estão ligados aos modelos público e privado de televisão. Em princípio, partimos da hipótese de que as respectivas funções sociais de cada uma dessas emissoras tivessem uma influência mais significativa...

O carnaval Buñuelesco : uma aurora ao entardecer; Carnival Buñuelesco : an evening to aurora

Ricardo Zani
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
27.34%
Para o cineasta Luis Buñuel as estranhezas deveriam sempre fazer parte de seus filmes. Um homem formado por contradições, assim era Buñuel, com seu menosprezo à sociedade e à religião cristã. Esta tese apresenta o argumento de que desde a realização do seu primeiro curta-metragem Um Cão Andaluz, roteirizado em parceria com Salvador Dalí, houve uma coerência de pensamento que estabeleceu para ambos um caminho a seguir. No prólogo deste filme, a metáfora de uma jovem moça tendo seu olho rasgado por uma navalha tornou-se cinematograficamente uma verdade estarrecedora e a essência de uma narrativa que transformou e codificou os preceitos surrealistas em dois únicos e universais temas, o amor e a liberdade, ao sintetizar a arte deste movimento nas questões mais caras aos participantes do grupo. Destaca-se aqui a galeria de estilos que se instalou na cinematografia de Luis Buñuel para reafirmar constantemente os traços marcantes de sua obra, dentre eles a polifonia, esclarecendo que a mesma reside em seus discursos quando estes se entrelaçam, se misturam e se completam. Nesta polifonia buñueliana se distingui o encontro de Um Cão Andaluz, Viridiana e Bela da Tarde com a pintura Angelus de Jean-François Millet para caracterizá-lo como um elemento constitutivo das reminiscências de Luis Buñuel e de Salvador Dalí. Resulta deste encontro polifônico uma mensagem comum nas obras aqui estudadas com o objetivo de expor que todos estes elementos apontam para uma relação com determinadas características medievais pesquisadas por Mikhail Bakhtin...

Polyphony in Midnight's Children

Viswanathan, Uma
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado
ENG
Relevância na Pesquisa
27.73%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Letras/Inglês e Literatura Correspondente.; This dissertation explores the different voices or polyphony in Salman Rushdie's novel Midnight's Children. The essence of polyphony, according to Bakhtin, who discussed this term as a literary concept, is the presence or use of different independent voices that are not merged into one dominant voice. Hence, to listen to the polyphony in the novel, I approach the text with a view to explore the multiplicity or the co-existence of different meanings rather than to find a final, single meaning. For this, I focus on the aspects of different narrative modes such as history, polyphonic novel with carnival features, the epic, myth, fantasy, and folk tales in Midnight's Children. Within each of these modes various voices or viewpoints are explored. The eclecticism and postmodern features in the novel do not lead to a negation of meaning but to multiplicity of meanings. In our age of rapid changes in concepts, styles, and modes of representation, it is more appropriate to direct our attention to multiple realities than to look for one definitive, unchanging meaning. Further...

L’ancrage linguistique de la polyphonie; The linguistic anchorage of polyphony; L’ancrange linguistique de la polyphonie

Nølke, Henning
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2013 FRA
Relevância na Pesquisa
37.85%
Les études linguistiques de la polyphonie fleurissent et il semble plus important que jamais d’essayer de creuser la conception de la langue qui sous-tend l’application de cette métaphore. Constatons tout d’abord que le point de départ de toute théorie de la polyphonie linguistique semble être l’hypothèse selon laquelle la polyphonie des énoncés laisse des traces au niveau de la langue. C’est cette hypothèse qui rend son étude intéressante pour le linguiste. Mais de quelle nature sont ces traces ? Je vais défendre l’hypothèse que la polyphonie est ancrée dans la forme linguistique même, ou plus précisément, que le système linguistique, la langue engendre des indications concernant le sens polyphonique des énoncés. L’article se compose de trois parties. Dans la première, j’étudie la notion d’ancrage linguistique et en propose une formalisation et une méthode pour son étude. Dans la deuxième, je donne une brève introduction à la ScaPoLine (la théorie SCAndinave de la POlyphonie LINguistiquE) qui applique cette méthode, et dans la troisième, je propose quelques analyses d’exemples concrets de polyphonie.; Linguistic studies of polyphony bloom and seem more important than seeking excavate the concept of language underlying the application of this metaphor. First of all...

Desenvolvimento do conceito bakhtiniano de polifonia; Development of the Bakhtinian Concept of Polyphony

Pires, Vera Lúcia; Tamanini-Adames, Fátima Andréia
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 07/12/2010 POR
Relevância na Pesquisa
37.64%
Este artigo se dedica a revisar o desenvolvimento do conceito de polifonia, posição de distanciamento máximo entre autor e personagens em um infindável diálogo, a partir da análise de algumas obras pertencentes à ficção dostoievskiana, feita por Bakhtin no livro Problemas da poética de Dostoiévski, no qual Dostoiévski é definido como o criador do romance polifônico. O dialogismo, essência da teoria bakhtiniana do discurso, reitera a presença do sujeito na comunicação, que não é vista apenas como uma simples transmissão de informação, mas como uma interação verbal ou não-verbal. Os sujeitos se constituem na e pela interação. O discurso, construído a partir do discurso do outro, nunca está concluso. Então, todo texto é composto de várias vozes que, na polifonia, têm de ser equipolentes. Segundo Bakhtin, a polifonia é parte essencial de toda enunciação, já que em um mesmo texto ocorrem diferentes vozes que se expressam, e que todo discurso é formado por diversos discursos. Só compreendemos enunciados quando reagimos às palavras que despertam em nós ressonâncias ideológicas e/ou concernentes à nossa vida. A realidade do signo é objetiva e passível de um estudo metodologicamente unitário. Bakhtin chama esse estudo do discurso bivocal...

Uma poética do silêncio: trauma, representação e linguagem em "Fuga da morte", de Paul Celan; A poetic of silence: trauma, representation and language in Escape from Death, by Paul Celan

Torinho, Maria Esther; Universidade Federal do Espírito Santo
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 23/10/2014 POR
Relevância na Pesquisa
27.34%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-7917.2014v19n2p107No poema Fuga da morte, Paul Celan nos apresenta situações vivenciadas por ele mesmo em um campo de concentração nazista, o que insere o poema no contexto da Literatura de testemunho; trata-se de um poema imbuído de alta carga dramática, no qual conteúdo e forma aliam-se para oferecer uma leitura densa, carregada de significado. Pode-se perceber, no poema, que o silêncio comanda a cena, exprimindo, por meio das diversas lacunas deixadas por uma linguagem fragmentada, aquilo que é difícil para o poeta exprimir, o que é indizível, o que leva o leitor a um sentimento de estranheza, apossando-se da significação apenas por etapas e por entre as lacunas. Este artigo aborda o poema a partir de conceitos relativos à Literatura de testemunho e a impossibilidade de representar o real (Roland Barthes); no plano formal, além de conceitos de Mikhail Bakhtin e de Barros e Fiorin sobre polifonia, dialogismo e interdiscursividade; além disso, partindo do conceito musical de fuga, conforme sugerido pelo título do poema e evidenciado no texto, é abordada a linguagem figurada – metáforas e metonímias, ironia e elipses, como estratégias do autor para enfrentar a aporia entre trauma e representação...

Dionne Brand and Alanis Obomsawin: polyphony in the poetics of resistance

Martins, Maria Lúcia Milléo; UFSC
Fonte: UFSC Publicador: UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2009 POR
Relevância na Pesquisa
37.52%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-8026.2009n56p151Activist artists Dionne Brand and Alanis Obomsawin have much in common in their poetics of resistance. Brand's writings and documentaries explore issues of displacement, race, gender, and colonialism, revealing a constant determination in giving voice to what was silenced or marginalized by the dominant culture. Similarly, Obomsawin's documentaries show a long commitment to the history of aboriginal people, reclaiming their sovereignty of voice. Making use of polyphony, these two artists contest hegemonic discourses and a nationalist aesthetic that either ignores or appropriates difference. This study discusses the implications of polyphony in Brand's poetry and two documentaries, Sisters in the Struggle and Long Time Comin', and in Obomsawin's documentaries, Kanehsatake: 270 Years of Resistance and Rocks at Whiskey Trench. All evidences demonstrate fine specimens of applied poetics, faithful to their ethics of resistance.

Nas malhas da polifonia: o dizer poético drummondiano co-habitado por tensões sociais /In the meshes of the polyphony: the Drummond’s poetic saying co-inhabited by social tensions

Zonin, Carina Dartora
Fonte: Revista Cerrados Publicador: Revista Cerrados
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 26/10/2010 POR
Relevância na Pesquisa
27.34%
Nas malhas da polifonia: o dizer poético drummondiano co-habitado por tensões sociais Neste estudo, propomos evidenciar os sentidos produzidos pelo dizer drummondiano à luz da teoria polifônica de Bakhtin e de sua releitura feita por Cristóvão Tezza. Assim, procuraremos perceber a linguagem poética como potencial para a instauração da voz do outro de modo que possamos evidenciar discursos entrecortados por tensões sociais. Serão observadas poesias representativas da antologia A rosa do povo (1945), por ser esse um momento de auge do lirismo social, engajado e participante. Palavras-chave: dialogia; polifona; discurso poético; tensões sociais; efeitos de sentido. In the meshes of the polyphony: the Drummond’s poetic saying co-inhabited by social tensions In this study, we propose highlight the senses produced by Drummond’s saying at the light of Bakhtin’s polyphonic theory and his rereading made by Cristóvão Tezza. So, we will try to understand the poetical language as potential for the establishment of the voice of the other so that we can show speeches cut by social tensions. Representative poetries of the anthology A rosa do povo (1945) will be observed, for being such a moment of peak of the social, engaged and participant lyricism. Keywords: dialogy; polyphony; poetic speech; social tensions; sense effects.