Página 1 dos resultados de 1758 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Polimerização de cloreto de vinilo em fase dispersa : desenvolvimento e caracterização de novos produtos e optimização do processo

Tomás, Arnaldo José Carvalho
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.42%
O presente trabalho teve como objecto o estudo e desenvolvimento de novos produtos com a estrutura base de Poli(cloreto de vinilo) produzidos através dos processos de polimerização em emulsão e suspensão. Na polimerização em emulsão, partindo do conhecimento base da tecnologia de produção detida pela empresa CIRES, S.A., foram realizados diversos estudos tendo em vista um maior domínio e desenvolvimento sobre as condições reaccionais correlacionadas com factores para a redução da viscosidade das denominadas pastas ou plastisóis, constituídas por partículas de polímero impregnadas e dispersas num plastificante líquido. Numa primeira fase dos trabalhos, foram estudadas formas de controlo da distribuição final de tamanhos de partícula. Inicialmente, com uma técnica clássica de polimerização em emulsão, a utilização de diferentes emulsionantes aniónicos permitiu obter um maior conhecimento sobre a respectiva incidência no tamanho médio de partícula. Numa segunda fase, foi aplicada e desenvolvida uma técnica não convencional de polimerização em emulsão. Assim, dando continuidade ao conhecimento publicado, a aplicação de uma mistura de emulsionantes aniónico/não-iónico, tornou possível aceder a um novo método de manipulação e controlo das distribuições de tamanhos de partícula de polímero em emulsão. Com o novo conhecimento obtido na área da polimerização em emulsão do cloreto de vinilo...

Síntese de hidrogéis de base acrílica recorrendo a técnicas de polimerização radicalar viva. Potencial aplicação como fármacos poliméricos.

Mendes, Joana Serra e Moura Pacheco
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.34%
ABSTRACT The main goal of this work was the synthesis of hydrogels by living radical polymerization for pharmaceutical applications, namely bile acid sequestrants. To accomplish that, the work was focused in the living radical polymerization use of different polymer backbones that could act as bile acids sequestrants. In addition, it was intended to studytheir properties and test their cross-linking ability in order to produce hydrogels that can substitute the current commercially available bile acid sequestrant agents, namely the Colesevelam. The first step of this work was focused on the synthesis of the poly(allylamine) hydrochloride, which is the polymer back bone of Colesevelam, –– by free radical polymerization. The methodology adopted was based on the procedures described in the patent of the commercial bile acid sequestrant. However, it was not possible to reproduce the results reported in the patent, since the final product obtained was an oil and not a powder form. In order to figure out the real procedure, different experimental conditions were studied, such as the increase of the reaction temperature and the addition of a different initiator with a smaller half-life than that indicated in the patent. In the case where only the initiator was changed...

Avaliação da contração de polimerização e das tensões promovidas em função de deferentes sistemas de polimerização e de materiais restauradores estéticos

Lopes, Lawrence Gonzaga
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/07/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.44%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a contração de polimerização e as tensões promovidas, no sentido de comparar o sistema de fotopolimerização por LED (130 mW/cm2) com o sistema halógeno na forma convencional (60 s – 600 mW/cm2) e pulso de fotopolimerização (3s – 200 mW/cm2 / 3 minutos / 59 s – 600 mW/cm2). Da mesma forma, categorias distintas de resinas foram comparadas, como: resina híbrida (Z100 - 3M); resina de micropartículas (A110 – 3M); resina “condensável” (SureFil – Dentsply); e resina composta de ativação química (Bisfil II – Bisco). Para medir a contração de polimerização foram confeccionados cinco espécimes para cada condição experimental, obtidos pela inserção da resina em um anel de silicona com um diâmetro interno de 5mm e altura de 2mm. Um extensômetro elétrico (strain gauge), localizado abaixo da resina, registrou a deformação do material em função da contração de polimerização. Nessa mesma proposição, as tensões decorrentes da contração de polimerização foram medidas pelo método de fotoelasticidade. Para isto, foram confeccionados modelos com material transparente, contendo uma cavidade tipo Classe I, com 5mm de comprimento X 2mm de profundidade X 3mm de largura. Foram realizados sete corpos-de-prova para cada condição experimental. Após a inserção e polimerização da resina...

Influência da variação da densidade de potência na contração de polimerização e na pigmentação de resinas compostas fotossensíveis; Influence of variation of power density on polymerization shrinkage and pigmentation of photosensitive resins

Rodrigues, Marcela Charantola
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.3%
O presente estudo, in vitro, teve como objetivo avaliar a influência da variação da densidade de potência (300, 600, 1000 e 1550 mW/cm2) na contração de polimerização e na pigmentação de duas resinas compostas, Filtek Z250 e Filtek Z350XT (3M/ESPE). Para avaliação das forças geradas durante a contração de polimerização foram utilizadas duas bases de aço, em forma retangular (6 X 2 mm), posicionadas paralelamente na máquina de ensaios (Emic - DL 500), uma conectada à célula de carga de 100 Kg e, a outra, ao braço fixo. As resinas compostas foram introduzidas entre as bases metálicas, com altura de 1mm, volume de 12mm3 e fator C de 1,5. Para fotoativação foi utilizado o aparelho LED Blue Star 3 (Microdont Micro Usinagem de Precisão LTDA), determinando-se o tempo de 20 s para as diferentes densidades de potência. As bases ficaram fixas durante o ensaio (120 s) e as forças geradas durante a polimerização foram registradas numericamente e por meio de gráficos [força (N) x tempo (s)], num total de dez ensaios para cada grupo. Para os testes de pigmentação foram confeccionados, em uma matriz pré-fabricada, cinco espécimes circulares (6 mm X 2 mm) para cada grupo. As avaliações das alterações de cor (_E) foram realizadas com o Espectrofotômetro Easyshade com o sistema CIE-Lab...

Síntese de látices hibridos de poliestireno e argila montmorilonita pelos mecanismos de polimerização via radical livre em emulsão e miniemulsão; Synthesis of polystyrene and montmorillonitic clay hybrid latexes by free radical emulsion and miniemulsion polymerization.

Souza, Fatima Cristina Torres de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.34%
Materiais nanocompósitos híbridos polímero-argila nos quais lamelas nanométricas de argila montmorilonita são encapsuladas e dispersas em matriz polimérica são em geral mais rígidas, tenazes e resistentes do que os materiais poliméricos convencionais e tem o potencial de aplicações em revestimentos e filmes com propriedades de barreira. Dentre as várias técnicas de preparação de nanocompósitos poliméricos, as técnicas de polimerização "in-situ" em emulsão e mini-emulsão vem sendo empregada na síntese de látices híbridos com lamelas de argilas encapsuladas pelo polímero. Neste trabalho foram preparados látices híbridos de poliestireno e argila montmorilonita esfoliada através de dois métodos: no primeiro, a polimerização em emulsão e miniemulsão convencional na presença de argila modificada com sal quaternário de amônio é realizada com surfatante catiônico; no segundo método, um surfatante aniônico reativo foi usado para modificar uma argila natural sódica e empregada na polimerização em emulsão. Os resultados obtidos tanto para a polimerização em emulsão como em miniemulsão empregando idênticos reagentes (argila organofílica modificada e surfatante catiônico) mostraram boa conversão...

Compósitos a base de dimetacrilatos ou silorano: caracterização da cinética e tensão de polimerização, com respectivos parâmetros determinantes; avaliação da rede polimérica formada por análise dinâmico-mecânica e estudo de extratos lixiv; Composites based on dimethacrylate or silorane: characterization of kinetics and polymerization stress, with their respective determining parameters; polymer network formed evaluation by dynamic mechanical analysis and leachable extracts study

Yamasaki, Lilyan Cardoso
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.42%
OBJETIVO: caracterizar a interação entre tensão e cinética de polimerização e seus parâmetros determinantes, e avaliar a qualidade da rede polimérica e propriedades mecânicas de compósitos comerciais para dentes posteriores a base de dimetacrilato ou de silorano. A cinética de polimerização foi avaliada sob influência da intensidade da fonte de luz, da temperatura e da umidade. Por fim, o grau de conversão (GC) do compósito a base de silorano foi avaliado por espectroscopia e titulação. MÉTODOS: foram utilizados três compósitos de baixa contração: Kalore (KAL - GC America) e N´Durance (NDUR Septodont), a base de dimetacrilatos; e Filtek P90 (P90 - 3MESPE), a base de silorano. O EsthetX HD (EHD - Dentsply) foi utilizado como controle. A tensão de polimerização (TP) dos espécimes (n = 5; Ø = 5 mm; h = 1 mm, 10 min) foi obtida em máquina universal de ensaios mecânicos. A contração volumétrica (CVol) foi determinada em linômetro (n = 3; Ø = 6 mm; h = 1,5 mm; 10 min). O módulo de elasticidade em flexão (MeFlex) e a resistência à flexão (RFlex) (n = 10; 10 x 2 x 1 mm) foram obtidos através do teste de dobramento em três pontos (8 mm entre apoios; 0.5 mm/min). O GC e a taxa de polimerização (Rp) dos espécimes (n = 3; Ø = 6...

Catalisadores de vanádio (V) contendo ligante tris(pirazolil)borato : rotas de imobilização e avaliação em polimerização de etileno

Casagrande, Adriana Curi Aiub
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.34%
As sínteses, caracterizações e estudos referentes a polimerização do etileno de uma série de complexos {TpMs*}V(NtBu)Cl2 (1), {TpMs*}V(O)Cl2 (2), {TpMePh]V(NtBu)Cl2 (3) e {Tp*}V(O)Cl2 (4) são descritas. A reação destes complexos com MAO geram espécies catalíticas ativas para a polimerização do etileno. Para as reações de polimerização realizadas em tolueno a 30°C, as atividades variaram entre 71 e 1.126 kg de PE/mol[V]·h·atm. A atividade mais alta foi obtida usando o precursor catalítico 1. As curvas de DSC mostraram a formação de polietileno de alta densidade com temperaturas de fusão entre 134 e 141ºC. Visando a obtenção de catalisadores suportados, o complexo 1 foi imobilizado através do método direto sobre os seguintes suportes inorgânicos: SiO2, SiO2 modificada com MAO, SiO2-Al2O3, MCM-41, MgO e MgCl2. O teor de metal imobilizado, determinado por XRF, permaneceu entre 0,22 e 0,50 % g V/g suporte (p/p %).Os maiores teores de metal foram encontrados para os suportes com maiores áreas superficiais (SiO2–Al2O3 e MCM-41). Todos os sistemas mostraram-se ativos na polimerização do etileno na presença de MAO ou TiBA/MAO (1:1) (Al/V = 1000). A atividade catalítica mostrou-se dependente da natureza do suporte...

Polimerização radicalar controlada de monômeros obtidos pela modificação de óleos naturais

Silva, Eduardo de Oliveira da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.39%
Acrilato de cinamila, metacrilato de cinamila e metacrilato de 2- oleiloxietila, monômeros (met)acrílicos derivados de fontes renováveis, foram sintetizados e polimerizados via radicalar. Os dois primeiros foram sintetizados a partir do álcool cinamílico, que é um produto de redução do cinamaldeído, óleo essencial da casca da canela, e o terceiro foi obtido a partir do ácido oléico, um dos principais constituintes do óleo de soja. Foi realizada a polimerização radicalar convencional destes monômeros (AIBN como iniciador e 65ºC) obtendo-se polímeros, os quais foram caracterizados por técnicas de RMN1H, RMN13C, DSC e SEC. Os polímeros apresentaram polidispersões acima de 2,0, indicativo de que sua polimerização não é controlada. Em concentrações superiores ou iguais a 50% em massa observou-se a formação de polímero reticulado devido a presença das ligações duplas alílicas na estrutura do monômero. Com o objetivo de polimerizá-los com controle de massa molar e polidispersão, assim como evitar a reticulação, foi realizada a polimerização ATRP utilizando o sistema catalítico CuBr/PMDETA, concentração de 50% em acetona e temperatura ambiente. Como iniciadores, foram empregados EBiB e EBP. Todas as reações mantiveram uma razão molar monômero:iniciador:sal:ligante de 100:1:1:1. Pela análise cinética...

Síntese e polimerização radicalar de monômeros metacrilatos contendo heterociclos como substituintes

Tebaldi, Marli Luiza
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.36%
Monômeros bifuncionais contendo heterociclos como substituintes: metacrilato de 2,3–epitiopropila (ETMA), metacrilato de solketila (SMA), metacrilato de 2-aziridinil-1-etila (AZMA), metacrilato de-1- fenil-2-aziridil-2-metila (FAZMA), foram sintetizados e polimerizados através de técnicas de polimerização radicalar controlada. O ETMA foi sintetizado a partir do GMA com tiocianato de amônio. O SMA e o AZMA foram obtidos a partir de reações de condensação com os álcoois solketal e aziridina etanol, respectivamente, na presença do ácido metacrílico. Para o FAZMA foi desenvolvida a síntese a partir do GMA e anilina para a obtenção do amino álcool correspondente com posterior aziridinação. Inicialmente, foi investigada a polimerização radicalar convencional para todos os monômeros (AIBN como iniciador a 60 °C), dos quais foram obtidos polímeros com características de acordo com o mecanismo da polimerização radicalar convencional, apresentando massas molares de acordo com a quantidade de iniciador e distribuições entre 1,5 e 3,0. Quando submetidos a temperaturas superiores a 70 °C ou na presença de agentes oxidantes o ETMA e o AZMA sofreram reações de abertura de anel, enquanto o SMA e o FAZMA apresentaram maior estabilidade.As técnicas de polimerização radicalar controlada RAFT e ATRP foram investigadas para todos os monômeros bifuncionais citados...

Estudo catalítico da polimerização oxidativa em sistemas alquídicos : utilização do modelo óleo de linhaça

Meneghetti, Simoni Margareti Plentz
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.36%
As resinas alquídicas são amplamente empregadas na indústria de tintas. Estas resinas formam, através de um processo de polimerização oxidativa, películas protetoras. A polimerização oxidativa é uma sequência de reações complexas envolvendo a porção insaturada da cadeia existente neste tipo resina e o oxigênio do ar, podendo ser dividida em duas etapas: uma etapa de oxidação e uma de polimerização. Este processo pode ser catalisado por uma grande variedade de espécies metálicas (Co, Mn, Zn, Pb, Ca, Zr, AI, etc.) utilizadas na forma de sais metálicos como octoatos, naftenatos, etc. Este trabalho teve como objetivo a realização de um estudo comparativo entre os catalisadores octoato de cobalto, chumbo e zircônio, na reação de polimerização oxidativa através da utilização de óleo de linhaça, como modelo de sistemas alquídicos. Os resultados obtidos permitem destacar as seguintes conclusões: - existem teores adequados para a utilização desses catalisadores, que permitem que o processo de polimerização oxidativa ocorra de forma otimizada em termos cinéticos; - os catalisadores diferem na forma de atuação durante a polimerização oxidativa. O catalisador de cobalto atua, principalmente, sobre a etapa de oxidação. Os catalisadores de chumbo e zircônio atuam...

Pesquisa experimental sobre a polimerização via radical livre com iniciadores mono e difuncional; Experimental investigation of free polymerization using mono e functional initiators

Cilene Meinberg Franco
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.3%
Iniciadores mono funcionais são largamente utilizados em polimerizações VIa radical livre. Muitas vezes, na busca de maiores produtividades, utilizam-se temperaturas de operação mais elevadas e/ou maiores concentrações iniciais de iniciador, que por conseqüência, geram polímeros com pesos moleculares mais baixos. O uso de iniciadores difuncionais permite o aumento da produtividade sem a redução no peso molecular do produto final, o que pode ser urna característica desejável. A pesquisa com iniciadores difuncionais é atual e de grande interesse industrial. O objetivo deste trabalho é analisar o efeito da funcionalidade do iniciador, no caso mono e difuncional, sobre a polimerização via radical livre, considerando corno caso estudo um polímero linear, o poliestireno, e um ramificado, o poli (acetato de vinila). Para isso, foram feitas, experimentalmente, reações de polimerização em ampolas de vidro (polimerização em massa), com o iniciador mono funcional (Luperox TBEC) e o di funcional (Luperox 531). Foram analisados também o efeito da temperatura de polimerização e a concentração de iniciador. Também neste trabalho é apresentado um estudo estatístico através de um Planejamento Fatorial, a fim de analisar o efeito das variáveis temperatura e concentração de iniciador na polimerização do estireno com iniciador difuncional. Observou-se...

Desenvolvimento de um modelo matematico mais rigoroso para polimerização radicalar controlada mediada por radicais nitroxido de estireno; Development of more detailed mathematics model for nitroxide mediated living free radical polymerization (NMRP)

Andre Rodriguez Murari
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.34%
A polimerização radicalar livre controlada - LFRP ("Living Free-Radical Polimerization") tem sido alvo de muita atenção nos últimos anos, pois permite obter polímeros com uma microestrutura altamente controlada, ou seja, com uma distribuição de pesos moleculares médios estreita e polidispersidade (PDI) perto de uma unidade, e com estruturas moleculares complexas (por exemplo: copolímeros bloco puros), com diversas arquiteturas complexas e com funcionalidades variadas. A polimerização iônica também gera microestruturas controladas, contudo as condições de reação para a polimerização iônica requerem elevadas purezas, o que torna inviável economicamente suas aplicações em alguns processos industriais. A polimerização radicalar livre controlada mediada por radicais nitróxido - NMRP ("Nitroxide-Mediated Living Free-Radical Polymerization") é uma das técnicas da LFRP, sendo que é mais robusta às impurezas comparada com a polimerização iônica. Muitos pesquisadores têm desenvolvido modelos cinéticos para predizer o comportamento da NMRP, sendo que muitos deles não consideram em seus modelos os efeitos difusionais. Entretanto, seu mecanismo ainda não é totalmente conhecido. Acredita-se que existam outras reações paralelas não previstas nos mecanismos apresentados em literatura. Isso explicaria o fato de o modelo predizer conversões máximas de 100 %...

Polimerização de estireno via radical livre mediada por nitroxidos usando iniciador trifuncional; Styrene polimerization via free radical mediated by nitroxides using trifunctional initiator

Eduardo Galhardo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/02/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.36%
Polimerização via radical livre controlada, também conhecida como "pseudo-living radical polymerization" ou "Living Free Radical Polymerization" (LFRP) tem recebido cada vez mais atenção como uma técnica para produção de polímeros com micro estrutura altamente controlada. Em particular, distribuições de massas moleculares estreitas são obtidas, com polidispersidade muito próxima de um. Rotas convencionais para polímeros como estes têm sido polimerizações iônicas, no entanto, elas são extremamente sensíveis a impurezas e tipo de solvente. Desta forma, processos de polimerização via radical livre, que são muito mais versáteis e robustos a impurezas, para a produção de polímeros com estruturas controladas via processo "controlado" ou "pseudo-living", tem se tornado uma importante alternativa. Um dos desafios a ser enfrentado na polimerização controlada é o aumento da velocidade de reação, uma vez que as polimerizações controladas são muito mais lentas que as convencionais, em função da etapa de equilíbrio que ocorre na polimerização controlada, fazendo com que a cadeia polimérica crescente se encontre por longos períodos de tempo como polímero dormente. Neste projeto de pesquisa, foi feito um estudo em nível experimental (polimerização em ampolas) para investigar a polimerização controlada mediada por nitróxidos (NMRP...

Investigação da polimerização via radical livre usando iniciadores trifuncionais; Investigation of free radical polymerization using trifunctional initiators

Paula Forte de Magalhaes Pinheiro Bonassi Machado
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.41%
A utilização de iniciadores químicos com funcionalidade superior a um, na polimerização via radical livre, tem crescido muito no meio acadêmico, científico e industrial. Estes tipos de iniciadores têm a capacidade de aumentar a velocidade da reação sem causar a redução do peso molecular do polímero formado. Além disso, iniciadores com funcionalidade superior a dois (multifuncionais), que não sejam cíclicos, podem ter a capacidade de gerar ramificações nas cadeias, alterando a microestrutura do produto. Existem alguns poucos trabalhos em literatura que abordam, em nível experimental e/ou de simulação, a polimerização via radical livre utilizando-se iniciadores bifuncionais (com dois grupos funcionais). Em Machado (2004), encontram-se modelos matemáticos utilizando iniciadores bifuncionais para a produção de polímeros lineares (poliestireno) e ramificados (poliacetato de vinila), este último, inédito em literatura aberta. O grau de complexidade envolvido no mecanismo cinético aumenta de forma significativa à medida que se aumenta a funcionalidade do iniciador. O objetivo deste trabalho foi estudar a polimerização via radical livre utilizando um iniciador cíclico trifuncional (TRIGONOX 301, T301). Este trabalho foi desenvolvido em nível experimental (polimerização em ampolas) e computacional (desenvolvimento de modelo matemático...

Estudo de processos de síntese de nanocompósitos de argila/poliestireno via polimerização in situ

Arioli, Rafael
Fonte: Florianopolis, SC Publicador: Florianopolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 132 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.34%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-graduação em Engenharia Química, Florianópolis, 2009; A área de pesquisa de materiais nanoestruturados tem recebido destacada atenção nos últimos anos por parte da comunidade científica. Os nanocompósitos de argila/polímero tem sido igualmente bastante estudados, visando o completo conhecimento de todos os fenômenos que envolvem a síntese e propriedades destes novos materiais. Na presente Tese de Doutoramento é apresentada a síntese de nanocompósitos de argila/poliestireno para a obtenção de um material com propriedades realçadas frente ao poliestireno puro. Para se alcançar este objetivo, foram selecionadas e estudadas diversas argilas organofílicas comerciais, assim como algumas argilas foram preparadas a partir de argilas hidrofílicas. As argilas foram devidamente caracterizadas e empregadas na obtenção dos nanocompósitos de argila/poliestireno via polimerização in situ. Entre as técnicas empregadas em reações de polimerização de monômeros orgânicos, foram utilizadas neste estudo, para a obtenção dos nanocompósitos, a polimerização via radicais livres em massa, em suspensão e em meio supercrítico. A polimerização via radicais livres em massa permitiu a obtenção de híbridos de argila/poliestireno. Estes híbridos foram devidamente caracterizados...

Modelagem matemática e validação experimental de reações de polimerização em miniemulsão com iniciador organossolúvel

Bresolin, Cristiane da Costa
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 154 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.34%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química, Florianópolis, 2013.; A técnica de polimerização em miniemulsão apresenta como principal vantagem o mecanismo de nucleação das gotas submicrométricas, o que permite a obtenção de látexes ou partículas poliméricas diferenciadas. Apesar de sua vasta utilização, a polimerização em miniemulsão apresenta um mecanismo de reação bastante complexo, de forma que poucos trabalhos relatam a modelagem matemática deste sistema na literatura. Neste trabalho foi desenvolvido um modelo matemático para descrever reações de polimerização em miniemulsão com iniciador organossolúvel. O modelo, que incluiu uma descrição detalhada da entrada e saída de radicais das partículas, foi validado com resultados experimentais e mostrou-se adequado para representar a cinética destas reações e a massa molar dos polímeros obtidos. Após validação, o modelo matemático foi utilizado para simular polimerizações de diferentes monômeros (estireno, metacrilato de metila e acrilato de butila) para uma ampla faixa de diâmetros de partícula, com o objetivo de avaliar o efeito da compartimentalização dos radicais nestas reações. Observou-se uma diminuição da velocidade da reação de polimerização com o aumento do tamanho de partícula...

Polimerização de PMMA em microemulsão com Lls tensioactivos

Valente, Marisa Vendeira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.36%
Esta dissertação tem como objectivo principal a avaliação do impacto do uso de líquidos iónicos (LIs) tensioactivos na síntese de poli(metacrilato de metilo) (PMMA), recorrendo à técnica de polimerização em microemulsão, e de nanocompósitos deste polímero com sílica modificada com o agente 3- metacril-oxipropil-trimetoxissilano (MPS). Tendo em conta que as propriedades dos líquidos iónicos podem ser manipuladas, por selecção de diferentes catiões e aniões, a utilização de líquidos iónicos tensioactivos na síntese de polímeros em microemulsão, apresenta-se como alternativa mais eficiente e ambientalmente aceitável aos processos que utilizam tensioactivos convencionais. A polimerização em microemulsão apresenta algumas vantagens em relação à polimerização em macroemulsão, sendo dispersões termodinamicamente estáveis, e portanto opticamente transparentes, e obtendo-se polímeros com elevado peso molecular em tempos de reacções reduzidos. No capítulo I, apresenta-se uma revisão geral de conhecimentos relativos à polimerização radicalar em microemulsão e aos líquidos iónicos, sua constituição e propriedades. No capítulo II, descreve-se a síntese e a caracterização de PMMA através da polimerização radicalar em microemulsão...

Um novo método para investigar cinéticas de polimerização baseado em RMN

de Lemos Campello, Sérgio; Emmanuel de Souza, Ricardo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.34%
A pesquisa e o desenvolvimento de procedimentos para sintetizar polímeros com propriedades específicas é uma área tecnológica de intensa atividade nos dias atuais. Este desenvolvimento depende, em parte, da habilidade de acompanhar e entender a cinética de polimerização destes materiais. Por exemplo, a rigidez mecânica de um polímero depende do tamanho de suas cadeias. Por sua vez, para polimerizações em cadeia, o tamanho das cadeias depende de como ocorre a fase de auto-aceleração durante a polimerização. Desta forma, o desenvolvimento de técnicas e métodos que permitam seguir a cinética de polimerização é de grande interesse científico e tecnológico. Neste trabalho, desenvolvemos um novo método de acompanhamento da cinética de polimerização baseado, essencialmente, em medições do tempo de relaxação spin-rede, T1, dos núcleos de hidrogênio, em função do tempo de polimerização, usando uma decomposição multi-exponencial da evolução da magnetização, em experimentos de inversão-recuperação. Este método é capaz de produzir estimativas das concentrações de sítios monoméricos e sítios poliméricos em função do tempo. O método foi testado no acompanhamento da cinética de polimerização de dois tipos de polímeros: o Resapol 10-249...

Desenvolvimento de nanocompósitos de nylon 6 em um reator de bancada em batelada : polimerização in situ em unidade experimental; Development of nylon 6 nanocomposites in a batch reactor : in situ polymerization in experimental unit

Ana Flávia Pattaro Coelho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.36%
Este projeto envolve o estudo e desenvolvimento de materiais compósitos (polímero/carga) nanoestruturados (nanocompósitos), produzidos em uma unidade experimental de polimerização, destinada ao desenvolvimento de Nylon -6 (Poliamida-6 ou PA-6) para novas aplicações como plástico de engenharia. O estudo envolve o processo de polimerização de PA-6 e nanocompósitos de PA-6/argila organofílica a partir do monômero 'ÉPSILON '-Caprolactama, como também a produção das argilas organofílicas. A mistura é feita em um reator de bancada em batelada no qual argilas bentoníticas sódica e organofilizada são adicionadas à massa reacional (matriz polimérica) durante o processo de polimerização. Os estudos para o desenvolvimento de PA-6 e de seus nanocompósitos com diferentes características pretendem correlacionar os parâmetros reacionais e operacionais às propriedades finais do polímero obtido. Para isto, estudos de simulação do processo de polimerização foram desenvolvidos, juntamente com análises experimentais do produto. Dessa forma, a PA-6 e os nanocompósitos produzidos por meio do processo de polimerização in situ foram avaliados levando em consideração a eficiência da incorporação ou grau de esfoliação da argila no polímero...

Estudo cinético da polimerização em miniemulsão visando a nanoencapsulação da quercetina

Bernardy, Neusa
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xvi, 65 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.34%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química; Polímeros naturais e sintéticos são amplamente usados no desenvolvimento de sistemas para liberação controlada e direcionada de fármacos e diversas técnicas podem ser utilizadas para produção de nanocápsulas poliméricas. A síntese de nanocápsulas via polimerização em miniemulsão apresenta como vantagem a possibilidade de se obter nanocápsulas em uma única etapa de reação e se baseia nas diferenças de tensão interfacial e do processo de separação de fases durante a polimerização. Neste trabalho foi realizado um estudo das reações de polimerização em miniemulsão visando a formação de nanocápsulas poliméricas biocompatíveis e avaliando a possibilidade de nanoencapsulação da quercetina, um antioxidante forte com capacidade de reagir com radicais livres. Inicialmente foram comparadas as reações para síntese de nanocápsulas e de nanoesferas poliméricas de poli(metacrilato de metila), respectivamente, com e sem núcleo de Miglyol 812, realizadas a diferentes temperaturas e com diferentes concentrações de iniciador. Foi observado que as reações para síntese de nanocápsulas apresentam velocidades de reação iguais as das reações para formação das nanoesferas...