Página 1 dos resultados de 2817 itens digitais encontrados em 0.058 segundos

Administração municipal: a comunicação e a informação pública inovando a gestão das políticas sociais; Municipal Administration: The Comunication and Public Information Inovvating the Conduction the Social Politics

Salgado, Silvia Regina da Costa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
65.95%
Consideradas a midiatização da sociedade e da política, investiga-se qual é o lugar/papel da comunicação governamental como instrumento de gestão e de participação cidadã na esfera municipal de governo.Tendo como objetivos contribuir teoricamente com os estudos de Comunicação, além de oferecer referencial à Administração municipal, subsidiando pesquisadores, profissionais e estudantes da área, toma-se como cenário as inovações de gestão pública, identificadas principalmente pela implementação de políticas sociais por Municípios brasileiros a partir da década de 1990. Esta tese se propõe ao desafio crítico de pesquisar, no contexto de administrações inovadoras, a Comunicação como espaço de interlocução entre o Poder público estatal e os cidadãos. Para isso uma matriz de análise é formulada e, nesta, a comunicação é concebida na perspectiva da substituição da gestão tecnoburocrática/monológica pela gestão participativa/dialógica do processo decisório. Utilizando-se o instrumental desenvolvido, a hipótese, orientadora do estudo de caso, é que há possibilidade de formulação de uma política de comunicação entre governo e cidadãos como espaço de interlocução entre o Poder estatal e a sociedade...

Comunicação, educação e saúde: a ação da Pastoral da Criança para a cidadania na Arquidiocese de São Paulo; Comunicação, educação e saúde: a ação da Pastoral da Criança para a cidadania na Arquidiocese de São Paulo

Reimberg, Cristiane Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/11/2009 PT
Relevância na Pesquisa
65.96%
Esse estudo retrata a ação da Pastoral da Criança na Arquidiocese de São Paulo, analisando como funciona na prática o processo educativo e comunicativo idealizado pela organização. Autores que trabalham a relação entre comunicação, cidadania, jornalismo, educação popular e saúde da criança estão presentes no campo teórico. Na pesquisa de campo, ouvimos 61 pessoas que atuam na entidade sobre as ações que realizam, o uso que fazem do Jornal Pastoral da Criança e como veem ou vivem a questão da cidadania. Ainda entrevistamos outras dez pessoas ligadas à Coordenação Nacional ou programas específicos, das quais destacamos a fundadora da Pastoral da Criança, Zilda Arns, e a jornalista responsável pelo jornal, Sonia Prati. Paralelamente às entrevistas, optamos por uma pesquisa participante, com o intuito de aprofundar nosso conhecimento sobre as práticas estabelecidas no cotidiano do voluntariado. Também analisamos a acessibilidade do texto do Jornal Pastoral da Criança, além de relacionar as respostas de leitoras e leitores com o conteúdo apresentado nas matérias, buscando ver se havia uma contribuição efetiva para a construção da cidadania. Nesse percurso, pudemos perceber as políticas comunicativas da Pastoral da Criança e seus efeitos nas comunidades. Realiza-se uma comunicação popular ao mesmo tempo em que se preocupa com a imagem da organização na mídia. O diálogo é a base do processo educativo e da comunicação estabelecida pela Pastoral da Criança...

Um estudo da comunicação institucional de empresas brasileiras envolvidas na produção de livros, jornais e revistas, sobre estratégias de sustentabilidade; A study about the institutional communication of Brazilian enterprises involved with the production of books, newspapers and magazines concerning strategies of sustainability.

Takiy, Basílio Akira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
75.82%
O estudo analisa aspectos da comunicação institucional em sites e produtos de empresas brasileiras envolvidas na produção de livros, jornais e revistas, quanto a estratégias de sustentabilidade eventualmente existentes na cadeia de produção desses impressos, desde a fabricação do papel até a operação das gráficas, sobretudo no âmbito dos impactos ambientais. Foram estudadas as possibilidades e os limites das principais estratégias de sustentabilidade ligadas aos impactos ambientais da produção dos livros, jornais e revistas: certificação florestal (FSC e Cerflor/PEFC), certificação de sistema de gestão ambiental (ISO 14001), inventário de gases do efeito estufa e balanço social (ou relatório de sustentabilidade). A comunicação institucional sobre estratégias de sustentabilidade esteve mais presente em empresas do setor de papel e celulose do que nas empresas editoras de livros, jornais e revistas, sugerindo um debate sobre a flexibilidade dos critérios de verificação e certificação das estratégias de sustentabilidade e as eventuais justificativas da adesão e da divulgação, ou não, a essas estratégias.; The study analyses institutional communication aspects on Brazilian enterprises sites and products involved with the production of books...

O peso das palavras, o choque dos ideais: uma análise crítica dos indicadores de sustentabilidade como critérios para a gestão da comunicação organizacional; The weight of words, the clash of ideals: a critical analysis of Indicators of Sustainability criteria for the management of Organizational Communication.

Silva, Eduardo Augusto da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
85.92%
Uma nova ordem mundial está exigindo posturas efetivamente diferenciadas das organizações, de todos os setores e esferas, acompanhadas pela crescente vigilância da sociedade através de mecanismos de avaliação de suas atividades. No intuito de definir parâmetros éticos, foram e estão sendo desenvolvidos modelos de prestação de contas das atividades corporativas. Por meio deles, pretende-se que a sociedade e o mercado assumam o papel de auditores do processo e da transparência nos resultados sociais alcançados. Alguns desses mecanismos são os cada vez mais propagados Indicadores de Responsabilidade Social Corporativa e, mais recentemente, os Indicadores de Sustentabilidade, que parecem buscar responder mais adequadamente aos anseios de uma consciência social, muito assustada com o presente e o futuro do planeta. O objetivo geral desta pesquisa foi analisar se as Políticas de Comunicação Organizacional podem se utilizar dos principais modelos e guias de avaliação das ações corporativas como critérios efetivos de certificação nos âmbitos da RSC e da Sustentabilidade, sem configurar em estratégias reducionistas de promoção da imagem institucional e mercadológica. O método de pesquisa utilizado neste trabalho foi o estudo de caso...

Blogosfera, estratégias de subversão e o campo da comunicação no Brasil: uma análise do Movimento dos Blogueiros Progressistas sob uma perspectiva de estudos organizacionais

Darbilly, Leonardo Vasconcelos Cavalier
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.89%
O campo da comunicação tem passado por um processo de intensas mudanças no que tange ao modo como a notícia é produzida, distribuída e consumida em seus diversos segmentos. Tal fenômeno está ligado, principalmente, a mudanças de ordem tecnológica que têm possibilitado novas alternativas de se produzir e comercializar a noticia e que fogem ao modelo estabelecido pelas organizações dominantes nesse espaço. A Internet, além de ter modificado o processo tradicional de produção, comercialização e distribuição da informação praticado pelas corporações de mídia, possibilitou também que diferentes grupos da sociedade civil pudessem expressar-se de maneira mais livre. Nesse sentido, graças à utilização das novas tecnologias de informação e comunicação por parte de tais grupos, viu-se o surgimento, no campo da comunicação no Brasil, de um conjunto de blogs políticos que possui como principal intuito desafiar o poder da mídia tradicional e também o de permitir a difusão de pontos de vista políticos distintos aos das organizações mainstream. Tal espaço é aqui denominado como uma blogosfera política alternativa. Dentre os diversos grupos de agentes que ingressaram no campo da comunicação nos últimos tempos...

Políticas da comunicação : reformas e continuidades

Sousa, Helena
Fonte: Universidade do Minho. Instituto de Ciências Sociais. Departamento de Ciências da Comunicação Publicador: Universidade do Minho. Instituto de Ciências Sociais. Departamento de Ciências da Comunicação
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2000 POR
Relevância na Pesquisa
95.84%
Este capítulo analisa as mais importantes reformas do sistema mediático e comunicacional em Portugal, desde o período revolucionário de 1974-75. Considerando que as mais importes reformas nas comunicações e nos media desde o 25 de Abril foram levadas a cabo durante os governos de Cavaco Silva, este trabalho problematiza os impasses ao tempo de António Guterres. Tendo chegado ao poder após a introdução de reformas entendidas como irreversíveis, o primeiro governo de António Guterres procurou essencialmente acompanhar as medidas desenvolvidas pela União Europeia e melhorar instrumentos legais e entidades reguladoras. Vendo-se obrigado a operar num meio reformado pelos governos anteriores e sem vontade política para inverter tendências, o governo socialista não procurou dilatar o seu espaço de manobra e, apesar da intensa actividade política que tem rodeado esta arena, os problemas criados pela apressada liberalização dos mercados e pelas privatizações ficaram - em alguns casos - por resolver.

Políticas da comunicação em Portugal : actores, decisões e não decisões

Sousa, Helena
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /05/2001 POR
Relevância na Pesquisa
85.96%
Comunicação apresentada na Sessão Temática «Políticas de Comunicação» do I Congresso Ibérico de Comunicação, Málaga, 7 – 9 de Maio de 2001.; Com este trabalho, pretendemos apresentar os aspectos mais relevantes da política de comunicação, em Portugal, nos últimos tempos. Começaremos por fazer uma breve abordagem às reformas estruturais introduzidas durante as legislaturas de Cavaco Silva e, de seguida, analisaremos criticamente a intervenção dos governos de António Guterres (no poder desde Outubro de 1995) na imprensa, rádio, televisão, telecomunicações e na chamada sociedade da informação. Numa fase de acelerada convergência tecnológica, a intervenção política e reguladora tem primado pela fragmentação e progressiva diluição de poderes. Para além da apresentação dos principais actores envolvidos nesta esfera, das mais relevantes linhas de acção política, este artigo abordará também a ausência de intervenção como forma de exercício de poder.

Economia política da comunicação e dos media : novos cruzamentos e triangulações

Sousa, Helena
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2005 POR
Relevância na Pesquisa
75.84%
Artigo introdutório do nº 7 da revista Comunicação Sociedade inteiramente dedicado à Economia Política da Comunicação e dos Media. Este texto dá conta das principais tendências teóricas e apresenta os textos que compõem o volume. Para além da apresentação e discussão dos grandes paradigmas deste denso corpo de literatura, este capítulo expõe um conjunto de casos, sectores e problemáticas sobre a comunicação e os media no nosso país e na (tão próxima) Galiza à luz da Economia Política dos Media.; Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).

Políticas da comunicação no novo milénio : crises, impasses e fracturas

Sousa, Helena
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2006 POR
Relevância na Pesquisa
75.89%
Prova tipográfica (In Press); Este capítulo aborda as medidas políticas e reguladoras subjacentes aos impasses e às transformações na comunicação social, nas telecomunicações e na chamada Sociedade da Informação, em Portugal, no quinquénio 2000-2004. A análise centra-se fundamentalmente nos aspectos programáticos, tal como foram enunciados pelos actores centrais dos processos de decisão política, e na forma como determinadas medidas foram (ou não) implementadas. Este capítulo está dividido em duas partes principais. A primeira é dedicada ao período entre 2000 e 2002, etapa em que o Partido Socialista dirigiu o país. A segunda parte dá conta dos desenvolvimentos que tiveram lugar no tempo dos governos maioritários de coligação PSD-CDS/PP.

Do mainframe à nuvem: inovações, estrutura industrial e modelos de negócios nas tecnologias da informação e da comunicação

Tigre,Paulo Bastos; Noronha,Vitor Branco
Fonte: Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo Publicador: Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
75.78%
Inovações radicais nas tecnologias da informação e da comunicação (TIC) abrem oportunidades para o desenvolvimento de novos modelos de negócios que, quando bem-sucedidos, acabam por alterar a própria estrutura da indústria global. A partir da revisão de mudanças estruturais ocorridas nas TIC nas últimas cinco décadas, neste artigo analisam-se a relação entre novas tecnologias, o surgimento de empresas consideradas paradigmas e seus respectivos modelos de negócios visando contribuir para o processo de formulação de estratégias empresariais e políticas públicas. O caso da empresa Google, responsável pela última onda de inovações radicais no setor, é analisado com base na recente literatura sobre a economia da informação visando exemplificar o impacto das mudanças tecnológicas no padrão de competição da indústria.

É legal?: a regulação da Comunicação Comunitária na esquerda latino-americana

Moreira,Gislene
Fonte: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (INTERCOM) Publicador: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (INTERCOM)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
75.9%
A América Latina iniciou o novo milênio com inovações nas políticas do setor da Comunicação, retomando o debate sobre as leis de meios. Esse processo acompanhou os giros democráticos no continente nos anos 2000. Mas que avanços normativos as novas esquerdas latino-americanas aportaram aos meios comunitários? Com o objetivo de compreender a relação entre governos progressistas e regulação da mídia comunitária, este estudo analisou as disputas normativas na Argentina, Brasil e Venezuela na última década com base em estudo de documentos, entrevistas etc. Foram comparadas as leis, a partir da visão dos atores envolvidos no debate. O resultado indica que a adoção de regras mais progressistas no setor não representa uma opção prioritária das novas esquerdas pelo tema. As novas leis são produto de uma complexa correlação de forças, em que a agência dos atores contra-hegemônicos é decisiva para a construção de novos caminhos.

Cartografia da percepção de mês e profissionais sobre a atenção a saúde de crianças/adolescentes soropositivos no município de Natal

Silva, Richardon Augusto Rosendo da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
75.87%
This study had as objective to identify to the perception of mothers and professionals of health on the attention to the health of HIV-Positive children/adolescents in the city of Natal-RN. It is a descriptive-exploratory study with quantitative and qualitative approach, carried through in the Giselda Trigueiro Hospital and in the State and Municipal Health Councils in Natal - RN, from march to december of 2005. The sample was composed by 56 participants, 33 mothers of children who use specialized assistance and 23 professionals. Data collection occurred with the application of a half-structuralized interview. Quantitative data were analyzed through descriptive statistics and qualitative data were submitted to content analysis. Prevailing categories in relation to the cartography of the attention to seropositive children and adolescents in Natal were: Organization and dynamics of the attention; Institutional management and human development; Control and prevention; other contexts of attention; relationship/communication team-patient and organization and functioning of the services. The profile epidemiologist of the children, adolescents and of the people/mothers, who take care of them with HIV/Aids, followed the evolution of the epidemic in the country and the world. It was verified that mothers need care and information; however they make a positive evaluation of the attendance they receive. It was also observed many gaps in the services of assistance...

Comunicação como política pública: as políticas da secretaria de comunicação institucional da presidência da república

Amaral, Giovanna de Barros Espíndola
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
66.05%
A democracia brasileira, ainda incipiente, apresenta vários desafios para que a comunicação se consolide como política de participação. Embora ainda pouco estudado, o enlace da comunicação e da política apresenta diversos conceitos. Comunicação governamental, marketing político, comunicação pública, significam diferentes maneiras de estruturação das políticas de comunicação do governo. Este trabalho pretende verificar, pois, a concepção de comunicação praticada pela Sub-Secretaria de Comunicação Institucional da Secretaria Geral da Presidência da República (Secom) e, como essa concepção especifica a relação Estado-sociedade. Para tanto, foram avaliados os instrumentos normativos que determinam as políticas adotadas, averiguando as incoerências da legislação e a análise empírica do boletim eletrônico da Secretaria, “Em questão”. O texto da lei que institui a Secom apresenta que, uma das finalidades da Secretaria é proporcionar o diálogo do cidadão com o poder público. Mas, por outro lado, não especifica de que modo este fluxo comunicativo poderá ser efetivado. As edições analisadas do Em questão correspondem ao período inicial da crise política desencadeada por denúncias publicadas na revista Veja de 18 de maio de 2005. Com o objetivo de compreender em que contexto se insere as matérias do Em questão (já que grande parte das denúncias parte da revista Veja) foram feitas análises comparativas das edições de Veja e Carta Capital...

Da assessoria de imprensa à comunicação integrada: estudos de caso sobre a evolução e os novos contornos da comunicação organizacional

Souza, Ana Paula Vieira de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
75.88%
Com a globalização, impulsionada pelo surgimento da internet, que facilita a comunicação e o acesso à informação em todo o mundo, os fluxos comunicacionais são cada vez mais intensos nas organizações, sejam elas públicas ou privadas. Nesse contexto, em que a opinião pública assume uma postura mais ativa, e a sociedade está mais exigente, é cada vez mais importante que as organizações tenham políticas de comunicação bem estruturadas, de forma profissional e estratégica. Sendo assim, não mais é possível se contentar com um assessor de imprensa que apenas emite esporadicamente um release e atende possíveis demandas de imprensa. Hoje, a política de comunicação nas organizações requer uma união de esforços de todas as áreas: Jornalismo, Relações Públicas, Marketing e Publicidade e Propaganda, trabalhando de forma integrada. Este trabalho percorre a evolução da comunicação organizacional, desde a atividade de assessoria de imprensa, isolada das demais habilitações e depois somada à perspectiva da assessoria de comunicação, para atingir o patamar da comunicação integrada. Para tanto, parte de uma pesquisa bibliográfica para definir o que é assessoria de imprensa, o que é assessoria de comunicação e o que é comunicação integrada para depois analisar...

Panorama da comunicação e das telecomunicações no Brasil: 2011/2012: v.1 indicadores; Panorama of communication and telecommunications in Brazil: 2011/2012: v.1 indicators

Castro, Daniel (Organizador); Melo, José Marques de (Organizador); Garcia, João Cláudio (Editor); Bezerra, Mirlene (Editor)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea); Socicom - Federação Brasileira das Associações Científicas e Acadêmicas de Comunicação Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea); Socicom - Federação Brasileira das Associações Científicas e Acadêmicas de Comunicação
Tipo: Livros
PT-BR
Relevância na Pesquisa
75.82%
O livro trata de indicadores da sociedade, da comunicação pública, das telecomunicações, e reflexões sobre o campo do conhecimento. Expõe as principais ideias debatidas em fóruns internacionais e nacionais, reúne um balanço do trabalho desempenhado pela Socicom no seu primeiro quinquênio. Apresenta os temas - serviços, aplicativos e conteúdos digitais multiplataformas para o campo público, e regulação.; 290 p. : il.

Panorama da comunicação e das telecomunicações no Brasil: v. 3 tendências na comunicação; Panorama of communication and telecommunications in Brazil

Melo, José Marques de (Coordenador, organizador); Simis, Anita (Coordenador); Machado, Elias (Coordenador); Lago, Claudia (Coordenador); Castro, Daniel (Coordenador, organizador); Castro, Cosette (Coordenador, organizador)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea); Socicom - Federação Brasileira das Associações Científicas e Acadêmicas de Comunicação Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea); Socicom - Federação Brasileira das Associações Científicas e Acadêmicas de Comunicação
Tipo: Livros
PT-BR
Relevância na Pesquisa
76.02%
O livro trata do levantamento do estado da arte da pesquisa e mercado da comunicação brasileira, suas tendências são de curto, médio e longo prazo. Ao desenvolver a pesquisa intitulada panorama da comunicação e das telecomunicações no Brasil, estimulando estudos metodologicamente desenvolvidos além dos muros acadêmicos, Ipea e Socicom ofereceram a oportunidade de novos espaços de pesquisa e investigação de forma interdisciplinar na tentativa de dar conta das complexas transformações vivenciadas na primeira década do século XXI. A partir dos dados e analises oferecidas nesses estudos, foi possível passar para um outro nível de acompanhamento sobre a pesquisa e o mercado em comunicação no Brasil, seja a partir da realidade nacional, seja comparando-o com outros países. O estabelecimento de indicadores e a continuidade das pesquisas através da realização de séries históricas nessa área proporcionam compreender as mudanças passadas, seja em termos tecnológicos, seja em termos de atualização do marco legal da comunicação e das telecomunicações, seja na produção e distribuição de conteúdos e serviços digitais, seja na avaliação sobre o tipo de oferta informativa existente e também sobre a produção de conhecimento em circulação. Mais do que isso...

Comunicação e Saúde – contribuições teóricas e metodológicas para o estudo de políticas de comunicação nos espaços decisórios dos conselhos gestores de saúde; Comunicação e Saúde – contribuições teóricas e metodológicas para o estudo de políticas de comunicação nos espaços decisórios dos conselhos gestores de saúde; Comunicação e Saúde – contribuições teóricas e metodológicas para o estudo de políticas de comunicação nos espaços decisórios dos conselhos gestores de saúde

Sardinha, Antonio Carlos
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 15/01/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.04%
The article aims to present theoretical methodological contributions to the study of political communication in the context of deliberative, with a focus on management councils in public health policies. From empirical research and literature, suggest a model case study could point to a communicational dimension of deliberative processes within the council’s policy makers.DOI: 10.5841/extraprensa.v2i11.463; El artículo tiene como objetivo presentar contribuciones teóricas metodológicas para el estudio de la comunicación política en el contexto deliberativo, se centró en la gestión de los consejos de las políticas de salud pública. De la investigación empírica y la literatura, sugieren modelo de casos de estudio podría apuntar a una dimensión comunicacional de los procesos de deliberación en los consejos políticos. DOI: 10.5841/extraprensa.v2i11.463; O artigo se propõe a apresentar contribuições teóricas e metodológicas para o estudo de políticas de comunicação no contexto deliberativo, com foco nos conselhos gestores de políticas públicas de saúde.  A partir de pesquisa empírica e bibliográfica, sugerimos modelo de estudo de caso capaz de apontar para uma dimensão comunicacional dos processos deliberativos no interior dos conselhos gestores de políticas .DOI: 10.5841/extraprensa.v2i11.463

O lugar das iniciativas de comunicação comunitária nas políticas de comunicação

Cabral Filho, Adilson Vaz; Alcaraz, Bianca Nunes; Magalhães, Felipe
Fonte: Revista Observatório Publicador: Revista Observatório
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.11%
Este artigo visa compreender a assimilação das iniciativas de comunicação comunitária na formulação de políticas públicas de comunicação, a partir de uma pesquisa bibliográfica e documental que busca situar as reflexões acadêmicas em torno do tema, a necessidade de sua regulamentação e o envolvimento das organizações sociais na formulação de um marco regulatório para as comunicações, no qual se inserem as iniciativas de comunicação comunitária e a capacidade de sensibilização para o tema. A partir do debate em torno da compreensão de um sistema de comunicação que prescinda de um setor distinto do estatal/governamental e do privado/mercantil, o artigo enfatiza a necessidade de definir bases para a implantação do que, de fato, seria o reconhecimento da importância de atuação histórica da comunicação comunitária em nosso país, atualmente manifesta nas rádios comunitárias e nos canais comunitários de TV a Cabo (bem como nos futuros Canais da Cidadania, em vias de implementação). PALAVRAS-CHAVE: Políticas de Comunicação. Comunicação Comunitária. Sistema público de comunicação.     ABSTRACT The aim of this article is to understand how community communication initiatives have been assimilated in the formulation of communication public policies. It is based in a bibliographic and documental research...

Institutional repository in communication: the REPOSCOM project implemented in the digital libraries federation of communication science; Repositório institucional em comunicação: o projeto REPOSCOM implementado junto à federação de bibliotecas digitais em Ciências da Comunicação 10.5007/1518-2924.2007v12nesp1p77

Ferreira, Sueli Mara Soares Pinto; USP - São Paulo
Fonte: Departamento de Ciência da Informação – UFSC Publicador: Departamento de Ciência da Informação – UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2007 POR
Relevância na Pesquisa
75.85%
Considering the conceptualization, characterization and context of the institutional repositories (IR) this paper discuss the procedures, policies and strategies delineated to the implementation of IR in a research environment. The object of discussion is the project called Reposcom - Institutional Repository of Intercom (Brazilian Society of Interdisciplinary Studies of Communication) – which is part of a broader project managed by the Portcom – Information Network in Communication Sciences of Countries of Portuguese Language – and called Digital Libraries Federation in the Communication Sciences. Aiming to share the knowledge and experience acquired with the implementation of the Reposcom, this paper describes its work activities, the decisions made, the customization of the software DSpace (the technological solution) and the initial results achieved with the project.; Partindo do conceito, caracterização, entorno e contexto dos repositórios institucionais (RI), este artigo discute os procedimentos, políticas e estratégias definidas para sua implementação em um ambiente de pesquisa. Trata-se do Reposcom – Repositório Institucional da Intercom - Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, que está inserido em um projeto maior intitulado “Federação de Bibliotecas Digitais em Ciências da Comunicação” desenvolvido pela Portcom - Rede de Informação em Ciências da Comunicação dos Países de Língua Portuguesa. Com o objetivo de compartilhar os conhecimentos obtidos descrevem-se as etapas de trabalho...

Políticas de comunicação, governo Lula e TV digital | Communication policies, the Lula presidency and digital TV

Bolaño, César Ricardo Siqueira; UFS; Brittos, Valério; Unisinos
Fonte: Ibict Publicador: Ibict
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 22/10/2007 POR
Relevância na Pesquisa
66.06%
Resumo A reeleição de Luis Inácio Lula da Silva para mais quatro anos de governo veio carregada de expectativas quanto às diferentes áreas, entre elas a das políticas nacionais de comunicação. O Governo Lula apresenta uma visão hesitante a respeito da implantação da TV digital terrestre, mas não parece apontar, como deveria, para a construção da política nacional de comunicação de que o país carece, como reconhece toda a bibliografia brasileira em políticas e em economia política da comunicação.Palavras-chave economia política da comunicação; políticas de comunicação; processos midiáticos; comunicação e capitalismo; história da comunicação. Abstract Luis Inácio Lula da Silva's reelection for Brazilian presidency brought expectations in different areas, among them those of national communication policies. Lula's Government presents a hesitant vision in respect to the installation of earthly digital TV, but it doesn't seem yet, as it should, to point to the construction of the national communication policy the country needs, as all the Brazilian communication policies and political economy of communication bibliography recognize. Keywords political economy of communication; communication policies; media processes; communication and capitalism; communication history