Página 1 dos resultados de 395 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Política e Legislação da Gestão da Qualidade do Ar Instrumentos, Ferramentas e Quadro Legal : Enquadramento de Portugal no Contexto Europeu e Internacional

Azevedo, Francisco Moreira de
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.39%
Perante o agravamento das problemáticas atmosféricas a maior parte dos países mundo tem adotado ações concertadas e conjuntas tendentes a responder a estas realidade. No quadro da União Europeia, bloco económico e político ao qual Portugal pertence como estado-membro, tem vindo a ser desenvolvido um forte programa de combate à poluição atmosférica. Seguindo as principais linhas de orientação dos seus predecessores mas, ao mesmo tempo, trilhando novos caminhos para atingir desafiantes metas, o Sexto Programa de Ação em matéria de Ambiente (6.º PAA) pretende atingir níveis de qualidade do ar que não impliquem efeitos negativos nem riscos significativos para a saúde humana e o ambiente. A União Europeia tem pautado a sua atuação numa ótica de concertação de políticas e legislação como forma de reduzir as emissões atmosféricas dentro do seu espaço territorial. A articulação entre as políticas comunitárias que visam reduzir a exposição à poluição atmosférica e a produção legislativa em matéria da qualidade do ar, nomeadamente, a fixação de valores limites de emissão para os diferentes poluentes nas zonas e aglomeração das nossas cidades, encontra na gestão ambiental do recurso ar os conceitos e estratégias de atuação práticas fundamentais para...

O programa de incentivo à instalação de cozinhas comunitárias: avaliação de uma política pública brasileira; The program of incentives for installation of community cafeterias: evaluation of a brazilian public policy

BANDONI, Daniel Henrique; MARCHIONI, Dirce Maria Lobo; BRASIL, Bettina Gerken; FIGUEIREDO, Iramaia Campos Ribeiro; SARTI, Flavia Mori
Fonte: São Paulo Publicador: São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.39%
O trabalho tem como objetivo descrever e avaliar as Cozinhas Comunitárias (CC) apoiadas pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) em funcionamento no Brasil em 2006. Trata-se de estudo transversal que investigou as CC, com projetos contemplados nos editais do MDS realizados entre os anos de 2003 a 2005. Inicialmente foram identificadas as CC em funcionamento e estas CC foram visitadas para a coleta de dados relativos ao atendimento prestado, avaliação da estrutura física e das refeições oferecidas. A estrutura física foi avaliada por meio de um check-list, baseado nas exigências da legislação sanitária, e a oferta de refeições foi caracterizada pelos alimentos e preparações oferecidas pelas CC para determinar o valor nutricional das refeições. A maioria das cozinhas financiadas (60%) estava em fase de implementação no momento da entrevista, entre as cozinhas em funcionamento, a maioria estava localizada nos Estados de Santa Catarina e Paraná. Observou-se também que cerca de 20% das cozinhas não ofereciam refeições regularmente. Ao realizar a avaliação nutricional das refeições, foi observada uma grande heterogeneidade na oferta de alimentos. Ao avaliar as condições higiênico-sanitárias, quase a totalidade das CC foram classificadas como deficientes ou regulares...

Bibliotecas comunitárias como prática social no Brasil; The community library as social practice in Brazil.

Machado, Elisa Campos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.43%
A pesquisa aborda a biblioteca comunitária como prática social, no Brasil. Tem por objetivo principal apontar políticas públicas para o fortalecimento e ampliação dessas iniciativas. Para isso, foi necessário proceder à análise da biblioteca comunitária como espaço de articulação local, seus atores, sua organização e o uso da informação nesse contexto. Partindo do conceito de comunidade, apresentamos uma reflexão sobre as práticas sociais, os processos participativos e a relação do Estado na construção de políticas públicas para apoiar essas experiências. Discutimos o emprego do termo pela sociedade e pela área acadêmica, analisando as semelhanças e diferenças entre a biblioteca comunitária e a biblioteca pública e popular. Optamos pela metodologia qualitativa com objetivos exploratórios e resultados descritivos e analíticos. Levantamos 350 experiências no território nacional e selecionamos 29 para compor o universo da pesquisa. Lançando mão das técnicas de entrevista e observação, pudemos confirmar que o motivo principal para a criação desses projetos é a carência de bibliotecas públicas e escolares no país, o que leva a sociedade a buscar caminhos para enfrentar o problema de acesso à informação...

Agricultura urbana e peri-urbana em Campinas/SP : analise do Programa de Hortas Comunitarias como subsidio para politicas publicas; Urban and peri-urban agriculture in Campinas/SP : analysis of the community kitchen-gardens program as subsidy for public politics

Juliana Arruda
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.5%
A Agricultura Urbana e Peri-urbana (AUP) contemporânea vêm ganhando destaque no cenário mundial e nacional e reafirmando-se como um fator permanente nos processos de desenvolvimento sustentável das pessoas e da sociedade.Em Campinas, a câmara e o executivo têm, através das legislações municipais e da regulamentação do Programa de Hortas Comunitárias de Campinas (PHC), sinalizada a intenção em trazer à agenda política do município o tema de agricultura urbana. Porém na atual administração, Hélio de Oliveira Santos (2005-2008), o PHC ainda não tem destino claro. Neste contexto, este trabalho tem como objetivo analisar o PHC, de forma a subsidiar uma nova formulação de políticas públicas de AUP no município. Seus objetivos específicos compreendem a análise da gestão do PHC, dos projetos de hortas no município e do perfil dos participantes, bem como tecer proposições a cerca da percepção dos entrevistados. Os dados utilizados foram obtidos a partir de visitas sistemáticas e entrevistas dirigidas ao longo do ano de 2005, realizadas junto a formuladores, gestores e beneficiários de hortas urbanas escolares, terapêuticas e comunitárias do município de Campinas, além da fonte documental. A análise da maneira como se deu a gestão do PHC evidenciou a...

Bibliotecas comunitárias

Madella, Rosangela
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 1v| tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.38%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação, Florianópolis, 2010; Este estudo tem como objetivo analisar as representações sociais que os diversos agentes envolvidos na organização e gestão de bibliotecas comunitárias constroem sobre a participação destas no funcionamento da sociedade, a partir do pensamento dos que nelas atuam. São analisadas as manifestações de agentes atuantes em quatro bibliotecas comunitárias sediadas em Florianópolis: Biblioteca Barca dos Livros, situada na Lagoa da Conceição; Biblioteca Livre do Campeche (BILICA), localizada no Campeche; a Biblioteca Comunitária da Fundação Vidal Ramos, do centro da cidade e a Biblioteca Comunitária da Barra da Lagoa, com sede na Barra da Lagoa. Foi empregada na pesquisa a metodologia do tipo qualitativa, tendo como fundamentação teórica e metodológica a sociologia do conhecimento e a teoria das representações sociais e coletivas. A técnica de análise para a tabulação dos discursos, coletados por meio de entrevistas e questionários foi o Discurso do Sujeito Coletivo (DSC) construída por Lefèvre e Lefèvre. Na análise, foi identificada a menção da falta de políticas públicas de incentivo por parte do Estado...

Políticas de asilo na União Europeia

Gonçalves, Márcia Patrícia Pereira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.46%
O presente relatório de estágio, realizado no SEF, (Delegação Regional de Aveiro) tem como principal objetivo analisar as políticas de Asilo no espaço Europeu. Ao longo da história foram assinalados diversos períodos de variação de fluxos migratórios, assim como vários acontecimentos que os provocaram. Estes acontecimentos históricos facilitam as saídas de nacionais à procura de vidas economicamente mais favoráveis e outros que procuram a segurança. No caso dos refugiados, que procuram segurança em outro Estado, têm tido dificuldades devido a vários fatores: a nacionalidade, os destinos, as políticas dos diferentes Estados, a confusão com o imigrante ilegal, entre outros. A Instituição do Asilo remete-nos a um passado longo, no entanto, é cada vez mais presente nos dias de hoje, graças à globalização. A União Europeia usufrui de vários instrumentos e programas para o controlo e fiscalização de migração, no entanto, é importante entender se estes instrumentos são viáveis para a distinção entre o imigrante ilegal e o refugiado. No que diz respeito à receção e reconhecimento do estatuto, a proteção desta minoria de imigrantes está assegurada pela Convenção de Genebra de 1951, adicionado ao Protocolo de Nova Iorque de 1967. O problema assenta em duas vertentes principais: a distinção dos estatutos (ilegalidade e proteção) e a eventual perda de soberania dos Estados na adoção de diretivas comunitárias para a proteção do refugiado. Esta temática tem vindo a ganhar mais relevância já que as crises internacionais têm sido mais frequentes. A perda de soberania dos Estados membros influencia negativamente na adoção de políticas que protejam totalmente o refugiado...

As escolas comunitárias de Luanda : um contributo para o desenvolvimento sustentável da escolarização em Angola

Mendes, Carolina de Fátima Babo, 1976-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.53%
Tese de mestrado, Educação (Administração e Organização Educacional), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2011; Este estudo foi desenhado no sentido de conhecer as dinâmicas de acção da Associação das Escolas Comunitárias (AEC), uma ONG angolana, e perceber qual o seu contributo para o desenvolvimento sustentável da escolarização em comunidades mais carenciadas, ao desenvolver uma resposta educativa complementar à do Estado. O quadro conceptual alicerça-se em três grandes dimensões de análise que sustentam este estudo: a primeira contextualiza o estudo a nível internacional, referindo as políticas educativas, a globalização e a década da educação para o desenvolvimento sustentável; a segunda, a nível nacional, refere as políticas educativas nacionais e a actual intenção de descentralização e desconcentração por parte da tutela; a terceira dimensão define e caracteriza o foco do estudo onde as dinâmicas de acção da AEC, influenciadas por políticas internacionais e nacionais, se estruturam numa resposta educativa sustentável, com base na iniciativa comunitária, solidária e organizada em rede. Perante a insustentabilidade da educação pública em Angola, este estudo indica que a resposta educativa complementar da AEC que se desenvolve na periferia de Luanda...

Participação das populações locais no desenvolvimento da educação. Caso de estudo: escolas comunitárias da região de Bafatá, Guiné-bissau (2004-2006)

Lopes, Catarina
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
36.33%
Mestrado em Estudos Africanos – Desenvolvimento, Diversidades Locais e Desafios Mundiais; Na «arte de procurar soluções», as populações locais na Guiné-Bissau respondem através de modelos variados de participação no sector da educação. As escolas populares, as escolas públicas com iniciativa de associações manjacas, as escolas de autogestão e as escolas comunitárias reflectem a diversidade de respostas das comunidades face às carências educativas não supridas pelo Estado. Os modelos de desenvolvimento participativo apresentados encontram fonte de aprendizagem no período colonial, em particular durante a luta pela independência. As decisões políticas assumidas no Congresso de Cassacá, em 1964, constituem os alicerces de experiências educativas baseadas em modelos de organização e participação da sociedade guineense, que voltarão a ser experimentadas com variáveis no período pós-independente até aos nossos dias. Na região de Bafatá, a participação das comunidades manifesta-se em 156 das 252 escolas existentes em 2006. O envolvimento da população contribui para minorar os efeitos negativos da pobreza e consequentemente para que se alcance a Educação Para Todos até 2015 cujo compromisso foi assinado pela Guiné-Bissau...

Rádios comunitárias: em prol da comunicação para o desenvolvimento perspectiva comparada: Guiné-Bissau e Moçambique

Paula, Patrícia Filipa da Mota
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.51%
Tese de doutoramento em Ciências da Comunicação; O fenómeno globalização não eliminou, como se previa, os obstáculos sociais e económicos do mundo contemporâneo, pelo contrário, tem contribuído sobremaneira para o agravamento do fosso entre países desenvolvidos e países em vias de desenvolvimento, sendo a pobreza e a exclusão social consequências imediatas deste processo. Por outro lado, sobretudo em África, a globalização é responsável pelo aparecimento de iniciativas de desenvolvimento local que pressupõem novas perspectivas de adaptação das políticas públicas nacionais às singularidades locais das zonas urbanas e rurais. As rádios comunitárias instituem-se, por conseguinte, como ferramentas essenciais à estruturação destas novas dimensões físicas, económicas, políticas, sociais e culturais. A presente tese centra-se numa análise comparativa do panorama radiofónico comunitário de dois países africanos lusófonos: Guiné-Bissau (2003, 2004, 2007) e Moçambique (2009) e incide na tensa relação entre poder político e rádios comunitárias através de uma revisão teórica de dois conceitos emergentes: Comunicação para o Desenvolvimento e Glocalização. Um estudo cujos objectivos-chave são: 1. Apurar qual o papel destes media de proximidade na construção de uma cidadania exigente e participativa...

Políticas de integração: o ensino/aprendizagem da língua portuguesa no contexto de acolhimento e integração de adultos imigrantes

Semedo, Maria Gabriela Varela
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.24%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Migrações, Inter-Etnicidades e Transnacionalismo; A chegada a Portugal de um número considerável de imigrantes das mais diversas proveniências, origens, culturas e diferentes graus de qualificação tiveram implicações ao nível político, económico e social, promovendo uma nova actuação do estado, bem como o desenvolvimento de novas políticas migratórias e de integração de imigrantes. O crescente e diversificado boom imigratório que Portugal sofreu após o ano 2000, fruto do aparecimento de novas nacionalidades, potenciou o aprofundamento das políticas de imigração e particularmente de integração dos imigrantes, através da implementação de políticas públicas desenvolvidas pelo Estado, tendo-se assim tornado um dos actores mais relevantes no processo de integração de imigrantes O presente trabalho procura assim abordar as políticas de integração levadas a cabo pelo estado português, em particular, as respeitantes à promoção da aprendizagem da língua portuguesa pelos adultos imigrantes. Assim, a análise é efectuada considerando a importância da aprendizagem da língua da sociedade de acolhimento e o que representa nas políticas comunitárias e nacionais para o acesso ao mercado de trabalho...

Creches comunitárias e democracia participativa: novas perspectivas à infância uberlandense (1983-8)

Ferreira, Vanessa de Souza
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.42%
Esta pesquisa teve por objetivo apresentar algumas considerações acerca do contexto histórico da educação infantil em Uberlândia, Minas Gerais, priorizando a organização, o atendimento e a manutenção das creches comunitárias, que se configuraram na arquitetura política da chamada democracia participativa no período entre 1983 e 1988, marcado por transformações no contexto da redemocratização política do país e de sua repercussão em âmbito local. Para tanto, buscou-se: aprofundar o estudo das questões específicas ao atendimento a infância desfavorecida no Brasil e no município e desvelar intenções políticas, assistenciais e educativas desse movimento para se compreender a realidade da educação infantil na cidade. Procurou-se detectar em que medida as creches comunitárias de Uberlândia se configuraram como assistência à família e se a prática assistencial se sobrepôs às práticas educacionais no interior dessas instituições. Metodologicamente, foram realizados os seguintes procedimentos: analisamos bibliografia referente à história da infância e sua escolarização, enfatizando posteriormente o histórico das creches no Brasil; consideramos também estudos referentes aos movimentos sociais organizados; entrevistamos os sujeitos envolvidos na constituição e consolidação das creches comunitárias em Uberlândia; buscamos referenciais na legislação como forma de identificar as questões acerca das creches...

Dinâmicas políticas microterritorias : organizações comunitárias e acesso às políticas públicas na periferia de São Paulo; Microterritorial political dynamics : community organizations and public policies access in the periphery neighborhoods of São Paulo

Júlia Moretto Amâncio
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.43%
A mobilização coletiva em torno das questões locais, protagonista na literatura especializada nas décadas 1970 e 80, deixou de ser central nos estudos sobre democracia e participação no Brasil e foi sendo substituída pelas análises sobre as instituições participativas ao longo dos anos 90. Este trabalho propõe-se a voltar seu olhar para as dinâmicas políticas microterritoriais, para os caminhos que ligam as comunidades que vivem nas periferias de São Paulo ao Estado, em busca de acesso às políticas públicas. A partir de uma abordagem exploratória, busca-se para compreender e caracterizar quais são os atores e interações sócio-políticas que ocorrem neste nível em torno da garantia de direitos coletivos. Demonstra-se que esta atuação coletiva ocorre na contramão da lógica especializada dos setores e mobiliza um variado repertório para encaminhar demandas e acessar o Estado. A análise da dinâmica política microterritorial revela a necessidade de ampliar o olhar e de incorporar outras perspectivas e categorias de análise a fim de compreender o processo histórico e relacional que explica estas lógicas de atuação nos territórios.; The local collective mobilization, the great protagonist in the 1970's and 80's on the Brazilian participation and democratic studies...

Madres comunitarias en formación permanente : por un cuidado integral a la primera infancia.

Pastrana Chaparro, Sandra Yanid; Ruíz Bohórquez, Carmen Alicia, dir.
Fonte: Universidade La Sabana Publicador: Universidade La Sabana
Tipo: Tese de Doutorado
ES
Relevância na Pesquisa
36.33%
En la primera infancia se estructuran las bases para el desarrollo integral de la persona. Es por esto que los niños y las niñas requieren una atención de calidad en los hogares comunitarios que garantice el pleno desarrollo de sus dimensiones. Para ello las madres comunitarias deben adelantar procesos que tengan en cuenta los intereses, capacidades y características de los niños y las niñas y desarrollar prácticas pedagógicas acordes con las Políticas de Primera Infancia. En respuesta a estas expectativas, el presente proyecto pretende ser un aporte significativo a partir de un diagnóstico de las necesidades formativas de un grupo representativo de madres comunitarias de la Localidad de Ciudad Bolívar y resultado de este, una propuesta formativa por competencias laborales. Nota: Para consultar la carta de autorización de publicación de este documento por favor copie y pegue el siguiente enlace en su navegador de Internet: http://hdl.handle.net/10818/8775

La política de primera infancia y las madres comunitarias

Leonor Jaramillo; Directora del instituto de estudios en educación de la universidad del norte.
Fonte: Fundación Universidad del Norte Publicador: Fundación Universidad del Norte
Tipo: article; publishedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
36.33%
El presente artículo presenta los resultados de investigación sobre laconcepción de infancia que manejanmadres comunitarias, en el seno del programa de capacitación "Nichos Pedagógicos” orientado por el Instituto de Estudios en Educación (IESE) de la Universidad del Norte, bajo el patrocinio de la fundación PROMIGAS, en el año 2007. El artículo expone los referentes contextuales relacionados con los aspectos misionales del Instituto Colombiano de Bienestar Familiar – ICBF - y con el municipio de Pueblo Viejo, Magdalena (Colombia) lugar de origen de las madres comunitarias participantes; posteriormente se presentan los referentes teóricos de las categorías de análisis de la concepción de infancia manejada por la ley de infancia desde 2006. Hay un apartado dedicado a describir la metodología utilizada y otro referido al análisis de los resultados. La última parte del informe contiene las conclusiones y recomendaciones derivadas del presente estudio.This article presents community mothers’ conception of childhood, within the training program “Nichos Pedagógicos” directed by the Institute for Studies in Education, IESE, Universidad del Norte under the auspices of the foundation Promigas in 2007. This article reports concerning related contextual missional aspects of the Colombian Institute of Family Welfare - ICBF - and the town of Pueblo Viejo...

The Rede Brasil de Bibliotecas Comunitárias: a space for sharing information and building new knowledge

Machado, Elisa Campos; Prado, Geraldo Moreira; Silva, Abraão Antunes da; Lira, Jailton; Tadashi, Kleber
Fonte: Centre for Community Informatics, Research, Development and Training (CCIRDT) Publicador: Centre for Community Informatics, Research, Development and Training (CCIRDT)
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
36.46%
This is a report on the experience of creating the Rede Brasil de Bibliotecas Comunitárias (RBBC), an online social network that aims to bring together and share information regarding practices employed in setting up local library collections and making them available to the public; discussing the principles that govern the autonomous management of these spaces; establishing ties and creating exchanges between the different agents and spheres involved in this process; and encouraging society’s participation in the construction of public policy for Brazilian libraries. The work presents the theoretical references that make up the foundation of the proposal, the methodology employed and analyzes the data obtained during the first ten months of the network’s existence.; [pt] O relato apresenta a Rede Brasil de Bibliotecas Comunitárias (RBBC), seu histórico, objetivos e metodologia, assim como os resultados obtidos até o momento. Criada por um grupo de estudantes de Biblioteconomia, bibliotecários e pesquisadores da área, juntamente com lideranças locais, responsáveis por bibliotecas comunitárias no Brasil, tornou-se o primeiro espaço de debates virtual sobre o tema. Tem por objetivos: compartilhar informações relativas às práticas empregadas na formação e disponibilização de acervos locais; discutir e refletir sobre os princípios que regem a gestão autônoma desses espaços; estabelecer vínculos e articulações entre os diversos agentes e esferas envolvidas nesse processo...

Las políticas comunitarias y el enfoque territorial : UE 2012-2014. El empleo, ¿una prioridad en las políticas locales?

Lope Peña, Andreu
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2013 SPA
Relevância na Pesquisa
56.46%
El artículo repasa la dimensión territorial de las políticas de la UE en el marco de la Estrategia Europea 2020, centrándose particularmente en las políticas de fomento del empleo. Se analizan las prioridades de dicha estrategia, concretadas en una serie de objetivos temáticos que, en términos de impulsar la cohesión territorial, se focalizan sobre todo en los criterios de financiación del FEDER. Del análisis realizado, se concluye que las políticas comunitarias de empleo enfatizan poco el reconocimiento de la importancia del ámbito local como elemento clave para la concreción de políticas activas de empleo, capaces de atender las necesidades y requerimientos específicos del tejido productivo y de las personas del territorio.; The paper examines the territorial dimension of EU policies in the framework of the Europe 2020 Strategy and especially focuses on the promotion of employment policies. The paper analyses the strategy priorities on thematic objectives of territorial dimension based on finance criterion of FEDER funds. The analysis concludes that European employment policies place less emphasis on the recognition of local level and its potential to set activation employment policies. These policies could be capable of attending needs and specific productive requirements and those of the people from different territories.; L'article repassa la dimensió territorial de les polítiques de la UE en el marc de l'Estratègia Europea 2020...

Cambios familiares y nuevas políticas sociales en España y Cataluña. El cuidado de la vida cotidiana a lo largo del ciclo de vida

Brullet, Cristina
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2010 SPA
Relevância na Pesquisa
36.27%
El objetivo de este artículo es presentar las «nuevas» políticas sociales en España para atender las necesidades de cuidado en la vida diaria de las personas dependientes. La atención se centra en el cuidado como concepto clave cuya realidad de referencia supera el marco familiar, aunque lo incluye (Lewis, 1997 y 2007; Letablier, 2007; Brullet, 2010). El foco, por tanto, no son las políticas familiares en relación con la infancia, sino las políticas sociales de proximidad de apoyo al cuidado de las personas y a la calidad de vida desde la primera infancia hasta las edades adultas. Se aboga a favor de la sostenibilidad del bienestar en nuestra sociedad con el aumento de la corresponsabilidad privada entre hombres y mujeres, y de la corresponsabilidad entre instituciones privadas y públicas. En la primera parte, se plantea la deslegitimación de la familia patriarcal moderna en las sociedades occidentales, y las oportunidades y los retos sociales que ello genera a inicios del siglo XXI. En la segunda, se aborda la relación entre el cuidado de las personas en la vida cotidiana y el lugar de las familias en la provisión de cuidados en los distintos regímenes de bienestar europeos. La comparación del gasto público en apoyo a las familias con hijos entre países europeos muestra que España y Cataluña se situan al final del ranking. En tercer lugar...

Ethnic revival: actitudes, políticas y usos lingüísticos de los alemanes del Volga en la Argentina

Hipperdinger, Yolanda
Fonte: Universidad de Alcalá. Servicio de Publicaciones Publicador: Universidad de Alcalá. Servicio de Publicaciones
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
46.34%
Presentamos en este artículo datos sobre la existencia actual de un ethnic revival entre los descendientes de inmigrantes alemanes del Volga en la Argentina, entre quienes la conservación de la lengua de origen, que fue comparativamente prolongada respecto de otros grupos alóctonos radicados en el país, se halla hoy en clara retracción. Nos centramos, en particular, en las ‘presentaciones en sociedad’ que publican en línea las principales asociaciones étnicas de la comunidad, y sobre esos materiales registramos y analizamos qué se dice de la lengua propia y qué se consigna en ella. Sobre esa base, iniciamos indagaciones acerca de cómo se imbrican en ese marco las cuestiones actitudinales, las políticas lingüísticas comunitarias y los usos del alemán que se realizan desde la referida posición modélica.; Ethnic revival: linguistic attitudes, policies and uses of the Volga Germans in Argentina. This article presents data on the current existence of an ethnic revival among the descendants of the Volga German immigrants in Argentina, among whom the preservation of the source language, which was comparatively prolonged with respect other allochthonous groups residing in the country, is now clearly in retraction. We especially focus on the ‘presentations in society’ which have been published online by the community’s main ethnic associations...

O lugar das iniciativas de comunicação comunitária nas políticas de comunicação

Cabral Filho, Adilson Vaz; Alcaraz, Bianca Nunes; Magalhães, Felipe
Fonte: Revista Observatório Publicador: Revista Observatório
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.59%
Este artigo visa compreender a assimilação das iniciativas de comunicação comunitária na formulação de políticas públicas de comunicação, a partir de uma pesquisa bibliográfica e documental que busca situar as reflexões acadêmicas em torno do tema, a necessidade de sua regulamentação e o envolvimento das organizações sociais na formulação de um marco regulatório para as comunicações, no qual se inserem as iniciativas de comunicação comunitária e a capacidade de sensibilização para o tema. A partir do debate em torno da compreensão de um sistema de comunicação que prescinda de um setor distinto do estatal/governamental e do privado/mercantil, o artigo enfatiza a necessidade de definir bases para a implantação do que, de fato, seria o reconhecimento da importância de atuação histórica da comunicação comunitária em nosso país, atualmente manifesta nas rádios comunitárias e nos canais comunitários de TV a Cabo (bem como nos futuros Canais da Cidadania, em vias de implementação). PALAVRAS-CHAVE: Políticas de Comunicação. Comunicação Comunitária. Sistema público de comunicação.     ABSTRACT The aim of this article is to understand how community communication initiatives have been assimilated in the formulation of communication public policies. It is based in a bibliographic and documental research...

Associações Comunitárias do Meio Rural: Um Estudo de Caso no Centro Oeste de Minas Gerais

Toledo,Carla; Presno Amodeo,Nora Beatriz
Fonte: Mundo agrario Publicador: Mundo agrario
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.34%
O artigo analisa o associativismo rural de um município mineiro no Brasil. Os resultados pertence ma uma pesquisa de mestrado em Extensão Rural sobre organizações associativas e políticas públicas para o meio rural com o objetivo de identificar os papéis desempenhados pelas organizações, as razões de sua formação e a relação com o processo de elaboração das políticas. Trata-se de um estudo de caso, com entrevistas aos representantes das organizações para aprofundar nos seus históricos, nas funções que realizam e como é a participação na elaboração de propostas de desenvolvimento. Os resultados revelaram uma formação verticalizada das associações, formadas como instrumento para obtenção de vantagens coletivas e reproduzindo relações de dependência.