Página 1 dos resultados de 8578 itens digitais encontrados em 0.048 segundos

A dimensão europeia da educação: (des) construções ao nível do projecto educativo e do currículo do ensino secundário: um estudo de caso múltiplo

Fraga, Nuno Miguel da Silva
Fonte: Universidade da Madeira Publicador: Universidade da Madeira
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
85.77%
Defendemos a ideia de que factores como a globalização e a europeização, aliados a constantes critérios de convergência, cuja fuga se torna sinónimo de fracasso e distanciamento face a uma Europa que se pretende competitiva, apelam a um redesenhar das acções quer sociais como educativas. Esta investigação visa explorar e descrever os processos que ao nível das escolas de ensino secundário público do Concelho do Funchal consubstanciam a dimensão europeia da educação. A partir de um estudo de caso múltiplo recorremos à análise documental dos Projectos Educativos de Escola, bem como de dezoito Programas de disciplinas e das orientações para as áreas curriculares não disciplinares, focalizando a interpretação da Europa na acção da escola por intermédio das noções chave, dos temas e tópicos relativos à dimensão europeia da educação, segundo a Recomendação n.º R (83) 4 e a Resolução n.º 1 do Conselho da Europa. Concluiu-se que a dimensão europeia da educação é vivenciada nas escolas analisadas, pela variedade de actividades que exploram daquela dimensão, muito embora a visão educativa que o texto dos Projectos contempla não seja, na maioria dos casos, directa no propósito de valorização da dimensão europeia da educação. É uma questão formal que importa ser rectificada para que dentro deste discurso haja uma maior congruência entre a teoria e a prática. Já ao nível dos curricula verificou-se que é pela transversalidade da educação para a cidadania que a dimensão europeia da educação se personifica. Todavia...

Pacto federativo e financiamento da educação: a função supletiva e redistributiva da União - o FNDE em destaque; Federative Pact and Education Funding: supplementary and redistributive function of the Union FNDE highlighted

Cruz, Rosana Evangelista da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
85.84%
A tese discute as relações entre pacto federativo e financiamento da educação, tendo como eixo a problematização da função supletiva e redistributiva da União, especialmente pelas ações executadas pelo FNDE, no período de 1995 a 2006. Adota-se o pressuposto de que os regimes federados procuram instituir um padrão mínimo de equalização nas condições de acesso a serviços públicos, como um dos elementos centrais para a própria sobrevivência do pacto federativo. No Brasil, esse pressuposto foi reiterado, uma vez que a Constituição Federal explicita que cabe à União o exercício da função supletiva e redistributiva em relação aos demais entes federados, tendo em vista a diminuição das desigualdades regionais. A pesquisa desenvolvida se configura como uma análise de políticas públicas, tendo como foco o exame dos critérios que fundamentam a distribuição dos recursos federais para a educação pública ofertada pelos estados e municípios, por intermédio do FNDE, procurando a existência de coerência entre os pressupostos que fundamentam a ação dessa autarquia e a distribuição final de seus recursos. A realização da pesquisa envolveu uma rigorosa revisão bibliográfica sobre o conceito de federalismo e sobre o federalismo brasileiro...

A educação na esteira da crise política da modernidade: uma análise a partir das reflexões de Hannah Arendt; Problems of Education in the Political Crisis of Modernity: an analysis from the reflections of Hannah Arendt.

Deina, Wanderley José
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
75.97%
Esta tese aborda alguns problemas da Educação Moderna apontados nas reflexões de Hannah Arendt em seu artigo A Crise da Educação, um texto relativamente sucinto, mas que remete a praticamente toda a sua produção teórica no campo da Filosofia e da Política. O objetivo é esclarecer as principais críticas que a autora dirige à educação moderna, a partir de seu próprio referencial teórico. Para Arendt, a crise da educação é uma manifestação particular da crise política que aflige a civilização ocidental desde o início da modernidade. Apesar da relação entre a crise política e a crise na educação, ela defende a separação entre ambas, de modo que a política não determine (em absoluto) a educação e a educação não seja utilizada como instrumento da política, algo que se tornou bastante corriqueiro nas sociedades modernas. A pedagogia, imbuída do espírito científico característico da Era Moderna, apesar dos grandes avanços que trouxe para o campo da educação, não é poupada pela autora, na medida em que colaborou para a ruptura com a tradição, um fenômeno que marcou a perda do senso comum que orientava a vida humana na Terra. A falta de um sentido comum em relação ao mundo é apontada como um dos fundamentos da alienação moderna...

Política de educação especial da Secretaria Municipal de Educação de Campinas no período de 2005 a 2012; Special education policy of the Secretary of Municipal Education of Campinas, from 2005 to 2012

Sotero, Mariana da Cunha
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
76.01%
Esta pesquisa, de natureza qualitativa, tem como objetivo analisar os princípios, finalidades e diretrizes da política de educação especial da Secretaria Municipal de Educação de Campinas, bem como seus pontos, contrapontos e ajustes às políticas federais na perspectiva inclusiva. Para cumprir este objetivo, compilamos dados de matrícula, legislação e documentos produzidos por esta Secretaria, de 2005 a 2012. A análise dos dados considerou os documentos orientadores e legislação federal, o referencial teórico concernente à regulação e análise de política pública, ao federalismo brasileiro e à educação especial. A pesquisa evidencia que na política municipal a dimensão quantitativa do direito à educação das pessoas com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação, que se refere ao seu acesso à classe comum, originou-se no bojo da proposta de integração escolar e de universalização da educação, instituída pela Constituição Federal de 1988. A dimensão qualitativa do direito à educação desse público, que diz respeito às formas e funções que o ensino deve assumir, foi introduzida timidamente na política municipal em 1991, com a instituição do apoio especializado do professor de educação especial na classe comum...

Proposta de uma politica de educação ambiental em nivel municipal

Rosa, Isimar Soares
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
85.96%
Propõe-se o presente trabalho à apresentação de uma Proposta de política de Educação Ambiental a ser implantada em nível municipal, a fim de intervir na estrutura sócio-político-econômica e ecológica da menor fração do Estado, considerada como deficitária. A açao política da Educação Ambiental irá objetivar, primeiro, o estudo do meio ambiente com seus impactos, das variáveis que interatuam, tornando-o desarmônico e comprometedor da vida de e em Gaia; segundo, o estudo das relações sociais - movimentos sociais - salientando os fatores determinantes dos conflitos e confrontos, tendo como denominador o poder decisório, inerente aos diferentes estratos e grupos sociais e, em terceiro, a reconstrução da subjetividade dos munícipes, tendo em vista que, via de re gra, eles a perderam, juntamente com a ilusão de poderem participar da melhoria da qualidade de vida da sociedade. Essa reconstrução deverá ser concomitante com a recuperação da dignidade e revalorização do conceito de cidadania plena, que se fará através de ações concretas e substantivas por reformas que busquem a democratização das instituições, organizações e entidades, públicas e civis, em âmbito municipal. Após a introdução...

A dimensão política da educação ambiental: reflexões sobre os trabalhos dos encontros de pesquisa em Educação Ambiental (I, II, III EPEAS)

Junta, Viviane da Silva
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 156 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
85.94%
Pós-graduação em Educação - IBRC; Esta pesquisa analisa os trabalhos apresentados nos I, II e III Encontros de Pesquisa em Educação Ambiental (EPEA). Tem como corpus documental final 61 trabalhos, definidos através de uma amostragem aleatória estratificada a partir das edições dos eventos. Seus objetivos são: a investigação do entendimento dado à dimensão política da educação ambiental nos trabalhos dos EPEAS; a caracterização das concepções de educação ambiental presentes nesses trabalhos; e a identificação das abordagens políticas dessas concepções de EA. Parte do entendimento da questão ambiental como questão política, portanto, alicerçada no solo social, caracterizando-se como problemática histórica que remete ao coletivo e a forma de se viver em sociedade, compreendendo uma “solução” coletiva e exigente de uma transformação social que se baseie nos princípios de justiça social e de sustentabilidade social e ambiental. Nesta pesquisa, é pressuposto, ainda, que a educação ambiental enquanto educação possui inerentemente uma dimensão política, tratando-se de prática social intencional que participa do processo de formação humana. A educação imprime significados no modo como a sociedade se organiza em sua relação com a natureza...

A dimensão política da educação ambiental em investigações de revistas brasileiras de ensino de ciências

Santos, Wildson Luiz Pereira dos; Carvalho, Luiz Marcelo de; Levinson, Ralph
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 199-213
POR
Relevância na Pesquisa
95.93%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Through an analysis of texts linking environmental education to science education, this article aims to highlight the political dimensions of democracy, citizenship and social justice. It seeks to emphasize the context of compulsory education that has privileged research on certain curriculum areas, environmental issues and topics that have been selected by the researchers. The analyses indicated a slight predominance of critical perspectives on environmental education as a preferred theoretical framework. Taking into consideration that there are societal models underlying the consensus on this dimension that remain hidden and need to be brought out into the open to be critically discussed, we propose more clarification in this point. Likewise, we conclude that there is a need for greater clarification of the meaning of the political dimension of environmental education.; O presente texto tem como objetivo sistematizar resultados relacionados com a dimensão política da educação ambiental apresentada em artigos que estabelecem relações entre educação ambiental e o ensino das Ciências da Natureza...

A politica da sala de aula

Josias Dias da Costa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/02/1998 PT
Relevância na Pesquisa
85.8%
O presente texto consiste numa busca de esclarecimento aos fundamentos do que é ensinado na sala de aula. Essa busca se baseia nas seguintes questões: Por que a sala de aula? Qual é o sentido da ação daqueles que nela trabalham, quais são os paradoxos dessa ação e que conseqüências ela traz para a sociedade? Os fundamentos histórico-filosóficos da educação são buscados na origem do ser humano e no seu desenvolvimento ao longo da história, quando as diferentes sociedades praticaram suas educações centradas nos valores e nas visão de homem que cada uma possuía. Com o surgimento do capitalismo, a sociedade chegou a tal complexidade que a burguesia, com novos valores e novas idéias, criou a sala de aula e transformou-a num elemento fundamental para a universalização de sua consciência. Mas o surgimento do proletariado enquanto classe social fez surgir também a necessidade de universalização de sua consciência revolucionária. De modo que as lutas pela conquista do espaço da sala de aula transformaram-se numa expressão importante das contradições que se manifestavam na sociedade como um todo. Nesse contexto conflitivo de lutas sociais, em que se inserem as lutas pela educação, é que surgem as diferentes teorias educacionais...

Vinculação entre qualidade da educação, IDEB e renda domiciliar: reflexões acerca das escolas da rede municipal de Montes Claros - MG

Luciana, Lenoir Santos; Ferreira, Maria da Luz Alves
Fonte: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Publicador: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
85.84%
buscam refletir, criticamente, como a educação e os processos de estratificação são tratados no contexto contemporâneo mediante os paradigmas neoliberais. Desse modo, esboça breves considerações acerca da trajetória das políticas de financiamento da educação brasileira e do seu respectivo sistema de avaliação por meio do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica - IDEB. Ressalta a correlação entre o IDEB das escolas da rede municipal e a renda familiar da cidade de Montes Claros localizada no Norte de Minas Gerais. Ressalta a necessidade uma abordagem multidimensional capaz de interpretar as fragmentações e os deslocamentos contidos em um contexto social que ultrapassem as variáveis oriundas da política de incentivo financeiro aos municípios e às escolas que atingem as metas previstas pelo IDEB. This article presents theoretical considerations that seek to reflect critically on how education and stratification processes are treated in the contemporary context by the neoliberal paradigm. Thus, outlines briefly discusses the trajectory of the funding policies of Brazilian education and its accompanying assessment system through the Index of Basic Education Development - IDEB. Emphasizes the correlation between IDEB of municipal schools and the family income of the city of Montes Claros located in northern Minas Gerais. Emphasizes the need a multidimensional approach capable of interpreting the fragmentations and displacements contained in a social context beyond the variables from the financial incentive policy to municipalities and schools that reach the targets set by IDEB.

Diretrizes curriculares do curso de pedagogia no Brasil: disputas de projetos no campo da formação do profissional da educação

Aguiar,Márcia Angela da S.; Brzezinski,Iria; Freitas,Helena Costa L.; Silva,Marcelo Soares Pereira da; Pino,Ivany Rodrigues
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2006 PT
Relevância na Pesquisa
85.83%
Neste artigo, os autores analisam as novas diretrizes curriculares do curso de pedagogia, objeto de normatização do Conselho Nacional de Educação (CNE), em 2005, a partir do debate feito à luz do acervo de conhecimentos teórico-práticos sistematizados pelas principais entidades do campo educacional (ANFOPE, ANPED, CEDES, FORUMDIR, ANPAE).1 Evidenciam, criticamente, alguns dos problemas e das tensões que marcam a trajetória desse curso ao longo da história da educação brasileira. Focalizam, no âmbito das políticas educacionais, em especial, o movimento dos educadores pela definição das diretrizes curriculares para a formação dos profissionais da Educação Básica, que reflete posições de ordem epistemológica, pedagógica e política atinentes às visões e aos projetos educacionais em disputa, no Brasil, nas últimas décadas. A problematização das diretrizes curriculares concorre para ampliar a compreensão da complexidade do campo da pedagogia e dos desafios teórico-práticos com que as instituições de ensino superior, em particular as universidades, deparam-se para materializar a reforma do curso de pedagogia, na esteira das novas regulamentações legais e na perspectiva de uma formação cidadã.

Avaliação da educação superior no segundo governo Lula: "provão II" ou a reedição de velhas práticas?

Rothen,José Carlos; Barreyro,Gladys Beatriz
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
85.74%
A elaboração e a implantação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) foram marcadas por percalços e embates nos bastidores do governo Lula. Verifica-se que atos normativos e diretrizes mostravam contradições entre si. Em 2008, contrariando a expectativa de que o SINAES teria papel central na regulação, foram criados dois índices com esse fim: o Conceito Preliminar de Cursos (CPC) e o Índice Geral de Cursos (IGC). A criação de um instrumento simplificado de avaliação para a regulação, a utilização de ranques e o uso intensivo da mídia resgatam práticas centrais da política da educação superior do governo Fernando Henrique Cardoso (FHC). Tendo como objetivo a identificação das continuidades e rupturas entre os dois governos, discute-se aqui a hipótese de que a adoção dos índices responde à obrigação herdada de regular o sistema pela via da avaliação, pois - apesar da inclusão social proposta pelo governo - a lógica privatizante continua.

Avaliação da educação infantil: propostas em debate no Brasil

Sousa, Sandra Zákia; Faculdade de Educação da USP
Fonte: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 04/01/2015 POR
Relevância na Pesquisa
85.77%
Apresentam-se hoje no cenário nacional perspectivas de avaliação da educação infantil, que apontam para distintas ênfases a serem priorizadas para aquilatar a sua qualidade. Com o propósito de mapear propostas em debate no Brasil, o texto focaliza duas tendências, mencionando o que estas privilegiam como indicadores a serem considerados: as condições de oferta da educação ou o desempenho de alunos como base para apreciação da qualidade desta etapa da educação básica. Por meio do exame de documentos divulgados por diferentes segmentos do país, representantes da gestão pública, de entidades acadêmicas, de movimentos sociais e de trabalhadores em educação, são explicitadas tensões que se colocam para as políticas públicas, cujos impasses não se restringem a questões técnicas, relativas ao melhor caminho a ser trilhado na condução da avaliação, mas remetem, sobretudo, a dimensão política da avaliação.

Avaliação da educação superior no segundo governo Lula: "provão II" ou a reedição de velhas práticas?; Higher education evaluation in Lula's second administration: "provão II" or the return of old practices?; Évaluation de l'éducation supérieure sous le second gouvernement Lula: provão II ou réédition de vieilles pratiques?

ROTHEN, José Carlos; BARREYRO, Gladys Beatriz
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
85.74%
A elaboração e a implantação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) foram marcadas por percalços e embates nos bastidores do governo Lula. Verifica-se que atos normativos e diretrizes mostravam contradições entre si. Em 2008, contrariando a expectativa de que o SINAES teria papel central na regulação, foram criados dois índices com esse fim: o Conceito Preliminar de Cursos (CPC) e o Índice Geral de Cursos (IGC). A criação de um instrumento simplificado de avaliação para a regulação, a utilização de ranques e o uso intensivo da mídia resgatam práticas centrais da política da educação superior do governo Fernando Henrique Cardoso (FHC). Tendo como objetivo a identificação das continuidades e rupturas entre os dois governos, discute-se aqui a hipótese de que a adoção dos índices responde à obrigação herdada de regular o sistema pela via da avaliação, pois - apesar da inclusão social proposta pelo governo - a lógica privatizante continua.; The development and deployment of SINAES were marked by setbacks and struggles behind the scenes of the Lula administration. In fact, some normative acts and guidelines seem to contradict one another. In 2008, belying the expectations that SINAES would play a central role in regulation...

A trajetoria da educação fisica nas primeiras series do ensino fundamental na rede publica do Estado de São Paulo : entre o proposto e o alcançado

Luciene Ferreira da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2002 PT
Relevância na Pesquisa
85.79%
Este estudo teve como objetivo geral avançar na compreensão da Educação Física escolar, através da observação de sua trajetória nas primeiras séries do Ensino Fundamental na rede pública de ensino do Estado de São Paulo. Essa trajetória foi abordada tendo em vista a Educação Física, porém, objetivou-se uma análise contextualizada em que se vislumbrou observa-la considerando o conjunto maior de medidas que foram tomadas nesses quase vinte anos junto ao Ciclo I do Ensino Fundamental, que interferiram direta e indiretamente sobre a sua trajetória. Tratou-se de um estudo documental, com abordagem qualitativa sobre a trajetória da Educação Física no Ciclo I do Ensino Fundamental, que foi observada dialeticamente a partir de um todo articulado, carregado de contradições, por isso móvel e complexo. Assim, focalizou-se, inicialmente, a situação geral do ensino básico em São Paulo, aferindo o papel desempenhado pelo Estado na educação formal de crianças, estabelecendo inter-relações com o contexto socioeconômico. Um quadro de fracasso escolar foi observado; por isso tentou-se visualizar as raízes históricas sobre os pensamentos predominantes na atualidade, já que foi possível notar a persistência de representações sociais sobre o fracasso escolar que interferiram negativamente na evolução da educação escolarizada...

Representações sociais de professores da educação de jovens e adultos : EJA sobre sua formação docente e a afetividade no processo de ensino-aprendizagem; Social representations of teachers at youth and young-adult education : EJA - about their teaching training and affectivity in the teaching-learning process

Poliana da Silva Almeida Santos Camargo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
85.84%
Ainda na contemporaneidade, constata-se a inexistência de uma política governamental consistente que subsidie financeiramente e estruturalmente uma educação de qualidade para as pessoas que frequentam as classes da EJA, assim como uma formação adequada para os profissionais da educação que nela atuam. Após a realização de uma análise no banco de teses da CAPES e pesquisas científicas disponíveis ao domínio público acerca dos temas representações sociais, afetividade e EJA, constatamos que poucos trabalhos que articulam esses temas foram realizados, demonstrando um campo fecundo para novas pesquisas. Diante do exposto, nosso objetivo de pesquisa configurou-se em analisar as representações sociais dos professores da EJA sobre sua formação docente e a afetividade no processo de ensino-aprendizagem. Os instrumentos de coleta de dados foram a técnica de associação livre de palavras (TALP) e as entrevistas. Participaram do primeiro momento de coleta de dados 67 professores que atuam no Centro de Educação de Jovens e Adultos ¿ CEJA, instituição responsável pela EJA do ensino fundamental ¿ ciclo I, e no Centro Estadual da Educação de Jovens e Adultos - CEEJA, instituição responsável pela EJA do ensino fundamental ¿ ciclo II e ensino médio. É relevante mencionar que a escolha por essas duas instituições justifica-se pelo fato de elas serem responsáveis pela oferta e administração da educação formal destinada aos alunos jovens...

O papel da educação no pensamento politico de Platão

Antonio Jorge Soares
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/1995 PT
Relevância na Pesquisa
85.83%
O pensamento de Platão acha-se preferencialmente voltado às questões políticas, como o comprova bem, aliás, suas duas mais volumosas obras, a República e as Leis, e as três viagens que empreendera na esperança de ver surgir a cidade concebida em pensamento. Examinamos, aqui, o papel que a educação desempenha no âmbito deste pensamento. Para isto, dividimos nosso trabalho em três capítulos. No primeiro capítulo, abordamos o que seria o método em Platão. Ora, sabe-se que seu método é a Dialética, mas ele próprio havia aconselhado que a melhor maneira de cultivá-Ia era iniciando-se pelas matemáticas, particularmente a Geometria. É que os geômetras usavam um método secreto de resolução composto de dois movimentos, um ascendente e outro descendente: o método de análisesíntese. O capítulo encerra-se com um tratamento da Dialética e da Geometria em Platão. O segundo capítulo é dedicado à função política da educação na República e inicia-se pelo exame da dificuldade que o Paradoxo do Mênon suscita a todo e qualquer tipo de investigação. A solução é ensaiada no próprio Mênon e no Fédon, embora ela só ocorra no Fedro, pela prova da imortalidade da alma, e na República e no Teeteto, via um certo apriorismo. A seguir...

A gestão da escola publica no Estado de São Paulo : da intenção a obra

Maria da Gloria Minguili
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/06/1995 PT
Relevância na Pesquisa
85.72%
Este trabalho tem por objetivo geral a análise do discurso governamental do estado de São Paulo, referente à área de Educação, no período de 1983 a 1992, presente nas mensagens governa mentais enviadas à Assembléia Legislativa no início de cada ano. Buscamos captar o sentido das ações no campo da descentralização via instrumento de participação no interior do sistema educacional, com destaque para as políticas dirigidas aos denominados Conselhos de Escola. A pesquisa aponta, no plano do discurso - ESTADO PENSANDO - o avanço formal da cidadania e participação na gestão da escola pública, bem como os limites desse discurso no que se refere a uma alteração mais substantiva da Educação no plano de suas ações - ESTADO AGINDO. _Embora expressasse a intenção de "diálogo com a comunidade" na mensagem de 1983, o Estado, durante os três governos ana lisados (Montoro, Quércia e Fleury) não propôs medidas institucionais (obras) capazes de viabilizarem a democratização da escola e da gestão via Conselho de Escola.Por isso, ao final, a título de contribuição,são apresentadas algumas medidas que poderão levar ao salto qualitativo de transformação da escola pública, transformação essa entendida no sentido da participação dos indivíduos como sujeitos e não co.mo objetos na gestão efetiva dos destinos da coisa pública...

Política nacional de educação permanente em saúde

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde. Departamento de Gestão da Educação em Saúde
Fonte: Ministério da Saúde (MS) Publicador: Ministério da Saúde (MS)
Tipo: Documento de política
POT
Relevância na Pesquisa
85.73%
63 p.; Este documento aborda as responsabilidades das três esferas de gestão do Sistema Único de Saúde (SUS), relativas à gestão da Educação na Saúde. O seu objetivo é orientar a construção e o acompanhamento dos Termos de compromisso de gestão dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal.

Documentos preparatórios para 3.ª Conferência Nacional de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde: trabalhadores da saúde e a saúde de todos os brasileiros: práticas de trabalho, gestão, formação e participação. 2. ed.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde. Conselho Nacional de Saúde
Fonte: Ministério da Saúde (MS) Publicador: Ministério da Saúde (MS)
Tipo: Documento de governo
POT
Relevância na Pesquisa
85.72%
73 p.; Documento pretende discutir e avaliar os processos de trabalho no Sistema Único de Saúde (SUS) e para isto realizar a 3ª Conferência Nacional de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, onde deverão ser propostas diretrizes nacionais para a implementação de políticas de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde tendo como referência a NOB/RH-SUS, como forma de ampliar a participação e a co-responsabilidade dos diversos segmentos do SUS na execução desta política, fortalecendo o compromisso social nesse campo.

POLÍTICAS DE FINANCIAMENTO E GESTÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA (1990-2010): OS CASOS BRASIL E PORTUGAL

Moreira, Jani Alves da Silva
Fonte: Revista HISTEDBR On-line Publicador: Revista HISTEDBR On-line
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 07/03/2014 POR
Relevância na Pesquisa
75.99%
Este texto refere-se a um estudo comparativo, crítico e contextualizado das políticas para o financiamento e gestão da educação básica no Brasil e do ensino básico em Portugal no período de 1990 a 2010. O objetivo é analisar a relação indissociável entre o Financiamento e Gestão da Educação como uma Política Educacional nesses países. Centra-se na compreensão das proximidades e distanciamentos dessa política e busca responder duas indagações: Qual a relação existente entre financiamento e gestão da educação presentes nos documentos produzidos pelas Organizações e Organismos Internacionais (OOs)? Quais os consensos gerais, princípios e orientações para o financiamento e gestão da educação ao considerar as particularidades econômicas do Brasil e Portugal? Considera-se que essa política é configurada no âmbito da mundialização do capital, o qual se corporificou em ações governamentais que expressaram elementos de continuidade ou de ruptura por meio de uma agenda globalmente estruturada para a educação e do processo de regulação transnacional, supranacional, nacional e local. O referencial teórico utilizado neste estudo comparativo foi abordado no contexto histórico de sua produção por meio de uma mediação com a contextualização histórica desses países. A análise documental priorizou uma metodologia que delimitou uma investigação pautada na configuração da política macro internacional nesses países...