Página 1 dos resultados de 504 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Poesía chilena contemporánea

Nómez, Naín
Fonte: Edições Universidade Fernando Pessoa. NELA - Núcleo de Estudos Latino-Americanos Publicador: Edições Universidade Fernando Pessoa. NELA - Núcleo de Estudos Latino-Americanos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 SPA
Relevância na Pesquisa
56.59%
Este trabajo intenta resumir el desarrollo de la poesía contemporánea chilena desde los años cincuenta hasta el presente. Para ello se hace un análisis de las diversas transformaciones que operan en los diferentes momentos históricos: la ruptura de la poesía de los cincuenta con las vanguardias, la poesía de cambio y continuidad en los sesenta, los cambios y clausuras transitorias durante el período dictatorial (en el exilio y el insilio) y finalmente, el panorama de las nuevas promociones que fluctúan entre la rebeldía y el conformismo. This work attempts to sumarizes the development of Chilean Contemporary Poetry from the fifties until today. For that purpose, it analizes the diverse transformations that operate in different epochs, that is, the detachment of the fifties poetry from the avant garde, the continuity and change in the sixties, the changes and transitory seclusion during the dictatorship (exile and insilio) and finally, it presents a panoramic vision on the new generations and their fluctuations between rebellion and conformity.

O tiro, o freio, o mendigo e o outdoor: representações do espaço urbano na poesia brasileira pós-1990; The shot, the brake, the beggar and the outdoor: representations of urban space in the Brazilian poetry of the post-90s

Weintraub, Fabio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/11/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.64%
O presente trabalho constitui uma investigação sobre as estratégias de representação da cidade na poesia brasileira contemporânea, segundo quatro eixos temáticos: representações sobre violência, circulação, moradia e temporalidade no espaço urbano. Analisam-se poemas de oito autores Alberto Martins, Duda Machado, Eduardo Sterzi, Pádua Fernandes, Paulo Ferraz, Régis Bonvicino, Ronald Polito e Tarso de Melo em cuja obra os temas de cada eixo ocupam lugar de relevo. Do ponto de vista temporal, a maioria dos poemas pertence a livros escritos na última década e meia e representa uma guinada realista dentro da tendência de negação das referências concretas ao país e ao momento histórico, dominante nos anos 1980 e em boa parte da década seguinte. A escolha do marco pós-1990 levou também em conta circunstâncias de agravamento da crise habitacional, incremento da violência, colapso dos transportes e museificação urbana, cujo impacto sobre os poetas é avaliado mediante comparações não sistemáticas com momentos anteriores de nossa poesia (e, mais pontualmente, da canção brasileira) em que temas semelhantes recebem tratamento diverso. Tais comparações ensejam, ainda, uma reflexão sobre o vínculo da poesia contemporânea com seus antecedentes próximos (o legado modernista...

Silêncio e diálogo na poesia brasileira

Silva, Paulo César Andrade da
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1-17
POR
Relevância na Pesquisa
46.5%
This essay aims to contribute to a critical assessment of contemporary Brazilian poetry, investigating the relationship between two tendencies: minimalism that verges on silence of speech in Kléber Mantovani’s and Tarso de Melo’s poetry, and the dialogue with the tradition in Armando Freitas Filho’s, Fabiano Calixto’s and Iacyr Anderson Freitas’s poetry.; Este ensaio pretende contribuir para uma avaliação crítica da poesia brasileira contemporânea, investigando as relações entre duas tendências de suas tendências: o minimalismo que beira o silêncio do discurso presente na poesia de Kléber Mantovani e Tarso de Melo e o diálogo com a tradição presente na poesia de Armando Freitas Filho, Fabiano Calixto e Iacyr Anderson Freitas.

Cultura contemporânea : a redefinição do lugar da poesia

Cyntrão, Sylvia Helena
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Parte de Livro
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.5%
Apresenta capítulo do livro "Poesia: lugar do contemporâneo", onde a autora discursa sobre qual seria o lugar do poeta e da poesia no contexto da contemporaneidade.

Migração silenciosa. Marcas do pensamento estético do Extremo Oriente na poesia portuguesa contemporânea

Almeida, Ana Catarina Dias Nunes de
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em /01/2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.62%
Tese apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Doutor em Estudos Portugueses, especialização em Estudos de Literatura; Na viragem do séc. XIX para o séc. XX, sobretudo através de Wenceslau de Moraes e de Camilo Pessanha, a literatura e a poesia portuguesas acompanharam o interesse pela poesia do Extremo Oriente que afectou igualmente outras literaturas europeias. Porém, uma influência mais alargada e regular apenas se consolidou desde a década de 1980 em diante. O conjunto de poetas envolvidos e a qualidade e continuidade da sua obra permite falar de uma migração silenciosa de preceitos formais, de obsessões temáticas e de modos de figuração oriundos da poesia chinesa e japonesa. Esse processo lento e subtil está a mudar a relação com a tradição poética e traz consigo novos modos de entender a escrita poética, que requerem a tentativa de leitura sistemática aqui conduzida. O pensamento Zen é igualmente analisado, dado ser claramente parte activa no interesse constante dos poetas portugueses contemporâneos pela poesia clássica e contemporânea escrita na China e no Japão.

A crítica brasileira de poesia contemporânea: velhos debates, outras máscaras

Scramim,Susana
Fonte: Programa de Pos-Graduação em Letras Neolatinas, Faculdade de Letras -UFRJ Publicador: Programa de Pos-Graduação em Letras Neolatinas, Faculdade de Letras -UFRJ
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56.66%
Propõe-se com este artigo refletir tanto sobre a produção poética quanto a sua crítica, tanto sobre a história da poesia quanto da história da crítica. Elas não são discutidas como instâncias separadas, mas, ao contrário, serão tomadas como práticas de uma mesma teoria/pensamento sobre a arte. A crítica de poesia contemporânea no Brasil tem que enfrentar alguns desafios propostos pelo modo de se produzir poesia no presente. No lugar de impor as mesmas exigências e cobranças das práticas críticas idealistas e utópicas à poesia e de responder com paráfrases de velhos debates aos desafios do presente, a crítica tem diante de si a poesia a tarefa de também tentar elaborar sentidos para a cultura do contemporâneo, o que implica sempre uma relação de interpretação com o passado e com a tradição. Longe de ser diagnosticado como um processo de "retradicionalização", "formalização" e "esteticização" dos problemas da cultura, a produção de poesia produz uma análise do tempo presente tão ou mais eficaz do que vem atribuindo-lhe certos setores da crítica.

Poesia e tecnologia em Araçá azul, de Caetano Veloso; Poesía y tecnología en Araçá azul, de Caetano Veloso

Albuquerque, Tazio Zambi de
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Linguística; Literatura Brasileira; Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Linguística; Literatura Brasileira; Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.6%
En Brasil, durante los años 1960-70, el surgimiento de lo tropicalismo ha operado uma desviación radical en la ruta de las poéticas tradicionales, de naturaleza libresca, a través de La incorporación de elementos de distintos repertorios, como, por ejemplo, de las culturas masivas y de las vanguardias históricas. Este trabajo pretende analizar los enlaces establecidos entre los conceptos de poesía, tecnología y tropicalismo en el disco Araçá azul (1972), de Caetano Veloso, que figura en el repertorio tropicalista como una de sus producciones más radicales vinculada a la cultura auditiva. Elaborado a partir de elementos advenidos de distintos ámbitos del consumo y de la creación experimental del siglo XX, el tejido sonoro resultante se configura como un punto de convergencia de procesos resultantes de la aparición y masificación de las tecnologías en el mundo contemporáneo. Procediendo a uma aproximación de ese objeto, intentaremos reunir esos varios fragmentos y modos de incorporación, con el fin de, así, analizar la extensión y la transfiguración del concepto de poesía ante las nuevas tecnologías, con base, especialmente, en los teóricos Marshall McLuhan (1971, 1972), Paul Zumthor (1993, 1997, 2005, 2007)...

Panorama da poesia contemporânea em Curitiba

Atem, Reinoldo, 1950-
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
56.74%
Resumo: Para montar um panorama da poesia contemporânea publicada em Curitiba, nas décadas de 1970 e 1980, utilizamo-nos da teoria do lingüista e sociólogo russo Mikhail Bakhtin, falecido em 1975, que elabora uma concepção dialógica da obra literária, especialmente o romance, e que tivemos que desdobrar para o campo da poesia lírica. No diálogo permanente travado entre os autores, os leitores e as épocas sociais variadas, a obra literária está sempre interagindo com o meio social e desse diálogo multidirecionado extrai os parâmetros para a sua estruturação interna. A intertextualidade histórica é uma das formas desse diálogo, especialmente no caso da poesia. Por isso, traçamos um quadro sucinto do que foram as principais concepções históricas sobre poesia, que ainda hoje, dialogam com nossa época, de formas variadas. Reportamo-nos ao Classicismo, Romantismo e Modernismo, verificando a evolução dos estilos em seu diálogo com o meio social em contínua transformação. No cenário variado da poesia contemporânea brasileira, estudamos a sua eclosão na capital do Paraná, nas décadas citadas, tomando como referências as mudanças gerais ocorridas no país, após o ano de 1968, e a efervescência poética ocorrida nessa cidade...

Emilio Coco, crisol de la poesía italiana, española y latinoamericana contemporáneas

Coco Decárolis, Lucía
Fonte: Universidade de Múrcia Publicador: Universidade de Múrcia
Tipo: Outros Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
46.71%
Esta tesis es un estudio completo sobre la figura de Emilio Coco y más concretamente sobre su labor de divulgación de la poesía contemporánea española y latinoamericana en Italia y viceversa. Su principal objetivo es resaltar el papel clave de este renombrado hispanista que con sus estudios, traducciones y poemas ha conseguido romper el estado de incomunicación entre las tres tradiciones literarias, facilitando un enriquecimiento recíproco y la intensificación de las relaciones culturales entre ellos. En el primer capítulo presentamos a nuestro autor abordando sus tres facetas, traductor, editor y poeta, pues las tres mantienen un diálogo constante a lo largo de nuestro trabajo, a través de una breve noticia biobibliográfica y una entrevista personal. A continuación se presentan los cinco capítulos centrales en los que llevamos a cabo un estudio de cada una de estas facetas, teniendo en cuenta para la primera una visión personal del autor sobre el arte de traducir, una selección de los poemas traducidos de los respectivos autores enmarcados en un breve panorama de la poesía desde los años 60 hasta nuestros días y una clasificación cronológica y breve reseña de las antologías, libros y revistas que incluyen sus traducciones; para la segunda sus colecciones de poesía; y para la tercera un análisis de su poética acompañada por una muestra de sus poemas y su alcance en revistas italianas y extranjeras. Esta tesis es un estudio completo sobre la figura de Emilio Coco y más concretamente sobre su labor de divulgación de la poesía contemporánea española y latinoamericana en Italia y viceversa. Su principal objetivo es resaltar el papel clave de este renombrado hispanista que con sus estudios...

Intermidialidade e efeito cinema na poesia contemporânea

Miguelote, Carla da Silva; Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)
Fonte: Revista ECO-Pós Publicador: Revista ECO-Pós
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado por Pares Formato: application/pdf
Publicado em 20/07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.49%
Neste artigo, discuto o cruzamento de fronteiras na arte e na poesia contemporâneas sob a perspectiva da intermidialidade. Para melhor compreender esse contexto, proponho confrontá-lo com o ideário modernista da especificidade e da pureza das artes. Tentarei mostrar que a intermidialidade é potencializada pelo que Philippe Dubois chama de “efeito cinema” na arte contemporânea. Embora Dubois proponha o conceito para pensar o universo das artes visuais, experimento estendê-lo à poesia contemporânea, apostando se tratar de um interessante operador crítico para a abordagem de uma produção poética que atua para além dos limites da página.

POESIA CONTEMPORÂNEA E CRÍTICA DE POESIA

Franchetti, Paulo
Fonte: PPGL Publicador: PPGL
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 10/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.74%
RESUMO: Neste texto discutem-se algumas questões relevantes para a compreensão da dinâmica literária contemporânea no Brasil, especialmente no que diz respeito à produção e crítica de poesia. Tendo como focos da reflexão a história recente da poesia brasileira e as formas de recepção crítica na contemporaneidade pós-moderna, o texto busca equacionar uma questão recorrente em artigos e depoimentos recentes, a saber, a questão do público real e previsto da produção poética contemporânea no Brasil..PALAVRAS-CHAVE: Poesia brasileira contemporânea. Crítica literária contemporânea. Poesia contemporânea – Crítica literária.

Da poesia à prosa: a influência da releitura de Baudelaire e Rimbaud na pós-poesia de Jean-Marie Gleize

Milaneze, Erica; Universidade Estadual de Campinas
Fonte: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.57%
No cenário da poesia francesa contemporânea, a pós-poesia representa a busca por novas formas experimentais que se constituem por meio de uma escrita em prosa literal, que tenta efetuar uma “saída” dos modelos tradicionais da poesia, encontrando em Jean-Marie Gleize seu grande animador e teórico. Os diversos textos pós-poéticos gleizeanos são representativos, particularmente, Les chiens noirs de la prose (1999), desta vertente experimental que encontra suas origens na leitura da modernidade poética, destacando-se seu diálogo com as obras de Charles Baudelaire e de Arthur Rimbaud.In the literary scene of contemporary French poetry, the postpoetry represents a search for new experimental forms that constitute by means of a written literal prose, that tries to make an “exit” of the traditional models of poetry, found into Jean-Marie Gleize his great animator theoretical. The various postpoetic texts gleizean are representative particularly, Les chiens noirs de la prose (1999), this experimental poetry, that fi nds its origins in the reading of modernity poetry, standing out its dialogue with the work of Charles Baudelaire and Arthur Rimbaud.

Caio Meira e a fissura da poesia contemporânea

de Medeiros, Manuela; Universidade Federal de Santa Catarina
Fonte: Núcleo de Estudos Literários & Culturais (NELIC-UFSC) Publicador: Núcleo de Estudos Literários & Culturais (NELIC-UFSC)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado pelos pares; Formato: application/pdf
Publicado em 09/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
56.4%
http://dx.doi.org/10.5007/1984-784X.2013v13n19p82A partir de textos de Gilles Deleuze sobre a fissura e sobre o acontecimento, presen­tes no livro Lógica do sentido, e de uma leitura da fissura de Deleuze por Raúl Antelo, pas­sando pelos conceitos de “contemporâneo” e de enjambement de Giorgio Agamben, este en­saio busca analisar a obra do poeta brasileiro contemporâneo Caio Meira, reu­nida na ínte­gra no livro Romance. Neste trabalho, a poé­tica de Caio Meira é definida — e discutida — como uma poética da fissura, que, nesse es­paço de deslo­ca­mento, de corte, está sempre em movimento, sem­pre entre: entre a prosa e a poe­sia, entre o eu e o outro, entre o corpo e a cidade. É pelo espaço da fissura, portanto, que a poesia de Caio Meira vaza, e é também nesse espaço que ela é aqui analisada.  

A performance da voz e a subjetividade na poesia contemporânea

Goiandira Ortiz de Camargo, Olliver Mariano Rosa e; UFG
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 03/10/2013 POR
Relevância na Pesquisa
56.4%
http://dx.doi.org/10.5007/2176-8552.2013n15p205Neste artigo, tratamos da relação que se estabelece entre o sujeito leitor e a subjetividade configurada no poema contemporâneo. Para isso, consideramos a performance vocal como instrumento de compreensão do texto poético, a despeito de hoje preponderar o uso do suporte impresso para sua publicação. Acreditamos que, na medida em que a feitura do poema implica a manipulação da materialidade sonora da palavra, a sua leitura precisa recorrer à escuta de uma voz, ainda que apenas como virtualidade. Constatamos, no entanto, que a realização vocal não dá a conhecer apenas o ritmo, o andamento e a entoação do verso; por meio dela, evidencia-se a presença da subjetividade que se manifesta na composição lírica. Nesse ponto, torna-se importante a observação de que a poesia abriga no mundo contemporâneo uma diversidade de configurações dadas por um sujeito criador múltiplo. Considerando isso, tomamos para estudo poemas de poetas contemporâneos, três portugueses, Fiama Hasse Pais Brandão, Ana Luísa Amaral e Manuel de Freitas, e três brasileiros, Francisco Alvim, Neide Archanjo e Claudia Roquette-Pinto. Com base na leitura desses poemas, propomos uma classificação das diferentes ocorrências do princípio subjetivo. Verificamos...

O convívio da poesia

Leone, Luciana di; UFRJ
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 21/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
56.59%
http://dx.doi.org/10.5007/2176-8552.2015n19p105Este texto pretende problematizar a noção de convívio que se tornou, nos últimos anos, uma noção corrente na crítica e na teoria literária para pensar produções poéticas contemporâneas nas quais aparece a figura do(s) amigo(s). Para isso, tento mostrar como, ao longo do século XX, parte da crítica, alicerçada numa concepção autônoma da arte, negou valor a uma poesia concentrada no convívio, como no caso da poesia de circunstância, uma poesia eminentemente doméstica. Em seguida e em contraposição, coloco a necessidade de reavaliar essa poesia como sendo aquela que poderia nos aproximar de um vínculo menos centrado no sujeito cartesiano e lúcido que construiria o poema, estimulando outro tipo de trocas e uma perspectiva não autônoma da arte. Por último, no entanto, chamo a atenção para o perigo de, uma vez feita essa recuperação da dimensão convivial, desativá-la, já não pela via da recusa, mas por uma celebração do conceito que o reaproxima das noções de cordialidade, ou de amizade em termos identificatórios e pacificados.Palavras-chave: poesia contemporânea; convívio; poesia de circunstância; Carlito Azevedo. 

Uma hipótese de ligação entre Carlos Drummond de Andrade e a poesia brasileira contemporânea: a “Vida menor”

Ginzburg, Jaime
Fonte: Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea Publicador: Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 10/01/2011 POR
Relevância na Pesquisa
56.63%
O objetivo geral do estudo consiste em vincular dois momentos da literatura brasileira, etambém dois períodos da história da sociedade brasileira, articulando a imagem do sujeito que não se constitui com o contexto social caracterizado pela modernização conservadora e pela violência constitutiva. O ensaio propõe a leitura de “Cogito”, de Torquato Neto, “Dilema”, de Antonio Cícero, “Restos de um homem”, de Lara de Lemos, e “O futuro é agora”, de Marcos Siscar. A hipótese que direciona a abordagem é de que, na poesia brasileira contemporânea, pode ser observado, por afinidades eletivas, um diálogo com o poema “Vida menor”, de Carlos Drummond de Andrade. Essa conexão permite discutir a  inserção dos poemas na sociedade brasileira contemporânea.

Poesia (excêntrica) brasileira: marcas de um neo-romantismo contemporâneo

Tinoco, Robson
Fonte: Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea Publicador: Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 07/01/2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.6%
A produção poética nacional respondeu de modo rarefeito, a partir da década de 1970, aos desafios e oportunidades que a cultura e a nova ordem sociopolítica apresentavam. Desafios eoportunidades advindos, por exemplo, pela Guerra Fria, lutas raciais; sentidos de Terceiro Mundo, sociedade de informação, ditaduras, globalização. Nesse contexto nacional-mundial –império do caos ideológico – essa produção de fatos e sujeitos propõe reescrever a linguagem poética contemporânea como ex-centro de preocupações éticas delimitadas por projetos estéticos. Sob tal composto ético-estético, neo-romanticamente ressaltam divergências sensíveis, frente ao cânone literário nacional, quanto a entender as fronteiras entre poesia e não-poesia, arte funcional, utilitarista e arte engajada. Ressalta, ainda, a bem-humorada e irônica, ainda que simples, denúncia dos “novos tempos” e do que o poeta propunha como busca de uma comunicação mais integrada, criativa e provocativa com as pessoas e com a arte.

Militância e humor na “poesia de testemunho” de Leila Míccolis

Salgueiro, Wilberth
Fonte: Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea Publicador: Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 13/01/2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.55%
Exposição e problematização de alguns aspectos da categoria “literatura de testemunho”, redimensionando-a para o entendimento de parte da produção poética brasileira pós-1964. Proposição da categoria “poesia de testemunho” – adaptado do escritor português Jorge de Sena – para a obra de Leila Míccolis, paradigmática daquela produção, seja pela abordagem obsessiva do lugar das minorias, seja pelos recursos formais utilizados.

O museu imaginário: uma leitura da poesia de Sebastião Uchoa Leite

Andrade, Paulo
Fonte: Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea Publicador: Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 19/01/2011 POR
Relevância na Pesquisa
56.54%
Este trabalho tem por objetivo investigar as relações entre o sujeito lírico – descentrado e em permanente atitude de espreita – e as estratégias de construção poética adotadas por Sebastião Uchoa Leite, tais como a desconfiança em relação a temas universais, o repúdio ao metafísico e o questionamento sobre as fronteiras entre real e imaginário. Desse modo, propõe uma reflexão a respeito de categorias como texto e autoria; sobre a crise da palavra enquanto representação e da reescrita da tradição, que transformam a obra literária num jogo intertextual ou numa rede de citações. Não por acaso, a poesia de Uchoa Leite é alimentada tanto pela tradição literária, quanto pelo cinema, pela pintura e pela história em quadrinhos.

Floresta de símbolos: bicho e poesia para crianças e adultos inteligentes

Silva Junior, Augusto Rodrigues da; Universidade de Brasília
Fonte: Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea Publicador: Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 24/02/2011 POR
Relevância na Pesquisa
56.54%
Este trabalho serve-se de produções estéticas nos quadros da literatura infantojuvenil brasileira e a representação do animal no livro. O referencial é a criação poética de Manuel Bandeira para uma comparação entre as obras A arca de Noé, de Vinícius de Moraes, e Rimas da fl oresta, de José Santos. O eixo central para a comparação é a imagem do bicho e o modo de representá-lo na poesia contemporânea. Estes livros têm características, expressas em diversas correntes e múltiplas imagens, que os aproximam: a brincadeira, o humor, imaginação e realismo, aspectos ecoliterários, cultura popular e linguagem coloquial.