Página 1 dos resultados de 30 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Produção e crescimento da batateira em sistemas de preparo de solo e sucessão de poáceas; Production and growth of potato under soil tillage systems and after cultivation of grass types

Costa, Cristiano Fleury de Azevedo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
28.17%
Usualmente a bataticultura no Brasil migra para novas áreas devido à alta ocorrência de doenças de solo, onde seu cultivo é realizado anualmente após a cultura do milho (Zea mays) com preparo de solo feito com grade aradora, implemento cujo uso frequente gera impedimentos físicos em subsuperfície. Atualmente, é limitado o esforço de pesquisa sobre sistemas sustentáveis baseados no baixo uso de insumos externos que minimizem impactos prejudiciais ao ambiente. Desse modo, o preparo profundo de solo em sucessão a poáceas, constitui uma alternativa viável a qual pode levar os produtores a manter altos níveis de produção e boa qualidade dos tubérculos, sem que seja necessária a mudança da área plantada. O presente estudo teve o objetivo de comparar dois sistemas de preparo de solo (preparo convencional e preparo profundo) para a cultura da batata (Solanum tuberosum L.) cv. Atlantic, em sucessão a poáceas, quanto aos atributos do solo, produtividade e dinâmica do crescimento da batateira. O experimento foi conduzido por um ano com inicio em setembro de 2011 em área do Departamento de Produção Vegetal, ESALQ/USP, situada na latitude 22°42'09'' S e na longitude 47°38'01'' W a 569 m de altitude. Foram estudadas quatro sucessões de poáceas com batata...

Estratégias de manejo de coberturas de solo no inverno para cultivo do milho em sucessão no sistema semeadura direta

Silva, Paulo Regis Ferreira da; Argenta, Gilber; Sangoi, Luis; Strieder, Mércio Luíz; Silva, Adriano Alves da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
17.8%
A maioria dos produtores do estado do Rio Grande do Sul adota o sistema de semeadura direta, em que não há revolvimento do solo para preparo da área para semeadura. A adoção de um sistema de rotação e sucessão de culturas diversificado, que produza adequada quantidade de resíduos culturais na superfície do solo, é fundamental para sustentabilidade do sistema de semeadura direta. Os agricultores dispõem de várias espécies de cobertura de solo no inverno com potencial para anteceder a cultura do milho em sucessão. Na família das poáceas, destaca-se a aveia preta (Avena strigosa) como a mais cultivada. No entanto, o seu uso continuado pode causar prejuízos ao cultivo do milho em sucessão. objetivando minimizar os efeitos das poáceas e ao mesmo tempo atender às exigências do sistema de semeadura direta, novas espécies de inverno pertencentes a famílias botânicas distintas, como fabáceas e brassicáceas, têm sido estudadas, tanto em cultivos solteiros quanto em consórcio com poáceas, como alternativas para anteceder o cultivo do milho. Assim, esta revisão bibliográfica tem como objetivos descrever as principais vantagens e limitações do uso de coberturas de solo no inverno, em cultivos solteiros ou consorciados...

Desempenho agronômico e econômico do milho irrigado em sucessão a espécies invernais de cobertura de solo e/ou para produção de grãos; Agronomic and economic performance of maize irrigated in succession to winter cover crops and/or to species for grain production

Silva, Adriano Alves da; Silva, Paulo Regis Ferreira da; Minetto, Tarcísio Jose; Strieder, Mércio Luíz; Jandrey, Douglas Batista; Endrigo, Paulo César
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
16.78%
As espécies de cobertura de solo no inverno melhoram as características de solo, podendo apresentar também vantagens econômicas. Assim, é importante introduzir espécies de inverno que, além de palha, possam produzir grãos para aumentar a rentabilidade e a sustentabilidade da atividade agrícola. O objetivo desta pesquisa foi avaliar, em três estações de crescimento, os desempenhos agronômico e econômico do milho irrigado em sucessão a espécies invernais para cobertura de solo e/ou para produção de grãos, cultivado sob dois níveis de nitrogênio (N) em cobertura. A pesquisa foi conduzida nas estações de crescimento 2003/04, 2004/05 e 2005/06, no município de Eldorado do Sul, RS. Nos três anos, os tratamentos constaram do cultivo do milho irrigado em sucessão a cinco espécies de inverno e ao pousio, como testemunha. O custo de produção do milho em sucessão à ervilhaca comum é menor do que o da aveia preta e do nabo forrageiro. Das espécies invernais de cobertura de solo e de produção de grãos, a margem bruta obtida com o trigo é maior que a com a aveia branca. As vantagens econômicas do uso do nabo forrageiro e da ervilhaca comum como culturas antecessoras ao milho irrigado em relação às espécies poáceas apenas ocorrem sob baixos níveis de N aplicados em cobertura no milho.; The growing of winter crop species results in benefits on soil characteristics...

Resistência a fungicidas estrobilurinas em populações de Pyricularia oryzae de áreas de trigo no Brasil

Oliveira, Samanta Cristiene de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 51 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
18.17%
Pós-graduação em Agronomia - FEIS; Wheat blast disease caused by Pyricularia oryzae is the most important across central- southern Brazil. Its control has relied strongly on strobilurin fungicides (Quinone oxidase inhibitors, QoI). Resistance to QoI (QoI-R) has been reported for several pathosystems worldwide. In this study we tested the hypothesis that the main Brazilian populations of P. oryzae associated with wheat remain sensitive to QoI fungicides. In contrast, the alternative hypothesis that extensive and consecutive use of QoI fungicides in the last two decades for the management of wheat blast in the Center-South region of Brazil was tested, led to the emergence and widespread distribution QoI-R in populations P. oryzae associated with the wheat in the main growing areas of the country. It is determined also whether other species of grasses adjacent fields of wheat plants housed QoI R-populations of P. oryzae, serving as a resistant pathogen inoculum reservoir. The main objectives were to study the occurrence and distribution of resistance to QoI fungicides in P. oryzae populations associated with wheat and other species of plants grasses adjacent to wheat fields in South-Central Brazil, examining mutations in the cytochrome b gene (cyt b) and determining the sensitivity of the isolates of P. oryzae azoxystrobin in vitro experiments. In this study...

Crescimento da batateira em sistema de preparo profundo de solo e sucessão de poáceas

Costa,Cristiano FA; Melo,Paulo CT; Ragassi,Carlos F; Lazzarini,Paulo RC; Ferronato,Evandro M; Martins,Elton AS; Araújo,Thaís H
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
16.78%
No Brasil, a batata é usualmente cultivada após a cultura do milho utilizando-se preparo de solo capaz de atingir por volta de 20 cm de profundidade, em que os impedimentos físicos existentes abaixo da camada preparada não são removidos. Desse modo, postula-se que a realização de preparo profundo de solo associado à sucessão com outras poáceas, tais como as forrageiras, seja uma alternativa para proporcionar maior desenvolvimento da batateira. O presente estudo, realizado com a cultivar Atlantic, teve como objetivo comparar o sistema de preparo convencional (PC) de solo adotado para a cultura da batata, em sucessão à cultura do milho, a um sistema de preparo profundo (PP), em sucessão a três diferentes poáceas (milho, capim Marandu capim Tanzânia) quanto à dinâmica do crescimento da batateira. A produção em matéria seca (MS, t/ha) da parte aérea das poáceas variou conforme: Tanzânia PP (26,56) > Marandu PP (19,94) > Milho PP (5,57) = Milho PC (5,720). Com relação ao desenvolvimento da cultura da batata, para produção respectivamente de raízes e de folhas (g/planta de MS), o tratamento Milho PP (5...

Estratégias de manejo de coberturas de solo no inverno para cultivo do milho em sucessão no sistema semeadura direta

Silva,Paulo Regis Ferreira da; Argenta,Gilber; Sangoi,Luis; Strieder,Mércio Luiz; Silva,Adriano Alves da
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
17.8%
A maioria dos produtores do estado do Rio Grande do Sul adota o sistema de semeadura direta, em que não há revolvimento do solo para preparo da área para semeadura. A adoção de um sistema de rotação e sucessão de culturas diversificado, que produza adequada quantidade de resíduos culturais na superfície do solo, é fundamental para sustentabilidade do sistema de semeadura direta. Os agricultores dispõem de várias espécies de cobertura de solo no inverno com potencial para anteceder a cultura do milho em sucessão. Na família das poáceas, destaca-se a aveia preta (Avena strigosa) como a mais cultivada. No entanto, o seu uso continuado pode causar prejuízos ao cultivo do milho em sucessão. Objetivando minimizar os efeitos das poáceas e ao mesmo tempo atender às exigências do sistema de semeadura direta, novas espécies de inverno pertencentes a famílias botânicas distintas, como fabáceas e brassicáceas, têm sido estudadas, tanto em cultivos solteiros quanto em consórcio com poáceas, como alternativas para anteceder o cultivo do milho. Assim, esta revisão bibliográfica tem como objetivos descrever as principais vantagens e limitações do uso de coberturas de solo no inverno, em cultivos solteiros ou consorciados...

Filocrono de genótipos de arroz irrigado em função de época de semeadura

Streck,Nereu Augusto; Michelon,Simone; Rosa,Hamilton Telles; Walter,Lidiane Cristine; Bosco,Leosane Cristina; Paula,Gizelli Moiano de; Camera,Cátia; Samboranha,Flávia Kaufmann; Marcolin,Elio; Lopes,Sidinei José
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
16.78%
O filocrono é definido como o tempo necessário para o aparecimento de folhas sucessivas em um colmo, no caso de espécies da família das Poáceas. Através do filocrono, pode-se calcular o número de folhas acumuladas, o que é uma excelente maneira de caracterizar o desenvolvimento vegetal. Este trabalho teve por objetivo estimar o filocrono de sete cultivares de arroz irrigado utilizadas na Região Sul do Brasil, em cinco épocas de semeadura, na região ecoclimática da Depressão Central do Rio Grande do Sul. Um experimento de campo foi realizado em Santa Maria, RS, durante os anos agrícolas de 2003/2004 e 2004/2005, com cinco épocas de semeadura em cada ano agrícola. Foram utilizadas sete cultivares de arroz recomendadas para a Região Sul do País: "IRGA 421", "IRGA 416", "IRGA 417", "IRGA 420", "BR-IRGA 409", "BRS 7 TAIM" e "EPAGRI 109". O filocrono (°C dia folha-1) foi estimado pelo inverso do coeficiente angular da regressão linear entre o número de folhas no colmo principal, determinado conforme o Estádio de Haun, e a soma térmica diária acumulada (temperatura base = 11°C) a partir da emergência das plantas. As diferenças genotípicas são pequenas e podem ser desprezadas, enquanto que o ambiente, principalmente pela época de semeadura...

Desempenho agronômico e econômico do milho irrigado em sucessão a espécies invernais de cobertura de solo e/ou para produção de grãos

Silva,Adriano Alves da; Silva,Paulo Regis Ferreira da; Minetto,Tarcísio; Strieder,Mércio Luiz; Jandrey,Douglas Batista; Endrigo,Paulo César
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
16.78%
As espécies de cobertura de solo no inverno melhoram as características de solo, podendo apresentar também vantagens econômicas. Assim, é importante introduzir espécies de inverno que, além de palha, possam produzir grãos para aumentar a rentabilidade e a sustentabilidade da atividade agrícola. O objetivo desta pesquisa foi avaliar, em três estações de crescimento, os desempenhos agronômico e econômico do milho irrigado em sucessão a espécies invernais para cobertura de solo e/ou para produção de grãos, cultivado sob dois níveis de nitrogênio (N) em cobertura. A pesquisa foi conduzida nas estações de crescimento 2003/04, 2004/05 e 2005/06, no município de Eldorado do Sul, RS. Nos três anos, os tratamentos constaram do cultivo do milho irrigado em sucessão a cinco espécies de inverno e ao pousio, como testemunha. O custo de produção do milho em sucessão à ervilhaca comum é menor do que o da aveia preta e do nabo forrageiro. Das espécies invernais de cobertura de solo e de produção de grãos, a margem bruta obtida com o trigo é maior que a com a aveia branca. As vantagens econômicas do uso do nabo forrageiro e da ervilhaca comum como culturas antecessoras ao milho irrigado em relação às espécies poáceas apenas ocorrem sob baixos níveis de N aplicados em cobertura no milho.

Estimativa do vigor de sementes de milho através da avaliação do sistema radicular de plântulas

Conceição,Patrícia Marluci da; Sediyama,Camilla Atsumi Zanuncio; Vieira,Rogério Faria; Galvão,João Carlos Cardoso; Corrêa,Maria Lita Padinha; Conceição,Priscila Soraia da
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
16.78%
O comprimento da raiz primária das plântulas é usado como teste de vigor de sementes de poáceas, no entanto, além da raiz primária, existe um número variável de raízes seminais, as quais também poderiam ser usadas. Com este trabalho, objetivou-se a avaliação das raízes seminais de plântulas de milho como indicativo do vigor das sementes colhidas em diferentes épocas e submetidas a diferentes métodos de debulha. Para obter lotes de diferentes qualidades, as sementes da variedade de milho UFV-M100 Nativo foram colhidas em diferentes épocas (experimento 1) e submetidas a diferentes métodos de debulha (experimento 2). No experimento 1, as sementes foram colhidas em quatro épocas: quando atingiram o teor de água de 25% e 10, 20 e 30 dias depois da primeira colheita, em delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições. No experimento 2, as sementes foram colhidas com teor de água de 25% e submetidas à debulha manual, em debulhador estacionário manual e em debulhador estacionário, no delineamento inteiramente casualizado, com cinco repetições. No experimento 1, a massa seca das raízes seminais das plântulas diminuiu com o atraso da colheita e correlacionaram-se positivamente com o teste de emergência em leito de areia. No experimento 2...

Estrutura de um solo construído cultivado com diferentes espécies de poáceas

Stumpf,Lizete; Pauletto,Eloy Antonio; Castro,Rafaela Costa de; Pinto,Luiz Fernando Spinelli; Fernandes,Flavia Fontana; Barboza,Fabrício da Silva; Franco,Ândrea Machado Pereira; Gonçalves,Fernanda Coelho
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
16.78%
Na mineração de carvão a céu aberto, a superfície é completamente suprimida de vegetação e as camadas de solo e rochas que recobrem os bancos de carvão são removidas, causando drásticas alterações no perfil do solo original. Este trabalho teve como objetivo avaliar a influência de diferentes espécies de poáceas na recuperação da estrutura de um solo construído, como parte da estratégia de recuperação de áreas degradadas por mineração de carvão. Os tratamentos avaliados foram: T1 - Hemarthria altissima, T2 - Paspalum notatum, T3 - Cynodon dactilon, T4 - Urochloa brizantha. Como testemunha, utilizou-se o solo construído sem cobertura vegetal, denominada T5. Foram coletadas amostras de solo não preservadas e preservadas nas camadas de 0,00-0,10m e 0,10-0,20m, para as determinações da porcentagem de macroagregados e microagregados, diâmetro médio ponderado, carbono orgânico, densidade e macroporosidade do solo construído. Os resultados obtidos foram analisados aos 05, 41 e 78 meses após o estabelecimento do experimento. Aos 78 meses de condução do experimento...

Determinação da composição botânica da dieta de ovinos em pastejo na Caatinga

Santos,Gladston Rafael de Arruda; Batista,Ângela Maria Vieira; Guim,Adriana; Santos,Mércia Virginia Ferreira dos; Silva,Maria José de Araújo; Pereira,Vanda Lúcia Arcanjo
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
16.78%
Objetivou-se avaliar o efeito do local da fistula e do horário de coleta sobre a composição botânica da dieta selecionada. Utilizaram-se dez ovinos mestiços Santa Inês, castrados (cinco com cânulas permanentes no rúmen e cinco com cânulas no esôfago), em pastejo na Caatinga com água e mistura mineral à vontade. Foram identificadas 39 espécies na extrusa dos ovinos, com participação média de 20 espécies por mês de coleta, além de outras espécies da família Poaceae, que não foram identificadas. Houve efeito do mês de coleta sobre a composição botânica da extrusa e das frações das plantas selecionadas pelos ovinos. A folha foi a fração mais consumida e correspondeu a 55% do total da extrusa. O componente caule foi influenciado pela interação mês x hora de coleta. O local da fistula e o horário de coleta não influenciaram a composição botânica da dieta. No entanto, as interações mês de coleta x tipo de fistula e mês de coleta x hora de coleta influenciaram a composição botânica e a porcentagem das frações da planta na extrusa. O índice de seletividade das espécies variou ao longo do mês e esteve diretamente relacionado ao comportamento ingestivo dos ovinos. A dieta selecionada pelos ovinos é muito diversificada e caracteriza-se pela maior proporção de espécies malváceas e poáceas. Em comparação à fístula esofágica...

Crescimento da batateira em sistema de preparo profundo de solo e sucessão de poáceas.

COSTA, C. F. A.; MELO, P. C. T.; RAGASSI, C. F.; LAZZARINI, P. B. C.; FERRONATO, E. M.; MARTINS, E. A. S.; ARAÚJO, T. H.
Fonte: Horticultura Brasileira, Brasília, DF, v. 33, n. 1, p. 51-58, jan./mar. 2015. Publicador: Horticultura Brasileira, Brasília, DF, v. 33, n. 1, p. 51-58, jan./mar. 2015.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.8%
O presente estudo, realizado com a cultivar Atlantic, teve como objetivo comparar o sistema de preparo convencional (PC) de solo adotado para a cultura da batata, em sucessão à cultura do milho, a um sistema de preparo profundo (PP), em sucessão a três diferentes poáceas (milho, capim Marandu capim Tanzânia) quanto à dinâmica do crescimento da batateira. A produção em matéria seca (MS, t/ha) da parte aérea das poáceas variou conforme: Tanzânia PP (26,56) > Marandu PP (19,94) > Milho PP (5,57) = Milho PC (5,720).; 2015

Eficiência da aplicação em pré-plantio, de glifosato isolado ou em mistura no consórcio de poáceas anuais e fabáceas perenes, na Região Sul do Paraná

Gonçalves, Jean Sander
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
16.78%
Em trabalho realizado no Centro de Estações Experimentais do Canguiri da UFPR, localizada no município de Pinhais, avaliou-se o desempenho do Sorgo (Sorghum vulgare, Pers.) no verão e do consórcio de Aveia Preta (Avena strigosa, Screb), Azevém (Lolium multiflorum, L.), Trevo Branco (Trifolium repens, L.) e Trevo vermelho (Trifolium pratense, L.) no inverno. Nos quais aplicaram-se dez tratamentos com glifosato, glifosato + 2,4-D e glifosato + 2,4-D + picloram em pré-plantio, através do sistema de plantio direto. Avaliou-se no verão e inverno o número de plantas por metro quadrado e porcentagem de cobertura das plantas daninhas, o controle total e individual destas aos 15 dias após aplicação (D.A.A.), 30 D.A.A., 45 D.A.A. e 60 D.A.A., o acúmulo de matéria seca e freqüência de aparição das forrageiras e das plantas daninhas e a injúria às leguminosas do sistema. Os tratamentos aplicados foram os seguintes: 1) Glifosato 560 g e.a. ha-1; 2) Glifosato 720 g e.a. ha-1; 3) Glifosato 1.080 g e.a. ha-1; 4) Glifosato 1.440 g e.a. ha-1; 5) Glifosato 1.800 g e.a. ha-1; 6) Glifosato + 2,4-D (560 + 1.000g e.a. ha-1); 7) Glifosato + 2,4-D (720 + 670g e.a. ha-1); 8) Glifosato + (2,4-D + picloram) 560 + (360 + 96 9 e.a. ha-1); 9) Glifosato + (2...

Melhoramento genético de cana-de-açucar em associação com bactérias promotoras do crescimento vegetal

Lopes, Valéria Rosa
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
16.78%
Resumo: A cana-de-açúcar (Saccharum spp.) é uma cultura de grande importância econômica no Brasil, sendo considerada uma das melhores opções dentre as fontes de energia renováveis. Por ser uma Poacea com alta produção de biomassa, precisa de altas doses de adubos nitrogenados para o seu desenvolvimento, o que aumenta de forma significativa o custo de produção. Porém, existem bactérias capazes de fixar o nitrogênio da atmosfera, e quando associadas com as Poaceas promovem o desenvolvimento vegetal, reduzindo a necessidade de adubos, incluindo os nitrogenados. Entretanto, a capacidade dessas bactérias em promover esses efeitos é dependente da interação planta-bactéria, uma vez que o genótipo vegetal tem grande influência no sucesso da associação. Dessa forma, este trabalho teve como objetivo estudar a resposta de diferentes famílias de cana-de-açúcar e clones selecionados a partir dessas famílias, quanto à resposta à inoculação com bactérias promotoras do crescimento vegetal (PGPB) e fixadoras de nitrogênio, servindo como subsídios a futuros trabalhos de seleção e melhoramento genético de cana-de-açúcar visando a melhor associação com esse tipo de microrganismo. Foram utilizadas 54 famílias da série 2008 em um experimento instalado em 2009 (Experimento1); e 27 famílias da série 2009 em um experimento realizado em 2010 (cana-planta) e 2011 (cana-soca) (Experimento 2). Vinte clones provenientes das 54 famílias da série 2008 foram selecionados e levados para a próxima fase de seleção...

Produção de forragem e sementes de trevo branco (Trifolium repens L.) em função de manejos de corte e doses de boro

Assmann, Joice Mari
Fonte: Pato Branco Publicador: Pato Branco
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
16.78%
Legume forages have been grown together with grass forages in a croplivestock system being the white clover one of the most used and adapted legume at the south of Brazil. The application of boron has resulted in benefits to the plant development, especially to the legumes. Due to it, the aim of this work was to evaluate the effects of increasing rates of boron and the taken out of the aerial parts by cutting the forage over the dry matter production, seed production and mineral concentration of boron and nitrogen in plants of white clover, cultivated in soil Oxisol (Latossolo Vermelho distroférrico, Brazil systems). The experiment was carried out at the Agronomist Institute of Paraná (IAPAR), experimental unit of Pato Branco from 2007 up to 2008. The experiment was laid out as random block design with divided plots and four replications. The plots composed twelve periods of evaluation and the sub-plots two managements (vegetable parts cut and uncut around each 60 days), and at the sub-subplots were allocated five levels of B (0; 0.5; 1; 2 e 4 kg ha-1). The highest forage dry matter production evaluated monthly was found in February of 2008 with an increase of 79.7% using 3.3 kg ha-1 related to the control. The accumulate total DM production and the accumulate leaf+stalk DM production at the management with cuts was obtained with the level of 2.6 kg ha-1 of boron showing a production of 22...

Qualidade física de um Latossolo Vermelho ácrico sob sistemas silviagrícolas

Stone,Luís F.; Didonet,Agostinho D.; Alcântara,Flávia; Ferreira,Enderson P. de B.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2015 PT
Relevância na Pesquisa
16.78%
RESUMOEste trabalho objetivou determinar o impacto de sistemas silviagrícolas na qualidade física de um Latossolo Vermelho ácrico. Em 2012 foram coletadas amostras de solo na camada de 0-0,10 m, nas linhas de árvores e entre essas linhas, em dois sistemas silviagrícolas conduzidos em semeadura direta, sendo um voltado para a segurança alimentar e outro para produção de energia, implantados em 2009, em Santo Antônio de Goiás, GO. Foram determinados a densidade do solo, macroporosidade, porosidade total, índice S, diâmetro dos agregados, capacidade de água disponível e capacidade de aeração, os quais foram comparados com valores considerados, na literatura, como não limitantes à produtividade. Após três anos de implantação dos sistemas silviagrícolas o solo apresentou, nas linhas, melhor qualidade física que entre as linhas de árvores. A densidade do solo, macroporosidade, porosidade total, índice S e capacidade de aeração do solo foram os principais responsáveis por discriminarem os tratamentos. De maneira geral, as combinações de culturas de cobertura e cultura principal que envolveram poáceas resultaram em pior qualidade física do solo.

Efecto del desmonte en franjas sobre 4 especies de gramíneas y 2 latifoliadas del Caldenal; Effect of stripe clearing on 4 grasses species and 2 broadleaves of caldenal

Ruiz, O. M.; Luna, H. R.; Bacha, Emmanuel Fernando; Pedranzani, H.; Gabutti, E. G.
Fonte: L&M Publicador: L&M
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:ar-repo/semantics/artículo; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
27.45%
En la Región del Espinal, Distrito del Caldén, en la provincia de San Luis existe un fuerte proceso de agriculturización con la consecuente pérdida de remanentes de bosque nativo, peligro de conservación de especies nativas e invasión de especies exóticas. El objetivo del presente trabajo fue evaluar el efecto del desmonte en franjas sobre 6 especies del caldenal (4 gramíneas y 2 latifoliadas). El estudio se realizó en un campo a 15 km. al norte de la ciudad de Villa Mercedes (San Luis), sometido a un desmonte en franjas para uso agrícola en el año 2003. En 5 sitios ubicados en franjas remanentes de bosque nativo y 5 en bosque nativo sin desmonte, se trazaron transectas de 39 m de longitud, dirección NS y a lo largo de la misma se registraron las especies presentes en 14 unidades de muestreo de 1 m2. Los datos se analizaron utilizando IBM SPSS Statistics 19, mediante Métodos No Paramétricos, U de Mann-Whitney. El análisis estadístico mostró diferencias significativas (p<0.05) en Digitaria californica, Pappophorum pappiferum, Salsola kali y Cestrum parqui. El estudio demostró que el cultivo entre franjas de bosque nativo produjo un cambio en la frecuencia de poáceas nativas y de latifoliadas.; In the region of “Espinal”...

Efecto de la altura del remanente en la emergencia y primer crecimiento de la pradera anual mediterránea en el secano interior de la Región Metropolitana

Parra Pérez, Eduardo José
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
17.45%
Memoria para optar al Título profesional de Ingeniero Agrónomo Mención Producción Animal; El estudio se llevó a cabo en la Estación Experimental Germán Greve perteneciente a la Facultad de Ciencias Agronómicas, Rinconada de Maipú, Región Metropolitana (33º 28’S y 70º 51’ O), durante el período comprendido entre el término del período estival, previo a la primera lluvia efectiva del año y la primera etapa de emergencia y crecimiento de la pradera, esto es, desde febrero de 2007 a agosto de 2007. En el secano de la zona central del país el momento más crítico para los animales se presenta en el período final de otoño, especialmente cuando las lluvias se retrasan y se termina el forraje disponible del período anterior, por ello es de gran importancia estudiar acciones que permitan acelerar la emergencia de la pradera. Se plantea como hipótesis, que al aumentar la altura del remanente de la pradera, se adelanta la emergencia de plántulas, dado que aumenta la temperatura y se favorecen las condiciones microambientales. Dado lo anterior, en este estudio se planteó como objetivos, caracterizar los efectos de la altura de remanente sobre la temperatura, cuantificar los efectos de la altura del remanente sobre la velocidad de emergencia de las especies constituyentes de la pradera anual de clima mediterráneo y por último...

Dinámica poblacional de Panicum polygonatum y Axonopus micay bajo combate con herbicidas y chapea, en una plantación bananera

Rodríguez-Ruiz,Ana María; Agüero-Alvarado,Renán
Fonte: Agronomía Mesoamericana Publicador: Agronomía Mesoamericana
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 ES
Relevância na Pesquisa
17.45%
Dinámica poblacional de Panicum polygonatum y Axonopus micay bajo combate con herbicidas y chapea, en una plantación bananera. El objetivo de esta investigación fue determinar los cambios poblacionales de arvenses poáceas bajo combate químico y de chapea. El trabajo se realizó en una finca bananera en la zona de Cariari de Pococí, entre octubre del 2003 a setiembre 2005. Se estableció un experimento con un diseño de bloques al azar, con cuatro tratamientos: chapeas bimensuales, aplicaciones calendarizadas con glifosato, aplicaciones calendarizadas con glufosinato y tratamiento monitoreado aplicado con base al monitoreo de las arvenses presentes. Las principales poáceas registradas fueron Panicum polygonatum y Axonopus micay. Se realizaron recuentos de las arvenses cada dos meses. A partir de la segunda evaluación el glifosato tendió a disminuir de manera significativa las poblaciones de P. polygonatum, en tanto que la chapea favoreció el desarrollo de la misma; con los tratamientos de glufosinato y el monitoreado las poblaciones de la maleza se mantuvieron intermedias. Los tratamientos de glufosinato y la chapea aumentaron las poblaciones de A. micay.

Reporte de la Micobiota Uredinal y Ustilaginal en poáceas forrajeras en Paraguay

Sarubbi O,Humberto J.
Fonte: Facultad de Ciencias Agrarias, UNA. Publicador: Facultad de Ciencias Agrarias, UNA.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 ES
Relevância na Pesquisa
38.02%
Las royas y los carbones son hongos fitoparásitos muy importantes en diversos cultivos. Varias especies reportadas a nivel mundial son de importancia económica al afectar especies forrajeras que son utilizadas para alimentación de animales. Como la producción ganadera paraguaya está basada en pasturas es de suma importancia conocer los patógenos que puedan afectar la calidad de la biomasa y de semillas de los pastos. Esta investigación presenta las principales especies de la micobiota Uredinal y Ustilaginal que se presentan en las poáceas forrajeras en el territorio paraguayo. Se realizaron colectas durante las cuatro estaciones del año 2013, de diferentes especies de poáceas en potreros de los Departamentos de Alto Paraná, Caaguazú, San Pedro y Central (Región Oriental), así como de Villa Hayes y Boquerón (Región Occidental). Se realizó una descripción sintomatológica en las plantas, ubicación y características de uredios y telios, como así también la morfología y tipos de esporas encontradas en las diferentes especies de pastos. Los hongos uredinales hallados fueron Puccinia levis en Urochloa brizantha, Puccinia oahuensis en Digitaria eriantha, Uromyces setariae-italicae en Urochloa humidicola y el hongo ustilaginal Tilletia ayresii en Panicum maximum cv. Colonial y P. maximum cv. Gatton panic.