Página 1 dos resultados de 3147 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

Em defesa do planejamento urbano: ressonâncias britânicas e a trajetória de Harry James Cole; In defense of the urban planning: britain ressonances and the trajectory of Harry James Cole

Lucchese, Maria Cecilia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.58%
Apresentamos nesse trabalho a trajetória profissional do arquiteto carioca Harry James Cole, que se formou na Faculdade de Arquitetura da Universidade do Brasil, no Rio de Janeiro, em 1954 e trabalhou como arquiteto e urbanista até 1980. Cole fez um curso de especialização em planejamento urbano na Inglaterra e nesse período também trabalhou no Departamento de Arquitetura do London County Council. Essa experiência marcou profundamente seus trabalhos profissionais, que apresentam fortes ressonâncias do urbanismo inglês. Atuando profissionalmente no Brasil Cole foi partícipe de importantes acontecimentos no campo do planejamento urbano no Brasil entre 1957 e 1973, como a construção de Brasília, a implementação dos planos de desenvolvimento integrado e a concepção do Programa Cura, além de ter elaborado inúmeros trabalhos urbanísticos em seu escritório, o HJ Cole Arquitetos + Associados S/C Ltda até o final dos anos 70.; In this thesis we show Harry James Cole's professional life, a carioca architect who graduated at Faculdade de Arquitetura of Universidade do Brazil, in Rio de Janeiro, in 1954 and who worked as an architect and urban planner until 1980. Cole did a course of specialization in town planning in England and in that period he also worked in the London County Council Architecture Department. This experience deeply affected in his professional life and his works show a strong inspiration in the town planning lessons. Working professionally in Brazil Cole took part in the most important brazilian urban planning events between 1957 and 1973...

Brasília e o paradigma modernista: planejamento urbano do moderno atraso; Brasilia and the modern paradigm: urban planning of the modern delay

Oliveira, Rômulo Andrade de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/07/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.53%
O trabalho teve como objetivo observar o trajeto da implantação do planejamento urbano modernista em Brasília e seus resultados. Em outras palavras, entender o resultado de implementar um modelo de planejamento urbano moderno, mais adequado a países já industrializados, em uma sociedade que, segundo Francisco de Oliveira, combina o moderno com o atrasado. Para isso, optou-se por fazer primeiro uma leitura de Brasília como objeto de uma política nacional que visava à ampliação dos mercados consumidores internos e a integração da nação (construção de uma nacionalidade), por meio do que foi denominado de nacional-desenvolvimentismo do Plano de Metas. Nesse contexto, aborda-se a concepção urbanística de Brasília de forma a consolidar um entendimento dos preceitos que marcaram o projeto urbanístico da nova capital e aqueles que acabaram por influenciar todo o processo de formação do aglomerado urbano. A partir dessas duas abordagens, observa-se a ação do Estado na implantação da capital federal desde 1955 a 2005, tendo em vista três panoramas: o fundiário, o habitacional e do planejamento urbano. Ao fim desse trabalho, após observação da formação e evolução urbana da cidade de Brasília que foi implantada dentro de uma política nacional de desenvolvimento...

O processo de planejamento urbano na vigência do Estatuto da Cidade: os casos dos planos diretores de 2006 de São José dos Campos e Pindamonhangaba; The process of the urban planning in the validity of the Statute of the City: the cases of the master plans 2006 from São José dos Campos e Pindamonhangaba.

Lobão, Isabella Guimarães
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.57%
Avaliar as transformações apresentadas pelo processo de Planejamento Urbano, através do instrumento do Plano Diretor, na vigência do Estatuto da Cidade é o campo em que se situa esta pesquisa; cujos resultados deverão contribuir para a discussão acerca dos alcances e limites do Plano Diretor como instrumento de planejamento urbano. De modo a formar pressupostos teóricos que fundamentem a análise dos casos, estuda-se o processo de urbanização e o histórico do planejamento urbano no Brasil; as distintas concepções assumidas pelo Plano Diretor ao longo dos anos em que se desenvolveu e consolidou a prática do planejamento urbano no Brasil; o conteúdo regulamentado pelo Estatuto da Cidade; e a região do Vale do Paraíba paulista. Por fim, a partir do estudo e análise do processo de elaboração e do conteúdo dos Planos Diretores de 2006 dos Municípios de São José dos Campos e Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba paulista, compreendido nas etapas de Diagnóstico e Proposições, verifica-se em que medida o processo de Planejamento Urbano, através do instrumento do Plano Diretor, vem incorporando os princípios, diretrizes e instrumentos urbanísticos regulamentados pelo Estatuto da Cidade, em 2001; no sentido de enunciar uma nova concepção de planejamento e gestão territorial.; To evaluate the transformations presented by the process of the Urban Planning...

O impacto da participação social no processo de elaboração política de planejamento urbano de Porto Alegre : uma análise comparativa entre o processo de formulação do plano diretor de desenvolvimento urbano - 1º PDDU (1979) e o plano diretor de desenvolvimento urbano ambiental - PDDUA (1999)

Cruz, Milton
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.57%
Esta pesquisa avalia qual foi o impacto da participação social na elaboração da política de planejamento urbano de Porto Alegre no segundo e terceiro governos da “Frente Popular” (1993 – 2000). Para avaliar este impacto, faço uma análise comparativa entre o processo de elaboração do 1° Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano – 1° PPDU (1979) e o do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Ambiental - PDDUA (1999). Ela busca responder: Como a participação social ocorrida durante o governo Villela para formular o 1° PDDU se diferenciou da formulação do PDDUA, ocorrida nos governos Tarso e Raul? Qual dos dois processos pode ser considerado mais democrático? Os resultados obtidos introduzem novos mecanismos e espaços de participação social? Produziu-se um efeito democratizante no processo de elaboração da Política de Planejamento Urbano de Porto Alegre? Em que medida as mudanças ocorridas se devem à participação da sociedade civil? O estudo identifica os elementos que dominaram a política de planejamento urbano em termos do conteúdo da política (temas priorizados, instrumentos, conceitos), das características do processo de tomada de decisão (quem e como participa) e das instituições envolvidas. Caracteriza os ciclos do processo de planejamento urbano praticado em Porto Alegre dando ênfase para os ciclos de formulação do 1° PDDU e do PDDUA.; The present research evaluates the impact of the social participation at the development of the urban planning politics of Porto Alegre...

A representação de cidade e de planejamento urbano em Porto Alegre : estado, mercado e sociedade civil em disputa pela representação legítima

Cruz, Milton
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.61%
Este é um estudo de caso de uma das grandes cidades brasileiras, Porto Alegre, cujas gestões municipais “apostaram”, desde o início do século XX, nas concepções e nos instrumentos de planejamento urbano para construir e organizar a ocupação e o uso do solo da cidade. Apesar disso, problemas urbanos típicos das cidades brasileiras, como a irregularidade fundiária, o déficit habitacional, a fragmentação social e a segregação urbana, cresceram e persistem até hoje. A investigação procura elementos que auxiliem a compreender porque o sistema de planejamento urbano, mesmo inovando com a introdução do planejamento participativo na elaboração do Plano Diretor e o próprio Orçamento Participativo (criados na década de 1990) – que descentralizaram as decisões na gestão local - se mostraram limitados para enfrentar este quadro. A pesquisa tem como compromisso ético contribuir para a construção de uma abordagem científica que questione as práticas dos órgãos estatais e as concepções de planejamento urbano e de cidade que se mostram incompatíveis com a construção de uma cidade que garanta a cidadania para todos e com o fortalecimento da sociedade civil. E, também, indicar possibilidades de construção de uma relação democrática entre o Estado...

Transformações do planejamento urbano em cidades de porte médio e em cidades médias brasileiras

Silva, Henrique Alves da
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 244 f. : il., mapa
POR
Relevância na Pesquisa
66.59%
Pós-graduação em Geografia - FCT; O presente trabalho constitui-se enquanto contribuição ao debate sobre o planejamento urbano no Brasil, reconhecendo-o essencialmente como processo social, e, para isso, apoia-se nas análises sobre como tal processo se constitui junto às cidades de porte médio e cidades médias brasileiras, espaços que, por suas características e especificidades, se mostram como frente de expansão do planejamento e como recortes significativos para essas análises. De maneira recíproca, o tema do planejamento urbano também comparece para ajudar a entender melhor as cidades médias, tipos urbanos cuja conceituação caminha para uma consolidação, mas que ainda anima muitos questionamentos e pesquisas, dentre os quais destacamos aqueles que as distinguem das cidades de porte médio. De seu lado, o planejamento urbano é visto como integrante da modernidade e das diversas modernizações que se produzem na cidade, na sociedade e no urbano. Em sua análise, ganham destaque os processos socioespaciais que envolvem sua constituição, difusão, transformação e as resistências ante sua reprodução nas cidades e nos municípios analisados. As cidades médias, por sua vez, para além dos papéis tradicionais que tiveram e acumularam ao longo do tempo...

Contribuição dos recursos minerais para o planejamento urbano de Mogi Mirim : revisão do plano diretor

Mario Marangoni Filho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2002 PT
Relevância na Pesquisa
66.53%
O presente trabalho foi desenvolvido como revisão do Plano Diretor Físico de Mogi Mirim elaborado em 1966, que teve como objetivo estabelecer normas ordenadoras para o crescimento da cidade. Plano Diretor é uma lei municipal para o planejamento do uso e da ocupação das terras, definindo as atividades mais adequadas para cada área do município, ou seja, estabelecendo um zoneamento urbanístico e territorial, considerando o meio ambiente, o sistema viário, os usos e ocupações existentes, as condições de saneamento, infra-estrutura e equipamentos públicos e privados.O planejamento ambiental deve ser integrado ao Plano Diretor, tendo por objetivo o desenvolvimento sustentável, ou seja, o desenvolvimento sócio-econômico com preservação ambiental para as gerações futuras. Esta proposta de revisão do plano diretor de Mogi Mirim visou inicialmente o sistema hídrico superficial e as áreas de preservação permanente expandidas, objetivando melhoria geral das condições ambientais das bacias hidrográficas do município. Daí evoluiu uma proposta de diretrizes para o sistema viário principal de Mogi Mirim e a implantação de dois novos núcleos urbanos na área oeste do município. Também foi proposto um novo zoneamento de uso e ocupação das terras...

Convergências das políticas de planejamento urbano e saúde na construção de espaços urbanos saudáveis; Convergence of urban planning and health policies in the construction of healthy urban spaces

Jussara Conceição Guarnieri
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.61%
O planejamento urbano destaca-se enquanto um instrumento norteador para o desenvolvimento de programas e ações que buscam melhorar a qualidade de vida e o bem-estar da população em um espaço urbano. Entretanto, estudos indicam que as cidades ainda enfrentam problemas consequentes da crescente urbanização, no Brasil e no mundo. Com o objetivo de identificar as convergências dos documentos referências entre as políticas de planejamento urbano e os da saúde para a construção de espaços saudáveis, este estudo buscou as semelhanças entre as ações do planejamento urbano e aquelas desenvolvidas pela saúde na geração de um espaço urbano saudável. Utilizou-se a pesquisa bibliográfica e documental, o método descritivo e qualitativo para o levantamento dos unitermos dos documentos norteadores e dos marcos jurídicos do planejamento urbano e da saúde. Após a elaboração do quadro demonstrativo com o intuito de visualizar as convergências, foi realizada uma discussão com a definição dos termos similares que denotam sentidos e ações de políticas públicas saudáveis para o planejamento urbano saudável. Notou-se a existência de unitermos comuns entre os documentos norteadores e os marcos jurídicos do planejamento urbano e os da saúde...

Avaliação ambiental estratégica como subsídio para o planejamento urbano

Souza, Cristiane Mansur de Moraes
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 322 f.| il., tabs., grafs., mapas
POR
Relevância na Pesquisa
66.53%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Ciências Humanas.; Esta tese é uma pesquisa aplicada avaliativa e prognóstica, que busca avançar no estudo do processo de integração disciplinar no campo das ciências humanas e do ambiente. Mais especificamente seu tema reflete um dos desafios das limitações do processo de Avaliação de Impacto Ambiental como vem sendo implementada no Brasil. Os atuais avanços do Estatuto da Cidade propõem a necessidade de EIV e dão voz às comunidades nos EIA, contudo em muitos casos o primeiro é muito limitado e o segundo é realizado muito tarde no processo de planejamento e aplicado apenas para projetos específicos. Para superar estas limitações países desenvolvidos e em desenvolvimento estão utilizando uma avaliação ambiental ao nível estratégico a chamada Avaliação Ambiental Estratégica - AAE (Strategic Environmental Assessment - SEA). Neste sentido, o foco central da tese representa uma das etapas da Avaliação Ambiental Estratégica de um plano territorial urbano (o Plano Diretor 1996) de Blumenau (SC), que embora realizada a posteriori, é utilizada para mostrar que a AAE pode servir de subsídio para o planejamento urbano. A definição dos indicadores ou variáveis a serem utilizados na AAE foi determinada a partir da metodologia sistêmica...

Desenvolvimento e planejamento urbano na cidade de Jaguaruna/SC

Delfino, Deisiane dos Santos
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 1 v.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.61%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-graduação em Geografia; A presente pesquisa aborda o desenvolvimento e planejamento urbano em Jaguaruna/SC sob o ponto de vista da ação de atores locais. Para tanto, levanta uma discussão acerca do significado do termo desenvolvimento urbano. Tal termo, na maioria das vezes, é confundido pelo senso comum, assim como pelos gestores públicos e técnicos, que o reduzem a sinônimo de crescimento. A expressão desenvolvimento geralmente é empregada para se referir à simples expansão do tecido urbano, à quantidade do espaço construído, ao aumento ou embelezamento da área urbanizada. Dessa forma, as práticas para o planejamento da cidade são orientadas de acordo com o que se pressupõe e se imagina por desenvolvimento. Entretanto, o desenvolvimento urbano ocorre quando há um aumento da justiça social e melhoria da qualidade de vida de todos os citadinos. De forma, que o planejamento seja orientado para atender além das questões funcionalistas do urbanismo modernista de Le Corbusier - trabalhar, habitar, circular e se divertir # também as funções de cidadania # educação, lazer, saúde, assistência social - e de gestão pública # prestação de serviços públicos...

Participação popular no planejamento urbano

Abib, Stavros Wrobel
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 249 f.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
66.66%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Florianópolis, 2009.; O objetivo geral desta tese é contribuir para o desenvolvimento de construções teóricometodológicas com vistas a auxiliar a implementação da democracia participativa no planejamento urbano brasileiro. A construção teórico-metodológica que é elaborada nesta tese baseia-se em uma revisão das teorias do planejamento urbano e no exame das visões de mundo e epistemologias que estão implicadas em tais teorias. Especificamente, a construção teóricometodológica elaborada nesta tese baseia-se em uma teoria de planejamento urbano de fundo político, vinculada a uma visão de mundo pós-iluminista e à epistemologia da complexidade. Esta orientação específica fundamenta-se no exame do Estatuto da Cidade e no debate sobre a teoria do planejamento urbano no Brasil. Em ambos os casos, há uma ênfase na visão de mundo pós-iluminista e na dimensão política do planejamento urbano com repercussões significativas para o processo de participação popular no planejamento urbano. A construção óricometodológica que se encontra nesta tese fundamenta a elaboração de um método de investigação qualitativa no estudo da participação popular no planejamento urbano. Esse método foi vivenciado por este autor no processo de participação popular no planejamento urbano em um contexto específico...

Planejamento urbano e regulação ambiental em nível local : aspectos comparativos entre os modelos de regulação urbanística e licenciamneto ambiental de empreendimentos e atividades urbanas no Reino Unido e no Brasil

Araújo, Rogério Palhares Zschaber
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.53%
Explora os principais aspectos do sistema de planejamento urbano e controle urbanístico do Reino Unido e sua interação com a regulação ambiental e o licenciamento de projetos e atividades de impacto no meio ambiente urbano. Compara ainda esse modelo ao brasileiro.

Das tensões às intenções: gestão do planejamento urbano e Orçamento Participativo no Recife (1997 a 2002)

Barbosa da Silva, Evanildo; Lacerda Gonçalves, Norma (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.59%
O presente estudo visa compreender os paradigmas de planejamento urbano e sua gestão, a partir da experiência do Orçamento Participativo durante as administrações de Roberto Magalhães (1997 a 2000) e João Paulo (2001 até 2002) e o processo de participação popular na gestão do município do Recife. Buscamos recuperar o debate sobre o planejamento e a gestão municipal no Recife, problematizando a adoção de velhos e novos paradigmas e suas implicações sobre as dinâmicas do planejamento urbano. Ao lançarmos um olhar sobre os referenciais de planejamento urbano e sua gestão, privilegiamos a questão correlata aos lugares do Orçamento Participativo nessas dinâmicas, observando como se deu e se dá a participação popular nessa experiência. Fizemos uso da noção de rupturas e permanências, descontinuidades e heranças para enfocar a abordagem da experiência do Orçamento Participativo no Recife e sua relação com o planejamento urbano. Optamos pela pesquisa focada numa metodologia que comparou as trajetórias do Orçamento Participativo no Recife, desde a administração de Roberto Magalhães (1997 a 2000) até a de João Paulo (2001 e 2002). Tratamos o Orçamento Participativo como o espaço das intenções e como o espaço das tensões...

Indicadores Geomorfológicos, Riscos e o Planejamento Urbano : uma apreciação teórico integradora para a cidade do Recife - PE

Cavalcanti, Roberta Medeiros de Souza; Corrêa, Antonio Carlos de Barros (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
66.58%
O presente trabalho apresenta reflexões, análises e conclusões resultantes de uma pesquisa exploratória sobre a presença da dimensão ambiental no planejamento urbano da cidade do Recife, mais especificamente buscou-se evidências desta presença através da existência de indicadores ambientais, em geral, e indicadores geomorfológicos, em particular, especialmente os concernentes à temática dos riscos naturais, de modo que fosse possível obter um conjunto de dados e informações úteis à gestão do meio-ambiente urbano. O arcabouço de análise adotado foi concebido a partir da identificação de alguns elementos necessários ao processo de planejamento urbano, quais sejam, as normas, os indicadores, os sistemas de informações e a construção coletiva. Os indicadores foram escolhidos como o elemento comprovador da presença da dimensão ambiental no planejamento urbano. A busca por evidências de indicadores geomorfológicos na base empírica analisada foi norteada por três fundamentos teóricos: a Avaliação Ambiental Estratégica, os Sistemas de Informação e os Riscos, visto que todos estes têm forte associação à elaboração e implantação de indicadores. As bases empíricas forneceram sugestões de indicadores geomorfológicos para monitoramento dos riscos naturais que juntamente com outras sugestões obtidas...

Planejamento urbano no Recife: futuro do pretérito

Nunes, Sandra Marília Maia; Leal, Suely Ribeiro (Orientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
66.68%
A tese objetiva explicitar o papel do planejamento urbano na gestão da cidade do Recife para oferecer elementos à discussão sobre os avanços, as facilidades e os obstáculos a essas atividades na administração municipal, no início do século XXI. O marco temporal adotado é o período de 2001-2012. A escolha deveu-se a dois fatores principais. Primeiro, porque há uma continuidade de gestões, com um partido – o Partido dos Trabalhadores, governando a cidade por três gestões contínuas (2001-04; 2005-08; 2008-12. Em segundo lugar, porque a partir de 2001, entrou em vigor o Estatuto da Cidade, depois de 13 anos da promulgação da nova Constituição Federal, trazendo maiores expectativas para a atividade de planejamento urbano. A Constituição e o Estatuto trouxeram a expectativa da implantação de um processo de planejamento nas cidades, inclusivo e democrático, com foco na função social da cidade e da propriedade. A tese trata do planejamento como um processo que tem várias fases; elaboração, execução, avaliação, monitoramento. Quer dizer, aquilo que é pensado para o futuro é implantado, há, então, um processo de gestão. Assume-se e entendimento de que o planejamento urbano contemporâneo no Recife é configurado por ações pontuais que protagonizam o processo de gestão urbana...

Influências "de dentro" e "de fora" no planejamento urbano de Curitiba

Meirinho, Bruno César Deschamps
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
66.56%
Resumo: No presente trabalho nos propomos a reunir elementos que permitam responder à questão principal formulada para esta pesquisa: "como as influências externas e internas incidem sobre o planejamento urbano de Curitiba?" A relevância dessa questão está em apontar quem são os agentes do planejamento e como operam nos campos da política e da produção do conhecimento para poder realizar seus objetivos. Para reunir estes elementos, apresentamos um estudo a partir dos conceitos de desenvolvimento e planejamento, e o relacionamos com aspectos dialéticos da modernidade, como a dialética das escalas local e cosmopolita. A partir destes conceitos fundamentais, apresentamos, no presente trabalho, uma trajetória da influência das relações entre os interesses internacionais e o interesse local sobre o planejamento urbano de Curitiba. Como recorte histórico, escolhemos três momentos do planejamento urbano dentro do Século XX: i) o plano de Saturnino de Brito, de 1920-1921, elaborado no contexto do urbanismo sanitarista e com o objetivo de enfrentar a crise da epidemia de febre tifoide de 1917 em Curitiba, ii) o plano Agache, elaborado durante o período do Estado Novo, sob o comando político de interventores da ditadura Vargas...

Geoprocessamento e planejamento urbano aplicados ao estudo da ocupação do solo: uma análise do corredor estrutural da Avenida João Naves de Ávila, Uberlândia-MG

Cunha, Djane Araújo Inácio da
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.55%
A urbanização é um processo difícil de ser controlado, por isso, ao longo do tempo surgiram vários estudos relacionados ao melhor planejamento da ocupação do solo nos municípios. Tal fato leva a pensar na importância do planejamento urbano, analisando este como um processo permanente no qual são desenvolvidos planos e utilizadas novas tecnologias para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos. Portanto, o objetivo geral da pesquisa, foi analisar as legislações que influem diretamente sobre o planejamento urbano da cidade de Uberlândia-MG. Tendo como foco, o uso do geoprocessamento para uma melhor análise da ocupação do solo na Avenida João Naves de Ávila antes e após a implantação do corredor estrutural de transporte, denominado Corredor Sudoeste. Sendo assim, utilizou-se o software ARCGIS 9.2 para auxiliar na análise do planejamento de transporte público urbano, sistema viário e ocupação do solo no Corredor Estrutural. A pesquisa buscou demonstrar que é possível para o poder publico municipal, utilizar ferramentas que são viáveis a solução de problemas de localização, que necessitem de análise do sistema viário existente, transporte coletivo e uso e ocupação do solo. Portanto, a escolha de estudar um Corredor Estrutural foi devido à importância da priorização do transporte público nas cidades...

A sustentabilidade ambiental no planejamento urbano do município de São Paulo: 1971-2004; Environmental sustainability in the urban planning of the municipality of São Paulo: 1971-2004.

Maglio, Ivan Carlos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/03/2005 PT
Relevância na Pesquisa
66.59%
Introdução. Com o paradigma da sustentabilidade ambiental assumido a partir da conferência mundial Rio 92, o instrumento plano diretor deve passar por uma reconceituação, compatível com sua transformação em um instrumento de apoio à sustentabilidade ambiental urbana e de fortalecimento da função socioambiental da cidade. Neste contexto a proteção ambiental e a redução de impactos passam a ser elementos fundamentais para os planos diretores. Entretanto, no planejamento urbano do município de São Paulo, quarta maior cidade do mundo, permanecem os desafios existentes à introdução de opções sustentáveis por meio do plano diretor, zoneamento e operações urbanas. Objetivo. Analisar a inserção da sustentabilidade ambiental, por meio de planos diretores e instrumentos de gestão urbana elaborados do Município de São Paulo no período 1971-2004. Metodologia. O estudo de caso é utilizado como método de pesquisa por meio de pesquisa documental, apoiado por pesquisa bibliográfica sobre sustentabilidade ambiental urbana, planejamento urbano e Planos Diretores no Brasil, e sobre o instrumento de gestão Avaliação Ambiental Estratégica-AAE aplicado aos planos urbanos. Elementos extraídos desse instrumento de gestão AAE foram para construir o método e análise dos resultados da pesquisa. Resultados. No período 1971-1980 o plano diretor e os planos metropolitanos apontaram questões estratégicas para o desenvolvimento da cidade...

O Planejamento Urbano e a Competitividade de Destinos Turísticos: uma análise desde a perspectiva do Modelo de Dwyer e Kim

Ruiz, Thays Cristina Domareski; Gândara, José Manoel
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.57%
O estudo da competitividade vem sendo conduzido a partir de novos contextos, como por exemplo, o viés da competitividade de destinos turísticos, o que tem provocado significativas mudanças em termos de produção de conhecimento, mesclando áreas e proporcionando uma reflexão multidisciplinar. Este artigo tem como objetivo central analisar a relação entre o planejamento urbano e a competitividade de destinos turísticos desde a perspectiva do Modelo de Dwyer e Kim, contrastando diretamente estes dois conceitos atuais que se refletem no desenvolvimento das cidades, proporcionando uma reflexão sobre os temas. A metodologia do trabalho busca através do modelo de avaliação de competitividade de Dwyer e Kim (2003) e seus indicadores, determinar a relevância do planejamento urbano no desenvolvimento da competitividade nos destinos turísticos. O artigo identifica a influência e a relevância do planejamento urbano no desenvolvimento das cidades como destino turístico competitivo, através dos 42 indicadores presentes no modelo e que se relacionam diretamente com o planejamento urbano.Palavras-Chave: desenvolvimento, planejamento urbano, competitividade, destinos turísticos.

Overcoming the Contemporary Urban Planning: notes inspired by Henri Lefebvre; Superação do Planejamento Urbano Contemporâneo: apontamentos inspirados em Henri Lefebvre; ; ;

Kauffmann Leivas, Márcia Oliveira; Kleiman, Mauro
Fonte: Labor & Engenho; Labor & Engenho Publicador: Labor & Engenho; Labor & Engenho
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Análise descritiva; revisão bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.53%
Strongly in global cities, and especially in Brazil, the process of urban occupation in an increasingly concentrated and densified way, has been reflected in negative impacts on water and environmental resources. Floods, linked especially to the increasing of imperviousness rate of soil, denounce an important aspect of the context of urban unsustainability that planning has failed to reverse. This paper aims to contribute to the discussion of a new theoretical-methodological approach to addressing urban issues, inspired by Henri Lefebvre. Seeking to reflect about the contradictions, dichotomies and tensions between dialectical opposites identifiable in the dynamics of cities, the present text also suggests alternatives on methodologies, on the adoption of the watershed as a unit integrated planning and management and on the use of new indicators of sustainable urban occupation, able to show new ways of overcoming the contemporary urban planning.; Enfaticamente nas cidades globais e, em especial nas brasileiras, o processo de ocupação urbana de forma cada vez mais concentrada e densificada tem se refletido em impactos negativos nos recursos hídricos e ambientais. As cheias e inundações, associadas especialmente à crescente taxa de impermeabilização dos solos...