Página 1 dos resultados de 445 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Impacto do processo de planeamento estratégico na eficácia organizacional do ensino superior agrário português

Fernandes, António; Ribeiro, Maria Isabel
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.84%
O estudo do impacto do processo de planeamento estratégico na eficácia organizacional das instituições portuguesas com ensino superior agrário é o tema central desta comunicação. Para a realização do estudo foi enviado um inquérito por correio electrónico a todos os gestores de topo. O inquérito permitiu recolher informação acerca da forma como se processa o planeamento estratégico e acerca dos indicadores que permitem avaliar os três domínios de eficácia organizacional. A regressão logística binária (modelo logit) revelou a existência de uma relação de causa e efeito entre algumas das variáveis independentes (fases do processo de planeamento estratégico) e a variável dependente (eficácia organizacional). Trata-se da definição de objectivos; da análise externa; do padrão de referência subjacente à selecção das alternativas estratégicas; e, do processo de orçamentação. Apesar de explicar a eficácia organizacional numa percentagem elevada (60,4%), este modelo surge amputado face ao modelo teórico proposto. Este facto é denunciador da falta de planeamento estratégico nas instituições portuguesas com ensino superior agrário.; The study of the strategic planning impact in the organizational effectiveness of the Portuguese institutions with agriculture higher education is the central theme of this paper. It was developed a questionnaire that was sent by e-mail to all top managers. The questionnaire contained questions about the strategic planning process and organizational effectiveness domains. The logistic binary regression (logit model) revealed the existence of a cause and effect relation between some of the independent variables (strategic planning phases) and the dependent variable (organizational effectiveness). They are the objectives definition; the external analysis; the reference pattern underlying strategic alternatives selection; and...

Planeamento estratégico e eficácia organizacional no Ensino Superior Agrário. Que relação?

Fernandes, António; Ribeiro, Maria Isabel
Fonte: Câmara dos Técnicos Oficiais de Contas Publicador: Câmara dos Técnicos Oficiais de Contas
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.78%
O estudo da relação entre as diversas fases do processo de planeamento estratégico e a eficácia organizacional nas instituições portuguesas com ensino superior agrário é o tema central deste artigo. Para a realização do estudo foi enviado um questionário por correio electrónico a todos os gestores de topo. O inquérito permitiu recolher informação acerca da forma como se processa o planeamento estratégico e acerca dos indicadores que permitem avaliar os três domínios de eficácia organizacional. Os resultados do Teste de Spearman revelam a existência de correlações positivas entre as fases do processo de planeamento estratégico e a eficácia organizacional das instituições que leccionam o ensino superior agrário, com excepção da definição de objectivos de acordo com limites temporais, da análise da envolvente, e, do padrão de referência subjacente à selecção das alternativas estratégicas.The study of the relationship between organizational effectiveness and strategic planning phases is the main objective of this paper. The study object included the higher education institutions that, in Portugal, are dedicated to the agricultural sciences. A survey was sent by e-mail to all top managers. The survey included questions about the strategic planning process phases and organizational effectiveness domains. The Spearman test results reveal the existence of positive correlations among the organizational effectiveness and the strategic planning process phases except the objectives definition in a time bound...

Impacto do processo de planeamento estratégico na eficácia organizacional do ensino superior agrário português

Fernandes, António; Ribeiro, Maria Isabel
Fonte: Universidade da Beira Interior, Departamento de Gestão e Economia Publicador: Universidade da Beira Interior, Departamento de Gestão e Economia
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
66.97%
O estudo do impacto do processo de planeamento estratégico na eficácia organizacional das instituições portuguesas com ensino superior agrário é o tema central desta comunicação. Para a realização do estudo foi enviado um inquérito por correio electrónico a todos os gestores de topo. O inquérito permitiu recolher informação acerca da forma como se processa o planeamento estratégico e acerca dos indicadores que permitem avaliar os três domínios de eficácia organizacional. A regressão logística binária (modelo logit) revelou a existência de uma relação de causa e efeito entre algumas das variáveis independentes (fases do processo de planeamento estratégico) e a variável dependente (eficácia organizacional). Trata-se da definição de objectivos; da análise externa; do padrão de referência subjacente à selecção das alternativas estratégicas; e, do processo de orçamentação. Apesar de explicar a eficácia organizacional numa percentagem elevada (60,4%), este modelo surge amputado face ao modelo teórico proposto. Este facto é denunciador da falta de planeamento estratégico nas instituições portuguesas com ensino superior agrário.; O estudo do impacto elo processo de planeamento estratégico na eficácia organizacional das instituições portuguesas com ensino superior agrário é o tema central desta comunicação. Para a realização do estudo foi enviado um inquérito por correio electrónico a todos os gestores de topo. O inquérito permitiu recolher informação acerca da forma como se processa o planeamento estratégico e acerca dos indicadores que permitem avaliar os três domínios de eficácia organizacional. A regressão logística binária (modelo logit) revelou a existência de uma relação de causa e efeito entre algumas das variáveis independentes (fases do processo de planeamento estratégico) e a variável dependente (eficácia organizacional). Trata-se da definição de objectivos; da análise externa; do padrão de referência subjacente à seleção das alternativas estratégicas; e...

Planeamento estratégico de marketing territorial e perspectivas de desenvolvimento na Região Autónoma da Madeira

Barros, Cristina Isabel Faria
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.81%
Num contexto em que se assiste à crescente concorrência global entre os territórios pela captação de recursos susceptíveis de incentivar o desenvolvimento (investimentos, moradores, turistas, eventos, entre outros), o planeamento estratégico ancorado a uma perspectiva de marketing territorial assume-se como uma ferramenta de gestão territorial extremamente útil e actual no processo de constituição de uma imagem eficaz do território, de modo a que se torne mais apelativa para os públicos pretendidos. Face aos condicionalismos inerentes ao quadro de inserção territorial da Região Autónoma da Madeira (insularidade, ultraperiferia, descontinuidade territorial) e, em paralelo, às oportunidades de desenvolvimento que a mesma encerra, efectua-se um diagnóstico multi-sectorial e avalia-se a percepção dos residentes e turistas relativamente às dinâmicas de desenvolvimento, qualidade de vida e satisfação global do território. Num último momento avalia-se de que maneira a Região Autónoma, enquanto destino turístico de qualidade reconhecida, tem projectado os seus produtos turísticos e através de que canais é difundida a imagem da Região. Por fim, é valorizado um instrumento de planeamento, procurando avaliar em que medida o planeamento estratégico de marketing territorial poderá contribuir para estruturar o território internamente e o integrar em espaços mais vastos...

Planeamento estratégico : o plano estratégico nas instituições de Ensino Superior : o caso da Universidade de Coimbra

Casaleiro, Luís Filipe Melo
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.8%
O presente relatório tem por objetivo relatar as tarefas e atividades por mim desenvolvidas no estágio curricular realizado na Divisão de Planeamento, Gestão e Desenvolvimento da Administração da Universidade de Coimbra, no âmbito do Mestrado em Gestão da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. Tendo em conta que uma das principais responsabilidades da referida Divisão se prende com a elaboração do Plano Estratégico da Universidade, este relatório apresenta, também, uma revisão de literatura que versa sobre uma perspetiva histórica da evolução e importância do Planeamento Estratégico para as organizações. É ainda apresentado, de forma simplificada, o processo de planeamento estratégico implementado na Universidade de Coimbra.; Relatório de estágio de mestrado em Gestão, apresentado à Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, sob a orientação de António Martins

O planeamento estratégico na busca de potenciar o território

Fonseca, Fernando Pereira da; Ramos, Rui A. R.
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /10/2004 POR
Relevância na Pesquisa
66.85%
As actuais dinâmicas de desenvolvimento territorial, marcadas pelo crescimento das áreas urbanas, pela internacionalização das relações económicas e pelo desenvolvimento dos transportes e telecomunicações têm gerado problemas sócio-urbanísticos que apelam à reformulação dos instrumentos de planeamento. As mudanças processam-se a um ritmo mais acelerado, num contexto de maior incerteza e de mudança. A resolução destes problemas obriga à conjugação de esforços de todos os agentes que interagem no território, sejam eles institucionais, sociais ou económicos, de natureza pública e privada, para se conseguir resultados mais favoráveis, criando sinergias das respectivas intervenções. As actuais figuras de planeamento, com um carácter normativo, reactivo e regulador revelamse incapazes em responder a estas novas solicitações, originando efeitos contraproducentes, ao barrarem oportunidades de desenvolvimento. Neste contexto tem vindo a afirmar-se o planeamento estratégico de base territorial, que concebe o território como se de uma empresa se tratasse, concorrendo pela atracção de recursos (pessoas, investimentos, turistas, etc.) num mercado global cada vez mais competitivo. Esta comunicação pretende apresentar e discutir o planeamento estratégico territorial como uma aposta numa nova metodologia assente em três pressupostos: (i) numa análise prospectiva para antecipar os possíveis cenários...

O planeamento estratégico em busca de potenciar o território : o caso de Almeida

Fonseca, Fernando Pereira da
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 08/03/2006 POR
Relevância na Pesquisa
66.83%
Dissertação de Mestrado em Engenharia Municipal, área de Especialização em Planeamento Urbanístico.; As rápidas transformações sócio-económicas a que os territórios na actualidade estão sujeitos, decorrentes da globalização, do desenvolvimento dos transportes e das tecnologias, têm alimentado a discussão sobre a dificuldade das actuais figuras de planeamento responderem a essas novas solicitações. Num contexto de competitividade territorial cada vez mais alargada, os planos meramente reguladores do uso do solo e reactivos às actividades a desenvolver, revelam-se ineficazes por não comportarem objectivos explícitos de promoção económica e de coesão social. O planeamento estratégico territorial tem-se afirmado como uma alternativa no domínio das políticas de desenvolvimento territorial. Introduzindo uma nova base metodológica, assente em análises prospectivas, na flexibilidade de adaptação das medidas e na participação dos agentes locais que interagem no território, através de parcerias, o planeamento estratégico procura traçar linhas estruturantes de desenvolvimento e melhorar a performance competitiva dos territórios. Na esteira dos pressupostos do planeamento estratégico, procura-se aferir o potencial de desenvolvimento de Almeida...

O terrorismo e a transformação do planeamento estratégico de segurança nacional dos EUA

Borges, João Vieira
Fonte: Instituto da Defesa Nacional Publicador: Instituto da Defesa Nacional
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2006 POR
Relevância na Pesquisa
66.83%
Este artigo faz a associação entre o Terrorismo Transnacional e a transformação que se vem verificando no planeamento estratégico de segurança nacional dos EUA desde o 11 de Setembro. O autor começa por caracterizar o planeamento estratégico americano, descrevendo os objectivos de cada um dos doze documentos analisados. Identifica, ainda, a hierarquia entre os diferentes documentos e a sua evolução em termos de pensamento estratégico. Justifica depois a relação entre o combate ao Terrorismo Transnacional e a transformação no planeamento estratégico dos EUA (como “detonador”, como “denominador comum” e como “capital” das opções políticas e estratégicas), que deu lugar à multiplicação de novas estratégias nacionais de cariz pragmático, funcional e conjuntural. Termina com considerações finais em que destaca a importância das estratégias nacionais americanas como instrumento de comunicação, de coordenação e de maior ligação entre vários actores, mas também como instrumento de acção e dissuasão de uma “Nação em Guerra”.

Planeamento estratégico: um caso aplicado ao turismo rural

Carvalho, Luísa; Costa, Maria Teresa
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /09/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.78%
Comunicação apresentada no IX Congresso Internacional de Turismo Rural e Desenvolvimento Sustentável, 9-12 de setembro 2014, São Paulo, Brasil; O setor turístico é um setor com características peculiares e com impactos transversais sobre diversos setores. Esta transversalidade promove um conjunto de relações setoriais com diferentes impactos ao nível regional que exigem uma convergência de esforços dos diversos atores envolvidos na atividade turística. A crescente competitividade deste setor, assim como, a consciencialização por parte dos diversos intervenientes de que a atividade turística se deve assumir como um instrumento de desenvolvimento sustentável implica que a mesma deva ser devidamente pensada e planeada. Este artigo pretende apresentar um conjunto de considerações teóricas sobre planeamento estratégico em turismo, assim como, analisar um caso de planeamento estratégico aplicado ao turismo rural no concelho do Montijo - Portugal. O caso proposto tem como objetivos específicos: o levantamento e análise dos recursos endógenos e potenciais, a identificação dos produtos turísticos e a articulação entre recursos turísticos, produtos turísticos e vertentes estratégicas. Finalmente pretende-se que os resultados deste estudo forneçam pistas úteis para outros estudos no âmbito do planeamento estratégico aplicado ao turismo rural.; Abstract: The tourism industry is an industry with unique characteristics and impacts transverse on various sectors. This promotes a set of cross-cutting relationships with different sectoral impacts at the regional level that require a convergence of efforts of various actors involved in tourism. The growing competitiveness of this sector and the awareness among various stakeholders that tourism should represent an instrument of sustainable development implies an appropriate planning. This paper presents a set of theoretical considerations about strategic planning in rural tourism and analyzes a case of strategic planning in tourism in Montijo- Portugal. The specific objectives of this case are: collect and analyse the endogenous and potential resources...

Utilização do Planeamento Estratégico na Administração Pública

Gonçalves, Ema
Fonte: Academia Militar. Direção de Ensino Publicador: Academia Militar. Direção de Ensino
Tipo: Outros
Publicado em 01/08/2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.92%
Ao longo dos tempos, a sociedade do saber tem lançado novos desafios ao Setor Público Administrativo ao nível da sua cultura, estratégia, estrutura, poder, tecnologia e dos próprios modelos de gestão. Este trabalho recai na análise, formulação e implementação do Planeamento Estratégico na Administração Pública, analisando-se como se podem implementar as várias etapas da gestão estratégica, com vista a uma otimização dos níveis da estrutura, do processo, do ambiente e das técnicas a utilizar por uma organização, procurando aplicar-se ao caso da administração das Forças Armadas. Sendo o Planeamento Estratégico uma ferramenta fundamental para os diferentes setores da Administração Pública, há sempre necessidade de se proceder a adaptações estruturais e funcionais, de modo a que o plano estratégico seja sempre o mais adequado. Este último tem como objetivo enfrentar, com maiores garantias de êxito, as mudanças e desafios do meio envolvente, tendo por base o percurso histórico e as capacidades de cada setor da Administração Pública. Um dos Setores Públicos Administrativos que tem sofrido uma maior alteração é o setor da educação. O ensino superior em Portugal é conjuntural e estruturalmente difícil...

Contributo para a aplicação da norma NP EN ISO 9001:2008 numa microempresa de prestação de seviços externos de segurança e saúde no trabalho como um pilar do planeamento estratégico

Silva, Dora Manuela da Silva Ferreira do Rosário Agostinho
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.78%
A Implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade deve ser encarada como uma ferramenta que apoia o Planeamento Estratégico, discutido hoje em dia, por todos os gestores que tenham em suas mãos organizações cujo objetivo seja a capacidade de criar valor e trabalho para a sociedade em geral. A firme convicção de que o Planeamento Estratégico deve ser formulado por todas as empresas é expresso em todos os manuais de gestão e defendido por todos os gestores que pretendam que as suas organizações sejam organizações criadoras de valor. Este valor pode e poderá ser efetivamente acrescentado se, juntamente com a formulação de estratégias feita no planeamento estratégico, estas se possam apoiar num um sistema de gestão da qualidade, já que os objetivos estratégicos integram claramente os objetivos da qualidade.; Implementation of a Quality Management System should be seen as a tool that supports the Strategic Planning, discussed today, for all managers who have in their hands organizations whose goal is the ability to create value for society and work in general. The firm conviction that the Strategic Planning must be made by all companies is expressed in all management manuals and defended by all managers who wish that their organizations are organizations that create value. This value can be effectively and may be added...

Planeamento estratégico inclusivo: o caso do Olival Basto, Odivelas

Caetano, Gonçalo Filipe Fonseca, 1988-; Barros, Eduarda
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.77%
Relatório de estágio de mestrado, Geografia - Gestão do Território e Urbanismo, Universidade de Lisboa, Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, 2012; A complexidade e diversidade social encontram no território o lugar onde expressam as suas expectativas de acordo com as suas necessidades. Isto atribui um papel de grande relevância às características que definem o espaço público. Tal resulta de um ganho de importância do sector social, que veio trazer novas responsabilidades a todos aqueles que se dedicam ao estudo das políticas de ordenamento territorial. A questão coloca-se na ausência de neutralidade do espaço público que, sendo modelado de acordo com os princípios e valores dos grupos sociais dominantes, se constitui como um factor de exclusão e promoção da desigualdade. Desta forma, é necessário repensar a lógica de gestão territorial, procurando novas formas de enquadrar a diversidade nas linhas orientadoras do processo planeamento. Um factor determinante neste processo é a governança, ou seja, as estruturas de participação e consulta à população e actores locais, os principais conhecedores e afectados pelas mudanças no espaço público, que devem ser tidos como parte activa e integrada em todo o processo. Com base nesta perspectiva...

A importância do planeamento estratégico em indústrias fragmentadas: o sector da construção

Pinto, Susana de Almeida Gouveia
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /07/2004 POR
Relevância na Pesquisa
66.86%
Mestrado em Gestão/MBA; A noção de estratégia tem sofrido alterações ao longo das últimas três décadas, evoluindo do conceito, razoavelmente estático, de posição competitiva que a empresa assume no mercado em que opera, para uma concepção mais dinâmica de forma de reacção às estratégias dos restantes concorrentes. Acompanhando esta evolução no conceito de estratégia, também a definição de planeamento estratégico se torna mais abrangente, surgindo a ideia de planeamento informal ou oportunístico, que lida com as estratégias emergentes, e que se torna num meio de flexibilizar e dinamizar a estratégia da empresa e de reduzir os riscos associados à defesa de uma posição única. Os estudos empíricos realizados noutros países sobre a influência do planeamento estratégico, formal ou não, no desempenho das organizações têm apresentado resultados algo controversos, mas, maioritariamente, têm pendido para uma importância positiva, que se traduz, não só em termos quantitativos nos resultados financeiros, como em benefícios subjectivos como a satisfação de gestores e empregados. Um problema que tem sido levantado nestes estudos prende-se com a necessidade de restringir o universo de análise e de considerar a influência da situação contextual da empresa na relação entre o planeamento estratégico e o desempenho. Assim...

O planeamento estratégico das cidades: organização do espaço e acção colectiva

Guerra, Isabel
Fonte: CET Publicador: CET
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2000 POR
Relevância na Pesquisa
66.88%
Este texto tem como objectivos clarificar as problemáticas sociológicas subjacentes ao planeamento estratégico ao nível urbano, ilustrar a evolução histórica do planeamento urbano e apontar os questionamentos e métodos que, de forma prospectiva, formatam hoje a problemática do planeamento estratégico das cidades à luz da profissão de sociólogo. Parte-se de uma consciência crescente da emergência de novas problemáticas socio-urbanísticas que exigem novas formas de pensar e agir sobre a cidade, e na importância que a problemática do planeamento estratégico ao nível territorial tem vindo a assumir. De facto, assiste-se a uma complexificação do pensamento, das metodologias e das formas de avaliação ao nível do ordenamento territorial e defende-se que o planeamento estratégico dos territórios requer uma metodologia estruturada que resolva coerentemente três desafios conceptuais e operativos: a grande incerteza criada pelos dinamismos do exterior, a crescente complexidade dos processos urbanos, e a diversidade dos agentes e interesses que intervêm no desenvolvimento urbano.

O processo de planeamento estratégico em turismo; o caso “Quintas da Madeira”

Silva, Mónica Luísa Sousa da
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.9%
Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Empresariais.; O turismo é atualmente a principal atividade económica da Região Autónoma da Madeira (RAM), sendo considerado um vetor estratégico para o desenvolvimento económico da região. Dada a sua importância, torna-se essencial garantir um crescimento sustentado do sector do turismo, que permita a sua manutenção a longo prazo. Um dos meios de garantir a sustentabilidade do sector do turismo é através do seu planeamento e gestão, monitorizando a situação, traçando objetivos, estratégias e planos de ação que permitam o desenvolvimento sustentado do destino. Neste sentido, esta dissertação aborda o processo de planeamento estratégico em turismo. Os objetivos desta dissertação são: 1 – Dar a conhecer as fases, conceitos, modelos e ferramentas de um processo de planeamento estratégico em turismo. 2 – No âmbito de um processo de planeamento estratégico aplicado, desenvolver uma análise da situação do processo de planeamento estratégico do produto “Quintas da Madeira”, relativamente à oferta e à procura, nomeadamente em termos de segmentação e posicionamento. 3 - Propor recomendações para a implementação de um plano estratégico para o produto turístico “Quintas da Madeira”...

Impacto do planeamento estratégico na eficácia organizacional das instituições portuguesas

Fernandes, António
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.97%
Este trabalho de investigação tem por objectivo geral avaliar o impacto que processo de planeamento estratégico pode, eventualmente, ter na eficácia organizacional das instituições portuguesas de ensino superior agrário. Para perseguir tal objectivo, fez-se o enquadramento teórico do tema que revelou a inexistência de consensos relativamente aos conceitos estudados. Por essa razão, para fazer a construção teórica acerca da eficácia organizacional e do planeamento estratégico foi necessário recorrer ao uso de bases teóricas já existentes que permitissem pôr alguma ordem na confusão existente. Assim, às quatro dimensões de eficácia organizacional que podem encontrar-se no Modelo dos Valores Competitivos, nomeadamente, a dimensão burocrática, a dimensão humana, a dimensão sistémica e a dimensão racional; juntou-se uma nova dimensão que se apelidou de política. Posteriormente, o estudo da eficácia organizacional no contexto do ensino superior agrário revelou que, devido ao seu carácter multi-dimensional, a sua avaliação deveria ser feita à custa de nove critérios de eficácia que podem ser agrupados em três domínios, designadamente, o domínio académico interno, o domínio da adaptação externa e o domínio da motivação. O estudo teórico acerca da estratégia e do planeamento estratégico foi organizado tendo em conta duas dimensões...

Planeamento estratégico das instituições portuguesas com ensino superior agrário: uma análise descritiva

Fernandes, António
Fonte: Escola Superiro Agrária de Bragança Publicador: Escola Superiro Agrária de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
66.83%
O estudo do planeamento estratégico das instituições portuguesas de ensino superior agrário é o tema central deste seminário. Para a realização do estudo, foi enviado um inquérito por correio electrónico a todos os gestores de topo. Esse questionário continha questões contextuais acerca do inquirido e da organização; e, questões específicas acerca do processo de planeamento estratégico, particularmente, da definição da missão, da definição de objectivos, da análise interna, da análise externa, das alternativas estratégicas e do controlo. Os resultados mostram que, no Ensino Superior Agrário, a declaração da missão é importada da legislação acerca da missão para o ensino superior e está, explicitamente, formulada; os objectivos organizacionais são definidos de modo a estarem, devidamente, articulados com a declaração de missão e com os objectivos específicos para cada unidade orgânica; a análise interna consiste na elaboração de listas de pontos fortes e pontos fracos da organização, obtidos por consenso num processo participativo; a análise externa consiste na elaboração de uma listagem de ameaças e oportunidades com recurso a dados estatísticos acerca do ambiente externo; a decisão estratégica baseia-se em alternativas estratégicas delineadas num processo de planeamento deliberado baseado nos fundamentos das escolas prescritivas; a orçamentação envolve a aplicação de incrementos ou decrementos face ao exercício anterior e a afectação de recursos a programas concretos do plano estratégico; o plano estratégico inclui o conjunto dos programas de acção que pretendem implementar-se e cuja realização está condicionada pela obtenção de recursos ou pelo consenso; por fim...

Gestão de risco: articulação com o planeamento estratégico e a contabilidade de gestão; estudo aplicado a empresas não financeiras do concelho de Vila do Conde

Campos, Maria Carolina Marques Miranda
Fonte: Instituto Politécnico do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.88%
Dissertação de Mestrado em Finanças Empresariais; Este trabalho de investigação tem como objetivo analisar se as empresas do concelho de Vila do Conde, efetuam planeamento estratégico, contabilidade de gestão e/ou gestão de risco. Pretende-se ainda verificar se o facto de existir articulação entre estas três áreas da empresa influencia o resultado do seu EBIT (Earning Before Interest and Taxes). Através da literatura relevante, verificou-se que o planeamento estratégico, a contabilidade de gestão e a gestão de risco têm progredido de modo a responder às mudanças do meio envolvente onde as empresas estão a operar. Contudo, em termos práticos, este estudo permitiu verificar que a implementação da gestão de risco e da contabilidade de gestão no tecido empresarial de Vila do Conde tem sido muito lenta. Os dados foram recolhidos através dum inquérito eletrónico efetuado a 505 empresas do concelho de Vila do Conde de diversas atividades económicas pertencentes aos três grandes sectores (serviços, indústria e comércio). De acordo com os resultados obtidos, concluiu-se que apenas 17% das empresas do concelho de Vila do Conde efetuam simultâneamente planeamento estratégico...

O Planeamento estratégico nos hospitais portugueses num contexto de austeridade: o caso particular dos Hospitais E.P.E.

Mesquita, Carla Alexandra de Oliveira
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.83%
Dissertação apresentada para obtenção do grau de Mestre em Contabilidade e Finanças Orientador: Professor Doutor José Freitas Santos; O estudo do impacto do processo de planeamento estratégico na eficiência, economia e eficácia dos Hospitais portugueses em contexto de austeridade é o tema central desta investigação. O principal objetivo desta investigação é apreender de que forma os Hospitais E.P.E. planeiam estrategicamente, que instrumentos e indicadores utilizam para a sua monitorização e quais os benefícios do planeamento estratégico face ao atual contexto de austeridade. O planeamento estratégico adquiriu muita importância também pelas consequências que o incumprimento dos planos de negócios poderia acarretar. No limite, poderia mesmo ditar o afastamento dos membros do Conselho de Administração, o que é bem elucidativo em relação à posição da tutela sobre esta matéria. No atual cenário de austeridade, a tutela passou a exercer um controlo mais apertado sobre o cumprimento dos objetivos definidos para cada unidade hospitalar. Desta forma, o processo de planeamento passou a ser mais rigoroso e exigente, gerando uma necessidade muito maior de dados estatísticos e de relatórios de análise. Para isso...

Planeamento estratégico para abertura e implementação de um ginásio desportivo

Amador, Vasco Vilas Boas
Fonte: Instituto Politécnico do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.77%
Projeto apresentado ao Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto para a obtenção do Grau de Mestre em Gestão das Organizações, Ramo de Gestão de Empresas. Orientada pelo Professor Doutor Eduardo Manuel Lopes de Sá e Silva Coorientada pelo Mestre Adalmiro Álvaro Malheiro de Castro Andrade Pereira; A crise instaurada desde o ano de 2008 foi sentida em todos os setores económicos, particularmente na indústria fitness, dado não ser considerada como um bem essencial e devido às variáveis a que está exposta. De forma a superar estas adversidades, esta indústria tem procurado adaptar-se às exigências do mercado, desenvolvendo mensalidades mais apelativas, criando novas modalidades, minimizando custos com o pessoal e otimizando os seus processos. Contudo, existe uma crescente preocupação com a saúde da população e a atividade física é cada vez mais procurada. Assim, é nesta realidade que este estudo foi desenvolvido, pretendendo apresentar um planeamento estratégico para a criação de um ginásio de musculação e Crossfit, com uma área reservada para serviços de SPA e acompanhamento nutricional dos clientes. O mesmo planeamento é apoiado com base numa revisão bibliográfica e tem como referência de mercado um estudo efetuado através de um questionário aos Ginásios desportivos da cidade do Porto. No processo de análise dos resultados obtidos através do questionário constatou-se que...