Página 1 dos resultados de 73 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Integralidade e Cissexismo: Uma revisão de artigos sobre atenção à saúde das pessoas Trans

Barrera, Daniela Calvó
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 196 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.47%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Curso de Ciências Sociais.; Buscou-se com a realização deste trabalho verificar como a temática da atenção à saúde das pessoas Trans tem sido abordada tanto em artigos acadêmicos quanto por militantes do movimento de Lésbicas, Gays, Bissexuais Travestis, transexuais e Intersexo – LGBTT, trazendo a discussão a respeito do atrelamento do atendimento às necessidades trans-específicas ao diagnóstico de “transtorno de identidade de gênero”. Com este fim foram realizadas duas entrevistas em profundidade com pessoas Trans militantes, além de uma revisão da bibliografia produzida no Brasil sobre o tema da transexualidade e saúde. Assim, neste trabalho são abordados temas como: o questionamento ao laudo psiquiátrico como condição de acesso aos serviços de saúde e a proposta da despatologização das identidades; o processo transexualizador e as legislações que o regulamentam; e a integralidade do atendimento às pessoas trans nos serviços públicos de saúde. Nas considerações finais é relatado que a luta pela despatologização das identidades Trans deve apoiar-se na definição da Política de Saúde Integral com base nos princípios do SUS...

Experiências de atenção à saúde e percepções das pessoas transgênero, transexuais e travestis sobre os serviços públicos de saúde em Florianópolis/SC

Rodriguez, Ana María Mújica
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 182 p.| tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.44%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, Florianópolis, 2014; A sexualidade e o gênero são fatores que influenciam e determinam a saúde integral de um ser humano. Na sociedade existe uma ideia prevalente de uma identidade sexual e expressões de gênero imaleáveis, desconsiderando, invisibilizando e excluindo aquelas pessoas que transgredem estes parâmetros socialmente construídos como normais, como no caso da população Trans. Entende-se que a diversidade sexual e de gênero fazem parte das expressões da dimensão sexual humana e, portanto, devem ser respeitadas e consideradas em suas diferenças. No entanto, persistem formas de discriminação contra a população Trans no Brasil nos âmbitos, tanto interpessoais como institucionais e estruturais, alcançando o próprio sistema de saúde. Esta pesquisa se trata de um recorte de um estudo exploratório-descritivo de caráter qualitativo que teve como objetivo discutir e analisar as experiências de atenção à saúde das pessoas transgêneras, transexuais e travestis (Trans) nos diferentes serviços de saúde públicos. Selecionados por conveniência, foram entrevistadas sete (7) pessoas Trans...

Trans géneros: uma abordagem sociológica da diversidade de género

Saleiro, Sandra Palma
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
Doutoramento em Sociologia; Esta tese organiza-se em torno da resposta a dois grandes “vazios” identificados no contexto nacional: um “vazio social”, relativo à escassez de informação sobre transexualidade e transgénero; e um “vazio sociológico”, da desatenção da disciplina a estes fenómenos, cuja cobertura a pesquisa que sustenta este trabalho inaugurou. Os objectivos passaram por compreender e interpretar sociologicamente o sentimento de descoincidência entre sexo e género apresentado por alguns indivíduos, “resgatando-os” para a esfera do social; e colmatar a escassez de informação acerca do fenómeno e das pessoas com expressões de género fora da cissexualidade. Delineou-se uma estratégia metodológica múltipla, que envolveu análises documentais; entrevistas a representantes de estruturas LGBT; inquéritos por questionário e entrevistas em profundidade a pessoas trans; e incursões etnográficas em espaços por elas frequentados. Produziu-se uma análise contextual, reconstruindo o panorama da transexualidade e transgénero em Portugal nos planos político-jurídico, médico e associativo. A componente central passou por identificar a diversidade de modos de (trans)género fora do tradicional sistema dicotómico. Primeiro...

Conjugalidades múltiplas nas travestilidades e transexualidades: uma revisão a partir da abordagem sistêmica e da psicologia social

Lomando,Eduardo; Nardi,Henrique Caetano
Fonte: Centro Brasileiro de Estudos de Saúde Publicador: Centro Brasileiro de Estudos de Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
26.17%
O objetivo deste artigo é realizar uma revisão da literatura brasileira sobre as conjugalidades nas experiências de travestis e de homens e mulheres transexuais. Os resultados dos oito trabalhos encontrados indicam um número variado de nomenclaturas dessas parcerias, com uma aparente fusão emocional conjugal, que funciona como mantenedora das identidades de gênero das/os participantes. Entretanto, encontram-se respostas criativas, que permitem a quebra do efeito halo entre identidade de gênero e desejo sexual, conduzindo à autonomia identitária e ao prazer.

Política Nacional de Saúde Integral Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais; Política Nacional de Saúde Integral LGBT

Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde - UNA-SUS; Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.61%
O módulo Política Nacional de Saúde Integral LGBT foi organizado de forma a contribuir com os profissionais de saúde, notadamente os trabalhadores do SUS, para que realizem suas ações de cuidado, promoção e prevenção, com qualidade, de forma equânime, garantindo à população LGBT acesso à saúde integral. O curso é um dos módulos desenvolvidos pela UNA-SUS UERJ que integram o Programa de Valorização da Atenção Básica (PROVAB) e se divide em 03 unidades cujas áreas temáticas são: Gênero e sexualidade; O estudo da Política LGBT e seus marcos; Realizando o acolhimento e o cuidado à População LGBT.

Gênero e Sexualidade

Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde - UNA-SUS; Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.17%
Gênero e Sexualidade é a unidade 1 do módulo Política Nacional de Saúde Integral Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais. Nela é discutido o conceito de gênero e diversidade sexual abordando os estereótipos relacionados às identidades LGBT e problematizando de que forma isso produz agravos à saúde desta população, considerando as suas realidades no contexto da saúde e do cuidado. A unidade se divide em 5 temas: diversidade sexual e relações de gênero; sexualidades; travestilidade e transexualidade; determinantes sociais da saúde e a população LGBT; a dimensão de gênero e da diversidade sexual pelos profissionais de saúde.

O estudo da Política LGBT e seus marcos; Política LGBT e seus marcos

Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde - UNA-SUS; Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.17%
O estudo da Política LGBT e seus marcos é a unidade 02 do módulo Política Nacional de Saúde Integral Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais. Nela é apresentada a Política de Saúde Integral LGBT, focando na sua efetiva implementação e aplicação como direito à saúde, de forma a reconhecer a relevância da participação da comunidade LGBT no SUS. A unidade é dividida em 6 temas: introdução aos estudos da política LGBT; a participação da comunidade LGBT no SUS; Nome Social; interface com outras políticas de saúde; intersetorialidade; compreendendo a política de saúde integral LGBT.

Realizando o acolhimento e o cuidado à população LGBT; Acolhimento e Cuidado da população LGBT

Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde - UNA-SUS; Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.61%
Realizando o acolhimento e o cuidado à população LGBT é a unidade 3 do módulo Política Nacional de Saúde Integral Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais. Nela são apresentadas as realidades da população LGBT, com foco na identificação das especificidades no contexto da saúde e do cuidado. Nesta unidade também são abordadas as questões da desconstrução dos preconceitos e do estímulo ao acolhimento, ao atendimento e ao encaminhamento das demandas da população LGBT, sem discriminação e com respeito. A unidade é dividida em 7 temas: refletindo sobre acolhimento e cuidado à população LGBT; acesso e acolhimento nos serviços de saúde; violência contra a população LGBT; saindo da teoria e transformando a prática; orientações para o atendimento profissional e institucional de travestis e transexuais; modificações corporais; HIV/Aids, Hepatites virais e outras DST.

Diversidade sexual e relações de gênero

Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde - UNA-SUS; Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.61%
Diversidade sexual e relações de gênero é o primeiro livro da unidade 01 do módulo Política Nacional de Saúde Integral Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais "Gênero e sexualidade". Neste livro aborda-se o conceito de gênero e diversidade sexual com foco na desconstrução dos estereótipos relacionados às identidades LGBT.

Nome Social: Cidadania e respeito

Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde - UNA-SUS; Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ; Colorcine Produções Artísticas e Cinematográficas Ltda.
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.17%
Obra audiovisual de ficção produzida para o Curso de Política Nacional de Saúde Integral LGBT (UNA-SUS UERJ), baseada em experiências reais ocorridas nas Unidades Básicas de Saúde do Sistema Único de Saúde - SUS.

Sexualidades

Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde - UNA-SUS; Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.17%
Sexualidades é o segundo livro da unidade 01 do módulo Política Nacional de Saúde Integral Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais "Gênero e sexualidade". Neste livro são abordados os conceitos de identidade de gênero e orientação sexual com foco na desconstrução dos estereótipos relacionados às identidades LGBT.

Travestilidade e Transexualidade

Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde - UNA-SUS; Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.17%
Travestilidade e Transexualidade é o terceiro livro da unidade 01 do módulo Política Nacional de Saúde Integral Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais "Gênero e sexualidade". Neste livro são abordados os conceitos de travestilidade, transexualidade, identidade de gênero e orientação sexual com foco na desconstrução dos estereótipos relacionados às identidades LGBT.

Determinantes sociais da saúde e a população LGBT

Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde - UNA-SUS; Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.17%
Determinantes sociais da saúde e a população LGBT é o quarto livro da unidade 01 do módulo Política Nacional de Saúde Integral Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais "Gênero e sexualidade". Neste livro são abordadas as Determinantes Sociais da Saúde, para a população em geral e para o público LGBT, e iniciativas como o Nome Social.

A dimensão de gênero e da diversidade sexual pelos profissionais de saúde

Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde - UNA-SUS; Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.17%
A dimensão de gênero e da diversidade sexual pelos profissionais de saúde é o quinto e último livro da unidade 01 do módulo Política Nacional de Saúde Integral Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais "Gênero e sexualidade". Neste livro são abordadas as realidades da população LGBT, no contexto da saúde e do cuidado, as práticas de saúde a partir do conhecimento do impacto que os determinantes sociais do preconceito e da discriminação causam na saúde de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.

Introdução aos estudos da política LGBT

Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde - UNA-SUS; Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.17%
Introdução aos estudos da Política LGBT é o primeiro livro da unidade 02 do curso Política Nacional de Saúde Integral Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais "O estudo da Política LGBT e seus marcos". Neste livro é apresentada a Política de Saúde Integral LGBT, com foco em sua efetiva implementação e aplicação como direito à saúde.

Political conservatism, homophobia, and prejudice against trans-gender groups in a sample of university students and graduates in Lima; Conservadorismo político, homofobia, prejuízo para grupos transgender numa amostra de estudantes e graduados universitários de Lima; Conservadurismo político, homofobia y prejuicio hacia grupos transgénero en una muestra de estudiantes y egresados universitarios de Lima

Rottenbacher de Rojas, Jan Marc
Fonte: Pontificia Universidad Javeriana Cali Publicador: Pontificia Universidad Javeriana Cali
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; "Artículo revisado por pares"; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artículo Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
ENG; SPA; POR
Relevância na Pesquisa
26.71%
Objective. This study describes and analyzes the relationship between political ideology, the intolerance of ambiguity, homophobia and prejudice against transgender groups in a sample of university students and graduates from the city of Lima (N = 144). Method. A quantitative descriptive-correlational study was carried out. Spanish translated versions of RWA and SDO scales were used. Also were used an adapted version of MSTAT-II (Tolerance of Ambiguity Scale) and a version of the Modern Homophobia Scale (MHS) validated for university students in the city of Lima. Results. A direct relationship was found between RWA, SDO, intolerance of ambiguity, homophobia and prejudice against certain transgender groups (transvestites and transsexuals). A multiple linear regression model suggests that RWA and intolerance of ambiguity, combined, could be applicable predictors of homophobic attitudes. Conclusion. Based on the results, it is possible to verify that there is a relationship between psychological variables that express a conservative political ideology and prejudice towards homosexuals and transgender groups, to the extent they could be considered by the most conservative individuals as very ambiguous social stimuli.; Escopo. Este estudo descreve e analisa a relação entre ideologia política...

Política Nacional de Saúde Integral Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais

Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde - UNA-SUS; Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Backup Moodle em HTML do módulo Política Nacional de Saúde Integral Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.61%
O módulo Política Nacional de Saúde Integral LGBT foi organizado de forma a contribuir com os profissionais de saúde, notadamente os trabalhadores do SUS, para que realizem suas ações de cuidado, promoção e prevenção, com qualidade, de forma equânime, garantindo à população LGBT acesso à saúde integral. O curso é um dos módulos desenvolvidos pela UNA-SUS UERJ que integram o Programa de Valorização da Atenção Básica (PROVAB) e se divide em 03 unidades cujas áreas temáticas são: Gênero e sexualidade; O estudo da Política LGBT e seus marcos; Realizando o acolhimento e o cuidado à População LGBT.; 1.0; Ministério da Saúde do Brasil

Realizando o acolhimento e o cuidado à população LGBT

Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde - UNA-SUS; Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Backup Moodle em HTML da unidade 03 do módulo Política Nacional de Saúde Integral Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.61%
Realizando o acolhimento e o cuidado à população LGBT é a unidade 3 do módulo Política Nacional de Saúde Integral Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais. Nela são apresentadas as realidades da população LGBT, com foco na identificação das especificidades no contexto da saúde e do cuidado. Nesta unidade também são abordadas as questões da desconstrução dos preconceitos e do estímulo ao acolhimento, ao atendimento e ao encaminhamento das demandas da população LGBT, sem discriminação e com respeito. A unidade é dividida em 7 temas: refletindo sobre acolhimento e cuidado à população LGBT; acesso e acolhimento nos serviços de saúde; violência contra a população LGBT; saindo da teoria e transformando a prática; orientações para o atendimento profissional e institucional de travestis e transexuais; modificações corporais; HIV/Aids, Hepatites virais e outras DST.; 1.0; Ministério da Saúde do Brasil

Diversidade sexual e relações de gênero

Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde - UNA-SUS; Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Backup Moodle em HTML do livro 1 da unidade 3 do módulo Política Nacional de Saúde Integral Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.61%
Diversidade sexual e relações de gênero é o primeiro livro da unidade 01 do módulo Política Nacional de Saúde Integral Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais "Gênero e sexualidade". Neste livro aborda-se o conceito de gênero e diversidade sexual com foco na desconstrução dos estereótipos relacionados às identidades LGBT.; 1.0; Ministério da Saúde do Brasil

Diversidade e psicoterapia: expectativas e experiências de pessoas LGBT acerca das competências multiculturais de psicoterapeutas

Moleiro,Carla; Pinto,Nuno
Fonte: Associação Portuguesa de Estudos sobre as Mulheres - APEM Publicador: Associação Portuguesa de Estudos sobre as Mulheres - APEM
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.44%
O presente estudo aborda as práticas psicoterapêuticas com pessoas Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgénero (LGBT). O enquadramento teórico reporta a evolução histórica das intervenções na orientação sexual não-heterossexual no domínio da psicologia clínica, revendo as directrizes éticas internacionais para a intervenção com pessoas LGBT. O modelo tridimensional das competências multiculturais dos/as psicoterapeutas (consciência, conhecimento e competências) é sugerido como referencial para o desenvolvimento de práticas psicoterapêuticas mais éticas e eficazes com clientes de grupos minoritários, incluindo LGBT. É apresentado um estudo de natureza qualitativa e exploratória. Foram efectuadas entrevistas a quatro participantes - uma mulher lésbica, um homem gay, uma mulher bissexual e um homem transexual - com o objectivo específico de explorar as suas representações de saúde e doença psicológicas, bem como experiências e expectativas relativamente aos processos de ajuda clínica. Os resultados das entrevistas são reportados, dando voz às/aos intervenientes com excertos das entrevistas. As experiências de discriminação foram relatadas de forma central por todos os/as participantes, incluindo no acesso à saúde. As expectativas que detêm dos/as psicoterapeutas...