Página 1 dos resultados de 795 itens digitais encontrados em 0.044 segundos

Processamento sensorial : uma nova dimensão a incluir na avaliação das crianças com perturbações do espectro do autismo

Silva, Elisabete Rodrigues da
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
76.05%
Dissertação de mestrado em Educação Especial (área de especialização em Intervenção Precoce); As Perturbações do Espectro do Autismo são hoje consideradas como uma desordem complexa do comportamento que se caracterizada por deficits na comunicação social e comportamentos, interesses e atividades restritos e repetitivos. Alguns estudos revelam que 40% a 80% das crianças com Perturbações do Espectro do Autismo apresentam alterações ao nível do processamento sensorial, que se manifestam através da dificuldade em responder adequadamente a estímulos sensoriais. Nesta investigação pretende-se analisar em que medida existe grau de diferenciação na perceção dos pais e profissionais na área do processamento sensorial das crianças com Perturbações do Espectro do Autismo, dos 3 aos 6 anos e em que medida as várias variáveis sociodemograficas e profissionais interferem no perfil de desenvolvimento na área do processamento sensorial, destas mesmas crianças. Utilizamos uma metodologia de natureza quantitativa e inferencial e como instrumento de recolha de dados, a “Escala de Avaliação do Perfil Desenvolvimental de Crianças com Perturbações do Espectro do Autismo”, de Reis, Pereira e Almeida (2013). Os resultados mostram que os pais e profissionais têm uma perceção semelhante quanto à área do processamento sensorial. O nível educacional e profissional dos pais...

Tutoria de Pares: Um desafio à inclusão de Crianças com Perturbações do Desenvolvimento e Autismo na Escola

Festas, Constança; Neves-Amado, João; Braga, Clara; Sá, Luís
Fonte: Instituto de Ciências da Saúde Publicador: Instituto de Ciências da Saúde
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 11/03/2011 POR
Relevância na Pesquisa
75.95%
Neste poster faz-se a descrição do projecto “Tutoria de Pares” que foi iniciado pelos estudantes de enfermagem (EE) em Ensino Clínico V, inseridos no subprojecto “Enfermeiro na Escola” do CEC/ICS/UCP, no ano lectivo 2008/2009, numa escola do agrupamento de Leça da Palmeira. Surge com a firme vontade de consolidar o movimento inclusivo de crianças com Perturbações do Desenvolvimento e Autismo (PDA) da Unidade do Ensino Especial (UEE). Tem como objectivos promover a integração das crianças com PDA nas diversas actividades da vida escolar e reforçar sentimentos positivos na comunidade escolar em relação à criança diferente. No ano lectivo 2007/2008, os EE fizeram um diagnóstico inicial através de questionário, fizeram acções de sensibilização aos alunos envolvidos e elaboraram o mapa de distribuição das crianças com PDA pelos tutores seleccionados. No ano lectivo 2009/2010 foi reforçada na comunidade escolar a sensibilização para a continuidade do projecto. Realizadas as acções de sensibilização às turmas do 1º e 2º ano e questionados sobre a vontade de ser tutor; revelou que 84% das crianças gostaria de o ser tutor, sendo desenvolvidas novamente as estratégias de intervenção. Conclui-se que...

As Perturbações do Espectro do Autismo – Avanços da Biologia Molecular

Ribeiro, I.; Freitas, M.; Oliva-Teles, N.
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /03/2013 POR
Relevância na Pesquisa
76.14%
RESUMO As perturbações do espectro do autismo (PEA) constituem-se como perturbações do neurodesenvolvimento, incluindo alterações comportamentais, de comunicação e de interação social. De acordo com o DSM-IV TR estão descritas cinco perturbações do espectro do autismo na categoria das perturbações do desenvolvimento: a perturbação autista, a síndrome de Asperger, a perturbação invasiva do desenvolvimento sem outra especificação, a perturbação desintegrativa da infância e a síndrome de Rett. A prevalência das perturbações do espectro do autismo é variável conforme os diferentes estudos, estimando-se entre 10/10000 e 60/10 000 crianças. De acordo com a literatura, uma reduzida percentagem de indivíduos com PEA tem etiologia conhecida, sendo este facto particularmente desafiador para a comunidade científica. Estudos familiares e de gémeos têm trazido novos esclarecimentos para a elevada hereditabilidade da perturbação autista; contudo, permanece por esclarecer inequivocamente as suas bases genéticas, bem como a identificação de determinados genes ou proteínas passíveis de serem utilizados no diagnóstico destas perturbações. As perturbações do espectro do autismo têm sido associadas a causas genéticas conhecidas em 10-15% dos casos. Estão descritos diferentes genes e regiões cromossómicas (loci) potencialmente associados à PEA...

Compreensão e produção de orações relativas por crianças com perturbação específica do desenvolvimento da linguagem

Fonseca, Ana Rita
Fonte: Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Setúbal Publicador: Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Setúbal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /02/2011 POR
Relevância na Pesquisa
75.83%
Mestrado em Desenvolvimento e Perturbações da Linguagem na Criança; Neste estudo foi testada a compreensão e a produção de orações relativas de sujeito e de objecto, com o objectivo de determinar diferenças entre a performance das crianças com PEDL-Sintáctica (PEDL-S) e crianças com desenvolvimento típico. Foram avaliadas seis crianças com PEDL-S (idades compreendidas entre os 5;4 e os 9;5), com um teste de Identificação de Imagens adaptado de Friedmann (1998), para avaliar a compreensão de relativas e um teste de Preferência, adaptado de Novogrodsky e Friedmann (2006), para elicitar orações relativas. Os dados obtidos revelam uma assimetria entre relativas de sujeito e relativas de objecto quer na compreensão, quer na expressão. Verifica-se que as crianças com PEDL compreendem e produzem orações relativas de sujeito em idades mais tardias que as crianças sem alterações do desenvolvimento. Em relação às relativas de objecto, as crianças com PEDL avaliadas não conseguiram atingir uma taxa de sucesso comparável à das crianças com desenvolvimento típico.; In this study, comprehension and production of subject and object relative clauses were tested, with the aim of determining differences between the performance of children with syntactic specific language impairment (S-SLI) and children with typical development. Six children with S-SLI (ages between 5;4 and 9;5) were assessed with a Picture Matching test adapted from Friedmann (1998)...

Perturbações do desenvolvimento na criança : perspetiva materna do impacto do problema na família e ambiente familiar

Lázaro, Alexandra do Vale
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
106.08%
Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Dinâmica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2012; O presente estudo, com mães de crianças com Perturbações do Desenvolvimento (PD), tem quatro objetivos: 1) analisar o impacto das PD na família e o ambiente familiar em função de variáveis da criança e maternas; 2) averiguar a relação das duas dimensões com a perspetiva materna sobre problemas da criança em áreas específicas (desenvolvimento, relação com pares e comportamento); 3) explorar a relação das referidas dimensões com tarefas de cuidado/educação da criança; 4) examinar a relação entre o impacto na família e o ambiente familiar. Participaram no estudo 31 mães de crianças com PD (idades dos 3 aos 6 anos; 14 do sexo masculino). Utilizaram-se dois instrumentos, a Escala de Impacto na Família e a Escala de Ambiente Familiar, para avaliar, respetivamente, a perspetiva materna do impacto que a PD da criança tem na família, e o ambiente familiar (dimensão relacional). Foi ainda construída uma Ficha de recolha de informação (sociodemográfica, e referente ao desenvolvimento e funcionamento da criança em áreas específicas, ao problema e a tarefas de cuidado/educação). Verificou-se que o impacto da PD na família e o ambiente familiar não variaram em função do sexo e idade da criança...

Avaliação da proficiência motora em crianças. Estudo da validade clínica do teste de Proficiência motora Bruininks-Oseretsky numa população de crianças, entre os 5 e 7 anos de idade, com perturbações do desenvolvimento

Carvalho, Joana Jorge de
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
106.19%
Mestrado em Desenvolvimento da Criança na variante de Desenvolvimento Motor; A proficiência motora constitui-se como um indicador relevante na avaliação do desenvolvimento da criança. Deste modo, é importante encontrar um material de avaliação reconhecido e validado para populações clínicas que permita consolidar o trabalho de avaliação e posterior intervenção terapêutica. Assim, definimos 5 objectivos. O primeiro objectivo foi avaliar a proficiência motora em crianças com perturbações do desenvolvimento (perturbação do desenvolvimento da coordenação - PDC, perturbação da hiperactividade e défice de atenção - PHDA, perturbação do espectro do autismo - PEA), com 5, 6 e 7 anos (n=33). Verificámos que o perfil de proficiência motora é heterogéneo para a população do grupo de estudo, não existindo diferenças entre o comportamento individual e a análise do grupo. No segundo objectivo verificámos a homogeneidade do perfil nas áreas do desenvolvimento motor em função das diferentes perturbações, com PDC (n= 15), PHDA (n= 8), PEA (n= 10). Concluímos que cada um dos três grupos de diagnóstico apresenta, na globalidade, resultados de pontuações médias heterogéneas. O terceiro objectivo foi comparar o perfil do desenvolvimento motor em crianças com perturbações do desenvolvimento (n=33) e sem perturbação do desenvolvimento (n=33)...

Intervenção psicomotora com crianças com perturbações do espectro do autismo no Centro de Recursos para a Inclusão da APPDA-Lisboa

Teixeira, Sara Madalena Martins
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
75.92%
Mestrado em Reabilitação Psicomotora; A Psicomotricidade visa a modificabilidade das áreas que comprometem a organização cerebral e, consequentemente, a aprendizagem, proporcionando uma organização psicomotora adequada, nas suas dimensões motora, perceptiva, cognitiva e comportamental. As sessões de Psicomotricidade podem desenvolver-se em diversos contextos, um dos quais o meio aquático. Este considera-se um espaço de relação por excelência, apresentando-se também como uma área de jogo que permite explorações psicomotoras e um novo comprometimento corporal, onde se adquire uma progressiva autonomia corporal e psíquica. É neste sentido que a intervenção junto de crianças com Perturbação do Espectro do Autismo foi realizada. O presente relatório visa apresentar as actividades realizadas no âmbito do estágio inserido no Ramo de Aprofundamento de Competências Profissionais, no Centro de Recursos para a Inclusão da Associação Portuguesa Para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo de Lisboa, com crianças e jovens com Perturbação do Espectro do Autismo em escolas de 1º e 2º ciclo de Lisboa. Neste relatório faz-se a descrição e análise da intervenção psicomotora em meio aquático com um grupo de 5 crianças da Escola EB 3 da Bobadela. A intervenção incidiu em três áreas: adaptação ao meio aquático...

A Psicomotricidade e as perturbações do espectro do autismo no Centro de Recursos para a Inclusão da APPDA-Lisboa

Gonçalves, Inês Alexandra Moreira
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
76.07%
Mestrado em Reabilitação Psicomotora; O presente relatório profissionalizante reflecte o trabalho de estágio desenvolvido no âmbito dos Centros de Recurso para a Inclusão da Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo – Lisboa, na área das Perturbações do Espectro do Autismo, as quais se caracterizam por um défice cognitivo e global do desenvolvimento, relativamente às competências sociais e de comunicação, e à presença de comportamentos, interesses e actividades estereotipadas. Neste sentido, a Psicomotricidade visa promover, através de inúmeras experiências corporais, competências psicomotoras, cognitivas e comportamentais. Deste modo, na concepção do presente documento, é realizada uma revisão literária sobre a Perturbação Autista e possíveis metodologias de intervenção, com um maior enfoque sobre a Psicomotricidade de domínio instrumental, em contexto de ginásio e meio aquático. É também descrito o contexto legal e institucional, vigentes na prática escolar e institucional ao nível dos Centros de Recurso. Para além destes aspectos, são retratadas as instituições escolares envolvidas e respectivas práticas psicomotoras, incidindo-se particularmente sobre dois estudos de caso...

Relatório de Estágio Profissionalizante : Centro de Apoio ao Desenvolvimento Infantil

Santos, Susana Sofia Monteiro dos
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
86.2%
Mestrado em Reabilitação Psicomotora; O presente relatório reflete o trabalho do estágio desenvolvido na área das Perturbações do Desenvolvimento, no Centro de Apoio ao Desenvolvimento Infantil (CADIn), no Núcleo das Perturbações do Espetro do Autismo e Défices Cognitivos. As Perturbações do Desenvolvimento aparecem em alguma altura do desenvolvimento da criança, afetando-o e traduzindo-se em dificuldades nas atividades de vida diária. Dentro deste grupo de perturbações estão incluídas as Perturbações do Espetro do Autismo (PEA). As PEA são caraterizadas por um défice global nas competências sociais e de comunicação, e pela presença de comportamentos repetitivos e interesses restritos. A nível da intervenção existem alguns modelos - Picture Exchange Communication System, Treatment and Education of Autistic and Related Communication Handicapped Children, Applied Behavioral Analysis, Floor-time. Com a Psicomotricidade é possível alcançar a empatia e comunicação, através do corpo e do jogo. Esta terapia assume um caráter estruturante, pela qual se consegue reduzir as dificuldades e potenciar as capacidades. Assim, o relatório é composto pela revisão bibliográfica dos conceitos relevantes para o âmbito do estágio e ao enquadramento institucional formal. Também é feita uma descrição da população acompanhada e da intervenção realizada.

Intervenção psicomotora com crianças com perturbação do espectro do autismo : Centro de recursos para a Inclusão da Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo de Lisboa

Maria, Inês Tecedeiro Rodrigues
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Relatório
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
96.15%
Mestrado em Reabilitação Psicomotora; Na intervenção psicomotora, o corpo é utilizado como recurso para promover a empatia e a comunicação, sendo o jogo uma ferramenta essencial de intervenção para promover o desenvolvimento global da criança. As crianças com Perturbações do Espectro do Autismo, apresentando limitações a nível comunicativo, social, nos comportamentos e interesses, que se caracterizam pelo seu caráter restrito e repetitivo, bem como a nível sensorial e motor, podem beneficiar de uma intervenção psicomotora. O presente relatório descreve o trabalho de estágio desenvolvido no Centro de Recursos para a Inclusão da Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo de Lisboa, com crianças e jovens com Perturbação do Espectro do Autismo em escolas de ensino regular (1º, 2º e 3º ciclos). Este relatório inclui uma revisão teórica atual relativa às Perturbações do Espectro do Autismo, o enquadramento institucional e legal do estágio e a descrição de seis estudos de caso de crianças com Perturbações do Espectro do Autismo, que beneficiaram de intervenção psicomotora, de caráter individual, sendo descrito todo o processo de avaliação, estabelecimento de objetivos...

Relatório de estágio profissionalizante em psicomotricidade e intervenção precoce no Centro de Desenvolvimento da Criança – Professor Torrado da Silva.

Monteiro, Márcia Alexandra Ferreira
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Relatório
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
76.02%
Mestrado em Reabilitação Psicomotora; Este documento relata o conjunto de trabalhos desenvolvidos, durante o estágio referente ao 2º Ciclo de estudos do Mestrado em Reabilitação Psicomotora, realizado no âmbito da Intervenção Precoce e da Psicomotricidade. O Centro de Desenvolvimento da Criança – Professor Torrado da Silva, do Hospital Garcia de Orta, foi a entidade de acolhimento onde a estagiária pode desenvolver as suas competências profissionais, através do acompanhamento, avaliação e intervenção com várias crianças, na maioria com Perturbações do Desenvolvimento. A intervenção psicomotora decorreu num espaço de seis meses, em contexto individual e de grupo, em sala, ou ao ar livre. Estabeleceram-se objetivos de acordo com as dificuldades e prioridades observadas, estimulando o potencial de desenvolvimento em vários domínios. Utilizaram-se estratégias distintas, com enfoque sobre as vivências corporais, relacionais, lúdicas e afetivas. Conclui-se, pela análise do acompanhamento de três estudos de caso, que a intervenção proporcionou melhorias ao nível do perfil de desenvolvimento psicomotor e comportamental das crianças.

Intervenção psicomotora nas perturbações do espetro do autismo na APPDA-Lisboa

Teixeira, Sara Carina Fernandes
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Relatório
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
86.07%
Mestrado em Reabilitação Psicomotora; O presente relatório descreve as atividades de estágio desenvolvidas no âmbito do Mestrado em Reabilitação Psicomotora, Ramo de Aprofundamento de Competências Profissionais, da Faculdade de Motricidade Humana, realizado na Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo de Lisboa com crianças, jovens e adultos com Perturbação do Espetro do Autismo. Os indivíduos com esta perturbação caracterizam-se essencialmente por dificuldades na comunicação e interação social, e ao nível dos comportamentos repetitivos e interesses restritos. A intervenção psicomotora incidiu nestas dificuldades através de atividades lúdicas de mediação corporal. A intervenção psicomotora decorreu em várias escolas de Lisboa e no centro de atividades ocupacionais da APPDA-Lisboa. Este relatório inclui uma revisão teórica atual relativa às Perturbações do Espectro do Autismo, o enquadramento institucional e legal do estágio e a descrição de todo o processo de avaliação, intervenção e resultados de oito estudos de caso. Dois estudos de caso individuais referentes a duas crianças que frequentam o 1º ciclo com as quais foram realizadas sessões em contexto de ginásio...

Intervenção psicomotora e perturbações do espetro do autismo, Centro de Apoio ao Desenvolvimento Infantil (CADIn)

Pereira, Ana Filipa Silva
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Relatório
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
76.04%
Mestrado em Reabilitação Psicomotora; O presente relatório descreve a prática profissional desenvolvida no Centro de Apoio ao Desenvolvimento Infantil (CADIn), no âmbito do Ramo de Aprofundamento de Competências Profissionais do mestrado em Reabilitação Psicomotora, durante o ano letivo 2013/2014. Reflete o trabalho desenvolvido principalmente junto de crianças e jovens com Perturbações do Espetro do Autismo (PEA), centrando-se na Intervenção Psicomotora quer individual, quer em grupo. As PEA caracterizam-se por défices em vários domínios, principalmente ao nível da interação social e comunicação e comportamentos repetitivos e estereotipados, variando segundo o nível de gravidade e consequente acompanhamento. A Intervenção Psicomotora é uma abordagem que, através de atividades específicas, estruturadas e lúdicas, permite ao indivíduo o seu desenvolvimento holístico, desenvolvendo a cognição, a motricidade, a comunicação, o comportamento, bem como o estabelecimento de uma relação mais adequada com os outros e com o meio envolvente. O relatório é dividido em Enquadramento Institucional, Enquadramento da Prática Profissional e Realização da Prática Profissional abordando-se, de uma forma mais detalhada...

Terapêutica Farmacológica nas Perturbações do Desenvolvimento Infantil — Generalidades

Pereira, Carla; Fernandes, Armando
Fonte: Sociedade Portuguesa de Pediatria Publicador: Sociedade Portuguesa de Pediatria
Formato: application/pdf
Publicado em 21/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
76.03%
Atendendo aos recentes e notáveis avanços científicos relacionados com a terapêutica farmacológica nas perturbações do desenvolvimento e do comportamento infantil, os autores fazem uma breve reflexão sobre quando, como e porque deve ser prescrita a referida terapêutica.Fazem, ainda, uma breve alusão aos fármacos de eleição para as principais perturbações do desenvolvimento e do comportamento infantil.Pretendem, assim, proporcionar uma oportunidade formativa capaz de viabilizar uma ampla discussão em matéria tão controversa e tão mutante, em termos de actualização científica.

Genética molecular das Perturbações do Espectro do Autismo: Análise de variantes estruturais

Isabel Neto Coelho, Joana
Fonte: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge Publicador: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 18/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
76.11%
Dissertação de Mestrado em Biologia Humana e Ambiente apresentada à Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, 2012.; Dissertação defendida e aprovada em 18 de Dezembro de 2012.; Trabalho de investigação realizado no Departamento de Promoção da Saúde e Prevenção de Doenças não Transmissíveis, do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP, Grupo de Neurogenética e Saúde Mental (Setembro 2011 – Setembro 2012).; Astrid Moura Vicente: Departamento de Promoção da Saúde e Prevenção de Doenças não Transmissíveis, do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP; As Perturbações do Espectro do Autismo (PEA) são um grupo de doenças com uma forte etiologia genética que afectam o neurodesenvolvimento, caracterizando-se por dificuldades na interação social e comunicação e comportamentos repetitivos e estereotipados, sendo o seu diagnóstico baseado nos critérios presentes nos manuais de diagnóstico, como o DSM-V (Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders). AS PEA tem uma elevada prevalência, o que torna importante o seu estudo genético, tendo já sido executados estudos em gémeos e famílias, análises citogenéticas, estudos de Linkage e de Associação, sequenciação de genes candidatos e do exoma e análise de variantes estruturais (Copy Number Variants...

Relatório de Estágio Curricular – Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo da Madeira (Funchal)

Castro, Rubina
Fonte: Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto Publicador: Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
95.99%
O estágio curricular foi desenvolvido no âmbito da Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo da Madeira e foram várias as atividades desenvolvidas e as propostas apresentadas, tendo em conta as Necessidades Educativas Especiais (NEE), dos utentes onde destaco as diversas atividades na área dasexpressões, jogos tradicionais, dança e algumas visitas de estudo. Estas atividades tiveram por objetivo desenvolver as capacidades intelectuais dos utentes, estimular a criatividade e gerar um espírito de partilha e de grupo essencial. Realizei jogos interrelacionais onde foi possível expressar emoções, construir pequenas frases e associar palavras e imagens. Com esta interação fundamental entre c rianças autistas e não autistas potenciei a criação de laços entre todos graças ao esforço dos utentes. Relevantes também, foram os passeios ao ar livre, as visitas ao museu e eventos de solidariedade que contribuíram para o reconhecimento social e humano da instituição. Nas atividades realizadas prevaleceu o contacto com o público, bem como a satisfação das necessidades cognitivas, motivacionais e essencialmente relacionais.

Manifestações motoras em crianças com dificuldades de leitura e presença de um quadro de perturbações do desenvolvimento da coordenação

Trigueiro, Maria João
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto; Instituto Politécnico de Beja. Escola Superior de Saúde de Beja; Instituto Politécnico de Leiria. Escola Superior de Saúde de Leiria Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto; Instituto Politécnico de Beja. Escola Superior de Saúde de Beja; Instituto Politécnico de Leiria. Escola Superior de Saúde de Leiria
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
75.91%
Tem sido salientada a co-­morbilidade entre a dislexia e outras dificuldades no domínio sensório-­motor e linguístico, o que parece apontar para diferentes fenótipos cerebrais das pessoas com dislexia. Da mesma forma, tem sido igualmente assinalada uma extensa variabilidade nas manifestações das dificuldades das crianças com perturbações do desenvolvimento da coordenação (PDC), levando à referência sobre uma frequente co-­morbilidade entre eles. Um défice no controlo postural tem sido assinalado como comum aos dois quadros, o que pode levar a questionar se os défices de coordenação e equilíbrio assinalado por alguns autores como fazendo parte de um quadro de dislexia não poderá dever-­se à existência de um dos subtipos de PDC. Foi objectivo deste estudo perceber se crianças do primeiro ciclo do ensino básico com dificuldades ao nível da leitura apresentam igualmente dificuldades nas competências de coordenação motora e equilíbrio. Secundariamente, pretendemos perceber se pode ser estabelecida uma relação entre estas manifestações e as da PDC. Foram seleccionadas 36 crianças do primeiro ciclo de estudos, com (n=15) e sem (n=21) dificuldades de leitura e escrita...

A participação dos pais na identificação de situações de risco no desenvolvimento infantil : estudo exploratório com a utilização do Parents' Evaluation of Developmental Status: Developmental Milestones [PEDS:DM]

Gonçalves, Ana Sofia Correia
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
76.13%
O rastreio do desenvolvimento consiste numa avaliação breve do desenvolvimento da criança por forma a identificar desvios ou atrasos que justifiquem uma avaliação mais aprofundada do desenvolvimento com vista a uma intervenção precoce e mais eficaz. Sabe-se que o enfoque exclusivo na criança, durante este tipo de avaliação, torna este momento de recolha de informação demasiado redutor e, muitas vezes, não isento de erro pelo que os pais constituem uma importante fonte de informação, dado o seu conhecimento da história da criança, da sua experiência, da sua situação atual e do contexto da própria família. Em Portugal, o rastreio precoce do desenvolvimento é efetuado sobretudo em consultas médicas de rotina, sendo a participação dos pais nestes processos, praticamente inexistente. Neste momento, estão a dar-se os primeiros passos na tradução e adaptação à realidade portuguesa, através de estudos exploratórios, de instrumentos de rastreio do desenvolvimento infantil, como a AGS e PEDS:DM, esperando-se que, num futuro próximo, os pais possam ser chamados a ter uma participação mais ativa em todo o processo de rastreio. O presente trabalho tem como objetivo dar um contributo nesse sentido, tendo sido organizado em diferentes partes ou artigos que pretendem: fazer uma revisão teórica do que já se sabe acerca do desenvolvimento infantil e do envolvimento da família; dar um contributo ao complexo e extensivo processo de adaptação de instrumentos de rastreio à realidade portuguesa...

As Perturbações do Espectro do Autismo: Avanços da Biologia Molecular

Ribeiro,Ilda Patrícia; Freitas,Manuela; Oliva-Teles,Natália
Fonte: Centro Hospitalar do Porto Publicador: Centro Hospitalar do Porto
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
86.14%
As perturbações do espectro do autismo (PEA) constituem-se como perturbações do neurodesenvolvimento, incluindo alterações comportamentais, de comunicação e de interação social. De acordo com o DSM-IV TR estão descritas cinco perturbações do espectro do autismo na categoria das perturbações do desenvolvimento: a perturbação autista, a síndrome de Asperger, a perturbação invasiva do desenvolvimento sem outra especificação, a perturbação desintegrativa da infância e a síndrome de Rett. A prevalência das perturbações do espectro do autismo é variável conforme os diferentes estudos, estimando-se entre 10/10000 e 60/10 000 crianças. De acordo com a literatura, uma reduzida percentagem de indivíduos com PEA tem etiologia conhecida, sendo este facto particularmente desafiador para a comunidade científica. Estudos familiares e de gémeos têm trazido novos esclarecimentos para a elevada hereditabilidade da perturbação autista; contudo, permanece por esclarecer inequivocamente as suas bases genéticas, bem como a identificação de determinados genes ou proteínas passíveis de serem utilizados no diagnóstico destas perturbações. As perturbações do espectro do autismo têm sido associadas a causas genéticas conhecidas em 10-15% dos casos. Estão descritos diferentes genes e regiões cromossómicas (loci) potencialmente associados à PEA...

O papel dos factores socioculturais no desenvolvimento das perturbações do comportamento alimentar: Uma revisão da literatura

Gonçalves,Sónia F.; Machado,Bárbara C.; Machado,Paulo P.P.
Fonte: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde Publicador: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.16%
As perturbações do comportamento alimentar são perturbações graves que se caracterizam por alterações significativas ao nível do comportamento alimentar associadas a uma preocupação extrema com o peso e forma corporais. Estas perturbações são mais frequentes em sociedades ocidentais, que enfatizam uma imagem corporal feminina magra. Talvez por esta razão, os factores socioculturais têm sido, muitas vezes, apontados, como os factores responsáveis pelo aumento da incidência das perturbações do comportamento alimentar. No entanto, a discrepância entre os valores de prevalência das perturbações do comportamento alimentar e o número total de pessoas expostas à pressão social para um corpo magro e tubular, questiona a importância desta exposição no desenvolvimento das patologias alimentares. O presente artigo apresenta uma revisão de estudos que procuram mostrar o papel etiológico dos factores socioculturais no desenvolvimento das perturbações do comportamento alimentar e a razão destas patologias, serem denominadas de culture-bound syndromes, bem como algumas perspectivas alternativas a estes modelos conceptuais que procuram revelar a fragilidade dos modelos etiológicos que enfatizam a importância destes factores na complexa etiologia das perturbações do comportamento alimentar.