Página 1 dos resultados de 750 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Internacionalização e performance : o efeito moderador da diversificação de produtos

Beato, Tomé Cordeiro
Fonte: Instituto Politécnico de Leiria Publicador: Instituto Politécnico de Leiria
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 29/10/2013 POR
Relevância na Pesquisa
45.98%
Dissertação de Mestrado em Negócios Internacionais apresentada à ESTG - Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Leiria.; O objetivo deste estudo é averiguar a relação entre internacionalização e performance e o papel moderador da diversificação de produtos. A análise integra duas teorias principais na investigação em negócios internacionais: a teoria dos custos de transação e a visão baseada em recursos. Primeiro, o foco incide na internacionalização, nos seus benefícios, custos e nos determinantes que influenciam o impacto sobre a performance. Depois, o foco diverge para as diferentes formas da relação entre internacionalização e performance defendidas pelos académicos e o efeito moderador da diversificação de produtos. A amostra é composta pelas 500 maiores empresas, segundo o valor de negócios de 2009, da indústria do vestuário de Portugal. Os resultados diferem consoante a categoria de performance utilizada: sustentam que o impacto da internacionalização é linear e positivo quando se usa uma medida de performance financeira e linear e negativo, quando aplicada uma medida de performance operacional.

Performance Financeira Corporativa e Performance Social Corporativa: desenvolvimento metodológico e contribuição teórica dos estudos empíricos; Corporate Financial Performance and Corporate Social Performance: methodological development and the theoretical contribution of empirical studies

Boaventura, João Maurício Gama; Silva, Ralph Santos da; Bandeira-de-Mello, Rodrigo
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.27%
Um dos papéis da contabilidade é prover informações sobre o desempenho empresarial, quer seja por indicadores contábil-financeiros ou não. Dentro deste escopo do interesse da contabilidade, observa-se que a publicação de estudos teórico-empíricos sobre as relações entre Performance Corporativa Financeira (CFP) e a Performance Social Corporativa (CSP) vem crescendo nos últimos anos, sintoma do desenvolvimento deste campo de pesquisa. Entretanto, a contribuição à teoria pelos trabalhos empíricos se faz de forma pontual, uma vez que normalmente cada estudo foca um aspecto particular da teoria. Periodicamente, portanto, é necessária uma análise que avalie como, de forma agregada, os estudos empíricos contribuíram para a evolução da teoria, e elaborar essa análise constituiu o objetivo do presente estudo. O referencial teórico abrangeu: teoria dos stakeholders, relação entre CSP e CFP, good management theory e slack resource theory. Esta pesquisa abrangeu um período de 15 anos (1996 a 2010) e a coleta de dados empregou a ferramenta de busca das bases de dados: Ebsco, Proquest e ISI. O processo de amostragem obteve um conjunto de 58 artigos exclusivamente teórico-empíricos quantitativos que testam a relação CSP-CFP. Os principais resultados no campo teórico demonstram um reforço da proposição de relação positiva entre CSP e CFP e da good management theory...

Avaliação dos impactos da modernização da gestão pública no desempenho dos estados brasileiros; Evaluation of public management reform impacts over Brazilian states performance

Sá, Mychelle Celeste Batista de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/10/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.14%
Este estudo pretende analisar qual a relação entre os recursos gerenciais estratégicos do setor público e o desempenho dos estados brasileiros. Para tanto, assume-se que a estratégia é um dos fatores que influenciam a performance financeira e socioeconômica das unidades federativas estatais, e que a modernização da administração pública ocorrida em duas fases, estabelece uma busca pela eficiência apoiada no modelo da Nova Gestão Pública (NGP), que se utiliza desses recursos gerenciais. A pesquisa tem como fundamentação teórica a Visão Baseada em Recursos (VBR), que emprega conceitos de competitividade e desempenho no setor público para analisar os seus recursos gerenciais estratégicos como fonte de vantagem competitiva e responsáveis pelo desempenho diferenciado entre as organizações. Trata-se de estudo empírico-analítico de uma amostra de 20 estados brasileiros obtida mediante aplicação de questionário estruturado tipo survey aos Secretários de Estados das Secretarias de Administração, Planejamento, Fazenda, Receita, Educação, Saúde e Segurança dos 26 estados brasileiros. As variáveis referentes aos recursos gerenciais estratégicos foram extraídas do questionário enquanto as demais variáveis de desempenho foram obtidas da base de dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN)...

Performance financeira da carteira na avaliação de modelos de análise e concessão de crédito: uma abordagem baseada em aprendizagem estatística; Financial performance portfolio to evaluate and select analyses and credit models: An approach based on Statistical Learning

Silva, Rodrigo Alves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
45.94%
Os modelos de análise e decisão de concessão de crédito buscam associar o perfil do tomador de crédito à probabilidade do não pagamento de obrigações contraídas, identificando assim o risco associado ao tomador e auxiliando a firma a decidir pela aprovação ou negação da solicitação de crédito. Atualmente este campo de pesquisa tem ganhado importância no cenário nacional - pela intensificação da atividade de crédito no país com grande participação dos bancos públicos neste processo - e internacional - pelo aumento das preocupações com potenciais danos à economia derivados de eventos de default. Tal quadro fez com que fossem construídos e adaptados diversos modelos e métodos à análise de risco de crédito tanto para consumidores como para empresas. Estes modelos são testados e comparados com base na acurácia de previsão ou de métricas de otimização estatística. Este é um procedimento que pode não se mostrar eficiente do ponto de vista financeiro, ao mesmo tempo em que dificulta a interpretação e tomada de decisão por parte da firma quanto a qual o melhor modelo, gerando uma lacuna pelo desprendimento observado entre a decisão de qual o modelo a ser adotado e o objetivo financeiro da empresa. Tendo em vista que o desempenho financeiro é um dos principais indicadores de qualquer procedimento gerencial...

Impacto da responsabilidade social empresarial no custo de capital próprio das empresas brasileiras : um estudo empírico do período de 2005 a 2009

Canela, Renata
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.02%
Assim como a literatura existente sobre o impacto do investimento social empresarial na performance financeira da empresa, esse estudo tem o objetivo de analisar o efeito da responsabilidade social empresarial no custo de capital próprio das empresas. Foi estimado o custo de capital próprio das empresas do Índice da Bolsa de Valores de São Paulo – Ibovespa, representativo do mercado e das empresas participantes da carteira do ISE, representativa da responsabilidade social corporativa, para o período de 2005 a 2009. Como resultado, notou-se que, na maioria dos anos estudados, não foi significativa a queda no custo de capital próprio das empresas que fazem parte do ISE, apontando para o fato de o investimento em responsabilidade social empresarial não afetar indicadores financeiros como o custo de capital próprio analisado.

O impacto do ambiente e recursos sobre a estratégia e a performance de empresas industriais brasileiras

Almeida, João Januário Sebastião de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.37%
O presente estudo enfoca as implicações do ambiente e recursos para a estratégia e a performance, bem como as implicações da estratégia para a performance de empresas industriais em operação em sete estados brasileiros, e analisa a perspectiva determinista e a perspectiva voluntarista na busca de explicações a respeito da associação das variáveis estudadas. Além de uma extensa revisão bibliográfica, o estudo utiliza métodos estatísticos multivariados para reduzir e aferir o grau de associação entre as variáveis selecionadas. A estratégia das empresas é analisada com base na tipologia de Miles e Snow (1978). A performance das empresas é avaliada com base em seis indicadores financeiros e operacionais de ampla utilização em pesquisa sobre administração estratégica [Retorno Sobre Os Investimentos (ROI), Retorno Sobre os Ativos (ROA), Retorno Sobre as Vendas (ROS), Retorno Sobre o Patrimônio Líquido (ROE), Participação de Mercado (PME) e Crescimento das Vendas (CTV)]. Uma moldura conceitual integrando ambiente, recursos, estratégia e performance é proposta e testada por meio de análise de regressão, e seus resultados mostram que estrutura industrial, demografia e internacional são os principais determinantes da estratégia. Estrutura industrial...

Impacto dos Investimentos em Sistemas e Tecnologias de Informação na Performance Financeira da Empresa: Uma Abordagem pela ‘Stakeholder Theory’

Guerreiro, António
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
O presente trabalho procura responder a uma questão central colocada no campo do ‘IS business value’: Será que os investimentos em SI/TI têm um impacto positivo na performance financeira das empresas? Este tipo de investimentos são encarados como tendo um enorme impacto potencial na posição competitiva das empresas, no seu desempenho, exigindo contudo uma participação activa e motivada de vários grupos de stakeholders. A investigação actual conduzida no domínio dos Sistemas de Informação, relacionando os investimentos em SI/TI com o desempenho alcançado por essas mesmas empresas, vem usando a ‘Transaction Costs Theory’ e a ‘Resource Based Theory’ para tentar explicar e compreender aquela relação. No entanto nenhuma delas consegue levar em consideração a importância do ‘Stakeholder Management’, como variável moderadora naquela relação. A ‘Stakeholder Theory’ (ST) vê a empresa como o centro de uma teia de relações com diversos grupos de stakeholders, os quais estão na essência equidistantes da mesma, residindo a sua sobrevivência e a continuada lucratividade, na sua habilidade em responder positivamente aos seus desígnios económicos e sociais, os quais são criar e distribuir riqueza suficiente para assegurar a continuidade de cada grupo primário de stakeholders como parte integrante daquela constelação. Na sua versão instrumental a ST tem como hipótese central a premissa de que as empresas que prestam atenção aos ‘stakes’ dos diversos grupos de stakeholders...

O Impacto da Composição do Conselho de Administração nas Medidas de Performance Financeira nas Sociedades Portuguesas Cotadas em Bolsa

Pereira, Joana
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 23/10/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.22%
Na estrutura do Governo das Sociedades são detalhados os direitos e as responsabilidades dos mais diversos intervenientes na empresa como os administradores, os gestores e os acionistas. Para se atingir uma boa performance no governo das sociedades é exigido um esforço contínuo e de alta qualidade. O objeto de estudo desta dissertação consiste em analisar o impato da composição do Conselho de Administração nas medidas de performance financeira em 40 empresas portuguesas cotadas em bolsa no período entre 2007 e 2011. Foi assim investigado em que medida a dimensão do Conselho de Administração, independência do Conselho de Administração e a substituição do CEO influenciam a performance da empresa medido pelo Q de Tobin, ROE, ROA e EBITDA. Com evidência empírica destacamos o Q de Tobin tendo sido encontrada uma relação positiva com a substituição do CEO e uma relação quadrática com a independência do Conselho de Administração cujo ponto ótimo do nível de independência encontrado vai de encontro à recomendação da CMVM.

Avaliação da performance financeira por segmentos

Curto, Bruno Miguel Fernandes
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 20/07/2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.22%
Mestrado em Gestão; Com o presente projecto pretendeu-se conhecer a vivência de uma empresa relativamente ao seu controlo de gestão e instrumentos financeiros utilizados, e simultaneamente contribuir para uma melhoria das práticas de intervenção e de gestão, procurando dar resposta à questão inicial que levou ao desenvolvimento deste projecto: Como avaliar a performance financeira dos vários segmentos da empresa: gestores, processos, produtos e clientes, utilizando as métricas de criação de valor? Nas opções metodológicas, optou-se pela observação e análise de documentos (referentes à empresa em estudo) como técnica de recolha de dados, o que permitiu compreender o funcionamento da empresa e aquisição de conhecimentos mais profundos face às suas reais dificuldades. A revisão da literatura foi igualmente fundamental para uma melhor compreensão dos conceitos em estudo. Da análise realizada foi reconhecida a necessidade pertinente de uma mudança a nível das ferramentas de gestão utilizadas, com o objectivo de medir a criação de valor. A utilização de instrumentos tradicionais de avaliação de “valor” da empresa em estudo fomentou a necessidade de criar um sistema de controlo de gestão que responda às especificidades dos problemas encontrados. O sistema de controlo de gestão proposto utiliza instrumentos de pilotagem...

Análise da performance financeira por segmentos para a nova era da indústria de televisão

Fonseca, Nuno Miguel Machado da
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
46.15%
Projecto de Mestrado em Gestão / JEL Classification System: L82 - Industry Studies: Services: Entertainment; Media. M10 - Business Administration: General.; Numa fase de profunda mudança no sector de televisão, este trabalho pretende apresentar um modelo de avaliação da performance económico-financeira por segmentos, considerando os novos desafios do sector. Num contexto de mudança é fundamental assegurar à gestão a informação necessária para suporte à decisão e um adequado painel de controlo do negócio. Este trabalho pretende apresentar as características próprias e específicas deste sector, introduzir uma visão futura do negócio de televisão, encontrar os seus eixos críticos, definir os segmentos relevantes para a criação de valor e encontrar os indicadores mais adequados à avaliação da performance por segmentos. O papel do controlo de gestão, a adequação da contabilidade de gestão e o tratamento de gastos e rendimentos associados a programas de televisão são também alvo de estudo. Para os temas referidos introduzem-se os principais conceitos teóricos concluindo-se com a apresentação de um modelo. A evolução tecnológica dos sistemas de informação permite cada vez mais e melhores instrumentos de informação para a gestão. No entanto...

Um índice de avaliação da qualidade da governança corporativa no Brasil

Correia,Laise Ferraz; Amaral,Hudson Fernandes; Louvet,Pascal
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.02%
O objetivo deste artigo foi construir um índice para medir a qualidade da governança das empresas brasileiras e validá-lo, mediante confronto com indicadores da confiança dos investidores quanto à boa gestão dos seus fundos pelas empresas. Esse índice foi composto pelos critérios de eficiência de um conjunto de mecanismos de redução dos problemas de agência, integrantes das dimensões: composição do Conselho de Administração, estrutura de propriedade e de controle, modalidades de incentivo aos administradores, proteção dos acionistas minoritários e transparência das informações publicadas. Ele foi, em seguida, validado, em uma amostra de empresas com ações negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) entre 1997 e 2006, mediante o confronto com indicadores que refletem a confiança dos investidores quanto à boa governança dos seus recursos pelas empresas como a performance financeira das empresas. O índice de governança foi obtido mediante a técnica de componentes principais, o que consistiu em calcular a média ponderada de todos os componentes gerados, sendo as ponderações representadas pelas suas respectivas variâncias. A análise do comportamento desse índice revelou uma tendência efetiva de incremento na qualidade da governança das empresas brasileiras no período estudado. Em termos de validação externa...

Performance Financeira Corporativa e Performance Social Corporativa: desenvolvimento metodológico e contribuição teórica dos estudos empíricos

Boaventura,João Maurício Gama; Silva,Ralph Santos da; Bandeira-de-Mello,Rodrigo
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56.23%
Um dos papéis da contabilidade é prover informações sobre o desempenho empresarial, quer seja por indicadores contábil-financeiros ou não. Dentro deste escopo do interesse da contabilidade, observa-se que a publicação de estudos teórico-empíricos sobre as relações entre Performance Corporativa Financeira (CFP) e a Performance Social Corporativa (CSP) vem crescendo nos últimos anos, sintoma do desenvolvimento deste campo de pesquisa. Entretanto, a contribuição à teoria pelos trabalhos empíricos se faz de forma pontual, uma vez que normalmente cada estudo foca um aspecto particular da teoria. Periodicamente, portanto, é necessária uma análise que avalie como, de forma agregada, os estudos empíricos contribuíram para a evolução da teoria, e elaborar essa análise constituiu o objetivo do presente estudo. O referencial teórico abrangeu: teoria dos stakeholders, relação entre CSP e CFP, good management theory e slack resource theory. Esta pesquisa abrangeu um período de 15 anos (1996 a 2010) e a coleta de dados empregou a ferramenta de busca das bases de dados: Ebsco, Proquest e ISI. O processo de amostragem obteve um conjunto de 58 artigos exclusivamente teórico-empíricos quantitativos que testam a relação CSP-CFP. Os principais resultados no campo teórico demonstram um reforço da proposição de relação positiva entre CSP e CFP e da good management theory...

Orientação ao consumidor e performance financeira: uma análise do papel da capacidade de inovação de produto

Santos, Mirela Jeffman dos
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.17%
O crescente dinamismo que vem se configurando no ambiente tanto em relação às transformações no mercado quanto às evoluções tecnológicas tem mobilizado pesquisadores a investigar como as organizações operam diante de condições instáveis e quais são os fatores que as levam a alcançar altos níveis de performance. Nesse contexto, destacam-se as orientações estratégicas que têm sido amplamente investigadas na área de marketing estratégico nas últimas décadas. No entanto, a teoria tem apontado as orientações estratégicas como antecedentes diretos da performance, desconsiderando o desenvolvimento de capacidades, que permite à organização transformar recursos e aplicar o conhecimento de modo a produzir maior valor no mercado. Com o intuito de contribuir com a literatura da área, o presente estudo analisa as relações entre Orientação ao Consumidor (OC), Capacidade de Inovação de Produto (CIP) e Performance Financeira (PF) sob a influência da Turbulência Tecnológica (TT). Nesse sentido, sugeriu-se que diante de alta TT, a CIP media a relação entre OC e PF. A pesquisa de campo compreendeu duas etapas.A primeira etapa foi exploratória com o objetivo de identificar métricas para o construto CIP, ainda pouco explorado na literatura...

The relationship between board of director's nationality diversity and financial performance

Talarico, Ana Carolina
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
EN_US
Relevância na Pesquisa
45.96%
Companies are moving to a more international structure; going into new markets and having an increased competition in all fronts. Therefore, the practices that lead companies to a more efficient and competitive position are praised. The management of the workforce comes as one of the main concerns of companies, aiming at performance enhancing and at creating better environments that both attract and maintain the professional talents. In an increasingly international environment, companies tend to look for the specialists and best professionals, regardless of their nationality. This new structure with several different nationalities working together poses new challenges for companies. Understanding if and how a more diverse has a relationship with financial performance is the starting point for better managing this new corporate structure.; As empresas estão mudando para uma estrutura mais internacional; entrando em novos mercados com competição mais acirrada. Portanto, as práticas que levam as empresas a serem mais eficientes e competitivas são exaltadas. O gerenciamento da força de trabalho é uma das maiores preocupações das companhias, com foco em melhorar a performance e criar melhores ambientes de trabalho, que atraem e mantem os talentos. Em um ambiente cada vez mais internacional...

Export intensity and financial performance of Portuguese Small and Medium Enterprises (SME)

Tomás, Rafael da Fonseca
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 ENG
Relevância na Pesquisa
46.12%
Mestrado em Finanças; O objectivo desta investigação é estudar a intensidade exportadora das Pequenas e Médias Empresas (PME) em Portugal. A relação entre a intensidade exportadora e o desempenho financeiro é analisado em detalhe. A análise empírica é baseada na amostra das PME da indústria transformadora obtida através dos dados contabilísticos do Sistema de Contas Integradas das Empresas (SCIE). São analisados dois modelos de intensidade exportadora das PME, linear e probit, tendo em conta dois tipos de variáveis dependentes: (i) a percentagem das vendas no mercado externo (considerando-se; e (ii) uma variável binária que mede a predominância exportadora (valor 1 para percentagens de vendas externas superiores a 50%). Como variáveis explicativas foram testadas variáveis relacionadas com as características das empresas (por exemplo, dimensão, nível tecnológico, custos salariais) e com o desempenho financeiro (por exemplo, endividamento, autonomia financeira). Os resultados são mistos dependendo do modelo e da amostra estudada, no entanto, no geral, o retorno sobre os activos, a produtividade, o resultado líquido e o rácio da dívida têm uma relação positiva com a intensidade exportadora. A dimensão e o nível tecnológico também têm um impacto positivo. O salário médio por trabalhador tem um efeito negativo na intensidade exportadora...

Determinantes de performance das fundações portuguesas

Ferreira, Cátia Sofia da Luz Pinto
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.01%
Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais; Medir a performance das organizações é fundamental para destacar pontos fortes e pontos de melhoria com a finalidade de alcançar a metas que as organizações pretendem atingir, os seus objetivos. As Fundações têm um impacto transversal a todos os indivíduos e, apesar do seu caráter social e não lucrativo, torna-se crucial averiguar e avaliar o seu desempenho económico-financeiro. O presente estudo pretende averiguar quais as Determinantes de Performance das Fundações Portuguesas. Para o efeito foi criado um modelo de regressão linear com dados em painel para os anos 2011, 2012 e 2013. A amostra é composta por 102 Fundações Portuguesas e 286 observações. Com este estudo exploratório pretende-se explicar a influência que cinco indicadores de desempenho usados para Terceiro Setor Operating Margins, o Working Capital Ratio, o Profitability Ratio, o Debt Ratio e o Primary Reserve Ratio, têm na Rendibilidade Operacional do Ativo das Fundações Portuguesas. Todas as variáveis são estatisticamente significativas e têm diferentes impactos no desempenho financeiro das Instituições. Este estudo permitiu destacar cinco indicadores que medem o desempenho das Fundações sendo possível verificar que a performance das Fundações Portuguesas...

Performance Financeira Corporativa e Performance Social Corporativa: desenvolvimento metodológico e contribuição teórica dos estudos empíricos; Corporate Financial Performance and Corporate Social Performance: methodological development and the theoretical contribution of empirical studies

Boaventura, João Maurício Gama; Silva, Ralph Santos da; Bandeira-de-Mello, Rodrigo
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2012 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
56.28%
Um dos papéis da contabilidade é prover informações sobre o desempenho empresarial, quer seja por indicadores contábil-financeiros ou não. Dentro deste escopo do interesse da contabilidade, observa-se que a publicação de estudos teórico-empíricos sobre as relações entre Performance Corporativa Financeira (CFP) e a Performance Social Corporativa (CSP) vem crescendo nos últimos anos, sintoma do desenvolvimento deste campo de pesquisa. Entretanto, a contribuição à teoria pelos trabalhos empíricos se faz de forma pontual, uma vez que normalmente cada estudo foca um aspecto particular da teoria. Periodicamente, portanto, é necessária uma análise que avalie como, de forma agregada, os estudos empíricos contribuíram para a evolução da teoria, e elaborar essa análise constituiu o objetivo do presente estudo. O referencial teórico abrangeu: teoria dos stakeholders, relação entre CSP e CFP, good management theory e slack resource theory. Esta pesquisa abrangeu um período de 15 anos (1996 a 2010) e a coleta de dados empregou a ferramenta de busca das bases de dados: Ebsco, Proquest e ISI. O processo de amostragem obteve um conjunto de 58 artigos exclusivamente teórico-empíricos quantitativos que testam a relação CSP-CFP. Os principais resultados no campo teórico demonstram um reforço da proposição de relação positiva entre CSP e CFP e da good management theory...

Um índice de avaliação da qualidade da governança corporativa no Brasil; An index for corporate governance quality assessment in Brazil

Correia, Laise Ferraz; Amaral, Hudson Fernandes; Louvet, Pascal
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.07%
O objetivo deste artigo foi construir um índice para medir a qualidade da governança das empresas brasileiras e validá-lo, mediante confronto com indicadores da confiança dos investidores quanto à boa gestão dos seus fundos pelas empresas. Esse índice foi composto pelos critérios de eficiência de um conjunto de mecanismos de redução dos problemas de agência, integrantes das dimensões: composição do Conselho de Administração, estrutura de propriedade e de controle, modalidades de incentivo aos administradores, proteção dos acionistas minoritários e transparência das informações publicadas. Ele foi, em seguida, validado, em uma amostra de empresas com ações negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) entre 1997 e 2006, mediante o confronto com indicadores que refletem a confiança dos investidores quanto à boa governança dos seus recursos pelas empresas como a performance financeira das empresas. O índice de governança foi obtido mediante a técnica de componentes principais, o que consistiu em calcular a média ponderada de todos os componentes gerados, sendo as ponderações representadas pelas suas respectivas variâncias. A análise do comportamento desse índice revelou uma tendência efetiva de incremento na qualidade da governança das empresas brasileiras no período estudado. Em termos de validação externa...

A relação entre a «performance» social e a «performance» económico-financeira

Taborda,Daniel
Fonte: INDEG-IUL - ISCTE Executive Education Publicador: INDEG-IUL - ISCTE Executive Education
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.25%
O debate em torno da responsabilidade social centra-se actualmente a um nível da avaliação da «performance» social da organização e da captura das relações de causa-efeito com a «performance» económico-financeira. As dificuldades em estabelecer uma relação universal entre estas dimensões da «performance» sugerem que a abordagem empírica deste problema deve ser orientada para o caso concreto.

A divulgação de informação ambiental e a performance financeira das empresas cotadas em Portugal

Roque,Vanda; Cortez,Maria do Céu
Fonte: Instituto Politécnico do Cávado e do Ave Publicador: Instituto Politécnico do Cávado e do Ave
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.36%
O objectivo deste artigo é investigar a relação entre a divulgação de informação ambiental nos relatórios e contas anuais e a performance financeira no mercado de capitais das empresas cotadas em Portugal. Para tanto, é usada uma amosta de 35 empresas não financeiras cotadas no mercado de cotações oficiais da Euronext Lisboa no período de 5 anos compreendido entre 2000 e 2004. Os resultados empíricos obtidos sugerem que as empresas que não divulgam informação ambiental têm uma performance financeira - rendibilidade, risco e rendibilidade ajustada ao risco - superior às que o fazem. Em particular, as empresas que apresentam um melhor relato ambiental, divulgando informação ambiental qualitativa e quantitativa, são as que apresentam pior performance financeira. Contudo, as diferenças encontradas ao nível da performance financeira não são estatisticamente significativas. Estes resultados são robustos às duas metodologias usadas: estudos de carteira e tabelas de contingência.