Página 1 dos resultados de 156 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Perfil hematológico de gambás Didelphis aurita e D. albiventris do Estado de São Paulo, Brasil; Blood profile of opossums Didelphis aurita and D. albiventris of São Paulo State, Brazil

CASAGRANDE, Renata Assis; CESAR, Marina de Oliveira; HORTA, Maurício Cláudio; ROSSI, Silmara; TEIXEIRA, Rodrigo Hidalgo; MATUSHIMA, Eliana Reiko
Fonte: Maringá Publicador: Maringá
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.48%
O objetivo deste trabalho foi fornecer dados sobre o perfil hematologico de gambás (Didelphis sp.). Realizou-se hemograma de 83 D. aurita e 35 D. albiventris. Os valores obtidos dos D. aurita foram: Hematocrito dos adultos(A) 31,8 ± 8,0% e dos filhotes(F) 30,2 ± 6,9%; Eritrocitos A: 4,3 ± 1,5 x 106 μL-1, F: 3,4 ± 1,1 x 106 μL-1; Proteinas Totais A: 8,5 ± 1,0 g dL-1, F: 7,2 ± 0,9 g dL-1; Hemoglobina A: 10,9 ± 3,4 g dL-1, F: 8,7 ± 2,2 g dL-1; VCM A: 78,13 ± 18,13, F: 93,65 ± 23,62; HCM A: 26,41 ± 6,42, F: 27,09 ± 7,44; CHCM A: 64,59 ± 8,12, F: 30,40 ± 11,49; Leucocitos A: 8.205 ± 4.950 μL-1, F: 5.126 ± 3.945 μL-1; Neutrofilos A: 2.761 ± 2.966 μL-1, F: 1.310 ± 2.283 μL-1; Linfocitos A: 3.653 ± 2.431 μ L-1, F: 3.239 ± 2.234 μL-1; Monocitos A: 363,2 ± 308,7 μL-1, F: 101,5 ± 107,9 μL-1; Eosinofilos A: 1.362,0 ± 1.114,0 μL-1, F: 456,1 ± 464,4 μL-1 e Basofilos A: 65,9 ± 127,0 μL-1, F: 19,8 ± 48,7 μL-1. Os valores obtidos dos D. albiventris foram: Hematocrito A: 33,2 ± 14,0%, F: 25,7 ± 3,7%; Eritrocitos A: 4,8 ± 1,7 x 106 μL-1 , F: 3,9 ± 1,5 x 106 μL-1; Proteinas Totais A: 8,2 ± 0,6 g dL-1, F: 7,9 ± 1,1 g dL-1; Hemoglobina A: 10,3 ± 2,8 g dL-1, F: 10,2 ± 2,7 g dL-1; VCM A: 71,34 ± 23,74, F: 74...

Hematological profile of Chelonia mydas (Testudines, Cheloniidae) according to the severity of fibropapillomatosis or its absence; Perfil hematológico de Chelonia mydas (Testudines, Cheloniidae) de acordo com o grau de acometimento pela fibropapilomatose e sua ausência

ROSSI, Silmara; ZWARG, Ticiana; SANCHES, Thaís C.; CESAR, Marina de O.; WERNECK, Max R.; MATUSHIMA, Eliana R.
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
46.48%
The green turtle Chelonia mydas feeds and nests in the Brazilian coastal area and is considered an endangered species by the World Conservation Union (IUCN 2009) and threatened by the Red List of Brazilian Fauna (Ministério do Meio Ambiente 2009). Fibropapillomatosis is a disease characterized by benign skin tumors (fibropapillomas), and it is one of the main threats to the survival of this species. Studies suggest the involvement of viruses as infectious agents associated with environmental and genetic factors. Blood samples were collected from 45 turtles captured in the coastal area of the state of Sao Paulo, Brazil. From these, 27 were affected by fibropapillomas and 18 were tumor free. Biometrical data on the turtles, size, location and quantity of tumors were recorded. The area occupied by fibropapillomas per animal was calculated and four groups were determined according to severity of the disease or its absence. The objective of the study was to compare hemogram results of the sea turtles classified in these four groups. The lowest hematocrit value was observed in severely affected animals. In the hemoglobin assay, the highest value was observed in the group of tumor free turtles and the lowest, in animals severely affected. Lymphocyte counts and curved carapace length were on the verge of statistical significance.; Chelonia mydas...

Estudo do impacto da fibropapilomatose em Chelonia mydas (LINNAEUS, 1758) (Testudines, Cheloniidae); Impact study of fibropapillomatosis in Chelonia mydas (LINNAEUS, 1758) (Testudines, Cheloniidae)

Rossi, Silmara
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.48%
Chelonia mydas, denominada tartaruga verde, é uma tartaruga marinha que freqüenta o litoral brasileiro para alimentação e nidificação e é considerada em perigo de extinção pela IUCN (2006). A fibropapilomatose, doença caracterizada por tumores cutâneos benignos (fibropapilomas), é uma das mais importantes ameaças à sobrevivência dessa espécie. Pesquisas sugerem o envolvimento de agentes infecciosos virais em associação com fatores ambientais e genéticos. Foram estudadas 47 tartarugas provenientes do litoral do estado de São Paulo, sendo 18 sem fibropapilomas e 29 acometidas. Dados de biometria das tartarugas, quantidade, localização e tamanho dos tumores foram anotados. O objetivo do trabalho foi avaliar a função dos leucócitos sangüíneos e o perfil hematológico das tartarugas acometidas ou não. As células receberam estímulo de Saccharomyces cerevisiae e Staphylococcus aureus para avaliação da fagocitose e miristato-acetato de forbol (PMA) para avaliação do burst oxidativo. Foram identificadas três populações celulares: heterófilos, monócitos e linfócitos. Os monócitos foram as células responsáveis pela fagocitose e pelo burst oxidativo. Animais com fibropapilomas apresentaram intensidade de burst oxidativo basal e induzido por PMA maior. No entanto...

Phrynops geoffroanus (Testudines, Chelidae) em ambiente antrópico: perfil hematológico e microbiota oral; Phrynops geoffroanus (Testudines, Chelidae) in anthropogenic environment: blood profile and oral microbiota

Ferronato, Bruno de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.48%
Phrynops geoffroanus é uma espécie de quelônio com ampla distribuição na América do Sul, ocupando diversos tipos de habitat, inclusive rios urbanos poluídos. Com o objetivo de se conhecer aspectos ecológicos da espécie em ambientes antropizados, durante os anos de 2006 e 2007 foi realizado um estudo na bacia do rio Piracicaba, tendo como sítios amostrais o rio Piracicaba e seu afluente o ribeirão Piracicamirim. Um dos temas deste estudo foi à avaliação de aspectos sanitários da espécie. Foi investigado o perfil hematológico dos cágados no rio Piracicaba e ribeirão Piracicamirim, e avaliado um índice de estresse (razão heterófilo/linfócito), que além dos dois corpos d'água foi adicionado um grupo de animais provenientes de cativeiro, da Fundação Parque Zoológico de São Paulo. A diferença entre um rio de maior volume, Piracicaba, e seu afluente Piracicamirim, ambos poluídos e com diferentes históricos de ocupação do solo, pouco influenciaram nas variações dos dados hematológicos dos cágados e os animais não apresentaram nenhum sinal de enfermidade através dos resultados obtidos no hemograma. Estas análises foram o tema do primeiro capítulo desta dissertação. Outro aspecto sanitário avaliado foi a microbiota bacteriana oral dos cágados em ambos os corpos d'água...

Padronização do perfil hematológico, bioquímico, proteinograma sérico e imunofenotipagem de linfócitos de cães da raça Golden Retriever sadios e afetados pela distrofia muscular; Standardization of hematological, biochemical, serum protein concentrations and lymphocyte immunophenotyping of Golden Retriever dogs healthy and affected by muscular dystrophy

Abreu, Dilayla Kelly de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.48%
Idealizou-se o presente ensaio com o objetivo de padronizar o perfil hematológico, bioquímico, eletroforético (proteinograma sérico) e quantificação das células linfocitárias CD4, CD5, CD8 por citometria de fluxo de cães da raça Golden Retrivier normais (grupos GR) e de cães distróficos (grupos GRMD). Para tanto, considerou-se a divisão dos grupos de acordo com a idade dos animais, desde o nascimento até a idade adulta, compondo assim seis grupos, sendo eles GR I, II, III e GRMD I, II, III. No presente projeto realizamos os estudos eletroforéticos de cães pertencentes a todos os grupos, estudos hematológicos e bioquímicos dos cães pertencentes aos grupos GR II, III, GRMD II e III, imunofenotipagem linfocitária dos grupos GR III e GRMD III. Os resultados eritroleucométricos e trombométricos obtidos para os cães pertencentes aos grupos GR II e GR III apresentaram valores médios dentro normalidade. Com relação aos cães pertencentes aos grupos GRMD III, observamos que o eritrograma se encontra dentro dos valores de referência. Contudo, considerando o leucograma, os valores médios (3,79/ mm3) referentes à mensuração de basófilos apresentaram-se acima dos valores de normalidade, variando de 0 a 159/mm3. Ademais...

O monitoramento nutricional da ovelha, no período de um ano e o efeito da esquila no meio da gestação no peso ao nascer e perfil hematológico do cordeiro recém-nascido.

Dreyer, Cristina Terres
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.48%
No Brasil, a produção de ovinos é um fator de grande importância econômico-social, principalmente no estado do Rio Grande do Sul (RS). Um dos principais problemas enfrentados neste mercado são as perdas reprodutivas, representadas por baixa taxa de prenhes, baixa prolificidade e alta mortalidade perinatal de cordeiros. A deficiência de informações sobre as causas dessas perdas motivaram a realização dos experimentos aqui apresentados. No primeiro artigo dados sobre o peso (kg), condição corporal (CC) e nível sérico de beta-hidoxibutirato (BHB) foram estimados em um grupo (n=16) de ovelhas Corriedale prenhes, mantidas a campo no RS, pelo período de um ano. O grupo experimental foi tomado aleatoriamente de um rebanho de 60 ovelhas encarneiradas por monta natural no outono. Das 60 ovelhas do rebanho expostas a carneiros 53 (88,3%) foram detectadas prenhes ao exame de ultrassonografia e somente oito com partos gemelares (13,3%). O peso médio não mostrou variação estatística significativa durante o período de observação. O peso no pré-encarneiramento de 51,04kg (±1,2) mostrou um pequeno aumento até o início do encarneiramento. Esse peso sofreu um pequeno declínio entre o início e o meio da gestação. Entre o meio e o final da gestação houve um pequeno aumento de peso experimentando a partir dai um declínio...

Avaliação do perfil hematológico de portadores de talassemia alfa provenientes das regiões Sudeste e Nordeste do Brasil

Oliveira, Gislane L. V.; Mendiburu, Carlos F.; Bonini-Domingos, Claudia R.
Fonte: Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e daSociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea Publicador: Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e daSociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 105-109
POR
Relevância na Pesquisa
46.69%
A talassemia alfa é uma anemia hereditária resultante da síntese deficiente de cadeias alfa, provocando um excesso relativo de cadeias beta, que vão formar tetrâmeros identificados como hemoglobina H (Hb H) no indivíduo adulto. Para direcionar o diagnóstico laboratorial desta anemia, a análise dos índices eritrocitários, a eletroforese em acetato de celulose em pH neutro e a pesquisa de corpos de inclusão de Hb H são essenciais. O objetivo deste estudo foi traçar o perfil hematológico, por meio dos índices eritrocitários, dos portadores de talassemia alfa das regiões Sudeste e Nordeste do Brasil. Foram analisadas 1.010 amostras de sangue periférico após consentimento informado. Os índices eritrocitários como contagem de glóbulos vermelhos (RBC), dosagem de hemoglobina (HGB), hematócrito (HCT), volume corpuscular médio (VCM), hemoglobina corpuscular média (HCM) e concentração de hemoglobina corpuscular média (CHCM) foram fornecidos por aparelhos automatizados com controle de qualidade interno e externo. Para o diagnóstico de talassemia alfa foram utilizados testes de triagem e complementares para talassemias, como eletroforese em pH neutro e pesquisa de corpos de inclusão de Hb H com coloração de azul cresil brilhante. Comparando-se os valores hematológicos observados nos dois grupos...

Avaliação da incidência da deficiência de Glicose-6-Fosfato Desidrogenase (G6PD) e perfil hematológico em indivíduos de uma região de Rondônia

Katsuragawa, Tony H.; Gil, Luiz H. Soares; Stábile, Rodrigo G.; Pires, Matheus G.; Bonini-Domingos, Cláudia R.
Fonte: Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e daSociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea Publicador: Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e daSociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 268-273
POR
Relevância na Pesquisa
46.48%
O estudo compreendeu a avaliação da deficiência de Glicose-6-Fosfato Desidrogenase (G6PD) e perfil hematológico em 122 indivíduos (69 homens e 53 mulheres), com idade variando entre 3 a 84 anos, selecionados conforme a aceitação em participação no estudo, residentes na área urbana e rural do município de Porto Velho, Rondônia, Brasil, no período de julho de 2003 a agosto de 2004. A análise foi realizada utilizando-se o método da glicose NaNO2, e hemograma completo. Foram detectados quatro indivíduos do sexo masculino com deficiência da G6PD, sendo 5,8% entre os homens e 3,3% do total analisado. Dos indivíduos com deficiência da G6PD nenhum apresentava malária, através de diagnóstico realizado pela gota espessa corado pelo Giemsa. Entre os homens, 19 (27,5%) apresentaram malária, sendo 15 por Plasmodium vivax e quatro por Plasmodium falciparum; 48 (69,5%) apresentaram valores de hemoglobina abaixo de 14,0 g/dl, e 26 (37,6%) apresentaram valores eritrocitários abaixo do 4,5 milhões/mm³. Entre as mulheres apenas duas (3,7%) apresentaram malária por Plasmodium vivax; 24 (45,2%) apresentaram valores de hemoglobina abaixo de 12,0 g/dl, e 12 (22,6%) apresentaram massa eritrocitária abaixo de 4,0 milhões/mm³. A eosinofilia esteve presente em 47 (68...

Desempenho e perfil hematológico da Tílápia-do-Nilo alimentada com dietas suplementadas com ferro e cobre e submetida ao estresse por calor

Cintra, Felipe Tenório
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: v., 55 f. : tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
46.69%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Zootecnia - FMVZ; ferro e o cobre desempenham papel importante no funcionamento do organismo, sendo cofatores de enzimas, atuando ainda na síntese de ácidos nucléicos e células sanguíneas. A fim de avaliar o efeito da suplementação de ferro e cobre na dieta no desempenho de tilápia-do-Nilo e resposta hematológica do estresse por calor, 192 alevinos (6,23 ± 0,22 g) foram distribuídos aleatoriamente em oito tanques por 123 dias e alimentados com dietas práticas suplementadas com níveis crescentes de ferro (30,0, 60,0, 120,0 e 180,0 mg de FeSO4.7H2O/kg de dieta) e cobre (4,0 e 12 mg de CuSO4.5H2O) em esquema fatorial com quatro repetições. Foram determinados o ganho de peso, consumo de ração, conversão alimentar, peso final e porcentagem de sobrevivência e concentração de ferro e cobre no fígado. Ao final do experimento foram realizadas análises hematológicas (contagem de eritrócitos, hematócrito, hemoglobina, contagem diferencial e total de leucócitos, volume corpuscular médio, hemoglobina corpuscular média e proteína plasmática total), determinação da atividade oxidativa da ceruloplasmina sérica, índice de saturação de transferrina e em seguida os animais foram submetidos a estresse por calor (32 °C) por três dias e avaliados os mesmos parâmetros hematológicos. Não foram observadas diferenças estatísticas para o desempenho produtivo e perfil hematológico. Observou-se aumento na concentração hepática dos minerais com a adição de ferro e cobre nas dietas...

Perfil hematológico, bioquímico, histopatológico e toxicológico de gatos induzidos experimentalmente com monofluoroacetato de sódio

Zuanaze, Rita de Cássia Collicchio
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 167 f.
POR
Relevância na Pesquisa
46.69%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Medicina Veterinária - FMVZ; O monofluoroacetato de sodio (MFAS) ou composto 1080 e um rodenticida que foi amplamente utilizado para o controle de roedores e predadores domesticos, apos sua descoberta em 1945. Este potente rodenticida age bloqueando o ciclo de Krebs por acao do seu metabolito toxico, o fluorocitrato, e como consequencia, inibe a resposta celular e a producao de ATP. O MFAS foi proibido por lei no Brasil e em diversos paises, mas seu uso indiscriminado continua causando diversos casos de intoxicacoes potencialmente fatais no homem e animais domesticos, principalmente em caes e gatos, representadas por alteracoes neurologicas e cardiacas. Pretendeu-se com este estudo caracterizar o perfil hematologico e bioquimico, as alteracoes histopatologicas e toxicologicas de gatos intoxicados experimentalmente com MFAS, com o objetivo de determinar metodos diagnosticos eficazes. Para tanto, foram utilizadas amostras de sangue de 16 gatos intoxicados experimentalmente com 0,45mg/kg de MFAS, por via oral. Estas amostras foram colhidas por puncao jugular e analisadas quanto ao perfil hematologico, bioquimica serica e analises toxicologicas em cromatografia liquida de alta eficiencia (CLAE)...

Perfil hematológico de ratas adultas hipotireóideas castradas e não castradas

Gomes,Mardelene G.; Serakides,Rogéria; Nunes,Vera Alvarenga; Silva,Cristiana M. da; Carneiro,Rubens A.; Ocarino,Natália de M.
Fonte: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Publicador: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2004 PT
Relevância na Pesquisa
46.48%
A relação tireóide-gônadas sobre o perfil hematológico foi investigada em ratas Wistar adultas castradas e não castradas mantidas em hipotireoidismo induzido pela administração diária de propiltiouracil por 120 dias. Dois grupos eutireóideos não castrado e castrado foram mantidos nas mesmas condições e serviram como controle. Foram colhidos o plasma para dosagem de T4 livre e o sangue para análise hematológica. Os valores de T4 livre significativamente menores nas ratas tratadas confirmaram seu estado hipotireóideo. O hipotireoidismo causou anemia apenas em ratas com gônadas funcionais, já que a castração reverteu os efeitos do déficit de tiroxina sobre o eritrograma. Tanto o hipotireoidismo quanto o hipogonadismo apresentaram pouco significado sobre o leucograma.

Níveis crescentes de parede de levedura sobre a resposta imune celular e perfil hematológico de frangos de corte

Ferreira,Suelen Regina; Murakami,Alice E.; Siqueira,Thais G.V.; Santos,José Mauricio G. dos; Potença,Alexandra; Santos,Tatiana Carlesso dos
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.48%
Um experimento foi conduzido para avaliar o efeito de níveis crescentes de parede de levedura e idade das matrizes reprodutoras sobre o peso dos órgãos linfóides, a resposta imune celular e o perfil hematológico de frangos de corte. Foram utilizados 3.360 pintos de corte da linhagem Cobb, distribuídos em delineamento inteiramente casualisado, em esquema fatorial 2x5, mais dois controles, sendo duas idades de matrizes (34 e 57 semanas de idade) e cinco níveis de suplementação de parede de levedura (zero, um, dois, três e quatro kg de parede de levedura/tonelada de ração). A idade das matrizes influenciou a resposta de todas as variáveis. A inclusão de 3kg de parede de levedura/tonelada de ração promoveu, na progênie de reprodutoras de 57 semanas, reação inflamatória mais intensa quando comparada a dieta controle, no entanto não houve aumento significativo no número de heterófilos e linfócitos circulantes. Conclui-se que a utilização da parede de levedura associada ao sorgo ou não em rações de frangos de corte ainda necessita de estudos complementares, que incluam, por exemplo, os componentes purificados da parede de levedura (MOS e ß-glucano).

Perfil hematológico de equinos submetidos à prova de Team Penning

Miranda,Renata Lima de; Mundim,Antonio Vicente; Saquy,Ana Carolina Silveira; Costa,Álisson Souza; Guimarães,Ednaldo Carvalho; Gonçalves,Felipe César; Silva,Frederico Ozanam Carneiro e
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.62%
As variações nos parâmetros hematológicos são utilizadas com intuito de avaliar o grau de treinamento ou estado clínico do animal. A avaliação hematológica de eqüinos em repouso tem sido objeto de estudo, a fim de estabelecer uma relação com treinamento ou capacidade atlética. Objetivou-se avaliar o perfil hematológico de eqüinos submetidos à prova de Team Penning, correlacionando o sexo e freqüência da atividade física. Mediante punção da veia jugular externa coletaram-se dois mL de sangue de 29 eqüinos, 18 machos e 11 fêmeas, em repouso (Momento I) e após o exercício (Momento II). As amostras de sangue foram processadas em analisador hematológico automático veterinário (ABC VET - Horiba ABX Diagnostics). Os animais foram divididos em Grupos A, B, C e D, de acordo com o número de participações na prova. Observou-se que os valores de volume globular, hemoglobina, hemácias, leucócitos, neutrófilos em bastonetes e segmentados, e monócitos aumentaram após o exercício físico, ao contrário do número de linfócitos e eosinófilos, que reduziram. Não existiram diferenças significativas (p<0,05) entre machos e fêmeas ao confrontar as relações antes/depois. Além disso, evidenciou-se que o valor da relação MI/MII para volume globular...

Perfil hematológico de cabras Saanen e mestiças (1/2 Saanen e 1/2 Anglo-nubiana) criadas em clima tropical do Ceará

Souza,Priscila T.; Salles,Maria Gorete F.; Costa,Antônio Nélson L.; Carneiro,Hilton A.V.; Souza,Leonardo P.; Rocha,David R.; Araújo,Airton A.
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2015 PT
Relevância na Pesquisa
56.56%
Objetivou-se verificar a influência das condições climáticas sobre o perfil hematológico de cabras Saanen e mestiça (1/2 Saanen x 1/2 Anglo-nubiana), bem como determinar valores de referência para esses animais criados no Ceará. Foram utilizadas 30 cabras que tiveram o sangue coletado mensalmente durante a época chuvosa (fevereiro a maio) e seca (agosto a novembro) para realização do eritrograma e leucograma. As médias foram comparadas pelo teste t-Student e Mann Whitney, quando constatada distribuição paramétrica e não paramétrica dos dados, respectivamente, com significância quando p<0,05. Procedeu-se ainda um estudo de correlações simples de Pearson dos parâmetros hematológicos com variáveis ambientais e fisiológicas. O número de hemácias foi maior em cabras Saanen e na época chuvosa, enquanto que o hematócrito foi maior na época seca (p<0,05). Os leucócitos e linfócitos foram maiores em cabras mestiças nas duas épocas (p<0,05). Nos dois genótipos, os leucócitos e linfócitos foram maiores na época seca e os neutrófilos segmentados maiores na época chuvosa (p<0...

Avaliação do perfil hematológico de portadores de talassemia alfa provenientes das regiões Sudeste e Nordeste do Brasil

Oliveira,Gislane L. V.; Mendiburu,Carlos F.; Bonini-Domingos,Claudia R.
Fonte: Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e Terapia Celular Publicador: Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e Terapia Celular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
46.69%
A talassemia alfa é uma anemia hereditária resultante da síntese deficiente de cadeias alfa, provocando um excesso relativo de cadeias beta, que vão formar tetrâmeros identificados como hemoglobina H (Hb H) no indivíduo adulto. Para direcionar o diagnóstico laboratorial desta anemia, a análise dos índices eritrocitários, a eletroforese em acetato de celulose em pH neutro e a pesquisa de corpos de inclusão de Hb H são essenciais. O objetivo deste estudo foi traçar o perfil hematológico, por meio dos índices eritrocitários, dos portadores de talassemia alfa das regiões Sudeste e Nordeste do Brasil. Foram analisadas 1.010 amostras de sangue periférico após consentimento informado. Os índices eritrocitários como contagem de glóbulos vermelhos (RBC), dosagem de hemoglobina (HGB), hematócrito (HCT), volume corpuscular médio (VCM), hemoglobina corpuscular média (HCM) e concentração de hemoglobina corpuscular média (CHCM) foram fornecidos por aparelhos automatizados com controle de qualidade interno e externo. Para o diagnóstico de talassemia alfa foram utilizados testes de triagem e complementares para talassemias, como eletroforese em pH neutro e pesquisa de corpos de inclusão de Hb H com coloração de azul cresil brilhante. Comparando-se os valores hematológicos observados nos dois grupos...

Perfil hematológico e bioquímico de cães (Canis familiaris) obesos e idosos

Martins, Christina Resende
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.56%
A obesidade é considerada a afecção nutricional e metabólica mais comum nas sociedades desenvolvidas, sendo definida como um transtorno patológico caracterizado pelo acúmulo de gordura em níveis muito superiores ao necessário para o ótimo funcionamento orgânico. Influenciados por diversos fatores, a expectativa de vida dos cães têm aumentado, tornando esta população cada vez mais composta por indivíduos idosos. Com o avançar da idade ocorrem alterações fisiológicas irreversíveis resultando em disfunções orgânicas, sendo que vários sistemas são acometidos por estas mudanças. Portanto, o conhecimento das principais alterações hematológicas e bioquímicas séricas que os cães obesos sofrem à medida que envelhecem, é de grande auxilio ao clínico de pequenos aniamais, podendo permitir uma melhor abordagem deste paciente. Nesse contexto, objetivou-se avaliar o perfil hematológico e bioquímico de cães adultos e idosos que sofram de obesidade de causa natural. No capítulo 2 foram avaliados os hemogramas de 30 cães adultos e 29 idosos, observou-se que independente da faixa etária e sexo, os cães não apresentaram alterações significantes de eritrograma e plaquetograma, mostrando apenas no leucograma um discreto aumento de células jovens sem leucocitose. No capítulo 3 foi avaliado o perfil bioquímico sérico destes mesmos animais...

Perfil hematológico de cabras Saanen e mestiças (1/2 Saanen e 1/2 Anglo-nubiana) criadas em clima tropical do Ceará

Souza, Priscila T.; Salles, Maria Gorete F.; Costa, Antonio Nelson L.; Carneiro, Hilton A. V.; Souza, Leonardo P.; Rocha, David R.; Araujo, Airton A.
Fonte: Revista Pesquisa Veterinaria Brasileira Publicador: Revista Pesquisa Veterinaria Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 99-104
POR
Relevância na Pesquisa
66.69%
The aim of this study was to determine the influence of climatic conditions on the hematological profile of Saanen and mixed-breed (1/2 Saanen x 1/2 Anglo-Nubian) goats, as well as to define reference values for these animals bred in Ceara, Brazil. Thirty goats were utilized and blood samples were collected monthly during the rainy (February to May) and dry (August to November) periods to obtain an erythrogram a leukogram. The averange were compared by the t-Student test and Mann Whitney test, with parametric and non-parametric distribution of the data, respectively, where p<0.05 was considered significant. A study was carried out of simple Pearson correlations of the hematological parameters with environmental and physiological variables. The number of red blood cells (RBCs) was higher in the Saanen goats and in the rainy period, while the hematocrit was higher in the dry period (p<0.05). The leukocytes and lymphocytes were higher in the 1/2S1/2 AN goats in the two periods (p<0.05). In the two genotypes, the leukocytes and lymphocytes were higher in the dry season and the segmented neutrophils higher in the rainy season (p<0.05). The other parameters did not differ (p>0.05). The RBCs and segmented neutrophils displayed a negative correlation with air temperature...

Comportamento clínico e perfil hematológico de cães intoxicados experimentalmente com carbamato (Aldicarb) e submetidos à hemodiálise e hemoperfusão

Guimarães, Priscylla Tatiana Chalfun; Escola de Veterinária, Universidade Federal de Minas Gerais, Av. Antônio Carlos 6627, Cep 31270-010, Belo Horizonte, Minas Gerais; Veado, Júlio César Cambraia; Escola de Veterinária, Universidade Federal de Mina
Fonte: Universidade Federal Fluminense Publicador: Universidade Federal Fluminense
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; CMC; Artigo Original; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 16/09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.69%
Técnicas dialíticas são estudadas a fim de se verificar suas reais contribuições no tratamento das mais diversas formas deintoxicações. Esta pesquisa foi realizada com o objetivo de avaliar o comportamento clínico e o perfil hematológico de cãesintoxicados com cabamato (Aldicarb) e submetidos a duas diferentes técnicas dialíticas: hemodiálise e hemoperfusão. Quinzecães adultos, sem raça definida foram intoxicados experimentalmente com 4,97mg/kg de peso vivo de Aldicarb, por via oral.Todos os animais, para controle dos efeitos clínicos provocados pela droga, foram medicados 30 minutos e uma hora após aingestão, com sulfato de atropina e benzodiazepínico (Diazepam), ambos na dose de 1mg/kg. Esses cães foram divididos emtrês grupos experimentais, compostos de cinco animais cada, denominados grupos I, II e III. Os animais do grupo II e do grupoIII, três horas após administração do Aldicarb foram submetidos a sessões de duas horas de hemodiálise e de hemoperfusão,respectivamente. Os animais do grupo I serviram de controle, não tendo sido submetidos a nenhum tratamento dialítico. Aintoxicação provocada pelo aldicarb foi capaz de causar alterações clínicas manifestadas por vômito, sialorréia, diarréia...

Perfil hematológico de bovinos experimentalmente inoculados com veneno de Bothrops alternatus

de Oliveira, Neide Judith Faria; Escola de Veterinária – Universidade Federal de Minas Gerais. Caixa Postal 567 – 30123-970 – Belo Horizonte, MG.; Ribeiro, Eduardo Lara; Escola de Veterinária – Universidade Federal de Minas Gerais. Caixa Postal
Fonte: Universidade Federal Fluminense Publicador: Universidade Federal Fluminense
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; PACV; Artigo Original; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.69%
Apesar de ser alto o número de acidentes ofídicos em bovinos, as alterações hematológicas e bioquímicas séricas sãopouco estudadas, especialmente nas três primeiras semanas após o envenenamento. Diante deste contexto, objetivou-senesta pesquisa caracterizar o perfil hematológico e bioquímico sérico de bovinos após a inoculação experimental do venenode Bothrops alternatus. Cinco novilhas mestiças de peso corporal entre 188 e 278kg e idade de 12 a 18 meses receberamna altura média da face cranial do membro anterior direito, entre as articulações umerorradioulnar e do carpo, por viaintramuscular superficial, 0,15mg/kg de veneno de Bothrops alternatus diluído em salina. Coletou-se sangue de todos osanimais antes (tempo zero) e as 3, 8, 24, 48, 72, 96, 168, 240, 405 e 576 horas após inoculação do veneno para avaliaçãodo hemograma, coagulograma e dosagem de proteína total, albumina, globulinas, ureia, creatinina, creatina fosfotransferase,aspartato aminotransferase e gama glutamiltransferase. O veneno de B. alternatus causou intoxicação grave nos bovinos,e foi letal para dois animais às 53 horas e 78 horas. As alterações hematológicas observadas foram: anemia normocíticanormocrômica, leucocitose com neutrofilia com desvio para esquerda regenerativo...

Perfil hematológico de la beta-talasemia menor en Tucumán

Lazarte,Sandra; Leri de Nofal,Mónica; Agüero,María Graciela; Issé,Blanca
Fonte: Acta bioquímica clínica latinoamericana Publicador: Acta bioquímica clínica latinoamericana
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 ES
Relevância na Pesquisa
46.69%
La b-talasemia menor es uno de los desórdenes genéticos más comunes y constituye la principal causa de anemia hereditaria. Si se exceptúan las provincias de Buenos Aires y Santa Fe, es escasa la información bibliográfica acerca de la distribución de la talasemia en la Argentina. Dado que no existen registros sobre el perfil hematológico de la b-talasemia en la región noroeste de la Argentina, el propósito del presente trabajo fue realizar un estudio exploratorio descriptivo de las características hematológicas y electroforéticas de una población de la provincia de Tucumán portadora de b-talasemia. Se estudiaron 52 pacientes derivados para investigación de síndrome talasémico. Se realizó hemograma, reticulocitos, ferremia, electroforesis de hemoglobina, dosaje de hemoglobinas F y A2. En el 46% de los pacientes se confirmó el diagnóstico de rasgo b-talasémico, detectándose leve anemia con microcitosis y Hb A2 aumentada. El estudio del perfil hematológico no demostró diferencias significativas con respecto a edad y sexo y fue similar a lo ya publicado por otros autores. Según el origen étnico, la población estudiada estuvo constituida por un 58% de individuos de origen italiano, 34% de españoles y 8% de árabes...