Página 1 dos resultados de 106 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Amostragem e dinâmica populacional do percevejo bronzeado Thaumastocoris peregrinus (hemiptera: thaumastocoridae) em floresta clonal de eucalipto

Lima, Alexandre Coutinho Vianna
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: vi, 73 f. : il., color. ,gráfs.
POR
Relevância na Pesquisa
47.1%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Agronomia (Proteção de Plantas) - FCA; Os percevejos são grupos de pragas amplamente distribuídas, causando perdas consideráveis em sistemas agrícolas e florestais. A recente descoberta da ocorrência percevejo bronzeado Thaumastocoris peregrinus (Hemiptera: Thaumastocoridae) no Brasil, tornou um problema de grande importância, por ser específico do gênero Eucalyptus. Devido a sua importância econômica, esse trabalho objetivou estudar as populações de T. peregrinus em florestas de clones de Eucalyptus grandis puro e clones híbridos de E. grandis x Eucalyptus urophylla. Como método de amostragem utilizou-se armadilhas amarelas adesivas para captura de adultos e coleta de ramos com folhas para ninfas, adultos e ovos. A distribuição espacial vertical e horizontal intra-planta desse inseto em folhas de eucalipto, mostrou que a coleta de um ramo no terço médio da posição leste da copa de planta clonal de E. grandis é o ponto de amostragem mais representativo para adultos, ninfas e ovos de T. peregrinus. Na distribuição espacial horizontal, adultos e ninfas de T. peregrinus apresentaram distribuição agregada em plantio de E. grandis x E. urophylla. As armadilhas amarelas apresentam coletas mais representativas de adultos do percevejo bronzeado quando instaladas mais próximas da copa de árvores de eucalipto e que...

Bioecologia do percevejo bronzeado Thaumastocoris peregrinus carpintero & dellapé (hemiptera: thaumastocoridae) em eucalipto e prospecção de inimigos naturais

Soliman, Everton Pires
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: vi, 80 f : il. color., mapas, gráfs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
46.82%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia (Proteção de Plantas) - FCA; O percevejo bronzeado do eucalipto, Thaumastocoris peregrinus (Hemiptera: Thaumastocoridae), originário da Austrália distribuiu-se rapidamente nos plantios de eucalipto no Brasil, sendo diagnosticado em 2008 em SP e RS. Em todo o mundo pouco se conhece sobre sua biologia de modo que este estudo investigou a bioecologia de T. peregrinus em diferentes espécies e híbridos de eucalipto e em diferentes temperaturas e um primeiro levantamento dos inimigos naturais. A bioecologia em diferentes materiais vegetais foi estudada em Eucalyptus camaldulensis, E. urophylla, E. grandis e em 3 clones híbridos entre essas três espécies (clones „1277‟, „VM-1‟ e „H-13‟) em câmara bioclimatizada a 26 ± 1 °C, 70% ± 10% e fotofase de 12 horas. A espécie E. urophylla foi o material utilizado para a bioecologia em diferentes temperaturas (14, 18, 22, 26 e 30 ± 1 °C, 70% ± 10% e fotofase de 12 horas). O levantamento inicial de inimigos naturais foi realizado por observações de campo e testes laboratoriais. A biologia de diferentes genótipos indicou que a espécie E. urophylla e E. grandis são os mais adequados ao desenvolvimento e reprodução de T. peregrinus...

Caracterização e patogenicidade de fungos entomopatogênicos isolados do percevejo-bronzeado do eucalipto, Thaumastocoris peregrinus (Hemiptera: Thaumastocoridae)

San Román Lazo, María Lorena
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: iii, 78 f.: il. , gráfs, tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
46.9%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia (Proteção de Plantas) - FCA; A área de plantio de Eucalyptus no mundo tem aumentado nas últimas décadas. Em 2011 a área total de plantio de eucalipto no Brasil foi de 4.873.952 ha. Os insetos nativos são o principal problema nas plantações de eucalipto no Brasil. Entretanto,nos últimos anos novas pragas têm sido introduzidas e disseminadas causando perdas na cultura. O percevejo bronzeado Thaumastocoris peregrinus foi detectado pela primeira vez no Brasil em maio de 2008 em São Francisco de Assis, RS. Esse inseto afeta a produtividade dos plantios de eucalipto. As ninfas e os adultos se alimentam sugando as folhas, provocando pontos cloróticos nas folhas, que evoluem para um aspecto bronzeado. É necessário o estabelecimento e quantificação dos danos nas florestas de eucalipto bem como o desenvolvimento e implantação de um sistema integrado de controle para T. peregrinus. O desenvolvimento do controle microbiano como o uso de fungos entomopatogênicos, é uma opção de manejo da praga. As possibilidades são a utilização bioinseticidas comerciais existentes no mercado ou a obtenção de isolados nativos a partir da ocorrência de epizootias naturais no campo...

Controle do percevejo castanho (Scaptocoris castanea Perty, 1830 (Hemiptera: Cydnidae)) na cultura da soja (Glycine max (L.) Merrill)

De Angelis, Salvatore
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xvi, 74 f. : il., gráfs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
47.04%
Pós-graduação em Agronomia (Proteção de Plantas) - FCA; Este trabalho foi realizado com o objetivo de verificar o efeito da forma de semeadura e de alguns produtos químicos sobre a incidência do percevejo castanho na cultura da soja. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com 2 tratamentos e 4 repetições, com parcelas de 8m de comprimento x 8 m de largura, espaçadas de 1m. Os dados foram analisados segundo o esquema fatorial (2x6). Os fatores estudados foram: 2 formas de semeadura (preparo do solo e semeadura direta) e 6 tratamentos, sendo 5 produtos químicos comerciais - Temik 150 G (aldicarb - 15kg p.c. /ha), Regent 20 G (fipronil - 200g p.c./ha), Kumulus GrD (enxofre - 50kg p.c. /ha), Cruiser 700 WS (thiamethoxam - 200g p.c. /100kg sementes), Kilval 300 CE (vamidothion – 2 L p.c. /ha) e a testemunha (sem tratamento). Inicialmente, foi realizada uma amostragem prévia da incidência de percevejos castanho nas diferentes parcelas, e após o início dos tratamentos foram realizadas avaliações semanais, num total de sete, visando o acompanhamento da população dos insetos. Foram avaliados os seguintes parâmetros vegetativos da cultura: altura de planta; número de entrenós, ramos e vagens por planta; altura de inserção da primeira vagem; número de grãos por vagem; número de plantas (determinado em uma área de 1...

Resistência de genótipos de soja Glycine max (L.) a Piezodorus guildinii (Westwood)(Hemiptera: Pentatomidae)

Silva, José Paulo Gonçalves Franco da
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: x, 100 f.: il. color., grafs. , tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.62%
Pós-graduação em Agronomia (Proteção de Plantas) - FCA; Os percevejos pentatomídeos estão entre as pragas mais importantes da soja, Glycine max (L.) Merrill. Dentre esses percevejos, Piezodorus guildinii (Westwood, 1837) (Hemiptera: Pentatomidae) é uma das espécies predominantes, apresentando danos mais severos que as demais espécies. Devido aos danos à produtividade e qualidade da soja ocasionados por esse inseto, e considerando-se a carência por métodos de controle eficientes e menos agressivos ao meio-ambiente, este trabalho avaliou a possível resistência de 17 genótipos de soja, pertencentes a três grupos de maturação frente ao ataque de P. guildinii. Avaliou-se a infestação a campo, além da atratividade, preferência alimentar e biologia em laboratório (Temp.= 26  2ºC, U.R.= 65  10% e fotoperíodo=14h). Adicionalmente, parâmetros de produtividade, classificação de danos em grãos, além da quantificação de tricomas nas vagens também foram analisados, visando correlações com a infestação do inseto. Dentre os genótipos de ciclo precoce, PI-171451, PI-229358 e D75-10169 foram os menos atrativos a P. guildinii e PI-171451 e ‘IAC-17’ foram os mais produtivos. PI-229358 e PI-171451 apresentaram os menores pesos de 100 grãos; PI-171451 também apresentou a menor porcentagem de grãos danificados. Para os genótipos semiprecoces...

Efeito de óleo de nim (Azadirachta indica) sobre Spodoptera frugiperda (J. E. Smith, 1797) (Lepidoptera: Noctuidae) e Podisus nigrispinus (Dallas, 1851) (Hemiptera: Pentatomidae)

Campos, Aniele Pianoscki de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: iv, 72 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.62%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia (Entomologia Agrícola) - FCAV; Este trabalho teve como objetivo selecionar doses de óleo de nim com efeito na mortalidade de lagartas de Spodoptera frugiperda, além de estudar os efeitos diretos sobre Podisus nigrispinus quando aplicados via tópica ou oferecidos via ingestão no desenvolvimento e mortalidade desse predador e estudar os efeitos indiretos, após sua ingestão por lagartas de S. frugiperda, no desenvolvimento e na capacidade predatória de P. nigrispinus. Lagartas de terceiro instar foram individualizadas, com uma porção de folha de milho da variedade AL 34. Estas foram emergidas no óleo de nim nas concentrações de 0,010%; 0,017%; 0,077%; 0,129%; 0,359%; 0,599%; 1,000%; testemunha e deltametrina 25 CE (0,100%) por 3 minutos, secas e oferecidas às lagartas. As avaliações foram realizadas diariamente, verificando-se a mortalidade larval e pupal e os períodos (dias) larval e pupal, além de estimar a concentração letal (CL50). Avaliando os efeitos do óleo de nim sobre ninfas e adultos de P. nigrispinus quando aplicados via tópica e oferecidos via ingestão, constaram de duas etapas, uma referente ao comportamento do inseto e outra ao desempenho biológico. Os tratamentos...

cis-Jasmone e Tween 20 na indução de metabólitos secundários em soja e seus efeitos em insetos-praga

Graça, José Perez da
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xi, 88 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.68%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia (Genética e Melhoramento de Plantas) - FCAV; A pulverização com os tratamentos água; água + Tween 20; e água + Tween 20 + cis-Jasmone nos genótipos BRS 134, IAC 100 e Dowling afetaram negativamente o peso de insetos-praga da soja. Plantas de soja pulverizadas no estádio R6 com os tratamentos foram utilizadas para avaliar o efeito do cis-Jasmone sobre ganho de peso do percevejo-marrom, Euschistus heros. Plantas da cultivar Dowling tratadas com cis-Jasmone reduziram significativamente o peso do percevejo. A aplicação do cis-Jasmone também provocou a produção de isoflavonoides nas vagens e nos grãos. Nas vagens foi observado o aumento das formas glicosídicas (daidzina e genistina) e das malonís (daidzina e genistina), assim como das agliconas (daidzeína, gliciteína e genisteína). No grão, observou-se o aumento das concentrações de daidzeína e malonil genistina. Plantas dos mesmos genótipos no estádio V3, foram pulverizadas com os mesmos tratamentos. As folhas de plantas tratadas com Tween 20 e cis-Jasmone reduziram o peso de Anticarsia gemmatalis tanto na cultivar IAC 100 como Dowling. A produção de isoflavonóides nas folhas foi afetada pela aplicação do Tween 20 e cis-Jasmone...

Distribuição espacial do percevejo-marrom, Euschistus heros (Fabricius, 1798) (Heteroptera: Pentatomidae), na cultura da soja, utilizando geoestatística

Carvalho, João Henrique Silva
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: iii, 45 p. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.54%
Pós-graduação em Agronomia (Produção Vegetal) - FCAV; Euschistus heros (Fabricius, 1798) is one of the most important species from the pentatomid complex that attack soybean. It is the most abundant pentatomid in Brazil, and nymphs and adults feed on pods and seeds causing direct and irreversible damage to the commercial product. The present study aimed to study its spatial distribution using geostatistics. Thus, an experiment was carried out with the cultivar SYN1365RR in a 0.8-ha experimental field, located in Jaboticabal - SP, Brazil. The area was divided into 80 sampling units of 100 m² (10 x 10 m) each, where nymphs (1st to 5th instars), adults, and insects able to damage the seeds (nymphs from 3rd to 5th instars and adults) were sampled by the drop cloth method (1.0 x 0.5 m) on a weekly basis. Based on the geostatistical analysis of the count data, the spatial distribution of the pest in the field had an aggregated pattern from the beginning of pods (R3) to full maturity stages (R8). The spherical model was the mathematical model that best fitted the experimental semivariograms, and the range of spatial dependence (a) varied from 23.71 to 87.10 m. Regarding the spatial pattern of the pest, nymphs were moderately aggregated in the field whereas adults and stages capable of causing damage to the plants had aggregation patterns ranging from strong to moderate. Based on the kriging maps...

Identificação, caracterização e avaliação da patogenicidade de diferentes isolados de fusarium spp. para o controle de thaumastocoris peregrinus (hemiptera: thaumastocoridae)

Velozo, Simone Graziele Moio
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: viii, 59 f. : il. color., grafs., tabs
POR
Relevância na Pesquisa
36.99%
Pós-graduação em Agronomia (Proteção de Plantas) - FCA; The bronze bug Thaumastocoris peregrinus Carpintero & Dellapé, 2006 (Hemiptera: Thaumastocoridae), invasive pest of Eucalyptus spp. (Myrtaceae) was reported in 2008 in Brazil. The symptoms caused by this pest are leaf silvering, leaf bronzing and defoliation in susceptible Eucalyptus species or clones. The main control strategies for T. peregrinus involve biological control with an egg parasitoid Cleruchoides noackae Lin & Huber, 2007 (Hymenoptera: Mymaridae), introduced from Australia and entomopathogenic fungi. These microorganisms show advantages such as via oral, traqueal or tegument infection, great genetic variability and remaining in the environment. The objective of this study were: identifying and characterizing entomopathogenic fungi collected from field epiziooties; running pathogenicity tests; molecular identification of fungi from sequencing of three regions in the genome (ITS-5.8S rDNA, β-Tubuline, α-elongase); cultural and morphological characterization of the isolates obtained; following up the colonization (externally) of fungi isolates when inoculated on the bronze bug with scanning and optical microscopy; verifying in vitro sensibility to fungicides normally used in eucalyptus plantations; analysing the phytopathogenicity of isolates to diferent plant species (tomato...

Estudo comparativo da espermiogenese normal e diapausica em insetos pertencentes ao complexo percevejo da soja (Hemiptera : Pentatomidae)

Adrienne de Paiva Fernandes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/01/2002 PT
Relevância na Pesquisa
36.76%
Percevejos fitófagos (Hemiptera, Pentatomidae) são as principais pragas de colheitas economicamente importantes ao redor do mundo, como por exemplo soja, arroz, coco, café, entre outras. Apesar da grande quantidade de informação sobre as espécies-praga, seu dano potencial nas plantas de importância econômica e as formas de controle usadas, fazem com que o impacto dessas pragas na produção de colheitas permaneça em níveis indesejáveis. A caracterização ultra-estrutural da espermiogênese desses insetos poderá, possivelmente, ser importante para direcionar e programar um controle bioquímico e a manipulação genética através de machos estéreis ou semiestéreis. Estudos ultra-estruturais e citoquímicos foram desenvolvidos elucidando as mudanças nucleares e a formação do acrosoma durante a espermiogênese de percevejos fitófagos. Além do mais, foi realizada a detecção ultra-estrutural de cálcio e a imunolocalização de calmodulina e de diferentes formas de tubulinas. A espermiogênese envolve elongação nuclear, condensação cromatínica, formação do acrosoma e desenvolvimento flagelar, com a formação do axonema e dos derivados mitocondriais. O desenvolvimento do núcleo envolve mudanças na forma e no grau de condensação da cromatina que apresenta padrão fibrilar em alguns estágios de diferenciação. O acrosoma é formado pelo complexo de Golgi e pode apresentar características morfológicas pouco comuns aos outros Heteroptera durante o seu desenvolvimento...

Interações químicas no sistema soja – Percevejo Euschistus heros (Hemiptera: Pentatomidae) – parasitóide de ovos telenomus podisi (Hymenoptera: Scelionidae); Chemical Interactions on System Soybean – stink bug Euschistus heros (Hemiptera: Pentatomidae) – Egg Parasitoid Telenomus podisi (Hymenoptera: Scelionidae)

Michereff, Mirian Fernandes Furtado
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
46.98%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, 2011.; O controle biológico associado ao uso de cultivares resistentes ao ataque de insetos apresenta interesse e potencial para ser utilizado no manejo de pragas. Os objetivos do trabalho foram investigar os mecanismos envolvidos na resistência das cultivares de soja Dowling e IAC100 ao percevejo Euschistus heros, em comparação com a cultivar suscetível Silvânia; avaliar a atração do parasitóide de ovos, Telenomus podisi, e do percevejo a essas cultivares com diferentes tipos de injúrias (herbivoria, herbivoria+oviposição e oviposição); avaliar a resposta do parasitóide aos compostos induzidos pela herbivoria, assim como investigar a distribuição de ninfas e adultos do percevejo e os parasitóide de ovos de E. heros nas diferentes cultivares em condições de campo. No teste de oviposição do percevejo, com escolha entre as cultivares, não houve diferença significativa no número de posturas e ovos entre as cultivares, enquanto no teste sem chance de escolha, o número de ovos deixados na cultivar Silvânia foi maior do que nas demais. As cultivares resistentes afetaram o desenvolvimento do percevejo. As ninfas mantidas na cultivar Dowling não completaram seu ciclo biológico. Houve diferença nos pesos médios e na longevidade dos adultos do percevejo para as cultivares IAC100 e Silvânia. A fecundidade foi maior para fêmeas alimentadas na cultivar Silvânia...

Identificação e perfil de expressão de transcritos relacionados à olfação no percevejo-marrom Euschistus heros (Hemiptera: Pentatomidae) praga da soja

Farias, Luciana Ramalho de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.68%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Biologia Celular, 2011.; O percevejo-marrom Euschistus heros é uma praga que reduz consideravelmente a produtividade nacional de culturas agrícolas de grande importância econômica, dentre elas a soja. Visando subsidiar o desenvolvimento de ferramentas biotecnológicas alternativas para auxílio no controle dessa praga, o presente trabalho realizou o estudo da expressão de genes relacionados à olfação e análise do perfil e sítios de expressão utilizando as técnicas de qPCR em Tempo Real e hibridização in situ, respectivamente. A prospecção foi realizada através da construção de uma biblioteca de cDNA a partir do RNA total extraído das antenas utilizando o kit Smart cDNA Library Construction (Clontech®). Mil clones foram sequenciados e, através de bioinformática, foram identificadas duas sequências de 477 e 294 pares bases pertencentes a genes da família das proteínas ligantes de odorantes (Odorant Binding Protein - OBP) que foram denominados EherOBP1 e EherOBP2, respectivamente. O EherOBP1 possui sequência deduzida de aminoácidos de 16 kDa e pI 5,18, peptídio sinal na extremidade N-terminal, domínio de ligação a feromônio (Pheromone Binding Protein – PBP) e seis resíduos de cisteína em posições conservadas...

Estudo da ecologia química do percevejo praga do arroz Oebalus poecilus (Dallas, 1851) : identificação, síntese e bioensaios em laboratório do feromônio sexual

Oliveira, Márcio Wandré Morais de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.77%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Química, 2011.; Este trabalho descreve a identificação do feromônio sexual do percevejo Oebalus poecilus (Dallas, 1851), (Hemiptera: Pentatomidae), bem como os procedimentos para sua síntese. O percevejo Oebalus poecilus está entre as principais pragas de arroz no Brasil, tanto em ecossistemas de terras altas como nos de várzeas, causando grandes prejuízos nessas lavouras. A principal forma de controle dessa praga tem sido a utilização de inseticidas, que são conhecidamente prejudiciais à saúde humana e a todas as espécies de animais e insetos. A busca por alternativas ecologicamente corretas, nos guiou na tentativa de identificação do feromônio sexual. A análise de extratos obtidos das aerações de machos e fêmeas mostrou que os machos produziam um composto específico, que poderia ser o feromônio sexual desta espécie. Este composto foi identificado como zingiberenol. A síntese dos oito isômeros possíveis do zingiberenol a partir de (S) e (R)- citronelal foi conduzida. Foram realizadas três etapas: Adição de Michael seguida de condensação aldólica intramolecular e posterior metilação com metil lítio. Bioensaios com os compostos sintetizados indicam que a mistura dos dois isômeros menos polares vindo do (S) -citronelal é atrativa para as fêmeas dessa espécie. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT; This work describes the identification of sex pheromone of the stinkbug Oebalus poecilus (Dallas...

Estudo bioquímico da soja em defesa induzida pela herbivoria do percevejo-marrom euchistus heros (Heteroptera : Pentatomidae)

Timbó, Renata Velôzo
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.9%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Biologia Celular, Programa de Pós-Graduação em Biologia Molecular, 2013.; Atualmente a soja é uma das culturas mais importantes para o agronegócio nacional devido aos seus múltiplos usos, e tem na região Centro-Oeste a maior produção do país. Este trabalho de mestrado visou avaliar a resposta adaptativa bioquímica de duas variedades de soja sob herbivoria do percevejo-marrom (Euschistus heros), importante praga da cultura, através (i) da quantificação da atividade de determinadas enzimas do sistema antioxidante (guaiacol peroxidase, catalase, ascorbato peroxidase e lipoxigenase 3) e da (ii) identificação de enzimas envolvidas em vias metabólicas chaves através de análise proteômica. Duas variedades de soja, uma que é considerada resistente à herbivoria do percevejo (IAC-100), e outra susceptível (Silvânia) em estágio V3, foram expostas à herbivoria por 96 h, das quais as folhas foram coletadas em intervalos de 24 h. A variedade Silvânia foi a que apresentou significativa diferença na resposta antioxidante durante a herbivoria do percevejo-marrom. Exceto para a ascorbato peroxidase, todas as demais enzimas apresentaram atividade variada ao longo do tempo de herbivoria...

Monitoramento do percevejo marrom Euschistus heros (Hemiptera: Pentatomidae) por feromônio sexual em lavoura de soja

Silva,Valvenarg Pereira da; Pereira,Mônica Josene Barbosa; Vivan,Lúcia Madalena; Blassioli-Moraes,Maria Carolina; Laumann,Raúl Alberto; Borges,Miguel
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.68%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência das formulações septo de borracha e lure do feromônio sexual do percevejo marrom Euschistus heros e compará-la ao método do pano de batida, para o monitoramento dessa praga em lavoura de soja. Os tratamentos foram: feromônio em septo de borracha, feromônio em lure e amostragem com pano de batida. As amostragens foram realizadas semanalmente durante a fase reprodutiva da soja (dez semanas). Para estimar a densidade populacional de percevejos e compará-la à captura nas armadilhas de feromônio, foram efetuados quatro panos de batida por semana em todas as parcelas; além disso, foi determinado o número de percevejos capturados nas armadilhas por semana. Os danos provocados pelos percevejos nas sementes foram analisados pelo teste de tetrazólio. As formulações do feromônio foram eficientes na captura de E. heros, e a formulação em lure capturou mais percevejos. O controle precoce da população, indicado pelo nível de controle nas armadilhas com feromônio, resultou em sementes com maior qualidade do que as provenientes das parcelas monitoradas pelo pano de batida. Assim, as armadilhas com feromônio são mais eficientes que o pano de batida para o monitoramento das populações de percevejos durante a fase crítica do ataque deste inseto nas lavouras de soja.

Avaliação de resistência em cultivares de arroz ao ataque do percevejo-do-colmo, Tibraca limbativentris Stal, 1860 (Hemiptera: Pentatomidae).

SOUZA, J. R. de; FERREIRA, E.; BOIÇA JÚNIOR, A. L.; CARGNELUTTI FILHO, A.; CHAGAS, E. F. das; MONDEGO, J. M.
Fonte: Arquivos do Instituto Biológico, São Paulo, v. 75, n. 4, p. 449-454, out./dez. 2008. Publicador: Arquivos do Instituto Biológico, São Paulo, v. 75, n. 4, p. 449-454, out./dez. 2008.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.99%
A resistência de cultivares de arroz ao ataque do percevejo-do-colmo, Tibraca limbativentris Stal, 1860 (Hemiptera: Pentatomidae), foi avaliada em experimento conduzido em casa-de-vegetação na Embrapa Arroz e Feijão no período de dezembro de 2004 a fevereiro de 2005, em delineamento experimental de blocos aumentados de Federer com dez repetições. Na avaliação foram considerados sete caracteres de resistência ao ataque do inseto. Foram utilizados 64 cultivares de arroz, sendo 60 considerados tradicionais e quatro cultivares mais atuais como testemunhas: Cica 8, Bonança, Primavera e BR IRGA 409. Os resultados obtidos apontaram que os cultivares Nenenzinho, Miúdo Branco, Lageado Ligeiro, Guabirú, Branco Tardão, Agulhinha do Seco, Arroz do Governo, Arroz Misturado, Vermelho Trinca Ferro, Vermelhão, Chatão, Cutião, Vermelho, Bacaba Branco, Catetão, Buriti, Bacaba, Agulha, Arroz Comum, Vermelho, Pingo D?Água, Marabá Branco, Come Cru Vermelho e Agulhão destacaram-se como resistentes possivelmente do tipo antibiose, enquanto os cultivares Pela Mão, Arroz do Governo, Cana Roxa, Come Cru Branco, Bico Preto, Pingo de Ouro, Matão, Gojobinho, Buriti, Rabo de Burro, Poupa Preguiça, Vermelho Trinca Ferro, Miúdo Branco, Ligeiro Curto...

Monitoramento em três hortos florestais de eucalipto no Estado de São Paulo da praga exótica percevejo bronzeado Thaumastocoris Peregrinus (Hemiptera: Thaumastocoridae).

SERAFIM, C. A; SÁ, L. A. N. de; PESSOA, M. C. P. Y.; WILCKEN, C. F.
Fonte: In: CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 5., 2011, Campinas. Anais... Campinas: Embrapa Monitoramento por Satélite, 2011. 1 CD ROM. Publicador: In: CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 5., 2011, Campinas. Anais... Campinas: Embrapa Monitoramento por Satélite, 2011. 1 CD ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.99%
O objetivo desse trabalho é apresentar os resultados obtidos pelo método de monitoramento do percevejo bronzeado Thaumastocoris peregrinus, (Hemiptera: Thaumastocoridae) em hortos florestais de Eucalyptus urograndis em três regiões do estado de São Paulo, quanto às respectivas flutuações populacionais (SÁ) deste inseto sob essas condições ambientais. De origem Australiana, este percevejo teve seu nome comum dado em função da coloração ?bronzeada? associada ao sintoma da injúria que causa nas folhas do eucalipto. Na Austrália vem sendo controlado com a utilização de inseticida sistêmico (Imidacloprido) injetado no tronco das árvores; e eficiente no controle (BUBOLA) desta praga em áreas urbanas. No Brasil desde maio/2008, quando detectado no município de São Francisco de Assis-RS e em junho/2008 em Jaguariúna-SP, vem se espalhando rapidamente para outras regiões já se fazendo presente em nove estados. O Laboratório de Quarentena ?Costa Lima? (LQC) da Embrapa Meio Ambiente vem estudando alternativas para o controle biológico desse inseto exótico realizada em talhões de E. urograndis utilizando-se de cartões armadilhas adesivas amarelas instaladas em hortos florestais localizados nas regiões de Campinas (Mogi-Guaçu)...

Níveis de resistência em genótipos de arroz ao percevejo-do-colmo Tibraca limbativentris Stal, 1860 (Heteroptera: pentatomidae).

PAIVA, L. A. de; SOUZA, J. R. de; FERREIRA, E.; BOIÇA JÚNIOR, A. L.; CARGNELUTTI FILHO, A.; CHAGAS, E. F. das; MONDENGO, J. M.; MACIEL, A. S.; MACHADO, K. K. G.; SARDINHA, D. H. da S.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 22., 2008, Uberlândia. Ciência, tecnologia, inovação. Uberlândia: SEB, 2008. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 22., 2008, Uberlândia. Ciência, tecnologia, inovação. Uberlândia: SEB, 2008.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.68%
Os níveis de resistência em genótipos de arroz ao percevejo-do-colmo Tibraca limbativentris Stal, 1860 (Heteroptera: Pentatomidae) foram avaliados em experimento conduzido em casa de vegetação na Embrapa Arroz e Feijão no período de dezembro de 2004 a fevereiro de 2005, em delineamento experimental de blocos aumentados de Federer com dez repetições.; 2008; Resumo ID:421-2.

Eficiência de produto a base de azadiractina no controle da ninfa do percevejo ? de - renda na cultura da mandioca.

WENGRAT, A. P. G. S.; UEMURA-LIMA, DALIANA H.; BARILLI, D. R.; GAZOLA, D.; FREDRICH, J. E.; RINGENBERG, R.; PIETROWSKI, V.
Fonte: Cadernos de Agroecologia, v. 9, n. 1, 2014. Publicador: Cadernos de Agroecologia, v. 9, n. 1, 2014.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.77%
Percevejo-de-renda é um inseto-praga da cultura da mandioca, causando danos nas folhas pela sucção do protoplasma. O presente trabalho avaliou a mortalidade de ninfas de Vatiga spp. sob condições de laboratório em diferentes doses do produto Azamax® (0; 0,1; 0,2; 0,3; 0,4 e 0,5%) e duas formas de aplicação (direta e indireta). A aplicação do produto foi realizada utilizando um aparelho aerógrafo acoplado a um compressor. A avaliação da mortalidade dos insetos foi realizada diariamente, durante 7 dias. O experimento foi conduzido no delineamento experimental inteiramente casualizado, com 6 tratamentos e 8 repetições, sendo cada repetição composta por 10 ninfas de 2º instar. Os dados referentes à mortalidade foram corrigidos pela fórmula de Schneider-Orelli e submetidos à análise de variância (teste F) e ao teste de regressão 5%, utilizando-se o programa estatístico Sisvar. O produto Azamax® foi eficiente no controle do percevejo-de-renda em mandioca para ambas vias de aplicação.; 2014; Edição dos resumos do I Congresso Paranaense de Agroecologia ?Pinhais/PR?29 e 30/05/201.4

Efeito de fungos entomopatogênicos e produtos naturais sobre Thaumastocoris peregrinus Carpinteiro & Dellapé (Hemiptera: Thaumastocoridade) e na indução de resistência em plantas

Lorencetti, Grasielle Adriane Toscan
Fonte: Pato Branco Publicador: Pato Branco
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.76%
The bronzed bug Thaumastocoris peregrinus Carpintero & Dellapé (Hemiptera: Thaumastocoridae), is an insect pest of Australian origin, attacking Eucalyptus species in several countries. In Brazil, its occurrence was reported in 2008 in Rio Grande do Sul and in June 2012 was recorded occurrence in the southwest region of Paraná. Also found were possibly being attacked by insects entomopathogenic fungus Beauveria bassiana in the field. After isolation and identification procedures, the fungus was stored and called UTFPR 01. With verification of the potential control B. bassiana against T. peregrinus , a study was conducted on the pathogenicity of isolates non-commercial, from the Biological Institute of Campinas (IBCB 75, IBCB 210 and IBCB 254) and the possibility of using the fungus Isaria sp. (IBCB 367), comparing them with UTFPR 01. Solutions with 1.0 x 108 conidia mL-1 were applied to leaves of Eucalyptus camaldulensis and maintained in glass bottles closed with plastic film 13 receiving adult insects. Assessments occurred until the fifth day removing dead insects were placed in a moist chamber for extrusion of the pathogen. We also tested products: Orobor ®, Topneem, Rotenat, Rotenat CE Baicao, Compostonat, Pironat, Assist Extract...