Página 1 dos resultados de 4 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Padronização brasileira do Teste Bender Koppitz-2 em crianças da cidade de São Paulo; Brazilian standardization of the Bender Koppitz -2 Test in children from São Paulo city

Esteves, Cristiano
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/07/2015 PT
Relevância na Pesquisa
66.34%
O Teste Guestáltico Visomotor de Bender é um teste psicológico utilizado em psicodiagnósticos infantis nas áreas clínica e neuropsicológica, embora existam adaptações para adolescentes e adultos. Em crianças seu uso se destina a avaliações da maturidade percepto-motora ou organização visomotora, diagnósticos de lesões cerebrais e perturbações emocionais, podendo também ser utilizado como uma técnica projetiva. Para os adultos é empregado tanto como uma técnica projetiva quanto para a identificação de alguns indicadores psicopatológicos e neuropsicológicos. Desde a sua elaboração em 1938 por Lauretta Bender, diversos sistemas de aplicação e avaliação foram desenvolvidos, sendo um dos mais conhecidos o de Elizabeth Koppitz. A tarefa a ser realizada pelo examinando consiste na reprodução de alguns desenhos, que podem ser somente copiados ou copiados e posteriormente reproduzidos de memória, dependendo do sistema utilizado. A avaliação consiste na análise da forma e precisão com que os desenhos são realizados. Um dos mais novos sistemas de avaliação é o Teste Bender Koppitz-2 proposto por Reynolds, que não é somente uma revisão, mas também uma extensão e um redesenvolvimento do sistema Koppitz original e que foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a capacidade de integração visomotora. A principal diferença em relação ao teste original é que são acrescentados novos modelos mais fáceis...

Elaboração de programa de intervenção com as habilidades percepto-viso-motoras em escolares com dislexia do desenvolvimento

Fusco, Natália
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 183 f.
POR
Relevância na Pesquisa
16.32%
Pós-graduação em Fonoaudiologia - FFC; Escolares com dislexia do desenvolvimento apresentam alterações perceptivas visuais pelo fato de apresentarem disfunções em áreas cerebrais responsáveis pela percepção viso-espaciais implícitas na grafia. Para que o escolar seja capaz de ler e escrever é necessário que ele chegue a um grau de maturidade, quanto as habilidade de percepção viso motora, por esta razão a habilidade de percepção viso-motora é fundamental para o sucesso escolar. Esta pesquisa foi desenvolvida em dois estudos: o estudo 1, com o objetivo de elaborar um programa de intervenção com as habilidades de percepto-viso-motora. Como parte da metodologia foram elaboradas exercícios para o trabalho com a coordenação viso-motora, a discriminação visual, a memória visual, a relação viso- espacial, a constância de forma, a memória sequencial, a figura-fundo visual e a closura visual. O estudo piloto foi realizado com 5 escolares com diagnóstico interdisciplinar de dislexia em 12 sessões individuais de 40 minutos. Os resultados indicaram a necessidade de reestruturação de alguns itens do programa de intervenção o que tornou o mesmo com aplicabilidade para utilização com escolares com dislexia. O estudo 2 teve como objetivo verificar a eficácia do programa de intervenção com as habilidades percepto-viso-motora em escolares com dislexia do desenvolvimento. Participaram deste estudo 20 escolares do 3º ao 5º ano do ensino fundamental público da cidade de Marília-SP...

Competências para a leitura e escrita em escolares iniciantes no processo de alfabetização; Skills for reading and writing in school beginners in the literacy process

Côrrea, Kelli Cristina do Prado
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/05/2015 PT
Relevância na Pesquisa
15.99%
Nesta última década (2005-2015), a educação brasileira passou por transformações intensas relativas ao ingresso das crianças na Educação Básica. A entrada aos seis anos de idade no Ensino Fundamental, período que compreende agora nove anos, desafiou os educadores a definir mais claramente o que se espera da escola nos anos iniciais da educação. Assim, o objetivo deste trabalho foi caracterizar determinadas competências para a leitura e a escrita em crianças iniciantes no processo de alfabetização e relacionar essas competências com o nível da escrita. Realizamos, então, pesquisa de campo, com abordagem quanti-qualitativa dos dados, de cujos resultados extraímos inferências, a partir do quadro teórico de referências sistematizado. Foram selecionadas 70 crianças de ambos os gêneros, que cursaram o 1o semestre do 1o ano do ensino fundamental I. Todos os escolares tinham formação em educação infantil. As crianças foram submetidas à bateria de Avaliação de Competências iniciais para a leitura e escrita BACLE que caracteriza-se por um conjunto de atividades para aferir pré-competências para início de leitura e escrita. As crianças foram avaliadas também pela análise de nível de escrita, nível pré-silábico...

Associação entre as capacidades perceptivo-motoras e o desempenho de tarefas motoras em sujeitos de 7 e 13 anos de idade; Association between the perceptual-motor abilities and performance of motor tasks in individuals of 7 and 13 years old

Florêncio, Rafael Barbosa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
56.46%
A presença de diferenças individuais no desempenho motor de crianças e jovens da mesma faixa etária é um aspecto relatado por grande parte da literatura. O presente estudo escolheu o modelo de capacidades perceptivo-motoras para explorar estas diferenças e focou na questão de níveis diferenciados de maturação do sistema nervoso central (SNC). Uma vez que a maioria dos estudos sobre capacidades perceptivo-motoras investiga adultos e não se conhece como o nível do SNC influencia a associação entre as capacidades e desempenho motor. Com isso, o presente estudo teve como objetivo investigar a associação entre as capacidades perceptivo-motoras e o desempenho de tarefas motoras em sujeitos de 7 e 13 anos de idade. A amostra refere-se aos sujeitos que fizeram parte do estudo de Crescimento e Desenvolvimento Motor Longitudinal Misto de Muzambinho-MG. Foram selecionados 110 sujeitos, contrabalanceados em termos de sexo e idade. As capacidades perceptivo-motoras analisadas foram a de coordenação multimembros (CM), timing coincidente (TC), tempo de reação (TR) e tempo de movimento (TM), por sua vez as tarefas motoras analisadas foram correr, rebater e receber. Para a análise da correlação foi utilizado o teste de Spearman...