Página 1 dos resultados de 1941 itens digitais encontrados em 0.013 segundos

"Importância da ecocardiografia com contraste por microbolhas em imagem fundamental na avaliação de pacientes sob ventilação mecânica no período pós-operatório de cirurgia cardíaca" ; Contrast echocardiography can save non-diagnostic exams in mechanically ventilated patients

Costa, Joicely Melo da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/03/2006 PT
Relevância na Pesquisa
96.14%
Estudou-se pela ecocardiografia em imagem fundamental, 30 pacientes no período pós-operatório de cirurgia cardíaca que encontravam se sob ventilação mecânica. Analisou-se o índice de escore de delineamento endocárdico (IEDE), a fração de ejeção do ventrículo esquerdo (FEVE) pelo método de estimativa visual, e os fluxos transvalvares pelo Doppler espectral e mapeamento de fluxo em cores antes e após a administração de um contraste ecocardiográfico a base de microbolhas. O IEDE passou de 1,53±0,63 para 2,01±0,56 após o uso do contraste (p < 0.001) e a FEVE pôde ser estimada em 27 de 30 exames após o uso do mesmo. Houve uma mudança na quantificação da insuficiência mitral em 5 exames, no gradiente de pico transvalvar aórtico em 1 paciente e no gradiente transvalvar de pico tricúspide em 8 pacientes; We studied by echocardiography in fundamental imaging (FI), thirty mechanically ventilated post cardiac surgery patients. LV endocardial border delineation score index (EBDSI), estimated left ventricular ejection fraction (LVEF) and color and spectral Doppler were analyzed before and after intravenous injection of ultrasound contrast. The use of contrast resulted in a significant increase in the number of well-delineated segments. EBDSI was 1.53±0.63...

Diagnósticos de enfermagem de pacientes em período pós-operatório imediato de cirurgia de colecistectomia laparoscópica; Nursing diagnoses for patients in the immediate post-operative period after laparoscopic cholecystectomy

Dalri, Cristina Camargo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2005 PT
Relevância na Pesquisa
76.3%
Esse estudo teve como objetivos identificar os diagnósticos de enfermagem presentes em pacientes em pós-operatório imediato de colecistectomia, submetidos à anestesia geral com base na Taxonomia II da North American Nursing Diagnoses Association (NANDA) e no Modelo Conceitual de Horta; analisar os diagnósticos de enfermagem presentes nesses pacientes em relação aos fatores relacionados, características definidoras e fatores de risco e em relação ao seu estabelecimento e resolução no pós-operatório imediato; dentre os pacientes estudados que apresentaram o Diagnóstico de Enfermagem de Dor aguda, identificar as manifestações de dor apresentadas no pós-operatório imediato e compará-las com as características definidoras apresentadas pela NANDA e por outras literaturas. Para a etapa de coleta de dados, foi elaborado e validado um instrumento de coleta de dados com base no Modelo Conceitual de Wanda Horta. Foram avaliados 15 pacientes adultos no período pós-operatório imediato de colecistectomia laparoscópica, durante o período de setembro de 2004 a janeiro de 2005, no Centro de Recuperação Pós-anestésica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Para o estabelecimento dos diagnósticos de enfermagem...

A influência da ansiedade na resposta do paciente no período pós-operatório imediato; The influence of anxiety in postoperative patients

Peniche, Aparecida de Cassia Giani
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/03/1998 PT
Relevância na Pesquisa
96.4%
O homem, ao se defrontar com a cirurgia e a anestesia, tem alterações hormonais provocadas pela ansiedade, moduladas pela avaliação cognitiva deste enfrentamento e acompanhadas de alterações fisiológicas perceptíveis. Os objetivos do presente estudo foram verificar a correlação entre o traço e o estado de ansiedade no período pré-operatóro, e a influência da ansiedade, na resposta do paciente, no período pós-operatório imediato, em sala de recuperação anestésica. A amostra foi composta por 33 pacientes cirúrgicos. Para a coleta de dados foram utilizados, além dos inventários auto-aplicáveis de traço-estado de ansiedade do paciente no período pré-operatório imediato, dois (2) formulários contendo parâmetros de avaliação clínica dos pacientes. Os dados foram coletados nos períodos pré-operatório imediato e pós-operatório imediato. Os resultados mostraram uma correlação estatisticamente significante e positiva entre o traço e o estado de ansiedade, no período pré-operatório ou seja, os pacientes ao enfrentar o ato anestésico cirúrgico, têm seu estado de ansiedade alterado, quando correlacionado ao seu traço de ansiedade e uma correlação não significante entre o estado de ansiedade...

Diagnóstico de enfermagem náusea em pacientes no período pós-operatório imediato: revisão integrativa da literatura; Nursing diagnosis nausea in patients in the immediate postoperative period: an integrative review of the literature

Pompeo, Daniele Alcalá
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
96.33%
Uma das manifestações mais comuns em sala de recuperação anestésica é a náusea, geralmente associada à anestesia. Além do aspecto subjetivo do desconforto, os pacientes que não apresentam melhora desse sintoma podem ter alta retardada, tanto da sala de recuperação anestésica quanto hospitalar. Como conseqüências, temos a demora do retorno às funções normais, a elevação dos custos hospitalares e um menor grau de satisfação do paciente. O objetivo do presente estudo foi realizar uma análise crítica das evidências disponíveis na literatura sobre os fatores relacionados e características definidoras do diagnóstico de enfermagem náusea, no período pós-operatório imediato, por meio de uma revisão integrativa. No desenvolvimento deste estudo, utilizaram-se como fonte de levantamento de dados quatro base de dados: Lilacs, Pubmed, Cinahl e Cochrane - Revisões Sistemáticas, e a amostra constituiu-se de 31 estudos. A análise das publicações selecionadas demonstrou que as náuseas e vômitos no período pós-operatório são considerados eventos relacionados e, na maioria das vezes, avaliados como um evento único. Os fatores relacionados identificados, de acordo com a freqüência de aparecimento e nível de evidência...

Estudo das alterações em  exames de ressonância magnética de pacientes em pós-operatório imediato de ressecção de tumores hipofisários por via transesfenoidal; Analysis of postoperative findings on dynamic magnetic resonance imaging of patients operated for pituitary tumors by transsfenoidal endonasal approach

Milano, Jeronimo Buzetti
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
76.22%
Exames pós-operatórios de cirurgias intracranianas são difíceis de serem interpretados por apresentarem alterações morfológicas que simulam situações patológicas, como edema e tumores residuais. Com o advento de métodos de ressonância intraoperatória essa interpretação ganhou maior importância, pelo risco de re-intervenções desnecessárias. O presente estudo objetivou estabelecer as características de exames pós-operatórios normais após remoção de tumores hipofisários pela via transesfenoidal endonasal, bem como estabelecer parâmetros de remoção tumoral radical para otimização de exames intraoperatórios. Foram estudados 40 pacientes (22 microadenomas e 18 macroadenomas) operados consecutivamente no Instituto de Neurologia de Curitiba, portadores de adenomas hipofisários, pela via transesfenoidal endonasal, e que realizaram exame de ressonância magnética (RM) dinâmica no pré-operatório, pós-operatório imediato (primeiras 24horas após o término da cirurgia) e após três meses.Foram utilizadas sequências ponderadas em T1, com cortes coronais de 3mm antes da injeção de contraste (gadopentetato dimeglumina Gd-DTPA) e a cada 90 segundos após a injeção rápida do mesmo. Os achados de RM dinâmica no pós-operatório imediato foram analisados quanto ao deslocamento da haste hipofisária...

A utilização da calatonia no período pós-operatório imediato; The use of Calatonia during the immediate postoperative period

Lasaponari, Elaine Ferreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
96.31%
Esta pesquisa teve como objetivos, avaliar a influência da técnica de Calatonia sobre as condições clínicas (pressão arterial sistêmica, frequências cardíaca e respiratória, temperatura corpórea axilar, saturação de oxigênio), dor e índices de Aldrete e Kroulik e de Ramsay, dos pacientes no período pós-operatório imediato. Foi realizado um estudo randomizado, com cento e dezesseis pacientes, submetidos à cirurgia de colecistectomia por videolaparoscopia, divididos em grupos experimental (58 pacientes) e placebo (58 pacientes). Os pacientes do grupo experimental receberam a técnica da Calatonia, e os do placebo foram submetidos apenas a toques não intencionais. Os resultados mostraram que os pacientes dos grupos placebo e experimental foram considerados homogêneos quanto às variáveis: sexo, idade, ASA (Physical Status Classification), tempo de procedimento cirúrgico e de permanência na Sala de Recuperação Pós-Anestésica (SRPA). Não se observaram diferenças estatisticamente significantes, entre os grupos, quanto à avaliação clínica da escala de Aldrete e Kroulik e escala de sedação de Ramsay e aos parâmetros clínicos, com exceção da temperatura corpórea axilar, que apresentou diferença estatística significante...

Validação do diagnóstico de enfermagem náusea no período pós-operatório imediato; Validation of the nursing diagnosis Nausea in the immediate postoperative period

Pompeo, Daniele Alcalá
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
86.35%
Este estudo teve como objetivos analisar o conceito náusea em pacientes no período pósoperatório imediato; avaliar a validade de conteúdo e clínica do diagnóstico de enfermagem Náusea no período pós-operatório imediato, considerando-se o modelo de Fehring; identificar a incidência do referido diagnóstico em pacientes no período pós-operatório imediato; verificar possíveis associações entre os antecedentes de náusea obtidos na análise de conceito e os identificados nos pacientes com náusea no pós-operatório imediato e verificar a frequência de ocorrência das características definidoras principais e secundárias do diagnóstico Náusea. A pesquisa foi desenvolvida em três etapas: análise de conceito, validação de conteúdo e validação clínica. A análise de conceito seguiu as oito fases propostas por Walker a Avant: selecionar o conceito, definir o objetivo da análise, identificar a utilização do conceito, definir atributos definidores, desenvolver casos-modelos, desenvolver outros casos, identificar antecedentes e consequentes e verificar as referências empíricas. Essa etapa foi fundamental para a realização das etapas posteriores (validação de conteúdo e validação clínica), permitindo a construção de definições operacionais e a elaboração de instrumentos de coleta de dados mais direcionados ao cenário do paciente com náusea no período pós-operatório. Participaram da validação de conteúdo 52 expertos que responderam a um instrumento que continha dados de identificação profissional e de validação do diagnóstico de enfermagem Náusea (enunciado...

Efeito da fisioterapia respiratória no pós-operatório imediato, em pacientes submetidos à cirurgia abdominal alta: estudo prospectivo; Effect of respiratory physical therapy on immediate postoperative in patients submitted to high abdominal surgery: prospective study

Manzano, Roberta Munhoz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/03/2006 PT
Relevância na Pesquisa
76.3%
Introdução: A piora da função muscular respiratória pós-cirurgia aumenta o risco de hipoventilação, hipóxia, atelectasia e infecções. O fisioterapeuta tem um papel essencial na recuperação desses pacientes. O objetivo da pesquisa foi avaliar se a intervenção da fisioterapia respiratória no pós-operatório imediato de pacientes submetidos à cirurgia abdominal alta eletiva, em sala de recuperação pós-anestésica, resulta em melhor função pulmonar, observando valores de espirometria e oximetria de pulso e dados da evolução clínica. Métodos: O estudo é do tipo ensaio clínico prospectivo e aleatorizado observando-se valores de espirometria e oximetria de pulso. Também foi realizada análise retrospectiva dos prontuários. Os grupos foram avaliados no pré-operatório e no segundo pós-operatório (espirometria, oximetria de pulso, exame físico, escala analógica de dor). O grupo experimental recebeu fisioterapia respiratória na recuperação pós-anestésica. Resultados: Não houve diferença entre os valores espirométricos, de pico de fluxo expiratório e de saturação de oxigênio entre os grupos controle e experimental. No presente estudo a saturação de oxigênio melhorou após a fisioterapia (p=0...

Cuidado de enfermagem ao receptor de transplante de fígado no período pós-operatório: revisão integrativa; Nursing care for the liver transplant recipient in the postoperative period: an integrative review

Molina, Fabiana Murad Rossin
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/11/2014 PT
Relevância na Pesquisa
96.33%
A realização de transplante de fígado é a única opção, na ausência de alternativas clínicas e cirúrgicas, quando o paciente é acometido por hepatopatia aguda ou crônica. A assistência de enfermagem ao receptor de transplante de fígado é complexa e relevante, em todas as fases do processo. Assim, o objetivo do estudo foi analisar as evidências disponíveis na literatura sobre o cuidado de enfermagem ao receptor de transplante de fígado no período pós-operatório. A revisão integrativa foi o método de revisão selecionado para a condução do estudo. A busca dos estudos primários foi realizada nas bases de dados PubMed, CINAHL e LILACS, sendo a amostra composta de 12 estudos primários. Os estudos primários foram agrupados em duas categorias: A) alterações fisiológicas de receptores de transplante de fígado no período pós-operatório (n=7) e B) experiências relatadas e alterações emocionais de receptores de transplante de fígado no período pós- operatório (n=5). O conhecimento aprofundado e pautado em evidências recentes das alterações fisiológicas nos diferentes sistemas do organismo humano e das experiências relatadas e alterações emocionais de receptores de transplante de fígado possibilitam ao enfermeiro a elaboração do planejamento da assistência de enfermagem fundamentado nas reais necessidades do paciente e da família. Além desses aspectos...

Utilização da valvula unidirecional de torax no pós-operatorio de ressecções pulmonares; The utilization of one-way flutter valve drainage system after lung resection

Nelson de Araujo Vega
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
86.29%
O manuseio tradicional dos drenos de tórax, após toracotomia, resume-se em um período inicial de aspiração contínua do frasco de drenagem, subseqüente a um intervalo de tempo com o selo de água. Essa estratégia foi desenvolvida, há muitos anos, para ser utilizada após grandes toracotomias. O aprendizado de novas técnicas cirúrgicas e o moderno desenvolvimento de instrumentais médicos propiciaram um menor trauma cirúrgico ao doente. Atualmente, o manejo dos drenos vem sendo modificado em algumas situações. O objetivo desse estudo é avaliar a drenagem pleural, por meio de válvula unidirecional de tórax (VUT), no pós-operatório de ressecção pulmonar eletiva. Foram realizadas 39 ressecções pulmonares, de forma prospectiva e não randomizada, em pacientes que utilizaram a VUT, como o método de drenagem pleural durante o período pós-operatório. Foram excluídos os pacientes com idade inferior a 12 anos, os submetidos à pneumectomia ou à operação de urgência e os que não completaram o seguimento do estudo. Observou-se a expansão pulmonar, o tempo de permanência com o sistema de drenagem, o período de internação e as complicações pós-operatórias. Foram incluídos e analisados 36 pacientes. A média de permanência com o sistema de drenagem pleural foi de 2...

A influência da ansiedade na resposta do paciente no período pós-operatório

Peniche,Aparecida de Cassia Giani; Jouclas,Vanda Maria Galvão; Chaves,Eliane Corrêa
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1999 PT
Relevância na Pesquisa
96.4%
O homem, ao se defrontar com a cirurgia e a anestesia, tem alterações hormonais provocadas pela ansiedade, moduladas pela avaliação cognitiva deste enfrentamento e acompanhadas de alterações fisiológicas perceptíveis. Os objetivos do presente estudo foram verificar a correlação entre o traço e o estado de ansiedade no período pré-operatóro, e a influência da ansiedade, na resposta do paciente, no período pós-operatório imediato, em sala de recuperação anestésica. A amostra foi composta por 33 pacientes cirúrgicos. Para a coleta de dados foram utilizados, além dos inventários auto-aplicáveis de traço-estado de ansiedade do paciente no período pré-operatório imediato, dois (2) formulários contendo parâmetros de avaliação clínica dos pacientes. Os dados foram coletados nos períodos pré-operatório imediato e pós-operatório imediato. Os resultados mostraram uma correlação estatisticamente significante e positiva entre o traço e o estado de ansiedade, no período pré-operatório ou seja, os pacientes ao enfrentar o ato anestésico-cirúrgico, têm seu estado de ansiedade alterado, quando correlacionado ao seu traço de ansiedade e uma correlação não significante entre o estado de ansiedade, no pré-operatório imediato com os parâmetros clínicos avaliados no período pós-operatório imediato...

Intervenções de enfermagem para náusea e vômito no período pós-operatório imediato

Pompeo,Daniele Alcalá; Nicolussi,Adriana Cristina; Galvão,Cristina Maria; Sawada,Namie Okino
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
86.24%
OBJETIVO: analisar as evidências disponíveis na literatura sobre as intervenções de enfermagem eficazes para a prevenção e o controle da náusea e do vômito presentes, no paciente no período pós-operatório imediato. MÉTODOS: revisão de literatura, a busca dos artigos foi realizada nas bases de dados Lilacs, Medline e Cinahl e na listagem das referências bibliográficas dos artigos selecionados, sendo a amostra constituída de 12 artigos. RESULTADOS: no pré-operatório o enfermeiro identifica os fatores de risco e minimiza a ansiedade do paciente; no trans-operatório deve estar atento à cirurgia, duração, complicações, medicações e anestésicos administrados e, no pós-operatório, pode intervir por meio de medidas comportamentais e de conforto. CONCLUSÃO: as evidências obtidas demonstraram que há intervenções alternativas para a prevenção e o controle da náusea e do vômito no pós-operatório, não implementadas na prática clínica, as quais podem melhorar essas complicações e a satisfação do paciente.

Fluidos no período pós-operatório: efeitos da falta de ajuste ao peso corpóreo

Vazquez,Alejandro Risso; Masevicius,Fabio Daniel; Giannoni,Roberto; Dubin,Arnaldo
Fonte: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB Publicador: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
86.14%
OBJETIVO: Comparar as diferenças no equilíbrio hídrico e eletrolítico em pacientes com baixo e alto peso corpóreo no primeiro dia pós-operatório. MÉTODOS: Em um período de 18 meses avaliamos prospectivamente 150 pacientes durante as primeiras 24 horas após cirurgia, na unidade de terapia intensiva de um hospital universitário. Pacientes com baixo (<60 kg) e alto peso corpóreo (>90 kg) foram comparados em termos de fornecimento e eliminação de fluidos. RESULTADOS: Não foram observadas diferenças significantes em termos de volume (4,334 ± 1,097 em versus 4,644 ± 1,957 mL/24 horas) e composição dos fluidos administrados (481 ± 187 versus 586 ± 288 mEq [Na+]administrados em 24 horas). O débito urinário em 24 horas foi similar (2,474 ± 1,597 versus 2,208 ± 678 mL/24 horas), porém o grupo com baixo peso teve uma maior eliminação de eletrólitos (296 ± 195 versus 192 ± 117 mEq [Na+]urina/24 horas, p=0.0246). Quando os fluidos administrados foram ajustados ao peso corpóreo, o volume e quantidade de eletrólitos dos fluidos administrados foram maiores no grupo com baixo peso (79 ± 21 versus 47 ± 22 mL/ kg/24 horas, p<0.0001 e 8,8 ± 3,4 versus 5,8 ± 3,3 mEq [Na+]administrado/kg/24 horas, p=0,017, respectivamente). Este grupo também demonstrou maior débito urinário e eliminação de eletrólitos (45 ± 28 versus 22 ± 7 mL/kg/24 horas; p=0...

Gerenciamento da dor no pós-operatório de pacientes com câncer pela enfermagem

Macedo,Amanda Cristina Prado de Almeida; Romanek,Flávia Alves Ribeiro Monclús; Avelar,Maria do Carmo Querido
Fonte: Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor Publicador: Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
86.32%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A dor do paciente com câncer que é submetido à cirurgia deve ser gerenciada durante toda a sua evolução clínica, levando em consideração suas necessidades fisiológicas e emocionais, baseando-se nisso, emergiu a indagação: "Como ocorre o gerenciamento da dor no pós-operatório imediato de pacientes com câncer pela equipe de Enfermagem Perioperatória?". O objetivo deste estudo foi refletir sobre o gerenciamento da dor no pós-operatório imediato de pacientes com câncer pela equipe de enfermagem perioperatória. CONTEÚDO: Foi realizada pesquisa bibliográfica com abordagem qualitativa baseada na análise de conteúdo temática. As fontes para coleta dos dados foram as bases de dados da Scielo, LILACS, e Medline, da plataforma da Biblioteca Virtual em Saúde (BIREME), os objetos de estudo foram artigos disponíveis na íntegra, on-line, publicados em periódicos nacionais e internacionais nos idiomas inglês, português indexados no período de 1999 a 2011 a partir dos Descritores em Ciências da Saúde (DECS): "cuidado de enfermagem", "dor", "período pós-operatório"; "câncer"; sendo estes os critérios de inclusão adotados. As informações foram interpretadas segundo a visão hermenêutica. Após organização...

Atendimento fisioterapêutico no pós-operatório imediato de pacientes submetidos à cirurgia abdominal

Forgiarini Junior,Luiz Alberto; Carvalho,Alexandra Torres de; Ferreira,Tatiane de Souza; Monteiro,Mariane Borba; Bosco,Adriane Dal; Gonçalves,Marisa Pereira; Dias,Alexandre Simões
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
86.21%
A cirurgia abdominal causa uma série de complicações pulmonares após o processo cirúrgico. Assim, faz-se necessário um tratamento precoce adequado objetivando minimizar as complicações no período pós-operatório. Objetivamos avaliar o efeito do atendimento fisioterapêutico no pós-operatório imediato de pacientes submetidos à cirurgia abdominal. Este foi um ensaio clínico randomizado, no qual um grupo recebeu atendimento fisioterapêutico na sala de recuperação e, posteriormente, nas enfermarias, e outro grupo o recebeu somente nas enfermarias. Concluímos que a fisioterapia realizada no pós-operatório imediato reduziu a perda da função pulmonar, a perda da força muscular ventilatória e o tempo de internação na sala de recuperação.

Avaliação da analgesia pós-operatória na operação de reconstrução artroscópica do ligamento cruzado anterior com e sem bloqueio do nervo femoral

Guirro, Úrsula Bueno do Prado
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
86.27%
Resumo: O período pós-operatório da reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho (RLCA) pode ser doloroso se as técnicas para o controle da dor não forem empregas adequadamente e não há consenso na literatura atual sobre a técnica mais adequada. O bloqueio do nervo femoral (BNF) é uma opção, pois é de fácil execução, baixo custo e duração prolongada. O objetivo deste estudo foi avaliar a analgesia, a solicitação de tramadol e os eventos adversos pós-operatórios dos pacientes submetidos à raquianestesia isolada ou associada ao BNF para a operação de RLCA. Foram avaliados 53 pacientes de ambos os sexos, com idade entre 18 e 65 anos, admitidos pelo Grupo de Cirurgia do Joelho do Hospital do Trabalhador, submetidos à RLCA. No Grupo A, 26 pacientes receberam raquianestesia com 15 mg de bupivacaína isobárica 0,5% e no Grupo B, 27 pacientes receberam raquianestesia com 15 mg de bupivacaína isobárica 0,5% e BNF com 100 mg de bupivacaína 0,5% sem vasoconstritor. Todos os pacientes receberam cetoprofeno, dipirona e ondansetrona e poderiam solicitar tramadol a qualquer momento, caso o escore para a dor fosse igual ou superior a 4, de acordo com a Escala Visual Numérica (EVN). Foram avaliados nos momentos 6...

Cuidados de enfermagem ao paciente em pós-operatório de prostatectomia: revisão integrativa; Nursing care of postoperative prostatectomy patients: an integrative review; Atención de enfermería al paciente en postoperatorio de prostatectomía: revisión integrativa

Santos, Daniele Raiane Florentino dos; Silva, Fernanda Beatriz Lima e; Saldanha, Elisandra de Araújo; Lira, Ana Luisa Brandão de Carvalho; Vitor, Allyne Fortes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
86.24%
Este estudo trata-se de revisão integrativa da literatura com objetivo de sintetizar o conhecimento produzido em artigos sobre os cuidados de enfermagem aos pacientes em pós-operatório de prostatectomia. Para seleção dos artigos foram consultadas cinco bases de dados – SCOPUS, CINAHL, PUBMED, LILACS e Cochrane – sendo incluídos dezenove artigos. Os resultados mostram estudos que se enquadram nos níveis II, IV, V, VI e VII de evidência, a maioria realizada nos Estados Unidos durante os anos de 1999 a 2011. Os cuidados de enfermagem identificados foram agrupados em seis categorias: acompanhamento psicológico, orientações pós-operatórias, tratamento da disfunção erétil, tratamento da incontinência urinária, tratamento da dor e tratamento da hiponatremia. Conclui-se que os estudos com maior nível de evidência identificado recomendam cuidados de enfermagem centrados no acompanhamento psicológico, nas orientações do período pós-operatório e no tratamento da disfunção erétil. Destaca-se ainda que tais recomendações concentram-se, sobretudo, nas ações de apoio emocional e educativo; This integrative literature review was performed with the objective to synthesize the knowledge produced in articles regarding nursing care provided to postoperative prostatectomy patients. Five databases were consulted to select the articles– SCOPUS...

Chest physiotherapy during immediate postoperative period among patients undergoing upper abdominal surgery: randomized clinical trial; Fisioterapia respiratória no pós-operatório imediato em pacientes submetidos a cirurgia abdominal alta: ensaio clínico aleatório

MANZANO, Roberta Munhoz; CARVALHO, Celso Ricardo Fernandes de; SARAIVA-ROMANHOLO, Beatriz Mangueira; VIEIRA, Joaquim Edson
Fonte: Associação Paulista de Medicina - APM Publicador: Associação Paulista de Medicina - APM
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
76.3%
CONTEXT AND OBJECTIVE: Abdominal surgical procedures increase pulmonary complication risks. The aim of this study was to evaluate the effectiveness of chest physiotherapy during the immediate postoperative period among patients undergoing elective upper abdominal surgery. DESIGN AND SETTING: This randomized clinical trial was performed in the post-anesthesia care unit of a public university hospital. METHODS: Thirty-one adults were randomly assigned to control (n = 16) and chest physiotherapy (n = 15) groups. Spirometry, pulse oximetry and anamneses were performed preoperatively and on the second postoperative day. A visual pain scale was applied on the second postoperative day, before and after chest physiotherapy. The chest physiotherapy group received treatment at the post-anesthesia care unit, while the controls did not. Surgery duration, length of hospital stay and postoperative pulmonary complications were gathered from patients' medical records. RESULTS: The control and chest physiotherapy groups presented decreased spirometry values after surgery but without any difference between them (forced vital capacity from 83.5 ± 17.1% to 62.7 ± 16.9% and from 95.7 ± 18.9% to 79.0 ± 26.9%, respectively). In contrast, the chest physiotherapy group presented improved oxygen-hemoglobin saturation after chest physiotherapy during the immediate postoperative period (p < 0.03) that did not last until the second postoperative day. The medical record data were similar between groups. CONCLUSIONS: Chest physiotherapy during the immediate postoperative period following upper abdominal surgery was effective for improving oxygen-hemoglobin saturation without increased abdominal pain. Breathing exercises could be adopted at post-anesthesia care units with benefits for patients.; CONTEXTO E OBJETIVO: Cirurgias abdominais podem aumentar o risco de complicações pulmonares. O objetivo foi avaliar a eficácia da fisioterapia respiratória precoce no pós-operatório imediato em pacientes submetidos a cirurgia abdominal alta. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: O estudo foi do tipo ensaio clínico aleatório...

Impacto da medicação pré-anestésica na ansiedade pré-operatória e no delírio pós-operatório de crianças submetidas à cirurgia ambulatorial

Stangler, Maira Isis dos Santos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.28%
Introdução: Estudos têm demonstrado que a ansiedade perioperatória é um fator com efeito negativo em desfechos clínicos como fobias, pesadelos, insônia, enurese, distúrbios de linguagem, temor de pessoas vestidas de branco, incapacidade de interagir e brincar com outras crianças e agressividade, dentre outros. Além da ansiedade, a agitação pós-operatória, também denominada emergence delirium, é um fenômeno clínico muito bem documentado em crianças. O interesse nas possíveis influências da ansiedade perioperatória e nos desfechos do pós-operatório, tais como agitação ao despertar e dor, contribui para a busca de uma pré-medicação ideal. Midazolam é uma pré-medicação oral já amplamente utilizada em anestesia pediátrica para reduzir a ansiedade perioperatória e garantir a indução anestésica tranquila. Atualmente, existem outras drogas que estão sendo utilizadas e comparadas quanto aos seus benefícios e efeitos. Objetivos: Nosso estudo tem por objetivo comparar os efeitos de melatonina, clonidina e cetamina com os de midazolam na redução da ansiedade pré-operatória e na incidência da agitação ao despertar em crianças submetidas a cirurgias ambulatoriais. Material e Métodos: Foram estudadas 113 crianças de 2 a 6 anos...

A influência da ansiedade na resposta do paciente no período pós-operatório; The influence of the anxiety in the patients answer in the post operative period

Peniche, Aparecida de Cassia Giani; Jouclas, Vanda Maria Galvão; Chaves, Eliane Corrêa
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/1999 POR
Relevância na Pesquisa
96.4%
O homem, ao se defrontar com a cirurgia e a anestesia, tem alterações hormonais provocadas pela ansiedade, moduladas pela avaliação cognitiva deste enfrentamento e acompanhadas de alterações fisiológicas perceptíveis. Os objetivos do presente estudo foram verificar a correlação entre o traço e o estado de ansiedade no período pré-operatóro, e a influência da ansiedade, na resposta do paciente, no período pós-operatório imediato, em sala de recuperação anestésica. A amostra foi composta por 33 pacientes cirúrgicos. Para a coleta de dados foram utilizados, além dos inventários auto-aplicáveis de traço-estado de ansiedade do paciente no período pré-operatório imediato, dois (2) formulários contendo parâmetros de avaliação clínica dos pacientes. Os dados foram coletados nos períodos pré-operatório imediato e pós-operatório imediato. Os resultados mostraram uma correlação estatisticamente significante e positiva entre o traço e o estado de ansiedade, no período pré-operatório ou seja, os pacientes ao enfrentar o ato anestésico-cirúrgico, têm seu estado de ansiedade alterado, quando correlacionado ao seu traço de ansiedade e uma correlação não significante entre o estado de ansiedade, no pré-operatório imediato com os parâmetros clínicos avaliados no período pós-operatório imediato...