Página 1 dos resultados de 2 itens digitais encontrados em 0.028 segundos

Representações de Vinculação e Qualidade do brincar interativo em Crianças em Idade Pré-Escolar

Figueiredo, Mafalda; WJCR, ISPA - Instituto Universitário; Gatinho, Ana; WJCR, ISPA - Instituto Universitário; Torres, Nuno; WJCR, ISPA - Instituto Universitário; Pinto, Alexandra; WJCR, ISPA - Instituto Universitário; Santos, António J.; WJCR, ISPA
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 23/09/2015 POR
Relevância na Pesquisa
136.35%
Durante o período pré-escolar as relações que a criança estabelece com os principais cuidadores e com os pares são de importância fundamental para o seu desenvolvimento socioemocional. Contudo, são poucos os estudos acerca da relação entre a vinculação das crianças aos pais e a forma como brincam com os pares. Pretende-se com este estudo investigar a associação entre as representações de vinculação de crianças pré-escolares e diferentes dimensões do jogo interativo das mesmas. Participaram 66 crianças, entre os 4 e os 5 anos de idade, e respetivos educadores, de duas escolas distintas. A qualidade das representações de vinculação foi acedida através do Attachment Story Completion Task (ASCT), cujas histórias foram codificadas por três investigadores “cegos”. Obteve-se um acordo interjuízes entre 0.81 e 0.85. Os comportamentos de jogo interativo em contexto pré-escolar foram reportados pelos educadores através da Penn Interactive Peer Play Scale (PIPPS). Obtiveram-se resultados psicométricos satisfatórios nesta escala e as análises revelaram três dimensões fiáveis: Interação Positiva com os Pares, Disrupção, e Desconexão. Detetou-se  uma associação positiva estatisticamente significativa entre a Segurança das representações de vinculação e a Interação Positiva com os Pares (r = 0.28; p < 0.05)...

Representações de vinculação e qualidade do brincar interativo em crianças em idade pré-escolar

Figueiredo,Mafalda; Gatinho,Ana; Torres,Nuno; Pinto,Alexandra; Santos,António J.; Veríssimo,Manuela
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
106.24%
Durante o período pré-escolar as relações que a criança estabelece com os principais cuidadores e com os pares são de importância fundamental para o seu desenvolvimento socio emocional. Contudo, são poucos os estudos acerca da relação entre a qualidade da vinculação e a forma como as crianças brincam com os pares. Pretende-se com este estudo investigar a associação entre as representações de vinculação de crianças pré-escolares e diferentes dimensões do jogo interativo das mesmas. Participaram 66 crianças, entre os 4 e os 5 anos de idade, e respetivas educadoras, de duas escolas distintas. A qualidade das representações de vinculação foi acedida através do Attachment Story Completion Task (ASCT), cujas histórias foram codificadas por três investigadores “cegos”. Os comportamentos de jogo interativo em contexto pré-escolar foram reportados pelas educadoras através da Penn Interactive Peer Play Scale (PIPPS). Detetou-se uma associação positiva estatisticamente significativa entre a Segurança das representações de vinculação e a Interação Positiva com os Pares e associações significativas negativas entre a Segurança e a Disrupção e a Segurança e a Desconexão. Os nossos resultados evidenciam a associação entre relações seguras de vinculação e o modo como as crianças interagem ludicamente com os pares.