Página 1 dos resultados de 2436 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Os conceitos de perímetro e área em alunos do 6.º ano de escolaridade: concepções e processos de resolução de problemas

Pires, Manuel Vara
Fonte: Associação de Professores de Matemática Publicador: Associação de Professores de Matemática
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
O presente estudo incide sobre as concepções de perímetro e de área e os processos de resolução de problemas desenvolvidos por alunos do 6.º ano, num contexto de utilização de materiais manipulativos. O estudo foi orientado por três questões principais: (a) Como encaram alunos do 6.º ano de escolaridade a utilização de materiais concretos na sua aprendizagem matemática?; (b) Que concepções acerca dos conceitos de área e perímetro são reveladas por alunos do 6.º ano de escolaridade?; e (c) Que processos/abordagens de resolução são utilizados por alunos do 6.º ano de escolaridade em tarefas que envolvam os conceitos de área ou perímetro?. Atendendo à natureza do problema em estudo, optou-se por uma abordagem essencialmente interpretativa. O investigador assistiu como observador participantes à totalidade das aulas de uma unidade didáctica sobre o perímetro e a área decorrente do desenvolvimento habitual do programa da disciplina de Matemática. Para além do registo de notas e comentários efectuados durante a observação, os dados foram recolhidos através de: (a) um teste de papel e lápis, referido a um domínio; (b) um questionário; e (c) entrevistas. Relativamente à utilização de materiais manipulativos na aprendizagem matemática...

Perímetro Escrotal: Marcadores Moleculares, Bioquímicos e sua Influência na Produção In Vitro de Embriões em Bovinos; Scrotal Circumference in Cattle: Molecular and Biochemistry Markers and its Influence on In Vitro Production of Embryos

Cipriano, Vivian Taís Fernandes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.05%
Os programas de melhoramento genético objetivam a seleção de animais geneticamente e fenotipicamente superiores. Dentre as características selecionadas para aumentar o ganho genético do rebanho, o perímetro escrotal destaca-se por sua alta herdabilidade e correlação com precocidade sexual, peso do animal e morfologia espermática. A seleção fenotípica para perímetro escrotal pode ser auxiliada pela junção da DEP PE 365 (diferença esperada na progênie para perímetro escrotal aos 365 dias) com a biotecnologia reprodutiva PIVE (produção in vitro de embriões), e tecnologias moleculares como o uso de marcadores do tipo SNPs (Single Nucleotide Polymorphism) e marcadores bioquímicos (proteínas). Desta forma, o presente trabalho teve por objetivo: verificar se os SNPs presentes nos genes atuantes na maturação sexual B4GALT1 (Beta 1,4- galactosyltransferase), FSHR (Follicle-stimulating hormone), LHR (Luteinizing hormone receptor) e IGF2 (Insulin-like growth factor 2) podem estar associados a maiores valores de DEP PE 365 em touros da raça Nelore; fazer o estudo global de proteínas no sêmen de touros da raça Nelore que possam ser indicativas de maior DEP PE 365 e verificar se a DEP PE 365 interfere negativamente ou positivamente nos resultados da PIVE. Para as análises de SNP...

Estimativas de tendências e parâmetros genéticos do peso padronizado aos 378 dias de idade, medidas corporais e perímetro escrotal de machos Nelore de Sertãozinho, SP

Cyrillo, Joslaine Noely dos Santos Gonçalves; Razook, Alexander George; Figueiredo, Leopoldo Andrade de; Bonilha Neto, Luiz Martins; Mercadante, Maria Eugênia Zerlotti; Tonhati, Humberto
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 56-65
POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
Os objetivos deste estudo foram estimar as tendências e os parâmetros genéticos e fenotípicos do peso padronizado aos 378 dias de idade (P378), medidas corporais e perímetro escrotal de machos Nelore, pertencentes às populações selecionadas e controle da Estação Experimental de Zootecnia de Sertãozinho. As herdabilidades, estimadas considerando-se modelo de touro e modelo animal, foram, respectivamente, 0,53±0,12 e 0,36 para P378; 0,38±0,11 e 0,58 para altura na garupa; 0,31±0,10 e 0,10 para perímetro torácico; 0,40± 0,11 e 0,13 para comprimento do corpo; 0,39±0,11 e 0,30 para comprimento do dorso; 0,33±0,10 e 0,12 para comprimento da garupa; 0,08± 0,07 e 0,14 para distância de ísquios; 0,23±0,09 e 0,08 para distância de íleos e 0,57±0,13 e 0,44 para perímetro escrotal. A correlação genética mais alta entre P378 e medidas corporais foi encontrada para perímetro torácico (0,86 ± 0,08); as demais variaram de 0,46 a 0,72. Os resultados deste estudo mostraram que, em função dos valores médios a altos das herdabilidades estimadas para P378 e da maioria das características de medidas do corpo dos animais, houve considerável variação genética aditiva nesses atributos. Além disso, devido às altas correlações genéticas de P378 com a maioria das características...

Estratégias usadas por alunos do Ensino Básico em tarefas envolvendo relações entre os conceitos de perímetro, área e volume

Martins, Isabel Afonso; Fernandes, José António
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
37.05%
O presente estudo teve como principal propósito, descrever e interpretar os processos desenvolvidos pelos alunos na resolução de tarefas envolvendo os conceitos geométricos de perímetro, área e volume e suas relações. Participaram no estudo duas turmas, uma do 6º e outra do 9º ano, cada uma com 26 alunos. A recolha de dados foi efectuada através de um teste, incluindo questões sobre os conceitos de perímetro, área, volume e suas relações. Verificou-se que os alunos do 6º ano e do 9º ano recorreram quase sempre ao uso de regras intuitivas, que conduziram, maioritariamente, a respostas correctas nas relações entre perímetros e a respostas incorrectas nas relações entre áreas, entre volumes, entre perímetro e área e entre área e volume. Entre os dois anos escolares não se salientaram diferenças importantes no tipo de respostas dadas e nas estratégias usadas.

A prevalência da linearidade nas relações entre os conceitos de perímetro, área e volume

Martins, Isabel Afonso; Fernandes, José António
Fonte: Revista Galego-Portuguesa de Psicopedagoxía Publicador: Revista Galego-Portuguesa de Psicopedagoxía
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /09/2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.96%
No presente estudo teve-se como principal propósito conhecer, descrever e interpretar os processos desenvolvidos pelos alunos na resolução de tarefas envolvendo relações entre os conceitos de perímetro, área e volume. Participaram no estudo duas turmas, uma do 6.º ano e outra do 9.º ano, cada uma com 26 alunos. A recolha de dados foi efectuada através de um teste, incluindo questões sobre os conceitos de perímetro, área, volume e suas relações. Em termos de resultados, verificou-se que a grande maioria dos alunos, quer do 6.º ano quer do 9º ano, estabeleceu relações lineares entre os conceitos, as quais conduziram sempre a respostas correctas quando se tratava de relações entre perímetros e a respostas incorrectas quando se tratava de relações entre áreas e entre volumes. Entre os dois anos escolares não se salientaram diferenças significativas no tipo de respostas dadas e nas estratégias usadas.

Avaliação da medida do perímetro braquial como metodologia de triagem de crianças pré-escolares obesas

Almeida,Carlos A.N. de; Del Ciampo,Luiz A.; Ricco,Rubens G.; Silva Jr.,Sergio M.; Naves,Rosiane B.; Pina,Jennifer F.
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.27%
OBJETIVOS: O presente estudo visou a avaliar se o perímetro braquial poderia ser utilizado para a triagem de crianças obesas na idade pré-escolar. MÉTODOS: 1.090 crianças com idades entre 12 e 59,99 meses foram estudadas, obtendo-se informações pessoais, além de peso, estatura e perímetro braquial. Foram obtidas as sensibilidades e especificidades de diferentes escores z de perímetro braquial para idade e perímetro braquial para estatura, para a detecção de crianças obesas, definidas como aquelas que apresentaram escore z de peso para estatura acima de 2. RESULTADOS: Das 1.090 crianças avaliadas, 6,6% apresentaram escore z de peso para estatura acima de 2. O escore z de 0,7 do indicador perímetro braquial para idade determina a melhor associação entre sensibilidade (76,5%) e especificidade (77,9%), para a detecção das crianças obesas. O escore z de 0,6 do indicador perímetro braquial para estatura determina a melhor associação entre sensibilidade (79,4%) e especificidade (77,6%) para a detecção das crianças obesas. CONCLUSÕES: Não se observou vantagem do uso do perímetro braquial relacionado à estatura quando comparado à sua relação com a idade. Dessa forma, propõem-se pontos de corte, utilizando-se apenas o indicador perímetro braquial para idade que...

Análise genética da idade ao primeiro parto e do perímetro escrotal em bovinos da raça Nelore

Pereira,E.; Eler,J.P.; Costa,F.A.A.; Ferraz,J.B.S.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2001 PT
Relevância na Pesquisa
37.05%
Com o objetivo de estudar as características idade ao primeiro parto (IPP) e perímetro escrotal (PE) e sua relação com características de desempenho ponderal em um rebanho bovino da raça Nelore, linhagem Lemgruber, analisaram-se 2.796 observações para IPP, 2.746 para PE, 3.657 para peso à desmama e 4.686 para peso ao sobreano. As análises foram processadas utilizando-se de modelos animais bi e tricaracterística (com peso à desmama ou peso ao sobreano como terceira característica). Peso ao sobreano foi incluído como covariável para PE em duas análises, visando ajustar o PE para peso corporal. Os coeficientes de herdabilidade para IPP e PE variaram de 0,09 a 0,10 e de 0,33 a 0,34, respectivamente. A correlação genética entre IPP e PE variou de -0,23 a -0,29. A correlação negativa não permite descartar a utilização do perímetro escrotal como critério de seleção para precocidade sexual. Análises multicaracterísticas que incluem o peso ao sobreano parecem mais adequadas à avaliação da idade ao primeiro parto e do perímetro escrotal medido aos 18 meses.

Avaliação do manejo de irrigação no Perímetro Irrigado de Pirapora, MG

Medeiros,Salomão de S.; Soares,Antônio A.; Ramos,Márcio M.; Mantovani,Everardo C.; Souza,José A. A. de
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
Com o presente trabalho, objetivou-se avaliar o manejo de irrigação no Perímetro Irrigado de Pirapora, MG, durante o período de 1999 a 2000. A demanda de irrigação foi simulada utilizando-se o balanço de água no solo para todo o perímetro irrigado e considerando-se as especificidades de cada lote. Os resultados dos volumes de água, obtidos por meio das simulações, foram integralizados mensalmente e comparados com os volumes de água medidos nos hidrômetros de cada lote. Os resultados obtidos permitiram concluir-se que: ocorreu uma aplicação excessiva de água em todo o perímetro, com exceção dos meses de janeiro de 1999 e janeiro, fevereiro, março e abril de 2000, quando a irrigação foi deficiente. Portanto, é necessária a implantação de um plano de manejo de irrigação que vise à otimização do uso de água no perímetro.

Avaliação da eficiência do uso da energia elétrica no Perímetro Irrigado de Pirapora, MG

Medeiros,Salomão de S.; Soares,Antônio A.; Ramos,Márcio M.; Mantovani,Everardo C.; Souza,José A. A. de
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.05%
Objetivou-se, através deste trabalho, avaliar a eficiência de uso de energia elétrica no Perímetro Irrigado de Pirapora, no período de 1999 a 2000. A demanda anual de água de irrigação para o perímetro foi simulada com base no balanço de água no solo, para condições de um manejo de irrigação ideal. O índice médio anual de consumo de energia no perímetro foi determinado com base no volume de água aplicado e no consumo de energia das estações de bombeamento. Com o volume de água simulado e o índice médio anual de consumo de energia, estimou-se o consumo de energia necessário para a condição de manejo de irrigação ideal. O consumo de energia estimado foi comparado com o consumo real, permitindo concluir-se que: em razão da aplicação excessiva de água, o consumo de energia elétrica também foi excessivo; portanto, é imprescindível a implantação de um programa de manejo de irrigação visando otimizar o uso de água e de energia elétrica.

Avaliação do espaço adicional requerido no perímetro do arco inferior para o nivelamento da curva de Spee

Campos,Marcio José da Silva; Quintão,Cátia Cardoso Abdo; Fraga,Marcelo Reis; Vitral,Robert Willer Farinazzo
Fonte: Dental Press Editora Publicador: Dental Press Editora
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.17%
OBJETIVO: determinar o perímetro de arco adicional necessário para o nivelamento da curva de Spee através de uma técnica laboratorial em modelos de estudo. MÉTODOS: foram utilizados 70 modelos inferiores nos quais se mediu a profundidade da curva de Spee e o perímetro do arco (de segundo molar a segundo molar). Nos mesmos modelos, após a simulação do nivelamento da curva de Spee, o perímetro de arco foi novamente avaliado, mantendo sua forma e comprimento. RESULTADOS: foi confirmada a correlação entre a profundidade da curva de Spee e o perímetro de arco adicional, sendo deduzida a fórmula [Paa = 0,21 CSmax - 0,04]. CONCLUSÃO: a técnica proposta permitiu, através da avaliação do perímetro de arco com curva de Spee nivelada, a determinação do espaço disponível para o alinhamento dentário.

Efeitos da seleção para peso pós-desmame sobre medidas corporais e perímetro escrotal de machos Nelore de Sertãozinho (SP)

Cyrillo,Joslaine Noely dos Santos Gonçalves; Razook,Alexander George; Figueiredo,Leopoldo Andrade de; Bonilha Neto,Luiz Martins; Ruggieri,Ana Cláudia; Tonhati,Humberto
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2000 PT
Relevância na Pesquisa
37.05%
O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito indireto da seleção para peso pós-desmame sobre medidas corporais e perímetro escrotal de 809 machos Nelore, pertencentes às populações selecionadas (NeS e NeT) e controle (NeC), da Estação Experimental de Zootecnia de Sertãozinho. As análises estatísticas foram executadas usando-se modelos de touros, sendo que a fonte de variação aleatória, touro, foi aninhada dentro de rebanho. Os efeitos fixos considerados foram: rebanho, ano de realização da Prova de Ganho de Peso (PGP), idade de vaca em anos e idade do animal em dias como covariável. A mudança genética, obtida como a diferença dos rebanhos selecionados em relação ao rebanho controle, foi 40,2 e 44,3 kg, para peso aos 378 dias (P378), para os rebanhos NeS e NeT, respectivamente. As mudanças para as demais características, na mesma ordem, foram 4,5 e 4,5 cm para altura na garupa (ATPF); 6,2 e 7,0 cm para perímetro torácico (PTOR); 5,8 e 6,3 cm para comprimento do corpo (COM); 2,9 e 2,0 cm para comprimento do dorso (DOR); 1,7 e 2,4 cm para comprimento da garupa, (GAR); 1,0 e 1,3 cm para distância de ísquios (ISQ); 1,8 e 2,6 cm para distância de íleos (ILEO); e 1,3 e 2,2 cm para perímetro escrotal (PE). Os resultados deste estudo mostraram que a seleção direta para peso pós-desmame promoveu respostas positivas correlacionadas nas dimensões de regiões do corpo de machos Nelore.

Correlação genética entre perímetro escrotal e algumas características reprodutivas na raça Nelore

Pereira,Evandro; Eler,Joanir Pereira; Ferraz,José Bento Sterman
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2000 PT
Relevância na Pesquisa
37.05%
Dados de perímetro escrotal e de características reprodutivas medidas na fêmea foram analisados com o objetivo de estimar o coeficiente de herdabilidade de cada característica e a correlação genética entre as características. Os dados foram obtidos em 11 fazendas pertencentes a uma mesma empresa, situadas nos Estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Goiás. Os componentes de variância foram estimados por máxima verossimilhança restrita utilizando modelo animal bi-característica. Para as características com medidas repetidas, foram utilizados dois modelos matemáticos: um incluindo ambiente permanente da vaca e outro não. As análises nas quais o modelo não incluía o ambiente permanente da vaca mostraram as seguintes herdabilidades 0,51; 0,12; 0,17; 0,06; e 0,13 para perímetro escrotal (PE), idade ao primeiro parto (IPP), dias para o parto (DPP), intervalo de partos (IP) e duração da gestação (DG), respectivamente. Nestas análises, as correlações genéticas foram: -0,22 (PE x IPP), -0,04 (PE x DPP), 0,10 (PE x IP) e -0,04 (PE x DG). Quando o ambiente permanente foi incluído no modelo, as herdabilidades de DPP (0,07) e DG (0,06) foram menores, indicando que modelos sem ambiente permanente podem superestimar a variância genética aditiva dessas duas características. Os parâmetros da característica IP não foram...

Estimativas de tendências e parâmetros genéticos do peso padronizado aos 378 dias de idade, medidas corporais e perímetro escrotal de machos Nelore de Sertãozinho, SP

Cyrillo,Joslaine Noely dos Santos Gonçalves; Razook,Alexander George; Figueiredo,Leopoldo Andrade de; Bonilha Neto,Luiz Martins; Mercadante,Maria Eugênia Zerlotti; Tonhati,Humberto
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2001 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
Os objetivos deste estudo foram estimar as tendências e os parâmetros genéticos e fenotípicos do peso padronizado aos 378 dias de idade (P378), medidas corporais e perímetro escrotal de machos Nelore, pertencentes às populações selecionadas e controle da Estação Experimental de Zootecnia de Sertãozinho. As herdabilidades, estimadas considerando-se modelo de touro e modelo animal, foram, respectivamente, 0,53±0,12 e 0,36 para P378; 0,38±0,11 e 0,58 para altura na garupa; 0,31±0,10 e 0,10 para perímetro torácico; 0,40± 0,11 e 0,13 para comprimento do corpo; 0,39±0,11 e 0,30 para comprimento do dorso; 0,33±0,10 e 0,12 para comprimento da garupa; 0,08± 0,07 e 0,14 para distância de ísquios; 0,23±0,09 e 0,08 para distância de íleos e 0,57±0,13 e 0,44 para perímetro escrotal. A correlação genética mais alta entre P378 e medidas corporais foi encontrada para perímetro torácico (0,86 ± 0,08); as demais variaram de 0,46 a 0,72. Os resultados deste estudo mostraram que, em função dos valores médios a altos das herdabilidades estimadas para P378 e da maioria das características de medidas do corpo dos animais, houve considerável variação genética aditiva nesses atributos. Além disso, devido às altas correlações genéticas de P378 com a maioria das características...

Perímetro cefálico de crianças das populações remanescentes dos quilombos do estado de Alagoas, segundo adequação estatural, peso ao nascer e exposição ao aleitamento materno.; Head circumference of children from remnant Quilombolas populations of the state of Alagoas according to adequaty linear growth birth weight and expose to brestfeeding.

Xavier Júnior, Antonio Fernando Silva
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Nutrição; Programa de Pós-Graduação em Nutrição; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Nutrição; Programa de Pós-Graduação em Nutrição; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.17%
Objective: The aim of this study was to investigate if the head circumference of stunted quilombolas children differs from that other children with adequate linear growth and if the insufficient birth weight and exclusive breastfeeding in the first month of life intervene with this relation. Methods: The work followed a transversal studying involving all the children of 12 to 60 months (n=725) pertaining to the quilombolas community of Alagoas (n=39). Variables demographics, socioeconomics, of the health and anthropometrics indices had been collected. These had been compared with the curves of the standard of reference of the of WHO 2006. The children had been categorized into two groups in agreement with the presence or not of the malnutrition (stunted/eutrophic), diagnosed by means of the height deficit (height-for-age < -2,0 SD). Each group was divided in two sub-groups agreements the insufficient birth weight (IBW < 3000g). Finally, each sub-group formed two other categories according to the exposition or not to the exclusive breastfeeding in the first month of life (breastfeeding/ not breastfeeding). Thus, eight groups of studies were formed, which, for the statistics analysis, had been expresses as ordinary category variables (1 a 8)...

Análise da abordagem de comprimento, perímetro e área em livros didáticos de matemática do 6º ano do ensino fundamental sob a ótica da teoria antropológica do didático

Valério Gomes da Silva, José; Moreira Baltar Bellemain, Paula (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.21%
O presente estudo teve como objetivo analisar as abordagens de comprimento, de perímetro e de área em livros didáticos aprovados no Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) de 2008 e de 2011 à luz da Teoria Antropológica do Didático (TAD) desenvolvida por Yves Chevallard e seus colaboradores. Os trabalhos de Régine Douady e Marie-Jeanne Perrin-Glorian, segundo os quais a abordagem de área como uma grandeza favorece a construção de seu sentido pelos alunos são tomados como base para nossas análises. O estudo foi desenvolvido em três etapas sucessivas. A primeira etapa permitiu construir uma visão geral do trabalho com esses conteúdos em todos os livros didáticos de 6º ano aprovados no PNLD/2008 e subsidiar a escolha dos livros a serem analisados na etapa seguinte. Na segunda etapa, foram identificados os tipos de tarefa contemplados e os predominantes nos capítulos referentes a comprimento, perímetro e área em oito livros. A terceira etapa consistiu na análise das organizações matemáticas pontuais em torno dos tipos de tarefa predominantes no estudo de comprimento, perímetro e área, em dois livros didáticos de 6º ano. Os resultados dessa pesquisa indicam que, na maioria das obras analisadas, a ênfase nas grandezas geométricas é insuficiente e o foco é na medida e não na grandeza. Os tipos de tarefa predominantes são a conversão de unidades de comprimento...

A construção do conceito de área e da relação entre área e perímetro no 3º ciclo do ensino fundamental: estudos sob a ótica da teoria dos campos conceituais

de Fátima Durão Ferreira, Lúcia; Moreira Baltar Bellemain, Paula (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.17%
O objetivo desta pesquisa foi investigar a construção do conceito de área por alunos do 3º ciclo do ensino fundamental. Nosso trabalho foi desenvolvido tomando como referência a Teoria dos Campos Conceituais, desenvolvida por Gerard Vergnaud (1990) e seus colaboradores. Área é considerada, portanto, como tríade: o conjunto das situações que dão sentido a área, o conjunto de invariantes operatórios subjacentes à ação e o conjunto das representações simbólicas em jogo. Dentre os aspectos focados na pesquisa destaca-se a dissociação entre área e perímetro. Adota-se a abordagem de área e perímetro como grandezas, seguindo as pesquisas desenvolvidas por Douady & Perrin-Glorian (1989), Baltar (1996) e Bellemain & Lima (2002). Nosso percurso metodológico foi composto de quatro estudos, todos realizados com uma turma de alunos de 3º ciclo. O primeiro consistiu na análise da abordagem dos conceitos de área e perímetro nos Parâmetros Curriculares Nacionais de matemática de todo o ensino fundamental e de duas coleções de livros didáticos (uma de 1º e 2º ciclos e uma de 3º e 4º ciclos). O segundo estudo foi a elaboração e aplicação de uma sondagem, para diagnosticar os conhecimentos de alunos de 6º ano acerca de comprimento e área. O terceiro estudo foi a elaboração e aplicação de uma sequência didática composta de uma primeira fase com atividades ad-hoc e uma segunda fase com o livro texto...

Uma análise das relações entre área e perímetro em livros didáticos de 3º e 4º ciclos do ensino fundamental

Luís de Souza Barros, Alexandre; Moreira Baltar Bellemain, Paula (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.05%
Esse trabalho investiga questões conceituais acerca das grandezas geométricas área e comprimento, mais especificamente, seu objetivo é analisar o tratamento dado a esses conteúdos em livros didáticos de 3º e 4º ciclos do Ensino Fundamental. Pesquisas anteriores evidenciam erros freqüentes no estudo desse tema, destacando-se a dificuldade de alunos de Ensino Fundamental em distinguir área e perímetro de figuras. A base teórica fundamental aqui adotada é a proposta por Régine Douady e Marie-Jeanne Perrin-Glorian, segundo as quais na abordagem do conceito de área é necessário distinguir três quadros: o geométrico, o numérico e o das grandezas. Outro aspecto abordado na revisão de literatura é a importância atribuída ao livro didático para a prática do professor, tanto no cotidiano escolar quanto na utilização desse material com finalidade de apoio didático. Realizamos ainda uma breve discussão sobre as recomendações contidas nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN´s) de matemática, sobre o tema em foco. Foram analisadas 7 coleções, escolhidas entre aquelas que constam nos guias de livros didáticos do Programa Nacional do Livro Didático 2002 e 2005. Os resultados mostram que as noções de área e perímetro são freqüentemente usadas para dar suporte ao estudo de outros conteúdos...

Concepções de alunos de pedagogia sobre os conceitos de comprimento e perímetro

Gomes Teixeira, Suelly; Câmara dos Santos, Marcelo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.12%
Esta pesquisa faz parte de um conjunto de trabalhos desenvolvidos pelo Grupo Pró-Grandezas, do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFPE, e tem como objetivo geral investigar as concepções de alunos de pedagogia sobre os conceitos comprimento e perímetro. O suporte teórico de nossa investigação tem raízes nas pesquisas de Règine Douady & Marie-Jeanne Perrin-Glorian (1989), que diferenciam, no estudo do conceito de área, três quadros, a saber: o geométrico, constituído pelas superfícies planas e seus contornos; o das grandezas, constituído por classes de equivalência de superfícies de mesma medida; e, por último, o numérico, constituído pelas medidas das superfícies expressas por meio de números reais positivos. A parte experimental deste trabalho iniciou pela elaboração e realização da análise preliminar de um conjunto de 7 (sete) atividades de comparação e produção, que foram resolvidas por alunos de 2º e 8º períodos do curso de Pedagogia, da Faculdade de Formação de Professores de Nazaré da Mata, sendo realizadas no ambiente papel e lápis. Os resultados da pesquisa revelaram que os alunos, dependendo da atividade, apresentavam concepções diferenciadas, ora situadas no quadro das grandezas...

Interferências do sistema territorial sobre a formação da cooperação : indícios a partir do Perímetro Irrigado do Moxotó- PE.

Batista Vasconcelos, Priscila; Cristina de Almeida Fernandes, Ana (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.21%
Esta dissertação é resultado de dois anos de pesquisa realizada no Perímetro Irrigado do Moxotó PIMOX, situado no município de Ibimirim-PE. Nessa ocasião procuramos responder ao questionamento de quais as variáveis do sistema territorial do PIMOX que dificultaram a formação da cooperação? Baseado nesta pergunta, o objetivo principal definiuse em identificar no sistema territorial do Perímetro Irrigado do Moxotó as principais variáveis que dificultaram a cooperação. Para tanto, realizamos uma revisão de literatura sobre os conceitos de sistema, território e cooperação e realizamos observações a partir de visitas de campo. A dissertação está organizada de acordo com a linha de raciocínio elaborada a cada fase da pesquisa. No primeiro capítulo foi abordado o histórico do sistema territorial em sua configuração e organização, desde sua formação até os dias atuais. No segundo foram apresentados os caminhos metodológicos para identificar as variáveis do sistema territorial que interferiram na formação da cooperação no Perímetro. No terceiro, e último, estão explicitados os resultados alcançados com o trajeto delineado nesta pesquisa. Dentre os resultados destacaram-se as relações territoriais com acentuadas assimetrias calcadas no autoritarismo e paternalismo por parte do DNOCS...

Práticas de ensino supervisionadas do 1º e 2º ciclo do ensino básico: a prática de resolução de problemas na aquisição do conceito de comprimento e de perímetro no 3.º ano de escolaridade

Gomes, Marta Isabel Pereira
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
37.05%
Relatório final apresentado à Escola Superior de Educação de Lisboa para obtenção de grau de mestre em Ensino do 1.º e 2.º Ciclos do Ensino Básico; Este relatório final, intitulado A prática de resolução de problemas na aquisição do conceito de comprimento e de perímetro no 3.º ano de escolaridade, foi elaborado no âmbito da Prática de Ensino Supervisionada, unidade curricular integrada no mestrado em Ensino do 1º e 2º Ciclos do Ensino Básico, na Escola Superior de Educação de Lisboa. Este documento consiste a avaliação e a reflexão crítica respeitante à intervenção realizada numa turma de 3º ano do 1º Ciclo do Ensino Básico, de uma escola da fre-guesia de Lisboa. Aquando da caraterização deste contexto educativo, listámos um conjunto de potencialidades e fragilidades dos alunos, o qual resultou na identificação da problemática e posterior definição dos objetivos gerais do plano: (i) Desenvolver competências sociais que contribuam para o cumprimento de regras, bem como para a participação ativa na dinâmica da aula; (ii) Desenvolver hábitos de leitura para cons-truir novos conhecimentos; (iii) Escrever para responder a diferentes propostas de tra-balho; (iv) Desenvolver o raciocínio matemático...