Página 1 dos resultados de 364 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Sistema de fundos de pensões em Portugal

Santos, Tiago Ferreira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.68%
Os Governos manifestam um crescente interesse pelos regimes privados de reforma, mais do que pelos regimes públicos, como meio de assegurar rendimentos aos pensionistas. As pensões de reforma representam, actualmente, a parte mais pesada das despesas sociais nos orçamentos públicos e prevê-se que essa parte da despesa pública venha a aumentar nos próximos anos. O facto de os regimes atingirem a maturidade, independentemente de outros factores, provoca um agravamento das despesas e o envelhecimento das populações contribui para ampliar esses efeitos. Por outro lado, os períodos decorrentes de desemprego elevado e de fraco crescimento limitam as actuais capacidades orçamentais dos governos. O tema a reforma da segurança social é, nos dias de hoje, um dos mais debatidos a nível mundial. De facto, as alterações significativas que se registam a nível da organização social e do trabalho e no padrão de crescimento económico, conjugadas com um processo de envelhecimento demográfico, vieram alterar a estabilidade orçamental da generalidade dos modelos de financiamento dos sistemas de segurança social. Os Governos começam, por isso, a encarar as pensões do sector privado como um meio de assegurar rendimentos aos reformados nos próximos anos...

Planos de pensões em montepios de sobrevivência: contributos de Daniel Augusto da Silva na verificação da sua viabilidade

Martins, Ana Patrícia
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /08/2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.68%
Resumo de comunicação no VI Encontro Luso- Brasileiro de História da Matemática, S. João del Rey, Minas Gerais, Brasil, 28 a 31 de Agosto de 2011 (actas no prelo); Daniel Augusto da Silva (1814-1878), importante matemático português do século XIX cuja produção científica se destaca nas áreas da Mecânica e Teoria dos Números, contava com cerca de cinquenta anos quando inicia o estudo da estabilidade financeira do Montepio Geral, do qual se tornara sócio. A vida efémera de grande parte dos montepios que operavam no século XIX em Lisboa e que facultavam pensões de sobrevivência era resultado da falta de princípios sobre os quais se estabeleciam as contribuições dos seus sócios e as pensões legadas aos respectivos herdeiros. O Montepio Geral, criado em 1840, era a mais próspera instituição do género mas também na década de 1860 se questionou a viabilidade do seu plano de pensões. O matemático compôs dois escritos sobre esse montepio onde conclui sobre a inadequação do plano de pensões em vigor, recorrendo à teoria de anuidades sobre a vida exposta em tratados clássicos ingleses. Escreve um artigo mais genérico para uso de montepios de sobrevivência sobre amortização de pensões...

A sustentabilidade do plano de pensões do Montepio Geral no século XIX. O contributo do matemático Daniel Augusto da Silva

Martins, Ana Patrícia
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /11/2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.24%
Resumo alargado da comunicação proferida no XXXI Encontro da Associação Portuguesa de História Económica e Social, Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, 18 e 19 de Novembro de 2011; Dos montepios de sobrevivência portugueses que no século XIX operavam em Lisboa, o Montepio Geral era, sem dúvida, o mais próspero. Criado em 1840, sob o nome Montepio Literário, propõe-se socorrer os sócios em caso de perda de emprego, sendo a mais significativa das assistências o proporcionar pensões de sobrevivência às famílias após o seu falecimento. Ao longo do século XIX mantiveram-se esses fins, acrescentando-se outras abrangências que de igual modo observavam os princípios de mutualidade característicos dessas associações. Em meados da década de 1860 afirmam-se receios sobre a sua estabilidade financeira, duvidando-se da capacidade de garantir os encargos futuros apesar do prodigioso crescimento verificado por um quarto de século.

Fundos/Planos de pensões em Portugal

Oliveira, Silvana Gonçalves de
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.89%
Trabalho de projecto de mestrado em Matemática aplicada a Economia e Gestão, apresentado à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2013; O presente documento descreve o estágio de nove meses realizado sob a orientação do Mestre João Carlos Marques Ferreira na Empresa Mercer. Mercer é uma empresa líder global em serviços de consultoria nas áreas de talentos, saúde, pensões e investimentos. Tal estágio teve como objetivo o conhecimento teórico do meio envolvente em fundos de pensões, plano de pensões e avaliações atuárias, bem como a aplicação prática desses conceitos em empresas reais. O trabalho realizado durante o período do estágio foi na sua maioria sobre planos de pensões de benefício definido e posto isto, este relatório terá um especial destaque a este tipo de plano. Numa primeira fase apresentou-se alguns conceitos de fundos de pensões, planos de pensões e noções atuárias que irão ajudar a compreensão e o desenvolvimento deste trabalho bem como o enquadramento dos fundos de pensões no mercado durante o ano de 2012. Após o conhecimento dos conceitos acima referidos serão apresentados os riscos associados aos diferentes planos de pensões uma vez que este conceito representa um papel fundamental na escolha do tipo de plano de pensão a adotar pelas empresas. Com o conhecimento dos riscos associados aos diferentes planos de pensões será abordado outro tema de estrema importância numa avaliação atuarial nomeadamente os desvios atuariais considerando diferentes cenários...

Análise e previsão do valor acumulado de um fundo de pensões

Oliveira, Marta Alexandra Azevedo
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
37.68%
Tese de mestrado em Matemática Financeira, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2014; O objetivo deste trabalho é o desenvolvimento de uma análise econométrica, para estimar um modelo que nos permita estimar e analisar o valor do fundo de pensões num determinado momento de tempo. Para o efeito, considerou-se uma amostra de variáveis provenientes da Associação Portuguesa de Fundos de Investimentos, Pensões e Patrimónios (APFIPP) respeitantes a rentabilidades anualizadas de um Fundo de Pensões. Antecedendo à implementação prática dos modelos econométricos é apresentada a evolução nos regimes solidários portugueses, de forma a enquadrar a relevância dos Fundos de Pensões e, ainda, efetuado um referencial teórico que visa fornecer, de forma gradual, informações consideradas indispensáveis à compreensão dos modelos econométricos em causa. Assim, apresentamos de forma detalhada o processo necessário para determinação e análise de um modelo econométrico adequado para a obtenção das previsões pretendidas. Estes modelos poderão surgir como uma boa ferramenta de utilização não só individual, como também pelas empresas, aquando da determinação do montante que pretendem aceder no momento da reforma.; The main objective of this work is the development of an econometric analysis...

O Impacto das alterações na contabilização dos benefícios com Fundos de Pensões e a importância das novas exigências de informação

Sousa, Helena Isabel Viegas Fialho Fradique de
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.62%
Mestrado em Ciências Actuariais; Desde 01 de janeiro de 2013, a informação financeira divulgada nos Relatórios Atuariais dos Fundos de Pensões através da IAS19 ("Benefícios concedidos dos empregados") é efetuada respeitando a revisão de 16 de junho de 2011 pela International Accounting Standarts Board (IASB), designada por IAS19R (IAS19 revista em 2011). O objetivo é criar uma maior consistência na informação de benefícios a empregados em matéria de custos e riscos inerentes ao Fundo de Pensões, melhorando assim a comparabilidade. Este projeto visa analisar estas alterações, aplicando-as a um Fundo de Pensões e reunir informação sobre o que está a mudar na contabilização e no reporte das responsabilidades com Fundos de Pensões.; Since January 1, 2013, the financial information included in Pension Funds Actuarial Reports (Employee Benefits) is described by IAS19 issued revision on June 16, 2011 published by the International Accounting Standards Board (IASB). The objective of IAS19R (IAS19 revised in 2011) is to create greater consistency in the information on employee benefits in terms of costs and risks to the Pension Fund, improving comparability. The purpose of this work is analyze these changes by applying them to a pension fund and understand what is changing in accounting and reporting responsibilities with Pension Funds.

A sustentabilidade financeira do sistema de pensões da segurança social portuguesa

Vaz, Tiago Miguel Ramalho
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.68%
Trabalho de Projecto, Mestrado em Economia e Políticas Públicas/ JEL Classification: H55; J26; Enquanto conquista civilizacional, o Welfare Sate permitiu às populações ocidentais atingir condições de vida nunca antes alcançadas. Assente nos Pilares da Saúde e da Segurança Social, o Estado do Bem-Estar prosperou nos trinta gloriosos anos do Capitalismo. Todavia, a sua lógica de funcionamento revelou-se acertada em contextos demográficos e económicos específicos, como os do período citado. Surgem os problemas quando a estabilidade no ritmo de crescimento daquelas dimensões “enfraquece”. Neste trabalho de projecto aprofunda-se a crise do Welfare State, focando a análise no Pilar da Segurança Social, mais precisamente na sua função de Protecção Social na Velhice. Tendo o Sistema Público de Pensões Português enquanto Estudo de Caso, pretende-se responder à seguinte questão: Como Garantir a Sustentabilidade Financeira do Esquema Público de Pensões? Inerente à mesma, existem dois grandes objectivos: identificar em que medida está garantida a citada sustentabilidade do Sistema; e apresentar sugestões de reforço do seu equilíbrio financeiro. Segundo o Modelo de Previsão desenvolvido...

Impacto das alterações na lei de bases da segurança social na solvência dos fundos de pensões

Martins, Ana Isabel da Silva
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
37.77%
Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade Nova de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Matemática e Aplicações - Actuariado, Estatística e Investigação Operacional; O Regime Geral da Segurança Social celebra, entre outras regalias sociais, a atribuição de pensões em caso de velhice, invalidez e morte. Nos últimos tempos tem vindo a assistir-se a várias alterações no sistema de cálculo das pensões atribuídas pela Segurança Social. Com efeito, verificaram-se mudanças importantes no ano de 1994 com a entrada em vigor do Decreto-Lei n.º 329/93, de 25 de Setembro, em 2002 com o Decreto-Lei n.º 35/02, de 19 de Fevereiro, e, por último, em Junho de 2007 com o Decreto-Lei n.º 187/07, de 10 de Maio. O trabalho desenvolvido incide sobre o impacto das alterações da Lei de Bases da Segurança Social na solvência dos Fundos de Pensões que financiam planos de benefício definido, complementares ao regime de Segurança Social, em particular, os planos definidos no Acordo Colectivo de Trabalho do Sector Bancário (ACT- SB). Perante este cenário, com uma manifesta tendência para a redução do valor das prestações garantidas pela Segurança Social, torna-se importante aferir o impacto que estas alterações possam ter na solvência destes Fundos de Pensões. Verificando-se a tendência para a diminuição das pensões da Segurança Social...

As aposentadorias e pensões e a concentração dos rendimentos domiciliares per capita no Brasil e na sua área rural: 1981 a 2003

Ferreira,Carlos Roberto; Souza,Solange de Cássia Inforzato de
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.53%
Este trabalho tem como objetivo analisar a participação e a contribuição do rendimento domiciliar "aposentadorias e pensões" para a desigualdade da distribuição do rendimento domiciliar per capita no Brasil e Brasil Rural, no período de 1981 a 2003. Para isso, revisa a literatura sobre concentração de renda e previdência social, e utiliza a metodologia de decomposição do índice de Gini levando em consideração os componentes: rendimento do trabalho principal, rendimento de outros trabalhos, aposentadorias e pensões, doações, rendimentos de aluguel e outros rendimentos (juros, dividendos etc.). Destaca-se, nos resultados, a crescente participação das aposentadorias e pensões nos anos 1990 em relação à década anterior, com maior intensidade no Brasil rural, explicada pelas políticas sociais e econômicas do período. A contribuição dessa parcela de rendimento domiciliar para a concentração de renda é significativa para o Brasil em nove dos 18 anos analisados, e para a área rural a partir da década de 1990.

"Aposentadorias e Pensões" e desigualdade da renda: uma análise para o Brasil no período 1998-2003

Ferreira,Carlos Roberto; Souza,Solange de Cássia Inforzato de
Fonte: Instituto de Economa da Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Instituto de Economa da Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.62%
Este trabalho tem como objetivo avaliar a contribuição do componente do rendimento domiciliar "aposentadorias e pensões" para a desigualdade da distribuição do rendimento domiciliar per capita no Brasil, nos meios rural e urbano, em 1998, 1999, 2001, 2002 e 2003. Para isso, utilizaram-se estratos de rendimento domiciliar per capita e a metodologia de decomposição do índice de Gini dos seguintes componentes: rendimento do trabalho principal, rendimento de outros trabalhos, aposentadorias e pensões, doações, rendimentos de aluguel e outros rendimentos (juros, dividendos etc.). Destaca-se, nos resultados, a substancial contribuição das aposentadorias e pensões para a desigualdade da distribuição da renda no Brasil. A estratificação dos rendimentos domiciliares permitiu a constatação de que, no Brasil rural, o percentual de domicílios e pessoas na população e os rendimentos total e das aposentadorias e pensões estão localizados nos estratos inferiores da renda.

Os planos de pensões de benefícios definidos e os factores explicativos da sua evolução na esfera dos associados: evidência empírica das entidades concluídas no PSI-20 no período de 2005 a 2009

Cariano, António José Rodrigues de Almeida
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /01/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.62%
Mestrado em Contabilidade e Gestão das Instituições Financeiras; A presente dissertação pretende analisar a existência de associação entre as entidades detentoras de planos de pensões e os elementos que caracterizam os planos subscritos por tais entidades, sendo objecto deste estudo os planos de pensões de benefícios definidos. A partir de uma abordagem baseada na análise de conteúdo, e tendo como suporte documental as Demonstrações Financeiras inseridas no Relatório e Contas Consolidadas, a amostra deste estudo integra as entidades com valores mobiliários admitidos à negociação na Euronext Lisboa incluídas no índice PSI-20, durante o período compreendido entre 2005 e 2009. Da revisão de literatura efectuada, foram definidas hipóteses de associação significativa entre determinados factores que caracterizam as referidas entidades, nomeadamente, os elementos do Balanço e da Demonstração dos Resultados relativos à dimensão, ao endividamento e à rendibilidade, e os elementos caracterizadores dos planos de pensões subscritos por tais entidades, nomeadamente, o activo total do plano, a variação anual de tais activos e o défice do plano. Os dados recolhidos foram posteriormente submetidos a técnicas de análise univariada e bivariada...

Modelos de otimização para a gestão de ativos e passivos nos fundos de pensões

Melo, Ricardo Brito
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.53%
Mestrado em Decisão Económica e Empresarial; No futuro teme-se que as pensões de reforma por velhice possam estar subfinanciadas, devido ao envelhecimento da população e também ao início tardio da vida laboral. É possível que, para tentar contornar esta situação, seja necessário um aumento significativo no nível das contribuições feitas pelos empregadores e empregados. Uma forma de procurar minimizar esse aumento é o recurso a modelos de otimização, que serão aplicados precisamente à gestão dos ativos e passivos associados a fundos e planos de pensões. Este trabalho, que é essencialmente um estudo teórico, está dividido em duas partes. Na primeira, apresentam-se os aspetos essenciais dos planos e fundos de pensões e também os conceitos fundamentais na gestão de ativos e passivos (Assets and Liabilities Management - ALM), pois não são temas tratados na parte curricular do mestrado, nem na licenciatura. Na segunda, depois de uma análise bastante exaustiva da volumosa literatura existente sobre o tema, apresentam-se oito trabalhos que foram selecionados atendendo ao propósito de procurar dar a conhecer, tanto quanto as restrições de dimensão do texto o possibilitam, as diferentes abordagens para a resolução do importante problema em causa.; Retirement pensions may be at risk in a future not so far...

Contributo do setor dos seguros e dos fundos de pensões para o crescimento económico de Angola.

Arão, Ernesto Wali
Fonte: Universidade Portucalense Publicador: Universidade Portucalense
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
37.68%
O trabalho que nos propusemos fazer tem por objetivo a análise da performance do setor dos seguros e dos fundos de pensões em Angola, de modo a compreendermos a evolução e funcionamento dos setores em causa, assim como conhecer as principais tendências e os desafios que irão enfrentar às seguradoras e entidades gestoras de fundos de pensões, e o contributo destes para o crescimento económico de Angola. Os dados analisados na presente monografia são provenientes do Instituto de Supervisão de Seguro de Angola (ISS) e das seguradoras Angolanas, o que nos permitiram conhecer melhor a evolução e o papel que têm desempenhado os setores dos seguros e dos fundos de pensões no crescente mercado financeiro Angolano e no produto interno bruto. O setor dos seguros e dos fundos de pensões estão em crescimento, apesar de estarem em lenta ascensão e das inúmeras vicissitudes que os setores enfrentam, como a falta de fiscalização, que condiciona o grau de eficácia, que descreve os traços de imaturidade que tem sido confrontada com as novas tendências da internacionalização do seguro e das mudanças no sistema financeiro internacional. Os diferentes rácios macroeconómicos mostram que os setores alvos estão em desenvolvimento...

Participação das aposentadorias e pensões na desigualdade da distribuição da renda no Brasil no período de 1981 a 2001. ; The participation of retirements and pensions in the inequality of income distribution in Brazil from 1981 to 2001.

Ferreira, Carlos Roberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/05/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.83%
O modelo de financiamento do sistema previdenciário brasileiro é o de repartição simples, bastante sensível a mudanças estruturais de caráter econômico. Algumas dessas mudanças estruturais que afetaram a previdência, tiveram origem na Constituição de 1988, no crescente envelhecimento da população, no aumento da informalidade de vínculo trabalhista e em problemas políticos e administrativos no regime de previdência. Tais mudanças levaram a previdência a apresentar déficits elevados a partir de meados dos anos 90. Verificou-se que alguns princípios previdenciários como solidariedade, redistribuição e eqüidade não foram respeitados. Observou-se a existência de distorções no valor de aposentadorias e pensões, privilegiando poucos e evidenciando a existência de problemas no modelo de repartição simples. Este trabalho teve como objetivo principal verificar se o rendimento das aposentadorias e pensões contribuiu para aumentar a desigualdade da distribuição de renda no Brasil. Utilizou-se a metodologia de decomposição do índice de Gini, que consiste em determinar a contribuição de cada parcela do rendimento para a desigualdade total, utilizando-se os dados da Pesquisa Nacional de Amostras Domiciliares (PNAD) de 1981 a 2001. Através dos estratos de rendimento domiciliar per capita agregados...

A avaliação actuarial na óptica das comissões de acompanhamento dos planos de pensões

Rosa, Maria Dora de Jesus Duarte da
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.83%
Mestrado em Ciências Actuariais; This report describes the six-month internship conducted at the Sociedade Gestora de Fundos de Pensões under the guidance of Fatima Pires de Lima, MD and is divided into three parts: the selection of concepts and other theoretical tools; The evaluation of an actuarially defined benefit pension plan managed by the company where the internship took place, that also allows the validation of programs and assumptions used by the responsible actuary; The creation of a support manual, which will be useful not only to the company where the internship took place, but also to other monitoring committees of pension plans. Initially, the concepts, terms and commonly used actuarial valuation methods crucial to the work of the internship were identified, as well as the actuarial assumptions (specifically the mortality table, salary growth rate and discount rate), the funding level and the techniques used in asset management. The actuarial valuation assumptions used by the ten largest pension funds in Portugal were also directly analysed from actuarial reports, accounts and their respective funding levels. Based on the actual population of a pension plan and following the procedures used by the actuary, the value of past...

A nova lei de cálculo de pensões no sistema de segurança social : alguns indicadores da mudança

Bragança, Ana Sofia Diogo Carvalho Freixedas
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2004 POR
Relevância na Pesquisa
37.53%
Mestrado em Ciências Actuariais; O problema da sustentabilidade dos sistemas de Segurança Social tem assumido uma importância cada vez maior na nossa sociedade. O envelhecimento da população, aliado ao aumento da esperança média de vida, suscita dificuldades acrescidas nesse equilíbrio, criando-se a necessidade evidente de reformular sucessivamente a Lei de Bases. Os efeitos sobre as fórmulas de cálculo das pensões de velhice, invalidez e sobrevivência, as prestações mais gravosas para o sistema, são sempre inevitáveis. Esta dissertação pretende estudar, através de alguns indicadores, os efeitos da introdução da nova lei de cálculo das pensões no sistema de Segurança Social, não só em termos dos valores das prestações, mas também, de algum modo, sobre a possibilidade de sobrevivência do próprio sistema actual. Começando por se fazer uma apresentação da evolução do conceito de protecção social e das condicionantes de foro demográfico, social e económico, faz-se depois uma actualização, com dados mais recentes, e usando um modelo conhecido, de projecções efectuadas há algum tempo sobre a evolução futura do sistema. Uma vez este diagnóstico realizado, propõe-se então um conjunto de indicadores que permitirão concluir sobre os efeitos da alteração na fórmula de cálculo das pensões.; The financial sustainability of the Social Security systems is a problem with a growing importance in most western countries. The effects of both ageing populations and always increasing average life expectation bring notorious difficulties to that sustainability and create the necessity of a continuously legal effort...

Supervisão dos fundos de pensões baseada na avaliação dos riscos

Santos, Célia Cristina Antunes dos
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2008 POR
Relevância na Pesquisa
37.73%
Mestrado em Ciências Actuariais; Os sistemas de pensões privados têm um papel primordial na economia de um país, nomeadamente em Portugal. Dado o clima de incerteza da sustentabilidade financeira a longo prazo da Segurança Social portuguesa, os fundos de pensões revestem-se de um carácter fundamental na constituição de poupanças para a reforma, bem como constituem um meio de desenvolvimento do mercado financeiro e de capitais. De tal forma, a exigência de uma supervisão proactiva, atenta aos diversos riscos incorridos por um determinado fundo de pensões, não se restringindo apenas ao seu estado de solvência ou à respectiva entidade gestora, ganha cada vez maior expressão no contexto actual. A presente dissertação procura apresentar linhas orientadoras para a construção de um modelo baseado na avaliação dos riscos de um fundo de pensões, passando pela situação actuarial, as características do plano de pensões e da população, bem como pelos parâmetros exógenos a ele afectos, designadamente os relacionados com o associado, o mercado de capitais e a qualidade de gestão. Ainda, tendo em conta alguns riscos quantificáveis, tais como os financeiros e os demográficos, é efectuada uma aplicação prática com vista à determinação do requisito de capital de um determinado fundo de pensões para a cobertura daqueles riscos...

Rendimentos domiciliares com aposentadorias e pensões e as decisões dos jovens quanto à educação e à participação na força de trabalho; Texto para Discussão (TD) 1262: Rendimentos domiciliares com aposentadorias e pensões e as decisões dos jovens quanto à educação e à participação na força de trabalho; Retirement and pension in the household income and the decisions of young people regarding education and participation in the workforce

Reis, Maurício Cortez; Camargo, José Márcio
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
37.62%
Os rendimentos com aposentadorias e pensões representam uma parcela importante da renda de muitos domicílios no Brasil. Argumentamos neste artigo que os elevados valores desses benefícios, ao aumentarem a renda domiciliar per capita, podem influenciar as decisões dos jovens moradores dos domicílios quanto a trabalhar e estudar. De acordo com os resultados encontrados, aumentos na renda domiciliar provenientes de aposentadorias e pensões reduzem a taxa de participação dos jovens na força de trabalho. Os resultados também indicam que essa redução na participação está associada a um aumento na proporção de jovens estudando. Entretanto, as evidências também indicam que rendimentos com aposentadorias e pensões aumentam a probabilidade de que os jovens não estejam estudando nem participando do mercado de trabalho.; 25 p.

Gestão de carteira de activos de fundos de pensões

Pereira, Maria Leonor Vidal de Beça
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.68%
Mestrado em Finanças; O sistema de pensões português passa por algumas dificuldades relativamente à sua sustentabilidade. Este facto levou a que em 2007 fossem levadas a cabo uma série de alterações na legislação, com a aprovação do Decreto-Lei n.º 187/2007 de 10 de Maio. Uma das principais alterações é a que introduz um factor de sustentabilidade no cálculo das pensões, de forma a garantir que os pagamentos das pensões não sejam afectados. É neste contexto, de alguma incerteza, que o recurso a Fundos de Pensões (FP) privados surge. O presente relatório diz respeito a um estágio realizado numa gestora de FP, a Caixa Gestão de Activos, SGPS, S.A.. O estágio teve a duração de 5 meses e centrou-se na gestão de activos e interpretação de medidas de apoio à gestão. O relatório divide-se em seis capítulos. Começa por introduzir o tema dos FP e apresentar um pouco da história da instituição onde foi realizado o estágio. Seguidamente apresenta-se uma revisão literária sobre os temas chave abordados e uma pequena informação estatística sobre o sector do FP em Portugal. No quarto capítulo apresenta-se as actividades desenvolvidas no âmbito estágio de forma detalhada. Os últimos dois capítulos são constituídos pelas conclusões do trabalho e a bibliografia utilizada.; The Portuguese pension system is going through a number of difficulties regarding its sustainability. This evidence led to several changes in legislation...

Novas lógicas de transição dos sistemas de segurança social: os sistemas de pensões mistos

Prata, Lúcia Joaquina Almeida
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.42%
A presente dissertação pretende estudar as características dos modelos de segurança social no mundo, nomeadamente aqueles que realizaram a criação de contas individuais nos sistemas de pensões, e averiguar como poderia ser aplicado ao nosso país um modelo que contemplasse uma componente de capitalização na formação de pensões. Partindo da opinião de vários especialistas na matéria, de que o modelo de repartição na sua forma pura se encontra esgotado, toma-se urgente encontrar um modelo que garanta a sustentabilidade financeira da segurança social no longo prazo, sem descurar contudo os valores constantes do Modelo Social Europeu. No presente estudo do subsistema Previdencial e sua reforma, são tomados em conta também os fundamentos económicos, demográficos e sociais que constituíram as bases do moderno Estado-Providência, bem como a situação atual na União Europeia e principalmente em Portugal. 0 Presente estudo centra-se na combinação efetuada, por vários países, dos sistemas PAYG com uma componente de capitalização, tentando averiguar, sempre que possível, os problemas enfrentados por cada país durante a transição e os exemplos a seguir face à conjuntura económica de Portugal. /ABSTRACT - New Logics of Transition of Social Security Systems: the multipillar pension systems The present essay is an attempt to study the characteristics of the social security models...