Página 1 dos resultados de 139 itens digitais encontrados em 0.065 segundos

Formação corporal de professoras de bebês: contribuições da Pedagogia do Teatro; Body instruction for teachers of babies: contributions of the Theatre Pedagogy

Lombardi, Lucia Maria Salgado dos Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
65.87%
A pesquisa tem por objeto a formação corporal do profissional de educação que trabalha com a primeira fase de vida do ser humano, mais precisamente o período compreendido entre o nascimento e os três anos de idade, por se reconhecer a importância do período de "chegada à vida" na constituição do psiquismo. O objetivo geral foi verificar como tem sido feita a formação de pedagogos na linguagem expressiva corporal voltada ao trabalho pedagógico com os bebês, analisando as possibilidades, os desafios e as necessidades dessa formação. Como procedimento metodológico foi criado um curso de extensão na Faculdade de Educação da USP, do qual participaram sessenta e seis pedagogas que trabalham em Centros de Educação Infantil localizados nos municípios de São Paulo, Barueri, Cotia, Embu e Francisco Morato, e no qual foram utilizados os conhecimentos do campo da Pedagogia do Teatro como mediadores de formação. Os resultados denunciam que a ausência de formação corporal priva os pedagogos, entre outros aspectos: da compreensão do corpo e do movimento como condição indispensável para a construção de conhecimento e para o trabalho pedagógico com bebês; da compreensão das linguagens expressivas na primeira infância; e...

Formação de sanitaristas : cartografias de uma pedagogia da educação em saúde coletiva

Armani, Teresa Borgert
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
45.81%
A tese estabelece uma cartografia da formação em saúde pública, explorando uma pedagogia da Educação em Saúde Coletiva como potência de composição de cenários de ensino e aprendizagem da formação de sanitaristas. A cartografia abarca 26 Cursos de Especialização em Saúde Pública, realizados pela Escola de Saúde Pública do Rio Grande do Sul, no período de 1975 a 2004, o que também configura os 30 anos de educação em saúde coletiva no estado do Rio Grande do Sul. É um estudo mobilizado pelas inquietudes de um fazer educacional e pela construção de uma política pública de formação na perspectiva de uma agenda pública do setor da saúde. Trata-se de um exercício de pensamento sobre esta formação de sanitaristas e sobre a Educação em Saúde Coletiva, explorando os contornos e potencialidades dessa experiência no contexto da Reforma Sanitária brasileira. A formação dos sanitaristas surge na produção de subjetividade e na problematização de conhecimentos, orientados para o Sistema Único de Saúde (ou para a Saúde Coletiva) – uma escolha ético-estético-política do processo de formação. A cidadania e a alteridade surgem como os fios tecedores e reconciliadores da saúde pública com a atenção à saúde. Um processo educativo que descobre a integralidade. É ético: modificação de si...

Pedagogia da alternância na educação rural/do campo : projetos em disputa; The pedagogy of alternating in rural/country education: competing projects competing projects

Ribeiro, Marlene
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
45.86%
O artigo aborda a educação rural/do campo gestada nos movimentos sociais populares. Focaliza as experiências das Casas Familiares Rurais (CFRs) e das Escolas Famílias Agrícolas (EFAs), vinculadas aos sindicatos de trabalhadores rurais, Organizações Não Governamentais (ONGs) e associações comunitárias, e as experiências da Fundação de Desenvolvimento, Educação e Pesquisa da Região Celeiro (FUNDEP) e do Instituto de Capacitação e Pesquisa da Reforma Agrária (ITERRA), vinculadas à Via Campesina-Brasil. O objetivo é captar, nas experiências de formação que articulam trabalho-educação feitas por esses movimentos e organizações, as contradições expressas nas práticas/concepções de Pedagogia da Alternância. Tais contradições têm o potencial de iluminar os projetos de sociedade perspectivados pelos sujeitos coletivos que constroem suas propostas pedagógicas assentadas sobre a relação trabalho produtivo e educação escolar. Nesse sentido, a Pedagogia da Alternância pode apontar para uma relação trabalho-educação de novo tipo, tendo por base a cooperação e a autogestão. No entanto, pode também significar formas de controle das tensões sociais, acenando para a possibilidade de o agricultor permanecer na terra...

Organizações multilaterais e curso de pedagogia

Triches, Jocemara
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 273 p.| tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
45.96%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Florianópolis, 2010; A pesquisa objetivou investigar a presença de diretrizes oriundas de Organizações Multilaterais (OM) nas políticas de formação docente no Brasil, especialmente na definição das Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Pedagogia, efetivadas pela Resolução CNE/CP n. 1/2006. A mudança empenhada no Curso de Pedagogia faz parte de um conjunto maior de reformas do Estado, iniciadas na década de 1990, tendo em vista adaptações às novas demandas da sociedade capitalista neoliberal que exigem profissionais polivalentes e flexíveis para o mercado, para a manutenção do controle da sociedade para que a hegemonia burguesa seja garantida. Nesse processo, a educação, a escola e os professores são vistos como elementos estratégicos, pois sobre eles são colocadas a origem e as soluções dos problemas sociais e econômicos. Para tanto, faz-se necessário reconvertê-los por intermédio de um conjunto de reformas da formação e profissionalização docente. Tais mudanças têm se consolidado mediante a consecução de um consenso em torno de uma "agenda globalmente estruturada para educação"...

Controle e coerção: a pedagogia do olhar na espacialidade do teatro e das organizações

Vergara,Sylvia Constant; Carvalho,José Luis Felício dos Santos de; Gomes,Ana Paula Cortat Zambrotti
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2004 PT
Relevância na Pesquisa
65.94%
Este ensaio aborda o tema da coerção e do controle, amplamente tratado no campo dos estudos críticos em Administração, privilegiando o espaço físico. Porém o faz numa perspectiva alternativa: toma a evolução histórica da espacialidade teatral e estabelece analogias com a espacialidade nas organizações. Para tanto, são analisados o anfiteatro grego, o teatro de Roma, os palcos medievais, o palco italiano e, adicionalmente, a sala de cinema. O objetivo é argumentar que no espaço físico controla-se, pedagogicamente, o olhar do indivíduo para que propósitos políticos, econômicos e culturais sejam realizados. Tal acontece tanto pelo emprego de modos coercitivos e diretos de controle quanto de modos normativos, mais sutis.

Participação da população: do controle sobre os recursos a uma produção estética da clínica e da gestão em saúde

Ferla,Alcindo Antônio
Fonte: IMS-UERJ Publicador: IMS-UERJ
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2004 PT
Relevância na Pesquisa
45.78%
O artigo relata parte de trabalho cartográfico realizado pelo autor, que buscou idéias populares e oficiais inovadoras para a clínica e para a pedagogia médica, associando-as a evidências similares coletadas por ocasião da etapa nacional da XII Conferência Nacional de Saúde. Por meio da análise desse material empírico, é possível afirmar que os espaços de participação da população no sistema de saúde vêm produzindo contribuições inovadoras à clínica em saúde e à gestão do sistema de saúde. Essas contribuições atuam no sentido de reconfigurar a clínica e a gestão, interferindo, em grande medida, no próprio sentido do controle social, como habitualmente é referida a diretriz constitucional de participação da população no sistema de saúde. Tal movimento, que fortalece um plano de produção estética desses conceitos, é direcionado de forma similar a um conjunto de processos que marcam, segundo diversos autores, o limite de conceitos que a ciência moderna vem utilizando para produzir conhecimentos. Dessa forma, é possível supor que o que se denomina com alguma freqüência de crise no controle social sobre o sistema de saúde possa ser, na verdade, uma insuficiência de recursos interpretativos para capturar um plano de maior potência da participação da população e de expressão mais atual.

A arte de bem morrer no Rio de Janeiro setecentista

Rodrigues,Cláudia
Fonte: Pós-Graduação em História, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais. Publicador: Pós-Graduação em História, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
45.8%
Este artigo analisa alguns aspectos evidenciadores do controle eclesiástico sobre morte e o morrer, no Rio de Janeiro do Setecentos. Partindo da constatação da existência de um certo padrão das atitudes e sensibilidades católicas diante da morte, na sociedade brasileira, do período colonial até meados do século XIX, procura demonstrar que este padrão resultou de um longo processo de clericalização da morte, que remonta ao período medieval. Detendo-se na análise da preparação dos fiéis para a morte, propõe que esta evidencia o cumprimento de algumas das determinações eclesiásticas sobre o morrer por parte de um percentual considerável dos habitantes do Rio de Janeiro, no século XVIII. Ao longo do artigo, busca-se justificar que este cumprimento expressava o medo dos fiéis das punições que, segundo a Igreja, teriam no além-túmulo, caso não seguissem os ensinamentos eclesiásticos sobre o bem morrer, profundamente marcados pela chamada pedagogia do medo.

Pedagogia da inclusão e a Justiça Restaurativa: escapes com Kafka

Schuler,Betina; Matos,Sônia Regina da Luz
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
45.84%
Este artigo problematiza a pedagogia da inclusão como um discurso majoritário na contemporaneidade, aqui analisada especificamente em sua filiação ao campo jurídico em práticas escolares. Para tanto, escavamos genealogicamente o discurso da Justiça Restaurativa para entender como vem sendo operado na escola para o governo dos riscos. Esburacamos os efeitos de subjetivação nestas práticas escolares de segurança, localizando o rastelo escolar que produz um modo específico de existência, o ofensor, capturado em práticas disciplinares e de controle. Apresentamos uma investigação inspirada no pensamento da diferença e nas galerias da toca kafkiana, experimentando outros modos de existência para o espaço escolar a partir da arte do silêncio como uma ética kafkiana.

Lições do Rio Grande: “a boa pedagogia” nos discursos sobre a produção de um currículo para a educação física escolar

Silva, Bruno de Oliveira e
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
45.77%
Este estudo se localiza na linha de Pesquisa Educação Científica: Implicações das Práticas Científicas na Constituição dos Sujeito. E teve como objetivo descrever, problematizar e investigar os artefatos pedagógicos colocados em operação na produção do documento conhecido como ‘Lições do Rio Grande’, referencial curricular para as escolas estaduais do Rio Grande do Sul, em especial o componente curricular da Educação Física. O material foi produzido no âmbito da Secretaria de Estado da Educação entre os anos de 2008 e 2009. A investigação realizada apoiou-se nas teorizações pós-estruturalistas, utilizando termos analíticos da análise cultural, com contribuições da história oral na construção de dados empíricos (entrevistas). Dessa maneira, considero os Referenciais Curriculares do RS um artefato pedagógico que emerge de objetos resultantes das relações de poder-saber-sujeito, de ordem política, epistemológica, científica e pedagógica, tornado visível no regime de verdade de uma determinada política curricular, que em sua discursividade determina o conhecimento a ser desenvolvido/trabalhado no ambiente escolar. As Lições do Rio Grande estimulam e pautam um conjunto de técnicas de si e de denominação que objetivam organizar e administram a condução de condutas do professorado e permite governar a conduta dos alunos. É possível afirmar que o currículo por competências se associa a uma perspectiva de educação sintonizada...

O processo de aprendizagem de professores do ensino fundamental: apropriação da habilidade de planejar situações de ensino de conceitos

Ribeiro, Raimunda Porfírio
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.89%
La investigación fue realizada con profesores de los años iniciales de la enseñanza básica, alumnos de la carrera de Pedagogía Licenciatura Plena del PROBÁSICA de Ceará-Mirim (RN). Tuvo como objetivo general el estudio de lo proceso de apropiación de esa habilidad, segundo las siguientes perspectivas teóricas: históricocultural, de L.S. Vygotsky, teoría de la actividad, de A.N. Leontiev, y la teoría de la asimilación por etapas mentales, de P. Ya Galperin. La metodología se desarrolló organizándose en tres etapas: el diagnóstico inicial, con el análisis del nivel de desarrollo de la habilidad de los profesores; el proceso formativo, con la orientación del aprendizaje, el control y la evaluación del desarrollo; y el diagnóstico final, con el análisis del nivel alcanzado en la experiencia. Los instrumentos utilizados fueron: un cuestionario, para la caracterización de los sujetos de la investigación, el planeamiento de enseñanza de los profesores y el diario de clase, donde se registraba lo que ocurrió en cada orientación y realización del proceso formativo. Los resultados referentes a los niveles iniciales del desarrollo de la habilidad han revelado un grado de espontaneidad en el planeamiento de enseñanza de los conceptos. Durante el proceso de enseñanza y aprendizaje...

O Evangelho segundo a Pastoral da Criança :por uma pedagogia da sobrevivência

Nascimento, José Mateus do
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.91%
This work aims to analyze social and educational actions at Pastoral da Criança, using education as a survival tool. This was done at Parque dos Coqueiros, a neighborhood in Natal, Rio Grande do Norte. The methodology for data collection was composed of comprehensive interview (Jean Kaufmann), participant observation (Robert Bogdan) and documental analysis (Le Goff); all os which bring reflections related to concepts such as strategies, tatics and know how (Michel de Certeau), configuration (Nobert Elias), and control technology (Michel de Foucault), care ethics (Leonardo Boff) and etno-theories (Natália Ramos). Pastoral da Criança is a social action organism that belongs to the National Conference of Bishops of Brazil, originated at Florestópolis, Londrina (Paraná), in the year of 1983. These actions have been an expression of a new logic of actions of the Catholic Church. It values the participation of laymen in the activities of the Pastoral. Thus, the parish is seen as a nucleus that irradiates the Church s Social Doctrine. At Rio Grande do Norte this institution has guided poverty stricken families on issues related to children s health as well as working with laymen for volunteer work. This is considered devotion, that is firmed by an individual and group mystique. The social and educational actions are done in three axes: 1) Monthly home visits...

O Exame Nacional de Cursos: prov?o e suas repercuss?es no curso de Pedagogia da UFPA/Santar?m

COSTA, Maria Raimunda Santos da
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.01%
O estudo teve por objetivo: compreender o processo de consolida??o da avalia??o na educa??o superior que, a partir da d?cada de 1990, se materializou nas aferi??es do Exame Nacional de Cursos (ENC), a fim de interpretar como esse exame repercutiu no Curso de Pedagogia da UFPA, em Santar?m. A pesquisa teve por objeto de estudo o Exame Nacional de Cursos e partiu das seguintes quest?es: a) De que forma se desencadeou o processo hist?rico de constitucionaliza??o e institucionaliza??o da avalia??o no Campo Educacional Brasileiro, especificamente na educa??o superior? b) Como se consolidou a Pol?tica de Avalia??o da Educa??o Superior consubstanciada no ENC no pa?s? e c) Como repercutiram as aferi??es do ENC no ?mbito do Curso de Pedagogia da UFPA, em Santar?m? O enfoque foi o s?cio-hist?rico e a abordagem historiogr?fica, com base na Escola de Analles. Constou de pesquisa documental e an?lise dos relatos orais de docentes e egressos do Curso, coletados atrav?s de entrevista semi-estruturada. Os resultados da investiga??o mostram que a avalia??o da educa??o superior vem sendo estruturada, desde a implanta??o dos primeiros cursos de n?vel superior, com o objetivo de estabelecer controle externo sobre as IES. Na d?cada de 90, o Brasil planejou suas pol?ticas econ?micas e educativas iluminado pelas estrat?gias de ajuste estrutural formuladas pelo FMI e pelo Banco Mundial...

Qualidade da graduação: o lugar do assessoramento pedagógico como propulsor da inovação e do desenvolvimento profissional docente

Cunha,Maria Isabel da
Fonte: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Publicador: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
45.98%
Resumo:O texto aborda a emergência da pedagogia universitária no contexto de democratização e expansão da educação superior no Brasil. Salienta a necessária reconfiguração do papel docente e das práticas de ensinar e aprender que tem feito revigorar o campo da pedagogia universitária, debruçando-se sobre as práticas pedagógicas e de reorganização curricular no contexto das mudanças paradigmáticas que assolam a realidade de todo o processo educativo. A expansão tem trazido aos quadros acadêmicos muitos docentes em fase inicial de carreira, que demandam especial atenção. Aposta que o desenvolvimento profissional dos docentes acontece no espaço de trabalho, dada a inexistência de políticas públicas indutoras da formação inicial para esse nível de ensino. Discute que diferentes conceitos de formação produzem distintas estratégias de ação. Apresenta três modelos em ordem decrescente de centralização: (A) Modelo de centralização e controle das ações; (B) Modelo parcial de descentralização e controle das ações; e (C) Modelo descentralizado de acompanhamento e controle das ações. Esses modelos foram usados para analisar os Pressupostos e características dos indicadores, a Compreensão da Formação e do Desenvolvimento Profissional...

A educação cindida e a formação do sujeito : para alem de uma pedagogia do "bem" e do "mal"

Rogerio Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/08/2004 PT
Relevância na Pesquisa
45.91%
Ao escrevermos esta Tese em Educação, não temos como pressuposto afirmar uma "nova verdade educativa", pois já existem tantas; e sim, abandonar por completo o anseio pela "verdade" e em seu lugar permitir que transpareça o "vir a ser pedagógico". Aqueles que sabem da "verdade pedagógica" fazem da educação uma prática antecipada, ou seja, a priori, sabem como as coisas devem acontecer "corretamente" e insistem que a pedagogia deva ser o método mais "adequado" para o sucesso do "processo de ensinoaprendizagem". Na pesquisa, buscamos pensar a atividade educativa apenas como um encontro de sujeitos desprovidos de qualquer formulação teórica com um "objetivo" ou "ordenação" e inseridos numa relação em que se perca todo o "controle dos resultados" para que se corram os "riscos" da vida. Assim sendo, estamos nos referindo diretamente a uma "teoria da educação" que esteja para além da pedagogia do "bem" e do "mal". Entretanto, a "insistência pedagógica" em manter os sujeitos posicionados entre as coisas do "bem" e do "mal" tem contribuído para a formação dos agrupamentos - grupos e massas -lugares onde se cultiva a intolerância e o ódio para com a diferença do outro. Podemos afirmar que a contribuição da nossa pesquisa é a de poder instigar os educadores a pensarem numa pedagogia que permita ampliar a tolerância para com a diferença a ponto de deixar transparecer o "vir a ser" - o espanto. Para tanto...

Por uma teoria do fazer - pedagogia do (re)conhecimento: educar para "crescer direito"

Miceli, Mariana Sant'Ana
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 2 v.| ils., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
45.81%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Jurídicas, Programa de Pós-Graduação em Direito, Florianópolis, 2010; A proposta deste trabalho partiu do entendimento da infância como categoria social do tipo geracional, cuja historicidade ilustra, na idade moderna, a produção da criança "civilizada", que passou a ser geograficamente situada na escola, com vistas à sua formação para atingir o estatuto de cidadão no futuro, na condição adulta. No Brasil, país com profundas marcas de desigualdade social, também se puderam sentir os efeitos do fenômeno da "pedagogização da infância", em razão do qual as crianças passaram a ser confiadas a instituições especializadas em sua educação. No que tange à contribuição do Direito para a construção deste ideário, é possível vislumbrar como o estatuto social das crianças foi pensado e regulado com base num conjunto de interdições e prescrições que lhes nega poderes e capacidades e as considera incompetentes. Nem mesmo poderia ser diferente, já que a lei retrata a infância com base em ideais, e não a partir de crianças reais, o que serve, portanto, para torná-las invisíveis na sociedade. Daí a necessidade de se defender o paradigma da competência infantil...

Do quadro negro à tela do computador : a produtividade do governamento na constituição do aluno no Curso de Pedagogia a Distância da FACED/UFRGS

Dalpiaz, Alexandra da Silva Santos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
45.91%
A presente dissertação intitulada Do quadro negro à tela do computador: a produtividade do governamento na constituição do aluno no Curso de Pedagogia a Distância da FACED/UFRGS tem como objetivo apresentar e analisar as estratégias de governamento utilizadas no Curso de Pedagogia a Distância da FACED/UFRGS, responsáveis pela constituição do aluno de um determinado tipo. Descreve e analisa as atividades desenvolvidas com e por um grupo de alunas do 5º semestre do curso, em 2008/2, propostas pela interdisciplina intitulada Seminário Integrador. Apresenta e analisa, também, a proposta do referido seminário para o semestre. Nesta dissertação o estudo do governamento das alunas, termo sugerido por Veiga-Neto (2002, p. 3) no intuito de aproximá-lo do uso feito por Foucault, é considerado como "[...] um conjunto de ações de poder que objetivam conduzir (governar) deliberadamente a própria conduta ou a conduta dos outros [...]", destacando a produtividade de tal estratégia. Tendo em vista que o governamento acontece por meio de tecnologias de dominação e tecnologias do eu, a proposta do Seminário Integrador é vista nesse trabalho, operando como uma tecnologia de dominação e as produções escritas das alunas como tecnologias do eu. A investigação insere-se no campo dos Estudos Culturais em Educação...

Qualidade da Graduação: o lugar do assessoramento pedagógico como propulsor da inovação e do desenvolvimento profissional docente

da Cunha, Maria Isabel; Universidade do Vale do Rio dos Sinos
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 17/08/2015 POR
Relevância na Pesquisa
45.92%
O texto aborda a emergência da pedagogia universitária no contexto de democratização e expansão da educação superior no Brasil. Salienta a necessária reconfiguração do papel docente e das práticas de ensinar e aprender tem feito revigorar o campo da pedagogia universitária, debruçando-se sobre as práticas pedagógicas e de reorganização curricular no contexto das mudanças paradigmáticas que assolam a realidade de todo o processo educativo. A expansão tem trazido aos quadros acadêmicos muitos docentes em fase inicial de carreira, que demandam especial atenção. Aposta que o desenvolvimento profissional dos docentes acontece no espaço de trabalho, dada a inexistência de políticas públicas indutoras da formação inicial para esse nível de ensino. Discute que diferentes conceitos de formação produzem distintas estratégias de ação. Apresenta três modelos em ordem descrente de centralização: (A) Modelo de centralização e controle das ações; (B) Modelo parcial de descentralização e controle das ações e (C) Modelo descentralizado de acompanhamento e controle das ações. Esses modelos foram usados para analisar os Pressupostos e características dos indicadores, a Compreensão da Formação e do Desenvolvimento Profissional...

Competências: a pedagogia do “novo ensino médio”

da Silva, Monica Ribeiro
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 09/12/2005 POR
Relevância na Pesquisa
55.8%
A tese Competências: a pedagogia do “novo ensino médio” ocupa-se do estudo da reforma curricular do Ensino Médio no Brasil, empreendida nos anos 90. As justificativas para esse estudo estão na necessidade de se encontrar as razões das mudanças propostas, problematizar o modo como se processou a composição do discurso oficial orientador da reforma, bem como refletir sobre os prováveis impactos que as proposições podem causar sobre a escola e sobre a formação humana, que se dá nesse nível de ensino. As proposições em torno da organização curricular prescrevem que as escolas se orientem pela noção de competências e, desse modo, esta é tomada como elemento nuclear da análise. Um dos objetivos da tese é, portanto, o de investigar o significado que adquire a noção de competências no âmbito das prescrições normativas. São tomadas como objeto de análise as “Teorias da Competência”, em suas explicitações no campo da psicologia da aprendizagem, nas vertentes piagetiana e condutista, e na lingüística de Noam Chomsky. São analisadas as apropriações recentes dessas teorias pela Sociologia do Trabalho e pelo campo do currículo. Procede-se a análise dos documentos oficiais, produzidos com o fim de implementar a reforma curricular e...

A PEDAGOGIA ANARQUISTA E RADICAL E A CENTRALIDADE DO TRABALHO NA ESCOLA

Sobreira, Antônio Elísio Garcia
Fonte: OKARA: Geografia em debate Publicador: OKARA: Geografia em debate
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 02/05/2009 POR
Relevância na Pesquisa
45.99%
Este artigo trata da centralidade do trabalho na escola e da pedagogia anarquista e radical. O texto conterá um relato de uma oficina/aula direcionada para aperfeiçoar a compreensão de conceitos complexos marxista como mais-valia. Na seqüência desse relato serão expostas as questões teóricas e práticas, bem com as limitações dessa atividade. São incluídas discussões sobre a pedagogia radical e anarquista no sentido de questionar o controle do Estado das práticas dos professores. A escola é um local relativamente autônomo em nossa sociedade, mas algumas construções intelectuais favoráveis à lógica empresarial e às estruturas de dominação estão bastante presentes nessa ambiente. Os pedagogos anarquistas e críticos oferecem elementos para resistir a esse processo de corporitization e controles impostos às escolas. Palavras-chave: pedagogia anarquista, controle do Estado, corporitization

(Des)governos... : biopolítica, governamentalidade e educação contemporânea(Un)governing... : biopolitics, governamentality and contemporary education

César, Maria Rita de Assis
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 18/11/2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.09%
Esse texto reflete sobre a institucionalização da educação no projeto da modernidade a partir de conceitos oriundos da obra de Michel Foucault, como disciplina, sociedade disciplinar e biopolítica. A partir dessa reflexão sobre a formação da instituição educacional moderna como objeto de investigação histórico e localizado temporalmente, o texto assume o desafio de pensar as transformações que ocorreram nas últimas décadas e transformaram o projeto educacional moderno, constituindo a chamada pedagogia do controle. Essa reflexão se deu a partir dos conceitos foucaultianos de governamentalidade e biopolítica, além do conceito deleuziano de sociedade de controle. Além desse diagnóstico do presente, o texto também oferece um ensaio sobre as possibilidades de uma educação a partir da diferença e da pedagogia queer.AbstractThe text reflects upon the institutionalization of modern education by taking Foucault’s concepts of discipline, disciplining society and biopolitics as its main guiding threads. Departing from this reflection on the formation of the modern educational institution, understood as the object of a historical research temporally localized, the text then aims at questioning the transformations that occurred in the last decades and that have transformed the modern educational project with the event of what could be called as control pedagogy. This aspect of the matter was discussed by means of Foucault’s concepts of governamentality and biopolitics as well as Deleuze’s concept of control society. Besides offering a diagnosis of the present...