Página 1 dos resultados de 6 itens digitais encontrados em 0.049 segundos

Das mortificações da carne ao governo da alma: Igreja, modernidade e educação; From mortification of the flesh to the government of the soul: Church, modernity and education

Pires, Carlos Manoel Pimenta
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.36%
Qual a conduta idealizada de um professor? Como se engendrou a maneira de atuar nas salas de aula e fora delas? Como foram estabelecidos os parâmetros de um governo eficiente do alunado? Autoridade, disciplina, cuidado com o grupo, instrução e conhecimento, didática e retórica, comportamento exemplar e moral ilibada: estes seriam alguns dos atributos necessários que despontariam em uma rápida reflexão sobre um professor idealizado. Tendo tal horizonte temático em vista, esta dissertação intenta problematizar a formatação da ética docente por meio de tais predicados, partindo do pressuposto de que a associação entre eles foi constituída historicamente, em resposta a demandas do século XIX. Para tanto, foram escolhidos quatro dispositivos empregados reiteradamente no cotidiano escolar com vistas ao controle de suas populações: a normatização e a vigilância das populações, o cuidado de si e a moralização dos costumes. A pesquisa levada a cabo desdobra quatro correlatos aos dispositivos acima citados, produzidos no interior de instituições católicas e incorporados, mais tarde, como práticas escolares laicas. São eles: a disciplinarização do sacerdócio via normatização escolar; a preparação eclesial ao pastorado; o aumento exponencial da aplicação do sacramento da confissão; e o ascetismo como comportamento de referência. Deste modo...

O pastorado cristão e o dispositivo pedagógico: elementos para uma arqueogenealogia da educação escolar; Christian pastorate and pedagogical device: elements for an archeo-genealogy of school education.

Costa, Carlos Rubens de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.62%
O presente estudo trata das relações entre o poder pastoral cristão e instituições escolares. Na modernidade, constituiu-se um dispositivo que podemos chamar de pedagógico. Entendemos por dispositivo o conjunto histórico formado por uma forma de poder, um tipo de saber e um modo de fabricar sujeitos. Ele lança mão de tecnologias de poder individualizantes, como o poder disciplinar e o poder confessional; produz e orienta-se por um tipo de saber de caráter antropológico e constitui subjetividades psicológicas. Nesse trabalho, tentaremos mostrar qual o papel do pastorado cristão na constituição desse dispositivo. Ele centrou-se em três momentos históricos distintos: o do aparecimento do mosteiro de São Bento, cuja Regra viria doravante tornar-se modelo para a vida monástica ocidental; o do advento do protestantismo, que produziu uma fratura na cristandade e fez emergir um novo tipo de pastorado; e o do aparecimento da Didática magna, a primeira grande tentativa de sistematizar o saber pedagógico em sua totalidade. O corpus é composto basicamente pela Regra, de São Bento; por textos diversos de Lutero e pela Didática magna, de Comenius. O referencial teórico principal provém dos estudos foucaultianos sobre a governamentalidade e o método empregado é o arqueogenealógico. Sua principal conclusão é a de que o pastorado cristão teve um papel determinante na formação do dispositivo pedagógico escolar...

Autoajuda e educação : uma genealogia das antropotécnicas contemporâneas

Marín-Díaz, Dora Lilia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.38%
O estudo apresenta a análise de exercícios e técnicas de si promovidos pelos discursos de autoajuda como uma das principais estratégias utilizadas, no último século, na condução da conduta de si e dos outros. Na primeira parte, analisa-se a definição do eu, a procura de sua transformação e o télos da felicidade e do sucesso como eixos articuladores desses discursos. Seguindo esse caminho, destaca-se o uso de noções como aprendizagem e educação permanente que, entre outras, seriam centrais nos discursos educacionais contemporâneos, expressando o atrelamento entre discursos de autoajuda e discursos pedagógicos na produção de ‘eus’ fechados em si mesmos, comprometidos na sua autoprodução e autotransformação constante como capitais humanos. Na segunda parte, identifica-se e descreve-se a proveniência e a emergência de alguns exercícios e técnicas de si, bem como a sua vinculação às práticas pedagógicas. Traça-se a série exercitação-individualização-condução, que permite descrever o phylum técnico que levou as sociedades ocidentais da velha Arete grega à Paideia grega, e no encontro desta última com o pastorado hebraico, à Paideia cristã. O atrelamento do preceito formativo cristão e suas práticas de si — predominante no Medievo...

Uma análise da trajetória das artes de governar no pensamento de Michel Foucault; Analysis of the arts of governing at the thought of Michel Foucault

MENEZES, Leandro Alves Martins de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em História; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em História; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
86.44%
This study aims to analyze the problems of life of the governments at the thought of Michel Foucault, between the years 1974 and 1979, especially around the invention, development and mapping of concepts and biopolitics anatomopolitics. For this, the development of our research starts from a careful analysis of the origins of life of the governments in association with the pastoral power with the birth and development of political economy. It is assumed in this sense, the attempt to introduce the reader to the historian Foucault. A philosopher historian who prepared his knowledge as a producer of motion, as inexhaustible, therefore, not feasible formulas of the past.; O presente estudo tem como propósito analisar os problemas dos governos da vida no pensamento de Michel Foucault, entre os anos de 1974 e 1979, sobretudo, em torno da invenção, desenvolvimento e mapeamento dos conceitos biopolítica e anatomopolítica. Para isso, a elaboração de nossa pesquisa se dá a partir de uma análise atenta às origens dos governos da vida em associação com o poder pastoral, com o nascimento e com o desenvolvimento da economia política. Assume-se, nesse sentido, a tentativa de apresentar ao leitor o Foucault historiador. Um filósofo historiador que elaborou seu conhecimento como produtor de movimento...

Sobre o Poder; .

Prado Filho, Kleber; Universidade Federal de Santa Catarina.
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2000 POR
Relevância na Pesquisa
46.31%
Este artigo pretende recuperar o debate de Michel Foucault com a tradição da Teoria Política Moderna em torno da problemática do poder,apresentando uma reflexão histórica sobre suas modernas formas de exercício no Ocidente. Neste sentido, contrapõe uma perspectiva analítica e microffsica aabordagem "jurídico-discursiva do poder", hegemônica no pensamentopolitico moderno, apontando algumas matrizes históricas de ordem teórico-prática, às quais encontramse genealogicamente ligadas algumas práticas políticas caracteristicas da modernidade: as disciplinas e a andtomo-política dos corpos; as bio-políticas de regulação e controle das populações; o governo das condutas e o pastorado cristão.; This article intends to recover Michel Foucault's discussion of the tradition of the Modern Political Theory with regard to the issue of power, presenting an historical reflection about its modern practices in the Western world. In this sense, it counterposes an analytical and microphysical perspective to the"juridical-discoursive" approach to power, hegemonical in the modern political thought, pointing at some historical matrices of theoretical and practical order, genealogically associated to some political practices which are charac- teristic of modernity...

Christian pastorship in Foucault. Service, sexuality and apatheia.; Pastorado critão em Foucault. Serviço, sexualidade e apatheia.; Pastorado cristiano en Foucault. Servicio, sexualidad y apatheia [doi: 10.7443/problemata.v4i1.13306]

Barros II, João Roberto
Fonte: Universidade Federal da Paraíba -UFPB Publicador: Universidade Federal da Paraíba -UFPB
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Genealogia Formato: application/pdf
Publicado em 13/04/2013 POR
Relevância na Pesquisa
56.63%
Firstly, we will consider how the apatheia is articulated within Foucault’s researches about Christian pastorship and governmentality. Secondly, we will present a critique to the concept of apatheia adopted by Foucault. In our understanding, the rupture between the Christian and the ancient apatheia claimed by Foucault lacks basis. Such break is the way through which Foucault relates the concept at issue to the pastoral power.; Veremos, en un primer momento, cómo la apatheia se articula dentro de las investigaciones de Foucault sobre la gubernamentalidad y el pastorado cristiano. En un segundo momento, presentaremos una crítica al concepto de apatheia adoptado por Foucault. A nuestro ver, la ruptura entre la apatheia antigua y la cristiana reivindicada por Foucault carece de fundamento. Ésta ruptura es la forma que Foucault encuentra para relacionar el concepto en cuestión al poder pastoral.; Veremos, en un primer momento, cómo la apatheia se articula dentro de las investigaciones de Foucault sobre la gubernamentalidad y el pastorado cristiano. En un segundo momento, presentaremos una crítica al concepto de apatheia adoptado por Foucault. A nuestro ver, la ruptura entre la apatheia antigua y la cristiana reivindicada por Foucault carece de fundamento. Ésta ruptura es la forma que Foucault encuentra para relacionar el concepto en cuestión al poder pastoral.