Página 1 dos resultados de 2297 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Biomassa microbiana e respiração do solo em pastagens melhoradas. Resultados preliminares

Pereira, Ermelinda; Arrobas, Margarida; Rodrigues, M.A.; Aguiar, Carlos
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
36.03%
As pastagens melhoradas (pastagens permanentes semeadas biodiversas ricas em leguminosas) constituem um sistema de pastagens inovador que contribui para o aumento de matéria orgânica no solo. Os microrganismos do solo são considerados bioindicadores sensíveis de mudança na qualidade do solo, pelo que as alterações na população microbiana poderão ter consequências positivas ou negativas nas propriedades do solo. Este trabalho pretende avaliar alterações na biomassa microbiana e na respiração do solo ao longo de um gradiente topográfico (cimo da encosta – CE; meio da encosta – ME e fundo encosta – FE) em pastagens melhoradas, instaladas na Quinta de França (Covilhã), no Outono de 2007. A recolha de amostras de solo para a determinação dos parâmetros microbianos foi realizada em finais de Outubro de 2008, na profundidade de 0-10 cm. A avaliação do C da biomassa microbiana (CBM) foi efectuada pelo método de fumigação-extracção. A respiração do solo foi avaliada pela produção de CO2 em sistema fechado. O carbono orgânico total (CT) foi determinado por incineração. Os primeiros resultados de CBM não revelaram diferenças significativas (p>0,05) no gradiente topográfico estudado. Os valores médios variaram entre 225...

Pastagens temporárias na rotação como forma de promover a fertilidade do solo

Rodrigues, M.A.; Claro, Ana Marília; Ferreira, I.Q.; Arrobas, Margarida
Fonte: Sociedade Portuguesa de Pastagens e Forragens Publicador: Sociedade Portuguesa de Pastagens e Forragens
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
46%
As pastagens temporárias são incluídas nas rotações como forma de resolver problemas sanitários {pragas, doenças e infestantes) e promover a fertilidade dos solos. Neste trabalho4 apresentam-se resultados do teor de carbono e azoto orgânicos no solo numa rotação octoanual de regadio do tipo M4 - Pt4, em que M e Pt representam, respetivamente, Milho e Pastagem temporária. Os resultados que se apresentam foram obtidos no ano de mudança da folha de cultura, isto é, ao quarto ano, em que o milho vai ser instalado na folha que esteve com pastagem e vice-versa. A rotação está estabelecida sob um pivô central na Quinta do Poulão em Bragança. A pastagem foi originalmente semeada com trevo branco (Trifolium repens), cvs. Haifa e Ladino, azevém perene (Lolium perenne), cv. Victorian, azevém híbrido {L multiflorum x L. perenne), cv. Manawa, e festuca alta (Festuca arundinacea), cv. Clarine. As leguminosas foram semeadas à razão de 2,5 kg de semente por hectare cada e as gramíneas com 4,5 kg ha-1. Os resultados revelaram uma elevada acumulação de azoto e carbono no solo mantido com pastagem, respetivamente, 0,79 e 17,25 g kg-1 {valores médios na camada 0-20 cm) em comparação com a folha de milho {0...

Ecologia das pastagens permanentes semeadas biodiversa ricas em leguminosas

Aguiar, Carlos
Fonte: SPPF Publicador: SPPF
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
36.09%
As Pastagens Permanentes Semeadas Biodiversas Ricas em Leguminosas (PPSBRL) são uma criação recente da agronomia de pastagens mediterrânicas. Resumidamente, caracterizam-se por misturarem 10-12 cultivares melhoradas de 6-7 espécies pratenses, a maioria das quais leguminosas anuais com sementes duras, de óptimo mediterrânico. O Trifolium subterraneum, a espécie preponderante, atinge mais de 50% do peso das misturas de sementes, com 3-4 cultivares de distinta ecologia e extensão do ciclo de vida. Ensaios agronómicos mostram que as PPSBRL são mais produtivas, e produzem forragem de melhor qualidade alimentar do que as pastagens semi-naturais. Por regra, produzem duas vezes mais biomassa aérea do que as pastagens semi-naturais, facto que se reflete num significativo incremento da sequestração de carbono na matéria orgânica do solo. O serviço ecossistémico “sequestração de carbono” das PPSBRL está já a ser remunerado pelo Fundo Português de Carbono. As vantagens agronómicas das pastagens melhoradas por sementeira emergem da substituição de biotipos autóctones pouco produtivos, adaptados a solos oligotróficos, por genótipos selecionados, mais produtivos, nutricionalmente mais exigentes, em solos de fertilidade corrigida. Ao invés das tradicionais misturas simples de plantas pratenses...

Produtividade e viabilidade econômica da recria e engorda de bovinos em pastagens adubadas intensivamente com e sem o uso da irrigação.; Productivity and economic viability of beef cattle production at highly fertilazed pastures with and without irrigation.

Maya, Fabio Luiz Aires
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/07/2003 PT
Relevância na Pesquisa
36.09%
A pecuária de corte extensiva se mostra incapaz de competir em termos de resultados econômicos com outras alternativas de uso da terra em regiões de terras valorizadas, fato que pode ser comprovado pela substituição gradativa de áreas de pastagens por culturas agrícolas. Nessas regiões, a adubação intensiva de pastagens tem se tornado a opção freqüentemente utilizada para o incremento da produtividade animal que é imprescindível para a viabilização econômica da pecuária frente a demais alternativas de uso da terra. A irrigação aliada à adubação de pastagens cresceu muito desde o final da década de 90 no Brasil Central, crescimento motivado pela expectativa de resultados produtivos elevados como os divulgados por revistas técnicas especializadas. Com o intuito de comparar os resultados produtivos e econômicos de pastagens adubadas intensivamente com e sem o uso da irrigação, foram conduzidos dois experimentos ao longo de um ano em pastagens de Panicum maximum cv tanzânia. Foram avaliados desempenho animal, taxa de lotação e produtividade nos experimentos. A avaliação econômica foi efetuada com a determinação dos indicadores lucro líquido, taxa de retorno sobre o ativo e taxa interna de retorno...

Avaliação de modelos matemáticos desenvolvidos para auxiliar a tomada de decisão em sistemas de produção de ruminantes em pastagens. ; Evaluation of mathematical models developed to aid decision-making in pasture-based ruminant production systems.

Medeiros, Henrique Rocha de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/10/2003 PT
Relevância na Pesquisa
36.08%
Nos sistemas agropecuários (SA) o meio-ambiente, o solo, os animais e as plantas são componentes indissociáveis no processo de produção. Além disso, nesses sistemas o tempo de produção é relativamente longo. Essas características dos SA incrementam o risco e a incerteza associados às alternativas de decisão tomadas no processo de produção. Uma ferramenta que pode ser utilizada para auxiliar esse processo são os modelos matemáticos. Os modelos são uma representação simplificada da realidade e permitem estimar a resposta (e.g., produção) de um sistema face a alterações no processo e/ou descrever e compreender alguns dos processos que ocorrem dentro deste. Este trabalho teve como objetivos (i) testar o modelo Stockpol ® nas condições e sistemas de produção de ruminantes em pastagens brasileiros, (ii) validar um modelo de acúmulo de forragem em função de variáveis climáticas, e (iii) avaliar modelos para estimar consumo de forragem em sistemas de produção de ruminantes em pastagens. Para esse propósito foram identificadas publicações com informações suficientes que pudessem ser utilizadas nos exercícios de validação e avaliação modelos testados. As informações selecionadas sobre os sistemas de produção utilizados no Brasil foram catalogadas em três bancos de dados: pastagens...

Estudo da degradação dos solos em áreas de pastagens no município de Porto Velho (RO)

Silva Filho, Eliomar Pereira da
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 159 f. : il., tabs., gráfs., fots.
POR
Relevância na Pesquisa
36.08%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Geociências e Meio Ambiente - IGCE; O histórico das modificações do uso da terra em Rondônia, e mais especificamente no município de Porto Velho, mostra transformações de grandes áreas de florestas em pastagens com rápida degradação de seus solos. A criação extensiva de gado de corte é a principal causa da ocupação e uso das terras no Estado. O objetivo deste trabalho foi avaliar a degradação ambiental associada à compactação dos solos por pisoteio animal. Foram considerados solos em pastagens degradadas, com vinte anos de pastejo, e florestas naturais em manchas contínuas de um Latossolo Amarelo Distrófico (LAd) e um Argissolo Vermelho Amarelo Distrófico plíntico (PVAd). A avaliação da densidade máxima e umidade ideal, obtida pelo Ensaio de Proctor, bem como observações referentes às diferenças da densidade aparente e a umidade dos solos, em seus limites inferior e superior de água disponível, registraram valores de compactação acima de 2,5 MPa indicando um nível prejudicial ao desenvolvimento radicular de algumas espécies. A resistência mecânica à penetração nas duas classes de solos ocorreu entre 0 – 10 cm com aumento entre 11 - 20 cm de profundidade...

Avaliação da sustentabilidade em pastagens através de método participativo

Soldá, Carla Cristina
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 75 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.06%
Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas, Florianópolis, 2012; Os sistemas de produção agroecológicos são um meio para a manutenção e conservação da qualidade do solo, pois ajudam a preservar os recursos naturais e ao mesmo tempo produzem alimentos. Para ajudar a manter a sustentabilidade dos sistemas agrícolas, metodologias com caráter participativo têm sido usadas para avaliar a sustentabilidade, seja de forma comparativa ou relativa, quer por comparação com a evolução de um sistema ao longo do tempo, quer por comparação de agroecossistemas com diferentes gestões e/ou estados de transição. O trabalho foi desenvolvido nos municípios de Saudades e Pinhalzinho, região Oeste de Santa Catarina, entre as safras de inverno e verão de 2011, para avaliar a sustentabilidade de dois Sistemas com Pastagens manejados sob Pastoreio Racional Voisin (SP PRV) em comparação com dois Sistemas de Pastagens manejados de forma Convencional (SPC). Utilizaram-se indicadores construídos com o conhecimento local para avaliar a qualidade do solo e a sustentabilidade das pastagens atribuindo-se valores aos atributos relacionados à qualidade do solo. Também foram realizadas análises químicas do solo para avaliação da fertilidade do solo e físicas do solo (densidade e porosidade do solo). Quando todos os indicadores foram considerados em conjunto...

Potencial de produção de gases totais e metano in vitro de pastagens de Panicum maximum Jacq. cv. Tanzânia submetida a diferentes manejos de pastejo

Beleosoff, Bruna Soeiro
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
36.06%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2013.; Estimou-se o potencial de produção de gases totais (PGT) e de gás metano (CH4) in vitro das pastagens de Panicum maximum Jacq. cv. Tanzânia submetida à diferentes sistemas de pastejo. Foram avaliados quatro sistemas de pastejos: ALT – pastejo alternado de bovinos e ovinos, SIM – pastejo simultâneo de bovinos e ovinos, OVI – pastejo isolado de ovinos e BOV – pastejo isolado de bovinos em três períodos experimentais, com 28 dias de duração cada, nos quais foi implementado o sistema de pastejo rotacionado com 7 dias de ocupação e 21 dias de descanso, totalizando um período experimental de 84 dias. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4 x 3 sendo que as fontes de variação foram os sistemas de pastejo e os ciclos de pastejo, com quatro repetições por tratamentos em cada uma dos ciclos. As amostras de forragem e de pastejo simulado foram colhidas em intervalos fixos de 14 dias nos piquetes, tanto nos momentos de entrada quanto de saída dos animais. Foram avaliadas a massa de forragem total (MFT), proporção de folhas, proporção de hastes, proporção de material morto (MM)...

Contribuição e Papel das Pastagens e Forragens na PAC Pós-2013

Marques, Carlos
Fonte: Pastagens e Forragens, Sociedade Portuguesa de Pastagens e Forragens Publicador: Pastagens e Forragens, Sociedade Portuguesa de Pastagens e Forragens
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.06%
Este artigo tem por objetivo perspetivar, genericamente, os potenciais impactos da Política Agrícola Comum (PAC) pós-2013 nos sistemas agroflorestais baseados em pastagens e forragens em Portugal. Depois de sublinhar o contributo multifuncional em termos económicos, sociais e ambientais desses sistemas transmite-se a ideia fundamental de que os objetivos da PAC se mantêm mas que há uma mudança substancial dos instrumentos a adotar necessários para tornar a PAC mais equilibrada entre Estados Membros e agricultores e mais dirigida para a atividade agrícola. O novo sistema de pagamento uniforme por hectare de área elegível, a introdução da componente ambiental no primeiro pilar através da implementação de um pagamento complementar por hectare “verde”, o abandono do critério histórico e desligamento dos sistemas agropecuários tradicionalmente mais apoiados e a introdução do conceito de agricultor activo são novos instrumentos que permitem reconhecer e valorizar o contributo e papel que têm as pastagens e forragens na agricultura portuguesa quer em termos de competitividade dos sistemas agropecuários para que são mantidas e produzidas quer em termos do reconhecimento e valorização dos bens públicos ambientais e socioeconómicos que geram para a sustentabilidade da agricultura e viabilidade das áreas rurais. A adequada regulamentação desses novos instrumentos e uma estratégia pública complementar de apoio ao investimento...

O papel da pastagem na recuperação do solo no Montado

Carvalho, Mário
Fonte: Sociedade Portuguesa de PAstagens e Forragens Publicador: Sociedade Portuguesa de PAstagens e Forragens
Tipo: Aula
POR
Relevância na Pesquisa
36.06%
A baixa fertilidade da generalidade dos solos agrícolas portugueses, particularmente aqueles onde se situam os montados, resulta de causas naturais e antropomórficas. O clima, a natureza da rocha mãe e a topografia são as principais causas naturais. No caso do clima Mediterrânico, em que a precipitação se concentra nos meses de Inverno, existe um período seco e longo que reduz a taxa de formação do solo e um período de intensa lavagem que contribui para a acidificação e empobrecimento dos solos em nutrientes, assim como de risco acrescido de perda do solo por erosão. Esta situação é agravada pelo substrato geológico onde cerca de 75% do território continental português é constituído por rochas ígneas ou metamórficas ácidas, ricas em silício e pobres em cálcio, em que os granitos e xistos são as mais representativas. A acção do homem tem agravado este panorama, particularmente no que diz respeito ao aumento do risco de erosão por excesso de mobilização do solo, o que também contribui para o aumento da taxa de mineralização da matéria orgânica que, conjuntamente com incorporações muito reduzidas de resíduos orgânicos, é responsável pelo baixo teor de matéria orgânica da maioria dos nossos solos. Assim...

Tecnologias na gestão diferenciada da fertilização em pastagens: monitorização; tomada de decisão; VRT

Serrano, João; Peça, José; Marques da Silva, José; Shahidian, Shakib; Carvalho, Mário
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Aula
POR
Relevância na Pesquisa
36.06%
A importância das pastagens permanentes no Alentejo justifica o interesse na aplicação de novas tecnologias que facilitem e promovam a sua gestão sustentada. A diversidade dos padrões de desenvolvimento das pastagens reflecte a variabilidade do solo, do relevo, das condições do ano agrícola e dos sistemas de pastoreio animal. A utilização de ferramentas expeditas de monitorização da variabilidade, baseadas em sensores e sistemas de localização no terreno, representa um potencial que abre novas perspectivas para o conhecimento, pilar da tomada de decisão. A aplicação de fertilizantes é uma das estratégias geralmente utilizada pelos agricultores para melhoria da produtividade das pastagens, no entanto, este processo é, normalmente, realizado de forma homogénea em toda a parcela, não tendo em conta a variabilidade do solo. Como resultado, determinadas zonas do campo recebem adubo desnecessário, enquanto outras recebem quantidades insuficientes, com custos económicos e ambientais. O conceito de agricultura de precisão encontra na tecnologia de aplicação diferenciada de fertilizantes o fechar de um ciclo que constitui um importante passo em direcção à modernização da agricultura. Este trabalho apresenta alguns dos percursos de investigação na área das tecnologias aplicadas em pastagens em Portugal...

Produção de frangos de carne em pastagens à base de Leguminosas

Ponte, P.I.P; Rosado, C.M.C; Crespo, J.P; Crespo, D.G; Chaveiro-Soares, M.A; Mourão, J.L; Mendes, I; Gama, L.T; Prates, J.A.M; Ferreira, L.M.A; Fontes, C.M.A
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.06%
Portugal apresenta reconhecidas potencialidades edafoclimáticas para a produção de pastagens à base de leguminosas, tanto em condições de regadio como de sequeiro. Este trabalho pretendeu avaliar a possibilidade de desenvolver formas alternativas para a produção de frangos de carne em pastagens. Avaliou-se o desempenho produtivo de frangos RedBro Cou Nu x RedBro M mantidos dos 28 aos 56 dias em pastagens de sequeiro, à base de trevo subterrâneo (Trifolium subterraneum) e de regadio, à base de trevo branco (Trifolium repens). Esta avaliação processou-se em diferentes épocas do ano. As aves foram alojadas em gaiolas sem fundo que se deslocam diariamente na pastagem para favorecer o consumo de erva. Em conjunto com a avaliação do efeito da ingestão de biomassa na performance animal, determinou-se a importância nutricional da suplementação do alimento concentrado, fornecido ad libitum, com uma mistura de celulases e hemicelulases. Os resultados mostram que as aves com acesso à pastagem atingiram pesos finais significativamente mais elevados relativamente às aves privadas da biomassa pastoril. Verificou-se, ainda, que a suplementação enzimática não originou melhorias na performance. Quando avaliadas sensorialmente por um painel de consumidores...

Produção de forragem e carga animal de pastagens de Coastcross sobressemeadas com forrageiras de inverno

Olivo,Clair Jorge; Meinerz,Gilmar Roberto; Agnolin,Carlos Alberto; Steinwandter,Edilene; Ziech,Magnos Fernando; Skonieski,Fernando Reimann
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.08%
O objetivo nesta pesquisa foi avaliar a produção de forragem e a carga animal de quatro pastagens: Coastcross (Cynodon dactylon L. Pers.) sobressemeada com azevém (Lolium multiflorum Lam. cv. Comum); Coastcross sobressemeada com azevém e trevo-branco (Trifolium repens L., cv. Yi); azevém e trevo branco; e azevém. O experimento foi realizado no período entre 15 de maio e 24 de outubro de 2006, quando foram realizados cinco ciclos de pastejo. Utilizaram-se vacas da raça Holandesa recebendo concentrado (3,5 kg/dia) como suplemento alimentar. Nos períodos pré e pós-pastejo, foram avaliadas a massa de forragem, as composições botânica e estrutural da pastagem e a carga animal. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com quatro tratamentos (pastagens), duas repetições (piquetes) e cinco períodos de avaliação (pastejos). Não foram detectadas diferenças entre pastagens para as médias de massa de forragem e carga animal. As pastagens exclusivamente de azevém tiveram maiores produções de lâminas foliares de azevém. As pastagens sobressemeadas apresentaram maior produção de forragem. A sobressemeadura do azevém e do trevo-branco em Coastcross permite estender o período de utilização da pastagem anual e aumenta a produção de forragem.

Caracterização espectro-temporal de pastagens do triângulo mineiro utilizando dados MODIS EVI2 (2000-2010)

Anjos,Viviane Silveira; Sano,Edson Eyji; Bezerra,Heleno da Silva; Rosa,Roberto
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.06%
Pastagens cultivadas são as classes de cobertura de terras mais representativas de três municípios (Araguari, Uberaba e Uberlândia) que fazem parte da mesorregião do Triângulo Mineiro no extremo oeste de Minas Gerais. O objetivo dessa pesquisa foi conduzir estudos de caracterização espectro-temporal das pastagens cultivadas dos três municípios acima referidos por meio de séries temporais do produto MODIS EVI2 (índice de vegetação realçado do sensor Moderate Resolution Imaging Spectrorradiometer do período 2000-2010). Para isso, foram selecionadas 25 áreas de pastagens cultivadas da espécie Brachiaria e mais três áreas ocupadas por cultura agrícola, floresta estacional e savana gramíneo-lenhosa. Séries temporais MODIS EVI2 foram obtidas através do portal do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e analisadas por meio de gráfico de linhas, análise de agrupamento hierárquico e somatório dos índices de vegetação. Resultados indicaram que é possível discriminar pastagens cultivadas de outras classes de cobertura de terras da região e que a somatória de valores EVI2 de toda a série histórica pode aumentar consideravelmente essa capacidade de discriminação. A maioria das pastagens cultivadas apresentou assinaturas espectro-temporais distintas. A substituição da pastagem por outros tipos de cobertura de terras (por exemplo...

Identificação e mapeamento de pastagens degradadas nos municípios de Corguinho e Rio Negro, MS, utilizando fusão de imagens CBERS-2B (CCD e HRC).

ABDON, M. de M.; OLIVEIRA, M. S.; LUCIANO, A. C. dos S.; SILVA, J. dos S. V. da.
Fonte: In: SIMPÓSIO DE GEOTECNOLOGIAS NO PANTANAL, 2., 2009, Corumbá, MS. Anais... Campinas: Embrapa Informática Agropecuária; São José dos Campos: INPE, 2009. Publicador: In: SIMPÓSIO DE GEOTECNOLOGIAS NO PANTANAL, 2., 2009, Corumbá, MS. Anais... Campinas: Embrapa Informática Agropecuária; São José dos Campos: INPE, 2009.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: p. 343-352.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.06%
A degradação das pastagens pode ser definida como um processo evolutivo de perda de vigor, produtividade e capacidade de recuperação natural constituindo atualmente um dos maiores problemas para a pecuária brasileira. Estudos recentes apontam resultados promissores para identificar e mapear diferentes níveis de degradação em pastagens através de imagens de satélites, além de permitir o monitoramento do processo de degradação no âmbito local ou regional. O objetivo do presente estudo consiste em avaliar o uso de imagens fusionadas dos sensores CCD e HRC do satélite CBERS-2B, para identificação e caracterização de áreas com pastagens degradadas nos municípios de Corguinho e Rio Negro no Estado de Mato Grosso do Sul. Imagens CCD das bandas 2, 3 e 4 e HRC foram processados no aplicativo SPRING e por meio da classificação MAXVER , da segmentação e da classificação Bhattacharya foi elaborado um mapa na escala de 1:50.000 das áreas de pastagens degradadas.; 2009; GeoPantanal 2009.

Proteínas expressas em Brachiaria brizantha envolvidas nos mecanismos de resistência às cigarrinhas-das-pastagens.

MEIRELES, K. G. X.; VALLE, C. B. do; CHIARI, L.; ROBLES, C.; NASCIMENTO, D.; COSTA, P. P.
Fonte: In: SIMPÓSIO SOBRE INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE CIENTÍFICA NA EMBRAPA, 2., 2010, Brasília, DF. Anais... Brasília, DF: Embrapa, 2010. Disponível em: . Acesso em: 25 fev. 2010. Publicador: In: SIMPÓSIO SOBRE INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE CIENTÍFICA NA EMBRAPA, 2., 2010, Brasília, DF. Anais... Brasília, DF: Embrapa, 2010. Disponível em: . Acesso em: 25 fev. 2010.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.06%
No Brasil, o gênero Brachiaria spp. inclui as cultivares de gramíneas mais importantes para a produção de carne bovina. O monocultivo de extensas áreas com uma ou poucas cultivares contribuiu para o avanço das cigarrinhas-das-pastagens, sua principal praga. Estima-se que as cigarrinhas ocorrem em aproximadamente 10 milhões de hectares de pastagens, provocando perda na qualidade da forragem e diminuição na produção de matéria seca, resultando na redução da capacidade de suporte da mesma. A diversificação das pastagens a partir do uso alternado de cultivares com diferentes graus de resistência às cigarrinhas é uma alternativa eficiente para controlar os danos causados por essa praga. Para tanto, a avaliação de materiais quanto à resistência às cigarrinhas-das-pastagens constitui-se uma atividade fundamental, que vem sendo realizada como parte importante do programa de melhoramento de braquiária. Entretanto, esta avaliação é realizada em casa-de-vegetação e no campo, em um processo que leva aproximadamente 10 anos. Em função disso, o screening de genótipos quanto à resistência às cigarrinhas-das-pastagens, o mais cedo possível, no programa de desenvolvimento de novas cultivares de braquiária, tem sido uma prioridade. Dentro deste contexto...

Avaliaçao da degradabilidade ruminal e digestibilidade in vitro de pastagens de aveia e azevém submetidas a pastejo de ovinos e obtidas por fístulas esofágicas

Luczyszyn, Viviane Cristina
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.06%
Resumo: Com o objetivo de avaliar a digestibilidade in vitro e a degradabilidade ruminai in situ de pastagens de inverno, ao longo do ciclo vegetativo, implantou-se no Centro de Estações Experimentais do Canguiri (UFPR), em julho de 2001, três áreas de aproximadamente 1 ha, contendo isoladamente cada uma delas aveia, azevém e o consórcio de aveia e azevém. Para a coleta de amostras das pastagens foram utilizados 3 ovinos canulados no esôfago. A lotação das pastagens foi fixa e o pastejo contínuo. Para a determinação da degradabilidade in situ, 4 ovelhas foram fistuladas no rúmen e amostras de extrusa foram incubadas, em períodos preestabelecidos de 0, 2, 4, 6, 8, 12, 36 e 72 horas. Nas extrusas foram determinados teores de matéria seca, proteína bruta, fibra em detergente neutro e fibra em detergente ácido e a digestibilidade in vitro destas frações. Foram avaliadas as degradações da fração solúvel, potencialmente degradável, indegradável, velocidade de desaparecimento e degradabilidades potencial e efetiva, da matéria seca, proteína bruta e fibra em detergente neutro. Os dados de degradação in situ foram analisados em um delineamento inteiramente casualizado com 3 tratamentos e 4 repetições. Para a digestibilidade in vitro...

Caracterização biofísica e radiométrica de pastagens cultivadas no Cerrado Goiano; Radiometric and biophysical characterization of pastures cultivated in the Cerrado Goiano

SANTOS, Gitair Moreira dos
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.06%
The goal of this research was a thorough assessment of the biophysical and radiometric characteristics of the cultivated pastures in the Cerrado biome, based on both field and remote sensing data acquired in August 2009 and February 2010. The study area, located in the State of Goiás, Central Brazil, comprises an area of approximately 77.806 km², between latitudes 14º 00 S and 16º 30 S, and longitudes 48º 30 and 51º 10 W. Based on our data and results, we found a substantial difference between the two periods investigated, particularly concerning the green biomass and % green cover. While the total biomass remains mostly unchanged, the green biomass varies from 1.2 to 3.1 t/ha between August and February. Likewise, the % green cover increases as much as 65%. All these data and results, situated within the context of a larger initiative, certainly may be instrumental in promoting a more effective and sustainable pasture management in the Cerrado biome.; A presente pesquisa teve como objetivo identificar as características biofísicas e radiométricas das pastagens cultivadas do bioma Cerrado através de dados de campo e sensoriamento remoto, obtidos em agosto (período seco) e fevereiro (período chuvoso). A área de estudo localiza-se na região Centro-Oeste do Brasil...

Valor Alimentar de Três Pastagens Anuais para Ovinos

Abreu, Manuel d'orey Cancela d'
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
36.06%
"Sem resumo feito pelo autor" - 0 principal objectivo deste trabalho foi determinar o valor alimentar de três pastagens anuais, para ovinos, em função da sua qualidade, nível de ingestão e estação do ano. As três pastagens que se estudaram, todas elas sobre montado disperso, foram: pastagem à base de trevo subterrâneo (Tr. Subt.), semea-da com uma mistura de 4 cultivares de trevo (Nungarin, Seaton Parle, Woogene11up e Trikkala), na quantidade de 20 kg/ha, e azevém anual, cultivar Wimeria, na quantidade de 5 kg/ha; pasta-gem natural fertilizada (P. Nat.); pastagem à base de serradela (Ser.), resultante da sementeira de 20 kg/ha de serradela cultivar Pitman, e de 5 kg/ha de azevém anual. 0 ensaio foi instalado na Herdade da Mitra, ocupando o Tr. Subt., a P. Nat. e a Ser., respectivamente, 2,4 ha, 2,2 ha e 1,8 ha. Foram pastoreadas, permanentemente, por ovinos machos castrados. As colheitas de dados realizaram-se durante três anos, no período de Março de 1987 a Fevereiro de 1990. A disponibilidade de pastagem foi determinada por cortes realizados regularmente e a composição química foi determinada, quer em sub-amostras dos cortes, quer em amostras da dieta ingerida, colhidas através de fístula esofágica. Estas últimas amostras foram colhidas em cinco épocas diferentes do ano-Outono...

As Pastagens: Passado, Presente e Futuro

Salgueiro,Teodósio Augusto
Fonte: Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal Publicador: Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.06%
Foi só em 1965 que se começaram a semear pastagens em Portugal, muito embora se tivesse iniciado, na segunda metade do século XIX, o desenvolvimento das forragens com base científica. A comparação dos recenseamentos gerais de agricultura de 1989 e 1999 mostra que a área dedicada à pecuária (pousio, prados temporários, pastagens permanentes e culturas forrageiras) aumentou 11%, abrangendo 2,6 milhões de hectares, ou seja, 67% da SAU (superfície agrícola utilizada). Todavia, o acréscimo dos efectivos de bovinos, ovinos e caprinos foi apenas de 0,4%, devido à forte diminuição destes, e a evolução da produção animal, designadamente a de carne, não correspondeu à subida da área consagrada à alimentação animal. Como a grande maioria das pastagens permanentes são naturais, aponta-se a sua reconversão para pastagens semeadas. Quanto ao pousio, este deve dar o lugar a pastagens semeadas, permanentes ou temporárias, consoante os solos e a topografia.