Página 1 dos resultados de 317 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Determinação espectrométrica dos flavonóides das folhas de Maytenus (Celastraceae) e de Passiflora (Passifloraceae) e comparação com método CLAE-UV; Spectrometric determination of flavonoids from Maytenus (Celastraceae) and Passiflora (Passifloraceae) leaves and comparison with an HPLC-UV method

CHABARIBERI, Regina de A. O.; POZZI, Alessandra C. S.; ZERAIK, Maria Luiza; YARIWAKE, Janete H.
Fonte: Sociedade Brasileira de Farmacognosia Publicador: Sociedade Brasileira de Farmacognosia
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
27.65%
Este trabalho apresenta uma modificação dos procedimentos descritos nas Farmacopéias Francesa e Européia para a análise de flavonoides de Passiflora incarnata L., Passifloraceae, por espectrometria UV-Visível e propõe a sua aplicação na determinação dos flavonoides totais das folhas da espinheira-santa (Maytenus aquifolium Mart. e Maytenus ilicifolia (Schrad.) Planch., Celastraceae) e do maracujá (Passiflora edulis Sims. e Passiflora alata Curtis, Passifloraceae). Os resultados obtidos por espectrometria no UV-Visível foram comparados aos obtidos por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE-UV), encontrando-se resultados estatisticamente similares entre os métodos espectrométrico modificado da Farmacopéia Francesa e CLAE-UV.; This paper reports on a modification of the spectrometric procedures originally described in the French and European Pharmacopoeia for the analysis of Passiflora incarnata L. (Passifloraceae) flavonoids, proposing its application in the determination of total flavonoids from "espinheira-santa" (Maytenus aquifolium Mart. and Maytenus ilicifolia (Schrad.) Planch., Celastraceae) and "maracujá" leaves (Passiflora edulis Sims and Passiflora alata Curtis, Passifloraceae). A comparison was made of the results obtained by the spectrometric procedure with those obtained by high performance liquid chromatography (HPLC-UV)...

Multivariate analysis of the effects of soil parameters and environmental factors on the flavonoid content of leaves of Passiflora incarnata L., Passifloraceae; Análise multivariada dos efeitos dos parâmetros do solo e fatores ambientais no teor de flavonoides das folhas de Passiflora incarnata L., Passifloraceae

REIMBERG, Maria Célia H.; COLOMBO, Renata; YARIWAKE, Janete H.
Fonte: Sociedade Brasileira de Farmacognosia Publicador: Sociedade Brasileira de Farmacognosia
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
27.45%
The aim of the present study was to evaluate the effect of soil characteristics (pH, macro- and micro-nutrients), environmental factors (temperature, humidity, period of the year and time of day of collection) and meteorological conditions (rain, sun, cloud and cloud/rain) on the flavonoid content of leaves of Passiflora incarnata L., Passifloraceae. The total flavonoid contents of leaf samples harvested from plants cultivated or collected under different conditions were quantified by high-performance liquid chromatography with ultraviolet detection (HPLC-UV/PAD). Chemometric treatment of the data by principal component (PCA) and hierarchic cluster analyses (HCA) showed that the samples did not present a specific classification in relation to the environmental and soil variables studied, and that the environmental variables were not significant in describing the data set. However, the levels of the elements Fe, B and Cu present in the soil showed an inverse correlation with the total flavonoid contents of the leaves of P. incarnata.; O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos do solo (pH, macro e micronutrientes), fatores ambientais (temperatura, umidade, época do ano e período da coleta) e condições meteorológicas (chuva...

Morfologia foliar comparada de Passiflora L. (Passifloraceae); Comparative leaf morphology of Passiflora L.(Passifloraceae)

Brasileiro, Juliana Castelo Branco
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
27.65%
A família Passifloraceae é conhecida mundialmente por suas flores exuberantes, frutos comestíveis e pelo uso na medicina. Composta por duas tribos, com apenas Passifloreae ocorrendo abundantemente no Brasil, principalmente espécies pertencentes ao gênero Passiflora. Este gênero compreende quatro subgêneros, Astrophea, Decaloba, Deidamioides e Passiflora. Destes Decaloba e Passiflora são grupos monofiléticos e os mais numerosos em espécies. É ainda o gênero que mais apresenta diversidade morfológica das folhas e estípulas. Apesar do elevado número de espécies, os estudos sobre anatomia foliar em Passifloraceae ainda são escassos, embora muitas revisões taxonômicas utilizem amplamente a morfologia foliar para classificar as espécies. Dessa forma este trabalho teve como objetivo auxiliar na identificação das espécies e contribuir com futuros estudos filogenéticos, a partir das descrições morfológicas e anatômicas das folhas de Passiflora. Técnicas usuais de anatomia vegetal foram utilizadas para análise em microscopia óptica. Como principais resultados foram descritos caracteres anatômicos que corroboram a classificação infrasubgenérica já existente, além de acrescentar características particulares ao nível de espécie. O padrão de venação mostrou-se o caráter anatômico bastante seguro. Dentre as superseções analisadas...

Desenvolvimento embrionário e do arilo em maracujá azedo (Passiflora edulis f. flavicarpa) e maracujá doce (Passiflora alata L.); Embryo and aril development in yellow passionfruit (Passiflora edulis f. flavicarpa) and sweet passionfruit (Passiflora alata L.)

Silveira, Sylvia Rodrigues da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
27.45%
O gênero Passiflora é o maior gênero da família Passifloraceae, que compreende mais de 500 espécies, a maioria originária de regiões neotropicais, sendo centenas distribuídas pela América Latina. Algumas dessas espécies apresentam importância econômica na produção de fruta in natura, suco concentrado, uso ornamental e medicinal com propriedades sedativas. Estudos do desenvolvimento reprodutivo e do fruto de espécies de Passiflora são fundamentais para melhor compreensão de aspectos do desenvolvimento que possam contribuir para a produção agronômica e compreensão da evolução de estruturas florais presentes em espécies desta família. A importância das sementes para a sua propagação, para estudos taxonômicos e a presença do arilo, estrutura de interesse fundamental para a comercialização de frutos e produção de suco em espécies desse gênero, estimulou a elaboração de um estudo comparativo entre duas espécies de interesse comercial, P. edulis e P alata, associando o estudo de características morfoanatômicas e moleculares. O presente projeto teve como objetivo caracterizar o desenvolvimento do embrião zigótico e arilo de Passiflora edulis Sims e Passiflora alata Curtis. Flores foram manualmente polinizadas e amostras coletadas periodicamente após a polinização...

Ontogênese do complexo de gemas em Passiflora L. (Passifloraceae) e expressão de PasAP1, ortólogo de APETALA1; Organogenesis of the bud complex in Passiflora L.(Passifloraceae) and expression of PasAP1, APETALA1 ortholog

Lopes Filho, José Hernandes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
27.45%
A axila foliar em Passiflora L. (Passifloraceae) apresenta uma estrutura complexa: de um mesmo ponto parecem surgir flores e gavinhas, além de uma gema vegetativa também estar presente. A origem da gavinha foi interpretada de diferentes maneiras ao longo da história, sendo considerada desde modificações de um ramo até uma flor. Além disso, a ontogenia dessas estruturas tem início em um único meristema axilar, que geralmente é descrito como capaz de se dividir em dois ou mais meristemas (chamado de "complexo de gemas"), cada qual dando origem a uma estrutura diferente (gavinhas e flores). Estudos de expressão gênica demonstram a presença do ortólogo do gene LEAFY de Arabidopsis, em meristemas axilares, florais e de gavinhas, em duas espécies de Passiflora. Esse gene é tipicamente relacionado à transição de fase vegetativa para reprodutiva em diversas angiospermas. Assim, o presente estudo objetivou descrever em detalhes a ontogenia das diferentes estruturas originadas no meristema axilar de diferentes espécies, focando em diferentes fases de vida da planta, bem como averiguar a expressão de ortólogos de APETALA1 (AP1), um gene tipicamente relacionado à identidade de meristemas florais e na determinação de sépalas e pétalas. Como resultado...

Investigação da atividade ansiolítica de passiflora alata curtis (passifloraceae); Anti-anxiety studies on passiflora alata Curtis (PASSIFLORACEAE)

Provensi, Gustavo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.57%
Passiflora alata Curtis (PASSIFLORACEAE) é utilizada como tranqüilizante, seja popularmente ou pela indústria farmacêutica na produção de fitoterápicos. O objetivo desse trabalho foi avaliar, em camundongos, a atividade geral sobre o Sistema Nervoso Central e o efeito ansiolítico de um extrato hidroetanólico (70%) (EXT) e de duas frações enriquecidas (fração de saponinas - SAP e fração de flavonóides - FLA) obtidos das folhas de P. alata e, também, investigar o envolvimento do complexo receptor GABAA nos efeitos observados. O extrato e as frações foram administrados agudamente, pela via oral, e avaliados nos seguintes modelos: labirinto em cruz elevado, tempo de sono barbitúrico, avaliação da atividade locomotora espontânea, avaliação da coordenação motora em aparelho rota-rod e proteção às convulsões induzidas por pentilenotetrazol. FLA 300 mg/kg e SAP 600 e 900 mg/kg provocaram um efeito do tipo ansiolítico no labirinto em cruz elevado. FLA (CI50= 181,2 μg/mL) e SAP (CI50= 23,4 μg/mL) deslocaram a ligação específica de [3H]-TBOB em membranas sinaptossomais de córtex de ratos adicionadas de GABA (0,3 μM), indicando uma modulação positiva do canal de cloreto ativado por GABA, porém esse efeito não é mediado pelo sítio benzodiazepínico uma vez que ambas as frações não deslocaram a ligação de [3H]-flunitrazepam em concentrações até 300 μg/mL. O extrato hidroetanólico (EXT) provocou efeitodo tipo ansiolítico (300 mg/kg) no labirinto em cruz elevado...

Influência da variação numérica dos nectários extraflorais de Passiflora suberosa Linnaeus (Passifloraceae) na fauna de formicídeos associada

Guimarães, Andréia Aparecida
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
Passiflora suberosa (Passifloraceae) apresenta grande variação na forma foliar. Neste estudo, buscou-se determinar os tipos de formatos foliares básicos presentes em seis populações do Estado do Rio Grande do Sul. Além disso, esta espécie apresenta nectários extraflorais, que foram caracterizados morfologicamente, e determinado a sua localização nas folhas, bem como sua variação numérica. Também, realizou-se análise quantitativa do néctar extrafloral por eles produzido. Em campo, são freqüentemente encontradas formigas nos nectários extraflorais de P. suberosa. Com base em visitas quinzenais, identificou-se os gêneros de formigas que os visitam e quantificou-se a freqüência destes em relação à posição da folha no ramo (idade) e à variação numérica de nectários extraflorais por planta. Para testar a importância dos nectários extraflorais do limbo frente a presença de formigas, um experimento foi desenvolvido, contendo os seguintes tratamentos: 1) nectários extraflorais do limbo foliar e peciolares intactos; 2) nectários extraflorais do limbo foliar extirpados e 3) nectários extraflorais do limbo foliar e do pecíolo extirpados. Foram encontrados seis tipos de formatos foliares. Num dado local, há predominância de um tipo particular de formato...

Anatomia comparada da antera de espécies de Passiflora L.(Passifloraceae) do Rio Grande do Sul

Dettke, Greta Aline
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.45%
Passiflora L. é o maior dos gêneros de Passifloraceae, com cerca de 530 espécies, e ocorre predominantemente no continente americano. Compreende trepadeiras herbáceas ou lenhosas com gavinhas, raramente ervas, arbustos ou pequenas árvores. A sistemática de Passiflora, assim como de Passifloraceae, não está ainda bem resolvida, pois são frágeis os limites de circunscrição de vários subgêneros, seções e séries e a última revisão sistemática dos gêneros americanos data do século passado. Esta classificação estabelece 23 subgêneros e é inteiramente baseada em caracteres morfológicos, principalmente da estrutura floral. Estudos recentes, morfológicos e moleculares, indicam a redução destes subgêneros à apenas quatro: Passiflora, Decaloba, Astrophea e Deidamioides. Porém, a relação entre estes subgêneros é incerta, sendo de fundamental importância a realização de estudos morfológicos para a sustentação e esclarecimento das relações entre os grupos deste gênero. Este estudo tem por objetivo descrever a morfologia externa, vascularização e estrutura histológica da antera deiscente, a estrutura e histoquímica da esporoderme dos grãos de pólen, bem como a caracterização das aberturas do pólen de treze espécies de Passiflora L. (subgêneros Astrophea...

Morfologia, anatomia e imunocitoquímica da interação entre pólen e estigma em duas espécies de Passiflora(Passifloraceae)

Braum, Adriana Farias
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.45%
O gênero Passiflora é originário da América do Sul e tem no Centro-Norte do Brasil seu maior centro de distribuição geográfica. A família Passifloraceae congrega espécies arbóreas, arbustivas, herbáceas, e, sobretudo, lianas que desempenham fundamental importância ecológica na dinâmica de regeneração natural de florestas. Apesar da importância ecológica das Passifloras, conhecimentos sobre seu modo de reprodução são escassos, e pouco se sabe sobre como se dá o mecanismo de compatibilidade e incompatibilidade nas espécies do gênero, assim como as alterações ocorridas durante a interação entre pólen e pistilo, incluindo a dinâmica da parede celular durante esses mecanismos. O presente trabalho foi desenvolvido com duas espécies do gênero Passiflora: Passiflora suberosa L. (Clado Decaloba) e Passiflora elegans Masters (Clado Passiflora) no intuito de contribuir para o esclarecimento da biologia reprodutiva do gênero. Foram realizadas polinizações controladas em botões florais de ambas as espécies, tanto em experimentos de polinização cruzada, quanto de autopolinização. O material coletado foi submetido à fixação, desidratação etílica ascendente e infiltração em resina hidroximetilacrilato para as secções observadas em microscopia óptica...

Interação de Heliconius ethilla narcaea Godart (Lepidoptera, Nymphalidae, Heliconiinae) com passifloráceas ocorrentes no Rio Grande do Sul

Silva, Ana Kristina
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.45%
As populações de Heliconius ethilla narcaea Godart (Lepidoptera, Nymphalidae, Heliconiinae) diferem quanto ao uso das plantas hospedeiras (passifloráceas) no estado do Rio Grande do Sul (RS), utilizando preferencialmente Passiflora alata Dryander, na Depressão Central. Tal aspecto pode ter conseqüências para a performance de suas larvas, bem como resultar em mudanças ecológicocomportamentais. Por exemplo, inexistem estudos correspondentes para a região dos Campos de Cima da Serra, RS, cuja flora de passifloráceas é distinta. Neste estudo, foi quantificada uma população de adultos de H. ethilla narcaea na Floresta Nacional (Flona) de São Francisco de Paula, região de Floresta Ombrófila Mista, no período de março 2006 a maio 2007. Em condições de laboratório, testou-se a influência de sete espécies de Passiflora existentes no RS (P. alata, P. actinia, P. caerulea, P. capsularis, P. edulis, P. misera e P. suberosa) sobre a sobrevivência e tempo de desenvolvimento das larvas, e tamanho dos adultos. A preferência alimentar das larvas de primeiro e quinto ínstares também foi avaliada, utilizando-se discos foliares em testes de dupla escolha, quando criadas individualmente nas diferentes passifloráceas e, múltipla...

Caracterização de genes de fatores de transcrição expressos em corona de Passiflora edulis Sims. (Passifloraceae); Characterization of genes of transcription factors expressed in corona in Passiflora edulis Sims. (Passifloraceae)

Conrado de Campos Gonçalves
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
27.45%
A corona floral é uma estrutura típica das flores da família Passifloraceae. A elucidação dos mecanismos responsáveis pela formação da corona é de extrema importância para a compreensão dos processos evolutivos que permitiram a diversificação das interações com polinizadores nas espécies desta família. Este trabalho teve por objetivo identificar e caracterizar fatores de transcrição (FT) preferencialmente expressos na corona em Passiflora spp. Para tal, o banco de etiquetas de genes expressos (ESTs) PASSIOMA foi investigado e 139 cDNAs foram identificados: 69 derivados de bibliotecas florais de P. edulis, 68 de P. suberosa e 2 de P. pohlii. No intuito de atribuir identidades às sequências realizou-se uma análise de parcimônia, com a obtenção de cladogramas que permitiram a identificação de membros de 31 famílias gênicas de fatores de transcrição em Passiflora spp. Experimentos de macroarranjo mostraram que 9 genes putativos, codificadores de fatores de transcrição, apresentaram expressão nos filamentos da corona. Para a caracterização mais completa desses fatores de transcrição, foram realizados experimentos de RT-PCR em 5 destes 9 genes e hibridização in situ com dois dos 5 genes analisados por RT-PCR. Os resultados obtidos com RT-PCR indicaram que estes genes são expressos nos tecidos da corona mas também em folhas e outros órgãos florais. Os resultados da hibridização in situ confirmaram que os genes encontrados não são especificamente expressos na corona.; The corona is a floral structure typical from the Passifloraceae family. The elucidation of the mechanisms responsible for the formation of the corona is of great importance to the comprehension of the evolutionary processes that allowed the diversification of the interactions with pollinators among the species of this family. This work aimed the identification and characterization of transcription factors (FT) preferentially expressed in the corona of Passiflora spp. For that...

Diversidade genética molecular e reação a doenças de acessos silvestres e comerciais de maracujazeiro (Passiflora spp.) presentes em bancos de germoplasma = : Molecular genetic diversity and disease reaction of commercial and wild access of passion fruit (Passiflora spp.) present in germplasm banks; Molecular genetic diversity and disease reaction of commercial and wild access of passion fruit (Passiflora spp.) present in germplasm banks

Carlos Bernard Moreno Cerqueira Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
27.45%
O gênero Passiflora, cujas espécies são popularmente conhecidas como maracujazeiros, destaca-se na família Passifloraceae tanto pelo número de espécies (aproximadamente 520) quanto pela importância econômica associada à parte destas espécies. Os maracujazeiros ocorrem em diferentes países, sendo sua diversidade amplamente representada nas Américas, onde a Colômbia e o Brasil se destacam com aproximadamente 170 e 150 espécies de Passiflora, respectivamente. Economicamente os maracujazeiros despertam interesse pela beleza de suas flores, presença de princípios ativos medicinais, extração de óleos essenciais para indústria de cosméticos, produção de frutos para consumo in natura ou produção de derivados. O Brasil se destaca como maior produtor de maracujá, embora a produtividade nacional seja baixa (média de 14 T/ha-1 ano-1), quando comparada ao potencial da passicultura (± 50 T/ha -1 ano-1). Em parte essa baixa produtividade é ocasionada pela ausência de cultivares adaptadas às diferentes regiões produtoras e pela suscetibilidade das cultivares às principais enfermidades que acometem a cultura. Embora crescente, os programas de melhoramento genético do maracujazeiro apresentam resultados modestos frente às demandas existentes. Entre os obstáculos enfrentados pelos melhoristas...

Ontogenia de frutos e sementes de espécies de Passiflora (Passifloraceae - subgênero Decaloba (DC.) Rchb. seção Xerogona (Raf.) Killip); Ontogeny of fruits and seeds of Passiflora species (Passifloraceae - subgenus Decaloba (DC.) Rchb. section Xerogona (Raf.) Killip)

Juliana Foresti Milani
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.65%
A morfologia externa e interna dos frutos e sementes de Passifloraceae Juss. ex Roussel é pouco conhecida ou até desconhecida para muitas espécies. Estudos morfoanatômicos de frutos e sementes têm grande importância já que os mesmos exibem pequena plasticidade fenotípica. Neste contexto, este trabalho teve como objetivo elucidar a ontogenia do fruto e da semente de quatro espécies de Passiflora L. subgênero Decaloba (DC.) Rchb. superseção Decaloba (DC.) J.M. Macdougal & Feulliet seção Xerogona (Raf.) Killip que apresentam frutos do tipo cápsula, condição incomum na família. Para tanto, o material vegetal foi coletado e processado segundo técnicas convencionais em microscopia de luz e eletrônica, além da aplicação de técnica específica (TUNEL) para detecção de morte celular programada no estádio de deiscência do fruto. Foram estabelecidos estádios de desenvolvimento para os frutos e as sementes: Estádio I: Ovário e óvulo; Estádio II - fruto e semente em início de desenvolvimento: frequentes divisões celulares; Estádio III - fruto e semente jovens: alongamento celular; Estádio IV - fruto e semente maduros: diferenciação celular e deiscência do fruto. Nos estádios II a IV do fruto, o epicarpo e o endocarpo são uniestratificados e as maiores modificações decorrentes do desenvolvimento do fruto ocorrem no mesocarpo. Ao longo do desenvolvimento aumentam os espaços intercelulares a partir do endocarpo em direção ao epicarpo. Não há a formação de uma linha de deiscência. Os espaços intercelulares ocorrem devido à morte celular programada formando lacunas que acabam por romper o pericarpo. Os testes histoquímicos indicaram a presença de idioblastos contendo compostos fenólicos e proteínas no tecido fundamental do ovário e no mesocarpo. As sementes das espécies estudadas são bitegumentadas. A testa é constituída de duas camadas: exotesta e endotesta. O tégmen é composto por três camadas: exotégmen...

Palinotaxonomia das espécies de Passiflora L. subg. Decaloba (DC.) Rchb. (Passifloraceae) no Sudeste do Brasil

Milward-de-Azevedo,Michaele A.; Gonçalves-Esteves,Vania; Baumgratz,José Fernando A.
Fonte: Sociedade Botânica de São Paulo Publicador: Sociedade Botânica de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.27%
O estudo palinotaxonômico de oito espécies de Passiflora L. subg. Decaloba (DC.) Rchb. (Passifloraceae) teve como objetivo contribuir para a caracterização, circunscrição e delimitação desse subgênero na região Sudeste do Brasil. Os grãos de pólen foram acetolisados, medidos, descritos e ilustrados sob microscopia de luz. Para observar detalhes da superfície e da abertura, grãos de pólen não acetolisados foram analisados em microscópio eletrônico de varredura (MEV) e, em seguida, eletromicrografados. Os dados obtidos foram estatisticamente analisados, de acordo com o tamanho da amostra. As espécies analisadas neste estudo possuem grãos de pólen grandes ou médios, isopolares, prolato-esferoidais, esferoidais ou subprolatos, 12-colporados, 12-colpados para P. suberosa L. ou 6-colporados, com pseudopérculos, exina heteroreticulada. Foi confeccionada uma chave para a identificação das espécies estudadas com base em dados polínicos.

Uma nova espécie de Passiflora L. (Passifloraceae) para o Brasil

Nunes,Teonildes Sacramento; Queiroz,Luciano Paganucci de
Fonte: Sociedade Botânica do Brasil Publicador: Sociedade Botânica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.27%
Uma nova espécie de Passifloraceae é descrita e ilustrada, Passiflora mucugeana T.S. Nunes & L.P. Queiroz. Esta espécie é conhecida até o momento, na região da Chapada Diamantina, Bahia, em áreas próximas aos municípios de Mucugê, Ibicoara e Barra da Estiva, em áreas de florestas estacionais e campo rupestre (Complexo Espinhaço), chegando a uma altitude de 1.200 metros. Passiflora mucugeana é inserida no subg. Passiflora supersect. Stipulata Feuillet & MacDougal sect. Granadillastrum Triana & Planch., por apresentar caracteres morfológicos que a assemelham a P. imbeana Sacco.

Passifloraceae na área de proteção ambiental de Belém, PA, Brasil

Silva,Eduardo Oliveira; Santos,João Ubiratan Moreira dos; Dias,Ana Cristina Andrade de Aguiar
Fonte: Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro Publicador: Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.45%
Esta pesquisa tem por objetivo levantar e descrever as espécies de Passifloraceae que ocorrem na Área de Proteção Ambiental de Belém (APA-Belém). A família Passifloraceae está representada, na área de estudo, por dois gêneros: Dilkea (D. johannesii)e Passiflora (P. acuminata, P. auriculata, P. araujoi, P.ceratocarpa, P. foetida, P. nitida, P. glandulosa, P. picturata, P. quandrangularis, P. serratodigitata, P. tholozanii, e P. vespertilio), totalizando 13 espécies. Uma nova ocorrência de P. ceratocarpa foi registrada para o estado de Mato Grosso. A presença de corona com três séries de filamentos em P. glandulosa é relatada como um novo caráter diagnóstico para a espécie. A partir desses resultados, podemos concluir que se fazem necessários novos estudos para ampliação do conhecimento desta família na região amazônica.

Anatomia foliar de Passiflora L. (Passifloraceae) : aspectos taxonômicos e evolutivos

Farias, Vanessa de
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 60f. : il. algumas color., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
27.57%
Orientadora : Profª. Drª. Patricia Soffiatti; Coorientadora : Profª Drª Valeria Cunha Muschner; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Botânica. Defesa: Curitiba, 22/07/2014; Inclui referências; Área de concentração :Estrutura e fisiologia do Desenvolvimento Vegetal; Resumo: Passifloraceae possui 17 gêneros e cerca de 630 espécies, subdividida nas Tribos Paropsieae e Passifloreae, onde a primeira é considerada um complexo basal parafilético e a segunda, monofilética. O gênero Passiflora L., pertencente à Passifloreae, com cerca de 525 espécies, distribuídas nas regiões tropicais do Novo Mundo, Ásia e Austrália. A taxonomia de Passiflora baseia-se em diversos caracteres florais e vegetativos, apresentando uma complexa subdivisão taxonômica em subgêneros, seções e séries. Passiflora está subdividido em quatro subgêneros (Astrophea, Decaloba, Passiflora, Deidamioides). Este trabalho teve por objetivo investigar os padrões de diversificação dos caracteres anatômicos foliares em Passiflora, buscando aqueles de valor taxonômico e potenciais sinapomorfias para o grupo, dentro de um contexto filogenético, visando o entendimento de como ocorreu à evolução de alguns caracteres no gênero. Para tanto...

Anatomia de frutos e sementes de espécies de Passiflora L. - subgêneros Decaloba (DC.) Rchb. e Passiflora L. (Passifloraceae); Anatomy of fruits and seeds of species of Passiflora L. - subgenus Decaloba (DC.) Rchb. and Passiflora L. (Passifloraceae)

Cristina Gurski
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/05/2015 PT
Relevância na Pesquisa
27.77%
Passiflora L. é o maior gênero de Passifloraceae, com mais de 530 espécies de ervas, árvores e lianas. Os estudos sobre a diversidade morfológica de Passifloraceae são escassos, mesmo inexistentes para muitas espécies. Estudos morfoanatômicos de frutos e sementes possuem grande importância, uma vez que esses órgãos são bastante conservados e exibem pouca plasticidade fenotípica. Assim, o presente trabalho teve como objetivo descrever ontogeneticamente a estrutura de frutos e sementes de dez espécies do gênero Passiflora, a fim de correlacionar através de comparações com os dados da literatura, os caracteres observados com possíveis significados taxonômico e/ou ecológico. Para tal, o material vegetal foi coletado e processado de acordo com técnicas de microscopia óptica e eletrônica de varredura. No ovário, a epiderme externa e a epiderme interna são uniestratificadas, com cutícula e estômatos em ambas; além de tricomas unicelulares na placenta e na base do funículo em P. morifolia. O mesofilo ovariano é homogêneo, com presença de idioblastos fenólicos, cristalíferos e, idioblastos contendo proteínas e polissacarídeos, associados aos feixes vasculares. O fruto exibe exocarpo uniestratificado com cutícula...

Pollen morphology of selected species of Passiflora L. (Passifloraceae) from the Atlantic Forest

Mezzonato-Pires,Ana Carolina; Mendonça,Cláudia Barbieri Ferreira; Gonçalves-Esteves,Vania
Fonte: Sociedade Botânica do Brasil Publicador: Sociedade Botânica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2015 EN
Relevância na Pesquisa
37.27%
Pollen grains from twelve species of the Passifloraceae family from the Brazilian Atlantic Forest were analyzed: Passiflora subg. Astrophea (1sp.), P.subg. Decaloba (1sp.) and P.subg. Passiflora (10spp.). The current study aims to acquire additional information and feature the pollen morphology of the herein studied species to help setting a more precise taxa delimitation. Acetolyzed pollen grains were measured, described and illustrated using light and scanning electron microscopy. The pollen grains were medium or large sized, oblate spheroidal, suboblate, prolate spheroidal and subprolate; 4-colpate (P. kermesina), 6-12-pantocolporate (P. mediterranea), 6-colpate (P. mucronata), 6-colporate (P. pentagona), 12-colporate (P. misera) or 6-syncolpate (in most species). The presence of reticulate sexine, pseudopercula, pontopercula and/or opercula was observed. The endoaperture was just found in P. pentagonaand P. misera. It was concluded that pollen morphology is an important source of taxonomic features useful for distinguishing species and characterizing the three subgenera. The current study provides additional information that, along with other previously published studies, will enable a better understanding of phylogenetic relations among these strains.

Passifloraceae do Parque Estadual de Ibitipoca, Minas Gerais

Milward-de-Azevedo, Michaele Alvim
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Biociências Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Biociências
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 23/06/2007 POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
A família Passifloraceae no Parque Estadual de Ibitipoca, localizado nos municípios de Lima Duarte e Santa Rita de Ibitipoca, no estado de Minas Gerais, está representada por seis espécies: Pssiflora amethystina Mikan, P. campanulata Mast., P. deidamioides Harms, P. haematostigma Mart. ex Mast., P. setacea DC. e P. sidifolia M. Roem. Para a identificação das espécies apresenta-se uma chave analítica, seguida de descrições morfológicas, citação do material examinado, distribuição geográfica, nomes vulgares, dados fenológicos e do hábitat, bem como comentários e ilustrações.