Página 1 dos resultados de 1940 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

A pr??tica pedag??gica nos cursos de educa????o profissional t??cnica de n??vel m??dio em sa??de: a percep????o do professor

Le??o, Laura Maria Pinheiro
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
45.79%
O presente trabalho teve como objeto de an??lise a pr??tica pedag??gica dos professores dos Cursos T??cnicos de N??vel M??dio em Sa??de oferecidos pela Escola T??cnica de Sa??de do Centro de Ensino M??dio e Fundamental da Universidade Estadual de Montes Claros (ETS/CEMF/UNIMONTES).Partiu da revis??o conceitual das tem??ticas: trabalho, processo de trabalho em sa??de e forma????o t??cnica de n??vel m??dio para o SUS; forma????o docente para o ensino na educa????o profissional t??cnica de n??vel m??dio em sa??de e os fundamentos para doc??ncia neste n??vel e modalidade de ensino na perspectiva da metodologia problematizadora. Utilizou-se a pesquisa qualitativa, contrastando os dados oriundos da percep????o dos professores entrevistados sobre sua pr??tica educativa, mediante entrevistas semiestruturadas, com aqueles resultantes da observa????o participante e da an??lise documental. Assim, realizou-se a t??cnica da triangula????o que permitiu o alcance do objeto sob v??rias dimens??es. Mais especificamente, buscou-se: 1) identificar as concep????es pedag??gicas do Projeto Pol??tico Pedag??gico da ETS/CEMF/UNIMONTES; 2) descrever as dificuldades e facilidades dos docentes dos cursos da ETS/CEMF/UNIMONTES na realiza????o de uma pr??tica pedag??gica que aproxime a teoria trabalhada dos princ??pios do SUS; e 3) analisar as perspectivas e demandas de forma????o dos docentes dos cursos da Escola pesquisada...

Implicações do PM II no desenvolvimento profissional docente : da reflexão à prática

Oliveira, Inês Bernardo; Fernandes, José António
Fonte: Associação de Professores de Matemática Publicador: Associação de Professores de Matemática
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
45.9%
O Plano da Matemática tem constituído um desafio e uma oportunidade: o desafio de melhorar os resultados dos alunos e uma oportunidade para o desenvolvimento profissional dos docentes de Matemática. Nesta comunicação relata-se uma parte de um estudo realizado numa escola secundária com 3.º ciclo do ensino básico, junto dos professores envolvidos no projeto Plano da Matemática II (PM II), onde se procurou compreender quais os contributos desse projeto de escola nas práticas reflexivas dos professores e consequentemente na mudança de práticas. Recorrendo a uma investigação qualitativa, procurou-se descrever e interpretar o trabalho desenvolvido pelos professores, nomeadamente da professora Mariana, a partir dos dados recolhidos nas sessões de trabalho semanais realizadas ao longo de sete meses e nas entrevistas à professora Mariana. Os resultados sugerem que o trabalho desenvolvido pelos professores, mais concretamente da professora Mariana, tem as características de uma “comunidade” de docentes onde a reflexão foi potenciada, conduzindo à mudança de práticas e naturalmente ao seu desenvolvimento profissional.

Desenvolvimento profissional de professores do 1.º ciclo no contexto de um projecto de investigação colaborativa focado na comunicação matemática: um estudo de caso

Menezes, Luís
Fonte: Associação de Professores de Matemática Publicador: Associação de Professores de Matemática
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2003 POR
Relevância na Pesquisa
45.92%
O crescente interesse da investigação educacional pela figura do professor, particularmente evidente desde há cerca de década e meia, fez sobressair uma temática: o desenvolvimento profissional de professores. Apesar de todo o trabalho já realizado, diversos autores (Fullan, 1994; Jaworski, 1998; Liberman, 1994; Nelson, 1996) assinalam a falta de instrumentos conceptuais ao estudo do tema. Fullan (1994) reclama mesmo por uma teoria do desenvolvimento profissional de professores que permita ultrapassar a "superficialidade" de algumas abordagens ao tema. Assumindo-se este trabalho como um estudo do desenvolvimento profissional de professores, no contexto de um projecto de investigação-acção de natureza colaborativa, pareceu importante, desde início, identificar e definir os principais conceitos que poderão contribuir para a compreensão deste termo. Alguns destes conceitos são operacionalizados num estudo mais vasto. do qual se apresenta apenas uma parte neste trabalho.

O trabalho colaborativo e o desenvolvimento profissional do professor de Matemática

Saraiva, Manuel; Ponte, João Pedro da
Fonte: Associação dos Professores de Matemática Publicador: Associação dos Professores de Matemática
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2003 POR
Relevância na Pesquisa
45.98%
Este artigo relata um estudo cujo objectivo era identificar factores que influenciam o desenvolvimento profissional dos professores de Matemática, no quadro da realização de trabalhos colaborativos, em ligação directa com a prática lectiva. Entre 1993 e 1997, dois professores de Matemática do ensino secundário e um investigador trabalharam na concretização dos novos programas desta disciplina. As reuniões da equipa foram audio-gravadas e transcritas e as aulas observadas dos dois professores foram gravadas em vídeo e transcritas. Paralelamente ao trabalho lectivo e de reflexão sobre as aulas, foram elaborados pareceres sobre as orientações curriculares, preparadas e proferidas comunicações em encontros de professores e elaborados artigos para revistas de educação matemática. Os resultados do estudo reforçam a perspectiva que o desenvolvimento profissional é um processo que se realiza ao longo de períodos alargados de tempo e que a observação de aulas de outros professores constitui um poderoso ponto de partida para a reflexão sobre a prática profissional. Este estudo evidencia três factores susceptíveis de promover o desenvolvimento profissional: (i) o enquadramento favorável à experimentação e ao desenvolvimento profissional; (ii) o trabalho de equipa desenvolvido de forma reflexiva...

Associativismo docente e construção da identidade profissional no contexto do Estado Novo. O exemplo do «Sindicato Nacional de Professores» entre o final dos anos 50 e o início dos anos 70

Pintassilgo, Joaquim
Fonte: Associação de Professores de Sintra Publicador: Associação de Professores de Sintra
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
45.84%
Este texto tem como objectivo central estudar o papel do associativismo docente e da respectiva imprensa no que diz respeito à produção de representações sobre a profissão docente e respectiva identidade. Escolhemos como objecto de estudo, tendo em vista a consecução da finalidade indicada, o percurso histórico, actividades e discurso profissional da única associação sindical docente cuja existência foi permitida pelo poder político durante o Estado Novo - o Sindicato Nacional dos Professores -, que agregava os profissionais ligados ao ensino particular. Utilizaremos como fontes principais do presente trabalho as seguintes: o Boletim do Sindicato Nacional dos Professores (1958-1966), os Relatórios da Direcção correspondentes ao período entre 1961 e 1973, os Estatutos do Sindicato Nacional dos Professores (1939, 1952 e 1962), em particular a última versão, o Boletim Informativo (1970-1971) e os Contratos Colectivos de Trabalho entre o Grémio Nacional dos Proprietários de Estabelecimentos de Ensino Particular e o Sindicato Nacional dos Professores (1957, 1961 e 1973). O período em destaque será, tendo em conta a documentação seleccionada, o que tem como intervalos os anos de 1958 e 1973.

Auto-eficácia e satisfação profissional dos Professores: colocando os construtos em relação num grupo de professores do ensino básico e secundário

Pedro, Neuza
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
45.98%
O presente estudo pretendeu analisar os índices de auto-eficácia evidenciados pelos professores, o nível de satisfação profissional experienciado pelos docentes e a associação entre os dois construtos psicológicos indicados, sentido de auto-eficácia e satisfação profissional. O estudo contou com a participação de 114 professores que responderam online aos instrumentos utilizados. Os resultados tendem a evidenciar que os professores inquiridos relevam índices elevados de auto-eficácia, ainda que a sua percepção pessoal de eficácia se revele distinta em diferentes domínios da actividade docente. Em sentido oposto, concluiu-se que os professores evidenciam baixos níveis de satisfação profissional, sendo os valores registados indicativos de um forte sentimento de descontentamento profissional. Foram ainda encontradas correlações positivas e significativas entre o sentido de auto-eficácia e a satisfação profissional dos professores.; This study attempt to analyze teachers‟ self-efficacy beliefs, considering distinctly the different action domains that constitutes teachers activities; teachers‟ level of job satisfaction, as well as the factors responsible for the sense of satisfaction/dissatisfaction promoted by their jobs; the association between the two psychological constructs: sense of self-efficacy and job satisfaction. The study included 114 teachers that responded to two online questionnaires. The results showed that teachers exhibit high levels of self-efficacy...

Satisfação profissional e auto-estima em professores dos 2.º e 3.º ciclos do Ensino Básico

Pedro, Neuza; Peixoto, Francisco
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2006 POR
Relevância na Pesquisa
46.03%
A relevância e o interesse acerca da satisfação profissional dos professores surge pelo facto de a ela aparecerem associadas variáveis tão importantes como a auto-estima, o bem-estar físico e mental, a motivação, o empenho, o envolvimento, o stresse, absentismo/abandono, o sucesso, a realização profissional dos professores. De igual modo, sabemos também que sentimentos de insatisfação e mal-estar afectam não só professores mas também os alunos, pois o desinvestimento e a falta de motivação dos professores contribui directamente para o desinteresse dos alunos na sala de aula e consequentemente, para a menor qualidade do processo de ensino-aprendizagem. O objectivo deste trabalho é tentar perceber quais os níveis de satisfação profissional evidenciado pelo professores portugueses, bem como os factores que estão por detrás da verdadeira satisfação profissional, analisando também os efeitos que poderão ter variáveis como o grupo disciplinar a que pertencem os professores e os anos de docência que possuem. Visamos ainda perceber se a satisfação/insatisfação na dimensão profissional do sujeito se repercute na sua auto--estima. Para tal foram utilizados dois instrumentos, a Rosenberg self-esteem scale e o Questionário de Satisfação no Trabalho para Professores. Participaram no presente estudo 79 professores de cinco escolas dos 2.º e 3.º ciclos da região de Vale do Tejo. A partir dos resultados encontrados concluiu-se que os professores apresentavam baixos níveis de satisfação profissional...

Desenvolvimento profissional e portefólios digitais

Aguincha, Maria Isilda Videira Nogueira da Silva, 1966-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
45.74%
Trabalho de projeto de mestrado, Educação (Tecnologias de Informação e Comunicação e Educação), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2012; A utilização de portefólios é uma prática que acontece a nível académico e no âmbito de algumas profissões, tendo sido introduzida em Portugal, nas escolas do Ensino Básico, em especial ao nível do Terceiro Ciclo, em consequência do projeto RePe que pretendia que os jovens estudantes desenvolvessem um portefólio que os acompanhasse ao longo do seu percurso. Os docentes fazem o seu caminho lado-a-lado com os estudantes, por um lado, e necessitam de dar mostra do seu desenvolvimento profissional, por outro. Para além das funções que são inerentes à prática docente, a evolução dessa prática deve ser documentada e pensada, refletida. Depois, há um conjunto de orientações que implicam que o docente, como os outros profissionais, deve sujeitar-se a um processo de avaliação, periodicamente, pelo que se mostra necessário que existam meios, de acordo com a regulamentação específica da profissão, que permitam suportar essa avaliação. Assim procurou-se conhecer o que entendem os especialistas e investigadores que têm vindo a estudar o que se faz sobre portefólio...

Prolongamento de horário e satisfação profissional dos professores

Gaspar, Aida Maria Lameirão Teixeira
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
45.79%
Dissertação de Mestrado em Ciências da Educação, Supervisão Pedagógica; Pretende-se com este trabalho apresentar os principais fatores que contribuem para explicar as vivências de mal – estar e de bem – estar dos docentes. Desenvolvemos uma perspetiva integradora, de carácter transacional e cognitivista, onde explicamos as relações ocorridas entre as situações indutoras de mal – estar, as experiencias de mal – estar, as estratégias de respostas e as consequências das mesmas no ambiente de trabalho. Propomo-nos fazer uma introdução ao estudo de algumas das principais emoções de mal – estar, referindo a sua relevância em termos de níveis de incidência e de custos individuais e sociais, indicando alguns dos fatores, pessoais, interpessoais, organizacionais e sociais, que contribuem para uma expressão tão marcada destes problemas na docência. Contudo, ressalvamos nesta abordagem os fatores que conduzem muitos professores a conseguirem reagir adaptativamente face às dificuldades profissionais desenvolvendo situações de bem estar. Salientamos neste estudo que a baixa frequência de crianças no Pré Escolar, levou à necessidade de um alargamento de horário, indo ao encontro das necessidades das famílias...

Satisfação profissional e auto-estima em professores dos 2.º e 3.º ciclos do Ensino Básico

Pedro, Neuza Sofia Guerreiro; Peixoto, Francisco José Brito
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2006 POR
Relevância na Pesquisa
46.03%
A relevância e o interesse acerca da satisfação profissional dos professores surge pelo facto de a ela aparecerem associadas variáveis tão importantes como a auto-estima, o bem-estar físico e mental, a motivação, o empenho, o envolvimento, o stresse, absentismo/abandono, o sucesso, a realização profissional dos professores. De igual modo, sabemos também que sentimentos de insatisfação e mal-estar afectam não só professores mas também os alunos, pois o desinvestimento e a falta de motivação dos professores contribui directamente para o desinteresse dos alunos na sala de aula e consequentemente, para a menor qualidade do processo de ensino-aprendizagem. O objectivo deste trabalho é tentar perceber quais os níveis de satisfação profissional evidenciado pelo professores portugueses, bem como os factores que estão por detrás da verdadeira satisfação profissional, analisando também os efeitos que poderão ter variáveis como o grupo disciplinar a que pertencem os professores e os anos de docência que possuem. Visamos ainda perceber se a satisfação/insatisfação na dimensão profissional do sujeito se repercute na sua auto--estima. Para tal foram utilizados dois instrumentos, a Rosenberg self-esteem scale e o Questionário de Satisfação no Trabalho para Professores. Participaram no presente estudo 79 professores de cinco escolas dos 2.º e 3.º ciclos da região de Vale do Tejo. A partir dos resultados encontrados concluiu-se que os professores apresentavam baixos níveis de satisfação profissional...

Satisfação profissional e auto-estima em professores dos 2.º e 3.º ciclos do Ensino Básico

Pedro, Neuza; Peixoto, Francisco; ISPA-IU
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.03%
A relevância e o interesse acerca da satisfação profissional dos professores surge pelo facto de a ela aparecerem associadas variáveis tão importantes como a auto-estima, o bem-estar físico e mental, a motivação, o empenho, o envolvimento, o stresse, absentismo/abandono, o sucesso, a realização profissional dos professores. De igual modo, sabemos também que sentimentos de insatisfação e mal-estar afectam não só professores mas também os alunos, pois o desinvestimento e a falta de motivação dos professores contribui directamente para o desinteresse dos alunos na sala de aula e consequentemente, para a menor qualidade do processo de ensino-aprendizagem. O objectivo deste trabalho é tentar perceber quais os níveis de satisfação profissional evidenciado pelo professores portugueses, bem como os factores que estão por detrás da verdadeira satisfação profissional, analisando também os efeitos que poderão ter variáveis como o grupo disciplinar a que pertencem os professores e os anos de docência que possuem. Visamos ainda perceber se a satisfação/insatisfação na dimensão profissional do sujeito se repercute na sua auto-estima. Para tal foram utilizados dois instrumentos, a Rosenberg self-esteem scale e o Questionário de Satisfação no Trabalho para Professores. Participaram no presente estudo 79 professores de cinco escolas dos 2.º e 3.º ciclos da região de Vale do Tejo. A partir dos resultados encontrados concluiu-se que os professores apresentavam baixos níveis de satisfação profissional...

Professores, desencanto com a profissão e abandono do magistério

Lapo,Flavinês Rebolo; Bueno,Belmira Oliveira
Fonte: Fundação Carlos Chagas Publicador: Fundação Carlos Chagas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2003 PT
Relevância na Pesquisa
45.9%
Ao examinar a questão do abandono do magistério público na rede de ensino do Estado de São Paulo, este artigo teve como principal objetivo compreender de que modo esse processo é tecido ao longo da vida e da experiência profissional dos professores. O estudo focalizou o período de 1990-1995 e se baseou em dados quantitativos, obtidos na Secretaria Estadual de Educação, a partir dos quais verificou-se, no interregno, um aumento da ordem de 300% nos pedidos de exoneração do magistério, e em dados qualitativos, obtidos de um questionário, enviado a 158 ex-professores da rede pública, e de 16 entrevistas sobre histórias de vida profissional. As análises evidenciam que, além dos baixos salários, as precárias situações, a insatisfação no trabalho e o desprestígio profissional estão entre os fatores que mais contribuem para que os professores deixem a profissão docente. Mostram também que esse processo acontece lentamente, por meio de uma série de mecanismos pessoais e institucionais de que os docentes fazem uso, até que ocorra o abandono definitivo.

Conselhos de classe como espa??o de educa????o continuada de professores

Engers, Maria Em??lia Amaral; Gomes, Vanise dos Santos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
45.81%
Neste texto, propomo-nos pensar a respeito de pr??ticas de Conselhos de Classe como possibilidades de promover a educa????o continuada de professores. No momento em que a????es pedag??gicas s??o contadas e percep????es a respeito do desenvolvimento dos (as) alunos (as) s??o salientadas, os professores anunciam suas concep????es educacionais, expressam discursos a respeito do ensino e da aprendizagem e posicionam-se enquanto profissionais que se apresentam por meio de sua pr??pria fala. Buscamos, aqui, a valoriza????o de tais palavras como ponto de partida dos Conselhos de Classe, realizando, ainda, uma an??lise a respeito da tens??o entre representa????o e alteridade no que diz respeito ??s id??ias constru??das a respeito de professores e estudantes.; In this text, our proposal is to think of Classroom Meetings as a possibility of promoting a continued education for the teachers. From the moment pedagogy actions are taken into account and perceptions in regards to the progress of the students are addressed, the teachers debate the educational concepts, and present discourses as to teaching and learning methods. They represent themselves as professionals through the means of their own discussions. Hence, what we seek is the use of these discussions as the starting point for the Classroom Meetings...

Saúde docente: uma realidade detectada - em direção ao bem-estar e a realização profissional

Mendes, Aline Rocha
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
45.84%
A presente pesquisa do tipo quanti-qualitativa objetivou detectar e analisar as condições de mal-estar e bem-estar de 30 professores de uma escola do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre, através de informações sobre suas licenças para tratamento de saúde, obtidas na Secretaria Municipal da Saúde, respostas a questionários de Autoimagem e Autoestima, de Autorrealização e de Avaliação das variáveis que constituem indicadores do Bem/Mal-estar Docente, analisadas com Estatística Descritiva, e entrevistas com cinco professores usando como base o Roteiro de Entrevista da Pesquisa Mal/Bem-estar na Docência, analisadas através da técnica de Análise de Conteúdo de Bardin, para melhor compreender os fatores do cotidiano escolar que influenciam as dinâmicas de desenvolvimento do mal/bem-estar docente. Complementou-se com uma Oficina de Sensibilização, para ressaltar as relações afetivas nesta escola. Quanto a licenças para tratamento de saúde, verificou-se que 35,4% dos professores desta escola solicitaram esta concessão, evidenciando um índice elevado.Pelas análises das respostas é possível inferir que o grupo parece ter boa autoimagem e autoestima, mostrando satisfação com sua vida...

Uma investigação acerca dos fatores que contribuem para o mal-estar e bem-estar dos professores que trabalham com EAD

Weber, Sueli Wolff
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
45.86%
Esta tese de doutorado aborda, sob a ótica qualitativa, um estudo de caso, tendo como principal objetivo apontar fatores que contribuíram, para que docentes do Curso de Pedagogia na Modalidade a Distância da Universidade do Estado de Santa Catarina-UDESC vivenciassem estados de Bem-Estar ou de Mal-Estar no exercício de suas atividades. A pesquisa procura não só identificar esses fatores positivos, mas também avaliar se os conflitos e tensões que interferem no “animus” dos professores, provocando o Mal-Estar, acontecem em menor grau ou inexistem na docência em EaD, quando comparada com a docência do ensino presencial, ou melhor, se o sistema de EaD, implantado pela UDESC para a oferta do Curso de Pedagogia na Modalidade a Distância, propiciou aos professores desenvolverem suas atividades de forma prazerosa, ou pelo contrário, se foi preditor de Mal-Estar e insatisfação profissional. O fio condutor da pesquisa alicerça-se teoricamente, sobremaneira, nos conceitos de Mal-Estar e Bem-Estar na docência expressos por Esteve (1999) e Jesus (2002) e, também, por Mosquera e Stobäus (2005), dentre outros. A autora investiga o pensamento de quinze professores universitários que exerceram, pela primeira vez, a docência na Educação a Distância. Para a coleta dos dados...

A integração das tecnologias informáticas no contexto da prática docente: um estudo de caso com professores de matemática

Fuck, Rafael Schilling
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
45.73%
Na era da informática presenciam-se transformações sociais e culturais decorrentes das possibilidades que surgem em função das Tecnologias Informáticas (TI). Essas mídias estão provocando uma reorganização do pensamento matemático e, consequentemente, das práticas em Educação Matemática. Frente a esse contexto, um dos desafios que se apresenta aos professores de Matemática é a integração das tecnologias em sua prática pedagógica. Nesse sentido, empreendeu-se uma investigação qualitativa, delineada na forma de um Estudo de Caso, que buscou responder à seguinte questão: como os professores de Matemática estão integrando as TI em sua prática? Assim, segue que o objetivo geral desse empreendimento foi compreender como os professores estão integrando essas tecnologias em sua docência. De acordo com esse objetivo, optou-se por investigar a prática de três professoras de Matemática que atuam no Ensino Fundamental, em escolas públicas. Foram utilizadas várias técnicas de coleta de dados, a saber: observações, análise documental e entrevista semi-estruturada. Privilegiou-se este último instrumento e recorreu-se aos demais para a triangulação dos dados. Para a análise destes, foi empregada a metodologia de Análise Textual Discursiva...

Estratégias de prevenção ao estresse ocupacional de professores do ensino superior privado

Zambon, Everton
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
45.79%
Essa pequisa teve como objetivo aprofundar a discussão a respeito das estratégias possíveis de prevenção ao estresse ocupacional de professores do Ensino Superior de instituições de ensino da região metropolitana de Porto Alegre-RS, Brasil. Foram entrevistados quinze professores com carga horária semanal acima de 20 horas semanais e mais de 10 anos de profissão como educadores em suas universidades. As entrevistas foram realizadas a partir de um roteiro estruturado, sendo gravadas e após analisadas pela Técnica da Análise de Conteúdo segundo Bardin. A fundamentação teórica teve como base os estudos sobre o mal e o bem-estar docente, a Psicologia Positiva e diversas pesquisas anteriores sobre essas temáticas. Os resultados revelaram as seguintes categorias: tempo, motivação, atividades físicas, lazer e espiritual. Sendo possível detectar que as estratégias de enfrentamento mais utilizadas por eles foram as que estavam relacionadas às suas atividades de lazer; ao preparo emocional e à sua motivação para o trabalho; ao investimento em atividades físicas em seu cotidiano; à sua capacidade de organização e gestão eficiente de seu tempo livre entre as demandas profissionais e as domésticas e à sua vivência da espiritualidade. As aplicações do estudo apontam para a construção de programas de desenvolvimento de competências individuais e coletivas para os docentes envolvidos neste cotidiano...

Os saberes profissionais dos professores : a problematização das práticas pedagógicas em estatística mediadas pelas práticas colaborativas; Teacher's professional knowledge : the problematization of pedagogical practices in statistics mediated by collaborative practices

Maria Aparecida Vilela Mendonça Pinto Coelho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
45.95%
O foco de interesse deste estudo é a aprendizagem profissional de um grupo de professores e seus objetivos são: investigar como professores de Matemática da Escola Básica que pertencem a um grupo do tipo colaborativo problematizaram suas concepções sobre Educação Estatística nas práticas de ensinar e aprender Estatística; e compreender como o movimento do grupo possibilitou a sistematização de saberes profissionais dos professores. A questão de investigação ficou formulada da seguinte maneira: Como o movimento do grupo mobilizou práticas de ensinar e aprender Estatística e possibilitou a sistematização de saberes profissionais dos professores? A pesquisa é de natureza qualitativa, buscando uma abordagem histórico-dialética, em uma vertente interpretativa, procurando apreender o caráter dinâmico, contraditório e histórico dos fenômenos educativos. O trabalho de pesquisa, que teve a duração de um ano, se orienta segundo duas vertentes: o Desenvolvimento Profissional de Professores e a Educação Estatística. Foi fundamentado nos aportes teóricos dos estudos histórico-culturais de Bakhtin e na perspectiva de Investigação como Postura de Cochran Smith e Lytle, que trabalham as relações entre conhecimento e prática e o papel do conhecimento gerado pelos professores em suas práticas pedagógicas. O grupo do tipo colaborativo...

Uma análise sobre como um grupo de professores de ciências e matemática compreende o papel da intuição e da criatividade em suas práticas docentes

Samuel, Lucius Rafael Sichonany
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
45.75%
A pesquisa desenvolvida buscou investigar como um grupo de professores em ciências e matemática compreende o papel da intuição e da criatividade em suas práticas docentes. No âmbito mais específico, pretendeu analisar se as metodologias informadas pelo grupo em seus depoimentos teriam potencial de fomentar o pensamento intuitivo e criativo dos alunos, bem como possibilitar (re)construir uma práxis baseada no conceito de liberdade, utilizando como pressuposto teórico a obra filosófica proposta por Henri Bergson. A partir de um corpus construído com o material obtido de entrevistas feitas com nove professores da área de Educação em Ciências e Matemática e sua posterior análise, utilizando-se a Análise Textual Discursiva, emergiram quatro categorias: Lembranças e percepções dos professores da área de Educação em Ciências e Matematica, Intuição e práxis do professor, Liberdade e práxis do professor e Criatividade e práxis do professor. O trabalho de pesquisa permitiu identificar que a maioria dos professores investigados percebe aspectos relacionados à intuição e à criatividade em suas atividades educacionais. No entanto, eles evidenciaram, nos seus discursos, perspectivas significativamente diretivas em suas práticas de sala de aula. Os professores pesquisados associaram a intuição ao conhecimento não mediado...

Satisfação profissional e auto-estima em professores dos 2.º e 3.º ciclos do Ensino Básico

Pedro,Neuza; Peixoto,Francisco
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2006 PT
Relevância na Pesquisa
46.03%
A relevância e o interesse acerca da satisfação profissional dos professores surge pelo facto de a ela aparecerem associadas variáveis tão importantes como a auto-estima, o bem-estar físico e mental, a motivação, o empenho, o envolvimento, o stresse, absentismo/abandono, o sucesso, a realização profissional dos professores. De igual modo, sabemos também que sentimentos de insatisfação e mal-estar afectam não só professores mas também os alunos, pois o desinvestimento e a falta de motivação dos professores contribui directamente para o desinteresse dos alunos na sala de aula e consequentemente, para a menor qualidade do processo de ensino-aprendizagem. O objectivo deste trabalho é tentar perceber quais os níveis de satisfação profissional evidenciado pelo professores portugueses, bem como os factores que estão por detrás da verdadeira satisfação profissional, analisando também os efeitos que poderão ter variáveis como o grupo disciplinar a que pertencem os professores e os anos de docência que possuem. Visamos ainda perceber se a satisfação/insatisfação na dimensão profissional do sujeito se repercute na sua auto-estima. Para tal foram utilizados dois instrumentos, a Rosenberg self-esteem scale e o Questionário de Satisfação no Trabalho para Professores. Participaram no presente estudo 79 professores de cinco escolas dos 2.º e 3.º ciclos da região de Vale do Tejo. A partir dos resultados encontrados concluiu-se que os professores apresentavam baixos níveis de satisfação profissional...