Página 1 dos resultados de 110 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Contributos da diferenciação pedagógica na iniciação à leitura:perspectivas de docentes do primeiro ciclo do ensino básico

Oliveira, Paula Cristina Silva Ferreira da Cruzda
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.35%
O presente estudo, de natureza qualitativa, surge no âmbito da Dissertação de Mestrado em Supervisão Pedagógica e Formação de Formadores, no sentido de procurar compreender se haverá contributos de uma diferenciação pedagógica na iniciação à leitura. Entendendo a iniciação à leitura num contexto de escolaridade obrigatória para as crianças que a iniciam e sabendo que cada uma é um ser único com as suas características de aprendizagem, tendo em conta uma abordagem sistémica e ecológica coloca-se a questão sobre se a diferenciação pedagógica poderá “ajudar” os alunos a iniciar a aquisição de competências a nível da leitura com “sucesso”. Assim, a investigação que se apresenta procura aprofundar o conhecimento sobre o conceito de diferenciação pedagógica e da competência da leitura, transversal a outras áreas curriculares, partindo da revisão bibliográfica, para numa outra fase se complementar mediante o contacto com docentes do Primeiro Ciclo do Ensino Básico, do distrito de Coimbra, que se disponibilizaram a participar no estudo empírico colaborando com as suas perspectivas enriquecidas, pelo seu percurso e prática docente. Da revisão bibliográfica e contributo dos professores há pontos que se interligam na procura de estratégias adequadas que possam contribuir para a iniciação à leitura...

Práticas de individualização e diferenciação dos processos pedagógicos

Amaro, Rosa Maria dos Santos Caldeira
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.51%
O presente estudo teve como intenção principal investigar factores associados à utilização de práticas de individualização e diferenciação dos processos pedagógicos, no sentido de melhor as compreender, por parte de docentes de sete escolas dos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico, dos concelhos de Viseu e Tondela. Especificamente, procurou investigar-se a relação existente entre a utilização de práticas de individualização e diferenciação dos processos pedagógicos, algumas variáveis sociodemográficas e profissionais e as concepções dos docentes relativamente aos processos de individualização e diferenciação pedagógica. Para a realização do estudo foi utilizado um plano não experimental correlacional, sendo os dados recolhidos com recurso a um questionário, elaborado especificamente para o efeito. A amostra ficou constituída por 238 docentes. No que concerne aos principais resultados obtidos, destacamos que as concepções dos docentes não se encontram associadas às suas práticas de individualização e diferenciação dos processos pedagógicos. Contudo, verificou-se uma relação significativa e de elevada magnitude entre a planificação colaborativa do ensino e da aprendizagem e a utilização de práticas de individualização e diferenciação pedagógica. Identificou-se...

Acompanhamento tutorial : um outro caminho para a direção de turma

Funenga, Clemência Joana
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.16%
Dissertação de mestrado em Administração e Gestão Educacional apresentada à Universidade Aberta; O estudo de caso apresenta os resultados de uma investigação de natureza qualitativa realizado numa escola secundária com 3º ciclo, cujo objetivo principal é o de perceber que funções do diretor de turma referenciadas nos normativos estão em concordância com práticas profissionais do diretor de turma que são favorecedoras de um ambiente escolar capaz de gerar nos alunos um sentimento de pertença, de aceitação e de sucesso educativo. A análise dos dados da entrevista a três diretores de turma, da reflexão sobre a prática da coordenadora dos diretores de turma e das atas das reuniões de conselho de turma, permite explicitar: i) competências de liderança do diretor de turma, no que se refere à formalidade e informalidade do acompanhamento tutorial dos alunos, gestão da turma e conselho de turma, e promoção de bom ambiente e clima de turma; ii) práticas organizacionais que orientam os diretores de turma, nomeadamente as que resultam da articulação com órgãos e estruturas da escola, interação junto da turma e do conselho de turma e formação para o cargo e iii) processos de gestão da turma, de diferenciação pedagógica...

O trabalho colaborativo : o Conselho de Turma e os Grupos Disciplinares, numa perspetiva integradora

Calca, João Carlos Leal
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.09%
A necessidade de conhecimento e reflexão sobre a organização e gestão das escolas é cada vez mais assumida como uma condição indispensável ao processo de desenvolvimento e melhoria do seu desempenho. O presente estudo aborda o trabalho colaborativo nas estruturas pedagógicas intermédias (conselho de turma e grupo disciplinar), da Escola Secundária de Pedro Alexandrino, tentando perceber se os procedimentos, a organização e a ação dos seus professores assentam em práticas individuais ou colaborativas. Foi nosso propósito investigar uma parte específica de um contexto educativo concreto que nos é familiar, daí termos enveredado por uma investigação naturalista – estudo de caso. O estudo (empírico) utiliza como instrumentos de recolha de dados o questionário, abordando os modos como os professores conceptualizam a gestão curricular, o trabalho colaborativo e a importância que atribuem ao diretor de turma/conselho de turma e grupo disciplinar, no sucesso educativo dos nossos alunos. No que diz respeito ao conselho de turma, os professores reconhecem a necessidade de mudar o currículo como meio de trabalhar, adequando-o à diversidade e heterogeneidade dos alunos; consideram necessário a adoção de uma atitude de trabalho colaborativo e de partilha em torno de questões pedagógicas e menos individualista e em torno de questões burocráticas; a necessidade da definição concertada de estratégias de adequação e de clarificação de princípios...

A gestão curricular em turmas com diferentes anos de escolaridade : conceções e práticas pedagógicas dos professores do 1º CEB

Machado, Fátima Susana Araújo
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
26.12%
Dissertação de mestrado em Estudos da Criança (área de especialização em Integração Curricular e Inovação Educativa); Este trabalho de dissertação explana sobre uma realidade caraterística das escolas do 1.º Ciclo do Ensino Básico (CEB) em Portugal, a das turmas constituídas por diferentes anos de escolaridade. Do ponto de vista teórico, o estudo inicia por caraterizar o professor e a escola do 1.º CEB e a estreita ligação destes elementos com os meios rurais. Posteriormente, tentamos conceptualizar as turmas com diferentes anos. No entanto, a relativa escassez de bibliografia nacional sobre a temática fez-nos relacionar o objeto em estudo com as turmas multi-grade, designação anglo-saxónica para esta realidade, bem como com as turmas multisseriadas, termo também encontrado em referências vindas do contexto brasileiro. Ao nível da fundamentação teórica, apresentamos também o conceito de diferenciação curricular e pedagógica, uma vez que se considera ser este um contributo fundamental para o trabalho a realizar neste tipo de turmas. Apresentam-se ainda quatro modelos curriculares que se apreciam como diferentes e inovadores, no sentido de apontar caminhos alternativos para o trabalho curricular e pedagógico em turmas com estas caraterísticas. Ao nível do estudo empírico...

Práticas de diversificação/diferenciação curricular no contexto das políticas educativas para o ensino básico

Frazão, Rogério Martins
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 09/07/2012 POR
Relevância na Pesquisa
26.25%
No contexto de cada comunidade, onde a escola está inserida, a definição de políticas educativas e curriculares assume maior pertinência, podendo contemplar componentes locais e regionais do currículo, valorizando as características de cada região e, sobretudo, permitindo um maior envolvimento e responsabilização dos diversos actores, que representando a comunidade educativa participam ao nível das tomadas de decisão. A escola, como espaço de reflexão e participação dos vários actores, favorece a emergência de uma nova cultura, marcada pelas dimensões do ser, do estar, do fazer, do conviver, do comunicar, do aprender e do fazer aprender. É este novo entendimento da escola, preconizado nos princípios e nos normativos orientadores da política educativa actual, que se deseja ver instituído na organização escolar e nas práticas pedagógicas, com vista à melhoria da qualidade da educação tornando as aprendizagens mais significativas. A reflexão realizada, a partir deste novo entendimento da escola e das políticas educativas actuais, deu origem a uma questão central: Como é que os professores diversificam/diferenciam o currículo no contexto das políticas educativas e curriculares definidas para o 1º...

Diferenciação curricular para a inclusão de alunos com necessidade educativas especiais no 1º Ciclo do Ensino Básico

Monteiro, Susana Cristina Sousa
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.16%
Um dos grandes desafios da atualidade reside em construir uma escola inclusiva para todos, respeitando as diferenças entre os alunos e procurando dar resposta a todas as suas necessidades educativas, através do acesso igualitário a uma educação de qualidade, no sentido de uma preparação para a vida social e profissional ao longo da vida. Desta forma, é necessária uma mudança não só na maneira de pensar como também nas práticas dos agentes educativos, no sentido de adequarem o currículo às necessidades educativas especiais dos alunos. O presente estudo constitui, pois, uma tentativa de conhecer não apenas as conceções dos professores do 1º Ciclo do Ensino Básico sobre a inclusão e as adaptações curriculares para alunos com NEE, mas também as práticas curriculares que desenvolvem quando têm estes alunos nas suas turmas. O trabalho desenvolveu-se através de um estudo de caso, incidindo sobre 6 professores do 1º CEB e respetivas turmas com alunos com NEE incluídos. Como metodologia de recolha de dados utilizámos as técnicas da entrevista, da análise documental e da observação naturalista em contexto de sala de aula. Articulando os resultados das entrevistas com os das observações em sala de aula...

O currículo específico individual práticas de construção e Implementação: um estudo exploratório no segundo ciclo

Baltazar, Isaac Trindade Abrantes
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
35.98%
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Educação - Especialização em Educação Especial; A inclusão, na sala de aula, de alunos com necessidades educativas especiais constitui um desafio para os professores, com implicações nas suas atitudes e práticas educativas, nomeadamente, no que diz respeito ao modo como abordam a diferenciação curricular e a diferenciação pedagógica. Este processo torna-se ainda mais complexo quando aos alunos é aplicada a medida educativa denominada currículo específico individual. O presente estudo desenvolveu-se num agrupamento de escolas do concelho de Almada, envolvendo cinco docentes do ensino regular e da educação especial, a lecionar em turmas ou pequenos grupos de alunos de 5º ano de escolaridade e pretendeu conhecer os processos que os professores utilizam para elaborar os currículos específicos individuais e as suas preocupações na construção e implementação destes currículos. Como metodologia de recolha dos dados foi utilizada a entrevista, que depois tratámos através de análise de conteúdo. Concluiu-se que os currículos específicos individuais merecem a concordância dos professores, sendo consensual o seu carácter funcional. No processo de elaboração dos currículos...

Unidade curricular de Prática Pedagógica em Educação de Infância:como planificar de acordo com as características e necessidades dos diferentes contextos, nomeadamente no que concerne à heterogeneidade das crianças e dos respetivos grupos

Damas, Andreia
Fonte: Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.09%
Relatório de estágio apresentado para a obtenção do grau de Mestre na Especialidade Profissional de Educação Pré-Escolar. Orientador: Marta Uva. Co-orientadora: Maria João Cardona; Este relatório síntese surgiu no âmbito do Mestrado em Educação Pré-Escolar, e nele está retratado todo o trabalho desenvolvido ao longo do ano letivo 2011/2012, no âmbito da Unidade Curricular de Prática Pedagógica em Educação de Infância (que se desenrolou em dois contextos de estágio distintos: creche e jardim de infância), bem como a apresentação do respetivo percurso de desenvolvimento profissional e investigativo. A pesquisa efetuada desenvolveu-se em torno da questão: Como planificar de acordo com as caraterísticas e necessidades dos diferentes contextos, nomeadamente no que concerne à heterogeneidade das crianças e dos respetivos grupos? De forma a procurar respostas para esta questão de investigação, recorri-me do método por investigação qualitativa, privilegiando como instrumentos de recolha de dados, a entrevista semi-diretiva a três educadoras de infância. Este estudo permitiu-me refletir quanto aos pressupostos essenciais para uma boa e eficaz planificação/ação, tendo em conta a diferenciação pedagógica. Uma vez que o papel do educador prende-se com a necessidade de perceber quais os aspetos essenciais a ter em conta durante o processo de planificação...

Concepção dos professores do ensino regular sobre os apoios educativos e praticas pedagógicas diferenciadas

Duarte, Andreia
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
26.2%
Dissertação de mestrado em Psicologia Educacional; O presente estudo acentua a importância de investigar, no âmbito de uma educação inclusiva, as concepções dos professores do 1º, 2º e 3º ciclo face aos apoios educativos e a práticas pedagógicas. Procedeu-se a uma revisão de literatura que abrange a evolução histórica da educação especial, o papel dos professores de ensino regular e dos professores dos apoios educativos, as estratégias metodológicas do ensino e, por fim, as práticas educativas que conduzem a uma escola que promove a diferenciação pedagógica, o que conduz à qualidade educativa. Delineámos três objectivos, sendo que o primeiro se prende com o facto de comprendermos quais as concepções dos professores do ensino regular sobre os apoios educativos, o segundo com a caracterização do nível de importância atribuído pelos mesmos a um conjunto de práticas pegógicas, reconhecidas na literatura como promotoras de qualidade e inclusão e, o terceiro com a identificação do nível de dificuldade atribuída pelos professores à utilização em sala de aula das diferentes práticas pedagógicas referidas. Em concordância com os nossos objectivos, desenvolvemos o estudo com 116 professores do ensino regular...

Práticas pedagógicas diferenciadas, experiência docente e relação com o autoconceito e autonomia em alunos do 1º ciclo do ensino básico

Cavalinhos, Filipa
Fonte: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida Publicador: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
36.12%
Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário; O presente estudo insere-se na temática da escola inclusiva, essencialmente no tipo de práticas pedagógicas diferenciadas e a relação com o autoconceito dos alunos e a autonomia na realização das aprendizagens. A presente investigação tem como base teórica os fundamentos da escola inclusiva, a problemática da qualidade na escola e o papel da diferenciação pedagógica ao suporte a essa qualidade. O desenvolvimento da carreira docente como suporte à experiência docente e ao tipo de práticas utilizadas. A autonomia como domínio central num conjunto de práticas de qualidade e como suporte ao envolvimento efectivo dos alunos no decorrer do processo de ensino-aprendizagem. E ao autoconceito como medida do desenvolvimento global do indivíduo e como suporte ao sucesso educativo e à realização de novas aprendizagens. A amostra do estudo corresponde a 131 alunos, de oito turmas do 3º e 4º ano do 1º ciclo do Ensino Básico, de duas Escolas Públicas de Portimão e aos 8 Professores titulares respectivos a cada turma. Foram utilizados três questionários, o primeiro com o objectivo de avaliar o tipo e a frequência de utilização de um conjunto de práticas pedagógicas diferenciadas. O segundo para avaliar o autoconceito dos alunos. E o terceiro e último para medir e identificar o pólo motivacional da autonomia de cada aluno. Como resultados expressivos...

Sistemas de Ensino na WEB Baseados em Padrões Pedagógicos dando ênfase na Aprendizagem Significativa.; A web teaching system, based in pedagogical patterns giving emphasis in meaningful learning.

Silva, Alex Melo da
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Modelagem Computacional de Conhecimento; Programa de Pós-Graduação em Modelagem Computacional de Conhecimento; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Modelagem Computacional de Conhecimento; Programa de Pós-Graduação em Modelagem Computacional de Conhecimento; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.18%
The information and communication technologies (ICT) had presented several uses at educational context, creating the need of models which allow to adapt these technological resources in the context of learning and teaching pedagogical practice. The use of the (DE) Distance Education gives to student flexibility in relation to time and place. DE makes the teacher reviews his pedagogical practice and the learning material to be used by internet. This work aims the usage of meaningful learning theory, considering the following aspects: Previous Organizers, Subsumer, Assimilation, Progressive Differentiation, and Integrated Reconciliation. In this work is also taken into account the following pedagogical patterns: RCLAP (Reading, Critique, Lecture, Activity and Presentation with Discussion) and LEASPE (Lecture, Examples, Activity, Student Presentation and Evaluation). RCLAP and LEASPE pedagogical patterns are considered as strategy in the context of a web teaching system. This strategy is used to define online teaching sessions related to a web teaching system. Framework FA_PorT was used to build a web teaching system by internet. The FA_PorT allows to define teaching sessions through the usage of strategies which are represented by a group of tactics.; As Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) apresentam diversos cenários de aplicação no contexto educacional...

A diferenciação pedagógica e os aspetos lúdicos: um processo integrado das práticas em contexto Pré-Escolar e 1º Ciclo do Ensino Básico; Pedagogical differentiation and aspects of learning: an integrated process of practice in Early Years and Primary Schools

Santos, Ana Catarina Monteiro
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.34%
Relatório de estágio de mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico; Cada vez mais os contextos escolares são heterogéneos e diversificados dentro de cada sala, apelando a uma pedagogia diferenciada e inclusiva, sendo totalmente necessário que as práticas dos docentes em sala de aula se modifiquem. Tal alteração poderá ser conduzida a partir da inserção da diferenciação pedagógica, que deixa de generalizar toda a turma e passa a ter em conta as necessidades individuais de cada criança. No âmbito de um estágio curricular do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico, foi elaborada uma investigação com base na metodologia de investigação-ação, na tentativa de compreender os efeitos de uma prática pedagógica diferenciada, com o recurso aos aspetos lúdicos. Esta investigação divide-se essencialmente em duas naturezas, uma qualitativa, que se desenvolveu ao longo de 15 semanas com a implementação de atividades diferenciadas, inclusivas e lúdicas, complementada com o uso de instrumentos diferenciados, numa sala de 2.º ano do 1.º Ciclo do Ensino Básico, com um total de 24 crianças e também quantitativa, a partir da implementação de um questionário sociométrico inicial e final. A investigação pretende assim destacar a importância do contexto educativo...

Professor e gestor intermédio numa escola para todos e cada um : relatório de atividade profissional

Casalta, Nuno Daniel de Castro e Sousa
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.18%
Este relatório de atividade profissional pretende abordar o papel do docente e do gestor intermédio escolar enquanto agentes educativos que lidam com os problemas inerentes ao objetivo de democratização da escola. Nas últimas décadas, têm sido promovidas diversas iniciativas ao nível do desenvolvimento curricular e ao nível da gestão intermédia. Mas, ao mesmo tempo que procurou democratizar-se, a escola também se massificou e tornou-se mais complexa. Se a maior heterogeneidade sociocultural dos discentes requeria a diferenciação pedagógica e a diversificação curricular, a verdade é que a escola privilegiou a homogeneidade e a uniformidade. A meditação sobre o nosso percurso profissional e a análise do nosso papel enquanto professor e enquanto gestor pedagógico intermédio põe em destaque que o sucesso das políticas educativas, mesmo quando determinadas no centro para serem implementadas pelas periferias, depende também da sua receção e compreensão por parte dos docentes e o do envolvimento destes na sua implementação. Assim, torna-se, evidente que, para a promoção do sucesso educativo dos alunos, é vantajosa a constituição de equipas educativas efetivas, identificadas com a dimensão democratizadora da escola e motivadas para o trabalho em conjunto...

Prática de ensino supervisionada em educação pré-escolar e 1º ciclo do ensino básico: valorizar a diferença para enriquecer as aprendizagens

Rodrigues, Sara
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.2%
O seguinte relatório de estágio retrata e analisa de forma crítica o processo de aprendizagem realizado ao longo da Prática de Ensino Supervisionada no Ensino Pré-escolar e no 1º Ciclo do Ensino Básico. Ao longo do relatório foram integradas as dimensões contempladas na Carta de Princípios para uma Ética Profissional da Associação de Profissionais de Educação de Infância (APEI) e no Perfil Profissional de Educador de Infância e do Professor do 1º Ciclo. O relatório tem como temática transversal a valorização da diferença para enriquecer as aprendizagens. Pretendo com este relatório aprofundar a reflexão demonstrando que através da minha intervenção e observação, as estratégias de diferenciação do trabalho pedagógico acompanharam a Pratica de Ensino Supervisionada que realizei em ambos os contextos escolares. É fulcral utilizar estratégias de diferenciação do trabalho de ensino e de aprendizagem, para valorizar e dar resposta à diversidade e a cada criança. Em todos os aspetos debatidos será enfatizada a importância de uma ação educativa baseada na valorização da diferenciação pedagógica; ABSTRACT: This training report describes and critically analyses the learning process performed during the Supervised Teaching Practice in kindergarten/pre-school and primary education. The report was based on the ethics dimensions considered by the Association of the Early Years Professionals (APEI) and on the Professional performance Profile of the Pre-school and Primary Teacher. The report has as a transversal theme the importance of valuing difference to enrich the learning process. With this report I intend to expand and to demonstrate through my intervention and observation...

Uma prática reflexiva sobre a diferenciação pedagógica

Marques, Cristina Isabel Alves
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.29%
Relatório da Prática Profissional Supervisionada Mestrado em Educação Pré-Escolar; O presente relatório, intitulado de “Uma Prática Reflexiva sobre a Diferenciação Pedagógica”, surge no contexto do Mestrado em Educação Pré-Escolar, no âmbito da Prática Profissional Supervisionada realizada em Creche e Jardim de Infância. Todas as crianças têm direito a uma educação bem sucedida. Contudo, cada vez mais, a diversidade encontra-se presente nas salas de atividade, sendo os educadores responsáveis por criar momentos de diferenciação pedagógica. Mas de que forma o sistema educativo tem em conta cada criança? De que forma são postas em prática, estratégias que visem o direito à palavra, ao respeito, à inclusão perante as várias diferenças? Foi, deste modo que, através de notas de campo, registos, reflexões e conversas com a educadora cooperante, ao longo do estágio em contexto de Jardim de Infância, surgiu a problemática – a diferenciação pedagógica - suscitando interesse para aprofundar melhor em termos de conhecimento. Deste modo, o objetivo deste trabalho é apresentar uma análise reflexiva do tema em questão, fazendo retrospeção do que vivenciei ao longo da minha intervenção educativa...

O género na educação física: percepções de alunos e alunas do 1º e 2º ciclo do ensino básico

Pomar, Clarinda de Jesus Banha
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
26.25%
O género, enquanto construção social e conteúdo fundamental do currículo oculto, encontra na Educação Física um dos seus terrenos privilegiados de construção e de acção. Esta problemática tem, porém, sido praticamente ignorada no nosso país, a nível investigativo, o que, cremos, tem dificultado a inovação pedagógica e a emergência de respostas adequadas ao desafio da inclusão, da diferenciação e da equidade, nomeadamente da equidade de género. Este trabalho surgiu, precisamente, neste cenário, ainda embrionário, com a pretensão de poder contribuir para o conhecimento e a compreensão do modo como os factores psicossociais medeiam os processos de ensino e de aprendizagem em Educação Física, procurando, nomeadamente, caracterizar as dinâmicas mediadoras que o género e os estereótipos de género podem estabelecer com as percepções e as atitudes dos alunos e alunas perante as actividades de aprendizagem das aulas de Educação Física e os contextos de interacção criados pela forma de organização dos grupos de trabalho dessas actividades. O desenho do estudo foi sustentado em vários referenciais epistemológicos convergentes, com particular destaque para a perspectiva interpretativista, e foi estruturado tendo por base a utilização integrada de procedimentos metodológicos de orientação qualitativa e quantitativa. Assim...

Trabalho autónomo e diferenciação: potencialidades e problemas

Correia, Margarida Ferreira do Nascimento
Fonte: Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico de Setúbal Publicador: Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico de Setúbal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
35.92%
Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico; A existência de diversos ritmos de aprendizagem dentro de uma sala de aula é uma realidade comum a todos os profissionais da educação, constituindo uma preocupação constante na rotina de uma sala de aula. Este projeto de investigação procura compreender de que forma a implementação de uma nova área de trabalho, contendo ficheiros para que os alunos trabalhem sobre eles de forma autónoma, pode ser uma possível resposta ao problema enunciado e um contributo para as aprendizagens. Este espaço assume-se como promotor do trabalho autónomo dentro da sala de aula, sendo menos dirigido pelo professor e estando acessível aos alunos sempre que tenham terminado as suas atividades, permitindo compreender de que modo se poderia mudar a ordem e o ritmo de trabalho institucionalizado. O presente estudo insere-se numa abordagem qualitativa com metodologia próxima da Investigação-Ação, tendo como objetivo apresentar, interpretar e analisar todo o processo de construção do Cantinho do 2º A, a dinamização e utilização deste espaço e dos seus materiais. Os dados foram recolhidos através de entrevistas, observação participante, notas de campo, produções dos alunos e análise de documentos. Neste estudo participaram os 25 alunos da turma do 2º ano de escolaridade do contexto de estágio III...

Professores formadores dos Centros de Novas Oportunidades : análise das suas necessidades de formação

Santos, Maria Rosa de Brito Simões dos, 1959-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf; application/ms-excel; Os outputs incorporados nos anexos estão apenas disponíves em cd-rom apenso à edição em papel.
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
26.18%
Tese de mestrado, Ciências da Educação (Formação de Professores), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2009; O presente estudo incide na análise de necessidades de formação dos professores formadores dos Cursos integrados nos Centros de Novas Oportunidades tentando perceber se as competências que detêm são suficientes ou se precisam de desenvolvimento para trabalhar nos cursos de dupla certificação, com novos efeitos de formação para os alunos e novos desafios curriculares para os professores. Neste sentido, o trabalho empírico insere-se no paradigma interpretativo com uma natureza essencialmente descritiva e correlacional, recorrendo principalmente à metodologia de recolha de dados extensiva através de um questionário aplicado a todos os docentes do CNO de um distrito no interior do País. Os resultados obtidos permitem aos directores dos centros de formação e aos formadores construírem planos de formação fundamentados com objectivos pertinentes de formação e prioridades formativas de acordo com os destinatários. O Ministério da Educação e outros sectores ligados à educação também podem recolher informação pertinente para a sua política de formação. Concluiu-se que os formadores do CNO (i) conhecem as actividades e os desafios que de si se esperam; (ii) identificam as dificuldades sentidas no desempenho da sua actividade nos cursos de dupla certificação; (iii) têm bastantes necessidades de formação em todas as dimensões do seu trabalho na organização do currículo...

Diferenciação curricular e pedagógica e dificuldades de aprendizagem no 1.º CEB

Gonçalves, Eduardo Jorge de Almeida
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
46.41%
Esta é uma tese que terá que ser compreendida num tempo em que nas escolas o reconhecimento da diversidade dos alunos se tornou uma necessidade formativa e pedagógica. Pode afirmar-se que esta é a principal razão que justifica o facto de este trabalho abordar a diferenciação curricular e pedagógica como a sua problemática de referência, ainda que seja necessário evidenciar a articulação que se estabelece entre esta problemática e as dificuldades de aprendizagem dos alunos. Não sendo uma tese sobre dificuldades de aprendizagem, é uma tese que parte destas mesmas dificuldades para promover a reflexão sobre as conceções e práticas de diferenciação nas escolas e desenvolver um projeto de investigação em turmas do 1º Ciclo do Ensino Básico. Isto não significa, contudo, que circunscrevemos a diferenciação curricular e pedagógica às dificuldades de aprendizagem dos alunos, mas apenas que defendemos que a partir destas dificuldades se torna possível analisar de forma credível e sustentada a temática da diferenciação em contextos educativos formais. Realizado o estudo num agrupamento de escolas do norte litoral de Portugal, o qual envolveu 21 turmas de todas as escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico deste agrupamento...