Página 1 dos resultados de 813 itens digitais encontrados em 0.029 segundos

Influência da variação de peso vivo e condição corporal na duração do anestro após o parto em vacas Barrosãs

Almeida, José Carlos; Alves, Virgílio; Valentim, Ramiro; Bernardo, António; Potes, José Alberto
Fonte: Federação Ibérica de Reprodução Animal Publicador: Federação Ibérica de Reprodução Animal
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
56.02%
Uma vez que as vacas Barrosãs parem ao longo de todo o ano, a diminuição sazonal das disponibilidades de alimento prejudica a taxa de fecundação. A avaliação do peso corporal (PC) e da condição corporal (CC) ao parto e durante a primeira lactação pode constituir um método prático de avaliação do efeito da dieta sobre a reprodução. Neste estudo, que decorreu nas quintas experimentais da UTAD (Vila Real) e da DRATM (Montalegre), a duração do período de anestro pós-parto foi determinado (47±33 dias) e relacionado com a variação do PC e da CC (escala de 5 pontos) num grupo de 83 vacas Barrosãs. Provavelmente, devido à idade das vacas, nos primeiros 30 dias de lactação, as perdas de CC não afectaram significativamente a duração do período de anestro pós-parto (P>0,05). A CC ao parto afectou significativamente a retoma da actividade sexual cíclica, independentemente do regime alimentar adoptado. As vacas com CC inferior a 3,0 apresentaram um período de anestro pós-parto mais longo do que as vacas com CC de 4,0 (79±36 dias vs. 33±15 dias; P≤0,01). Reduções de CC superiores a 0,5 pontos nos primeiros 30 dias pós-parto aumentam a duração do período de anestro pós-parto relativamente a reduções de CC iguais ou inferiores a 0...

Efeito da condição corporal ao parto sobre o desempenho produtivo de vacas mestiças Holandês × Zebu; Effect of body condition score at calving on productive performance of crossbred Holstein-Zebu cows

FREITAS JÚNIOR, José Esler de; ROCHA JÚNIOR, Vicente Ribeiro; RENNÓ, Francisco Palma; MELLO, Marco Túlio Parrela de; CARVALHO, Alexssandre Pinto de; CALDEIRA, Luciana Albuquerque
Fonte: Viçosa Publicador: Viçosa
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56%
Vinte e cinco vacas mestiças Holandês × Zebu foram utilizadas para avaliar o efeito da condição corporal ao parto sobre a produção e composição do leite e a mobilização de reservas corporais, avaliada por meio da variação da condição corporal do parto até os 120 dias de lactação. Os animais foram divididos em duas classes, de acordo com seu escore de condição corporal ao parto (ECCP), em uma escala de 1 (muito magra) a 5 (muito gorda): classe 1, vacas com ECCP > 3,25; e classe 2, vacas com ECCP <3,25. As classes diferiram entre si quanto ao escore de condição corporal ao parto; as médias foram de 3,71 e 2,58, respectivamente, para as vacas das classes 1 e 2. As vacas da classe 1 apresentaram maior mudança de escore de condição corporal (MECC) do parto aos 120 dias de lactação em relação às vacas da classe 2, com valores médios de -0,57 e -0,12 unidades de escore de condição corporal para os grupos 1 e 2, respectivamente. O escore de condição corporal ao parto não influenciou a produção de leite entre as classes 1 e 2, no entanto, influenciou a produção de leite corrigida para 3,5% de gordura, a porcentagem e a produção de gordura no leite. As vacas mestiças Holandês × Zebu apresentaram maior produção de gordura do leite e produção de leite corrigida para 3...

Endocrinologia da gestação e parto em cadelas; Endocrinology of pregnancy and parturition in bitches

VEIGA, Giselle Almeida Lima da; SILVA, Liege Cristina Garcia da; LÚCIO, Cristina de Fátima; RODRIGUES, Jaqueline Aguiar; VANNUCCHI, Camila Infantosi
Fonte: Belo Horizonte Publicador: Belo Horizonte
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
76.01%
Os mecanismos relacionados ao controle endócrino do período gestacional e parto em cadelas ainda não estão totalmente elucidados. Desta maneira, a presente compilação de trabalhos científicos referentes aos principais eventos durante a gestação e o parto em cadelas tem por escopo a atualização sobre a endocrinologia em tais eventos fisiológicos e a divulgação sumariada dos conhecimentos gerados a partir das pesquisas científicas na área. É de conhecimento comum que a síntese e a secreção da progesterona, originária principalmente do corpo lúteo, são de extrema importância para manutenção e conseqüente progresso da gestação. Ainda, os níveis plasmáticos desse hormônio podem ser utilizados como método para predizer o momento do parto na espécie canina. Adicionalmente, a relaxina é detectada somente em cadelas gestantes, portanto sua detecção pode ser considerada um método de diagnóstico de gestação. Durante a segunda fase da gestação, observa-se liberação pulsátil de prolactina, simultaneamente ao aumento dos níveis de estrógeno. Entretanto, a influência do estrógeno no mecanismo de secreção de prolactina ainda é incerta. Por outro lado, ao final da gestação, evidencia-se queda dos níveis de progesterona e aumento dos níveis séricos de estrógeno...

Condição corporal ao parto e produção de leite sobre o desempenho reprodutivo de vacas holandesas em lactação; Body condition at calving and milk yield on reproductive performance of lactation holstein cows

Santos, Anselmo Domingos Ferreira; Rennó, Francisco Palma; Alves, Nadja Gomes; Torres, Ciro Alexandre Alves; Pereira, José Carlos; Araújo, Cláudio Vieira de
Fonte: RBSPA; Salvador Publicador: RBSPA; Salvador
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.1%
O objetivo, neste estudo, foi avaliar os efeitos da condição corporal ao parto e da mudança de condição corporal sobre o desempenho reprodutivo de vacas leiteiras após o parto. Para tanto, 51 vacas holandesas, de 30 dias pré-parto até 150 dias após o parto, foram distribuídas aleatoriamente de acordo com a condição corporal ao parto nas classes 1 (condição corporal maior ou igual a 3,25) e 2 (condição corporal menor ou igual a 3,0). Dentro das classes de condição corporal ao parto, os animais foram distribuídos quanto à mudança de condição corporal (Categoria 1, igual ou menor que -0,50 e Categoria 2, igual ou maior que -0,75) e à média da produção de leite ajustada para 3,5% aos 150 dias (Grupo 1 = 22,61 e Grupo 2 = 31,65 kg/dia). Não houve diferenças da condição corporal ao parto e da produção de leite ajustada para 3,5% sobre o intervalo parto primeiro estro, intervalo parto primeiro serviço, período de serviço, número de serviço / concepção e taxa de gestação aos 150 dias de lactação. Vacas que ao parto apresentaram média de escore de condição corporal de 3,40 e 2,79 tiveram semelhante desempenho reprodutivo pósparto. Em relação à produção de leite ajustada para 3,5%, vacas com produção média de 22...

Parâmetros genéticos entre características de leite, de peso e a idade ao primeiro parto em gado mestiço leiteiro (Bos taurus x Bos indicus)

Vercesi Filho, A. E.; Madalena, F. E.; Albuquerque, Lucia Galvão de; Freitas, A. F.; Borges, L. E.; Ferreira, J. J.; Teodoro, R. L.; Faria, F. J. C.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 983-990
POR
Relevância na Pesquisa
55.99%
Foram estimadas as correlações genéticas entre características de produção de leite (produção de leite, gordura, proteína e duração da lactação em até 305 dias, na primeira lactação), características de peso (taxa de crescimento de novilhas entre 12-24 meses e peso médio de vacas) e idade ao primeiro parto, em uma população de fêmeas Mestiço Leiteiro Brasileiro (MLB), por meio de metodologia REML, sob modelo animal. As estimativas de herdabilidade das características estudadas na ordem acima foram, respectivamente, 0,28± 0,08, 0,30±0,11, 0,28±0,09, 0,19±0,07, 0,18±0,06, 0,42±0,10 e 0,48±0,12. As correlações genéticas entre peso médio da vaca e a produção de leite, gordura e proteína foram, respectivamente, -0,22±0,22, -0,49±0,31 e -0,22±0,23 e da taxa de crescimento das novilhas com a produção de leite, gordura e proteína foram respectivamente, -0,59±0,35, -0,73±0,44 e -0,62±0,37. As correlações genéticas entre produção de leite, peso médio das vacas e taxa de crescimento das novilhas com idade ao primeiro parto foram respectivamente, 0,05±0,18, -0,05±0,18 e 0,02±0,20. A alta correlação genética (0,93±0,02) entre produção de leite e duração da lactação indicou que não se deve remover a variação na duração da lactação na seleção de gado leiteiro tropical.; Genetic correlations between milk production (milk...

Eritrograma, metabolismo do ferro e concentração sérica de eritropoetina em fêmeas caprinas da raça Saanen nos períodos de gestação, parto e pós-parto

Fonteque, Joandes Henrique; Takahira, Regina Kiomi; Saito, Mere Erika; Valente, Ana Cláudia dos Santos; Barioni, Graziela; Kohayagawa, Aguemi
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 991-995
POR
Relevância na Pesquisa
56.03%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); As alterações hematológicas durante o período de gestação, parto e pós-parto são de grande importância em humanos e têm sido estudadas em várias espécies de animais domésticos. O objetivo do trabalho foi determinar as alterações no eritrograma, no metabolismo do ferro e na concentração sérica de eritropoetina durante os períodos de gestação, parto e pós-parto em fêmeas nulíparas Saanen. Foram colhidas amostras de sangue de 20 fêmeas, clinicamente sadias, aos 49 (M1), 42 (M2), 35 (M3), 28 (M4), 21 (M5), 14 (M6), sete (M7), três (M8) dias antes do parto, no dia do parto (M9), três (M10) e sete (M11) dias após o parto, para a realização do eritrograma, proteína plasmática total, e dosagens séricas de eritropoetina, ferro, capacidade total de ligação do ferro, índice de saturação da transferrina e ferritina. Os dados foram analisados pelo teste de análise de variância (ANOVA) ao nível de 5% de significância (P<0,05). Houve diferença significativa (P<0,05) entre alguns momentos para as variáveis, número de eritrócitos, concentração de hemoglobina, volume globular, proteína total plasmática, concentração de ferro sérico...

Determinação dos perfis de estrógenos e progestinas fecais durante o ciclo estral, gestação e período pós-parto em cervos-do-pantanal (Blastocerus dichotomus) em cativeiro

Polegato, Bruna Furlan
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: x, 65 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
55.93%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Medicina Veterinária - FCAV; Atualmente, o conhecimento sobre a fisiologia e a biologia reprodutiva de cervos-do-pantanal (Blastocerus dichotomus) é escasso e as lacunas existentes aumentam a vulnerabilidade da espécie à extinção. Neste contexto, os objetivos deste trabalho foram: (1) caracterizar alguns parâmetros relacionados à fisiologia reprodutiva de fêmeas de cervos-do-pantanal e (2) fornecer métodos adequados para o acesso às diferentes fases do ciclo reprodutivo. Para isso, seis fêmeas da espécie foram utilizadas para a caracterização hormonal do ciclo estral, da gestação e do período pós-parto. Amostras fecais foram colhidas diariamente para o monitoramento do ciclo estral, duas vezes por semana durante a gestação e em dias alternados no período pós-parto. As dosagens das progestinas fecais foram feitas por EIA. Foram monitorados 16 ciclos estrais completos, cuja duração média foi de 21,3±1,3 dias (6,4±1,2d fase inter-luteal e 14,8±1,3d fase luteal). As concentrações médias de progestinas fecais para as fases inter-luteal e luteal do ciclo estral foram 834±311ng g-1 e 3979±1611ng g-1, respectivamente, e o valor limite entre elas foi de 1457ng g-1. Quatro fêmeas levaram a gestação a termo...

Dinâmica folicular de vacas charolesas submetidas a diferentes métodos de desmame interrompido aplicado aos 35 e 70 dias pós-parto; Follicular dynamic in charolais cows after preventing to be suckled by fitting nose-plates to the calves at 35 and 70 days postpartum

Canto, João Ignácio do; Neves, Jairo Pereira; Gonçalves, Paulo Bayard Dias; Oliveira, João Francisco; Moraes, José Carlos Ferrugem; Ceccim, Marcelo; Brandelli, Adriano
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
55.99%
Com o objetivo de avaliar o efeito do desmame interrompido na dinâmica folicular aos 35 e 70 dias pós-parto, 15 vacas da raça Charolesa com parição na primavera, manejadas em campo nativo, foram distribuídas deforma aleatória em cinco diferentes tratamentos de desmame como segue: uso de tabuleta por dois dias (TAB 2), quatro dias (TAB 4), separação total por dois dias (TOT 2), quatro dias (TOT 4) e controle. A partir do início dos tratamentos, foi realizado monitoramento da atividade ovariana durante oito dias, e coletas diárias de sangue para dosagem de progesterona e identificação de cio com auxílio de rufião. Os ovários foram avaliados ecograficamente e os folículos foram classificados, conforme o diâmetro, em pequenos (< 3mm), médios (4 a 9mm) e grandes (> 10mm). A população de folículos pequenos e médios não variou entre os tratamentos e durante os oito dias, nos diferentes tratamentos aplicados aos 35 e 70 dias. Com relação aos folículos grandes, ocorreu diferença (p = 0,0001) nos tratamentos aplicados aos 35 dias pós-parto, em pelo menos um dos dias da avaliação, sendo que o grupo TOT 4 apresentou um aumento significativo da população de folículos grandes (p = 0,001), a partir do segundo dia de desmame...

Avaliação da administração de oligoelementos nas performances reprodutivas no pós-parto em nulíparas

Nunes, Hélder Patrício Barcelos
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 02/06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
56.2%
Dissertação de Mestrado em Engenharia Zootécnica.; Este trabalho tem como objectivo a avaliação da administração de oligoelementos nas performances reprodutivas no pós-parto em nulíparas da raça Holstein Friesian. Para isso, um total de vinte e seis novilhas gestantes, com 200 (±21) dias de gestação, foram distribuídas aleatoriamente por dois grupos, controlo e experimental. Aos animais pertencentes ao grupo experimental (n=13) foram administradas, sessenta dias antes do parto, duas cápsulas intra-ruminais de libertação lenta com oligoelementos. No grupo controlo não foi efectuado qualquer tratamento. Imediatamente antes da colocação dos oligoelementos, foi retirado sangue periférico, a partir da veia coccígea, a todos os animais, tendo sido determinados os valores de oligoelementos no soro, bem como os níveis plasmáticos de progesterona. Semanalmente, com início no dia a seguir ao parto e durante onze semanas foi retirado sangue para determinação, semanal da progesterona. Na primeira recolha a seguir ao parto e na oitava recolha após esta, foi ainda retirado sangue para a determinação dos oligoelementos. Após a recolha, as amostras foram congeladas a – 20ºC em microtubos de 2 ml até se proceder à sua análise: os oligoelementos foram determinados por espectrofotometria de absorção atómica e a progesterona pela técnica ELFA. Aquando da primeira avaliação de oligoelementos...

Eritrograma, metabolismo do ferro e concentração sérica de eritropoetina em fêmeas caprinas da raça Saanen nos períodos de gestação, parto e pós-parto

Fonteque,Joandes Henrique; Takahira,Regina Kiomi; Saito,Mere Erika; Valente,Ana Cláudia dos Santos; Barioni,Graziela; Kohayagawa,Aguemi
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2010 PT
Relevância na Pesquisa
56.03%
As alterações hematológicas durante o período de gestação, parto e pós-parto são de grande importância em humanos e têm sido estudadas em várias espécies de animais domésticos. O objetivo do trabalho foi determinar as alterações no eritrograma, no metabolismo do ferro e na concentração sérica de eritropoetina durante os períodos de gestação, parto e pós-parto em fêmeas nulíparas Saanen. Foram colhidas amostras de sangue de 20 fêmeas, clinicamente sadias, aos 49 (M1), 42 (M2), 35 (M3), 28 (M4), 21 (M5), 14 (M6), sete (M7), três (M8) dias antes do parto, no dia do parto (M9), três (M10) e sete (M11) dias após o parto, para a realização do eritrograma, proteína plasmática total, e dosagens séricas de eritropoetina, ferro, capacidade total de ligação do ferro, índice de saturação da transferrina e ferritina. Os dados foram analisados pelo teste de análise de variância (ANOVA) ao nível de 5% de significância (P<0,05). Houve diferença significativa (P<0,05) entre alguns momentos para as variáveis, número de eritrócitos, concentração de hemoglobina, volume globular, proteína total plasmática, concentração de ferro sérico, capacidade total de ligação do ferro (CLTF) e índice de saturação da transferrina (IST). Não houve diferença significativa (P<0...

Parâmetros genéticos entre características de leite, de peso e a idade ao primeiro parto em gado mestiço leiteiro (Bos taurus x Bos indicus)

Vercesi Filho,A.E.; Madalena,F.E.; Albuquerque,L.G.; Freitas,A.F.; Borges,L.E.; Ferreira,J.J.; Teodoro,R.L.; Faria,F.J.C.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
55.91%
Foram estimadas as correlações genéticas entre características de produção de leite (produção de leite, gordura, proteína e duração da lactação em até 305 dias, na primeira lactação), características de peso (taxa de crescimento de novilhas entre 12-24 meses e peso médio de vacas) e idade ao primeiro parto, em uma população de fêmeas Mestiço Leiteiro Brasileiro (MLB), por meio de metodologia REML, sob modelo animal. As estimativas de herdabilidade das características estudadas na ordem acima foram, respectivamente, 0,28± 0,08, 0,30±0,11, 0,28±0,09, 0,19±0,07, 0,18±0,06, 0,42±0,10 e 0,48±0,12. As correlações genéticas entre peso médio da vaca e a produção de leite, gordura e proteína foram, respectivamente, -0,22±0,22, -0,49±0,31 e -0,22±0,23 e da taxa de crescimento das novilhas com a produção de leite, gordura e proteína foram respectivamente, -0,59±0,35, -0,73±0,44 e -0,62±0,37. As correlações genéticas entre produção de leite, peso médio das vacas e taxa de crescimento das novilhas com idade ao primeiro parto foram respectivamente, 0,05±0,18, -0,05±0,18 e 0,02±0,20. A alta correlação genética (0...

Duração da gestação do parto em éguas da raça Puro Sangue Árabe.

VALENTE, M.; UNANIAN, M. M.; ; ; SELAIVE-VILLARROE, A.
Fonte: Revista Científica de Produção Animal, v. 1, n. 2, p. 104-109, 1999. Publicador: Revista Científica de Produção Animal, v. 1, n. 2, p. 104-109, 1999.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
55.96%
Num estudo conduzido na EMBRAPA-Centro de Pesquisa de Pecmiria do Sudeste, foi avaliado o período de gestação e a duração do parto em eguas da raçã Árabe, visando fornecer informções que possam auxiliar o manejo reprodutivo dos eqiiinos. A duração da gestação foi, em média, de 330 dias, tendo sido influenciada pela idade da égua (P<0,05). A duração do parto foi, em média, de 50 minutos, nao se observando diferença significativa entre as éguas primiparas e multiparas. A maioria dos partos ocorreu no período noturno. ABSTRACT - A study was conducted at EMBRAPA- Brasilian Southeast Animal Research Center, in Sao Carlos, State of Sao Paulo, to evaluate the gestation period and the parturition time in Arabian pure breed mares in order to supply information that migth inprove the equine reproductive efficiency. The average of gestation length was 330 days, having been influenced by the age of the mare (P<0.05). The mean of the parturition time was 50 minutes and there was not observed significant difference between primely and multiple parturition mares. Most parturition occured during the nigth time.; 1999

Efeitos não genéticos e estimativas de herdabilidade para características de crescimento e reprodução em animais da raça Nelore criados na Amazônia Legal.

SENA, J. do S. da S.; MATOS, A. de S.; MARCONDES, C. R.; ARAÚJO, R. O. de; BEZERRA, L. A. F.; LÔBO, R. B.
Fonte: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 48., 2011, Belém. O Desenvolvimento da produção animal e a responsabilidade frente a novos desafios - anais. Belém: SBZ: UFRA, 2011. Publicador: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 48., 2011, Belém. O Desenvolvimento da produção animal e a responsabilidade frente a novos desafios - anais. Belém: SBZ: UFRA, 2011.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
55.95%
O presente trabalho teve como objetivos estudar efeitos não genéticos e estimar herdabilidades para 211.744 animais de 44 rebanhos da Amazônia Legal participantes do Programa de Melhoramento Genético da Raça Nelore. Foram utilizados registros de peso aos 120 dias (P120), peso aos 210 dias (P210), peso aos 450 dias (P450), perímetro escrotal aos 450 dias (PE450) e idade ao primeiro parto (IPP). As fontes de variação consideradas nos modelos foram: Estado, sexo, classe de idade da vaca ao parto, fazenda, grupo de contemporâneo, ano e mês de nascimento. Os modelos de análise foram significativos para todas as características estudadas (P<0,0001). O R-quadrático variou de 0,21 (para IPP) a 0,65 (para P450), evidenciando a maior influência de outros fatores ambientais sobre a característica reprodutiva (IPP). O efeito de Estado não foi significativo (P>0,36) somente para a característica PE450. As herdabilidades estimadas estão entre os valores citados na literatura, podendo ser as características estudadas utilizadas como critérios de seleção.; 2011

Cloprostenol na indução do parto em cabras: eficiência da aplicação intramuscular na vulva.

SALLES, H. O.; AZEVEDO, H. C.; SOARES, A. T.; SANTOS, D. O.; MACHADO, R.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE REPRODUÇÃO ANIMAL, 11., 1995. Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte: CBRA, 1995. p. 385. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE REPRODUÇÃO ANIMAL, 11., 1995. Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte: CBRA, 1995. p. 385.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
55.81%
Podemos concluir que todas as doses de cloprosterol testadas promovem a inducao do parto ar serem aplicadas por via intramuscular na vulva, possibilitando a dose de 50mg uma maior sincronizacao dos mesmos.; 1995

Produções parciais e total de leite em cabras mestiças no Ceará.

SILVA, F. L. R. da; ANDRADE, V. de O.; LIMA, F. de A. M.
Fonte: In: SIMPÓSIO NACIONAL DE MELHORAMENTO GENÉTICO ANIMAL, 4., 2002, Campo Grande. Anais... Campo Grande: SBMA, 2002. 3 f. 1 CD-ROM. Publicador: In: SIMPÓSIO NACIONAL DE MELHORAMENTO GENÉTICO ANIMAL, 4., 2002, Campo Grande. Anais... Campo Grande: SBMA, 2002. 3 f. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
55.82%
As raças e/ou tipos caprinos criados no nordeste brasileiro, destacam-se pela alta rusticidade adquirida ao longo dos anos, o que garante sua exploração em ecossistemas diversos, além de sua importância em pr ogramas de melhoramento genético (FIGUEIREDO, 1988). A caprinocultura leiteira no Brasil vem se desenvolvendo aceleradamente nos últimos anos, haja visto um aumento de 46,7% na produção de leite no país, no período de 1982 a 1991, enquanto a produção mundial, no mesmo período, cresceu apenas 19%. Para se aumentar ainda mais esta produção, no entanto, uma das alternativas é a introdução de raças exóticas de aptidão leiteira, tais como Saanen, Anglo Nubiana, Pardo Alpina, Toggenburg e British Alpine, para cruzamentos com as raças nativas, a fim de se produzir mestiças produtivas e também adaptadas à região. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da estação-ano de parição, ordem de lactação e tipo de parto, em cabras mestiças, criadas no estado do Ceará, como subsídios para o melhoramento do manejo animal e conseqüente aumento da produção de leite.; 2002

Anestro pós-parto em caprinos: uma revisão.

NOGUEIRA, D. M.; FREITAS, V. J. de F.
Fonte: Ciências e Tecnologia, Fortaleza, v. 2, n. 2, p. 33-40, 2000. Publicador: Ciências e Tecnologia, Fortaleza, v. 2, n. 2, p. 33-40, 2000.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
55.96%
Esta revisão apresenta os eventos hormonais durante o anestro pós-parto em caprinos, bem como os fatores que influenciam a sua duração em animais explorados em clima temperado e tropical.; 2000

Interações entre variáveis bioquímicas sanguíneas no período de transição e indicadores de eficiência reprodutiva em vacas leiteiras criadas a pasto; Interactions between blood biochemical variables in transition period and indicators of reproductive efficiency in dairy cows created a pasture

SILVA, Gustavo Feliciano Resende da
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciência Animal; Ciências Agrárias - Veterinaria Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciência Animal; Ciências Agrárias - Veterinaria
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.1%
This study was designed to evaluate the changes of some blood biochemical variables during the transition period as an indicative of metabolic diseases and to correlate them with the calving-first estrus interval, calving- conception interval, conception rate per service and parity in dairy crossbred cows raised in pasture based system. Sixty-three cows were evaluated during 12 months. Serum sodium, potassium, calcium (ion selective), glucose, triglycerides and betahyidroyibutyrate (BHB) were measurement in serum samples obtained at different times during the three weeks before and three weeks after calving. No significant differences were observed for the values of sodium, potassium, calcium, glucose and BHB between the pre-and postpartum, but triglyceride concentrations differed (p <0.05), with lower values in the postpartum. Regarding parity, significant differences (p <0.05) between the concentrations of sodium, potassium and calcium were present. For calcium during the prepartum period, lower concentrations were found in animals calving. Interval from calving to first estrus variable (PSPI), differences were observed (p <0.05), with higher calcium concentrations for animals with IPPE up to 45 days and from 45 to 85 days for animals with IPPE above 85 days. For the interval delivery design changes observed for the variable triglycerides (p> 0.05). The data showed that...

EFEITOS DA INCLUSÃO DE ÁCIDOS GRAXOS INSATURADOS NO SUPLEMENTO DE VACAS PRIMÍPARAS ZEBUÍNAS SOBRE O DESEMPENHO PRODUTIVO E REPRODUTIVO; Effects of inclusion of unsatured fatty acids in the supplement of primiparous cows zebuine on productive and reproductive performance

GODOY, Marcelo Marcondes de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Ciência Animal; Ciências Agrárias Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Ciência Animal; Ciências Agrárias
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.14%
Were used primiparous cows, zebuine, calved than received in the postpartum period, low intake isoenergetic supplements, in pasture of Brachiaria brizantha cv. Marandu, with twenty cows per treatment in a randomized design, where FA: the low intake supplement (LIS) with inclusion of protected fat, CO: LIS with the inclusion of meal corn and MS: only mineral supplement. Evaluated the body weight of cows (BW) of calves (BWC) and body condition score (BCS) of cows inthe postpartum period, at every 28 days, effect of sex of calf in the BW medium (BWm) and in the BCS medium (BCSm) of cows, the average daily weight gain of cows (ADWG) and calves (ADWGC) and pregnancy rate (PR). The supplementation increased the BW of the cows in FA and CO without difference between them (P> 0.05), already the MI did not differ from SM de108 to 136 days postpartum (P> 0.05). The BWC of FA and CO did not differ (P> 0.05) among them and were higher (P <0.05) than the MS 108 until 192 days postpartum, and heavier at weaning. The cows of FA had BCS higher (P <0.05) than the other treatments from 80 to 192 days postpartum. The ADWG of FA and CO did not differ among them (P> 0.05) and were higher than SM (P <0.05). The ADWGC of FA and CO were similar (P> 0.06)...

Estimativas de par?metros gen?ticos para a produ??o do leite e idade ao primeiro parto em vacas da ra?a pardo-sui?a utilizando amostrador de Gibbs

BRCKO, Carolina Carvalho
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.17%
Registros de 2.981 lacta??es de vacas da ra?a Pardo-Sui?a, distribu?das em 62 rebanhos, com pari??es nos anos de 1980 a 2002, foram utilizados para verificar a influ?ncia de fatores gen?ticos e n?o gen?ticos, sobre a produ??o de leite e idade ao primeiro parto. O modelo empregado incluiu os efeitos fixos de rebanho, ano e esta??o de parto, al?m dos efeitos aleat?rios de animal e ambiente tempor?rio. Para a produ??o de leite, al?m dos efeitos fixos descritos anteriormente, inclu?ram-se tamb?m os efeitos linear da dura??o da lacta??o e linear e quadr?tico da idade da vaca ao parto, como co-vari?veis. Na estima??o dos componentes de (co) vari?ncias foi utilizada a infer?ncia Bayesiana por meio de amostrador de Gibbs, com tamanho de cadeia de 1.500.000 rounds e per?odo de queima 500.000 rounds. A frequ?ncia de amostragem foi de 500 rounds. As m?dias estimadas para produ??o de leite e idade ao primeiro parto foram iguais a 5347,47 1849,13 kg e 29,65 4,51 meses, respectivamente. Os efeitos de rebanho, ano de parto e dura??o da lacta??o, influenciaram significativamente a produ??o de leite (P< 0,01). A idade ao primeiro parto foi influenciada pelos efeitos de rebanho, ano de parto (P<0,01), al?m do efeito de esta??o de parto (P<0,05). As estimativas de herdabilidade obtidas para a produ??o de leite e idade ao primeiro parto foram iguais a 0...

Avaliação clínica neonatal por escore Apgar e temperatura corpórea em diferentes condições obstétricas na espécie canina; Canine neonatal clinical evaluation through Apgar score and body temperature under distinct whelping condition

SILVA, Liege Cristina Garcia da; LÚCIO, Cristina de Fátima; VEIGA, Giselle Almeida Lima da; RODRIGUES, Jaqueline Aguiar; VANNUCCHI, Camila Infantosi
Fonte: Lisboa Publicador: Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
55.72%
Em medicina veterinária, a mortalidade neonatal nas primeiras semanas de vida alcança percentuais próximos a 30%. A inabilidade em proceder a correta análise clínica e o déficit no conhecimento técnico-científico são os principais responsáveis pelos elevados índices reportados. Neste trabalho, objetivou-se padronizar a avaliação clínica neonatal por meio do escore Apgar e temperatura corpórea em neonatos caninos nascidos sob diferentes condições obstétricas. Foram estudados 48 neonatos caninos, alocados em três grupos: grupo A \2013 eutocia; grupo B \2013 distocia materna; grupo C \2013 cesariana. Aos 0, 5 e 60 minutos do nascimento foram avaliados: temperatura retal, freqüências cardíaca (FC) e respiratória (FR), coloração de mucosas, tônus muscular e irritabilidade reflexa. Às cinco últimas análises foram atribuídas notas (0-2), conferindo aos neonatos o escore Apgar (0-10). Os dados foram analisados utilizando-se ANOVA e Newman-Keuls (p'< OU ='0,05). Houve queda significativa datemperatura retal e hipotermia ao longo dos 60 minutos para todos os grupos. Aos 0 e 5 minutos, a temperatura corporal do grupo C foi inferior aos demais. Neonatos nascidos por cesariana apresentaram menor vitalidade aos 0 e 5 minutos pós-natal...