Página 1 dos resultados de 12315 itens digitais encontrados em 0.015 segundos

Determinantes da adesão a tratados de patentes, 1970-2000: a Convenção de Paris e o Tratado de Cooperação de patentes; The determinants of the accession of the accession of patent treaties, 1970-2000: the Paris Convention and Patents Cooperation Treaty

Pereira Neto, Manoel Galdino
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/09/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.77%
Neste trabalho investigamos os determinantes da adesão de países a dois tratados internacionais de patentes: A Convenção de Paris e o Tratado de Cooperação de Patentes (TCP). Por meio de um modelo hierárquico Bayesiano, apresentamos evidências de que fatores domésticos são importantes para predizer adesão aos tratados estudados. Porém, quais fatores são importantes dependem do tipo de tratado. Para o TCP, que é um tratado que visa reduzir custos de transação, a legislação doméstica de patentes não é relevante. Para a Convenção de Paris, que limita as opções de política na área de patente, a legislação doméstica é fator relevante. Nós mostramos também que os ganhos diretos de participar dos tratados, medido pelo número de patentes no exterior, é uma variável importante e positivamente associada à probabilidade de adesão a ambos os acordos. Apresentamos ainda evidências de que variáveis sistêmicas são importantes e que as mudanças no sistema internacional nos últimos 30 anos são fatores importantes para explicar a adesão.; In this paper we investigate the determinants of the accession of two international patent treaties: the Paris Convention and Patent Cooperation Treaty (PCT). Through a Bayesian hierarchical model...

Rede de transporte de massa e espaço urbano: um ensaio de traçado para São Paulo à luz das experiências de Londres e Paris; Mass transport network and urban space: a tracing essay to São Paulo in the light of London and Paris experiences

Garcia, Moreno Zaidan
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.7%
O presente trabalho apresenta uma reflexão a respeito da relação entre o planejamento (e construção) de redes de transporte rápido de massa e a produção do espaço urbano. Na busca por critérios de projeto de rede como instrumento de transformação do espaço, recorreu-se ao estudo histórico da formação das redes de Londres e Paris, dois casos notórios. A partir dessas experiências, puderam ser levantados alguns aspectos referentes à contraposição entre dois modelos de traçado presentes na atividade de planejamento de transporte para São Paulo ao longo dos últimos anos. Por fim, uma proposta de rede de transporte de massa para a Região Metropolitana de São Paulo foi ensaiada, a título de exercício, com o fim de complementar a reflexão esboçada e a síntese dos elementos apreendidos.; This research presents a reflection on the relationship between rapid transport network planning (as well as building) and the production of urban space. In the search for network planning criteria as a tool for space transformation, we explored the historical course of London and Paris network formation, two reputable cases. From those experiences, we selected some aspects related to the contrast between two types of layout present in São Paulo transport planning activity over the past years. Finally...

Une brève lecture du Speen de Paris, recueil en prose de Charles Baudelaire

Brunet, Jacqueline Nunes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
FRA
Relevância na Pesquisa
36.85%
Charles Baudelaire é considerado um dos mais importantes expoentes da poesia moderna do século XIX, em razão do seu estilo particular, na poesia e na prosa, e da sua consciência estética. Duas obras ressaltam seu talento poético: Les Fleurs du Mal e Le Spleen de Paris. A presente dissertação centra no Spleen de Paris, coletânea publicada postumamente, em 1869, formada de cinquenta poemas em prosa. Começo meu estudo apresentando algumas informações prévias e fundamentais para o conhecimento de Baudelaire e para a localização do Spleen de Paris em sua obra: inicialmente, faço um breve panorama da vida e da produção literária de Baudelaire; em seguida, apresento, de forma concisa, sua obra prima, Les Fleurs du Mal, debruçando-me sobre sua estrutura e sua temática; depois, destaco as principais características do gênero poème en prose. Após ter apresentado estes aspectos introdutivos, passo a uma leitura do Spleen. Começo por apresentar a coletânea; em seguida, desenvolvo uma análise de cinco poemas e, como estes poemas apresentam traços de Paris, aponto estes e elaboro um estudo da importância da cidade de Paris do século XIX para a obra de Baudelaire e para a literatura. Concluindo meu trabalho, reúno e mostro alguns dos aspectos mais notáveis do Spleen. Nos anexos...

Educação e luta de classes : a experiência da educação na Comuna de Paris (1871); Education and classstruggle : the experience of education in the Paris Commune (1871)

Jane Barros Almeida
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.74%
Esta tese realizou uma análise, a partir da relação entre educação e luta de classes, tendo como objeto de estudos a experiência da Educação na Comuna de Paris de 1871. Esta curta experiência foi capaz de revelar a contribuição da educação no processo de construção de uma consciência de classe dos trabalhadores, mediante os debates e disputas políticas em prol de melhores condições de vida e direitos, travados no período anterior à Comuna, a antessala, quando a educação assumiu papel central ao canalizar os elementos de descontentamento e denúncia do projeto aplicado pelo Império de Napoleão III, ao mesmo tempo em que revelou elementos de um novo projeto de sociedade. A experiência da educação na Comuna de Paris foi capaz de apontar rupturas com o projeto de educação republicano, no sentido de indicar elementos para uma educação verdadeiramente democrática, emancipadora, omnilateral, laica, integral, crítica e reflexiva, para ambos os sexos. Assim como resignificou a ideia de público através da educação, desvinculando-o da lógica atribuída pelo particularismo burguês. A educação pública e popular criticou o papel do Estado, delegando aos trabalhadores organizados a tarefa de direção e formulação do novo projeto educacional. Avanços capazes de revelar a importância da educação no interior da luta dos trabalhadores...

Fronteiras da Europa : a corrida de touros vista da Paris literária entre-guerras; European Frontiers : the bullfights seen from the interwar Parisian literary world

Luís Felipe Bueno Sobral
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.77%
Na Paris entre-guerras, encontra-se um repertório literário dedicado à tourada que reúne escritores (Ernest Hemingway, Henry de Montherlant, Georges Bataille, Michel Leiris, Joseph Peyré) e gêneros (esquete, conto, artigo jornalístico, romance, guia, poesia, ensaio) muito distintos. Tal repertório não apenas representa o auge do interesse pelo tema fora da Espanha desde o romantismo como assinala o esforço de enquadrar seriamente uma ativi-dade cultural vista até então como horrenda ou, na melhor das hipóteses, exótica. O que provocou o interesse literário sério pela corrida de touros e por que ele se concentrou nesse período e em Paris? Esta tese examina tal questão para apreender, no próprio escoamento do tempo, a transformação dos olhares literários projetados da Paris entre-guerras sobre a corrida. Para tanto, emprega-se um procedimento indiciário, valorizando detalhes à primeira vista insignificantes, capazes contudo de conduzir a interpretação à uma escala histórica ampliada, e adota-se a forma ensaística, adequada ao percurso sinuoso imposto pela diver-sidade de fontes e à uma abordagem interdisciplinar.; In Paris between the wars, one finds a literary repertoire on bullfight gathering very diffe-rent writers (Ernest Hemingway...

Apropriação e desenvolvimento: do discurso à prática na Declaração de Paris

Freitas, Raquel
Fonte: Imprensa de Ciências Sociais Publicador: Imprensa de Ciências Sociais
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.74%
A ideia de assegurar a apropriação das políticas de desenvolvimento por parte dos países beneficiários foi reconhecida como um dos princípios basilares da Declaração de Paris sobre a eficácia da ajuda ao desenvolvimento. No entanto, a implementação e avaliação do princípio de apropriação têm gerado questões e debates sobre a possibilidade de distinguir entre apropriação efetiva e apropriação virtual. A distinção entre as duas reside na dimensão política da eficácia da ajuda, que tem estado ausente da agenda internacional. Este artigo percorre os debates existentes, no sentido de identi-ficar as clivagens essenciais em torno do conceito de apropriação, e as suas desvantagens e oportunidades, bem como refletir sobre a validade do conceito tal como operacionalizado pelo processo de Paris.; The idea of ensuring the ownership of development policies by beneficiary countries was recognised as one of the cornerstone principles of the Paris Declaration on Aid Effectiveness. However, the implementation and evaluation of the principle of ownership sparked questions and debates regarding the possibility of distinguishing between actual ownership and virtual ownership. The difference between the two lies in the political dimension of aid effectiveness...

Comuna de Paris, interpretações e perspectiva de classe; Paris Commune, interpretations and class perspective

Viana, Nildo
Fonte: Adriana Vidotte Publicador: Adriana Vidotte
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.83%
v.16,n.2,p.177-203,jul./dez. 2011.; O presente artigo analisa diferentes interpretações da Comuna de Paris, determinadas pelo enfoque da perspectiva de classe. Esta, após uma discussão teórica introdutória na abordagem materialista histórica, é seguida por breve explanação das perspectivas burguesa e proletária da Comuna de Paris; depois, focaliza-se a perspectiva burocrática, extraída da obra de Lênin. A conclusão geral é que as interpretações são perpassadas por perspectivas de classe e, por isso, não são neutras; é o caso de Lênin cuja visão, tanto da Comuna quanto do texto de Marx, é burocrática e, por isso, deforma a ambos. _______________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT _______________________________________________________________________________________________________________________ This article examines some of the Paris Commune interpretations, which express different class perspectives, focusing on the bureaucratic perspective. After an introductory theoretical discussion about class perspective on historical materialist approach, it briefly presents the proletarian and bourgeois perspectives of the Paris Commune...

Marx e a Comuna de Paris; Marx and the Paris Commune

Maciel, David
Fonte: Adriana Vidotte Publicador: Adriana Vidotte
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.74%
v.16,n.2,p.151-175,jul./dez. 2011.; Desde 1871, o debate sobre a Comuna de Paris tem absorvido as mais diversas lideranças políticas, historiadores e cientistas sociais. Identificada como a primeira revolução especificamente proletária da História, a Comuna de Paris inspirou outros movimentos revolucionários e é considerada um marco na luta anticapitalista, a primeira manifestação histórica de ditadura do proletariado. Neste trabalho, pretendemos apresentar uma leitura alternativa da Comuna, com base nas formulações de Marx, para quem esta foi apenas um passo inicial em direção à ditadura do proletariado, sem, porém, constituir-se enquanto tal por ter sido abortada pela violência contrarrevolucionária, impedindo-a de levar a cabo a expropriação dos capitalistas pelos trabalhadores. _______________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT _______________________________________________________________________________________________________________________ Since 1871, the discussion about the Commune of Paris has involved not only historians and social scientists, but militants and politic leaderships from several positions. For Marxists, the Commune of Paris is considered a historic mark on the anticapitalist fight...

Artistic and literary representations of the Judgement of Paris in antiquity

Mancilla, Cristian
Fonte: Universidade Nacional da Austrália Publicador: Universidade Nacional da Austrália
Tipo: Thesis (MPhil)
EN
Relevância na Pesquisa
36.77%
This thesis examines a large set of evidence in relation to the myth of the Judgement of Paris. Representations of this myth appeared in both literary and artistic media during antiquity. I will consider those preserved testimonies dated up to the 6th century AD. The relevant contributions of Christoph Clairmont (1951) and Irmgard Raab (1972) in regard to the artistic representations of the Judgement of Paris in antiquity are enlarged here through an extensive discussion of literary sources and the addition of new artworks not included in the catalogue of each. Before analysing the testimonies, I classify them in accordance with their medium, either literature or art. After this, I analyse them with regard to the literary genre or the artistic style that better describes each work. This generic analysis is followed by a contextual analysis that relates to the time and the place where each work was produced. In analysing the contexts, I give a special place to Athens, setting it apart from the rest of Greek contexts. The reason for doing this is the impressive amount of Athenian painted vases that represent the Judgement of Paris, for they comprise almost two thirds of the whole preserved output from antiquity. The thesis aims to explore the development of literary and artistic representations of the Judgement of Paris throughout antiquity...

España en París. La imagen nacional en las Exposiciones Universales, 1855-1900

Lasheras Peña, Ana Belén
Fonte: Universidad de Cantabria Publicador: Universidad de Cantabria
Tipo: Tese de Doutorado
SPA
Relevância na Pesquisa
36.8%
RESUMEN: Esta investigación aborda la participación española en las exposiciones universales celebradas en París durante el siglo XIX. Se ha tomado una perspectiva global, analizando, por tanto, el conjunto de factores que conformaron la imagen de lo español en las cinco ediciones universales organizadas en París: las instituciones efímeras y organismos permanentes que se encargaron de la organización de la asistencia española, los espacios e instalaciones que se adecuaron en París para albergar las colecciones nacionales, los productos seleccionados para representar a España (obras de arte, minerales, libros, tejidos, máquinas, productos agrícolas, etc.), así como los visitantes y comisionados que acudieron a la entonces denominada capital cultural del siglo.; ABSTRACT: This research focuses on the Spanish participation in the international exhibitions held in Paris during the nineteenth century. It has been taken a global perspective, analyzing, therefore, all the factors that shaped the image of the Spanish in the five universal exhibitions organized in Paris: the ephemeral institutions and permanent organizations that were responsible for the Spanish attendance, the area and premises that were adapted in Paris to house the national collections...

Postcard of Perspective de la Rue Royale, Paris, collected during the Lovett World Tour

Fonte: Rice University Publicador: Rice University
Tipo: postcards; Image
Relevância na Pesquisa
36.77%
A high traffic street named Rue Royale in Paris, France. Buildings can be seen on each side of the street, many pedestrians and horse carries. On bottom of the image reads, "Paris. Perspective de la Rue Royale" Original resource is a Sepia-tone postcard.; This item was collected on the world tour taken by Rice Institute President Edgar Odell Lovett, his wife Mary Hale Lovett, and Secretary for Rice's Board of Trustees, Carrington Weems. The mission of the tour was to research the best characteristics of the world's top universities and plan the academic, administrative, student and physical structure of the Rice Institute.

Les discours de Pierre Plaoul au Parlement de Paris (1406) : un exemple des rhétoriques française et latine au Moyen Âge tardif

Cormier, David C.
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
36.74%
Le 27 mai 1406, le théologien parisien Pierre Plaoul comparaît devant la cour du Parlement de Paris en tant que représentant de l’Université de Paris dans une affaire qui l’oppose à l’Université de Toulouse. Il y prononce un sermon en latin, ce que la cour lui reproche instantanément, lui demandant de parler en français pour la prochaine séance. Le 7 juin, lors de sa deuxième comparution, il parle cette fois en langue vernaculaire et prononce un discours extrêmement différent du premier, autant dans son genre que dans son registre de citations. Les deux discours sont conservés dans le registre X1a4787 des Archives nationales de France. L’édition des discours permet de comprendre le raisonnement derrière leurs différences, mais il permet surtout de constater que le discours français fait état d’une érudition encore plus grande que son homologue latin et que son orateur n’était nullement gêné par l’usage de la langue vernaculaire. Remis dans le contexte historiographique actuel, il en ressort que l’utilisation du français par Plaoul concorde parfaitement avec l’abandon du modèle de rapport diglossique entre latin et français pour la fin du Moyen Âge, lui préférant plutôt un rapport de langues en contacts. Ce postulat est soutenu par les nombreuses occurrences d’universitaires médiévaux démontrant une excellente maîtrise d’un registre savant de la langue vulgaire...

École(s) de Paris : enquête sur les compositeurs étrangers à Paris dans l'entre-deux-guerres

Lazzaro, Federico
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
36.96%
« École de Paris » est une expression souvent utilisée pour désigner un groupe de compositeurs étrangers ayant résidé à Paris dans l’entre-deux-guerres. Toutefois, « École de Paris » dénomme des réalités différentes selon les sources. Dans un sens élargi, le terme comprend tous les compositeurs de toute époque ayant vécu au moins une partie de leur vie à Paris. Dans son sens le plus strict, il désigne le prétendu regroupement de quatre à six compositeurs arrivés à Paris dans les années 1920 et comprenant notamment Conrad Beck, Tibor Harsányi, Bohuslav Martinů, Marcel Mihalovici, Alexandre Tansman et Alexandre Tchérepnine. Dans le but de revisiter l’histoire de l’utilisation de cette expression, nous avons reconstitué le discours complexe et contradictoire à propos de la question « qu’est-ce que l’École de Paris? ». Notre « enquête », qui s’est déroulée à travers des documents historiques de l’entre-deux-guerres ainsi que des textes historiographiques et de vulgarisation parus jusqu’à nos jours, nous a mené à la conclusion que l’École de Paris est un phénomène discursif que chaque acteur a pu manipuler à sa guise, car aucun fait ne justifie une utilisation univoque de cette expression dans le milieu musical parisien des années 1920-1930. L’étude de la programmation musicale nous a permis notamment de démontrer qu’aucun évènement regroupant les compositeurs considérés comme des « membres » de l’École de Paris n’a jamais eu lieu entre 1920 et 1940. Par la suite...

A importância dos factores históricos na formação e no sucesso do Cluster de negócio das Galerias de Paris

Sousa, Mariana Coelho Rodrigues de
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 07/03/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.74%
O trabalho que agora se apresenta é realizado no âmbito do mestrado em marketing, na modalidade de dissertação e procura estudar e demonstrar a importância dos factores históricos de uma cidade na formação de um cluster de negócio e do seu impacto a nível regional, nacional, assim como alémfronteiras. O trabalho serve-se do estudo do caso das Galerias de Paris, tendo como objetivo descrever e avaliar o seu processo de formação e de aplicação estratégica, estabelecendo uma relação com um modelo de desenvolvimento de uma estratégia de marketing sugerido, de gestão e organização de um cluster em formação, e a aplicação prática da dinâmica dos processos deste fenómeno. A metodologia inerente a esta investigação é a do estudo de caso, aplicada realidade do caso das Galerias de Paris, conhecido cluster de negócio na cidade do Porto, desenvolvido no sector dos bares e restauração, que caracteriza a movida da cidade. O método de pesquisa enunciado foi aplicado ao estudo das Galerias de Paris, tendo sido realizada a avaliação dos processos dinâmicos desenvolvidos no decorrer do tempo até à composição do cluster, assim como dos projetos sociais acrescentados por entidades reguladoras supremas...

Anankè et le symbolisme del l'architecture dans Notre-Dame de Paris de Victor Hugo

Seganfredo, Ana Cecilia Gaspar
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
FRA
Relevância na Pesquisa
36.77%
Esta dissertação propõe uma leitura textual do romance Notre-Dame de Paris, de Victor Hugo, a partir de algumas imagens singulares apresentadas nesta produção hugoliana. O objetivo deste percurso de pesquisa consiste em evidenciar a leitura simbólica da obra em questão, captada das relações da literatura com a arquitetura, configurada por algumas imagens nucleares, como Anankè, que assombra as figuras que povoam o romance, como o advento da imprensa, como a lucarna, como a cela do padre, entre outras. Sob este ângulo, acredita-se que o campo psicanalítico permite decifrar os efeitos do enigma e da fascinação produzidos pela obra hugoliana sobre o leitor. Nesse sentido, considera-se que o inconsciente representa o ponto de irradiação das pulsões, território que vai traduzir as relações espaciais da literatura com a arquitetura, enquanto expressões do simbólico. Desta maneira, o caminho de pesquisa se articula em três capítulos. Enquanto o primeiro, intitulado "Notre-Dame de Paris e a representação por imagens", visa a situar este percurso de pesquisa do ponto de vista do corpus teórico, representado, sobretudo, por Barthes e Blanchot, no que se refere à literatura, e por Freud, no que se refere à psicanálise; o segundo...

El Gran París: el reto de superar las oscuras realidades de exclusión social en la ciudad de las luces

Rincón Hernández, Álvaro Mauricio
Fonte: Escuela de Ciencias Humanas Publicador: Escuela de Ciencias Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 18/04/2013 SPA
Relevância na Pesquisa
36.87%
La exclusión social en París ha alcanzado niveles alarmantes generando un malestar social importante en los franceses, llegando incluso a transformarse en protestas callejeras como en el caso de los disturbios de 2005. Existe una segregación espacial tácita, vinculada directamente con el origen socio-cultural, el nivel económico e incluso con la orientación sexual de sus habitantes. Este reportaje apunta a resaltar esta grave situación y las iniciativas tomadas por el gobierno de Nicolás Sarkozy y los desafíos que le esperan al nuevo mandatario galo François Hollande. A lo largo de esta investigación periodística se evidencian el origen de las ampliaciones urbanas en la capital francesa, los retos sociales que persisten en el París actual y la multiplicidad de actores sociales que están involucrados. Lejos de haber un consenso, los diferentes actores implicados difieren en las medidas a adoptar para paliar esta segregación. Estas medidas van desde potenciar el transporte público hasta la construcción de viviendas de interés social.; Social Exclusion in Paris has reached alarming levels generating major social unrest in French society. It has reached the point where it could lead to street protests similar to the 2005 riots. There is a tacit geographical segregation...

La autoficción en París no se acaba nunca de Enrique Vila-Matas

Pozo, Alba del
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em //2009 SPA
Relevância na Pesquisa
36.8%
Este trabajo pretende explorar los recursos autoficcionales del texto de Enrique Vila-Matas París no se acaba nunca (2003). Bajo la forma de una revisión irónica de los años de juventud en París, Vila- Matas pone en juego varias herramientas destinadas a romper con la mímesis de lo real. De este modo, el texto se sitúa tanto en la línea de la autoficción como en la de otros textos del mismo autor en los que realidad y literatura son totalmente interdependientes.; This work seeks to explore the autofictional elements of Enrique Vila-Matas novel París no se acaba nunca (2003). In the form of an ironic review of his youth in Paris, the author makes use of several devices destined to fracture the mimesis of reality. Thus, the text is both in the line of autofiction as well as in the line of other texts from the same author in which reality and literature are completely interdependent.; Aquest treball pretén explorar els recursos autoficcionals del text d’Enrique Vila-Matas París no se acaba nunca (2003). Sota la forma d’una revisió irónica dels anys de joventut en París, Vila-Matas posa en joc diverses ferramentes destinades a trencar amb la mimesi del que és real. D’aquesta manera, el text es situa tant en la línea de l’autoficció com en la d’altres textos del mateix autor en els que la realitat i la literatura són totalment independents.; Lan honek Enrique Vila-Matasen París no se acaba nunca (2003) testuaren errekurtso autofikzionalak aztetzea du helburu. Parisen pasatako gazte garaiko urteen berrikuste ironiko baten formapean...

The Paris Commune in Shanghai: The Masses, the State, and Dynamics of `Continuous Revolution'

Jiang, Hongsheng
Fonte: Universidade Duke Publicador: Universidade Duke
Tipo: Dissertação Formato: 1906125 bytes; application/pdf
Publicado em //2010 EN_US
Relevância na Pesquisa
36.8%

Abstract

In 1871, during the Franco-Prussian War, the Parisian workers revolted against the bourgeois government and established the Paris Commune. Extolling it as the first workers' government, classical Marxist writers took it as an exemplary--though embryonic-- model of the dictatorship of the proletariat. The principles of the Paris Commune, according to Marx, lay in that "the working class cannot simply lay hold of the ready-made state machinery, and wield it for its own purposes." General elections and the abolishment of a standing army were regarded by classical Marxist writers as defining features of the organ of power established in the Paris Commune. After the defeat of the Paris Commune, the Marxist interpretation of the Commune was widely propagated throughout the world, including in China.

20th century China has been rich with experiences of Commune-type theories and practices. At the end of 1966 and the beginning of 1967, inspired by the Maoist theory of continuous revolution and the vision of a Commune-type state structure, the rebel workers in Shanghai, together with rebellious students and revolutionary party cadres and leaders, took the bold initiative to overthrow the old power structure from below. On Feb.5...

About the void: the Cerdà corners, the paris boulevards, and the london squares; Sobre el vacío: las esquinas Cerdà, los bulevares parisinos y las squares londinenses; Sobre o vazio: as esquinas Cerdà, os bulevares parisienses e as squares londrinenses

Maas, Vanessa
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.74%
This article is part of an initial investigation of the urban void within the scope of architectural design. Therefore, the aim is to explore discussions about formal aspects of the voids that emerge from a projective intention and not those perceived as an automatic or inevitable consequence of the full. The empty space is considered a key element within the formal conception of architecture, not only by the descriptive potential that mass can have through its negative, but also because it is believed that in many situations these urban places appear with such projective force that may reveal the building space in a very coherent way - through repetition, density, perceptions of scales and proportions. These relations are perhaps inseparable, however usually not very evidenced. In three separate examples belonging to the three densest cities in Europe - Paris, Barcelona and London - these relations become visible and plausible to compare. Because even though they form part of different contexts, is relevant and common between them, the fact that in all three cases the void arises from a projective intention and is repeated systematically in the urban fabric, within relevant periods of intellectual and practical development of urban design. The main argument is that in the urban fabric designed by the engineer Ildefons Cerdà...

ESPACE ET SOCIÉTÉ: UN REGARD DE CARTOGRAPHE SUR LES PLANS ANCIENS DE PARIS

Belmont, Françoise Vergneault; Ecole de Hautes Etudes en Sciences Sociales (Paris)
Fonte: Programa de Pós-Graduação em História da Universidade de Brasília (PPGHIS/UnB) Publicador: Programa de Pós-Graduação em História da Universidade de Brasília (PPGHIS/UnB)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado por Pares Formato: application/pdf
Publicado em 05/03/2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.7%
Este trabalho destina-se a um público de historiadores e foi concebido para atender ao convite feito por Daniel Roche, professor de História Moderna da Universidade de Paris. O tema do seminário, «Espaço e sociedade em Paris dos séculos XVI-XVIII»,  coincidiu  com a pesquisa e o seminário da autora, na École des Hautes Études en Sciences Sociales. Adotando o ponto de vista do cartógrafo, a pesquisa analisa as plantas de Paris, indicando ao mesmo tempo as possibilidades que este tipo de documento oferece aos historiadores. Daniel Roche participou ativamente da parte histórica destinada ao século XVIII, em especial, com relação ao plano de Verniquet.