Página 1 dos resultados de 30 itens digitais encontrados em 0.031 segundos

Histopatologia das reações de resistência de hospedeiro e de não-hospedeiro em interações Puccinia triticina x Poaceae; Histopathology of resistance reactions on host and nonhost interactions in Puccinia triticina X poaceae

Wesp, Caroline de Lima
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.87%
A ferrugem da folha, causada pelo fungo Puccinia triticina, é umas das principais doenças do trigo. As condições ambientais presentes na região do Cone Sul da América do Sul, associadas à grande variabilidade genética para virulência do patógeno, favorecem a ocorrência de epidemias anuais. Desta forma, é comum a superação da resistência em variedades com genes específicos à raças de ferrugem. Neste contexto, a identificação de mecanismos de resistência potencialmente duráveis é de extrema importância. O objetivo deste trabalho foi caracterizar os eventos histológicos responsáveis pela reação de resistência em interações de hospedeiros (trigo suscetível (BRS 194), com resistência específica (Lr9) e não-específica à raças (Toropi)) e não-hospedeiros (cevada (BRS 195), aveia (URS 22) e arroz (Irga 417 e Nippon Bare)) à Puccinia triticina. Para isso, as plantas foram inoculadas com a raça B56 de P. triticina e foram feitas coletas de segmentos foliares de 1,5 cm de cada espécie em diferentes horários após a inoculação, onde foram quantificadas as estruturas infectivas formadas, bem como, as reações de resistência apresentadas pelos genótipos, nas fases de plântula e planta adulta. Os genótipos testados apresentaram diferentes mecanismos de resistência...

Postulação de genes (Lr) de resistência à ferrugem da folha em cultivares brasileiras de trigo

ZOLDAN,SANDRA M.; BARCELLOS,AMARILIS L.
Fonte: Sociedade Brasileira de Fitopatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fitopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2002 PT
Relevância na Pesquisa
36.28%
Vinte e dois isolados que diferem quanto aos genes de avirulência/virulência de Puccinia triticina foram inoculados em 55 genótipos de trigo (Triticum aestivum) selecionados entre os recomendados e em experimentação na região sul e centro sul do Brasil nos anos de 1996 e/ou 1997 e em linhas monogênicas para genes (Lr) de resistência à ferrugem da folha, no estádio de plântula. Os tipos de infecção dos genótipos portadores, cada um de distinto gene Lr conhecido foram comparados com os dos genótipos brasileiros, para determinar a existência de possíveis genes de resistência nestes. Os genes de plântula identificados com mais freqüência nas cultivares e linhagens brasileiras foram: Lr26, Lr23, Lr10 e Lr24. O gene Lr16, que confere resistência moderada à maioria das raças, foi encontrado em apenas dois genótipos. Muitos dos trigos analisados possuem um ou mais genes Lr provavelmente ainda não descritos.

Variabilidade isoesterásica associada a genes de resistência à ferrugem da folha do trigo

Sbalcheiro,Cheila C.; Brammer,Sandra P.; Barcellos,Amarilis L.
Fonte: Sociedade Brasileira de Fitopatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fitopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.28%
A triticultura brasileira apresenta constantes perdas no rendimento, associadas à ocorrência da ferrugem da folha, causada pelo fungo Puccinia triticina. A incorporação da resistência genética e o conhecimento do número de genes envolvidos são importantes para os programas de melhoramento genético vegetal, que a cada ano têm introduzido resistência qualitativa nas cultivares, visando superar o aparecimento de novas raças do patógeno. As técnicas bioquímicas, baseadas na análise de polimorfismo de enzimas, possibilitam a rápida e precisa detecção de marcadores moleculares, para o estudo de aspectos básicos de genética vegetal, bem como representam valiosa ferramenta de apoio aos programas de melhoramento, pois permitem a identificação antecipada de genótipos resistentes e suscetíveis. Este trabalho visa avaliar, fitopatológica e molecularmente, a população haplodiplóide Trigo BR 35 (resistente)/IAC 13-Lorena (suscetível) de trigo (Triticum aestivum), quanto à resistência de planta adulta à ferrugem da folha, bem como à similaridade genética presente na progênie haplodiploidizada na geração F1. Nas avaliações fitopatológicas em planta adulta, das 96 linhas duplo-haplóide, 29 foram resistentes...

Identificação de fontes de resistência à ferrugem da folha do trigo em acessos de Aegilops tauschii

Almeida,Ângela B.; Chaves,Márcia S.; Brammer,Sandra P.; Baggio,Maria Irene
Fonte: Sociedade Brasileira de Fitopatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fitopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.45%
No Brasil, prejuízos ocasionados pela ferrugem da folha do trigo (Puccinia triticina) ocorrem anualmente. A incidência generalizada nas diferentes regiões produtoras varia em intensidade, dependendo das condições climáticas, da resistência genética das cultivares e do controle químico, sendo que a utilização de cultivares resistentes é o método mais eficiente de controle. Os genes que conferem resistência à ferrugem da folha em trigo são denominados Lr (leaf rust). Vários desses genes já foram identificados e mapeados. Alguns deles foram mapeados diretamente em genótipos hexaplóides, enquanto outros foram primeiramente encontrados em espécies afins, com menor nível de ploidia e, posteriormente, transferidos para o trigo cultivado. Das espécies afins, destaca-se a espécie diplóide Aegilops tauschii, doadora do genoma D do trigo cultivado, como uma importante fonte de genes de resistência. O objetivo desse trabalho foi avaliar a resistência à ferrugem da folha em acessos de Ae. tauschii, oriundos do Banco Ativo de Germoplasma da Embrapa Trigo (BAG - Passo Fundo, RS), para utilização das seleções nos programas de melhoramento. Quarenta acessos foram avaliados quanto à reação à raça SPJ-RS de Puccinia triticina e...

Superação da resistência qualitativa da cultivar de trigo "BRS 194" por uma nova raça de Puccinia triticina

Chaves,Márcia Soares; Wesp,Caroline de Lima; Barcellos,Amarilis Labes; Scheeren,Pedro Luiz; Silva,Márcio Só e; Caierão,Eduardo
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.69%
A população de Puccinia triticina, agente causal da ferrugem da folha do trigo, é extremamente dinâmica na região do Cone Sul da América do Sul, onde o surgimento de novas raças é freqüente. A cultivar de trigo "BRS 194" foi a segunda variedade com maior disponibilidade de sementes para plantio no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina em 2005, por apresentar características como rusticidade, elevado rendimento de grãos e resistência qualitativa a todas as raças de P. triticina ocorrentes no Brasil e em outros países da América do Sul. Em 2005, pústulas de ferrugem da folha foram observadas sobre plantas desta cultivar, tanto em lavouras quanto em campos experimentais, indicando a possível superação de sua resistência. O objetivo deste trabalho foi identificar a raça de P. triticina presente em amostras oriundas de "BRS 194" e verificar se esta se tratava de uma nova virulência do patógeno, a qual teria superado sua resistência. Oito amostras de ferrugem provenientes da cultivar "BRS 194" foram enviadas em 2005 à Embrapa Trigo, Passo Fundo, Rio Grande do Sul, para isolamento e identificação por meio da Série Internacional de Hospedeiros Diferenciais específica para este patógeno. Todas as amostras apresentaram a mesma combinação de virulência...

Controle da ferrugem da folha do trigo (Puccinia triticina) em diferentes momentos de aplicação de fungicida

Oliveira,Gustavo Migliorini de; Pereira,Diego Dionizio; Camargo,Lenio Cesar Moraes de; Balan,Marcelo Goncalves; Canteri,Marcelo Giovanetti; Igarashi,Seiji; Saab,Otavio Jorge Grigoli Abi
Fonte: Instituto Biológico Publicador: Instituto Biológico
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.28%
A aplicação de fungicidas tem importante papel na cultura do trigo e sua eficácia está atrelada principalmente ao momento biológico para o controle. O objetivo deste trabalho foi estudar a influência do momento de aplicação de fungicida nos danos decorrentes da ferrugem da folha do trigo (P. triticina). Um coletor de esporos Siga foi instalado na área experimental a fim de auxiliar na previsão da ocorrência da ferrugem antes da manifestação dos sintomas. O cultivar utilizado foi o CD 104 - susceptível à ferrugem - e as aplicações foram realizadas aos 7, 14 e 21 dias após a manifestação dos primeiros sintomas de ferrugem nas plantas. Avaliaram-se neste experimento a área abaixo da curva de progresso da doença, obtida pela sua severidade, e os índices de produtividade (kg/ha) e peso hectolitro (g) da cultura. O coletor Siga foi capaz de detectar esporos de ferrugem antes da manifestação sintomática da doença, auxiliando na sua identificação no campo nos primeiros sintomas. O atraso nas aplicações de fungicida aumentou os níveis de severidade, reduzindo significativamente o nível de controle e ocasionando danos consideráveis à produtividade da cultura. Verificaram-se perdas de produtividade na ordem de 80 kg por dia de atraso na aplicação.

Mining and survey of simple sequence repeats in wheat rust Puccinia sp

Singh, Rajender; Pandey, Bharati; Danishuddin, Mohd; Sheoran, Sonia; Sharma, Pradeep; Chatrath, Ravish
Fonte: Biomedical Informatics Publicador: Biomedical Informatics
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 20/11/2011 EN
Relevância na Pesquisa
26.33%
The abundance and inherent potential for extensive allelic variations in simple sequence repeats (SSRs) or microsatellites resulted in valuable source for genetic markers in eukaryotes. In this study, we analyzed and compared the abundance and organisation of SSR in the genome of two important fungal pathogens of wheat, brown or leaf rust (Puccinia triticina) and black or stem rust (Puccinia graminis f. sp. tritici). P. triticina genome with two fold genome size as compared to P. graminis tritici has lower relative abundance and SSR density. The distribution pattern of different SSR motifs provides the evidence of greater accumulation of dinucleotide followed by trinucleotide repeats. More than two-hundred different types of repeat motifs were observed in the genomes. The longest SSR motifs varied in both genomes and some of the repeat motifs are found in higher frequency. The information about survey of relative abundance, relative density, length and frequency of different repeat motifs in Puccinia sp. will be useful for developing SSR markers that could find several applications in analysis of fungal genome such as genetic diversity, population genetics, race identification and acquisition of new virulence.

Molecular and phenotypic characterization of seedling and adult plant leaf rust resistance in a world wheat collection

Dakouri, Abdulsalam; McCallum, Brent D.; Radovanovic, Natasa; Cloutier, Sylvie
Fonte: Springer Netherlands Publicador: Springer Netherlands
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN
Relevância na Pesquisa
26.28%
Genetic resistance is the most effective approach to managing wheat leaf rust. The aim of this study was to characterize seedling and adult plant leaf rust resistance of a world wheat collection. Using controlled inoculation with ten races of Puccinia triticina, 14 seedling resistance genes were determined or postulated to be present in the collection. Lr1, Lr3, Lr10 and Lr20 were the most prevalent genes around the world while Lr9, Lr14b, Lr3ka and/or Lr30 and Lr26 were rare. To confirm some gene postulations, the collection was screened with gene-specific molecular markers for Lr1, Lr10, Lr21 and Lr34. Although possessing the Lr1 and/or Lr10 gene-specific marker, 51 accessions showed unexpected high infection types to P. triticina race BBBD. The collection was tested in the field, where rust resistance ranged from nearly immune or highly resistant with severity of 1 % and resistant host response to highly susceptible with severity of 84 % and susceptible host response. The majority of the accessions possessing the adult plant resistance (APR) gene Lr34 had a maximum rust severity of 0–35 %, similar to or better than accession RL6058, a Thatcher-Lr34 near-isogenic line. Many accessions displayed an immune response or a high level of resistance under field conditions...

Using transcription of six Puccinia triticina races to identify the effective secretome during infection of wheat

Bruce, Myron; Neugebauer, Kerri A.; Joly, David L.; Migeon, Pierre; Cuomo, Christina A.; Wang, Shichen; Akhunov, Eduard; Bakkeren, Guus; Kolmer, James A.; Fellers, John P.
Fonte: Frontiers Media S.A. Publicador: Frontiers Media S.A.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 13/01/2014 EN
Relevância na Pesquisa
46.63%
Wheat leaf rust, caused by the basidiomycete Puccinia triticina, can cause yield losses of up to 20% in wheat producing regions. During infection, the fungus forms haustoria that secrete proteins into the plant cell and effect changes in plant transcription, metabolism, and defense. It is hypothesized that new races emerge as a result of overcoming plant resistance via changes in the secreted effector proteins. To understand gene expression during infection and find genetic differences associated with races, RNA from wheat leaves infected with six different rust races, at 6 days post inoculation, was sequenced using Illumina. As P. triticina is an obligate biotroph, RNA from both the host and fungi were present and separated by alignment to the P. triticina genome and a wheat EST reference. A total of 222,571 rust contigs were assembled from 165 million reads. An examination of the resulting contigs revealed 532 predicted secreted proteins among the transcripts. Of these, 456 were found in all races. Fifteen genes were found with amino acid changes, corresponding to putative avirulence effectors potentially recognized by 11 different leaf rust resistance (Lr) genes. Twelve of the potential avirulence effectors have no homology to known genes. One gene had significant similarity to cerato-platanin...

Population divergence in the wheat leaf rust fungus Puccinia triticina is correlated with wheat evolution

Liu, M; Rodrigue, N; Kolmer, J
Fonte: Nature Publishing Group Publicador: Nature Publishing Group
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN
Relevância na Pesquisa
36.77%
Co-evolution of fungal pathogens with their host species during the domestication of modern crop varieties has likely affected the current genetic divergence of pathogen populations. The objective of this study was to determine if the evolutionary history of the obligate rust pathogen on wheat, Puccinia triticina, is correlated with adaptation to hosts with different ploidy levels. Sequence data from 15 loci with different levels of polymorphism were generated. Phylogenetic analyses (parsimony, Bayesian, maximum likelihood) showed the clear initial divergence of P. triticina isolates collected from Aegilops speltoides (the likely B genome donor of modern wheat) in Israel from the other isolates that were collected from tetraploid (AB genomes) durum wheat and hexaploid (ABD genomes) common wheat. Coalescence-based genealogy samplers also indicated that P. triticina on A. speltoides, diverged initially, followed by P. triticina isolates from durum wheat in Ethiopia and then by isolates from common wheat. Isolates of P. triticina found worldwide on cultivated durum wheat were the most recently coalesced and formed a clade nested within the isolates from common wheat. By a relative time scale, the divergence of P. triticinia as delimited by host specificity appears very recent. Significant reciprocal gene flow between isolates from common wheat and isolates from durum wheat that are found worldwide was detected...

Validação de marcadores moleculares associados a genes de resistência à ferrugem-da-folha do trigo.

SILVA, P.R. da; MILACH, S.C.K.; SORTICA, V. de A.; BOFF, T.; BRAMMER, S.P.; FEDERIZZI, L.C.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasilia, DF, v. 43, n.10, p.1357-1363, out. 2008. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasilia, DF, v. 43, n.10, p.1357-1363, out. 2008.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.05%
O objetivo deste trabalho foi validar marcadores moleculares previamente associados a genes que conferem resistência à ferrugem-da-folha, em genótipos brasileiros de trigo. Cinco marcadores STS e SCAR, identificados como associados aos alelos de resistência dos genes Lr1, Lr9, Lr10 e Lr24, foram avaliados por PCR, em 25 genótipos de trigo com conhecida presença ou ausência desses alelos. O marcador STS, associado ao alelo de resistência do gene Lr1, não foi eficiente em identificar genótipos brasileiros que possuem este alelo de resistência. Os marcadores STS e SCAR, associados a Lr9, Lr10 e Lr24, foram eficientes na identificação de plantas que possuem o alelo de resistência desses genes, e podem ser utilizados na seleção por marcadores da resistência à ferrugem-da-folha, em genótipos brasileiros de trigo.; 2008

Validação de marcadores moleculares associados a genes de resistência à ferrugem-da-folha do trigo.

SILVA, P. R. da; MILACH, S. C. K.; SORTICA, V. de A.; BOFF, T.; BRAMMER, S. P.; FEDERIZZI, L. C.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 43, n. 10, p. 1357-1363, out. 2008. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 43, n. 10, p. 1357-1363, out. 2008.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.05%
2008

Development of wheat lines carrying stem rust resistance gene Sr39 with reduced Aegilops speltoides chromatin and simple PCR markers for marker-assisted selection

Mago, R.; Zhang, P.; Bariana, H.; Verlin, D.; Bansal, U.; Ellis, J.; Dundas, I.
Fonte: Springer Publicador: Springer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 EN
Relevância na Pesquisa
36.05%
The use of major resistance genes is a cost-effective strategy for preventing stem rust epidemics in wheat crops. The stem rust resistance gene Sr39 provides resistance to all currently known pathotypes of Puccinia graminis f. sp. tritici (Pgt) including Ug99 (TTKSK) and was introgressed together with leaf rust resistance gene Lr35 conferring adult plant resistance to P. triticina (Pt), into wheat from Aegilops speltoides. It has not been used extensively in wheat breeding because of the presumed but as yet undocumented negative agronomic effects associated with Ae. speltoides chromatin. This investigation reports the production of a set of recombinants with shortened Ae. speltoides segments through induction of homoeologous recombination between the wheat and the Ae. speltoides chromosome. Simple PCR-based DNA markers were developed for resistant and susceptible genotypes (Sr39#22r and Sr39#50s) and validated across a set of recombinant lines and wheat cultivars. These markers will facilitate the pyramiding of ameliorated sources of Sr39 with other stem rust resistance genes that are effective against the Pgt pathotype TTKSK and its variants.; Rohit Mago, P. Zhang, H. S. Bariana, D. C. Verlin, U. K. Bansal, J. G. Ellis and I. S. Dundas

Genetic variability of Puccinia triticina Eriks. in Brazil

Bianchin,Vânia; Barcellos,Amarilis Labes; Reis,Erlei Melo; Turra,Camila
Fonte: Grupo Paulista de Fitopatologia Publicador: Grupo Paulista de Fitopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 EN
Relevância na Pesquisa
36.45%
Studies on the genetic variability of Puccinia triticina in inoculum collected in Brazil started in 1941 with Vallega (20). The pioneering work in Brazil dates from 1949 (16) at "Instituto Agronômico do Sul", Ministry of Agriculture (MA), in Pelotas, Rio Grande do Sul State (RS), and continued after 1975 at Embrapa Wheat in Passo Fundo, RS. In 2002, analyses for the identification of P. triticina races continued at OR Seed breeding, simultaneously to Embrapa's program, both in Passo Fundo. The investigators involved in the identification of races in Brazil were Ady Raul da Silva in Pelotas (MA), Eliza Coelho in Pelotas (MA) and in Passo Fundo (Embrapa), Amarilis Labes Barcellos in Pelotas (MA) and in Passo Fundo (Embrapa and OR), Camila Turra in Passo Fundo (OR) and Marcia Chaves in Passo Fundo (Embrapa). From 1979 to 2010 growing season, 59 races were determined, according to the differentiation based on the expression of each Lr resistance gene. On average, one to three new races are detected per year. Research has focused on the use of vertical resistance; however, lately some institutes have searched more durable resistance, of the adult-plant type (horizontal, less race-specific). The uninterrupted monitoring of the wheat rust pathogenic population in Brazil during so many decades allowed the understanding of the evolution and virulence of races. The use of international nomenclature adopted by some programs has allowed the comparison of the fungus variability in Brazil with that in other countries...

Changes in gene expression profiles as they relate to the adult plant leaf rust resistance in the wheat cv. Toropi

Casassola, Alice; Brammer, Sandra P.; Chaves, Márcia S.; Martinelli, José A.; Stefanato, Francesca; Boyd, Lesley A.
Fonte: Academic Press Publicador: Academic Press
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /01/2015 EN
Relevância na Pesquisa
36.33%
Leaf rust, caused by the foliar pathogen Puccinia triticina is a major disease of wheat in the southern region of Brazil and invariably impacts on production, being responsible for high yield losses. The Brazilian wheat cultivar Toropi has proven, durable adult plant resistance (APR) to leaf rust, which uniquely shows a pre-haustorial resistance phenotype. In this study we aimed to understand the interaction between P. triticina and the pre-haustorial APR in Toropi by quantitatively evaluating the temporal transcription profiles of selected genes known to be related to infection and defense in wheat. The expression profiles of 15 selected genes varied over time, grouping into six expression profile groups. The expression profiles indicated the induction of classical defence pathways in response to pathogen development, but also the potential modification of Toropi's cellular status for the benefit of the pathogen. Classical defence genes, including peroxidases, β-1,3-glucanases and an endochitinase were expressed both early (pre-haustorial) and late (post-haustorial) over the 72 h infection time course, while induction of transcription of other infection-related genes with a potential role in defence, although variable was maintained through-out. These genes directly or indirectly had a role in plant lignification...

Changes in gene expression profiles as they relate to the adult plant leaf rust resistance in the wheat cv. Toropi.

CASASSOLA, A.; BRAMMER, S. P.; CHAVES, M. S.; MARTINELLI, J. A.; STEFANATO, F.; BOYD, L. A.
Fonte: Physiological and Molecular Plant Pathology, Orlando, v. 89, p. 49-54, Jan. 2015. Publicador: Physiological and Molecular Plant Pathology, Orlando, v. 89, p. 49-54, Jan. 2015.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
EN
Relevância na Pesquisa
36.02%
2015

Estudo de elementos transponíveis em Puccinia psidii Winter, agente causal de ferrugem em Eucalyptus spp.; Deciphering the transposable elements in Puccinia psidii Winter, causal agent of rust on Eucalyptus spp.

Tsui, Sarina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/10/2015 PT
Relevância na Pesquisa
26.6%
A cultura do eucalipto apresenta grande importância no setor florestal no mundo. No Brasil, 70% da área florestal plantada é destinada ao eucalipto. Entretanto, a ferrugem das mirtáceas, também conhecida como ferrugem do eucalipto, causada pelo fungo Puccinia psidii Winter, afeta o enorme potencial produtivo das plantações de eucalipto. A biologia, mecanismos de patogenicidade e genética desse patógeno são pouco conhecidos, apesar de sua importância para o setor florestal. Os elementos transponíveis (TEs) são sequências de DNA com a capacidade de migrar e influenciar a organização, integridade e evolução do genoma hospedeiro. O presente trabalho teve como principal objetivo estudar os TEs presentes no genoma de P. psidii, combinando ferramentas in silico e moleculares. A classificação dos elementos transponíveis no genoma de P. psidii MF-1 foi realizada utilizando contigs previamente minerados e remontados, bem como sem seleção prévia dos contigs, por meio do programa RepeatMasker. Ambas estratégias apontaram o predomínio de elementos da Classe I - LTR Retrotransposons no genoma de P. psidii MF-1. O resultado condiz com a composição de TEs em fungos fitopatogênicos descrita na literatura. Algumas análises in silico...

Resistencia a roya de la hoja en variedades de trigo (Triticum spp. L.) adaptadas a El Bajío, México

Solis-Moya,Ernesto; Huerta-Espino,Julio; Rodríguez-García,María F.; Villaseñor-Mir,Héctor E.; Espitia-Rangel,Eduardo; Ledesma-Ramírez,Lourdes; Suaste-Franco,María del P.
Fonte: Colegio de Postgraduados Publicador: Colegio de Postgraduados
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2013 ES
Relevância na Pesquisa
36.28%
La roya de la hoja causada por Puccinia triticina es una de las principales enfermedades del trigo (Triticum spp. L.) en México. A través del mejoramiento genético es posible incorporar genes de resistencia en la plántula y planta adulta que permitan mantener la resistencia a la roya de la hoja por periodos largos de tiempo. El objetivo de esta investigación fue postular los genes de plántula y determinar la resistencia de la planta adulta a la roya de la hoja en variedades de trigo recomendadas para El Bajío, México. Se postularon los genes en las plántulas, en condiciones de invernadero, en 11 variedades y en el campo se determinó la resistencia de las plantas adultas. En trigos cristalinos, se postularon los genes Lr10 y 23 y uno no identificado. Lr10 y 23 en plántula y planta adulta son inefectivos a la raza BBG/BN que superó la resistencia de las variedades de trigos cristalinos cultivados en México. En las ocho variedades de trigo harinero se postularon los genes de resistencia Lr1, 3, 3bg, 10, 13, 14a, 16, 17, 23, 27 y 31, solos o en combinaciones. Estos no difieren substancialmente de los postulados en las variedades liberadas en México hasta 1990. En las pruebas de campo se identificó resistencia de la planta adulta diferente a la de la plántula...

Análisis de componentes de resistencia inductiva a un lento desarrollo de la roya del trigo (Puccinia triticina Eriks.)

Leyva-Mir,Santos G.; Terrones-Rodríguez,Juliana; Herrera-Espino,Julio; Villaseñor-Mir,Héctor E.
Fonte: Colegio de Postgraduados Publicador: Colegio de Postgraduados
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 ES
Relevância na Pesquisa
46.61%
En Puccinia triticina la resistencia a un lento desarrollo de la roya del trigo (LDR) es el proceso lento de la infección en campo; así, es importante generar variedades con LDR a la roya de la hoja del trigo para lo cual se debe identificar las formas de herencia y el manejo en el mejoramiento de variedades de trigo. Para determinar los componentes a la resistencia LDR a la roya de la hoja del trigo (Puccinia triticina Eriks.) se evaluaron, en cámara de crecimiento 20 genotipos de trigo harinero (Triticum aestivum L.), en plántula, usando la raza fisiológica MCJ/SP de P. triticina y midiendo el periodo de latencia, tamaño y número de pústulas. Los genotipos Kakatsi, Tarachi F2000, Kuruku, Jupateco+Lr34-Sr2, Criollo harinero de Oaxaca y Rayón F89 presentaron un periodo de latencia más prolongado; los genotipos Kuruku y Kakatsi, un tamaño de pústula más pequeño; Kuruku y Kakatsi, un menor número de pústulas por cm². Se concluye que un genotipo con alto nivel de resistencia de esta naturaleza puede ser identificado al medir cualquiera de los componentes de la resistencia LDR en estado de plántula.

Transferencia del gen Lr14a de trigos harineros a trigos cristalinos y expresión de la resistencia a roya de la hoja

Huerta Espino,Julio; Singh,Ravi P.; Villaseñor Mir,H. Eduardo; Solís Moya,Ernesto; Espitia Rangel,Eduardo; Leyva Mir,S. Gerardo
Fonte: Sociedad Mexicana de Fitogenética A.C. Publicador: Sociedad Mexicana de Fitogenética A.C.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 ES
Relevância na Pesquisa
36.28%
El origen del gen de resistencia Lr14a a roya de la hoja causada por Puccinia triticina E. es el trigo tetraploide 'Yaroslav emmer' (Triticum dicoccum L.). En México, todas las razas de trigo harinero (T. aestivum) importantes son virulentas a este gen. Sin embargo, las razas que atacan trigos cristalinos o duros son avirulentas a Lr14a. Se ha determinado la presencia de Lr14a en trigo harinero y en especies silvestres tetraploides, pero no en trigos cristalinos o trigos duros (T. turgidum spp durum). El gen Lr14a se transfirió a la variedad cristalina 'Altar C84' a partir de la cruza de ésta con la línea monogénica de trigo harinero 'RL6013' (Selkirk/6*Thatcher) y una retrocruza hacia 'Altar C84'. Para determinar la genética de la resistencia de la variedad 'Jupare C2001', resistente a la raza de roya de la hoja que venció la resistencia de 'Altar C84', y determinar si 'Jupare C2001' posee Lr14a, se cruzó con 'Altar C84' y con 'Altar C84' +Lr14a. La respuesta del gen de resistencia a roya de la hoja Lr14a a la infección en plántula a las razas BBG/BN y BCG/BN que son virulentas en 'Altar C84', es de heterogénea con uredinios grandes (X a X+) en la escala de 0-4, tanto en trigos harineros como en 'Altar C84', mientras que confiere casi inmunidad en planta adulta a estas mismas razas. La cruza de 'Jupare C2001' con 'Altar C84' +Lr14a indicó que 'Jupare C2001' no posee Lr14a...