Página 1 dos resultados de 91 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Desenvolvimento de nanoemulsão de óleo de arroz como adjuvante no tratamento de dermatite atópica e psoríase; Development of rice bran oil nanoemulsion used as adjuvant in treatment of atopic dermatitis and psoriasis

Bernardi, Daniela Spuri
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
26.78%
Nanoemulsões consistem em emulsões com tamanho de glóbulos na faixa de 50 a 200 nm, apresentam-se transparentes e são cineticamente estáveis. Têm sido estudadas em formulações de uso tópico por aumentar a permeação cutânea de ativos, auxiliar na redução da perda transepidérmica de água, entre outros benefícios. Em patologias como a dermatite atópica e psoríase, as nanoemulsões auxiliam na recuperação do tecido cutâneo. O óleo de arroz, que pode compor a fase oleosa de nanoemulsões, tem propriedade antioxidante e hidratante, podendo manter o estrato córneo saudável e recuperar a pele danificada. Essa pesquisa tem o objetivo de desenvolver nanoemulsões de óleo de arroz para serem utilizadas como adjuvante no tratamento de dermatite atópica e psoríase. Diversos pares de tensoativo foram pesquisados a fim de empregar aquele que permitisse a formação de nanoemulsões. O valor de EHL do óleo em questão foi de 6,0. Já a formação de nanoemulsões se deu no valor de EHL 8,0 para o par de tensoativo mono-oleato de sorbitano/óleo de rícino etoxilado 30 OE (sistema 1) e no EHL de 9,0 para o par de tensoativo óleo de rícino etoxilado 15 OE/40 OE (sistema 2), com quantidades de 10,00% de óleo, 10,00% de tensoativos e 80...

Padrões nutricionais para lavouras arrozeiras irrigadas por inundação pelos métodos da CDN chance matemática

Wadt, Paulo Guilherme Salvador; Anghinoni, Ibanor; Guindani, Raquel Hermann Pötter; Lima, André Suêldo Tavares de; Puga, Aline Peregrina; Silva, Gilson Silvério da; Prado, Renato de Mello
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 145-156
POR
Relevância na Pesquisa
26.78%
Para o arroz irrigado, poucos trabalhos utilizam métodos de diagnose foliar desenvolvidos para as condições locais de clima, solo ou cultivares. O objetivo deste trabalho foi avaliar os métodos da Diagnose da Composição Nutricional e da Chance Matemática na definição dos padrões nutricionais de lavouras arrozeiras do Estado do Rio Grande do Sul. Resultados de produtividade de grãos e teores foliares de N, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Fe, Mn, Zn e Mo de 356 lavouras arrozeiras cultivadas sob sistema de irrigação por inundação foram utilizados para a determinação das faixas de suficiência calculadas pelo método da Chance Matemática. As faixas de suficiência foram comparadas com valores críticos propostos pela literatura e com o intervalo de confiança do teor médio dos nutrientes em lavouras consideradas nutricionalmente equilibradas, identificadas pelo método Diagnose da Composição Nutricional. Observou-se pouca concordância entre os valores das faixas de suficiência indicados pelos métodos da Chance Matemática e da Diagnose da Composição Nutricional e os respectivos valores indicados na literatura. A faixa de teores foliares adequados, consistentes com maior produtividade média das lavouras arrozeiras, foi indicada ser de 23 a 28 g kg-1 para N; 11 a 14 g kg-1 para K; 1...

Interação silício e alumínio em plantas de arroz de terras altas cultivadas em solo alumínico

Freitas, Lucas Barbosa de; Fernandes, Dirceu Maximino; Maia, Suelen Cristina Mendonça
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 507-515
POR
Relevância na Pesquisa
26.78%
Solos com altos teores de Al tóxico podem causar diversos danos às plantas e, como consequência, diminuir sua produtividade; assim, seu manejo torna-se imprescindível para obter maiores produtividades, e o Si pode ser alternativa para diminuir a toxidez por Al em plantas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a interação entre Si e Al em plantas de arroz de terras altas cultivadas em solo naturalmente alumínico de textura média arenosa. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos inteiramente casualizados, dispostos em esquema fatorial 2 x 5 com quatro repetições. Os tratamentos empregados foram dois cultivares de arroz de terras altas: BRS Talento (não tolerante ao Al, moderno) e Guarani (tolerante ao Al3+, tradicional), além de cinco doses de Si (0, 30, 60, 90 e 120 mg dm-3) adicionadas ao solo. O Si fornecido ao solo contribuiu amenizando a toxidez por Al em ambos os cultivares, porém só houve acréscimo em produtividade no cultivar BRS Talento. Houve correlação positiva para produtividade de grãos do cultivar BRS Talento e teor de Si nas folhas; já o teor de Al nas folhas correlacionou-se com a produtividade de forma negativa; e também houve correlação negativa entre os teores de Si e Al nas folhas...

Aplicação de escória siderúrgica calcário e ureia em latossolo cultivado com arroz

Vidal, Anelisa de Aquino; Prado, Renato de Mello
Fonte: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos/UFG Publicador: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos/UFG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 264-272
POR
Relevância na Pesquisa
26.78%
A escória de siderurgia é um silicato de cálcio e fonte de silício, que tem ação corretiva da acidez do solo semelhante à do calcário. Apesar do seu grande potencial de uso como corretivo e fertilizante, existem poucas informações sobre seus efeitos nos atributos químicos do solo. O estudo foi realizado com a cultura do arroz, objetivando-se avaliar os efeitos da aplicação da escória de siderurgia, calcário e ureia nas alterações dos atributos químicos de um Latossolo Vermelho distrófico. Os tratamentos constaram da combinação de duas fontes de materiais corretivos (calcário e escória de siderurgia), em três doses (1,3 g dm-3 2,6 g dm-3 e 5,2 g dm-3; três doses de N (80 mg dm-3 160 mg dm-3e 320 mg dm-3, aplicadas na forma de ureia; e uma testemunha, dispostas em blocos casualizados, em esquema fatorial, com quatro repetições. Após o período de 90 dias de incubação do solo e 120 dias de cultivo da cultura do arroz, coletaram-se amostras do solo, para análise química. A escória de siderurgia foi viável como corretivo de acidez do solo e a adubação nitrogenada em arroz contribuiu para incrementos na acidez do solo, diminuindo a saturação por bases e o teor de Ca e Mg. A aplicação de escória de siderurgia favoreceu a disponibilidade de silício...

Caracterização de compositos a base de residuos vegetais e argamassa de cimento modificada pela adição de polimeros para a fabricação de blocos vazados; Characterization of vegetable waste composite with polymer-modified cement for the manufacture of hollow blocks

Augusto Cesare Stancato
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
26.78%
A crescente preocupação com as questões ambientais e sociais justifica a utilização de resíduos vegetais na produção de componentes construtivos. Neste trabalho foram caracterizados os compósitos à base de resíduos vegetais e argamassa cimentícia modificada pela adição de polímeros para confecção de blocos vazados. As misturas foram compostas pelos resíduos provenientes das espécies: Euca/yptus grandis, Pinus caribaea, Oriza sativa (casca de arroz) e Agave sisa/ana (sisal); cimentos Portland dos tipos 11, 111 e V; agregado miúdo mineral (areia lavada), pó de pedra; aditivo acelerador de pega cloreto de cálcio (CaCh); os polímeros estireno-butadieno (SBR) e acetato versatato (P A V22) e teor de água adequado às misturas. A avaliação da compatibilidade da mistura entre os resíduos vegetais e o cimento foi monitorada através da evolução do calor de hidratação. A caracterização do compósito foi baseada nos ensaios de argamassas de acordo com as normas da ANBT para determinar seu comportamento mecânico, trabalhabilidade e absorção de água por capilaridade. Ensaios não destrutivos (END) foram utilizados para monitorar o endurecimento dos compósitos no período de 28 dias. Para a caracterização final dos compósitos determinou­se a porosidade e a permeabilidade através da intrusão por expansão do gás nitrogênio...

Estudo do comportamento de fases do sistema orizanol-propano

Corrêa, Fernanda Villar
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 111 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
26.78%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-graduação em Engenharia de Alimentos, Florianópolis, 2010; O orizanol é um componente presente no arroz (oriza sativa), o qual possui atividade antioxidante. O conhecimento do comportamento do equilíbrio de fases desse composto é de importância para a sua extração com fluidos pressurizados, devido a perspectiva da utilização como antioxidante natural, sendo esses dados inexistentes na literatura. Este trabalho teve como objetivo estudar o comportamento do equilíbrio de fases do sistema ternário orizanol-propano-clorofórmio. O método utilizado para as medidas experimentais desse equilíbrio a altas pressões foi o estático sintético, a faixa de temperatura estudada foi de 303 a 353K, pressões chegando a 17,2MPa e frações mássicas de propano de 0,7 a 0,95 livre de soluto e teores de orizanol de 2, 5 e 10% em peso. Foram observados transições de fases líquido-líquido (LL); líquido-vapor (LV), líquido-líquido-vapor (LLV); sólido-líquido-vapor (SLV); sólido-líquido-líquido (SLL); sólido-líquido-líquido-vapor (SLLV), para os sistemas estudados houve o aparecimento de um comportamento do tipo LCST, observou-se também que o aumento da temperatura levou ao aumento das pressões de transições...

Eliminação de fósforo por sementes e raízes de plantas de arroz (Oriza sativa L., var. Batatais) (Nota prévia)

Mello,F. A. F.; Haag,H. P.; Malavolta,E.
Fonte: Universidade de São Paulo; Escola Superior de Agricultura Publicador: Universidade de São Paulo; Escola Superior de Agricultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1966 PT
Relevância na Pesquisa
46.78%
Os autores obtiveram sementes de arroz (Oriza sativa, L. var. Batatais) contendo p32 agitando-as com uma solução que possuía P marcado ou cultivado plantas em presença de P radioativo. As sementes foram semeadas em volume reduzido de silica ou de silica e solo sendo as plantas cultivdas durante 18 dias e depois colhidas. Foram feitos extratos nítricos perclóricos de: silica, misturas sílica-terra, plantas e sementes. Os resultados mostraram haver reliminação de P pelas sementes e/ou pelas plantas e sugerem a possibilidade de fixação do mesmo pelo solo.

Suprimento de potássio de solos do Rio Grande do Sul para arroz irrigado por alagamento

Castilhos,R. M. V.; Meurer,E. J.
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2002 PT
Relevância na Pesquisa
36.48%
Cultivos em vasos têm sido utilizados para avaliar a capacidade dos solos em suprir potássio para as plantas. Com este objetivo, foi realizado um estudo com amostras de dois Planossolos, um Chernossolo e um Gleissolo do estado do Rio Grande do Sul, nos quais a cultura do arroz irrigado por alagamento não tem respondido à adubação potássica. Os solos foram cultivados durante 50 dias, em casa de vegetação, com arroz (Oriza sativa.l cv. BR-IRGA 409). Foram quantificados o potássio acumulado na parte aérea das plantas e os teores de K trocável e K não-trocável, extraídos dos solos por NH4OAc 1 mol L-1 pH 7 e por HNO3 1 mol L-1 fervente, respectivamente, antes e depois do cultivo. O K acumulado pelas plantas de arroz diferiu entre os solos, decrescendo na seqüência: Gleissolo > Chernossolo > Planossolo 1 > Planossolo 2. O K trocável não foi a única forma do elemento no solo que supriu o nutriente às plantas de arroz, ocorrendo contribuição de formas de K não-trocável.

Progresso da brusone nas folhas e características agronômicas nas gerações avançadas de somaclones aromáticos da cultivar de arroz IAC 47

ARAÚJO,LEILA G.; PRABHU,ANNE S.
Fonte: Sociedade Brasileira de Fitopatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fitopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2001 PT
Relevância na Pesquisa
36.48%
Foram conduzidos experimentos de campo por três anos utilizando somaclones da cultivar de arroz (Oriza sativa) de terras altas IAC 47. A variação para resistência à brusone e para outras características agronômicas foram avaliadas nas gerações avançadas de R5, R6 e R7. O progresso lento da brusone foi medido baseado na área sob a curva de progresso de doença (ASCPD) e taxa aparente de infecção (r). As correlações nas gerações R6 e R7 em relação a ASCPD e r foram positivas e altamente significantes. Os somaclones também mostraram dois tipos distintos de plantas, um com folha ereta verde escura e outro com folha decumbente verde-amarela, arquiteturas diferentes do tipo de planta da cultivar IAC 47, a qual é caracterizada por folha decumbente verde-palha. Todos os somaclones exibiram característica aromática do grão. Os somaclones mostraram também variação para tipo de grão, altura, duração do ciclo, peso de grãos de 100 panículas e produtividade. Foram identificados dois somaclones SCIA02 e SCIA06 que mostraram progresso lento de doença, precocidade e alto potencial de produtividade, comparados à cultivar parental IAC 47, além de possuir característica aromática e tipo de planta com folha ereta verde-escura. Estes somaclones podem ser utilizados como novas fontes de resistência à brusone no melhoramento de arroz de sequeiro.

Resposta e níveis críticos de potássio para o arroz cultivado em solos de várzea inundados

Cabbau,Andrei Rodrigo; Faquin,Valdemar; Fernandes,Luiz Arnaldo; Andrade,Alex Teixeira; Lima Sobrinho,Rodrigo Reis de
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2004 PT
Relevância na Pesquisa
36.48%
O presente trabalho foi conduzido em casa-de-vegetação do Departamento de Ciência do Solo da Universidade Federal de Lavras, no período de fevereiro a junho de 2002, com os objetivos de avaliar para o arroz (Oriza sativa L. cv. Jequitibá), cultivado em solos de várzea inundados, a resposta à adubação potássica e a contribuição das formas de K na nutrição, e estimar os níveis críticos do nutriente nos solos e na planta. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4x5, com quatro repetições, sendo quatro solos de várzea [Neossolo Flúvico (RU), Gleissolo Háplico (GX), Gleissolo Melânico (GM) e Organossolo Mésico (OY)] e cinco níveis de saturação por K da CTC potencial (natural, 4, 6, 8 e 10%). As saturações naturais foram de 1,49, 1,65, 1,30 e 1,55% para os solos RU, GX, GM e OY, respectivamente. Inicialmente, amostras suficientes de 4 dm³ dos solos receberam correção com calcário para elevar a V a 50% e incubados por 30 dias. Em seguida, amostras de 3 dm³ dos solos receberam os tratamentos com potássio e uma adubação básica com macro e micronutrientes e foram incubados por mais 30 dias em vasos com capacidade para 5 dm³. No final desse período, os solos foram inundados onde se cultivaram duas plantas de arroz por vaso...

Efeito dos Acidos Acetico e Butirico sobre o Crescimento de Plantulas de Arroz.

CAMARGO, F. A. de O.; SANTOS, G. de A.; ROSSIELLO, R.
Fonte: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.28, n.9, p.1011-1018,set.1993 Publicador: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.28, n.9, p.1011-1018,set.1993
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.78%
Este estudo teve por objetivo avaliar a fitotoxidez dos acidos acetico e butirico sobre o crescimento de plantulas de arroz (Oriza sativa L. - cv. BR IRGA 409) cultivadas em solucao nutritiva. Os tratamentos constaram da adicao de acido acetico e butirico e quatro concentracoes (0,0, 0,1, 1,0 e 10 mM), em tubos contendo a solucao Hoagland (No 2) e ajustadas a tres niveis de pH (4,0, 5,0 e 6,0). As plantulas cresceram durante dez dias em camara de crescimento a 26 ± 2°C sob uma intensidade luminosa de 6 Klux, durante doze horas. Independentemente de pH e concentracao, o acido butirico resultou mais fitotoxico que o acetico, que reduziu a expansao da area radicular em 55%, enquanto o butirico, em 78%. Observou-se que 1,0 mm de acido acetico nao teve efeito sobre o peso seco radicular, enquanto o butírico, em igual concentracao, provocou reducao de 78%. A 10 mM, os dois acidos tiveram igual efeito inibitorio sobre o crescimento ra-dicular e da parte aerea. A elevacao de pH, de 4,0 para 6,0, propiciou uma atenuacao da toxidez, estimulando linearmente o crescimento de raizes e parte aerea.; 1993

Genetic variability of Brazilian rice landraces determined by SSR markers.

BORBA, T. C. de O.; MENDES, C. dos A.; GUIMARÃES, E. P.; BRUNES, T. O.; FONSECA, J. R.; BRONDANI, R. V.; BRONDANI, C.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 44, n. 7, p. 706-712, jul. 2009. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 44, n. 7, p. 706-712, jul. 2009.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
EN
Relevância na Pesquisa
36.48%
Abstract ? The objective of this study was to evaluate the genetic variability of rice (Oryza sativa) landraces collected in Brazilian small farms. Twelve simple sequence repeat (SSR) markers characterized 417 landraces collected in 1986, 1987 and 2003, in the state of Goiás, Brazil. The number of landraces with long and thin grain type increased in the evaluated period, probably due to market demand. Based on the molecular data, the genetic variability increased during this period and, as per to the factorial correspondence analysis, most of the accessions were grouped according to the year of collection. The incorporation of modern rice cultivars in landrace cultivation areas and the selection carried out by small farmers are the most probable factors responsible for increasing landrace genetic variability, during the evaluated period. Genotype exchange between farmers, selection practice and local environmental adaptation are able to generate novel adapted allele combinations, which can be used by breeding programs, to reinitiate the process.; 2009

Isotermas de sorção do arroz-vermelho em casca (Oriza sativa L.).

RODOVALHO, R. S.; DEVILLA, I. A.; ASCHERI, D. P. R.; BASSINELLO, P. Z.; FERREIRA, D. de A.
Fonte: Revista Brasileira de Armazenamento, Viçosa, MG, v. 34, n. 2, p. 144-152, 2009. Publicador: Revista Brasileira de Armazenamento, Viçosa, MG, v. 34, n. 2, p. 144-152, 2009.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.48%
Este trabalho visou determinar as isotermas de sorção dos grãos de arroz-vermelho em casca, variedade PB01, nas temperaturas de 30, 50 e 70 C e umidades relativas na faixa de 11 a 97% e, estimar o calor latente de vaporização da água nos grãos.; 2009

Feeding habits of coypu (Myocastor coypus Molina 1978) in the wetlands of the Southern region of Brazil

Colares, Ioni Gonçalves; Oliveira, Raquel Nunes Vidart de; Oliveira, Rafael M.; Colares, Elton Pinto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
26.78%
The aim of this study was to determine the diet of coypu (Myocastor coypus) in two areas (Santa Isabel do Sul wetlands – Area 1, and Santa Marta Farm – Area 2) in the Southern region of Brazil, using microhistological analyses of feces. Twenty-four plant species were identified from collected feces samples. Among the identified species, nine are common in the animals’ diet in both areas; the presence of Oriza sativa was not detected in any of the samples. Among the identified species, 84% and 54% of the coypu’s diet from Areas 1 and 2, respectively, are aquatic plants. Poaceae family was most common, being found in 82% of the samples from both areas. Paspalum disthichum (Area 1) and Panicum tricholaenoides (Area 2) were the most frequent species on the coypu’s diet. The diet comparison for both areas indicates that feeding habits vary depending on the type of habitat, environmental conditions and food availability. The absence of rice in our analysis may be an indication for the preservation of native areas around watercourses, so as to prevent coypu from invading irrigated crops.; O objetivo deste estudo foi determinar a dieta do ratão-dobanhado (Myocastor coypus), em duas regiões (áreas alagadas em Santa Isabel do Sul – área 1 e Fazenda Santa Marta – área 2)...

Caracterização de dois cDNAs homológos e uma AP endonuclease em cana-de-açúcar

Oliveira, Andrea de Lima
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Genética e Biologia Molecular; Genética e Biologia Molecular Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Genética e Biologia Molecular; Genética e Biologia Molecular
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.87%
The genome of all organisms is subject to injuries that can be caused by endogenous and environmental factors. If these lesions are not corrected, it can be fixed generating a mutation which can be lethal to the organisms. In order to prevent this, there are different DNA repair mechanisms. These mechanisms are well known in bacteria, yeast, human, but not in plants. Two plant models Oriza sativa and Arabidopsis thaliana had the genome sequenced and due to this some DNA repair genes have been characterized. The aim of this work is to characterized two sugarcane cDNAs that had homology to AP endonuclease: scARP1 and scARP3. In silico has been done with these two sequences and other from plants. It has been observed domain conservation on these sequences, but the cystein at 65 position that is a characteristic from the redox domain in APE1 protein was not so conservated in plants. Phylogenetic relationship showed two branches, one branch with dicots and monocots sequence and the other branch with only monocots sequences. Another approach in order to characterized these two cDNAs was to construct overexpression cassettes (sense and antisense orientation) using the 35S promoter. After that, these cassettes were transferred to the binary vector pPZP211. Furthermore...

EFEITO DA ÉPOCA DE COLHEITA NA QUALIDADE DO ARROZ DE TERRAS ALTAS SUBMETIDO À PARBOILIZAÇÃO; HARVEST TIME EFFECT IN THE QUALITY OF UPLAND RICE GONE THROUGH PARBOILING

GARCIA, Diva Mendonça
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos; Ciencias Agrárias - Agronomia Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos; Ciencias Agrárias - Agronomia
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.78%
This work aimed the evaluation of the effect of the harvest time and the parboiling in the physical, chemical and sensory quality of the upland rice. The BRS Primavera and BRS Sertaneja were harvested on the 30th. and 47th. days after the flourishing (DAF). Parboiling processes were done with the absorption of 28 and 30% moisture, with pre-defined times. The concentration of total solids, soaking water pH, rice final moisture content in paddy, and the opening of grains were analyzed. The quality of the milling rice was explored in relation to the yield of whole grains, degrees of milling, classification of the grain defects, color evaluation, viscosity profile, gelatinization temperature, amylose content, centesimal composition and mineral content. Sensory aspects were also evaluated, among them, the texture and stickiness of the milling and parboiled cooked grains. The acceptance of the parboiled rice, and the profile of the testers. There was a significant interaction (P ≤ 0,05) between the cultivar and the moisture content to the total solid concentration and soaking water pH. The final moisture content did not show differences (P > 0,05) in relation to the two harvest times, and the higher the soaking time, the higher the opening of grains at the parboiling process. The yield of whole grains result is higher for the cultivars harvest on the 30th. DAF than for the one on the 47th. DAF. The parboiling lessens the degree of milling...

Resposta e níveis críticos de potássio para o arroz cultivado em solos de várzea inundados

Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
PT
Relevância na Pesquisa
36.48%
O presente trabalho foi conduzido em casa-de-vegetação do Departamento de Ciência do Solo da Universidade Federal de Lavras, no período de fevereiro a junho de 2002, com os objetivos de avaliar para o arroz (Oriza sativa L. cv. Jequitibá), cultivado em solos de várzea inundados, a resposta à adubação potássica e a contribuição das formas de K na nutrição, e estimar os níveis críticos do nutriente nos solos e na planta. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4x5, com quatro repetições, sendo quatro solos de várzea [Neossolo Flúvico (RU), Gleissolo Háplico (GX), Gleissolo Melânico (GM) e Organossolo Mésico (OY)] e cinco níveis de saturação por K da CTC potencial (natural, 4, 6, 8 e 10%). As saturações naturais foram de 1,49, 1,65, 1,30 e 1,55% para os solos RU, GX, GM e OY, respectivamente. Inicialmente, amostras suficientes de 4 dm³ dos solos receberam correção com calcário para elevar a V a 50% e incubados por 30 dias. Em seguida, amostras de 3 dm³ dos solos receberam os tratamentos com potássio e uma adubação básica com macro e micronutrientes e foram incubados por mais 30 dias em vasos com capacidade para 5 dm³. No final desse período, os solos foram inundados onde se cultivaram duas plantas de arroz por vaso...

Zoneamentos agroecol?gicos e seus reflexos no desenvolvimento da produ??o agr?cola familiar municipal no estado do Par?: a quest?o da seguridade alimentar da popula??o local

NASCIMENTO J?NIOR, Jo?o de Deus Barbosa
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Relevância na Pesquisa
26.78%
A regi?o amaz?nica representa atualmente um conjunto de conflitos de interesses, que apresentam como eixos centrais ? quest?o ecol?gica e a necessidade de garantir a sobreviv?ncia da popula??o local municipal. O presente trabalho discute a efici?ncia, efic?cia e efetividade de parte dos Zoneamentos Agroecol?gicos realizados pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecu?ria EMBRAPA, atrav?s de sua Unidade Descentralizada no Par?, Centro de Pesquisa Agroflorestal da Amaz?nia Oriental Embrapa Amaz?nia Oriental, nos anos de 1975, 1998, 1999, 2000, 2001, 2002, 2003 e 2004, quando atendeu dezenas de solicita??es, por parte de gestores municipais, estaduais e federais (Institui??es e governos), do Estado do Par?, no que tange aos reflexos do seu uso ou desuso, como instrumento de planejamento para o desenvolvimento end?geno desses munic?pios, principalmente ?queles ligados a garantia da seguridade alimentar da popula??o neles residentes, de produtos como: Arroz (Oriza sativa) e Feij?o (Phaseolus vulgaris L.), produzidos por pequenos produtores familiares, que segundo Costa (1973) trata-se do grupo formado por aqueles agricultores que utilizam m?dulos de terra de at? duzentos hectares, e, que noventa e cinco por cento da m?o-de-obra... ocupada com as atividades agr?colas...

Eliminação de fósforo por sementes e raízes de plantas de arroz (Oriza sativa L., var. Batatais) (Nota prévia)

Mello, F. A. F.; Haag, H. P.; Malavolta, E.
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 31/12/1965 POR
Relevância na Pesquisa
47.03%
Os autores obtiveram sementes de arroz (Oriza sativa, L. var. Batatais) contendo p32 agitando-as com uma solução que possuía P marcado ou cultivado plantas em presença de P radioativo. As sementes foram semeadas em volume reduzido de silica ou de silica e solo sendo as plantas cultivdas durante 18 dias e depois colhidas. Foram feitos extratos nítricos perclóricos de: silica, misturas sílica-terra, plantas e sementes. Os resultados mostraram haver reliminação de P pelas sementes e/ou pelas plantas e sugerem a possibilidade de fixação do mesmo pelo solo.; Outflow of phosphorus on rice seeds or seedlings (Oriza sativa L., Batatais). (Preliminary results) The purpose of this investigations was to detect the outflow of phosphorus by rice seeds or seedlings. Two experiments were conducted as following: a) Firts experiment Rice seeds were soaked in water solution containing P32 during 12 hours. After that period the solution was descarded and the seeds washed in a solution of P32. Aliquots from that solution were taken and exposed to a Geiger counter. The seeds were washed until no counts in the solution were detected by the counter. The seed were sowed in crystallizing dishes which contained 200 grams of quartz or 100 grams of quartz mixed with 100 grams of soils. The Neubauer tecnique was employed. The plants were harvested 18 days after the germination. Substrate (soil...

Morelos A-2010, nueva variedad de arroz para siembra directa para el centro de México

Salcedo Aceves,Jorge; Barrios Gómez,Edwin Javier
Fonte: Instituto Nacional de Investigaciones Forestales, Agrícolas y Pecuarias Publicador: Instituto Nacional de Investigaciones Forestales, Agrícolas y Pecuarias
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2012 ES
Relevância na Pesquisa
36.48%
En la zona central de México se siembra el arroz (Oryza sativa L.) en trasplante y directa bajo riego; la mayoría de las variedades se han liberado para trasplante; sin embargo, al usarlas para siembra directa tienen el problema del acame. En 1998 se inicio el mejoramiento del arroz por inducción de mutaciones con el objetivo de obtener una variedad para siembra directa. Para esto, se irradiaron 200 gramos de semilla de la variedad Morelos A-92, en la fuente Gammacell 220 del Instituto Nacional de Investigaciones Nucleares, con las dosis de rayos gamma 60Co: 20, 25, 30 y 35 krad. Entre 1999 a 2005 se avanzo en la selección de la generación M1 a la M7 dando como resultado 18 líneas uniformes en 2006. En 2007 y 2008 se evaluaron en ensayos de rendimiento en las localidades de Zacatepec y Cuautla, Morelos comparándolas con el testigo comercial Morelos A-98, sobresaliendo las líneas: M7, M14, M16, M17 y M18 por rendimiento superior a 10 t ha-1, moderada resistencia a pirycularia, (Magnaporthe grisea) hábito de crecimiento erecto, altura de planta de 120 cm, resistentes al acame; rendimiento en industria 57% de grano pulido entero; conservando la calidad Morelos (20% de centro blanco). En 2009 estas líneas se validaron en trasplante y siembra directa en parcelas de productores cooperantes en cuatro localidades de Morelos y la M18 sobresalió de las demás por su rendimiento...