Página 1 dos resultados de 752 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Organizações culturais e (re)configuração do espaço: o caso do Istituto Europeo di Design, na cidade do Rio de Janeiro

Costa, Cristiane Simões Netto
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.4%
O presente estudo tem como objetivo investigar de que maneira a possibilidade de instalação do Istituto Europeo di Design (IED) no bairro da Urca, na cidade do Rio de Janeiro, interfere na (re)configuração do espaço. Para o estudo desse processo adotou-se o conceito de espaço definido por Milton Santos, que o caracteriza como um conjunto indissociável de sistemas de objetos e ações, considerando necessária sua análise numa perspectiva histórica. Para ampliação das considerações sobre poder, identificação e caracterização dos atores sociais e das relações entre eles estabelecidas foram utilizados conceitos propostos por Carlos Matus para a análise da realidade social. A pesquisa de campo, de natureza qualitativa, coletou dados secundários a partir de notícias sobre o processo de revitalização do antigo Cassino da Urca e instalação do Istituto Europeo di Design no local, publicadas em jornais e revistas impressos, jornais on line e blogs, assim como dados primários, a partir de observação não estruturada das instalações ao redor do prédio do antigo Cassino da Urca, participação em reuniões da associação de bairro e entrevistas semi-estruturadas com representantes de organizações envolvidas no processo. Para o tratamento dos dados coletados...

Políticas públicas e organizações culturais : o caso do programa Cultura Viva

Medeiros, Anny Karine de
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.62%
A pesquisa traz um olhar exploratório sobre as organizações culturais que compõem o campo organizacional da cultura e são beneficiadas por políticas culturais baseadas em financiamento. Para tanto é analisado o programa Cultura Viva – Programa Nacional de Cultura, Educação e Cidadania, que busca alterar o foco das políticas culturais para os processos culturais existentes nas comunidades, criando pontos de cultura, enquanto grande parte das demais políticas culturais (em especial aquelas baseadas no modelo de mecenato) ainda tem peso maior em grandes ações, concentradas regionalmente. Neste sentido, o objetivo da presente pesquisa é analisar como os pontos de cultura passam a integrar o campo organizacional da cultura no estado de São Paulo. A fim de atender este objetivo, a pesquisa parte da revisão da literatura especializada e de documentos governamentais sobre o programa Cultura Viva. A fim de complementar tais informações, foram coletados dados sobre o programa em âmbito nacional, e realizou-se um estudo de caso no estado de São Paulo, por meio de entrevistas semiestruturadas, e de survey com organizações que passaram a compor o programa Cultura Viva. A presente pesquisa aponta como o programa Cultura Viva modifica o campo organizacional da cultura...

Organizações culturais e a aprendizagem baseada em práticas

Flach, Leonardo; Antonello, Cláudia Simone
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.37%
Considerando que o objeto de estudo por si mesmo é uma questão de debate entre orientações intelectuais muitas vezes antagônicas, para a presente análise delimitou-se o foco em organizações que atuam no âmbito artístico e cultural e que não produzem em escala industrial. A questão que norteia este ensaio teórico é: quais são os processos de aprendizagem que permeiam o desenvolvimento de profissionais que trabalham em organizações que atuam no setor cultural e das artes? Na tentativa de responder esta indagação tem-se como objetivo principal discutir e explorar as contribuições da literatura sobre os processos de aprendizagem informal nas práticas de trabalho de profissionais que atuam nestas organizações. Assim, explora-se a visão da aprendizagem baseada em práticas como uma possibilidade para maior compreensão das organizações que atuam no setor de atividades culturais e artísticas.; Considering that the focus of study is a matter of often antagonistic intellectual debate, we have chosen to define the focus of this review and consider the organizations operating within an artistic and cultural environment, rather than producing on an industrial scale. The main question of this essay is: what are the learning processes that permeate the development of professionals who work in organizations in the field of arts and in the cultural sector? In order to attempt to answer this question...

Marketing cultural e o patrocínio próprio e incentivado da cultura em Santa Catarina

Alves, Karin Soares
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 1 v.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.62%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Administração, Florianópolis, 2009; Na sociedade contemporânea, a cultura vem se destacando como objeto de interesse por parte de diversos atores sociais face a sua crescente mercantilização e ao uso de estratégias de marketing no campo artístico cultural. Nesse contexto, é crescente a participação da iniciativa privada no financiamento de projetos culturais, com a utilização da cultura como estratégia de comunicação realizada a partir das leis de incentivo ou com recursos próprios. Essa prática é conhecida no Brasil como marketing cultural. Esta pesquisa analisou o processo de marketing cultural por parte de duas organizações financiadoras de projetos culturais de Santa Catarina: Eletrosul e Tractebel Energia. Desta forma, a pesquisa fundamentou-se a partir do entendimento de importantes aspectos: a cultura como instrumento de comunicação, marketing cultural, mecenato, patrocínio, o financiamento da cultura no Brasil e o setor cultural brasileiro. Tratou-se de uma pesquisa de caráter descritivo predominantemente qualitativa com corte seccional e perspectiva longitudinal e de um estudo de casos mediante análise comparativa. Para a coleta de dados fez-se uso de entrevistas semi-estruturadas...

A Gestão em organizações culturais

Dittrich, Maireli
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 141 p.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
46.46%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Administração, Florianópolis, 2011; O presente trabalho tem por objetivo apresentar a adaptação do instrumento de diagnóstico organizacional elaborada pelo Núcleo interdisciplinar de estudos em gestão da produção e custos do programa de pós-graduação em administração da Universidade Federal de Santa Catarina. O instrumento foi inicialmente elaborado para o setor industrial e aqui, a partir de estudos teóricos e com a aplicação prática, foi adaptada para organizações de serviços. Verificando-se a gama de tipos destas organizações, este trabalho foi aplicado no setor cultural, contribuindo não apenas para a adaptação, mas também e, inclusive, para a compreensão da realidade destes empreendimentos. Os estudos teóricos apresentados contemplam a administração científica, tradicional, de serviços e culturais, além das teorias dos sistemas e complexidade e do agir comunicativo. O instrumento de diagnóstico é feito da correlação de 13 categorias de análise com cinco fatores de desempenho, as quais geram 65 assertivas que são analisadas por um respondente que deve atribuir, a partir de dois cenários de análises (um positivo e um negativo) notas em escala Likert (1-5). Para a análise são realizadas medidas descritivas (média e desvio padrão) e são elaborados histogramas. Além da adaptação...

A gestão da oferta cultural nos museus: o uso do digital na gestão integrada da informação

Moura, Paula Cristina Marinho
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.48%
A urgência de aceder à informação de forma rápida, eficiente e eficaz por parte das organizações, tornou-se nos dias de hoje, um requisito essencial. Deste modo, às organizações é exigido uma abertura para a mudança e uma visão estratégica que proporcione uma vantagem competitiva no mercado em que operam. Quando se tenta projectar esta problemática para as instituições culturais, os problemas ganham a mesma importância, uma vez que, independentemente do objectivo e da missão da organização, tem de estar bem definido nos seus objectivos o papel da informação, face ao digital. A vantagem trazida pela Internet e pelo recurso às tecnologias de informação e comunicação veio acelerar todos os processos de transformação, na medida em que, evidenciou novas formas de trabalho, e outras de disseminação da informação, através do digital. O desafio é como aproveitar o digital para facilitar a forma de comunicar, produzir, distribuir e aceder à informação. O presente estudo tem como objectivo realizar uma reflexão sobre o recurso à gestão da informação nas organizações culturais, tendo por base o estudo de uma instituição cultural – Associação para o Museu dos Transportes e Comunicações. É dado principal destaque aos aspectos da organização e recuperação da informação e...

A comunicação online das organizações culturais. A utilização de novas ferramentas pelas companhias de teatro de Lisboa e Vale do Tejo de 2000 a 2013

Azevedo, Pedro Miguel Henriques
Fonte: Escola Superior de Teatro e Cinema Publicador: Escola Superior de Teatro e Cinema
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.31%
Nos dias de hoje, ferramentas como o Facebook, o Twitter e o YouTube fazem parte do quotidiano. Desde o recente virar do século até ao presente, a sociedade transformou-se. Usamos cada vez mais a Internet. Nela pesquisamos informação e partilhamos conteúdos, sejam eles textos, fotos ou vídeos. As novas ferramentas de comunicação online trouxeram uma maior interatividade entre aquele que emite uma mensagem e aquele que a recebe. Nesta investigação procura-se analisar quais e como é que as novas ferramentas de comunicação online são utilizadas pelas organizações culturais, nomeadamente, pelas companhias de teatro de Lisboa e Vale do Tejo, entre 2000 e 2013. Ao longo do enquadramento teórico são abordadas questões como a comunicação das organizações, a comunicação online das mesmas, a utilização das novas ferramentas online por parte de companhias de teatro e o que são considerados sites, media sociais e redes sociais. Entre várias referências, serão citados Grunig e Hunt (1984) que apresentam o modelo de comunicação de dois sentidos simétricos, assim como Phillips e Young (2009) que abordam as diferentes ferramentas de comunicação online. São ainda apresentados estudos relativos à utilização destas ferramentas por parte das organizações artísticas...

As organizações culturais e o espaço público. A experiência da rede nacional de teatros e cineteatros

Centeno, Maria João
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2010 POR
Relevância na Pesquisa
46.46%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Doutor em Ciências da Comunicação.; presente investigação problematiza a natureza da relação que se estabelece entre as organizações culturais e os seus públicos e verifica se as especificidades das organizações que pertencem à Rede Nacional de Teatros e Cineteatros favorecem a interacção no seio da esfera pública, atendendo a que o indivíduo só adquire consciência de si quando se coloca no lugar do outro simbolicamente generalizado, isto é, quando se situa num contexto estruturado pela comunicação. Partindo de uma teoria da comunicação que pressupõe a existência de indivíduos capazes de fala e de acção e que coordenam, na e pela linguagem, as suas acções não de forma isolada, mas por expectativas de comportamento intersubjectivamente válidas, a prática das organizações culturais tem de ser organizada de forma participativa, o que quer dizer que a relação organização/públicos não pode ser de carácter instrumental, mas dialógica, baseada na intersubjectividade do mútuo entendimento estabelecido linguisticamente. A pesquisa recua à constituição da esfera pública literária no século XVIII e ao papel que a família deteve na partilha pública de raciocínios críticos...

Transformações nos objetivos de organizações culturais sem fins lucrativos

Hoffmann,Samara Regina Bernardino; Dellagnelo,Eloise Helena Livramento
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.4%
Este artigo apresenta a análise dos objetivos de organizações culturais sem fins lucrativos, vinculadas ao teatro em Florianópolis. Pesquisas anteriores permitiram selecionar para este estudo dois grupos de teatro: Erro Grupo e Dromedário Loquaz. A pesquisa de caráter descritivo e abordagem predominantemente qualitativa buscou descrever com profundidade as informações relativas aos casos pesquisados, de uma perspectiva longitudinal. Percebeu-se, mediante entrevistas semi-estruturadas realizadas com os integrantes dos grupos pesquisados e observação constante das pesquisadoras, que o Erro Grupo evidencia em sua trajetória um desvio de seus propósitos iniciais, enquanto o Dromedário Loquaz apresenta objetivos mais amplos e coerentes com sua atuação ao longo do tempo. A compreensão dos casos mediante a análise de conteúdo e documental sob orientação de duas importantes categorias, grupo teatral (grupos teatrais sem fins lucrativos registrados em Florianópolis) e objetivos organizacionais (analisados a partir da orientação geral, finalidade, atuação, recursos disponíveis e relações externas), convergiu para reflexões sobre a dependência de recursos externos e a influência da perspectiva da economia política na análise dos objetivos das organizações em questão.

Avaliação de resultados e financiamento em organizações culturais não-empresariais

Silva,Fabiula Meneguete Vides da; Dellagnelo,Eloise Helena Livramento
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.37%
Diferentes aspectos relativos à gestão de organizações não empresariais vêm despertando o interesse de gestores e acadêmicos da área de estudos organizacionais. Uma destas questões que merece destaque consiste na busca por financiamento por parte destas organizações e as relações de poder estabelecidas neste processo. Assim, analisam-se neste trabalho os critérios de avaliação de desempenho utilizados por fontes financiadoras de grupos teatrais existentes em Florianópolis - SC. Foram analisadas seis fontes financiadoras: duas públicas, uma para-estatal e três organizações privadas. Investigou-se o processo de financiamento considerando os aspectos: captação dos projetos; exigências das propostas; avaliação das propostas e acompanhamento da execução dos projetos. Com base nos dados observou-se a presença de diversos critérios: qualificação pessoal, controle de despesas, registros internos, qualidade do espetáculo, impactos na sociedade. Critérios explorados pelo SESC despertam a curiosidade por estarem menos relacionados aos processos organizacionais internos, diminuindo possivelmente impactos na estruturação dos grupos em direção ao modelo burocrático.

Objetivos de organizações culturais sem fins lucrativos e suas fontes financiadoras

Hoffmann,Samara Regina Bernardino; Silva,Fabiula Meneguete Vides da; Dellagnelo,Eloise Helena Livramento
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.43%
A fim de compreender as mudanças no contexto das organizações culturais, apresenta-se uma reflexão sobre as transformações nos objetivos de dois grupos teatrais sem fins lucrativos de Florianópolis-SC e sobre a influência que os critérios requeridos pelas fontes financiadoras podem ter exercido neste processo. Quatro importantes categorias de análise guiaram a pesquisa: grupo teatral, objetivos, fontes de financiamento e critérios de avaliação de desempenho, orientando as entrevistas semi-estruturadas realizadas com os responsáveis pelas respectivas organizações e a observação constante das pesquisadoras em encontros, reuniões, ensaios e apresentações de espetáculos envolvendo as organizações pesquisadas. A pesquisa, predominantemente qualitativa e longitudinal gerou reflexões ante os dados coletados, com destaque para a história do Erro Grupo, que apresentou um forte distanciamento de seus propósitos iniciais ao longo de sua trajetória, por direcionar suas ações à captação de recursos junto às fontes financiadoras em detrimento de sua dedicação às atividades teatrais.

Organizações culturais e a aprendizagem baseada em práticas

Flach,Leonardo; Antonello,Claudia Simone
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.46%
Considerando que o objeto de estudo por si mesmo é uma questão de debate entre orientações intelectuais muitas vezes antagônicas, para a presente análise delimitou-se o foco em organizações que atuam no âmbito artístico e cultural e que não produzem em escala industrial. A questão que norteia este ensaio teórico é: quais são os processos de aprendizagem que permeiam o desenvolvimento de profissionais que trabalham em organizações que atuam no setor cultural e das artes? Na tentativa de responder esta indagação tem-se como objetivo principal discutir e explorar as contribuições da literatura sobre os processos de aprendizagem informal nas práticas de trabalho de profissionais que atuam nestas organizações. Assim, explora-se a visão da aprendizagem baseada em práticas como uma possibilidade para maior compreensão das organizações que atuam no setor de atividades culturais e artísticas.

Formação e Configuração Organizacional dos Grupos de Maracatu em Pernambuco

Theonila Vidal Maciel, Karla; Amélia Pereira de Carvalho, Cristina (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.31%
Este trabalho consiste numa análise de organizações culturais específicas do mundo da cultura de Pernambuco: os grupos de maracatu. Com base nos pressupostos da teoria institucional, tem por objetivo descrever e analisar a influência dos fatores contextuais do maracatu sobre a configuração organizacional de seus grupos. Para isso, recupera as características do contexto de formação dessa manifestação cultural na época do escravismo colonial, confrontando-os com os principais fatores contextuais da atualidade e estabelecendo, na seqüência, sua influência na forma como os grupos se estruturam e desenvolvem suas ações. Dessa forma, delineia a atual configuração organizacional do conjunto de 12 organizações selecionadas na pesquisa, representantes do maracatu de baque virado, um dos tipos de maracatu típico das regiões urbanas, e importante na cultura local. A pesquisa teve caráter qualitativo-descritivo e se apoiou em pesquisa documental, bibliográfica, entrevistas e observação direta no universo organizacional da pesquisa e em entrevistas a atores importantes do cenário cultural local. As conclusões do estudo indicam uma tendência de mudança significativa nos grupos de maracatus analisados...

Os programas de incentivo à cultura e o processo de fomento às organizações culturais no rio grande do norte: o caso da Casa da Ribeira em Natal

Cavalcanti, Andersson Amaro
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.4%
Since the emergence of the first demands for actions that were intended to give greater attention to culture in Brazil, came the first discussions which concerned the way the Brazilian government could have a positive influence in encouraging the culture, as is its interaction with the actors interested and involved with the cause. During the military dictatorship, there were programs which relied on the direct participation of the State to ensure that right, from the viewpoint of its support and implementation of public resources in developing the "cultural product" to be brought to society in its various forms of expression - all this, funded by the government. It is an example of "EMBRAFILMES" and "Projeto Seis e Meia", continued until the present day in some regions of the country, though maintained by entities not directly connected with the administration or the government. However, it was from the period of democratization and the end of the dictatorship that the Brazilian government began to look at the different culture, under its guarantee to the society. Came the first incentive laws, led by "Lei Sarney" Nº 7.505/86, which was culture as a segment which could receive foreign assistance in order to assist the government in fulfilling its public duty. After Collor era and the end of the embargo through the encouragement of culture incentive laws...

Organizações do terceiro setor envolvidas em projetos artístico-culturais: uma análise da sua gestão e da tendência dos seus gestores aos valores pós-materialistas – um estudo de caso

Silva Júnior, Sinvaldo Assunção da
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.51%
A presente dissertação objetivou investigar as particularidades da gestão de uma organização do Terceiro Setor envolvida em projetos artístico-culturais e as razões do ativismo dos seus gestores de forma a sondar sua tendência aos valores pósmaterialistas, de acordo com Inglehart. Nesse sentido, como um aspecto importante da gestão, tentou-se descobrir de que maneira esses gestores mensuram os resultados das ações e projetos dessa organização. Uma vez que este estudo trata de organizações envolvidas em artes e cultura, objetivou-se aqui entender a relação entre organizações do Terceiro Setor e a cultura e de que forma os seus gestores enxergam a cultura e a contribuição social advinda dos projetos culturais. A contribuição social, nesse caso, é entendida como uma forma de resultado. Essa visão tanto da cultura como das contribuições sociais da cultura são importantes na medida em que movem os gestores a optar por determinados tipos de projetos artístico-culturais, a saber, aqueles que usam as artes e a cultura como um meio de transformação social. Ademais, a partir da discussão da teoria do desenvolvimento humano de Inglehart, esta pesquisa objetivou verificar a tendência dos gestores aos valores materialistas/pós-materialistas. A partir dos resultados referentes às particularidades da gestão da organização do Terceiro Setor estudada...

Os públicos e as organizações culturais: uma proposta de mapeamento de públicos no âmbito da gestão estratégica das relações públicas

Alves, Ana Isabel Sarmento
Fonte: Escola Superior de Comunicação Social Publicador: Escola Superior de Comunicação Social
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /11/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.52%
Dissertação apresentada à Escola Superior de Comunicação Social como parte dos requisitos para obtenção de grau de mestre em Gestão Estratégica das Relações Públicas.; A presente dissertação tem como objectivo complementar e enriquecer os estudos de públicos realizados pela Sociologia da Cultura através de uma perspectiva comunicacional no âmbito da Gestão Estratégica das Relações Públicas. Partindo da revisão da literatura sobre Relações Públicas e organizações culturais, públicos e modelos de mapeamento pretende-se apresentar uma proposta de mapeamento de públicos para o campo cultural. Recorre-se à metodologia de Estudo de Caso para aplicar o modelo a uma organização cultural, o Museu Arqueológico do Carmo. Através desta investigação pretende-se evidenciar o contributo que as Relações Públicas podem dar ao campo cultural na definição e mapeamento dos públicos das organizações culturais, e consequentemente no seu alargamento e fidelização, formado através da manutenção de relacionamentos sólidos e contínuos com os públicos das organizações culturais.; This dissertation aims to complement and enrich the public studies conducted by the Sociology of Culture through a communicational perspective of Public Relations strategic management. Starting from the literature review on public relations and cultural organizations...

Valores culturais individuais e fatores contextuais : efeitos interativos na criatividade dos funcinários nas organizações

Figueiredo, Nelma Valério Louro de
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.61%
A criatividade pode ser entendida como o processo que antecede a inovação. Inovar é, por sua vez, um requisito cada vez mais importante no meio empresarial, quer pelas dinâmicas do atual ambiente económico a que as organizações estão sujeitas, quer pelo impacto causado pelo rápido crescimento das tecnologias de informação na forma como as organizações comunicam no mercado. Torna-se, portanto, fundamental para as organizações perceber de que modo é que podem promover a realização criativa a fim de obter vantagens competitivas. Para tal, é necessária uma maior compreensão dos determinantes da criatividade. São vários os estudos que têm investigado as caraterísticas pessoais e os fatores contextuais enquanto determinantes da criatividade. Neste sentido, à luz da literatura existente, o presente trabalho propõe-se a investigar os valores culturais individuais e os fatores contextuais que são mais suscetíveis de afetar a criatividade dos funcionários nas organizações. Adicionalmente, pretende-se investigar se estas variáveis interagem entre si de modo a influenciar a criatividade. Deste modo, o presente trabalho de investigação será original, pois irá testar os efeitos interativos entre os valores culturais individuais e os fatores contextuais na criatividade dos funcionários nas organizações. Para o efeito...

O processo de empresarização em organizações culturais brasileiras

Rodrigues, Marcio Silva; Universidade Federal de Pelotas; Silva, Rosimeri Carvalho da; Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Dellagnelo, Eloise Helena Livramento; Universidade Federal de Santa Catarina
Fonte: Universidade Federal Fluminense Publicador: Universidade Federal Fluminense
Tipo: Avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 22/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
46.21%
De acordo com Solé (2008), atualmente, a empresa converteu-se no modelo universal dos indivíduos e demais organizações (processo de empresarização). Seguindo estes argumentos, consideramos relevante desenvolver um estudo com o objetivo de verificar os impactos do processo de empresarização em organizações esportivas e religiosas localizadas no Brasil. Para desenvolver essa pesquisa de natureza predominantemente qualitativa, coletamos dados por meio de entrevistas, observação direta e documentos diversos. Os dados foram analisados através da técnica de análise categorial de conteúdo. De uma maneira geral, analisamos quatro dimensões do processo de empresarização adaptadas de Solé (2004; 2008): orientação mercadológica, aspectos legais, linguagem e organização do trabalho. A análise dos dados revela que os clubes de futebol são as organizações que, quando comparados com os outros dois tipos, apresentaram o processo de empresarização mais intenso e avançado. Além disso, apesar de observarmos que as dimensões mercado e linguagem são aquelas que mais se intensificam ao longo da história das organizações em estudo, o seu comportamento nas três situações é diferenciado. Sem dúvida alguma, ela é mais fortemente presente nos clubes de futebol em comparação às situações do voleibol e das igrejas.

A influência de fatores culturais e sócio-econômicos sobre o potencial de sucesso de estratégias empresariais; The role of cultural and socioeconomic factors on the efficacy of entrepreneurial strategies

Tupinambá, Antonio Caubi Ribeiro; UFC - Fortaleza - CE
Fonte: Revista Psicologia: Organizações e Trabalho Publicador: Revista Psicologia: Organizações e Trabalho
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2002 POR
Relevância na Pesquisa
46.19%
Um modelo psicológico de sucesso empresarial foi testado interculturalmente a partir de duas amostras de pequenos e médios empresários alemães ocidentais e brasileiros. O nomeado modelo pressupõe determinadas condições culturais e sócio-econômicas que funcionam como moderadores sobre o papel mediador das estratégias entre os fatores de personalidade e o sucesso empresarial. A influência potencial dessas condições culturais e sócio-econômicas sobre a eficácia das estratégias empresariais foi investigada, utilizando-se uma das quatro dimensões de valores propostas por Hofstede (1984) e uma dimensão sócio-econômica. Diferenças interculturais concernentes à eficácia e ao papel de mediador das estratégias empresariais com relação a teoremas psicológicos foram postuladas a partir das grandes diferenças entre as culturas nacionais pesquisadas no que diz respeito à dimensão de valor “Distância de Poder” e a dimensão sócio-econômica “Hostilidade Ambiental”. Os achados empíricos atestam que a diferença na eficácia das estratégias correspondentes às diferentes dimensões culturais e sócio-econômicas são prognosticáveis.; A psychological model of entrepreneurial success was interculturally tested using a West-German and a Brazilian sample of small and middle scale entrepreneurs. It was intended to find the potential influence of cultural and socioeconomic conditions on the efficacy of entrepreneurial strategies. Determinated entrepreneurial strategies were related to value dimensions based on Hofstede (1994) as well as to socio-economic dimensions. Intercultural differences for the efficacy and mediation role of these entrepreneurial strategies were postulated related to psychological theorems based on the strong differences between the researched national cultures what concerns the value dimension "Power Distance" and the socio-economic dimension "Environmental Hostility". The empirical results proved that the strategies that correspond to different dimensions are according to the prognostics...

Apoio público, reconhecimento e organizações culturais: o caso do teatro

Borges,Vera; Lima,Tiago
Fonte: Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa Publicador: Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.51%
As organizações culturais, os artistas e os seus públicos estão hoje no centro da discussão em torno dos investimentos na cultura. A diversidade de perfis de trabalho das organizações e os novos modos de participação nas artes exigem uma análise de múltiplas fontes para caracterizar estruturas, contextos e públicos. O artigo analisa o apoio público central e avalia como este opera na criação, divulgação e ação-localizada das organizações. Utiliza-se o caso do teatro e considera-se a importância de explorar modelos de apoio que aproveitem os objetivos das organizações, mas também os contextos e territórios culturais específicos para reduzir as velhas assimetrias e ampliar os eixos de atuação dos “teatros do bairro”.