Página 1 dos resultados de 355 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Óleo essencial de orégano: interferência da composição química na atividade frente a Salmonella Enteritidis; Oregano essential oil: influence of the chemical composition on the inhibitory activity against Salmonella Enteritidis

SILVA, Janine Passos Lima; DUARTE-ALMEIDA, Joaquim Maurício; PEREZ, Daniel Vidal; FRANCO, Bernadette Dora Gombossy de Melo
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.74%
Este trabalho avaliou a interferência da origem e do teor de compostos fenólicos de óleo essencial de orégano (OEO) de cinco marcas comerciais provenientes de diferentes regiões do mundo, na atividade inibitória frente à Salmonella Enteritidis (SE). A composição de cada OEO foi determinada por cromatografia gasosa acoplada ao espectrômetro de massas (CG-IE-MS). A atividade inibitória frente SE in vitro foi avaliada pela técnica de difusão em poços, empregando-se soluções alcoólicas a 0,1; 0,2; 0,5; 1,0; ou 2,0%, observando-se a formação de halo de inibição após incubação a 30 °C por 24 horas. Como resultado da análise por CG-IE-MS, foram identificados dezessete componentes voláteis. Todos OEO analisados neste trabalho possuíam carvacrol como componente principal e apresentaram atividade antimicrobiana frente a SE nas cinco concentrações testadas. A ação inibitória das cinco marcas comerciais avaliadas não apresentou diferença estatística significativa (p > 0,05), porém o OEO proveniente da região do Mediterrâneo com p-cimeno e γ-terpineno, além de carvacrol, apresentou maiores halos de inibição de SE que os demais OEO. Concluiu-se que a multiplicação de Salmonella Enteritidis in vitro pode ser inibida por OEO cuja ação antimicrobiana independe da região produtora de orégano. No entanto...

Controle de Listeria monocytogenes em lingüiça frescal refrigerada através do uso de óleo essencial de orégano e nisina; Control of Listeria monocytogenes in fresh pork sausage due to use of oregano essential oil and nisin

Kruger, Monika Francisca
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.62%
Listeria monocytogenes é conhecida como um importante patógeno causador de doenças transmitidas por alimentos na última década. Apesar do número de casos por ano ser relativamente baixo, a infecção pode ser grave, com mortalidades acima de 30%. Pesquisas realizadas no Brasil relataram uma incidência de 32% em amostras de produtos cárneos, e o microrganismo foi encontrado em 80% das amostras lingüiças frescal de carne suína. Apesar dos recentes avanços nas tecnologias de controle de patógenos em alimentos, os consumidores têm procurado alimentos "naturais", isto é, submetidos a tratamentos menos agressivos e isentos de conservadores químicos. Antimicrobianos naturais são uma opção interessante, mas sua aplicação requer uma melhor compreensão de sua funcionalidade nos alimentos. Os óleos essenciais e seus compostos fenólicos estão se tornando agentes antimicrobianos naturais bastante populares, assim como a nisina, uma bacteriocina produzida por Lactococcus lactis subsp. lactis. Esta pesquisa foi desenvolvida para avaliar o efeito de óleo essencial de orégano (O.E.O.) e de nisina, individualmente ou em combinação, na inibição da multiplicação de Listeria monocytogenes Scott A in vitro (meio de cultura) e in situ -(lingüiça frescal suína). A atividade inibitória foi testada pela metodologia de difusão em poços...

Influência da matriz alimentar no efeito antimicrobiano de óleo essencial de orégano e nisina contra Listeria monocytogenes: avaliação em modelos cárneos; Influence of the food matrix on the antimicrobial effect of oregano essential oil and nisin against Listeria monocytogenes: evaluation in meat models

Biscola, Vanessa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/07/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.54%
Listeria monocytogenes é um microrganismo patogênico psicrotrófico e consequentemente de grande importância para alimentos conservados em refrigeração. Vários estudos têm demonstrado que é possível utilizar antimicrobianos naturais, como bacteriocinas e compostos fenólicos, para retardar a multiplicação desse patógeno em produtos cárneos refrigerados. Entretanto, sabe-se que a atividade antimicrobiana desses compostos pode ser influenciada pelos componentes da matriz alimentar. Esse trabalho de mestrado pretendeu avaliar a influência dos ingredientes de lingüiça frescal de suíno na ação inibitória de óleo essencial de orégano (OEO) e nisina sobre Listeria monocytogenes. Foram realizados testes com diferentes modelos alimentares preparados com carne suína moída adicionada de cada um dos ingredientes utilizados na fabricação de lingüiça frescal (sais de cura, açúcar, antioxidante, emulsificante, condimentos e NaCl) separadamente, comparando-se os resultados com os obtidos no modelo contendo todos os ingredientes simultaneamente. Pretendeu-se também avaliar a interferência do tempo de contato da nisina e óleo essencial de orégano com os diferentes modelos alimentares na ação antimicrobiana sobre L. monocytogenes. Os resultados indicaram que os antimicrobianos foram capazes de inibir a multiplicação de L. monocytogenes em todos os modelos analisados armazenados à 5ºC por até 72h. Comparando-se todos os modelos compostos por carne adicionada de apenas um dos ingredientes...

Avaliação da atividade antifúngica de óleo essencial de orégano (Origanum vulgare) nanoemulsionado e estudo de caso em queijo Minas Padrão; Evaluation of antifungal activity of nanoemulsions encapsulating oregano essential oil and case study in Minas Padrão cheese

Serna, Carolina Maria Bedoya
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/05/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.97%
Este trabalho de Mestrado teve por objetivo avaliar a atividade antifúngica in vitro e em queijo Minas Padrão de duas formulações (A e B) de nanoemulsões encapsulando óleo essencial de orégano (Origanum vulgare) produzidas pelo método da temperatura de inversão de fases (método PIT). Cladosporium sp., Fusarium sp. e Penicillium sp. foram os fungos identificados nas amostras de queijo Minas Padrão deteriorados. Tais cepas foram utilizadas na avaliação da atividade antifúngica in vitro e em queijo Minas Padrão do óleo de orégano nanoemulsionado. Nos testes in vitro foram determinadas as concentrações mínimas inibitórias (CMI) do óleo essencial de orégano puro e nanoemulsionado sobre o Cladosporium sp., Fusarium sp. e Penicillium sp. Foram utilizadas fatias de queijo Minas Padrão para avaliar o efeito inibitório das nanoemulsões contendo óleo essencial de orégano. Por último foi avaliado o efeito inibitório das nanoemulsões durante o processo de maturação de queijos Minas Padrão. Determinaram-se valores de CMI para óleo essencial puro de 0,2; 0,3 µg/ml para Fusarium sp. e Penicillium sp., respectivamente. Enquanto para as duas formulações de nanoemulsão; os valores de CMI dependeram da quantidade de óleo essencial de orégano que estava contido nelas...

Estudo do potencial genotóxico do óleo essencial de origanum vulgare L. (orégano) em ratos wistar, através do teste de micronúcleos

Santos, Mariani Fogaça dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.86%
Tendo em vista o crescente uso do óleo essencial do orégano com diferentes finalidades terapêuticas, testes de toxicidade pré-clínica são imprescindíveis. No presente trabalho o potencial genotóxico deste óleo essencial foi testado através do teste de micronúcleos em medula óssea de ratos Wistar (Rattus norvergicus). Grupos de 5 ratos machos e 5 fêmeas foram tratados com o óleo essencial do orégano, por via oral em três doses: 2000, 1000 e 500 mg.kg-1 respectivamente, um controle negativo utilizando o veículo da administração do óleo, Tween 80 (0,001%), um controle positivo utilizando ciclofosfamida, substância sabidamente mutagênica (25 mg.kg-1) e um controle positivo utilizando os compostos majoritários encontrados no óleo testado. Em todas as doses utilizadas, com exceção do GC+, a frequência de micronúcleos foi avaliada após 3 dias de administração. A citotoxicidade foi avaliada pela relação entre eritrócitos policromáticos e eritrócitos normocromáticos (EPC/ENC) e a frequência de eritrócitos micronucleados. O óleo essencial, nas doses testadas, não afetou o desenvolvimento ponderal de ratos machos e fêmeas tratados. Os resultados revelaram através da proporção de EPC/ENC, que o óleo essencial do orégano e o controle positivo com os compostos majoritários causaram uma leve toxicidade na medula óssea de ratos Wistar...

Toxicidade dérmica e ocular do óleo essencial de orégano 3% (Origanum vulgare L.)

Schuch, Tatiana Larissa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.54%
As formas alternativas de tratamento, como os fitoterápicos, vem ganhando espaço nessa busca pela melhor forma de combater enfermidades tanto na medicina humana, quanto na veterinária. Desde o inicio das civilizações, já se utilizava a fitoterapia como método terapêutico. No entanto, deve-se observar que a definição de medicamento fitoterápico é diferente de fitoterapia, pois não engloba o uso popular das plantas em si, mas sim seus extratos. Os medicamentos fitoterápicos são preparações técnicas elaboradas farmacologicamente a partir de princípios ativos extraídos de plantas medicinais. Do Origanum vulgare L., o orégano, é possível extrair importante óleo essencial, que possui compostos fenólicos, como timol, carvacrol, alfa-terpineol e gama-terpineol. O óleo essencial é responsável pela conhecida propriedade antimicrobiana, antifúngica e antioxidante. Sendo assim, apresenta grande potencial para desenvolver a partir dele um fitoterápico. A legislação brasileira sobre medicamentos que é de responsabilidade da ANVISA, que normatiza o registro de medicamentos fitoterápicos no Brasil, estabelece que deverá haver a comprovação de segurança de uso (toxicologia pré-clínica e clínica) e eficácia terapêutica (farmacologia pré-clínica...

Estudo da toxicidade reprodutiva do óleo essencial de orégano (Origanum vulgare L.) em ratos Wistar

Hollenbach, Clarissa Boemler
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.84%
No presente trabalho avaliaram-se os efeitos do óleo essencial do orégano (Origanum vulgare L.) sobre a fertilidade, desenvolvimento ponderal de ratos Wistar, potencial teratogênico, bem como o desenvolvimento físico, motor e comportamental das progênies. A dosagem inicial do óleo essencial foi obtida através de ensaio in vitro frente a linhagens de isolados de Candida spp. O óleo foi extraído pelo processo arraste de vapor e analisado por cromatografia GC/MS. Constituíram-se cinco grupos experimentais com 10 machos e 30 fêmeas cada, um grupo controle negativo (GC-) que recebeu o veículo da emulsão do óleo de orégano (água destilada + Tween 80 0, 001%) um grupo controle positivo (GC+) que recebeu os compostos majoritários do óleo, timol 3% e terpine-4-ol 3%, e três grupos tratados com a emulsão contendo óleo essencial do orégano contendo 3% V / V (GO1), 9% V/ V (GO2) e 27% V / V (GO3). Os animais foram tratados diariamente por via oral usando sonda oro-gástrica flexível, com mesmo volume (10 mg / mL). Os machos foram tratados durante 91 dias, sendo 70 dias antes do acasalamento e 21 dias de acasalamento, após este período, os machos foram eutanasiados para coleta de órgãos para análise histopatológica...

Extrato de orégano como aditivo em rações para frangos de corte

Fukayama, Ellen Hatsumi; Bertechini, Antonio Gilberto; Geraldo, Adriano; Kato, Reinaldo Kanji; Murgas, Luis David Solis
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 2316-2326
POR
Relevância na Pesquisa
37.54%
Os objetivos neste experimento foram avaliar os efeitos da inclusão de extrato de orégano (EO) como aditivo promotor de crescimento nas rações sobre o desempenho, o sistema imune (peso e tamanho da bursa de Fabricius, peso do baço e do timo), as características anatomo-fisiológicas do trato gastrointestinal (altura de vilosidade, profundidade de cripta e suas relações), a microbiologia do ceco e o pH do duodeno e do ceco de frangos de corte. Foram utilizados 1.440 pintos de corte machos Cobb 500, em duas fases de criação (1 a 21 e 1 a 42 dias de idade), distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com seis tratamentos e oito repetições de 30 aves. Utilizou-se ração basal (RB) para as três fases de criação (1 a 21, 22 a 35 e 36 a 42 dias de idade), constituindo os seguintes tratamentos: T1 - RB; T2 - RB com antibiótico (25 ppm de bacitracina de zinco); T3 - RB com 0,025% EO; T4 - RB com 0,050% EO; T5 - RB com 0,075% EO; e T6 -RB com 0,100% EO. Observou-se que os tratamentos não influenciaram o desempenho e os pHs dos conteúdos duodenal e cecal das aves nas duas fases de criação. As variáveis de imunidade e avaliação anatomo-fisiológica do trato gastrointestinal aos 21 dias não apresentaram diferenças. Apenas o peso do baço e a altura de vilosidade aos 42 dias de idade foram influenciados pelos tratamentos. Houve redução no número de bactérias no ceco das aves à medida que se elevou o conteúdo do extrato de orégano nas rações...

Antibacterial activity of oregano essential oil against foodborne pathogens

Cattelan, Mariandacute;lia Goncandcedil;alves; de Castilhos, Maurício Bonatto Machado; Sales, Priscila Juliana Pinsetta; Hoffmann, Fernando Leite
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 169-174
ENG
Relevância na Pesquisa
37.78%
Purpose: This paper aims to evaluate in vitro antibacterial activity of oregano essential oil against foodborne pathogens as a starting point for the use of spice as a natural preservative in food. Design/methodology/approach: Disc and well-diffusion assays were performed to investigate antibacterial activity of oregano essential oil against six bacteria strains: Bacillus cereus, Bacillus subtilis, Escherichia coli, Pseudomonas aeruginosa, Staphylococcus aureus and Salmonella Typhimurium. Three concentrations of oregano essential oil were employed: 1.0 percent, 2.0 percent and 5.0 percent. Bacterial growth inhibition was determinate as the diameter of the inhibition zones. Findings: Oregano essential oil showed antibacterial activity against spoilage microorganisms, at different concentrations, except for P. aeruginosa. There was a significant difference between methodologies only for the microorganism S. aureus. The results provided evidence of the existence of significant differences among the concentrations of oregano essential oil for each microorganism evaluated. Research limitations/implications: Although the research for this paper involved only oregano essential oil, it provided a starting-point for further investigations concerning spices as natural preservatives for food systems. Practical implications: Disc and well-assays were found to be simple and reproducible practical methods. Other spices...

Modelagem da inativação isotérmica e não isotérmica de Bacillus coagulans por tratamento termoquímico utilizando óleo essencial de orégano

Haberbeck, Letícia Ungaretti
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 105 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.95%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Alimentos, Florianópolis, 2011; Aumentar a vida útil dos produtos, sem afetar sua qualidade, funcionalidade e propriedades físico-químicas, modificando e desenvolvendo novos tipos de processos para a preservação microbiológica dos alimentos, é um desafio constante para a indústria. A aplicação de conservantes naturais, como óleos essenciais de plantas e especiarias, é percebida como uma nova tendência na preservação dos alimentos nos últimos anos. A bactéria Bacillus coagulans é um micro-organismos relevante no processamento de alimentos devido à sua capacidade deteriorante e à sua termorresistência. Além disso, B. coagulans causa o fenômeno flat-sour caracterizado pela acidificação do alimento sem a produção de gás. O tratamento térmico necessário para garantir a inativação deste microrganismo pode levar à perda de nutrientes e/ou à alterações organolépticas nos alimentos processados. Assim sendo, o objetivo geral deste trabalho foi estudar o efeito da ação conjunta do óleo essencial (OE) de orégano e do calor sobre a resistência dos esporos de B. coagulans...

Atividade antimicrobiana dos óleos essenciais de orégano, tomilho e canela frente a sorovares de Salmonella enterica de origem avícola

Santurio,Janio Morais; Santurio,Deise Flores; Pozzatti,Patrícia; Moraes,Cristiane; Franchin,Paulo Rogério; Alves,Sydney Hartz
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.54%
Avaliou-se a atividade antimicrobiana dos óleos essenciais de orégano (Origanum vulgare), tomilho (Thymus vulgaris) e canela (Cinnamomum zeylanicum) frente a 60 amostras de Salmonella enterica distribuídas entre 20 sorovares, todos isolados de carcaças de aves. A concentração inibitória mínima (CIM) e a concentração bactericida mínima (CBM) foram determinadas para cada isolado, utilizando-se a técnica de microdiluição em caldo. O óleo essencial de orégano evidenciou forte atividade antibacteriana (CIM média = 529mig ml-1 e CBM média= 661mig ml-1), seguido do tomilho (CIM média=961mig ml-1 e CBM média= 1074mig ml-1), com atividade moderada, enquanto que a menor atividade foi observada com o óleo essencial de canela (CIM média= 1335mig ml-1 e CBM média = 1979mig ml-1). Apesar deste claro padrão de atividade, os sorovares de Salmonella enterica evidenciaram significativas variações de suscetibilidade, embora nenhuma, em particular, pudesse ser classificada como totalmente sensível ou resistente aos três óleos essenciais avaliados. Assim, no momento em que os antibacterianos utilizados como promotores de crescimento estão sendo substituídos. E os óleos essenciais de temperos e condimentos se constituem numa alternativa importante...

Extrato de orégano como aditivo em rações para frangos de corte

Fukayama,Ellen Hatsumi; Bertechini,Antonio Gilberto; Geraldo,Adriano; Kato,Reinaldo Kanji; Murgas,Luis David Solis
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.54%
Os objetivos neste experimento foram avaliar os efeitos da inclusão de extrato de orégano (EO) como aditivo promotor de crescimento nas rações sobre o desempenho, o sistema imune (peso e tamanho da bursa de Fabricius, peso do baço e do timo), as características anatomo-fisiológicas do trato gastrointestinal (altura de vilosidade, profundidade de cripta e suas relações), a microbiologia do ceco e o pH do duodeno e do ceco de frangos de corte. Foram utilizados 1.440 pintos de corte machos Cobb 500, em duas fases de criação (1 a 21 e 1 a 42 dias de idade), distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com seis tratamentos e oito repetições de 30 aves. Utilizou-se ração basal (RB) para as três fases de criação (1 a 21, 22 a 35 e 36 a 42 dias de idade), constituindo os seguintes tratamentos: T1 - RB; T2 - RB com antibiótico (25 ppm de bacitracina de zinco); T3 - RB com 0,025% EO; T4 - RB com 0,050% EO; T5 - RB com 0,075% EO; e T6 -RB com 0,100% EO. Observou-se que os tratamentos não influenciaram o desempenho e os pHs dos conteúdos duodenal e cecal das aves nas duas fases de criação. As variáveis de imunidade e avaliação anatomo-fisiológica do trato gastrointestinal aos 21 dias não apresentaram diferenças. Apenas o peso do baço e a altura de vilosidade aos 42 dias de idade foram influenciados pelos tratamentos. Houve redução no número de bactérias no ceco das aves à medida que se elevou o conteúdo do extrato de orégano nas rações...

Comparative evaluation of dietary oregano, anise and olive leaves in laying Japanese quails

Christaki,EV; Bonos,EM; Florou-Paneri,PC
Fonte: Fundação APINCO de Ciência e Tecnologia Avícolas Publicador: Fundação APINCO de Ciência e Tecnologia Avícolas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 EN
Relevância na Pesquisa
37.54%
Aim of the present study was the comparative evaluation of the effect of ground oregano, anise and olive leaves as feed additives on performance and some egg quality characteristics of laying Japanese quails. A total of 189 Coturnix japonica quails (126 females and 63 males), 149 days old, were randomly allocated into seven equal groups with three subgroups of 9 birds each (6 females and 3 males). A commercial laying diet was fed to the control group. The remaining six groups were fed the same diet supplemented with oregano at 10 g/kg or 20 g/kg, anise at 10 g/kg or 20 g/kg and olive leaves at 10 g/kg or at 20 g/kg. The birds were offered feed and water ad libitum for a period of 29 days, while being kept under commercial conditions. During the experiment, egg production, feed intake and mortality were recorded daily. At the end of the feeding period egg weight, egg yolk, albumen and eggshell weight percentages, egg yolk color (using the L*a*b* color space) and blood serum triglycerides were determined. The diets supplemented with olive leaves (10 g/kg or 20 g/kg) resulted in a tendency (p = 0.054) for higher egg production percentage. Also, the color parameter a* was significantly (p = 0.001) higher in the eggs of quails that consumed oregano (10g/kg or 20 g/kg) or olive leaves (10g/kg or 20 g/kg).

Evaluación del uso de abonos orgánicos comerciales y preparados localmente en tomillo (Thymus vulgaris) y orégano (Origanum vulgare) en Cajicá (Cundinamarca, Colombia)

Delgado Páez, Paola Andrea; Padilla Báez, Sandy Carolina
Fonte: Universidad Militar Nueva Granada; Programa de Biología Aplicada Publicador: Universidad Militar Nueva Granada; Programa de Biología Aplicada
Tipo: bachelorThesis; Trabajo de grado Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
37.62%
El presente estudio se llevó a cabo a la gran importancia económica y comercial del orégano y tomillo a nivel mundial, en Colombia y Cundinamarca, al auge de la producción orgánica y la gran demanda de estos productos en el mercado internacional, y se enmarcó dentro del esquema del proyecto cofinanciado por el MADR Desarrollo de un esquema de fertilización orgánica para la producción de tomillo, orégano y romero en suelos de los municipios de Zipaquirá, Cogua y Nemocón (Cundinamarca) . Su objetivo fue evaluar el efecto de la aplicación de algunos abonos orgánicos de diferente composición y origen, en la producción de plantas de tomillo (Thymus vulgaris) y orégano (Origanum vulgare) en materas bajo invernadero. Se plantearon 15 tratamientos con abonos orgánicos solos y en combinación con dos tipos de inoculares de microorganismos. Se aplicaron tres dosis para las cuales se obtuvieron tres cosechas para tomillo y dos para orégano. Las variables evaluadas fueron peso fresco total (PFT), peso seco total (PST), peso fresco exportación (PFE) y longitud de tallos calidad exportación (LTE). En tomillo los tratamientos orgánicos que tuvieron un efecto positivo y se destacaron sobre los demás produciendo más biomasa fresca y seca total y con calidad de exportación fueron los tratamientos con Gallinaza y Lombricompost comercial independiente de que se complemente o no con los caldos microbianos

Evaluación del efecto del extracto de orégano (Oreganum vulgare) sobre algunos parámetros productivos de cerdos destetos

Guerra A., Carlos M.; Galán O., Jorge A.; Méndez A., Jonh J.; Murillo A., Elizabeth
Fonte: Ibagué : Universidad del Tolima, 2008.; 170 COL CO Publicador: Ibagué : Universidad del Tolima, 2008.; 170 COL CO
Tipo: Artículo de revista; Text; info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/updatedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
37.81%
Pág. 16-29; La aparición y la evaluación de resistencias antibióticas hacia bacterias patógenas han estimulado la prohibición del uso de antibióticos en la alimentación animal y ha estimulado la búsqueda de alternativas, para reemplazarlos entre las diferentes alternativas se encuentran, el uso de probióticos, prebióticos, estimuladores de la inmunidad y el uso de extractos vegetales. Los extractos esenciales y sus compuestos se plantean como una alternativa para mejorar la eficiencia de utilización de alimentos y reducir las pérdidas de nutrientes, así mismo mejorar los parámetros productivos de cerdos en la fase de precebos. El aceite esencial se obtuvo por hidrodestilación a partir de las hojas desecadas de Orégano (Oreganum vulgare); la composición química se evaluó mediante UV, IR y HPLC acoplado a masas. Se utilizaron treinta y tres lechones, cruzados para determinar los efectos del uso del aceite esencial como suplemento en el crecimiento. Se aplicaron los tratamientos: Dieta a base de concentrado comercial de cada fase (Control), control + 0,6 cm/animal de antibiótico comercial (T1), y control + 0,6 cm/animal de aceite esencial de Orégano (T2). Los resultados muestran que el aceite de orégano produce mejores efectos en ganancia de peso...

Chemical composition and antimicrobial activity of oregano (Lippia palmeri S. Wats) essential oil

Ortega-Nieblas,Ma. Magdalena; Robles-Burgueño,Ma. Refugio; Acedo-Félix,Evelia; González-León,Alberto; Morales-Trejo,Adriana; Vázquez-Moreno,Luz
Fonte: Sociedad Mexicana de Fitogenética A.C. Publicador: Sociedad Mexicana de Fitogenética A.C.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2011 EN
Relevância na Pesquisa
37.54%
The chemical composition and antimicrobial activity of Lippia palmeri S. Wats essential oil extracted from plants collected of two localities (Álamos and Puerto del Orégano) in the State of Sonora, México, was examined. Essential oils (EO) were obtained from oregano leaves by steam distillation, analyzed by gas chromatography coupled with a mass spectrometer, and their antimicrobial activity against human pathogens investigated by disc diffusion. Álamos and Puerto del Orégano essential oils (AEO and POEO) presented 50 and 60 constituents, respectively. The components were classified as monoterpenes, sesquiterpenes and phenolics. AEO most abundant components (>2%) included p-cymene, thymol, isoaromandrene, carvacrol, y-terpinene, p-thymol, longipinene-epoxide and eudesmol; while for POEO were carvacrol, thymol, p-cymene, caryophyllene, thymol acetate, a-bisabolene, y-terpinene, myrcene and a-caryophyllene. These results implícate that chemotypes involved were a p-cymene/thymol in AEO and carvacrol in POEO. In general, EO antimicrobial activity against four Gram-positive and six Gram-negative bacteria varied according to the plant origin. However, both POEO and AEO showed the strongest activity against Escherichia coli O157:H7 and Staphylococcus aureus. This is the first report of L. palmeri essential oil characterization...

Efecto antibacteriano del aceite esencial de orégano (Lippia berlandieri) en bacterias patógenas de camarón Litopenaeus vannamei

Gracia-Valenzuela,Martina Hilda; Orozco-Medina,César; Molina-Maldonado,Carmen
Fonte: UAM, Unidad Iztapalapa, Publicador: UAM, Unidad Iztapalapa,
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 ES
Relevância na Pesquisa
37.54%
Una alternativa al uso de antibióticos comerciales son los extractos de aceites vegetales con actividad antimicrobiana no específica. En el presente estudio, se evaluó la concentración mínima inhibitoria (CMI) así como la capacidad de inhibición en placa del aceite esencial de orégano Lippia verlandieri, con fracción alta en timol (FT) y fracción alta en carvacrol (FC), comparados con antibióticos comerciales, para las bacterias Aeromonas hydrophila, A. salmonicida, Pseudomonas putida, P. fluorescens, Vibrio mimicus, V. alginolyticus, V. fluvialis y V. vulnificus, aisladas de camarón blanco Litopenaeus vannamei. Además, se determinó la supervivencia de camarones infectados con V. alginolyticus tratados con las fracciones FT, FC y Enrofloxacina. Las CMI de las FT y FC fueron de 50 a 100 µg/mL, mientras que el antibiótico comercial presentó una CMI de 10 a 50 µg/mL. La bacteria V. alginolyticus presentó el más alto (p ≥ 0.05) grado de sensibilidad (50 a 56 mm de halo de inhibición) con FC y Enrofloxacina. Por otro lado, la supervivencia de camarón fue de 70, 50 y 50% con la aplicación de FC, FT y Enrofloxacina, respectivamente. Ambas fracciones del extracto de aceite esencial de orégano tienen la capacidad de controlar el crecimiento in vitro de bacterias patógenas en camarón. Se concluye...

Caracterización molecular y producción de aceites esenciales de diferentes genotipos de orégano (Lippia sp.)

Cazares Alonso,Norma Patricia; Villavicencio Gutiérrez,Eulalia Edith; Verde Star,Julia; Pecina Quintero,Víctor; Almeyda León,Isidro Humberto
Fonte: Instituto Nacional de Investigaciones Forestales, Agrícolas y Pecuarias Publicador: Instituto Nacional de Investigaciones Forestales, Agrícolas y Pecuarias
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 ES
Relevância na Pesquisa
37.54%
Con el fin de conservar y aprovechar los recursos genéticos de las zonas áridas y semiáridas de México se realizó la caracterización molecular de 35 genotipos silvestres y seis cultivados de orégano, los cuales se recolectaron en los municipios de Parras de la Fuente, Ramos Arizpe, General Cepeda y Matamoros, del estado de Coahuila. En el análisis se utilizaron marcadores tipo RAPD (ADN Polimórfico Amplificado al Azar, por sus siglas en inglés) y SSR (Sencillas Secuencias Repetidas). Además, se determinó la cantidad y calidad de los aceites esenciales mediante la técnica de arrastre por vapor y cromatografía líquida de alta resolución. Los marcadores RAPD y SSR permitieron detectar un alto nivel de polimorfismos en el orégano. Sin embargo, no se logró diferenciar el total de las recolectas evaluadas y tampoco fue posible agruparlas por su ubicación geográfica. En contraste, la diversidad genética fue moderada (47%) y mayor entre poblaciones. Algunas muestras presentaron valores altos en la producción de carvacrol; mientras que los porcentajes de timol resultaron muy heterogéneos entre las poblaciones muestreadas. Se concluye que existe variación suficiente en el orégano del sureste del estado de Coahuila y es posible seleccionar aquellos con potencial para incrementar la producción de aceites esenciales.

Aceite esencial de orégano (Lippia berlandieri Schauer) en variables de calidad de la canal de pollo

Méndez Zamora,Gerardo; García Macías,José Arturo; Durán-Meléndez,Lorenzo Antonio; Herman-Lara,Erasmo; Santellano Estrada,Eduardo; Silva Vázquez,Ramón
Fonte: Universidad Juárez Autónoma de Tabasco, Dirección de Investigación y Posgrado Publicador: Universidad Juárez Autónoma de Tabasco, Dirección de Investigación y Posgrado
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2015 ES
Relevância na Pesquisa
37.54%
El aceite de orégano mexicano (AO; Lippia berlandieri Schauer) es un extracto de origen natural. El objetivo de este estudio fue evaluar el efecto sobre las características de la canal y la carne de pollos alimentados con dietas adicionadas con AO. Se utilizaron 162 pollos de 1 d de edad (Ross), alojados en jaulas (30 x 33 x 44 cm) con dos pollos cada una (nueve jaulas por tratamiento), distribuidos aleatoriamente en un arreglo factorial 3² de tratamientos; AOC, aceite de orégano basado en Carvacrol (60.0 %), y AOT, aceite de orégano basado en Timol (40.0 %). Ambos AO se probaron en niveles de 0, 400 y 800 mg L-1. El tratamiento 800-0 incrementó (p < 0.05) el peso vivo (2.25 kg), 800-800 el rendimiento de la canal caliente y fría, mientras que el contenido de visceras disminuyó (p < 0.05); pierna y espalda fueron mayores (p < 0.05) en 400-400, cadera y alas en 800-400. El tratamiento 0-400 aumentó el muslo; la pechuga no fue afectada estadísticamente, pero 400-0 tuvo el valor más alto (35.82 %). El diseccionado de las piezas fue alterado por los niveles de AO (p < 0.05), principalmente el magro de pierna (11.53 %; 400-400), muslo (9.45 %; 800-800), cadera (4.12 %; 800-0), espalda (3.1 %; 800-400) y alas (5.04 %; 800-800). Los resultados obtenidos sugieren que el AO puede usarse en la alimentación de pollos de engorda debido a que mejora las características de la canal.

El orégano: propiedades, composición y actividad biológica de sus componentes

Arcila-Lozano,Cynthia Cristina; Loarca-Piña,Guadalupe; Lecona-Uribe,Salvador; González de Mejía,Elvira
Fonte: Sociedad Latinoamericana de Nutrición Publicador: Sociedad Latinoamericana de Nutrición
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2004 ES
Relevância na Pesquisa
37.62%
RESUMEN. El orégano comprende varias especies de plantas que son utilizadas con fines culinarios, siendo las más comúnes el Origanum vulgare, nativo de Europa, y el Lippia graveolens, originario de México. Entre las especies de Origanum se encuentran como componentes principales el limoneno, el beta -cariofileno, el rho -cimeno, el canfor, el linalol, el alfa -pineno, el carvacrol y el timol. En el género Lippia pueden encontrarse estos mismos compuestos. Su contenido depende de la especie, el clima, la altitud, la época de recolección y el estado de crecimiento.Algunas propiedades de los extractos del orégano han sido estudiadas debido al creciente interés por sustituir los aditivos sintéticos en los alimentos. El orégano tiene una buena capacidad antioxidante y antimicrobiana contra microorganismos patógenos como Salmonella typhimurium, Escherichia coli, Staphylococcus aureus, Staphylococcus epidermidis, entre otros. Estas características son muy importantes para la industria alimentaria ya que pueden favorecer la inocuidad y estabilidad de los alimentos como también protegerlos contra alteraciones lipídicas. Existen además algunos informes sobre el efecto antimutagénico y anticarcinogénico del orégano sugiriendo que representan una alternativa potencial para el tratamiento y/o prevención de trastornos crónicos como el cáncer.