Página 1 dos resultados de 55 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

Efeito dos coespecíficos e voláteis das plantas Murraya paniculata (L.) Jack, Psidium guajava L. e Citrus sinensis (L.) Osbeck sobre o comportamento de Diaphorina citri Kuwayama (Hemiptera:Psyllidae); Effect of conspecific and plant volatiles of Murraya paniculata (L.) JACK, Psidium guajava L. and Citrus sinensis (L.) Osbeck on the behavior OF Diaphorina citri Kuwayama (Hemiptera: Psyllidae)

Noronha Junior, Newton Cavalcanti de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
16.7%
Os agroecossistemas consistem em complexas relações tróficas entre plantas, herbívoros, e seus inimigos naturais. Sabe-se que a maioria das plantas é capaz de produzir compostos voláteis, utilizados como sinais químicos por diferentes grupos de insetos. Esses voláteis podem ser produzidos de forma constitutiva em plantas sadias, ou seja, sem indução. Por outro lado, a produção de voláteis induzidos se dá a partir do contato de secreções liberadas pelo fitófago com injurias ocasionadas pela alimentação ou oviposição no tecido vegetal. Para os fitófagos esses voláteis podem sinalizar a presença da planta hospedeira, bem como a presença de coespecíficos e do parceiro sexual. Já para os inimigos naturais, predadores e parasitóides, os voláteis induzidos podem sinalizar a presença do inseto fitófago (presa/ hospedeiro) na planta. Nesse contexto as respostas comportamentais de Diaphorina citri Kuwayama (Hemiptera: Psyllidae), aos voláteis de plantas de murta, Murraya paniculata (L.) Jack (Rutaceae), infestadas ou não por coespecíficos, foram estudadas. Também foram investigadas as respostas dos psilídeos aos voláteis de plantas de Citrus sinensis (L.) Osbeck (Rutaceae) infectadas por bactérias causadoras do Huanglongbing ou HLB...

Identificação, quantificação e comparação das substâncias químicas responsáveis pelos aromas da cachaça de alambique e do rum comercial tratados pelo processo de irradiação; Identification, quantification and comparison between the chemical substances responsable of the irradiated pot still cachaça and comercial rum aromas

Souza, Maria Djiliah Camargo Alvarenga de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
16.7%
Quando aplicada em bebidas alcoólicas, a radiação ionizante pode ser usada para descontaminação de malte ou esterilização de mostos e tem sido proposta sua aplicação na aceleração do envelhecimento. Devido à internacionalização da cachaça, alguma confusão tem surgido sobre a sua identidade e a do rum. Este trabalho teve como propósito identificar, quantificar e comparar as substâncias químicas responsáveis pelo aroma de amostras de cachaça de alambique e de rum comercial, por meio de análises instrumentais e sensoriais. Pode-se afirmar haver forte correlação entre a concentração dos compostos voláteis analisados com a dose de radiação aplicada (0, 150 e 300Gy), em todas as amostras. De acordo com os testes triangulares, apenas para aroma, todos os provadores puderam distinguir nas amostras não irradiadas e irradiadas com 300Gy, a cachaça envelhecida do rum e a cachaça não envelhecida do rum, porém, não foram observadas diferenças entre a cachaça não envelhecida e a envelhecida. Os resultados da Análise Descritiva Quantitativa mostraram que as amostras não irradiadas de cachaça não envelhecida e as do rum diferiram entre si em relação aos atributos de aroma definidos como álcool, vinagre...

Compostos voláteis da uvaia (Eugenia pyriformis cambess)

Miyazawa, Tamara Miranda
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xi, 97 f.
POR
Relevância na Pesquisa
16.7%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Alimentos e Nutrição - FCFAR; A uvaia (Eugenia pyriformis cambess) é uma fruta exótica que apresenta sabor adocicado e ácido, típica da Mata Atlântica. A revisão da literatura mostrou que, até o presente momento, não existe estudo sobre a composição de voláteis de uvaia, assim como não se conhece os compostos voláteis odoríferos importantes para a sua qualidade sensorial. Os parâmetros físico-quimicos da polpa da uvaia foram avaliados. A polpa de uvaia apresentou teor de sólidos solúveis de 5,0 ºBrix, pH 3,80, ratio de 4,65, teor de ácido ascórbico 54,06 mg/100 mL de polpa, teor de compostos fenólicos totais de 79,94 mg de ácido gálico/100 mL e foi caracterizada como uma fruta de baixa acidez (1,08 g de ácido cítrico/100 mL), conteúdo de açúcares predominantemente de açúcares redutores (açúcares redutores 2,81 g de glicose/100 mL, açúcares totais 2,81 g de glicose/100 mL) e elevada atividade antioxidante total (656,29 μmol de Trolox/100 mL de polpa). Os compostos voláteis da uvaia foram isolados usando a técnica de headspace dinâmico. As condições para o isolamento dos compostos voláteis de uvaia foram a captura por 3 horas e eluição com hexano. O isolado obtido foi representativo da amostra original de uvaia. Os compostos voláteis foram separados por cromatografia gasosa de alta resolução e identificados por cromatografia gasosa-espectrometria de massas...

Caracterização sensorial e química de cachaça mono e bidestilada, envelhecidas em tonéis de carvalho

Rota, Michelle Boesso
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 115 f.
POR
Relevância na Pesquisa
16.7%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Alimentos e Nutrição - FCFAR; A cachaça, bebida fermento-destilada mais consumida no Brasil, tem uma produção anual estimada em 1,3 bilhão de litros, envolvendo mais de 5 mil marcas registradas e a estimativa é de que existam ainda mais de 40 mil produtores não registrados, em todo país. Para obtermos uma cachaça de boa qualidade, além dos cuidados que devem ser tomados durante seu processo de produção e o atendimento às exigências dos padrões de qualidade exigidos pela Legislação Brasileira, essa bebida deve apresentar qualidade sensorial que satisfaça ou supere as expectativas de seus consumidores. Para isso, os compostos voláteis, tais como ésteres, álcoois superiores e compostos carbonílicos, assumem papel de grande importância na caracterização do aroma e sabor característicos da cachaça. O processo de bidestilação para a obtenção da cachaça vem sendo atualmente estudado mas, com a revisão bilbiográfica, pode-se observar que o perfil aromático dessa nova bebida e da cachaça tradicionalmente obtida é geralmente determinado pelos compostos presentes maioritariamente nessas bebidas, exigidos pela Legislação Brasileira...

Estudos Sobre os efeitos de um produto a base de Bacillus Thuringiensis var. Kurstaki em Ephestia Kuehniella (Zeller, 1879) (Lepidoptera: Pyralidade) e no seu Ectoparasitoide Bracon hebetor (Say, 1836) (Hymenoptera: Braconidae)

Giovanna Garcia Fagundes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2004 PT
Relevância na Pesquisa
16.7%
Ephestia kuhniella é uma expressiva praga de moinhos de trigo. Seu controle é feito basicamente através de produtos químicos sintéticos. Porém, devido aos inúmeros problemas causados ao ambiente e à saúde humana por estas substâncias, novas alternativas para o manejo deste lepidóptero vêm sendo buscadas. Neste sentido, pesquisas em controle biológico, físico e mecânico, entre outros, são fundamentais para embasar novos programas de manejo integrado (MIP) desta praga. Dentre os agentes de controle biológico, produtos à base do entomopatógeno Bacillus thuringiensis var. kurstaki (Btk) e o ectoparasitóide Bracon hebetor são considerados altamente eficientes no controle de E. kuehniella.Todavia, a inserção destes dois em programas de MIP depende de estudos sobre suas interações na regulação da densidade do piralídeo. Sendo assim, este trabalho propõe avaliar o impacto e as interações dos dois agentes de mortalidade sobre este piralídeo. Para tal buscou-se avaliar a susceptibilidade de larvas de E. kuehniella ao Btk; analisar os efeitos crônicos de Btk no desenvolvimento dos piralídeos sobreviventes; avaliar o impacto da patogenia causada pelo Btk nas larvas de E. kuehniella sobre o desenvolvimento do parasitóide; analisar possíveis interações de compatibilidade...

Contribuição a quimica dos compostos volateis e interações com os organismos receptores

Paulo Cesar de Lima Nogueira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/12/2001 PT
Relevância na Pesquisa
16.7%
O presente trabalho foi dividido em 4 partes que abordam 2 temas centrais: a importância dos compostos voláteis sob a égide da ecologia química e a síntese de produtos naturais. Na primeira e segunda parte, analisamos o papel dos compostos voláteis produzidos por espécies de Clusia e Tovomita (Guttiferae), respectivamente, nas interações com seus insetos polinizadores. O perfil químico dos voláteis produzidos pelas pétalas de 16 espécies de Clusia pertencentes a 4 diferentes seções taxonômicas do gênero revelaram alguma correlação com a cladística das espécies e o tipo de polinizador. No caso do gênero Tovomita, os filamentos dos estames das 4 espécies (T amazonica, T acutiflora, T rubella e T. aff. grata) de ocorrência simpátrica estudadas produzem gotÍculas de um óleo aromático que atrai machos de abelhas euglossine como polinizadores. A análise destes óleos revelaram uma clara diferenciação entre sua. composição química, provavelmente para a atração seletiva de espécies diferentes de euglossine evitando assim a polinização cruzada inter-específica. Na terceira parte, abordamos o efeito dos compostos voláteis produzidos pelo suco de laranja infectado por Alicyclobacillus. Nessa etapa, com auxílio da técnica de cromatografia à gás associada à olfatometria...

Efeito de diferentes aromas citricos sobre a qualidade e estabilidade sensoriais de suco de laranja pronto para beber.; Effect of different citrus aromas on sensory quality and stability of ready-to-drink orange juice.

Selma Bergara Almeida
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/01/2006 PT
Relevância na Pesquisa
27.33%
Para a recuperação do aroma e sabor de fruta fresca ao suco industrializado, subprodutos do processamento do suco de laranja, como óleo essencial e essências aquosa e oleosa, são normalmente reincorporados ao produto processado. A adição de cada um desses subprodutos confere ao produto final qualidade e estabilidade sensoriais distintas. O presente trabalho teve por objetivo avaliar a qualidade e estabilidade sensoriais do suco de laranja reconstituído, produzido com laranjas de variedades brasileiras e aromatizado com quatro diferentes aromas naturais de laranja, quais sejam: I - óleo essencial; II - frações destiladas de essência oleosa (oil phase); III - aroma formulado contendo frações destiladas de óleo essencial e de essência oleosa; e, IV - aroma formulado contendo frações destiladas de óleo essencial, frações destiladas de essência oleosa e de essência aquosa (water phase). Assim, esta pesquisa consistiu em quatro etapas, a saber: avaliação do impacto dos quatro aromas naturais sobre a aceitação e perfil sensorial do suco de laranja pronto para beber em condições pré-processamento térmico; avaliação da estabilidade sensorial dos aromas naturais ao processamento térmico do suco; avaliação do impacto dos aromas naturais sobre a estabilidade sensorial do suco pronto para beber durante o armazenamento da bebida e...

Compostos de volateis e qualidade de sabor da cachaça.; Volatile composites and quality of flavor of cachaça.

Natalia Soares Janzantti
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2004 PT
Relevância na Pesquisa
27.33%
A cachaça é a bebida mais consumida no Brasil, com uma produção anual de 1,3 bilhão de litros. Uma boa cachaça, além de atender as exigências legais com relação à sua composição, deve também apresentar qualidade sensorial capaz de satisfazer ou mesmo ultrapassar as expectativas de seus consumidores. Os compostos voláteis como álcoois superiores, ésteres, ácidos carboxílicos e compostos carbonílicos são importantes para o sabor característico das bebidas alcoólicas. A revisão da literatura mostrou que, até o presente momento, não existe um estudo sobre a composição de voláteis de cachaça, abrangendo todas as classes químicas presentes na bebida, assim como não se conhece os compostos voláteis odoríferos importantes para a sua qualidade sensorial. Para isso, um método foi desenvolvido em extração em fase sólida para a análise dos compostos voláteis da cachaça por cromatografia gasosa. Os compostos voláteis foram extraídos de uma solução de cachaça/água (1:1) em um cartucho contendo 200 mg de resina Licrolut EN da Merck e a eluição feita com 1,5 mL de diclorometano/dimetil éter (9:1 v/v). O extrato obtido foi representativo da amostra original de cachaça. O método mostrou-se simples...

Identificação do perfil de volateis e caracterização de seus impactos odoriferos em water phase e essencias naturais de caju (Anacardium occidentale L.).; Volatile profiles and odor impact compounds in cashew (Anacardium occidentale L.) water phase and natural essences.

Karina de Lemos Sampaio
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/07/2007 PT
Relevância na Pesquisa
17.33%
Durante a etapa de concentração de sucos, juntamente com a água, são também perdidos compostos voláteis responsáveis pelo aroma e sabor característicos da fruta. Esses voláteis podem, no entanto, ser recuperados por condensação, gerando um subproduto conhecido como water phase. Quando submetida à destilação fracionada, a water phase recuperada durante o processamento de sucos pode gerar essências naturais (GRAS), de alto valor agregado, as quais, ao serem incorporadas a sucos e refrescos, aumentam a qualidade sensorial desses produtos. Infelizmente, as water phases geradas por empresas brasileiras de sucos tropicais como caju, maracujá, etc são subaproveitadas. Isso ocorre devido ao conhecimento insuficiente tanto da composição dos voláteis presentes nas mesmas, como das condições de destilação a que devem ser submetidas para a elaboração de essências. Assim, os objetivos do presente estudo foram: i) identificar por cromatografia gasosaespectrometria de massas (CG-EM) o perfil de voláteis presentes em waterphase de caju gerada por indústria nacional de suco, determinando por CG-olfatometria (CGO), a importância odorífera de cada volátil identificado e, ii) através de destilação fracionada de water phase de caju gerada por empresa nacional...

Dinâmica da perda e formação de compostos voláteis durante a concentração de suco de caju (Anacardium Occidentale L.) e impacto sobre o perfil sensorial da bebida; Dynamics of the losses and formation of volatile compounds during the concentration of cashew-apple juice (Anacardium Occidental L.) and impact on the sensory profile of the beverage

Aline Camarão Telles Biasoto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
27.33%
O suco concentrado de caju apresenta grande potencial de mercado, mas tem sua receptividade prejudicada em decorrência da perda, por evaporação ou degradação, de compostos voláteis importantes para o aroma e sabor da bebida. Os objetivos desta pesquisa foram: conhecer a dinâmica da perda e formação de voláteis durante a concentração do suco de caju por evaporação, avaliar o impacto dessas alterações sobre o perfil sensorial da bebida ao longo do processo de concentração, e identificar a importância odorífera dos voláteis perdidos e formados. Suco fresco de caju (clone CCP76) foi concentrado de 10,3°Brix a 42,1°Brix em evaporador piloto tipo termo-sifão, operando em sistema fechado, com vácuo de 700mmHg e com vapor a 110oC. Ao longo do processo de concentração cinco amostras de suco foram recolhidas. Seus teores de sólidos solúveis foram de 11,8°Brix, 14,9°Brix, 20,2°Brix, 29,6°Brix e 42,1°Brix. Os voláteis do suco fresco e das cinco amostras de suco concentrado foram extraídos por método de enriquecimento dos vapores do headspace em armadilha contendo polímero poroso (Porapak®), procedendo-se duas horas de captura sob vácuo de 70mmHg, e eluição dos voláteis capturados em acetona. Os voláteis foram identificados por cromatografia gasosa-espectrometria de massas (CG-EM) e quantificados por padronização externa...

Investigação do limite de percepção olfativa por olfatometria e por cromotografia gasosa-espectrometria de massa

Muniz, Ana Cristina Silva
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 156 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
27.67%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental; Esse trabalho tem como objetivo contribuir para a elaboração de uma metodologia de análise da concentração odorante no Limite de Percepção Olfativa de compostos odorantes por via olfatométrica e por cromatografia gasosa. Também objetiva o estudo da análise de variância entre o Limite de Percepção Olfativa determinado com olfatômetro de diluição dinâmica e a concentração cromatográfica determinada nesse limite, usando para isso o sistema de dessorção térmica automática acoplada a cromatografia gasosa, tendo como detector um espectrômetro de massa. Apesar do uso de técnicas consagradas como a olfatometria de diluição dinâmica e o uso da dessorção térmica automática acoplada ao sistema cromatógrafo gasoso e espectrômetro de massa, a aplicação deste trabalho busca o desenvolvimento de uma nova metodologia para investigação do Limite de Percepção Olfativa, haja vista, até o presente momento, esse tipo de limite ter sido determinado por outros procedimentos metodológicos, como por exemplo, em sala de odor. O outro diferencial metodológico consiste no emprego da análise de variância dos resultados obtidos por olfatometria e por cromatografia gasosa-espectrometria de massa...

Identificação por CG-olfatometria do poder odorífero de voláteis formados pela degradação térmica de carotenóides em sistemas-modelo de suco de caju.

ZEPKA, L. Q.; MERCADANTE, A. Z.; GARRUTI, D. dos S.; SAMPAIO, K. L.; SILVA, M. A. A. P. da.
Fonte: In: SIMPÓSIO LATINO AMERICANO DE CIÊNCIA DE ALIMENTOS, 8., 2009, Campinas. Resumos... Campinas: Universidade Estadual de Campinas, 2009. Publicador: In: SIMPÓSIO LATINO AMERICANO DE CIÊNCIA DE ALIMENTOS, 8., 2009, Campinas. Resumos... Campinas: Universidade Estadual de Campinas, 2009.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.33%
2009

Mudanças no perfil sensorial e de voláteis do suco de abacaxi concentrado durante o processamento.

FACUNDO, H. V. de V.
Fonte: 2009. 82 f. Publicador: 2009. 82 f.
Tipo: Teses/dissertações (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.33%
O abacaxi é uma fruta tropical com uma excepcional suculência e um vibrante sabor tropical que equilibra os gostos doce e ácido. A qualidade sensorial dos sucos de frutas sofre alterações durante o processamento, especialmente quando envolve um tratamento térmico. Neste estudo, amostras de suco de abacaxi foram coletadas, em uma indústria de sucos tropicais, em diferentes etapas do processamento: extração, finisher, centrifugação e concentração. Os voláteis foram isolados pela técnica de headspace dinâmico, identificados por CG-EM e pela técnica Osme de GC-Olfatometria para determinar sua importância odorífera e escolher os compostos a serem monitorados durante o processamento. As amostras de cada etapa do processamento também foram submetidas à Análise Sensorial Descritiva por uma equipe formada por oito julgadores. No total, 54 compostos foram detectados pelo FID, dos quais 45 foram identificados por espectrometria de massas e Índices de Retenção. A maioria foram ésteres, seguidos de álcoois, aldeídos, cetonas, ácidos, hidrocarbonetos e terpeno. O aromagrama revelou 64 picos odoríferos, dos quais 46 foram considerados de grande importância para o aroma característico do abacaxi. A maioria dos voláteis diminuiu durante o processamento...

Bioensaios de olfatometria com adultos de Cosmopolites sordidus.

ATANASIO, W. de M.; FANCELLI, M.; RODRIGUES, F. de M.
Fonte: In: CONGRESSO LATINO-AMERICANO E DO CARIBE DE BANANA PLÁTANOS, 3., 2015. Corupá. Musáceas no subtrópico: desafio e oportunidades frente à variabilidade climática. Corupá, SC: Rede da America Latina e Caribe para a Pesquisa e Desenvolvimento da Banana - MUSALC, 2015. Publicador: In: CONGRESSO LATINO-AMERICANO E DO CARIBE DE BANANA PLÁTANOS, 3., 2015. Corupá. Musáceas no subtrópico: desafio e oportunidades frente à variabilidade climática. Corupá, SC: Rede da America Latina e Caribe para a Pesquisa e Desenvolvimento da Banana - MUSALC, 2015.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.33%
O Cosmopolites sordiduas é a praga chave da cultura da bananeira, responsável por prejuízos consideráveis em seu cultivo além de abrir portas para doenças fúngicas. A olfatometria é uma técnica utilizada para avaliar a preferência do inseto por determinada cultivar em detrimento de outra, ou avaliar sua resposta em relação a compostos voláteis.; 2015

Biologia e interação com plantas associadas dos percevejos barriga-verde, Dichelops furcatus (F., 1775) e Dichelops melacanthus (Dallas, 1851) (Hemiptera: Heteroptera: Pentatomidae)

Smaniotto, Lisonéia Fiorentini
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 115f. : il. algumas color., grafs., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
17.33%
Orientador : Dr. Antônio Ricardo Panizzi; Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas (Entomologia). Defesa: Curitiba, 27/02/2015; Inclui referências; Área de concentração : Entomologia; Resumo: Estudos referentes à identificação, bioecologia e preferência alimentar dos percevejos barriga-verde Dichelops furcatus (F., 1775) e Dichelops melacanthus (Dallas, 1851) em diferentes plantas cultivadas [milho, Zea mays L., trigo, Triticum aestivum L., Poaceae, e soja, Glycine max (L.) Merrill, Fabaceae] e não-cultivadas (buva, Conyza bonariensis L., picão-preto, Bidens pilosa L., Asteraceae, e leiteiro, Euphorbia heterophylla L., Euphorbiaceae) foram realizados na região de Passo Fundo, RS. A identificação e diferenciação dos percevejos do gênero Dichelops Spinola, 1837 foram baseadas na genitália masculina e caracteres externos dos insetos (coloração do pronoto, tamanho do inseto). Em levantamento realizado durante o período de dois anos (2011/13), o percevejo barriga-verde encontrado na região de Passo Fundo, RS, foi identificado como D. furcatus; sendo observado com maior frequência durante o outono, inverno e primavera. A área em pousio...

Diseño de un laboratorio de olfatometría

Rabanal Gil, Julio Manuel
Fonte: Universidade Carlos III de Madrid Publicador: Universidade Carlos III de Madrid
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/masterThesis Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
37.67%
El objetivo de este proyecto es el diseño un laboratorio de olfatometría, orientado a estudiar las alteraciones olfatorias tempranas en la enfermedad de Alzheimer mediante una prueba de detección de potenciales evocados olfatorios. Para ello, y como parte fundamental, es necesaria la construcción de un aparato para uso clínico, capaz de suministrar muestras olorizadas de aire a un paciente por vía nasal de manera controlada. Este tipo de aparatos se conocen como “olfatómetros”, y no se comercializan ya que suelen ser desarrollados como modelos específicos para llevar a cabo investigaciones en universidades y hospitales de una determinada manera. Cada olfatómetro se configurara de una manera particular en función de aquello que se quiera estudiar, existiendo una gran variedad de tipos, y habiendo evolucionado su diseño sensiblemente desde aquellos consistentes en una urna de cristal, a los relativamente recientes en los que el olor se dispensa al paciente de forma cuasi controlada. Mediante este tipo de pruebas, se pretende desarrollar una herramienta de diagnóstico temprano de la enfermedad, ya que al tratarse de una enfermedad neurológica, una detección precoz puede mejorar significativamente las posibilidades de tratamiento. Además de la mayor eficacia de los fármacos en las etapas iniciales de la enfermedad (retraso del deterioro cognitivo mediante el uso de anticolinesterásicos)...

Aplicación del modelo ISC-AERMOD para la estimación de dispersión de olores : caso estudio planta de tratamiento de aguas servidas La Farfana

Barrera Curihuentro, Maritza Carolina
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
27.67%
Memoria para optar al Título Profesional de Ingeniero en Recursos Naturales Renovables; El funcionamiento de las Plantas de Tratamiento de Aguas Servidas (PTAS) provoca la emisión a la atmósfera de gases odorantes, que podrían afectar a las comunidades vecinas a éstas. Por ello, en el presente estudio se aplicó el modelo gaussiano de dispersión atmosférica ISC AERMOD para la simulación de olores, en base a las unidades de olor europeas definidas en la Norma Europea EN 13725:2003, a fin de evaluar eventos de olores en comunidades cercanas a la Planta de Tratamiento de Aguas Servidas La Farfana. Se trabajó con datos meteorológicos como dirección y velocidad de vientos, radiación global, temperatura, humedad relativa, precipitación, presión atmosférica, cobertura y altura de nubes. Además, de características topográficas representado por un Modelo Digital de Elevación de la zona y las características de las fuentes. En tanto, la cuantificación de las tasas emisiones de olor de las fuentes fue estimada a través de la técnica de olfatometría dinámica. Los resultados del modelo fueron comparados con mediciones en terreno de tipo sensorial (paneles de olor y monitoreo continuo). Estas simulaciones concordaron con ambas mediciones en terreno...

Respuesta conductual y fisiológica de machos de sierra del manzano, Callisphyris apicicornis (Coleoptera: Cerambycidae), a volátiles de hembras vírgenes

Rodríguez Robayo, Dolly Esperanza
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
27.33%
Tesis presentada para optar al Grado de Magíster en Ciencias Agropecuarias Mención Sanidad Vegetal; Autorizada por el autor, pero con restricción para ser publicada a texto completo hasta abril 2014; La Sierra del Manzano, Callisphyris apicicornis (Coleoptera: Cerambycidae), es un insecto nativo de Chile, también presente en Argentina. Esta especie es considerada plaga importante de muchos cultivos frutales y plantas ornamentales. El daño es provocado por las larvas que se alimentan de la madera, pudiendo llegar a causar la muerte de las plantas. En el presente trabajo se llevaron a cabo bioensayos de laboratorio y de campo para comprobar la existencia de una feromona sexual que media el comportamiento de los machos de C. apicicornis en la ubicación del compañero sexual. Para tal fin se evaluaron respuestas fisiológicas electroantenográficas y respuestas conductuales en bioensayos olfatométricos y en campo. Las mayores respuestas fisiológicas, expresadas como respuesta eléctrica relativa (RER), se obtuvieron con los tratamientos de los volátiles obtenidos de aireaciones de hembras y de extractos de glándulass, sin diferencias estadísticas entre ellos. Por otra parte, el tratamiento espiroacetal, un compuesto identificado previamente como eventual feromona de la especie...

Avalação de maus odores de emissões gasosas provenientes da suinocultura; .

Belli Filho, Paulo; Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental - UFSC; Martin, Guy; École Nationale Supérieure de Chimie de Rennes
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1998 POR
Relevância na Pesquisa
27.33%
A olfatometria vem se tornando uma ferramenta de avaliação de qualidade do ar para regiões sob a influência de emissões de maus odores provenientes de indústrias, estações de tratamento de efluentes líquidos, aterros sanitários, manejo dos dejetos de animais, entre outros. Neste trabalho são discutidas as bases científicas deste método e suas potencialidades de aplicações. As análises das amostras de emissões gasosas ou do ar são realizadas através de um júri de pessoas selecionadas e treinadas para as avaliações, podendo ser identificados os pontos críticos de uma região e os níveis de incômodos. As avaliações são realizadas pela determinação da intensidade odorante e/ou o fator de diluição do limite de percepção olfativo (K50), respectivamente em comparação com soluções de referências (1-butanol ou piridina) e com um olfatômetro. Neste artigo são apresentados os resultados de estudos sobre os odores relacionados com os dejetos de suínos.; Olfactometry is becoming a tool for evaluation of air quality in areas exposed to unpleasant odour that emanates from industries, sewage treatment plants, solid waste landfills and animal waste handling, among others. The scientific basis of this method as well as its potential use are discussed here. Analyses of samples of either gas emission or the air are carried out by a jury of people selected and trained to make such evaluations...

Modificación de olfatómetros de cuatro brazos para experimentación en broca del café, Hypothenemus hampei Ferrari (Coleoptera: Curculionidae)

Pacheco,Arturo; Blanco-Metzler,Helga; Mora,Rebeca
Fonte: Agronomía Costarricense Publicador: Agronomía Costarricense
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 ES
Relevância na Pesquisa
27.33%
La broca del café Hypothenemus hampei (Ferrari) es considerada la plaga de mayor importancia en el cultivo del café a nivel mundial. Al igual que muchos otros insectos, el comportamiento de la broca se ve modificado por distintas señales olfativas, lo cual ha impulsado la investigación en el campo de la olfatometría, por medio de una gran variedad de estrategias y alternativas. En este experimento se evaluaron 2 diseños innovadores de olfatómetros de flujo de aire de 4 vías para experimentación en H. hampei. Estos fueron fabricados totalmente en cristal y difieren entre ellos por la distribución angular de los brazos distribuidores de flujos de aire y la zona de ingreso y adaptación de los insectos al olfatómetro. Para evaluar la funcionalidad de estos diseños se utilizó, como atrayente de acción conocida, una mezcla de metanol-etanol 3:1 y se evaluó la cantidad de hembras adultas atraídas al tratamiento en cada olfatómetro. En el olfatómetro de 90° los insectos se vieron claramente atraí- dos al brazo que contenía el atrayente, con un porcentaje del 45%, mientras que el olfatómetro de 30° tan solo alcanzó un 1,5% de atracción. Las observaciones realizadas durante estas pruebas dejaron en evidencia que las estrategias de ingreso de los insectos a los olfatómetros y el área de ambientación influyeron de manera importante en estos resultados. En una segunda etapa se evaluó el olfatómetro de 90º...