Página 1 dos resultados de 89 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Perfil da demanda em um serviço de Oftalmologia de atenção primária; Demand profile in an Ophthalmologic primary care service

VARGAS, Márcia Abelin; RODRIGUES, Maria de Lourdes Veronese
Fonte: Sociedade Brasileira de Oftalmologia Publicador: Sociedade Brasileira de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
15.81%
OBJETIVO: Para melhorar os serviços de saúde é importante conhecer o perfil da demanda. Para isso, buscou-se: 1) Identificar os principais motivos de procura por atendimento oftalmológico em Unidade de Atenção Primária; 2) Analisar as frequências dos diagnósticos,bem como os motivos de encaminhamento de pacientes para outros serviços de Oftalmologia. MÉTODOS: Estudo descritivo e retrospectivo de 1.010 pacientes atendidos durante o período de 6 meses. Parâmetros: idade e sexo do paciente, motivo da consulta,diagnóstico (CID-10) e frequência de encaminhamentos. Os dados foram obtidos através da análise dos prontuários e das fichas de atendimento com os registros do CID-10. Alguns pacientes, de ambos os gêneros, apresentavam alterações anatômico-funcionais que foram agrupadas em mais de um grupo de diagnóstico. RESULTADOS: Houve um predomínio do sexo feminino (61,5%) e da faixa etária de 10 a 19 anos de idade (16,7%), seguida do grupo de pacientes entre 40 a 49 anos de idade (16,5%). O principal motivo da consulta foi a baixa de acuidade visual (37,4%), seguida da revisão dos óculos (19,0%). Também foram frequentes a queixa de cefaléia (15,8%), prurido (10,4%), ardência / irritação (7,8%) e olho vermelho (7...

Perfil clínico e epidemiológico das urgências oculares em pronto-socorro de referência; A clinical and epidemiological profile of ocular emergences in a reference emergency center

CECCHETTI, Daniel Felipe Alves; CECCHETTI, Sheila Andrade de Paula; NARDY, Ana Carolina Tremeschini; CARVALHO, Samuel Correa; RODRIGUES, Maria de Lourdes Veronese; ROCHA, Eduardo Melani
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
15.81%
OBJETIVOS: Avaliar aspectos epidemiológicos dos traumas oculares num pronto-socorro de referência. MÉTODOS: O estudo teve dois grupos distintos de indivíduos: no primeiro (A) composto por vítimas de trauma ocular, em que 1.483 pacientes atendidos consecutivamente ao longo de 2003 tiveram os dados epidemiológicos analisados, e o segundo (B), em que 133 pacientes tiveram aspectos clínicos e fatores de risco e de proteção analisados consecutivamente por meio de questionário padrão, de 17 de maio a 28 de junho de 2004. RESULTADOS: No levantamento A, a maioria dos pacientes era do sexo masculino (1.314 ou 89%). Os traumas por corpos estranhos (CE) da superfície ocular foram os mais comuns, respondendo por 863 (58%) casos. O levantamento B mostrou que a proteção ocular foi usada em apenas 17% (22) dos pacientes. Os acidentes geralmente ocorreram no local de trabalho 70% (93), e o domicílio foi o segundo local de maior freqüência (22%). Ainda no levantamento B, 34% dos entrevistados tinham acidentes oculares prévios. CONCLUSÕES: O perfil dos pacientes vítimas de trauma ocular no presente estudo observou a maior ocorrência entre homens e de acidentes por corpos estranhos. O uso de proteção ocular ainda é incipiente e...

Estudo comparativo entre imagens ultra-sonográficas obtidas com sondas de 10MHz e 20 MHz na avaliação de anormalidades do segmento posterior do globo ocular; Comparative study of ultrasound images obtained with 10MHz and 20 MHz probes in the evaluation of the abnormalities of the posterior segment of the globe

MENDES, Marcio Henrique; BETINJANE, Alberto Jorge; CAVALCANTE, Adhele Furlani de Sá; CASTANHEIRA, Vera Regina Cardoso; CHENG, Cheng Te; CARANI, José Carlos Eudes
Fonte: Sociedade Brasileira de Oftalmologia Publicador: Sociedade Brasileira de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
16.11%
A ecografia se constitui em método importante na avaliação de anormalidades do segmento posterior do globo ocular. OBJETIVO: Comparar as vantagens e desvantagens da sonda de 10 e 20 MHz da ultra-sonografia B-scan, na avaliação de imagens do segmento posterior do globo ocular. MÉTODOS: Pacientes acompanhados no ambulatório do Hospital das Clínicas da USP (HCFMUSP) entre fevereiro de 2006 e abril de 2007 foram submetidos a exame ultra-sonográfico usando o aparelho CINE-Scan® (Quantel Medical Inc.) com sondas de 10 e 20 MHz. Os pacientes foram examinados por três oftalmologistas experientes, em decúbito dorsal, após instilação de colírio de tetracaína a 1%, inicialmente com a sonda sobre as pálpebras e em seguida diretamente em contato com a esclera ou córnea. As imagens obtidas com sondas de 10 e 20 MHz foram comparadas entre si, durante e após a realização do exame. RESULTADOS: A sonda de 20 MHz mostrou-se superior na avaliação da detecção, forma e limites de estruturas do pólo posterior e a de 10 MHz avaliou com mais detalhes o humor vítreo. Não foram encontradas diferenças nas imagens obtidas com exame transpalpebral ou transescleral com a sonda de 10 MHz. Com a sonda de 20 MHz, as imagens obtidas em contato direto com o globo ocular apresentaram melhor qualidade. CONCLUSÕES: As sondas de 10 e 20 MHz têm diferentes intervalo de alcance ideal...

Avaliação biomecânica de córneas de suínos por meio da microscopia de força atômica; Biomechanical analysis of porcine corneas using atomic force microscopy

Leandro, Daniela de Castro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
15.81%
Atualmente, a avaliação das propriedades biomecânicas da córnea vem sendo considerada um parâmetro importante a ser determinado, uma vez que está relacionado a diversos procedimentos (diagnósticos e cirúrgicos) e oftalmopatias. Devido à complexa disposição de suas lamelas, o estroma corneal é considerado a camada que exerce maior influência sobre as propriedades elásticas da córnea. A busca por modelos experimentais no estudo das propriedades biomecânicas da córnea têm aumentado ultimamente, devido à dificuldade em se obter amostras de córnea humana para fins científicos. Logo, estudos comparativos entre a córnea humana e a suína vêm sendo desenvolvidos, e algumas similaridades foram identificadas entre estas duas espécies. O presente estudo tem como objetivo avaliar as propriedades biomecânicas de diferentes regiões da córnea suína por meio da microscopia da força atômica. Dezesseis bulbos oculares não escaldados, de oito animais da espécie suína, foram adquiridos em frigorífico local. Animais de diferentes raças, faixas de peso e idade foram utilizados neste estudo. Bulbos oculares frescos foram submetidos ao debridamento da camada epitelial da córnea, sendo posteriormente imersos em solução de dextran a 25%. Mensurações da paquimetria corneal em regiões central...

Efeitos da poluição atmosférica na superfície ocular; Effects of air pollution on the ocular surface

Novaes, Priscila
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
15.81%
Objetivo: Avaliar os efeitos de diferentes níveis de exposição ambiental sobre a superfície ocular, por meio da análise histológica da superfície ocular e da avaliação de parâmetros clínicos. Métodos: Etapa 1: Foram selecionados 29 voluntários, em duas localidades diferentes: São Paulo (n=13) e Divinolândia (n=16). Foram avaliadas medidas individuais de exposição ao dióxido de Nitrogênio (NO2) atmosférico e a citologia de impressão de conjuntiva tarsal inferior. Avaliou-se a exposição individual ao NO2 por 7 dias consecutivos, usando um sistema de medida passivo. Foram coletados espécimes de citologia de impressão de conjuntiva tarsal inferior. Foram realizados comparações entre o número de células caliciformes e os níveis de NO2 entre os dois grupos e individualmente. Etapa 2: Foram avaliados 55 voluntários, residentes em São Paulo. Foram medidos os níveis de exposição individual ao NO2, e foi realizada uma avaliação subjetiva de sintomas oculares (OSDI e freqüência de sintomas de desconforto ocular); teste de Schirmer I, biomicroscopia, coloração com fluoresceína e rosa bengala, e medida do TRFL, que foram comparados posteriormente por meio de análise estatística. Resultados: Etapa 1: Os níveis de exposição individual ao NO2 em São Paulo(média=32...

Efeitos de níveis elevados de poluição atmosférica na superfície ocular de controladores de tráfego e taxistas na cidade de São Paulo; Effects of high levels of environmental air pollution on ocular surface of traffic controllers and taxi drivers in Sao Paulo city

Torricelli, André Augusto Miranda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
15.81%
Objetivo: Avaliar os efeitos de níveis altos de poluição ambiental do ar na superfície ocular de controladores de tráfego e taxistas da cidade de São Paulo, incluindo avaliação de sinais e sintomas, da osmolaridade lacrimal e da quantidade de células caliciformes obtidas na citologia de impressão conjunctival. Verificar a correlação destes achados entre si e com os níveis de dióxido de nitrogênio (NO2), e de material particulado menor que 2,5 ?m (PM2,5) a que foram expostos. Métodos: Taxistas e controladores de tráfego de São Paulo, Brasil participaram do estudo. Foram mensuradas as médias individuais de 24 horas de exposição ao NO2 e ao PM2,5 em quatro diferentes ocasiões. Na primeira e terceira visitas, os indivíduos foram submetidos ao questionário Ocular Surface Disease Index (OSDI), avaliação na lâmpada de fenda, estimação do tempo de ruptura do filme lacrimal (TRFL), teste de Schirmer e tingimento com corantes vitais da córnea e conjuntiva. Na segunda e quartas visitas, amostras de lágrima foram coletadas do olho direito para análise da osmolaridade, enquanto amostras de citologias de impressão conjuntivais foram coletadas do olho esquerdo. Para estimar os efeitos dos poluentes (PM2,5 e NO2) nos desfechos ao longo do período do estudo adotamos equações de estimativas generalizadas considerando efeitos fixos para medidas repetidas. Correlações entre os níveis de NO2 ou PM2...

Atendimento clínico-oftalmológico a pacientes diabéticos da comunidade do município de Viamão

Esteves, Jorge Freitas; Scocco, Caio Augusto; Wainberg, F.C.; Roggia, Murilo Felix; Osowski, Luiz Eduardo; Laranjeira, Andréia F.
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
15.81%

Avaliação clínico-oftalmológica a pacientes diabéticos do município de Riozinho

Esteves, Jorge Freitas; Scocco, Caio Augusto; Wainberg, F.C.; Roggia, Murilo Felix; Osowski, Luiz Eduardo; Laranjeira, Andréia F.
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
15.81%

Atendimento clínico-oftalmológico a pacientes diabéticos da comunidade sanitária Jardim Leopoldina : Porto Alegre

Esteves, Jorge Freitas; Scocco, Caio Augusto; Wainberg, F.C.; Roggia, Murilo Felix; Osowski, Luiz Eduardo; Laranjeira, Andréia F.
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
15.81%

Manifestações oculares na Síndrome de Down

Pandolfo, Maria L. L.; Machado, P. R.; Lavinsky, Daniel; Lavinsky, Jacó
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
15.81%

Comportamento da pressão intraocular nas uveítes

Sumino, K.; Stolz, Andressa Prestes; Mallmann, Felipe; Wechsler, Décio Wolff; Menegaz, Beatriz; Melamed Cattan, Jacobo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
15.81%

Olho vermelho na prática clínica

Carvalho, Juliana Oliveira de; Pandolfi, Daniel Lubisco; Lazzaretti, Gabrielle; Fortes Filho, João Borges
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
15.81%

Catarata em cães

Camaratta, Priscila da Rosa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
15.81%
A transparência dos meios oculares é requisito fundamental para uma boa visão, uma vez que eles devem ser atravessados pelos raios luminosos, alcançando a retina sem perdas significantes de energia. A lente apresenta importante função, por ser uma estrutura altamente transparente e com grande poder de convergência da imagem sobre a retina. Catarata é a denominação dada à opacidade da lente ou de sua cápsula, é a doença mais comum causadora de cegueira tratável em cães. Suas causas são diversas e seu tratamento é unicamente cirúrgico, tendo o objetivo de reconstituir a visão e evitar complicações secundarias. A taxa de sucesso da cirurgia de remoção de catarata tem aumentado nas últimas décadas, especialmente com a introdução da facoemulsificação. Esta técnica é a mais comumente usada para remoção de cataratas em cães. Considerando-se o aumento da expectativa de vida dos cães devido à importância e maiores cuidados proporcionados por seus proprietários e, por esta doença ser muito comum em cães idosos, este tema tem despertado interesse. Objetivou-se no presente trabalho realizar uma revisão bibliográfica sobre a catarata em cãaes.; Transparency in the eye environment is a fundamental requisite for a good sight...

Ceratoconjuntivite seca em cães

Freitas, Luciana Vicente Rosa Pacicco de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
15.81%
A ceratoconjuntivite seca é uma doença comum em cães que pode ocorrer devido à deficiência quantitativa ou qualitativa do filme lacrimal pré-corneano, ou ainda por uma combinação de ambas. Em casos de deficiência quantitativa há uma diminuição na porção aquosa da lágrima. Já os casos de deficiência qualitativa são caracterizados por anormalidades nas porções lipídica e/ou mucosa do filme lacrimal pré-corneano. Esta afecção também pode ocorrer em indivíduos da espécie humana, gatos e eqüínos. No cão, a ceratoconjuntivite seca possui diversas etiologias, porém, acredita-se que a causa imunomediada seja a mais comum. Esta afecção é geralmente bilateral, e apresenta como principais sinais clínicos desconforto ocular, fotofobia, blefarospasmo, opacificação da córnea, secreção ocular, hiperemia conjuntival, ceratite pigmentar, vascularização e úlceras corneanas. O diagnóstico é baseado no histórico, nos sinais clínicos, na coloração ocular positiva com corantes vitais e Teste Lacrimal de Schirmer reduzido. O meio primário de tratamento dessa doença é medicamentoso, através da utilização de agentes imunomoduladores, antiinflamatórios, antibióticos, mucolíticos e substitutos da lágrima. Os casos que não respondem à terapia medicamentosa devem ser avaliados antes de serem submetidos a tratamento cirúrgico. O presente trabalho objetiva realizar uma revisão bibliográfica e relatar um caso clínico referente a este assunto.; Keratoconjunctivitis sicca is a common disease in dogs that can occur due to quantitative or qualitative deficiency of the pre-ocular tear film...

Úlcera de córnea profunda em cães

Bercht, Bernardo Stefano
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
15.81%
As úlceras de córnea são uma das causas mais comuns de doença ocular que ocasionam a perda de visão nos cães. A etiologia desta enfermidade compreende os diversos tipos de trauma, produção lacrimal inadequada, lesões químicas, função palpebral inadequada, defeitos palpebrais, invasão ou resposta imunológica inadequada aos microorganismos e doença alérgica, metabólica, endócrina, neurotrófica e idiopática. A córnea é a estrutura mais externa do globo ocular, avascular, completamente transparente e em conjunto com o cristalino faz a convergência dos raios luminosos até a retina. Logo, a visão e o globo podem ser comprometidos por cicatrizes corneanas e por perfurações que culminam em sinéquia anterior, endoftalmite, colapso de câmara anterior, glaucoma e atrofia de corpo ciliar. Os sinais clínicos da enfermidade são caracterizados por desconforto e dor ocular, fotofobia, blefaroespasmo, descarga ocular, epífora e perda da transparência corneana. O diagnóstico será baseado nos sinais clínicos, nos resultados obtidos no exame ocular completo e na avaliação da integridade da córnea com o uso de corantes. O tratamento visa salvar o globo ocular, preservando a visão e a função da córnea. Serão utilizadas técnicas cirúrgicas e diversos medicamentos para auxiliar a cicatrização e impedir ou tratar a multiplicação e invasão de microorganismos. Neste trabalho será revisado a anatomia e fisiologia corneana...

Prevalência das ametropias e oftalmopatias em crianças pré-escolares e escolares em favelas do Alto da Boa Vista, Rio de Janeiro, Brasil

Couto Júnior,Abelardo de Souza; Pinto,Guilherme Ramos; Oliveira,Daniel Almeida de; Holzmeister,Dieniffer; Portes,André Luiz Freire; Neurauter,Rogério; Portes,Arlindo José Freire
Fonte: Sociedade Brasileira de Oftalmologia Publicador: Sociedade Brasileira de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.37%
OBJETIVO: Estabelecer a prevalência das ametropias e oftalmopatias, no ano de 2001, em população pré-escolar e escolar de favelas do Alto da Boa Vista, Rio de Janeiro, Brasil. MÉTODOS: Estudo observacional do tipo transversal, durante campanha de saúde ocular na rede pública de ensino. Crianças com acuidade visual inferior a 0,8 ou com anormalidades foram triadas por voluntários treinados para serem avaliadas por oftalmologistas no Instituto Benjamin Constant. RESULTADOS: Foram avaliadas 1800 crianças no total. Destas, 306 (17,00 % do total) foram encaminhadas ao IBC. Houve 183 (10,17% do total e 59,80% das triadas) que receberam alta por apresentarem visão melhor que 0,8. A prevalência dos erros refrativos foi de 3,50% (ametropias positivas , 1,78%; ametropias negativas, 1,06% e astigmatismos mistos, 0,67%). A prevalência das oftalmopatias foi de 4,83%. (ambliopia teve prevalência de 2,00%, manifestações do estrabismo, 1,72% e outras causas 1,11%.) CONCLUSÃO: Demonstrou-se a prevalência dos principais distúrbios oftalmológicos infantis nas favelas do Alto da Boa Vista e ressaltou-se a necessidade de campanhas para bom êxito no desenvolvimento da acuidade visual das crianças.

Estudo comparativo entre imagens ultra-sonográficas obtidas com sondas de 10MHz e 20 MHz na avaliação de anormalidades do segmento posterior do globo ocular

Mendes,Marcio Henrique; Betinjane,Alberto Jorge; Cavalcante,Adhele Furlani de Sá; Castanheira,Vera Regina Cardoso; Cheng,Cheng Te; Carani,José Carlos Eudes
Fonte: Sociedade Brasileira de Oftalmologia Publicador: Sociedade Brasileira de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2009 PT
Relevância na Pesquisa
16.11%
A ecografia se constitui em método importante na avaliação de anormalidades do segmento posterior do globo ocular. OBJETIVO: Comparar as vantagens e desvantagens da sonda de 10 e 20 MHz da ultra-sonografia B-scan, na avaliação de imagens do segmento posterior do globo ocular. MÉTODOS: Pacientes acompanhados no ambulatório do Hospital das Clínicas da USP (HCFMUSP) entre fevereiro de 2006 e abril de 2007 foram submetidos a exame ultra-sonográfico usando o aparelho CINE-Scan® (Quantel Medical Inc.) com sondas de 10 e 20 MHz. Os pacientes foram examinados por três oftalmologistas experientes, em decúbito dorsal, após instilação de colírio de tetracaína a 1%, inicialmente com a sonda sobre as pálpebras e em seguida diretamente em contato com a esclera ou córnea. As imagens obtidas com sondas de 10 e 20 MHz foram comparadas entre si, durante e após a realização do exame. RESULTADOS: A sonda de 20 MHz mostrou-se superior na avaliação da detecção, forma e limites de estruturas do pólo posterior e a de 10 MHz avaliou com mais detalhes o humor vítreo. Não foram encontradas diferenças nas imagens obtidas com exame transpalpebral ou transescleral com a sonda de 10 MHz. Com a sonda de 20 MHz, as imagens obtidas em contato direto com o globo ocular apresentaram melhor qualidade. CONCLUSÕES: As sondas de 10 e 20 MHz têm diferentes intervalo de alcance ideal...

Prevalência de ametropias e oftalmopatias no quilombo São José da Serra - Valença - RJ

Couto Jr.,Abelardo Souza; Oliveira,Daniel Almeida de; Cardoso,Ioury Alcidia Guimarães; Amaral,Joana Mello; Medrado,Marcelo de Oliveira; Gobetti,Thiago Capilla; Rios,Artur Guedes; Calafiori,Ícaro Guilherme Donadi Ferreira; Queiroz,Phellipe Proence Pereir
Fonte: Sociedade Brasileira de Oftalmologia Publicador: Sociedade Brasileira de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.37%
OBJETIVO: Determinar a prevalência das ametropias e oftalmopatias na população do Quilombo São José da Serra - Valença - RJ. MÉTODOS: Foram examinados 92 indivíduos de uma população de 102 pessoas da comunidade Quilombola em São José da Serra. Todos foram submetidos à avaliação oftalmológica completa, incluindo anamnese, ectoscopia ocular, medida da acuidade visual, teste de estereopsia, reflexo vermelho, cobertura monocular, Hirschberg, refração objetiva, subjetiva, biomicroscopia, tonometria de aplanação de GoldmannR, tonometria de sopro e fundoscopia direta ou binocular indireta usando lente de 20D. RESULTADOS: Foram examinados cerca de 90,19% da população quilombola, sendo 61,95% do sexo feminino e 38,04% do sexo masculino. A idade variou de 6 meses a 89 anos. Foram encontrados ametropias com necessidade de correção óptica em 23,91% dos indivíduos sendo mais frequente a presbiopia associada à hipermetropia, miopia e/ou astigmatismo com prevalência de 59,09% dos indivíduos examinados, seguido da presbiopia isolada em 22,72%, do astigmatismo hipermetrópico em 13,63% e do astigmatismo miópico em 4,54% dos examinados. Em relação às oftalmopatias encontraram-se catarata senil em 7,61%, ambliopia refracional em 6...

Tomografia óptica coerente em pacientes submetidos a cirurgia de catarata

Moreira Neto, Carlos Augusto
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 61 f. : il. algumas color., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
16.11%
Orientadora: Profª. Drª. Ana Tereza Ramos Moreira; Co-orientador: Prof. Dr. Carlos Augusto Moreira Júnior; Co-orientador: Prof. Dr. Jorge Eduardo Fouto Matias; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Clínica Cirúrgica. Defesa: Curitiba, 22/05/2015; Inclui referências; Área de concentração : Clinica cirurgia; Resumo: Objetivos: Avaliar a capacidade da tomografia ocular de coerência de domínio espectral (SD/FD-OCT) diagnosticar alterações maculares no pré e pós operatório da cirurgia de catarata e a variação da espessura foveal central (EFC) de acordo com a idade, sexo, presença ou não de oftalmopatias associadas, pelo período de 6 meses após a cirurgia. Métodos: Estudo prospectivo com pacientes avaliados pela SD/FD-OCT no pré-operatorio (5 horas antes da cirurgia) e 7, 30, 60, 90 e 180 dias após, no que se refere à EFC e presença de maculopatia. Resultados: Foram avaliados 98 olhos de 98 pacientes, 35 homens e 63 mulheres. O estudo mostrou a seguintes médias: idade = 71,4 anos, AV pré-operatória = 0,27, AV final = 0,73. Vinte-um olhos eram de pacientes com diabete mellitus, 10 apresentavam DMRI, 3 com membrana epi-retiniana e 4 tinham glaucoma. Sessenta olhos apresentavam-se normais...

Proposta de aprimoramento das técnicas de diagnóstico oftalmológico para motoristas profissionais no Brasil; Proposal for improvement of ophthalmological diagnostic techniques for professional drivers in Brazil

Sá, Eduardo Costa; Lessa, Gustavo Ferreira; Rachkorsky, Luiz Lippi
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ART.; Formato: application/pdf
Publicado em 25/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
26.11%
Introdução: Entre os acidentes automobilísticos que ocorrem em vias públicas, uma parte também pode ser considerada acidentes de trabalho, haja vista que a maioria dos envolvidos se encontra a serviço das empresas. O principal sistema orgânico utilizado no ato de dirigir é o sentido da visão, devendo este ser bem avaliado na obtenção e renovação da habilitação de motoristas profissionais. As estatísticas brasileiras apontam para um aumento global do número de óbitos por acidentes de trânsito, especialmente entre motoristas profissionais de veículos de grande porte entre 1998 e 2008. Em comparação com os Estados Unidos, o Brasil apresenta um maior índice global de óbitos no trânsito. Pela importância social e econômica desse grupo de motoristas, faz-se necessária a realização de uma avaliação oftalmológica mais estrita que na população em geral. Objetivos: Discutir sobre as diferenças entre os índices mínimos exigidos no exame oftalmológico para obtenção e renovação da carteira de habilitação profissional no Brasil e propor aprimoramento das técnicas de diagnóstico oftalmológico em motoristas profissionais no Brasil. Materiais e Métodos: Foi realizada uma revisão bibliográfica nas bases de dados Pubmed e SciELO em que foram selecionados os artigos publicados em português e inglês entre 1980 e 2011. As palavras-chave utilizadas foram: Técnicas de diagnóstico oftalmológico (Ophthalmological diagnostic techniques)...