Página 1 dos resultados de 113 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Recobrimentos conjuntivais em cães e gatos

Albuquerque, Luciane
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.19%
A córnea representa a porção mais externa do bulbo ocular e, devido à sua localização, está frequentemente sujeita a processos lesivos. A úlcera de córnea, também denominada ceratite ulcerativa, é uma das doenças de maior ocorrência na Medicina Veterinária e pode levar à perda da visão caso não receba o tratamento adequado. A etiologia dessa enfermidade é variada e dependendo da gravidade da lesão, apenas a terapia medicamentosa não é suficiente, sendo necessário o tratamento cirúrgico concomitante. Vários são os procedimentos cirúrgicos sugeridos para o tratamento das lesões de córnea, tais como os pedículos conjuntivais, tarsorrafia, recobrimento com a terceira pálpebra, uso de membrana amniótica, adesivos biológicos, ou sintéticos, e transplantes de córnea. O recobrimento conjuntival consiste na transposição do tecido da conjuntiva adjacente sobre a lesão da córnea e tem como principais objetivos promover a proteção e a cicatrização da ferida. Os recobrimentos conjuntivais se diferenciam em recobrimentos de 360º, 180º, pediculado, em ponte, ou livre. O presente trabalho objetiva descrever o procedimento cirúrgico para a realização dos recobrimentos conjuntivais, bem como as suas principais indicações e complicações.; The cornea is the outer portion of the eyeball and...

Uveíte em felinos domésticos: uma revisão bibliográfica

Klingner, Elizabeth dos Reis
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.54%
Dentre as afecções oculares na espécie felina, a inflamação da úvea é a principal e tem grande importância na oftalmologia veterinária. Pois, inúmeras são as etiologias, incluindo causas idiopática, infecciosa e não infecciosa. O diagnóstico preciso é de suma importância para um adequado tratamento, visto que a uveíte comumente é secundária a alterações sistêmicas. Objetivou-se, neste trabalho, realizar uma revisão bibliográfica sobre uveíte em felinos, abordando sobre a etiologia, os sinais clínicos, o diagnóstico e o tratamento.; Among the eye diseases in the feline species, inflammation of the uvea is the principal and has great importance in veterinary ophthalmology. For there are countless etiologies, including idiopathic causes, infectious and noninfectious. Accurate diagnosis is an important factor for adequate treatment, since uveitis is usually secondary to systemic diseases. The objective of this paper is to describe an extensive literature review on uveitis in cats, focusing on the etiology, clinical signs, diagnosis and treatment.

Uso do retalho axial Oris angularis em defeitos palpebrais, associado ou não a aplicação de terapia por ondas de choque extracorpóreas

Sereno, Maria Guadalupe
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 126 f.
POR
Relevância na Pesquisa
36.19%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Medicina Veterinária - FMVZ; O comprometimento anatômico e funcional das pálpebras, por afecções congênitas ou adquiridas, pode repercutir na integridade do bulbo ocular. Entre as técnicas de cirurgia reconstrutivas disponíveis, os retalhos de padrão axial têm a vantagem de possuir o suprimento sanguíneo intrínseco, assegurando irrigação adequada. Quando há a possibilidade de complicações isquêmicas, a aplicação da terapia por ondas de choque extracorpóreas (TOCE) é descrita como técnica de salvamento de retalhos. Na literatura veterinária consultada não há relatos da utilização do retalho de padrão axial oris angularis para a reconstrução palpebral, assim como da aplicação da TOCE como técnica de salvamento do mesmo na região facial periorbitária. O presente trabalho tem como objetivos avaliar a utilização do retalho axial oris angularis, na reconstrução de defeitos experimentais da pálpebra inferior de cães e verificar a atuação da terapia por ondas de choque extracorpóreas (TOCE) nos retalhos, bem como comparar os resultados clínicos e oftalmológicos do retalho com e sem a aplicação da terapia por ondas de choque. Foram utilizados oito cães...

Implante de cimento de alfa-fosfato tricálcico de dupla pega munido de canais de interconexão em órbita de coelhos

Gomes Junior, Deusdete Conceição
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xii, 47 p. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
46.39%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Cirurgia Veterinária - FCAV; Os implantes oculares são empregados após a remoção do bulbo do olho ou seu conteúdo, visando a manutenção do volume orbitário e a posterior colocação de prótese ocular. Estes são classificados como integráveis ou não integráveis, quando permitem ou não a infiltração de tecido fibrovascular do hospedeiro, respectivamente. Considerando a cirurgia protética como procedimento de relevância na oftalmologia veterinária e humana, buscou-se com a pesquisa avaliar macroscopicamente e por microscopia eletrônica de varredura as esferas do cimento de -fosfato tricálcico de dupla pega munido de canais de interconexão, assim como a integração do implante com o tecido orbital de coelhos, por meio de análise macroscópica e histopatológica. Doze animais compuseram o grupo experimental, sendo submetidos a enucleação do olho esquerdo e inserção do implante. Os períodos de avaliação foram 15, 45, 90 e 180 dias de pós-operatório, com exenteração da órbita de três animais, por período, para análise histopatológica. A microarquitetura das esferas caracterizou-se pela formação de colunas de cristais hexagonais e microporos medindo de 1...

Avaliação ultrassonográfica do bulbo ocular em cães submetidos à facectomia por facoemulsificação com ou sem implante de lente intraocular

Pavan, Priscila Teodoro
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 89 f.
POR
Relevância na Pesquisa
36.28%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Medicina Veterinária - FMVZ; O exame ultrassonográfico tem sido utilizado para diagnóstico das doenças oftálmicas humanas desde 1956, já em Medicina Veterinária o seu uso foi somente descrito em 1968; ainda tem sido muito pouco empregado para auxílio no pósoperatório de catarata, onde possui grande importância no diagnóstico de alterações decorrentes da facectomia. O presente trabalho teve por objetivo descrever e comparar as alterações ultrassonográficas encontradas em bulbos oculares de cães submetidos à facectomia por facoemulsificação, com ou sem implante de lente intraocular (LIO), no intuito de auxiliar no diagnóstico de possíveis alterações decorrentes do procedimento cirúrgico e do implante da LIO, bem como sua correspondência com alterações clínicas. Foram utilizados 19 cães machos e fêmeas portadores de catarata já operados, de várias raças e idades, saudáveis, não diabéticos e submetidos à facectomia por facoemulsificação, resultando em 21 bulbos oculares avaliados. Os animais inicialmente foram submetidos a exame oftálmico completo, em ambiente de baixa luminosidade, e em seguida ao exame ultrassonográfico. Foram constituídos três grupos: um de 11 bulbos oculares...

Análise da fórmula SRK/T no cálculo de lente intra-ocular em cães portadores de catarata

Peixoto, Tiago Palmeira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 54 f.
POR
Relevância na Pesquisa
36.19%
Pós-graduação em Medicina Veterinária - FMVZ; A cirurgia de extração de catarata é uma realidade freqüente na Oftalmologia Veterinária, que o avanço das técnicas e materiais utilizados torna possível a tentativa da recuperação visual, visando um olho emétrope. No presente estudo foram utilizados 20 animais da espécie canina (Canis familiaris - LINNAEUS, 1758) de raças e idades variadas, machos e fêmeas, portadores de catarata e não diabéticos, os quais foram submetidos ao exame oftálmico completo. Posteriormente realizaram-se mensurações oculares por meio de um ecobiômetro ultra-sônico (ultra-sonografia modo-A) para o cálculo do poder da lente intra-ocular através da fórmula SRK/T obtendo uma média de comprimento axial de 19,94l1,12mm. A lente calculada foi implantada no trans-operatório da cirurgia de catarata chegando em uma média de 37,33l3,05 dioptrias. Todos os animais foram submetidos a facoemulsificação, sendo divididos em dois grupos; G1 (com lente intra-ocular) e G2 (sem lente intra-ocular). A avaliação pós-cirúrgica do erro refracional, realizada nos animais operados aos 60 dias de pós-operatório pela retinoscopia, com a utilização da esquiascopia, foi de 5,57l1,59D verificando-se que a fórmula SRK/T não obteve um bom desempenho.; Cataract surgery is a frequent reality in veterinary ophthalmology...

Avaliação do erro refracional por retinoscopia com luz em faixa em cães fácicos, afácicos e pseudofácicos

Mobricci, Luciana de Albuquerque Lima
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 138 f.
POR
Relevância na Pesquisa
36.44%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Medicina Veterinária - FMVZ; A avaliação da refração ocular é recomendada nos exames de triagem para seleção de animais em funções específicas, assim como para a correção de ametropias em animais fácicos, afácicos e pseudofácicos. Atualmente, em Medicina Veterinária, grande polêmica tem-se observado em relação à utilização de lentes intra-oculares para restauração da emetropia, após remoção da catarata. O presente estudo teve como objetivo a avaliação do erro refracional em cães submetidos ou não à facectomia, por meio de retinoscopia com luz em faixa. Os cães incluídos foram machos e fêmeas, normais e portadores de catarata, não diabéticos, subdivididos em quatro grupos de 10 cães, designados por CF (cães fácicos), CA (cães afácicos), PP (cães pseudofácicos com implante de duas lentes intra-oculares humanas em piggyback) e PL (cães pseudofácicos com implante de uma lente intra-ocular veterinária de 41 D); a técnica cirúrgica adotada para remoção da catarata foi a de facoemulsificação. As avaliações, por meio de ceratometria, ecobiometria ultra-sônica e retinoscopia, foram aferidas em todos os grupos. Para o tratamento estatístico...

Lente de contato biossintética com liberação gradual de ofloxacina para tratamento de ceratite experimental por Staphylococcus aureus em cães

Cremonini, Daniela Nogueira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 95 f.
POR
Relevância na Pesquisa
36.19%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Medicina Veterinária - FMVZ; O contato da córnea com o meio externo torna-a a estrutura ocular mais passível de traumas e lesões, que podem acarretar em formação de intensa cicatriz ou até de perfuração, prejudicando a visão do animal. A utilização de lente de contato terapêutica em medicina veterinária é pouco difundida, devido à dificuldade de adaptação à superfície corneana. Avaliou-se um novo material para tratamento das afecções corneanas a partir de uma membrana de celulose microfibrilar biossintética, utilizada em lesões cutâneas graves. Induziu-se ceratite bacteriana experimental, comparando-se o tratamento com a lente de contato biossintética (LC), impregnada com ofloxacina, à terapia tópica convencional. Realizaram-se avaliações clínicas e morfológicas, além do controle microbiológico e da dosagem de ofloxacina no humor aquoso através do método de cromatografia líquida de alto rendimento (HPLC). Os olhos que receberam a LC desenvolveram reação inflamatória severa, associada à neovascularização profunda, opacidade corneana, secreção, quemose e hiperemia ocular. O exame histopatológico revelou afinamento epitelial com formação de microcistos...

Doenças inflamatórias da córnea no cão e no gato

Peixeiro, Ana Teresa Pereira Lourenço de Campos
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.19%
Dissertação de Mestrado em Medicina Veterinária; Nesta dissertação serão abordadas as doenças inflamatórias da córnea que se dividem em doenças ulcerativas e não ulcerativas, estando também incluído o sequestro corneal. Foram acompanhados três casos clínicos no período de estágio no Hospital Veterinário do Baixo Vouga que apresentavam doença inflamatória da córnea. Realizou-se um exame oftalmológico a cada animal. De acordo com os sinais clínicos estabeleceu-se um diagnóstico e instituiu-se um tratamento médico e/ou cirúrgico. O primeiro caso clínico é de uma cadela de raça Caniche de nove anos de idade, que apresentava uma úlcera indolente, cujo tratamento inicial foi médico mas devido à falta de sucesso foi aplicado um tratamento cirúrgico. O segundo caso clínico é referente a uma cadela de raça Pastor Alemão com queratite superficial crónica. O tratamento instituído foi ciclosporina A mas o sucesso esperado não foi alcançado pois o proprietário não seguiu as recomendações dadas pelo médico veterinário. No terceiro caso clínico descrito, de um gato de três anos de idade, foi diagnosticado um sequestro corneal cujo tratamento cirúrgico foi alcançado com sucesso com a realização de uma queratoplastia lamelar. As doenças inflamatórias da córnea são frequentes na consulta oftalmológica veterinária e serve este trabalho para uma melhor compreensão do tema.; This dissertation will address the corneal inflammatory diseases...

Estudo das lesões corneanas provocadas por laser de dióxido de carbono em animais de companhia

Félix, Susana de Oliveira
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em 03/06/2008 POR
Relevância na Pesquisa
36.19%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; O presente estudo teve como objectivos explorar o comportamento da córnea quando lhe é incidida radiação laser de dióxido de carbono, verificar as características das lesões obtidas, as alterações observadas quando se varia potência, tempo de incidência da radiação laser e distância desta à córnea, e o uso potencial desta técnica no tratamento de queratopatias com expressão clínica em oftalmologia veterinária. Foram promovidas 245 lesões na córnea de olhos não enucleados de animais mortos. Observou-se que este tipo de radiação laser promoveu a eliminação de uma ou mais camadas da córnea. As lesões resultantes constituíram úlceras mais ou menos profundas. A radiação laser produziu diversos tipos de lesões, sendo a queimadura da córnea uma delas. Deste modo, devido à natureza delicada da córnea e a uma margem de erro muito pequena, a selecção das variáveis utilizadas é critica. Este estudo não pôde prever como a lesão da córnea se comportará in vivo e qual a sua evolução cicatricial. No entanto, obtiveram-se algumas lesões com interesse de poderem ser aplicadas. Sendo um estudo preliminar, investigações adicionais que avaliem os efeitos agudos e crónicos são necessários antes que a técnica possa ser recomendada.; ABSTRACT - The objectives of the study were to determine the response of the corneal tissue upon the incidence of carbon dioxide laser radiation...

Complicações da cirurgia de cataratas por facoemulsificação em cães

Gordo, Inês Neto Afonso de Serrano
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 10/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.24%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; As cataratas são um dos diagnósticos mais frequentes em oftalmologia veterinária, constituindo a principal causa de cegueira em canídeos. A abordagem cirúrgica é a única resolução eficaz, sendo a facoemulsificação a técnica de eleição. O presente estudo teve por objectivo a análise das possíveis complicações decorrentes da correcção cirúrgica de cataratas em canídeos pela técnica de facoemulsificação bimanual (coaxial). A amostra compreendeu 21 bulbos oculares de 13 cães submetidos a cirurgia de facoemulsificação no Hospital Escolar da Faculdade de Medicina Veterinária, entre Maio de 2011 e Maio de 2012. Todos os animais foram sujeitos a rigorosos critérios de selecção que incluíram a realização prévia de análises sanguíneas, electrorretinografia e ecografia ocular. Todos os animais foram submetidos a cirurgia de cataratas pela técnica de facoemulsificação bimanual. Em 85,7% dos casos procedeu-se ao implante de LIO. Os animais foram acompanhados em consultas de seguimento periódicas para observação e registo de complicações. Após a cirurgia, todos os animais recuperaram a visão. A taxa de complicações intra-operatórias foi de 47...

Características da microbiota da superfície ocular bacteriana em animais domésticos e silvestres

Santos, Lucianne Leigue dos
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.39%
Resumo: O termo microbiota é usado para descrever microrganismos que frequentemente são encontrados em várias regiões do corpo em indivíduos saudáveis. Os constituintes e o número desta microbiota são diferentes de acordo com a área e, às vezes, idade e estado fisiológico de cada indivíduo. A superfície ocular é rica em nutrientes e, consequentemente, pode albergar diversa variedade de microrganismos, os quais constituirão a microbiota indígena. O estudo da microbiota é importante para uma melhor compreensão dos diferentes microrganismos em locais específicos do corpo e ainda fornece informações sobre as possíveis infecções que possam ser resultados de desequilíbrio desta microbiota. Além disso, o conhecimento da microbiota normal nos casos em que há uma infecção, ajuda os clínicos a terem melhor noção sobre a possível origem e o significado dos microrganismos isolados, além de compre nder melhor as causas e conseqüências da colonização ou do crescimento de microrganismos que deveriam estar ormalmente ausentes em determinados locais específicos do corpo. Esta dissertação teve por objetivo estudar esta peculiar interação entre microrganismos e a superfície ocular em diferentes espécies animais...

Contribuição ultrassonográfica na avaliação de bulbos oculares de animais domésticos e selvagens

Tramontin, Mariana Hecke
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.6%
Resumo: A ultrassonografia ocular vem ganhando cada vez mais espaço na prática da oftalmologia veterinária como ferramenta auxiliar de diagnóstico. O rápido desenvolvimento da tecnologia dos aparelhos de ultrassonografia é o principal fator para a inclusão deste método na rotina clínica. Trata-se de uma técnica rápida e segura que normalmente não necessita de sedação ou anestesia para ser realizada além de trazer informações importantes e complementares ao exame oftálmico. Adicionalmente, quando aplicada a animais selvagens, a ultrassonografia pode ter grande importância na determinação de valores biométricos normais para cada espécie, sendo que muitos deles ainda não são conhecidos e pertencem a espécies ameaçadas de extinção. Esta pesquisa teve como objetivos: 1) Agrupar informações disponíveis a respeito da história da oftalmologia veterinária visando criar um meio de consulta futura sobre o assunto; 2) Determinar valores normais da biometria ocular de capivaras (Hydrochaeris hydrochaeris) por meio da ltrassonografia em modo B, pressão intraocular e espessura central da córnea; 3) Avaliar a capacidade da ultrassonografia modo B de alto desempenho de aferir a espessura da córnea e comparar o resultado obtido com a técnica de paquimetria ultrassônica...

Levantamento clínico-epidemiológico com análise morfológica das principais neoplasias oculares em cães

Olbertz, Letícia
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.39%
Resumo: A visão manifesta papel preponderante para a qualidade de vida e a percepção dos seres vivos em relação ao mundo. Dentre as lesões oculares, as neoplasias do bulbo do olho, de seus anexos e da órbita, assumem relevância diferenciada, pois podem acarretar danos à visão e ao conforto do paciente. As neoplasias oculares são a segunda maior causa de enucleação em cães, ficando atrás somente do glaucoma. Modernamente, a técnica diagnóstica de imuno-histoquímica vem permitindo analisar estas neoplasias por meio das características químicas das células que compõem o tecido ocular, complementando a análise morfológica da histopatologia. Por meio de estudo epidemiológico retrospectivo, determinou-se a ocorrência de neoplasias nos olhos, anexos oculares e órbita de cães e correlacionaram-se seus aspectos clínicos com suas alterações microscópicas. Ainda, acrescentaram-se conhecimentos relacionados às doenças estudadas. Foi realizado levantamento dos casos de neoplasias submetidos à análise histopatológica ocular em importantes centros de oftalmologia veterinária da cidade de Curitiba, Paraná, entre 2005 e 2010. As neoplasias foram descritas segundo a sua origem, seus aspectos macroscópicos e microscópicos. Os resultados foram analisados e comentados. As neoplasias de maior interesse foram relatadas e estudadas separadamente na forma de relatos de casos e estudos retrospectivos específicos. O glaucoma...

Manifestações oftálmicas de doenças do sistema estomatognático em cães

Valduga, Maria Izabel Ribas
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.24%
Resumo: O desenvolvimento das ciências médicas proporcionou ao homem maior expectativa de vida. Observamos nas últimas décadas uma busca constante por condições que possam aliar qualidade de vida a esta longevidade. Os animais de estimação estão inseridos neste contexto, pois ocupam um espaço diferenciado na sociedade, sendo muitas vezes considerados como um membro da família. A medicina veterinária acompanha esta evolução, amplia sua área de pesquisa e conhecimento, oferecendo possibilidades para que os animais compartilhem das condições familiares nas quais estão integrados, e tende para a especialização das áreas de conhecimento. Neste contexto, em virtude da alta ocorrência de doenças orais em cães e gatos, podendo chegar a mais de 85% da população adulta, observa-se uma procura cada vez maior por serviços de odontologia veterinária. Esta especialidade deve integrar-se a outras, uma vez que as afecções orais podem estar relacionadas com outros sistemas orgânicos. Entre os sistemas possivelmente afetados por doenças do sistema estomatognático destaca-se o oftálmico, em virtude da proximidade das raízes dentárias maxilares aos tecidos periorbitais, formato específico do crânio de determinadas raças felinas e/ou caninas e o compartilhamento de estruturas ósseas...

Tratamento cirúrgico da epífora crônica em animais de companhia

Kleiner, Joao Alfredo
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 57f. : il. color.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.19%
Orientador : Antônio Felipe Wouk; Dissertaçao (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciencias Agrárias; Resumo: A epífora é uma patologia ocular de ocorrência muito comum na clínica veterinária e pode ser caracterizada por um extravasamento do filme lacrimal pela região subocular, causando conjuntivites recorrentes, dermatites, fistulações e mancha suboculares importantes. A epífora pode ser causada por anomalias congênitas ou condições adquiridas as quais provocam um estreitamento ou obstrução em algum nível do sistema excretor lacrimal. O presente projeto de pesquisa tem como objetivo relatar os procedimentos utilizados nas diferentes técnicas cirúrgicas utilizadas para o tratamento da epífora crônica em animais de companhia, bem como demonstrar as variações anatômicas apresentada pelo aparato de drenagem lacrimal em cães e gatos e também a descrição das técnicas utilizadas para o estudo radiográfico contrastado das vias lacrimais.; Abstract: Epiphora is a very common ocular pathology in the small animal practice and can be characterized by a subocular overflow of the preocular lacrimal film that can cause recurrent conjunctivitis, dermatitis, fistulas, and tear staining syndrome. The epiphora can be caused either by congenital anomalies or acquired conditions that lead to a stricture or obstruction in any level of the excretory lacrimal apparatus. The present research project has the objectives of relating the procedures utilized in the different surgical techniques for the treatment of chronic epiphora in companion animals...

Contribuições para a histopatologia, fisiologia e clínica na oftalmologia de aves

Ferreira, Thiago Alegre Coelho
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 33f. : il., tabs., algumas color.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.4%
Orientador : Prof. Dr. Fabiano Montiani-Ferreira; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias. Defesa: Curitiba, 29/01/2015; Inclui referências; Área de concentração; Resumo: No primeiro capítulo relata-se um caso clínico de um tumor retrobulbar de morfologia atípica em periquito-australiano (Melopsittacus undulatus). Na descrição desse caso foi empregada histopatologia e a técnica de imuno-histoquímica com quatro marcadores (anticorpos) em uma parceria entre o Laboratório de Oftalmologia Comparada (LABOCO) da UFPR e o Laboratório de Patologia Ocular Comparada de Wisconsin (Comparative Ocular Pathology Laboratory of Wisconsin- COPLOW). São raras as descrições detalhadas de tumores oculares em aves e praticamente inexistem relatos de tumores oculares nesta espécie em particular. Tais fatos fazem com que o prognóstico e a biologia dos tumores oculares nas aves ainda sejam praticamente desconhecidos. A investigação imuno-histoquímica obteve alguns resultados (marcação moderada por vimentina e negativa para as demais) que foram motivo de grande discussão tanto nesse relato, quanto para futuras pesquisas. O segundo capítulo teve como objetivo estudar uma das incógnitas ainda por serem investigadas nessa área: a(s) função(ões) do pecten. O pecten é uma estrutura intraocular pigmentada que se projeta no corpo vítreo da região vizinha ao nervo óptico em direção à lente...

Pressão intra-ocular com implante de tubo de teflon associado à mitomicina C em coelhos da raça Nova Zelândia; Intraocular pressure with teflon tube implant associated With mitomycin C in rabbits kind New Zealand

Baungarten, Letícia Binda
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.39%
Foram utilizados 14 coelhos da raça Nova Zelândia, adultos, machos e fêmeas para avaliar os aspectos histológicos da esclera e conjuntiva bulbar e clínicos após o implante de tubo de teflon na câmara anterior associado com mitomicina C subconjuntival. Dez olhos direitos formaram o grupo I e dez olhos esquerdos formaram o grupo II avaliados por 30 e 60 dias de pós-operatório (PO), respectivamente. Os outros oito olhos formaram o grupo III observados por 48 horas. Foi constituído uma bolsa na conjuntiva bulbar e dentro dela foi aplicado mitomicina C durante três minutos. Foi introduzido no limbo um tubo de teflon na câmara anterior e fixado na esclera, a bolsa conjuntival foi aproximada no limbo sobre o implante. Houve diferença significativa nas médias das PIO entre o pré-operatório e o pós-operatório de 30 e 60 dias. Os animais dos grupos I e II apresentaram hipotonia e câmara anterior rasa nas primeiras duas semanas de PO. Em 27 olhos (96,5%) a bolsa permaneceu volumosa e preenchida pelo humor aquoso. Na avaliação histológica da bolsa conjuntival após 48 horas de PO foi verificado a presença apenas da camada basal e sinais de degeneração do tecido conjuntivo. Aos 30 dias, ausência de vascularização e de células secretoras de muco e aos 60 dias notou-se processo cicatricial atípico. O implante do tubo de teflon associado com aplicação tópica de mitomicina C subconjuntival demonstrou ser um método seguro em coelhos normotensos e eficaz por diminuir e manter a pressão intraocular dos 30 aos 60 dias de PO. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; New Zealand kind 14...

Alterações morfológicas da conjuntiva de coelhos submetidos a tratamento com fármacos antiglaucomatosos tópicos com e sem conservantes

Lima, Leandro
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 106 f. : il., algumas color., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.55%
Orientador : Prof. Dr. Fabiano Montiani-Ferreira; Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias. Defesa: Curitiba, 03/12/2014; Inclui referências : f. 95-99; Resumo: A presente tese de doutorado está dividida em quatro capítulos. O primeiro capítulo, que será enviado ao periódico Arquivos Brasileiros de Oftalmologia Veterinária, é uma introdução onde são fornecidas informações básicas na forma de uma breve revisão para propiciar ao leitor noções relacionadas à oftalmologia de coelhos, descrição breve e objetiva de alguns passos importantes para quem deseja reproduzir um estudo que envolva a avaliação da conjuntiva ou da superfície ocular. Aborda ainda informações relacionadas à anatomia, histologia básica da conjuntiva, preparação da imuno-histoquímica e detalhes da avaliação histopatológica. O segundo capítulo trata de um artigo publicado no periódico Veterinary Ophthalmology onde foi comparada a avaliação da sensibilidade corneana induzida após o uso de dois diferentes métodos de mensuração da fração aquosa do filme lacrimal. O animal modelo utilizado nesta pesquisa foi o coelho doméstico. Avaliou-se as alterações da sensibilidade da córnea após o uso do teste lacrimal de Schirmer e após o uso teste lacrimal da ponta de papel (método proposto por Rogério Ribas Lange)...

El láser CO2 y sus aplicaciones en oftalmología veterinaria

Torrubia, I.; Marvá, N.; Espuch, P.
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2012 SPA
Relevância na Pesquisa
56.4%
El LASER (Light Amplification by Stimulated Emision of Radiation) es una fuente de energía descubierta a finales de los años 50 que se emplea en multitud de campos y que ha evolucionado constantemente desde entonces, obteniéndose multitud de tipos de láser en función de la longitud de onda con la que se trabaje. Este gran avance no puede dejar de tener sus aplicaciones en la medicina. Este artículo hace una referencia básica sobre los diferentes tipos de láser y sus características, tratando más en concreto el láser CO2, que trabaja en una longitud de onda de 10,600 nm dentro del espectro no visible, y sus aplicaciones en oftalmología veterinaria, así como nuestra experiencia clínica.