Página 1 dos resultados de 2460 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Promover a paz ou prolongar conflitos : a dualidade das missões de paz da ONU em Serra Leoa

Filho, José Maurício Vieira.
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
Esta dissertação aborda a dualidade existente entre a promoção da paz e o prolongamento dos conflitos violentos a partir de uma análise sobre as duas missões de paz – peacekeeping – realizadas pela Organização das Nações Unidas (ONU) em Serra Leoa: a United Nations Observer Mission to Sierra Leone (UNOMSIL) e a United Nations Mission in Sierra Leone (UNAMSIL). As missões em análise foram autorizadas em 1998 e permaneceram em atuação no país até 2005. No entanto, o início destas intervenções aconteceu depois de sete anos da eclosão do conflito iniciado pela Revolutionary United Front (RUF) e representou a incapacidade da ONU em promover a paz a partir das diferentes estratégias de intervenção: prevenção, contenção da violência e construção e consolidação da paz. Para explicar o argumento proposto na presente pesquisa, o trabalho ressalta o contributo da perspectiva construtivista das Relações Internacionais, destacando o processo de interação entre agente e estrutura e apresenta este mesmo processo na sua relação com os conceitos de conflito, violência e paz. O debate teórico-conceitual aborda o processo de formação histórica de Serra Leoa e identificar as raízes do conflito armado e violento e compreender...

Utilização da força pela ONU em conflitos intraestatais

Pereira, Guilherme Bofill Vasconcellos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.21%
Este trabalho visa fazer uma análise de como e quando a Organização das Nações Unidas (ONU) deve recorrer à força para a manutenção da paz e da segurança internacionais, bem como para a preservação dos direitos humanos. Foi dada ênfase à intervenção da ONU com fins humanitários em conflitos intraestatais. Um histórico do recurso à força foi feito analisando-se desde o período clássico até os dias de hoje. Buscou-se um estudo mais pormenorizado das missões de paz na qual a ONU recorre à força, que são as missões de manutenção da paz e as missões de imposição da paz, quais as características de cada uma e quando devem ser utilizadas. Como forma de exemplificação, foi realizado um estudo do caso do Haiti com um breve histórico do país e da crise atual, bem como da MINUSTAH e os seus objetivos.; This paper aims at performing an analysis of how and when the United Nation (UN) must recur to force in order to maintain international peace and security, as well as to preserve human rights. It was given emphasis to UN led interventions with humanitarian means in intrastate conflicts. A historical analysis on the recourse to force was made from the classical period to now. It was made a more detailed study on peace missions where the UN recurs to force...

As operações de paz da ONU no pós-guerra fria: a atuação brasileira no Timor Leste

Pepe, Leandro Leone
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 100 f.
POR
Relevância na Pesquisa
37.05%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Relações Internacionais (UNESP - UNICAMP - PUC-SP) - FFC; As operações de paz da ONU cresceram em importância com o fim da Guerra Fria. Houve um aumento no número de missões de paz estabelecidas e uma diversificação das atividades realizadas pelos capacetes azuis. Essa situação insere-se no contexto de reformulação da idéia de segurança, que teve seu escopo ampliado e passou a privilegiar os chamados novos temas como meio ambiente, narcotráfico, terrorismo e direitos humanos. Ao mesmo tempo em que essas mudanças se verificavam em âmbito externo, internamente o Brasil atravessava processo de transição para a democracia. Com o fim do regime militar, o país buscou garantir a aproximação com países latino-americanos e realçar seu papel dentro da ONU em matéria de segurança internacional. Ganhou importância renovada, por isso mesmo, a participação brasileira em operações de paz, como forma de projeção de poder do país e de atendimento de interesses nacionais. O Brasil envolveu-se nas missões de paz estabelecidas, principalmente, na América Latina e em países de língua portuguesa. Uma das missões em que o Brasil esteve entre os principais contribuintes com pessoal civil...

As empresas militares privadas e a resolução de conflitos no quadro da ONU

Magalhães, Ana
Fonte: Instituto da Defesa Nacional Publicador: Instituto da Defesa Nacional
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2005 POR
Relevância na Pesquisa
36.95%
Este artigo discute se as entidades privadas devem ser encorajadas a participar na resolução de conflitos do quadro das Nações Unidas quando a comunidade global é incapaz ou não tem vontade política de o fazer. Na última década, tem-se desenvolvido um fenómeno, talvez o mais interessante na história da guerra nos últimos tempos: o crescimento de Empresas Militares Privadas (EMPs). São empresas que comercializam serviços intrinsecamente ligados à arte da guerra, que vão do apoio logístico ao combate e que tem demonstrado maior capacidade e vontade em cooperar com a ONU na resolução de conflitos. Este artigo tem como objectivo principal mostrar as capacidades, os benefícios e as limitações que as EMPs podem trazer às Nações Unidas. Em primeiro lugar, vai distinguir Mercenários de EMPs. Em segundo lugar, vai descrever brevemente as razões que estão por trás do crescimento desta indústria. Em terceiro lugar, vai contrapor os benefícios às limitações do uso de EMPs em termos de resolução de conflitos no quadro das Nações Unidas. Por último, o trabalho deixa alguns conselhos para o seu possível uso pela ONU

As Missões da ONU na África Austral: Sucessos e Fracassos

Castelo-Branco, Luís
Fonte: Instituto da Defesa Nacional Publicador: Instituto da Defesa Nacional
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2003 POR
Relevância na Pesquisa
36.95%
A experiência das missões de peacekeeping da ONU na África Austral surgiu num ambiente de desanuviamento internacional e regional provocado pelo fim do conflito bipolar. Embora as três missões abordadas neste artigo, UNTAG, UNAVEM e ONUMOZ, tenham surgido devido ao novo ambiente internacional, a verdade é que os seus resultados foram bem diferentes. No caso da UNTAG na Namíbia, o seu sucesso ficou a dever-se ao longo envolvimento que as Nações Unidas tiveram com esta questão, muito ligada ao problema do apartheid. No caso da UNAVEM em Angola, a missão foi prejudicada quer pela falta de meios disponibilizados, quer pela falta de empenhamento das partes angolanas, o que provocou com que esta missão fosse um dos maiores fracassos da ONU. No caso da ONUMOZ em Moçambique, o seu sucesso ficou a dever-se, em parte, ao facto do processo moçambicano decorrer cronologicamente quase em simultâneo com o angolano, o que implicou um esforço adicional das partes, nacionais e internacionais, para evitar os erros cometidos no processo angolano.

Idéias e política externa: a atuação brasileira na Liga das Nações e na ONU

Silva,Alexandra de Mello e
Fonte: Instituto Brasileiro de Relações Internacionais Publicador: Instituto Brasileiro de Relações Internacionais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1998 PT
Relevância na Pesquisa
36.95%
Esse artigo apresenta uma proposta de análise da influência de idéias sobre a formulação da política externa brasileira contemporânea focalizada em nossa atuação na Liga das Nações e na ONU. Em ambos os organismos, o país desenvolveu aspirações a um papel internacional protagônico, o que acreditamos ser indicador da recorrência, no discurso diplomático, de certas crenças a respeito de quais devam ser o nosso papel, status e pertencimento a nível internacional. Destacamos, ao mesmo tempo, que uma análise desse tipo não pode se limitar a reconstruir o discurso diplomático, mas deve também procurar desvendar os mecanismos causais que explicam o impacto daquelas crenças sobre a formação de políticas. Nesse sentido, a literatura acadêmica internacional já desenvolveu uma série de abordagens que podem se revelar úteis para um estudo da diplomacia brasileira.

A ONU tem autoridade? Um exercício de contabilidade política (1945-2006)

Lopes,Dawisson Belém
Fonte: Instituto Brasileiro de Relações Internacionais Publicador: Instituto Brasileiro de Relações Internacionais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.05%
Buscaremos analisar o estatuto da autoridade política da ONU, recorrendo a referenciais quantitativos e qualitativos, por meio da proposição de uma relação positiva entre a "autoridade onusiana" e um conjunto de variáveis. Após avaliação dos resultados, pretende-se gerar discussão a respeito dos limites institucionais e da natureza da autoridade da ONU na política internacional contemporânea, corroborando-se a hipótese de que o quantum de autoridade de que está investida a ONU é crescente no curso das últimas seis décadas.

Atuação da OTAN no pós-Guerra Fria: implicações para a segurança internacional e para a ONU

Bertazzo,Juliana
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Instituto de Relações Internacionais Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Instituto de Relações Internacionais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
Após a Guerra Fria, a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) utilizou seus recursos militares pela primeira vez em um conflito. Desde então, ela vem atuando com regularidade, sob mandato da ONU ou não. Este trabalho apresenta a discussão teórica em torno da permanência da OTAN após o fim da Guerra Fria, e analisa sua transformação e seu novo papel em um contexto mundial distinto. As teorias das alianças não explicam a persistência de tal tipo de arranjo. As teorias dos regimes, por sua vez, vislumbram a permanência da OTAN em um contexto diverso, desde que ela consiga se transformar para se adaptar às novas condições. O levantamento de dados realizado sobre a atividade da ONU procura testar a hipótese de que existe um declínio do seu ativismo humanitário no período recente, abrindo espaço para que novos atores atuem no campo da segurança global. A conclusão é de que há um declínio, o qual não é, todavia, significativo em relação ao período da Guerra Fria. Portanto, mais do que uma possível omissão da ONU, a necessidade de justificar a permanência da aliança transatlântica no novo cenário estratégico surge como fator fundamental para que a OTAN assuma este caráter intervencionista e expedicionário...

" Bem me queres, mal me queres": ambivalência discursiva na avaliação canônica do desempenho da ONU

Gama,Carlos Frederico; Lopes,Dawisson Belém
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.21%
Neste ensaio, questionamos a avaliação - que, argumentamos, é canônica nas Relações Internacionais - do desempenho da Organização das Nações Unidas (ONU). A referida organização, desde a origem, tem sido simultaneamente considerada "cronicamente ineficiente" e "exemplarmente eficaz". Para demonstrá-lo, lançamos mão de dois conjuntos de "episteme": o primeiro, manifesto em artigos publicados desde a fundação da ONU, em 1945, aborda sistematicamente uma suposta "crise" da entidade; o segundo, relativo à atribuição reiterada do prêmio Nobel da Paz à ONU, ao longo de seis décadas, por suas alegadas contribuições à promoção da paz e segurança internacionais. Essa avaliação bipolar da atuação da ONU reproduz, a nosso ver, um padrão de análise sobre as organizações internacionais que é comum, de resto, à disciplina acadêmica das Relações Internacionais. A ONU é louvada e lamentada com os olhos voltados para aquela que é a fórmula institucional da política moderna por excelência: o Estado nacional soberano. Julgamos, como conclusão, que avaliar a ONU de 2009 com os olhos de 1945 constitui perigosa impropriedade. O próprio conceito-padrão de Estado requer, hoje, uma redefinição de termos - a fim de que possa absorver as mudanças sociais e históricas havidas com o passar dos anos. O desafio...

Reflexões sobre os 60 anos da ONU

Mercadante, Araminta de Azevedo; Magalhães, José Carlos de
Fonte: UNIJUÍ Publicador: UNIJUÍ
Tipo: Livro Formato: 60842 bytes; application/pdf
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.05%
Divulgação dos SUMÁRIOS das obras recentemente incorporadas ao acervo da Biblioteca Ministro Oscar Saraiva do STJ. Em respeito à lei de Direitos Autorais, não disponibilizamos a obra na íntegra. Localização: 341.123 R333s Código de barras: STJ00066543; Há 60 anos a ONU atua como único fórum de diálogo entre as nações para tornar o mundo mais seguro e permitir a coexistência pacífica dos povos. No atual contexto histórico a experiência, a autoridade e a legitimidade das Nações Unidas, da qual participam 191 Estados-Membros, donde o seu caráter verdadeiramente universal, possibilitam a esta Organização desempenhar um papel indispensável e insubstituível na política mundial, tanto para abranger a cooperação para manutenção da paz e segurança internacionais quanto para permitir o desenvolvimento econômico e o respeito aos direitos fundamentais do homem. Este livro, tem por objetivo a comemoração do sexagésimo aniversário da ONU e conta com a colaboração dos estudiosos do Direito Internacional, representando o pensamento do meio universitário brasileiro. Escritos antes da Reunião de Cúpula da Assembléia Geral da ONU, os artigos traduzem a preocupação dos Estados-Membros exposta na Ata Final, o que revela a acuidade dos estudiosos que se antecipam aos fatos. Os temas...

O papel das ONGs no Conselho de Direitos Humanos da ONU

Nader, Lucia
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
Relevância na Pesquisa
36.95%
Publicado em português, espanhol e inglês.; Título em espanhol: El papel de las ONG en el Consejo de Derechos Humanos de la ONU. -- Título em inglês: The role of NGOs in the UN Human Rights Council.; O Conselho de Direitos Humanos da ONU (CDH) completou, em junho de 2007, seu primeiro ano de trabalho com a definição de suas principais características institucionais e seus mecanismos de funcionamento. Neste artigo, pretende-se traçar um breve histórico desse primeiro ano de atividades do Conselho e sugerir algumas formas de ação por parte de organizações não governamentais.

Apenas os Estados-membros podem fazer a ONU funcionar

Mello, Sergio Vieira de
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
Relevância na Pesquisa
36.95%
Palestra proferida no simpósio do Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos em Nova York, 18 de fevereiro de 2003.; Publicado em português, espanhol e inglês.; Título em espanhol: Redefinir la seguridad -- Título em inglês: Only member state can make the UN work; Destaca a necessidade da participação ativa dos Estados-membros nas decisões da ONU a fim de promover ações efetivas de proteção dos direitos humanos principalmente no aspecto da segurança internacional.

O jogo do poder internacional: unipolaridade, realismo multilateralista e a fabricação de consensos no processo decisório do Conselho de Segurança da ONU (1990-2004)

Castro, Thales Cavalcanti
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.05%
Muitas das críticas endereçadas ao Conselho de Segurança das Nações Unidas (CSNU) resultam de uma compreensão equivocada de seu funcionamento endógeno, de seu fundamento teleológico e de sua estrutura axiológico-cratológica. Grande parte de tais erros também decorre da tendência de associar o CSNU ao paradigma do institucionalismo liberal-internacionalista (ILI) que criou a ONU em outubro de 1945 e demais organismos internacionais no pós-guerra. O CSNU é exceção ao paradigma do ILI e deveria ser interpretado por meio de um realismo multilateralista que se fundamenta na fabricação de consensos, evidenciando o poderio unicêntrico dos EUA em meio à dicotomia polaridade x lateralidade. Dessa forma, o CSNU não é, necessariamente, um órgão mantenedor da paz e da segurança internacionais como determina a Carta da ONU de 1945. É um órgão de preservação do status quo da atual ordem mundial tendo como eixo a liderança hegemônica dos EUA que, ao exercê-la, utilizam os consensos como mecanismo decisório para o CSNU. Autorização de operações de paz, extensão do mandato das operações vigentes e os projetos reformistas seguem, conseqüentemente, a lógica do realismo multilateralista e da consensualização coercitiva e não da legitimidade e do principismo da segurança coletiva. Dessa forma...

A Construção da notícia alinhada: Estudo de caso da Rádio ONU a partir da cobertura dos atentados em Bombaim (2008) e a ofensiva do exército israelita na Faixa de Gaza (2009)

Rosário, João Carlos do
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação; Este trabalho é o resultado da análise da mediatização pela Rádio ONU em português dos atentados em Bombaim (Novembro de 2008) e da ofensiva do exército israelita na Faixa de Gaza (Janeiro 2009) e da comparação com a cobertura mediática da agência Reuters aos mesmos acontecimentos. Os dados demonstram que cobertura mediática da Rádio ONU em português é determinada não pelo acontecimento mas pelo envolvimento da Organização das Nações Unidas nos mesmos. Demonstram ainda que o protagonista do acontecimento é quase sempre a própria ONU, através das suas múltiplas agências e representantes. O presente estudo define o conceito de notícia na Rádio ONU em português como um conteúdo informativo que mediatiza as iniciativas da Organização das Nações Unidas e cujas fontes são primordialmente elementos da Organização. Por outro lado, têm valornotícia nesta estação as informações susceptíveis de promover o quadro ideológico que está na base da criação da Organização das Nações Unidas ou que promovam a sua acção como actor político e diplomático global.; This essay is the result of (several) studies of news coverage made by the Portuguese Unit of the United Nations Radio on the Mumbai bombings (NOV2008) and the war in Gaza (JAN2009). The results were compared with the news coverage of Reuters for the same events. The data shows that UN Radio news coverage is mostly related to the presence of the Organization at the event and not by the event itself and that the main actor of the event is a member or an official body of the UN. The present study defines the concept of news at the Portuguese unit of UN Radio with informative content that promotes the United Nations Organization’s iniciatives. UN Radio’s main sources of information are the organization's members and official bodies. The data defines news-value in UN Radio as information capable of promoting the ideological framework in which the United Nations has its roots and information to help the recognition of the United Nations Organization as a global political and diplomatic player.

Análisis de la actuación de Estados Unidos y la ONU en Somalia en la creación de un entorno seguro para asistencia humanitaria. (1992-1995)

Valderrama Franco, Julieth Katherine
Fonte: Facultad de Relaciones Internacionales Publicador: Facultad de Relaciones Internacionales
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 02/02/2012 SPA
Relevância na Pesquisa
37.24%
La creación de un entorno seguro para otorgar la ayuda humanitaria a la población somalí, fue un desafío de proporciones internacionales, en el que la máxima potencia del mundo, Estados y organizaciones, vieron fracasar todos los proyectos tanto en forma de ayudas como en estrategias y operaciones. Las razones de este fracaso de carácter mundial, debido a que representó una amenaza para la paz y la seguridad internacional, todavía se pueden evidenciar en Somalia; este país continúa siendo uno de los más pobres de mundo, no cuenta con gobierno efectivo y no se logró hacer cesar las continuas violaciones de derechos humanos y derecho internacional humanitario en contra de los civiles. La importancia de este caso de estudio radica en el nuevo contexto en el cual se desenvuelve la actuación de la ONU y Estados Unidos en Somalia, en un escenario donde se hace crucial el respeto por los derechos humanos, y se puede evidenciar cómo en esta medida se da lugar a efectuar una intervención humanitaria que antes de la guerra fría hubiera sido inadmisible, partiendo de la importancia del concepto de soberanía estatal. El período fundamental en el cual el problema somalí asume magnitud internacional fue en 1991 con la caída de la dictadura militar y el inicio de un período de carestía que volvió la ya inestable situación del país en un escenario violento...

Análisis de la influencia de la cooperación internacional entre el gobierno de vietnam y la ONU (OIT,UNIAP,UNODC) sobre el tráfico y explotación sexual de mujeres en la región del mekong en el periodo 2004 - 2008

Prado Gonzalez, Loreina Maria
Fonte: Facultad de Relaciones Internacionales Publicador: Facultad de Relaciones Internacionales
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2011 SPA
Relevância na Pesquisa
37.12%
El tráfico de personas especialmente el de mujeres para la explotación sexual en la región del Gran Mekong es un hecho que está afectando a la situación interna de los países, circunstancia que genera la necesidad de crear marcos de cooperación entre los gobiernos y las agencias de la ONU como mecanismo para tratar de dar solución al problema. Algunos países de la región como Tailandia, Camboya, Myanmar y Vietnam han iniciado este proceso como medida de prevención buscando así un mayor control judicial y laboral al igual que evitar una mayor violación de derechos humanos. Por esta razón Vietnam ha aprovechando las iniciativa de la ONU a través de sus agencias (OIT, UNODC y UNIAP) para emprender una lucha contra este problema y al mismo tiempo integrarse con los países de la región por que es a través de esto que se pueden lograr mayores resultados y beneficios. La cooperación internacional se ha convertido en uno de los mecanismos más utilizados por los estados para ayudar a darle solución a los problemas que no han podido resolver por ellos mismos. Este mecanismo ha permitido al gobierno vietnamita desarrollar algunas medidas contra el tráfico de mujeres para la explotación sexual. Esta investigación tiene como objetivo principal Analizar la cooperación entre la ONU a través de sus agencias especiales: OIT...

La cooperación de las Naciones Unidas (ONU) frente a la trata de personas en Colombia en el período 2003 – 2009.

Baez, Arturo
Fonte: Facultad de Relaciones Internacionales Publicador: Facultad de Relaciones Internacionales
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 16/11/2011 SPA
Relevância na Pesquisa
37.12%
se pretende desarrollar un documento que además de documentar e informar a la sociedad en general sobre la situación actual de la trata de personas en Colombia, contribuya a promover la aplicación de los instrumentos jurídicos tanto nacionales como internacionales, orientados a la prevención, protección, atención humanitaria y mejora de su situación, a fin de garantizarle a este segmento de población el pleno ejercicio de sus derechos, desde la concepción integral de los derechos humanos. Según la problemática descrita, para el desarrollo del presente trabajo se busca analizar la eficacia de la cooperación de las Naciones Unidas (ONU) frente a la trata de personas en Colombia en el período comprendido entre 2003 y 2009. A partir de lo anterior, se plantean como propósitos particulares: contextualizar el fenómeno de la trata de personas en Colombia en el período comprendido entre 2003 y 2009; identificar las estrategias y/o políticas del Estado orientados a la protección y prevención de la trata de personas en Colombia; identificar las acciones de cooperación de las Naciones Unidas (ONU) con el Estado colombiano frente a la prevención y protección de la trata de personas en Colombia en el período comprendido entre 2003 y 2009.; Universidad Del Rosario; se pretende desarrollar un documento que además de documentar e informar a la sociedad en general sobre la situación actual de la trata de personas en Colombia...

As operações de paz da ONU na Somália – Onusom I e II (1992 a 1995); As operações de paz da ONU na Somália – ONUSOM primeiro e segundo (mil novecentos e noventa e dois a mil novecentos e noventa e cinco).; As operações de paz da ONU na Somália – Onusom 1 e 2 (1992 a 1995)

Sousa, Polyana
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.17%
Marcada por uma forte questão clânica, os acontecimentos políticos e sociais que acarretaram a guerra civil e a conseqüente operação de paz da ONU na Somália têm como pano de fundo o conflito entre os diferentes clãs existentes. A disputa pelo poder, o caos generalizado e os constantes abusos a população civil foram os elementos que despertaram na ONU, depois da divulgação do documento An Agenda For Peace, o entendimento de que crises humanitárias também perturbavam a "paz e a segurança internacionais". Inaugurando as operações de paz de terceira geração, as ONUSOM I e II duraram ao todo três anos e representaram o primeiro grande fracasso para a ONU, pois, apesar de algumas poucas melhorias, não conseguiram alcançar o objetivo principal da operação que era o de pacificar a região e acabar com o sofrimento da população civil, devido, principalmente, à falta de habilidade para atuar em situações que combinavam caos humanitário, Estados falidos e conflitos civis.; Somalia is marked by a strong clan question. The social and political events that caused Somalian civil war and the resulting U. N. peace operation have as a background the conflict among its different clans. Struggle for power, generalized chaos and frequent abuses against civil population were the main factors that made U. N. defend...

“BEM ME QUERES, MAL ME QUERES”: AMBIVALÊNCIA DISCURSIVA NA AVALIAÇÃO CANÔNICA DO DESEMPENHO DA ONU

Gama, Carlos Frederico; UFPR; Lopes, Dawisson Belém; PUC-MG e Centro Universitário de Belo Horizonte
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.21%
Neste ensaio, questionamos a avaliação – que, argumentamos, é canônica nas Relações Internacionais – dodesempenho da Organização das Nações Unidas (ONU). A referida organização, desde a origem, tem sidosimultaneamente considerada “cronicamente ineficiente” e “exemplarmente eficaz”. Para demonstrá-lo,lançamos mão de dois conjuntos de “episteme”: o primeiro, manifesto em artigos publicados desde a fundaçãoda ONU, em 1945, aborda sistematicamente uma suposta “crise” da entidade; o segundo, relativo àatribuição reiterada do prêmio Nobel da Paz à ONU, ao longo de seis décadas, por suas alegadas contribuiçõesà promoção da paz e segurança internacionais. Essa avaliação bipolar da atuação da ONU reproduz,a nosso ver, um padrão de análise sobre as organizações internacionais que é comum, de resto, à disciplinaacadêmica das Relações Internacionais. A ONU é louvada e lamentada com os olhos voltados para aquelaque é a fórmula institucional da política moderna por excelência: o Estado nacional soberano. Julgamos...

A ONU, suas normativas e o ordenamento jurídico para o atendimento de adolescentes em conflito com a lei no Brasil: as políticas de socioeducação

Zanella, Maria Nilvane; Lara, Angela Mara de Barros
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa histórica; Revisão de literatura; Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.05%
O referido artigo busca identificar qual a influência da ONU e de seus Organismos na promulgação das legislações da infância no Brasil durante o século XX. Para tanto, traçamos um paralelo entre as mudanças jurídicas realizadas na área da infância no Brasil e as normativas internacionais. O estudo é uma síntese da pesquisa de dissertação de mestrado sobre o tema, concluída em 2014 que inova ao identificar a influência da ONU e da Liga das Nações não apenas na promulgação do Estatuto da Criança e do Adolescente, mas também, nas duas normativas anteriores, sendo elas: o Código de Menores de 1927 e o Código de Menores de 1979.