Página 1 dos resultados de 5995 itens digitais encontrados em 0.018 segundos

Estudo das relações entre o estado nutricional, a percepção da imagem corporal e o comportamento alimentar em adultos; The study of relations between Nutritional Status, Body Image Perception, and Eating Behavior in adults.

Kakeshita, Idalina Shiraishi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/04/2004 PT
Relevância na Pesquisa
66.39%
Com a transição nutricional, da desnutrição para a obesidade, característica dos países em desenvolvimento, como é o caso do Brasil, o enfoque das pesquisas sobre o estado nutricional vem se voltando para a questão da obesidade. São escassos, particularmente no Brasil, estudos consistentes na área da nutrição voltados à relação do estado nutricional com o comportamento humano, especificamente no que concerne à percepção subjetiva das pessoas em relação ao seu próprio corpo. A percepção da imagem corporal tem sido sistematicamente associada a transtornos do comportamento alimentar, como a anorexia nervosa, a bulimia e a obesidade. Uma das questões seria qual a relação da percepção da imagem corporal nas atitudes e comportamentos alimentares das pessoas, na comunidade em geral, sem diagnóstico específico de transtornos alimentares. Haveria alguma relação com o estado nutricional, ou com alguma característica específica do comportamento alimentar? Este trabalho tem por objetivo responder estas questões. Para avaliação do estado nutricional foi considerada a classificação do Índice de Massa Corporal (IMC) proposta pela Organização Mundial de Saúde. A escala de figuras de silhuetas foi especialmente construída...

Estado nutricional de órfãos por aids ou homicídios residentes no município de São Paulo; Nutritional status of orphans due to AIDS or homicides residing in the city of Sao Paulo

Bronhara, Bruna
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.4%
Introdução A orfandade pode trazer conseqüências importantes para as condições de vida das crianças. Na África subsaariana, por exemplo, órfãos tem apresentado maiores riscos de desnutrição em relação aos não-órfãos. No Brasil, não há relatos sobre as relações entre variáveis relacionadas à orfandade e o estado nutricional de crianças. Objetivos Avaliar o estado nutricional de órfãos por aids ou homicídios residentes em São Paulo e estimar a associação de índices nutricionais com variáveis relacionadas à orfandade. Métodos - Estudo transversal de base domiciliar que utilizou amostra representativa de 484 indivíduos de 5 a 14 anos que perderam um ou ambos os pais durante os anos de 2000 e 2004 devido à aids ou homicídios no município de São Paulo. A avaliação nutricional foi feita com o índice de massa corporal-para-idade e da altura-para-idade. A associação entre índices nutricionais e variáveis relacionadas à orfandade foi estimada em análise hierárquica, com uso de modelo de regressão linear múltiplo. Resultados Órfãos por aids ou homicídios diferiram quanto às características da orfandade e à idade média. As condições econômicas, domiciliares, o estado de saúde e o estado nutricional foram semelhantes entre os grupos. O déficit de IMC ocorreu em 1...

Estado nutricional de idosos, domiciliados no município de São Paulo, e associação com variáveis referidas: arranjo domiciliar, alimentação, demográficas, socioeconômicas, e clínicas - Estudo SABE: Saúde, Bem-estar e Envelhecimento - 2000; Nutritional status of elderly people, living in São Paulo, and association with these variables: living arrangement, food, demographic, socioeconomic, and clinical - SABE Survey: Health, Well-being and Aging São Paulo/Brazil- 2000 and 2006

Santos, Lígia Ortolani dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.4%
Introdução - A dinâmica do arranjo domiciliar (unipessoal ou acompanhado) e outros condicionantes podem influenciar o estado nutricional de idosos. Objetivo - Verificar a associação entre estado nutricional e variáveis referidas: arranjo domiciliar, alimentação, demográficas, socioeconômicas e clínicas, em coorte de idosos, domiciliados no município de São Paulo, em 2000 e 2006. Métodos - A população de estudo foi composta por idosos ( 60 anos), de ambos os sexos, participantes do Estudo SABE, em 2000 e 2006. As variáveis de estudo foram: estado nutricional, adequado (massa muscular, segundo área muscular do braço, percentil 25) e inadequado (massa muscular < percentil 25), dinâmica do arranjo domiciliar (mudança de unipessoal ou acompanhado, de 2000 para 2006); grupos etários (60-74 e 75); sexo; escolaridade ( 8 ou > 8 anos); renda mensal per capita, em quartis; alimentação, segundo número de refeições/dia (< 3 ou 3), e frequência de ingestão de alimentos, com resposta dicotômica (sim ou não): laticínios - 1 vez/dia, ovos ou leguminosas - 1 vez/semana; carnes - 3 vezes/semana; frutas, verduras ou legumes - 2 vezes/dia; sintomas depressivos, segundo Escala de Depressão Geriátrica (ausência: escore < 6...

Estado nutricional e disfagia orofaríngea em idosos acometidos por acidente vascular encefálico; Oropharyngeal dysphagia and nutritional status in elderly patients with stroke

Silva, Tatiane Aparecida da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.4%
O acidente vascular encefálico (AVE) pode ser considerado uma das principais doenças que resultam em quadros de disfagia orofaríngea, sendo os distúrbios da deglutição considerados um dos fatores que contribui para maior incidência de complicações respiratórias e nutricionais. A relação entre disfagia orofaríngea e a condição nutricional é pouco descrita na literatura, em que a maioria dos estudos aborda indivíduos na fase aguda do AVE, não tendo sido encontradas pesquisas que contemplem os acometidos por AVE em fase tardia. O objetivo do presente estudo foi verificar a influência do grau da disfunção da deglutição orofaríngea sobre o nível de ingestão oral e o estado nutricional em idosos acometidos por AVE na fase tardia após ictus. Realizado estudo retrospectivo transversal, por meio da análise do banco de dados do projeto de pesquisa intitulado Deglutição, fala e voz em indivíduos acometidos por doenças neurológicas. A disfagia orofaríngea foi classificada por três juízes, fonoaudiólogos de acordo com The Dysphagia Outcome and Severity Scale (DOSS) a partir da análise das imagens da avaliação videoendoscópica da deglutição (VED). A classificação do nível de ingestão oral (FOIS) foi realizada por meio da revisão dos padrões usuais de consumo alimentar referido no recordatório alimentar de 24 horas...

Avaliação do consumo alimentar e do estado nutricional em portadores da Doença de Crohn; Food intake and nutritional status assessment in Crohn's disease patients

Prieto, Juliana Midori Iqueda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.42%
A doença de Cronh é uma doença inflamatória intestinal que, por ter como seus sintomas mais comuns a diarreia, a dor abdominal e febre, a perda de peso e a desnutrição são os distúrbios nutricionais mais prevalentes, como resultado de muitos fatores, como a diminuição da ingestão, má absorção, aumento das perdas intestinais e aumento da demanda energética, podendo comprometer o estado nutricional e a qualidade de vida, tornando-se importante estudar o perfil dietético e o nutricional desses pacientes. Sendo assim, o objetivo desse trabalho foi avaliar o consumo alimentar e o estado nutricional de portadores de doença de Crohn acompanhados em ambulatório do HCFMUSP. A avaliação do estado nutricional foi baseada em exames bioquímicos, composição corporal e pelo IMC; a avaliação do consumo alimentar foi feita pelo Registro Alimentar de 3 dias alternados, e a adequação da ingestão avaliada de acordo com referências nacionais e internacionais. Participaram do estudo 217 pacientes e 65 controles. Entre os pacientes, 54,4% foram classificados em eutrofia, porém o IMC médio ficou abaixo dos controles (23,8 vs 26,9kg/m2, p=0). O IMC dos pacientes com ressecção intestinal foi menor daqueles sem ressecção (23...

Estado nutricional em pacientes atendidos por um programa de adultos para fibrose cística; Nutritional status in patients seen at an adult program for cystic fibrosis patients

Ziegler, Bruna; Rovedder, Paula Maria Eidt; Lukrafka, Janice Luiza; Abraão, Claudine Lacerda de Oliveira; Dalcin, Paulo de Tarso Roth
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.41%
Introdução: Na fibrose cística (FC), o estado nutricional está associado com o crescimento, função pulmonar e índices de sobrevida. Objetivo: Avaliar o estado nutricional em adultos com FC e correlacionar com escore clínico, escore radiológico, pressões respiratórias estáticas máximas, capacidade submáxima de exercício e função pulmonar. Metodologia: O estudo realizado foi transversal e prospectivo, em pacientes (16 anos ou mais), atendidos em um programa para adultos com FC. Os pacientes foram submetidos a uma avaliação nutricional e clínica, ao teste de caminhada de seis minutos (TC6), à medida das pressões respiratórias máximas, a espirometria e exame radiológico do tórax. Resultados: O estudo incluiu 41 pacientes com media de idade de 23,7 ± 6,5 anos e média de índice de massa corporal (IMC) de 20,2 ± 2,2 Kg/m2. Vinte e seis pacientes (63,4%) foram classificados como bem nutridos (IMC = 21,7 ± 2,0 Kg/m2), 6 (14,6%) como risco nutricional (IMC = 19,4 ± 0,5 Kg/m2) e 9 (22%) como desnutridos (IMC = 17,6 ± 0,8 Kg/m2). Não houve correlação significativa entre IMC e a idade (r = 0,24; P = 0,13), idade do diagnóstico (r = -0,04; P = 0,81), escore clínico (r = 0,13; P = 0,40) e radiográfico (r = -0...

Evolution of nutritional status of pediatric in patients of a tertiary care general hospital in Brazil; Evolución del estado nutritivo de pacientes pediátricos ingresados en hospital general terciario de Brasil

Silveira, Carla Rosane de Moraes; Mello, Elza Daniel de; Carvalho, Paulo Roberto Antonacci
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
66.41%
Justification and objective: Identify changes in the nutritional status of hospitalized children is fundamental for the early establishment of interventions. This study aims at describing the prevalence of undernutrition at admission and over the weeks of in-hospital stay in pediatric patients and evaluate the association between nutritional status and length of in-hospital stay. Materials and methods: A cohort study was carried out. It followed all the in-patients admitted to the general pediatric unit, composed of 72 beds, in the Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), in the south of Brazil, from 20 march to 20 october in 2004. Patients who were between 1 month and 12 years of age and who had been admitted for clinical or/and surgical reasons were included. Those with Down Syndrome or without clinical condition and/or stature for weight measurement were excluded. Anthropometric data were collected up to 48 hours after admission and, weekly, up to hospital discharge (at admission, on 7th, 14th, and 21st day after admission). In children below 5 years of age, the standard defined by the World Heath Organization (WHO/2006) for the classification of the z-score for the stature/age (S/A), weight/age (W/A) and weight/stature (W/S) scores was used. In children from 5 to 10 years of age...

Food intake and nutritional status of hospitalised older people

De Oliveira, Maria Rita Marques; Leandro-Merhi, Vânia Aparecida
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 196-200
ENG
Relevância na Pesquisa
66.44%
Background and aims. Disease is influenced by the nutritional status of the individual. We have assessed the relationship between nutritional status and food intake among recently hospitalised older people. Methods. A cross-sectional study was undertaken with 240 older people in a hospital that provides care for the public and private healthcare systems. Nutritional status was classified by the MNA (Mini Nutritional Assessment) into: malnourished, risk of malnutrition and without malnutrition. Food intake was estimated by the reported food intake during a typical day. The Kruskal-Wallis test was used to compare the medians and the correlation coefficient of Spearman to verify the relationship between the consumption of energy, protein and vitamin C and MNA scores. Results. 33.8% were classified as adequate regarding nutritional status; 37.1% were classified as being at risk of malnutrition and 29.1% were classified as malnourished. The malnourished individuals reported significantly less energy and nutrient intake than those at risk of malnutrition or those without malnutrition (P=0.001). Not all nutrient intake, just some (iron, cholesterol and fibre), were lower in malnourished people. Conclusions and implications for practice. Deterioration of the nutritional status of older people is accompanied by a reduction in energy and some nutrient intake. The investigation of food intake in older people could provide important information about nutritional risk. © 2010 Blackwell Publishing Ltd.

Avaliação nutricional e nivel socioeconomico de candidatos a transplante de figado; Nutritional status and economic status in liver transplant candidates

Camilla de Moura Centurion
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.48%
: É muito comum que candidatos a transplante hepático, portadores de doença hepática crônica, apresentem algum grau de desnutrição no período que antecede o transplante, portanto uma avaliação nutricional bem aplicada pode ser o ponto chave para uma intervenção nutricional que mantenha ou recupere uma condição nutricional satisfatória. A classe econômica é útil para oferecer uma dieta apropriada, uma vez que adesão depende da aquisição de determinados alimentos. O objetivo deste estudo foi avaliar o estado nutricional de candidatos a transplante de fígado e correlacionar o estado nutricional encontrado com os seguintes parâmetros: idade, gênero, gravidade hepática e classe econômica. Foram estudados, prospectivamente, 80 pacientes em lista de espera para transplante de fígado da Unidade de Transplante Hepático da Unicamp. Para a avaliação nutricional foram verificadas as seguintes variáveis antropométricas: peso (Kg) e altura (m), para cálculo do índice de massa corporal (IMC); circunferência do braço (cm), prega cutânea triciptal (mm), área muscular do braço (AMB) em cm2 e circunferência muscular do braço (CMB) em cm, para a Adequação de Parâmetros Antropométricos (APA). Para a avaliação da classe econômica foi utilizada a Classificação Econômica Brasil...

Nutritional risk in hospitalized patients: impact of nutritional status on serum prealbumin

Saka,Bulent; Ozturk,Gulistan Bahat; Uzun,Sami; Erten,Nilgun; Genc,Sema; Karan,Mehmet Akif; Tascioglu,Cemil; Kaysi,Abdulkadir
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2011 EN
Relevância na Pesquisa
66.4%
OBJECTIVE: Poor recognition and monitoring of nutritional status is the most important cause of malnutrition in hospitalized patients. The aim of this study was to assess the nutritional status of a group of patients and compare the results with their serum prealbumin levels. METHODS: Ninety-seven patients admitted consecutively to the hospital were enrolled in the study. The risk of malnutrition was assessed according to anthropometric data and the Subjective Global Assessment and Nutrition Risk Screening 2002 tools. The nutritional statuses of the patients were compared with their age, gender, body mass index, medical history, weight loss and routine biochemical analyses, including prealbumin and length of hospital stay. RESULTS: According to the Nutrition Risk Screening 2002, 57% of the patients were malnourished or at risk of malnutrition, correlating well with the Subjective Global Assessment (p<0.001, r=0.700). Multivariate analysis revealed positive correlations between malnutrition and age, weight loss, malignancy and serum C-reative protein (p=0.046, p=0.001, p=0.04 and p=0.002). Nutrition Risk Screening 2002 score ³3 was associated with prolonged length of hospital stay (p=0.001). Serum prealbumin correlated with nutritional status...

Brazilian indigenous children: Review of studies about nutritional status

Pedraza,Dixis Figueroa; Sales,Márcia Cristina; Queiroz,Daiane de; Leitão,Luana Couto Assis
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2014 EN
Relevância na Pesquisa
66.46%
Objective: To systematize studies on the anthropometric nutritional status of Brazilian indigenous children in order to examine the ability to address the totality of biological, anthropological, and ecological aspects, as well as to characterize the main analytical results of the determinants of nutritional status of Brazilian indigenous children. Methods: MedLine and Lilacs were searched using the intersection of "South American Indians" and "nutritional status" descriptors (the search in MedLine also included the descriptor "Brazil"). Results: Overall, 65 studies were identified, and 23 were considered relevant to this study. The systematization of these studies highlights the concentration of studies in the midwestern and northern regions of Brazil, as well as the lack of cultural, biochemical, and food consumption approaches. Regarding nutritional status, we found: 1) greater vulnerability of younger children, especially in relation to stunting; 2) absence of differences in nutritional status according to sex; 3) socioeconomic determination of nutritional status; 4) differences in nutritional status between children from different villages. Conclusion: The nutritional status of Brazilian indigenous children is associated with age...

Correlation between dental caries and nutritional status: preschool children in a Brazilian municipality

Xavier,Angela; Bastos,Roosevelt Da Silva; Arakawa,Aline Megumi; Caldana,Magali De Lourdes; Bastos,José Roberto De Magalhães
Fonte: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Publicador: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2013 EN
Relevância na Pesquisa
66.4%
INTRODUCTION: Dental caries and nutritional status in children in preschool age are serious public health problems, with multifactorial etiology, with diet as a common risk factor. OBJECTIVE: This cross-sectional study assessed the relationship between dental caries and nutritional status of preschool children attending public schools in a city in the State of Sao Paulo. MATERIAL AND METHOD: The study population was comprised of 3-5 year-old preschool children (n = 229) attending public schools, in which dmft (decay, missing, filled, teeth) was used for dental caries assessment and Body Mass Index (BMI) was used for nutritional status in accordance with the recommendations of the World Health Organization. Statistical analysis was performed in a descriptive way through absolute and relative frequencies and Spearman Correlation test and Kruskal Wallis (P<0.05). RESULT: A dmft of 1.65 (2.87) and a SiC index (Significant Caries Index) of 4.88 (3.20) have been found, indicating polarization of dental caries. It was observed that 66.81% of children presented with nutritional status within the normal range and children with malnutrition had a mean dmft of 4.0 (3.66), which is two times higher than the other categories of nutritional status. No statistically significant correlation has been found by correlating dmft and components with Body Mass Index. CONCLUSION: This research did not identify a significant correlation between the occurrence of dental caries and nutritional status of preschool children...

Relationship between nutritional status and immediate complications in patients undergoing colorectal surgery

Souza,Vanina Cordeiro de; Dourado,Keila Fernandes; Lima,Airta Larissa Cerqueira; Bernardo,Evane; Caraciollo,Patricia
Fonte: Sociedade Brasileira de Coloproctologia Publicador: Sociedade Brasileira de Coloproctologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 EN
Relevância na Pesquisa
66.42%
INTRODUCTION: several complications may occur during colorectal surgical procedures and factors, such as nutritional status, substantially contribute to this problem. OBJECTIVE: evaluate the relationship between nutritional status (determined by different tools) and the emergence of early postoperative complications, as well as analyze social parameters, lifestyle, food intake, and time to diet reintroduction. METHODS: case series study conducted in the surgical proctologic ward of the Hospital Barão de Lucena, Recife, Pernambuco, with individuals of both sexes diagnosed with colorectal cancer who underwent a surgical procedure involving at least one anastomosis. Social, demographic and clinical data, life style, dietary intake, nutritional status, and the immediate postsurgical complications were evaluated. RESULTS: among the 31 patients studied, there was a higher prevalence of females (74.2%), mean age of 61.9 ± 12.4 years old, and the rectum was the primary site of cancer in 54.8%. Most patients came from the countryside, were retirees, had lower education, consumed too much red meat, processed meats, and fats, with low consumption of fruits and vegetables, and were sedentary. Regarding nutritional status, nutritional risk was found in 58.1%...

Estado nutricional e de saúde de idosos em Campinas : orientação nutricional e outros fatores associados à hipertensão e diabetes; Nutritional status and health elderly in Campinas : nutritional guidelines and other factors associated with hypertension and diabetes

Harriet Jane White
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
66.4%
O objetivo do estudo foi investigar as variáveis socioeconômicas, condições de saúde, hábitos alimentares, estado nutricional, aconselhamento nutricional e qualidade de vida em idosos portadores de diabetes mellitus e hipertensão arterial, em relação aos idosos sem estas doenças. A amostra foi de conveniência e composta por idosos de ambos os sexos, de 60 anos e mais e residentes em Campinas. Os idosos portadores de diabetes e hipertensão foram recrutados em um Hospital Universitário e o grupo dos idosos, sem estas doenças foram selecionados em centros esportivos, onde são realizadas atividades físicas direcionadas à população idosa. Os dados obtidos foram avaliados por meio de um questionário estruturado, e aferido peso, altura e circunferência da cintura. Nos artigos 1 e 2, o delineamento do estudo epidemiológico foi caso-controle e no artigo 3, desenho transversal. No primeiro artigo, deste trabalho "Condições de saúde de idosos diabéticos e hipertensos: estudo caso-controle", o objetivo foi comparar idosos portadores de diabetes e hipertensão (casos; n=150), com idosos sem essas doenças (controles; n=300), quanto às características sociodemográficas, comportamentos de saúde, estado nutricional e capacidade funcional. Idosos portadores de hipertensão e diabetes apresentaram maior percepção de limitações econômicas e físicas...

Estado nutricional, estilo de vida, condições de saúde e qualidade de vida de professoras do ensino fundamental I = Nutritional status, lifestyle, health and quality of life of elementary school teachers; Nutritional status, lifestyle, health and quality of life of elementary school teachers

Helen Rose Camargo Pereira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/07/2015 PT
Relevância na Pesquisa
66.4%
A promoção da saúde nas escolas inclui ações de prevenção e combate à obesidade, tema premente nas políticas de saúde pública atuais no Brasil e no mundo. O professor é inserido neste contexto tanto como um importante agente de transformação social, quanto como alvo dessas ações, o que remete à reflexão sobre o seu estilo de vida e qualidade de vida. O objetivo deste trabalho foi determinar a prevalência do excesso de peso e dos fatores de risco para o desenvolvimento da obesidade e das doenças cardiovasculares, além avaliar o impacto do estado nutricional na qualidade de vida relacionada à saúde de professoras do ensino fundamental. Foi realizado um estudo descritivo transversal nas escolas públicas estaduais de Sorocaba, Estado de São Paulo. A coleta de dados foi composta por questionário autoaplicativo para obtenção de informações demográficas, de estilo de vida, de saúde e de qualidade de vida, esta avaliada por uso do questionário SF-36v2. Foi realizada avaliação do estado nutricional (peso aferido e estatura referida) e analisada segundo critérios da OMS (1997). O estilo de vida foi avaliado segundo método proposto pelo Vigitel 2010. Para análise comparativa, as variáveis foram apresentadas segundo estado nutricional...

Hábitos alimentar, intestinal, estado nutricional, atividade física, imagem corporal e subsídios para um programa de educação nutricional; Food eating, bowel habits, nutritional status, physical activity, body image and subsidies for a nutrition

Ana Lucia Alves Caram
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/07/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.41%
Descrever os hábitos alimentar e intestinal, estado nutricional, atividade física e imagem corporal de adolescentes e verificar o efeito de um programa de educação nutricional. Método: Estudo descritivo, prospectivo com intervenção, numa escola pública, no município de Campina, SP, no período compreendido entre outubro de 2007 e novembro de 2008. As variáveis estudadas foram: hábito alimentar (por meio do uso de um questionário de frequência de consumo de alimentos, tipos de refeições e locais da alimentação); estado nutricional (segundo o índice de massa corporal por idade); imagem corporal (com pergunta objetiva da impressão quanto ao peso relatado pelo adolescente); hábito intestinal (baseado no critério de Roma III, por meio da frequência da evacuação, sintomas da evacuação, constipação intestinal e consistência das fezes); atividade física (por meio do International physical activity questionary, IPAQ); programa de educação nutricional (com orientação nutricional individual e em grupo). Resultados: Participaram do estudo 126 adolescentes, na faixa etária de 12,5 a 18,8 anos (média de 15 +1,5 anos), 64 (50,8%) meninas e 62 (49,2%) meninos, com predomínio da classe social C 26/54 (48,8%), seguido pela B 23/54 (42...

Associação entre a qualidade de vida das mães e o estado nutricional de seus filhos; Association between mothers' quality of life and infants' nutritional status

Feijó, Fernanda de Matos; Carraro, Deborah Filippini; Cuervo, Maria Rita Macedo; Hagen, Martine Elisabeth Kienzle; Spiandorello, Wilson Paloschi; Pizzato, Alessandra Campani
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
Objetivo: Verificar associações entre a qualidade de vida das mães e o estado nutricional de seus filhos. Métodos: Foi realizado um estudo caso-controle com mães de crianças com idade entre zero e cinco anos, moradoras da área de abrangência de uma unidade básica de saúde, no município de Porto Alegre. O cálculo de tamanho amostral foi estimado em 152 mães, sendo 76 mães com filhos em risco nutricional/desnutrição (casos) e 76 mães com filhos eutróficos (controles). Foram coletadas informações referentes à qualidade de vida das mães, medida através do instrumento da Organização Mundial da Saúde, e analisada a associação entre a qualidade de vida materna e o estado nutricional de seus filhos. Resultados: Em relação ao domínio psíquico, para cada criança eutrófica cuja mãe tem baixa qualidade de vida existe uma chance de 5,4 crianças em risco nutricional/desnutrição com mães em igual condição. No domínio ambiental, para cada criança eutrófica cuja mãe tem baixa qualidade de vida existe uma chance de 2,9 crianças em risco nutricional/desnutrição com mães em igual condição. Em relação ao nível educacional, para cada criança eutrófica cuja mãe tem baixa qualidade de vida existe uma chance de 4...

Impact of dietary intake and nutritional status on outcomes after liver transplantation

Luis,D. A. de; Izaola,O.; Velicia,M. C.; Sánchez Antolín,G.; García Pajares,F.; Terroba,M. C.; Cuéllar,L.
Fonte: Revista Española de Enfermedades Digestivas Publicador: Revista Española de Enfermedades Digestivas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/01/2006 ENG
Relevância na Pesquisa
66.4%
Objective: the aim of our study was to examine, in a prospective way, whether any nutritional parameter could predict outcomes after liver transplantation. Material and subjects: a nutritional assessment was performed in 31 consecutive patients six months prior to undergoing orthotopic liver transplantation (OLT) at a single center (Hospital U. Río Hortega) and after six months of OLT (December 2002-June 2004). The nutritional evaluation included Subjective Global Assessment (SGA), Mini Nutritional Assessment test (MNA), anthropometry, laboratory tests, and three-day diet diary completed. The body composition analysis was performed by tetrapolar body electrical bioimpedance and skin folds in a standard way. Results: our patients had an average age of 56.2 ± 8.11 years; weight was 72.9 ± 15.3 kg, and body mass index was 26.6 ± 4.1. The anthropometric evaluation showed the following data: tricipital skin fold 12.2 ± 6.1 mm, mid-arm circumference 24.5 ± 4.1 cm, fat-free mass 54.5 ± 10.9 kg, fat mass 18.4 ± 6.5 mm, and body water 41.4 ± 9.1 kg. After six months from liver transplantation, these parameters remained unchanged. Energy intake, as corrected by weight, was similar pre- and post-liver transplantation (28.1 ± 6 kcal/kg vs. 27.5 ± 5.8 kcal/kg: ns). Albumin...

Evolution of nutritional status of pediatric in patients of a tertiary care general hospital in Brazil

Moraes Silveira,C. R. De; Mello,E. D. De; Antonacci Carvalho,P. R.
Fonte: Nutrición Hospitalaria Publicador: Nutrición Hospitalaria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/12/2008 ENG
Relevância na Pesquisa
66.41%
Justification and objective: Identify changes in the nutritional status of hospitalized children is fundamental for the early establishment of interventions. This study aims at describing the prevalence of undernutrition at admission and over the weeks of in-hospital stay in pediatric patients and evaluate the association between nutritional status and length of in-hospital stay. Materials and methods: A cohort study was carried out. It followed all the in-patients admitted to the general pediatric unit, composed of 72 beds, in the Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), in the south of Brazil, from 20 march to 20 october in 2004. Patients who were between 1 month and 12 years of age and who had been admitted for clinical or/and surgical reasons were included. Those with Down Syndrome or without clinical condition and/or stature for weight measurement were excluded. Anthropometric data were collected up to 48 hours after admission and, weekly, up to hospital discharge (at admission, on 7th, 14th, and 21st day after admission). In children below 5 years of age, the standard defined by the World Heath Organization (WHO/2006) for the classification of the z-score for the stature/age (S/A), weight/age (W/A) and weight/stature (W/S) scores was used. In children from 5 to 10 years of age...

Oral nutritional supplements intake and nutritional status among inpatients admitted in a tertiary hospital

Lammel Ricardi,Juliana; Marcadenti,Aline; Perocchin de Souza,Simone; Siviero Ribeiro,Anelise
Fonte: Nutrición Hospitalaria Publicador: Nutrición Hospitalaria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/08/2013 ENG
Relevância na Pesquisa
66.43%
Introduction: Malnutrition is very common in hospitals and inpatients with prescription of oral nutritional supplementation have improvement of the nutritional status. Objectives: To detect the total acceptance rate and a possible association between oral nutritional supplements intake and nutritional status. Methods: A cross-sectional study was carried out among 398 inpatients. Fifteen types of supplements were analyzed and nutritional status was detected by Subjective Global Assessment (SGA). Rest-ingestion index (RI) was obtained and Modified Poisson's regression was used to detect associations between nutritional status and intake of nutritional supplements. Results: The prevalence of malnutrition was 43.7% and overall acceptance of supplements was around 75%. Industrialized supplements have better acceptance among well-nourished inpatients and patients who ate less than 80% of the supplement offered (industrialized or homemade) had higher risk for malnutrition (48%). Conclusion: There was an association between oral nutritional supplements intake and nutritional status, despite the good acceptance rate.